Amor Tímido

Cerca de 103 frases e pensamentos: Amor Tímido

~ Soneto 23 ~

Como no palco o ator que é imperfeito
Faz mal o seu papel só por temor,
Ou quem, por ter repleto de ódio o peito
Vê o coração quebrar-se num tremor,

Em mim, por timidez, fica omitido
O rito mais solene da paixão;
E o meu amor eu vejo enfraquecido,
Vergado pela própria dimensão.

Seja meu livro então minha eloqüência,
Arauto mudo do que diz meu peito,
Que implora amor e busca recompensa

Mais que a língua que mais o tenha feito.
Saiba ler o que escreve o amor calado:
Ouvir com os olhos é do amor o fado.

William Shakespeare

Eu te amo.
Ela sorriu, tímida.
- Você me ama?
- Não.
Respondeu ele sorrindo.
Todos os que amo vão embora.
- Eu não suportaria te ver partir.

Caio Fernando Abreu

O amor nascente é tão melindroso, pueril e tímido, que receia desagradar até com o pensamento ao ídolo da sua concentrada adoração.

Camilo Castelo Branco

Eu nunca fui uma moça bem-comportada.
Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida ou pro amor mal resolvido sem soluços.
Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta.
Adoro a poesia e gosto de descascá-la até a fratura exposta da palavra.
A palavra é meu inferno e minha paz.
Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que me deixa exausta.
Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo.
Sei chorar toda encolhida abraçando as pernas.
Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar...
Eu acredito é em suspiros, mãos massageando o peito ofegante de saudades intermináveis, em alegrias explosivas, em olhares faiscantes, em sorrisos com os olhos, em abraços que trazem pra vida da gente.
Acredito em coisas sinceramente compartilhadas.
Em gente que fala tocando no outro, de alguma forma, no toque mesmo, na voz, ou no conteúdo.
Eu acredito em profundidades.
E tenho medo de altura, mas não evito meus abismos.
São eles que me dão a dimensão do que sou.

Marla de Queiroz

Existe tanto amor em nós, mas frequentemente somos tímidos ao expressá-lo e acabamos mantendo-o encerrado dentro de nós.

Madre Teresa de Calcutá

PEDAÇO DE MAL CAMINHO
(Luiz Islo Nantes Teixeira/Carolina Teixeira)

De me o endereço de seu sorriso
E a distância entre nós dois será mínima
Vem ver o meu olhar sem juízo
Querendo examinar o seu que me fascina

Meu número de telefone pede numa prece
Para sentir o carinho de seus dedos
Talvez seja onde nosso romance comece
E onde desvandamos nossos segredos

Não deixe que o dia seguinte
Te faça esquecer meu rosto
E te faça jogar meu número fora
Sou um excelente ouvinte
Tenho um bom humor e gosto
E estou pensando em você agora

De-me sua mão sem hesitação
Não deixe que a timidez lhe proíba
Deixe que nos embale a canção
O momento de alegria nos convida

Diga me seu nome bem baixinho
E sei que soara como uma poesia
Eu não quero ficar sozinho
E com a minha mão vazia

E festa, e sol, e vida e e Brasil
Seu charme enfeitando o meu lado
E gloria e nota mil
Por favor, deixe-me ser seu namorado?
Pra estar ao seu cuidado
Sempre
Meu pedaço de mal caminho
Que faz meu coração sorrir
Contente

(c)2007 Globrazil/Islo Nantes Music(ASCAP)
Emails: globrazil@verizon.net or globrazil@hotmail.com
Office:(914)699-0186 or (914)776-4867

Luiz Islo Nantes Teixeira Carolina Teixeira

o amor

Há momentos em que somos tímidos para expressar o amor que sentimos, por medo de envergonhar a outra pessoa ou de nos envergonharmos a nós mesmos.

Fugimos de dizer "te amo" e tratamos de dizer esse amor com outras palavras.

Dizemos "se cuida", "se comporta bem", etc, mas, realmente, estas são maneiras diferentes de dizer "te amo", "você é importante para mim", "eu me importo com o que acontece contigo", "não quero que estejas mal".

Às vezes, somos muito estranhos. A única coisa que queremos dizer, e a única coisa que devemos dizer, é, de fato, a única que não dizemos. Devemos escutar o amor nas palavras que as outras pessoas nos dizem. Um elogio dito carinhosamente transporta maior afeto e amor que os sentimentos que são expressados de maneira pouco sincera. Um abraço ou um beijo impulsivos dizem "te amo", mesmo quando as palavras dizem algo diferente. Qualquer expressão de preocupação significa "te quero bem".

Dizemos "te amo" de muitas maneiras: com pequenos presentes, com bilhetes, com sorrisos e, às vezes, com lágrimas. Outras vezes, mostramos o nosso amor quando nos mantemos em silêncio, sem dizer uma palavra. Muitas outras vezes, temos de demonstrar amor, perdoando alguém que não tenha conseguido perceber o amor que a gente tentou expressar.

A quantidade de amor que sente pode ser medida pela quantidade de amor que dá. Ou, em outras palavras, a medida em que dáé a medida em que recebe.

ana meire

Do Amor que Passa


Receba, nesta flor, minha proposta
que, parecendo tímida, é insistente:
Das ternas fantasias que mais gosta,
anseio partilhar, discretamente...

Mais que sorriso, espero por resposta,
aquele suspirar que, então, pressente
cada arrepio, quando alguém lhe encosta,
na morna flor do corpo, um beijo ardente...

Mas, além da paixão, não queira laços,
nem saudade ou remorso deste ensejo;
esqueça a flor, os versos, os abraços...

E aceite assim, sem juras, este amor
que apenas dura, intenso qual desejo,
enquanto passa, frágil como flor.

Bartolomeu Correia de Mello

O verdadeiro amor não conquista favores pela audácia, rouba-os com timidez

Celma

O silêncio da timidez revela a sinceridade do nosso Amor.

Saulo Tavares

Meu amor é tímido, mas meu carinho por você é avasalador, é estar feliz no sofrimento, e estar triste na alegria por você não estar ao meu lado. Te amo A.H

J.P.Paz

Eu jamais me conformaria com tamanha audácia, que é ser tímido!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Enquanto os sábios forem tímidos e os imbecis repletos de convicções, o mundo será um caos!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Eu tomo com os tímidos as mesmas precauções que dedico aos dissimulados!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Nenhuma mente é mais promíscua e indecente que a dos tímidos!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Minha boca sabe que amordaça... A causa deste silêncio é a timidez. Também sinto que amortalha o corpo inteiro de angústia e pavor da solidão.
Apesar de tudo, este sentimento é contraditório... Quando mais dói, parecendo isuportável, percebo que amortece. Acalma o todo e sempre me faz querer um novo caso,se mais um se acaba.
Com seu conjunto indecifrável de nuances, o mais cultuado entre os sentimentos tem suas armadilhas. Amo e me deixo amar, mas não ignoro que amorfina, mesmo sem encerrar o ciclo da vida.
...Sempre haverá uma amoreira no meio do caminho, apesar da pedra, para reabastecermos o desejo e a esperança do amor perfeito; verdadeiro; eterno... Sem amorragia.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

"O silêncio é a declaração de Amor dos Tímidos."

Wilson Gordon Parker

Perdido de Amor

Á tarde veio a sua timidez
Passou correndo, nem ví o seu olhar
Mas uma reviravolta do destino
Me fez um dia lindo te encontrar

Eu bati, na porta certa
Você me atendeu,
Com uma bela impressão
E o meu coração, explodiu de surpresa
Não esperava, que aconteceria, algo tão...
Magnifico...

O melhor de história,
Aconteceu num lugar proibido.
Foi o seu meigo jeito de ser
Me deixou para sempre perdido...

Perdido de amor...
Loucamente apaixonado por ti....
Perdido de amor...
Você foi escolhida por Deus...
E estará comigo até o fim....

Janilson Gomes Rocha

E por mais auspicioso que seja o enamorado
O tímido

Dele não depende a aurora contida no amor
O luar, o estelar, o horizonte, o belo, porém, abstrato.
É, contudo, exasperado, até o último instante de dúvida imposto.
Pela difícil arte de transpor a barreira da timidez
Imposta pela beleza excessiva da amada em questão
E aí do amante que não sofrer dessa angustia
Jamais terá noção da plenitude da beleza de sua amada

Desconhecido

O amor faz com que as pessoas se tornem sérias e românticas, tímidas e extrovertidas,e as tornam loucas ao ponto de ir ao ontem e buscar coisas que não faziam o menor sentido para elas...

Fabiana Almeida