Agradecimentos

Cerca de 1856 agradecimentos agradecimentos

Todos livres pra pensar o que quiser mas ninguém obrigado a se importar com isso!

Lívia Moura
Inserida por Mentalidade

Eu não sei o que faria se Deus não tivesse colocado em meu caminho pessoas tão importantes ao longo da minha vida. E de um tempo pra cá vc tem sido uma delas, das mais importantes. Suas palavras, mesmo que soltas, jogadas num momento de mensagem, de uma conversa assim, cotidiana, são palavras que conseguem introduzir na alma de quem observa o que existe por detrás delas. Obrigado! MUITO OBRIGADO por estar comigo!
Te amo!

Riller Soares Diniz
Inserida por RillerSoaresDiniz

Viva da moral e da ética,não de explicações. você não é obrigado a ficar se explicando e ninguém é seu proprietário para exigir isso de você.

Vilmar Becker
Inserida por VilmarBecker

Meu DEUS , obrigado por guiar o caminho necessário de um sonho, por me dar sabedoria em saber que tudo tem seu tempo, sem isso não seria capaz de correr atrás do que almejo.

IRAN.ARTBR
Inserida por iranmnr

Um dia tudo vai mudar, e chegar ao seu lugar...
E eu vou lembrar como você se esforçou para ajudar a piorar tudo!

Renato siqueira de souza
Inserida por Renato01976

Você não é obrigado a se adequar a ninguém, você não é obrigado a nada.

Adriano Lenno
Inserida por AdrianoLenno

As frases "Obrigado Pai", e "Obrigado Mãe", são os fundamentos da virtude.

Luiz Gusthavo Corrêa de Souza
Inserida por Fitter

Hoje.

No passado busco boas lembranças,
Dispenso aquilo que me deixa triste ou irado,
O futuro a Deus pertence,
E nesse presente vivo feliz e amado.

A quem me deixa feliz...

Obrigado!

Alex Sanjeri
Inserida por alexsanjeri

OBRIGADO MEU PAI...
Ainda que eu tropece e caia durante minhas lutas diárias ,sempre haverá um sopro divino que há de me colocar de pé novamente até que eu possa me tornar um vencedor e assim por me colocar de pé depois cada tombo obrigado senhor....

Valdeir.vieira
Inserida por valdeir2vieira

Obrigado senhor por mais um dia de vida por sempre estar au meu lado quando presiso

Thays
Inserida por thought

Descobri que por muitas vezes me utilizei de palavras vazias com as pessoas. Por quantas vezes falei aquilo que, talvez, não sentisse realmente como se fosse uma verdade. Não foi por mal, pois acreditava realmente estar sentindo. Mas ai comecei a conversar com alguém muito especial, comecei conhecer mais de perto alguém diferente, alguém que conseguiu alcançar o mais profundo da minha alma.Você surgiu na minha vida.

Nossa história é impressionante, toda errada e linda. Ousei em perguntar por que não ficava on e você com toda simplicidade disse que era falta de crédito. Ah, ai foi fácil. Plim! Mensagem de Texto: Você recarregou R$ 10,00! Acredito que ali você pensou: o que esse cara quer com isso? Acredite, eu também não sabia ainda, ou pelo menos não tinha certeza.

Comecei a te chamar e você, meio assim, respondia... Talvez por curiosidade, talvez mesmo só pra ter alguém com quem conversar mais um pouco. Dia após dia falávamos mais. Até que veio pela primeira vez a pergunta assustadora que me estremeceu todo por dentro e me deixou sem reação. Você disse assim: Você está a fim de mim? Nussssssssss

Claro que não! Disse eu. Não era bem assim, nós sabemos...

Entre uma conversa e outra, contei que o passarinho tinha dado sinal de vida :o

Falei também o que faria se pudesse... Sinceramente, não sei o que você sentiu ou pensou, mas no fundo, no fundo, acho que gostou! Posso estar enganado, mas...
Depois me conta isso, combinado?

No outro dia fui te ver, como se nada tivesse acontecido ou se não tivéssemos falado nada daquilo rsrsrsrrs... Ufa, enfim consegui arrancar um abraço seu no arquivo. Você achou que eu fosse te beijar... Mas aquele dia não ia não, sabia que não era o momento.

Porém, um belo dia, na cozinha, te puxei pra me dar um abraço... Aí você vem e me faz tão bem!!!! Me beijo no canto da boca. Ahhhhhhh que sensação maravilhosa, que momento perfeito, que boca macia. Foi sem duvida um dos dias mais perfeitos da minha vida.

Depois disso, a gente já sabe a história, certo? Mas que tal registrar?
Então, neste espaço que criei só pra você, vou selecionar alguns dias que passamos juntos para descrevê-los e colocar aqui pra você nunca se esquecer.

No inicio desta carta falei das palavras vazias. Deixa eu te explicar porque.

Depois de você, entendi o sentido real de algumas palavras. Saudade é uma delas. Nunca disse antes essa palavra com tanta propriedade. Hoje sei o que realmente é sentir saudade, o que realmente é sentir falta de te ver, de te abraçar, de te beijar.

Obrigado mesmo Preta por ter mudado tanto assim a minha vida. Você é muito importante pra mim. Fez de mim um homem verdadeiramente feliz e tudo o que eu mais quero é fazer de você a mulher mais feliz e mais amada deste mundo.

Te quero muito, te quero de verdade, quero mais a cada segundo. Só consigo pensar em você, respirar você. Você é simplesmente dona do meu coração, do meu corpo e do meu ser. Seu sorriso está gravado aqui dentro e ouço sua voz por onde ando, sinto seu cheiro por onde passo.

Você é única. Nada se compara.

Te amo demais, demais, demais.

A mulher mais linda que meus olhos já viram.

Obrigado.

Preto
Inserida por pretoebranca

Obrigado (por ter me deixado)
Te encontrava nos cômodos todos. Nos pares de meia largados no chão, tão sem combinação quanto eu. Tão largados, amassados, sujos e esquecidos que não existiria metáfora melhor pra falar sobre mim. Doutor, isso passa? Nem tudo passa. E foi um baque descobrir que tem ferida que abre e inflama, tem ferida que abre e corta tanto que leva um pedaço da gente, tem ferida de todo tipo e tanta gente ferida por baixo da roupa que nem dá pra perceber quando se esbarra numa delas pela rua.
Eu tava meio despedaçado. Desesperado mesmo. Numa loucura indigna, mas com um quê de drama-psicológico-monólogo-acelerado e me faltou ar. Me faltou ar por conta da pressão e da altitude. O ar congelou e eu fiquei rarefeito. Achava que as coisas todas passavam e foi um baque, como já disse, quando soube que a dor tinha estacionado. Parado bem na minha frente e me atingido numa baliza perfeita. Nem deu tempo de me despedir quando saía do chão e engolia poeira. Doutor, adianta anotar a placa do carro?
Você foi aquela quase-coisa-que-deu-certo, sabe? Que me prende no “e se…” que eu nunca vou saber porque foi feita uma escolha voluntária. Aquele meu quase-amor que dói mais do que se tivesse sido porque me arrancou de mim por todo. E você não me segurava, não segurava o banco, não segurava o balanço e me dizia com todas as letras que eu devia ter agradecido só por você ter aparecido. Ainda que estático, ainda que na sombra do quarto como quem avisa que pode levantar no meio da noite e ir embora.

Eu só senti que deveria ter agradecido com todas as letras quando você acelerou.
Acelerou o carro e parou tudo na minha frente . Será que a gente aprende a dirigir outrra vez? Digo, não no sentido literal da coisa. Mas quanto tempo demora pra passar algo que não se passa? Pra sempre é tempo demais, mesmo que tivessem me cortado o acelerador e eu tivesse que empurrar o carro. No fundo, eu entendi que era tudo uma questão de visão: não tem “e se…” porque você foi. Sem prestar condicionalidade ou oferecer proposta. Você foi e pronto, acabou. A gente é que tem essa mania de estender a história pra tentar se sentir bem depois que é abandonado. Pra encher a cabeça e fingir que ainda vive aquilo. Ou pior: pra provar que você nem sempre foi assim e que se importava, sim, comigo. Mesmo que tudo indique e negue isso.
Daí eu retomo os fatos e me lembro, de novo, de você reclamar de eu nunca ter te agradecido. E vejo as faltas, vejo os lapsos, vejo como você nem me fazia tão bem assim. Vejo aquela dependência e me pergunto como eu podia considerar que era amor alguém que vai (embora) sem a menor consideração com você. Se não existiu consideração pelo que se viveu, o outro já admite que nem ligava. E eu lá vou me matar, me envenenar, me tratar com dó como se você merecesse isso?
E eu, que sempre fui mal-educado pra você, que nunca soube expressar direito os berros não dados, as noites mal dormidas enquanto lutava pra trancar o teu fantasma aqui dentro (da casa e de mim), queria que passasse e não percebia o controverso estado em que estava. Se queria que passasse, por que aprisionar uma projeção bonita de você que nunca existiu? Foi bem melhor pra mim. E agora eu agradeço pela melhor coisa que você fez por mim: obrigado (por você ter me deixado).

Daniel Bovolento
Inserida por carolfc86

VOCÊ NÃO É OBRIGADO...(Bartolomeu Assis Souza)

Você não é obrigado a gostar das pessoas,
basta mostrar educação e atenção ao próximo.
Isso é o bastante e gentil.
Tudo começa com um olhar terapêutico
que já é primeira atenção e termina com
a palavra que é sacramento e transformação...

Bartolomeu Assis Souza
Inserida por bmdfbas

Você nunca precisa agradecer a amigos de verdade.

Willian Douglas

Obrigado Senhor.
A cada dia verifico os milagres que realiza.
Reitero minha fé absoluta em Vós e que seja sempre feita a Vossa vontade.
Amém.

Marcos Alves de Andrade

Dizer obrigad, às vezes, não é
suficiente para agradecer a tão amável
e gentil pessoa que nos momentos das
nossas vidas, aqueles mais difíceis, nos
estende a mão amiga e nos oferece
amparo a minha felícidade
Estou agradecida a você e não sei neste
instante como retribuir tanto carinho,
mas é claro que encontrarei uma
maneira de fazê-lo. Estou à sua
disposição para quando precisar, a
qualquer momento e a qualquer hora.
Estendo-lhe minhas mãos, segure-as se
precisar. E, obrigad por tudo Elisa Serra !

Amâncio Para Elisa Serra
Inserida por amanciotomaismabai

Tenho
Tenho uma necessidade absurda de escrever.
Sobre tudo o que sinto, sobre tudo o que me incomoda.
Ao principio os meus textos, muitas vezes não saiam dos rascunhos.
Talvez por medo ou talvez porque achar que não eram bons.
Para partilhar ou ler.
Depois o medo foi ganhando coragem.
Dou graças a Deus por ter-me dado asas.
A realidade é que os meus textos ou rascunhos...
Estão cheios de tudo que vai cá dentro.
As minhas mágoas.
Os medos
As vitórias
As derrotas
As mágoas
De que tenho sido protagonista.
Os meus textos e poemas.
São o meu cantinho.
O meu abrigo.
Sei que posso escrever.
O meu maior critico é o meu marido, é nele que eu confio.
Sinto-me segura no meu cantinho e no meu refúgio
Posso escrever o que quiser, não ofendo ninguém
Falo de mim, fico muito feliz que gostem do que escrevo "obrigado" !

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.
Inserida por MariaIsabelMoraisRF

Não há melhor palavra, tanto falada quanto ouvida, do que a palavra Obrigado.

Daniel Melgaço
Inserida por danmelga

Você pode ser feliz da sua maneira, ninguém é obrigado a ser perfeito.

Leobino Filho
Inserida por Leobinofilho

Hoje é o dia mundial do muito obrigado. Para quem tem educação e gratidão, muito obrigado todo dia, mas para quem não tem, muito obrigado, hoje é dia!

Paulo Batista dos Santos
Inserida por paulosantos7303