Você não acredita no meu amor

Cerca de 116 frases e pensamentos: Você não acredita no meu amor

AMOR

Acredite sempre no amor.
Não fomos feitos para a solidão.
Se você está sofrendo por amor,
está com a pessoa errada ou
amando de uma forma ruim para você. Caso tenha se separado,
curta a dor, mas se abra para outro amor.
E se estiver amando, declare o seu amor. Cada vez mais, devemos exercer o
nosso direito de buscar o que queremos (sobretudo no amor).
Mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais.
Arrisque!
O amor não é para covardes.
Quem fica a noite em casa sozinho, só terá que decidir que pizza pedir.
E o único risco será o de engordar, mas
lembre-se. "Curta muito a sua companhia."
Casamento dá certo
para quem não é dependente.
Aprenda a viver feliz - mesmo sem homem/mulher ao lado.
Se não tiver com quem ir ao cinema,
vá com a pessoa mais fascinante:
VOCÊ!

Desconhecido

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.

Arnaldo Jabor

Eu não espero que você seja o-grande-amor-da-minha-vida, parei de acreditar nisso… Não quero que você me faça chorar. Não quero que você seja um motivo ruim na minha vida. Você é motivo de sorrisos, razão pra eu acordar num dia de chuva e tomar banho e mudar de roupa porque eu sei que você vai passar aqui… Não quero te odiar. Não quero falar mal de você pros outros. Pras minhas amigas. Quero falar mal de você como quem ama. Pois é, ele nunca lembra de desligar o celular antes de dormir e sempre alguém do trabalho liga. Sabe, eu quero dizer isso. Que o máximo de irritação que você me provoca é me acordar de manhã cedo falando bobagens que parecem ser importantes no celular. Não quero que você me largue. Não quero te largar. Não quero ter motivos pra ir embora, pra te deixar falando sozinho, pra bater o telefone na sua cara. E eu não tenho medo que isso aconteça (eu nunca tenho), eu fiz isso com todos os outros. É só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente. Dessa vez, com você, eu queria que desse certo. Que eu não te largasse no altar. Que eu não te visse com outra. Que eu não tivesse raiva. Que você não passasse a comer de boca aberta. Que você entendesse o meu problema com chãos de banheiro molhados pra sempre. Que você gostasse e cuidasse de mim como disse ontem à noite que cuidará. Eu quero que dê certo, não estraga, por favor. Não estraga não estraga não estraga. Posso pôr um post-it na sua carteira? Mesmo que a gente não fique juntos pra sempre. Mesmo que acabe semana que vem. Nunca destrua o meu carinho por você. Nunca esfrie o calorzinho que aparece dentro de mim quando você liga, sorri ou aparece… Mesmo que você apareça na porta de outras mulheres depois de me deixar. Me deixe um dia, se quiser. Mas me deixe te amando. É só o que eu peço.

Tati Bernardi

“Por mais que você ouça as mais belas frases de amor, sempre acredite não acreditando, porque o amor se prova agindo e não falando.”

Desconhecido

"Eu insisto no amor porque acredito nele. E não sou pessimista. Me quebrei uma vez, duas, três? Azar. Acredito sempre."

Clarissa Corrêa. (via que-seja-voce-sempre)

Carta de Amor

Quando vejo minha vida como era sem você, não acredito que vivia.
Respirava... dormia...acordava...me nutria ...
Hoje vejo que era só a parte física que era alimentada...
...eu estava morrendo e não sabia...
Você chegou como uma brisa fresca numa tarde quente de verão !
Entrou como quem não quer e tomou conta do meu coração.
Hoje faz parte minha vida como se sempre lá estivesse estado.
Como era mesmo que eu vivia?
Só consigo me lembrar do agora, do antes, não me lembro, não vivia!
E... Pior... eu não sabia !
Hoje você existe dentro de mim.
Faz parte de minha pele... Do meu cheiro... do meu coração...
E não há o que eu não pense que não venha impregnado de você.
Você existe e me espera...
e...eu espero que a vida, um dia, nos dê a carta de alforria
e nos deixe viver esse grande amor !
Hélio Pereira Banhos

Hélio Pereira Banhos

Porque eu sou amor, e ainda que não seja o seu, essa é a minha essência ! E você não deve acreditar muito nessa ideia, pelas tantas vezes que eu quase fui, mas um dia eu vou.. sempre foi assim ! Mas deixa eu te contar um segredo: se eu for, eu não volto.

Marcella Fernanda

Acredite no amor, acredite na magia. Acredite em si mesmo. Acredite nos seus sonhos. Se você não o fizer, quem o fará?

Jon Bon Jovi

se você mentir
eu acredito,
principalmente
se diz:
- não te amo...
ah, amor, eu d-u-v-i-d-o!

Cáh Morandi

Eu não acredito e não me faça acreditar. Todo o amor que você diz sentir me assusta. Eu tenho medo, medo de que esse amor que sentes por mim me faça te amar, mesmo que no fundo sinto que já o amo, mas não quero, nego e me nego.

Eu não aceito o fato que me amas, eu não aceito o teu amor, pois de fato não acredito que o sejas de verdade, na verdade que sejas por mim, por quem simplesmente sou.

Teu amor te faz tão grande que não cabe em mim. Tal amor que por vezes me repreende, justo que não o mereço, pois eu sim me conheço, você julga me conhecer, me entender, e me por vezes me sentir, mas se tal fosse, sei que não me amaria como o diz amar.

Eu não sou o tudo que diz ver em mim, teus olhos te enganam, não me vejo como diz me ver, não acredito que certo estaria, e ao ceder a esse amor, eu amaria mais do que posso, do que me permito, e por pior, sei que seria menos do que mereces.

Não me puna tão severamente deixando-me te amar. Te amar seria o tudo ter, te perder não mais sei quem eu seria, prefiro covardemente guardar o que poderia ser.

Não se iluda em pensar que irei entender ou simplesmente aceitar por acreditar que é necessário deixar-me sentir, não percebes que não há amor que me faça acreditar, pois não acredito no amor, e não acredito que isso seja amar, tão pouco acredito que me amas, e não irei acreditar, é difícil acreditar em algo quando nem mesmo consigo acreditar em mim. Acredite.

Dona Geo

Não deixe que a rotina acabe com o nosso amor, que a saudade sufoque, acredite em você.Desconfie do destino, pois ele é incerto.Para quem errou, de o perdão.Para quem fracassou, de uma chance. O que é mais importante para você? Perdoar ou pedir Perdão?
Quem perdoa uma pessoa mostra para ela, que ainda existe amor, e quem pede perdão, mostra que ainda crê no amor.
Então, esqueça o passado, viva o hoje, pois só assim nós seremos felizes meu amor.Josué.

Rosana Zebalos

Depois que você sofre algumas decepções amorosas, você passa a não acreditar mais no amor. Até que surge alguém que pode mudar tudo, mas nem sempre é pra melhor.

K.F. Ferreira

"Tem que ser recíproco."

"Você não acredita mais no amor porque você o personificou."
Li essa frase em algum lugar por aí.

Um tapa na cara. Definitivamente, um tapa na cara. E é verdade, é tudo verdade. Deixamos de acreditar em algo que, na vivência é extremamente excitante e maravilhoso, mas que, na ausência, se torna doloroso. As pessoas gostam de sofrer, verdade seja dita. Mas sofrer demais, senão exagero, é ruim. Muito ruim. Logo, sofrer por amor é tão ruim, que acabamos definindo-o como algo que não é bom, não presta. Ainda mais se aquele seu suposto verdadeiro amor foi infiel, mentiu, enganou, fugiu. A gente fica meio sem rumo quando esse tipo de coisa acontece, mas veja bem, acontece. Acontece porque, sim, você vai passar por várias e várias paixões que vão te enganar um pouco, pintando ser o verdadeiro amor, até chegar O Amor, notou? São paixões, o que não deixa de fazer você sentir amor, mas não verdadeiro. Verdadeiro nunca acaba, coloque isso na cabeça. Se acabou, não era verdadeiro, então pra que você vai sofrer por isso? Tá, eu sei, não funciona assim, mas pensar dessa forma ajuda. Verdadeiro é aquilo que te deixa sem chão, sem cabeça, sem nada, mas ao mesmo tempo, com tudo. Toda paz, toda alegria. Não vou definir amor por completo, porque eu ainda não o conheço. Essa é só a pontinha do iceberg. A pontinha que eu conheci. Já vivi paixões, namorei sério, prometi pra vida toda, cheguei no quase. Mas a gente não sabe que não é verdadeiro na hora. Só depois. Depois que acaba. Já me entreguei, de carne e alma, confesso. Mas não era verdadeiro. Como eu disse, acontece. E continua, continua que a estrada vai longe e quando você menos esperar, vai chegar. Vai chegar a hora que Deus vai te encontrar preparado para encarar uma pessoa verdadeira e ela também vai estar preparada, com sentimentos recíprocos (sim, porque se não for recíproco, logicamente deixa de ser verdadeiro). Aì sim, tu vai sentir que é aquele, é esse, é ele. E vai ser pra ele também. E vocês vão saber. Talvez seja como um livro romântico ou com muita complicação e melodrama, mas acabam ficando juntos. Mas vai ser, sabe? Parece mimimi, mas não é. É só olhar bem, que você vai enxergar tudo isso. Um conselho? Não se contente com pouco, com migalhas, com restos. Aceite aquilo que pulsa por você, mas que você também pulse por ele. Não se entregue à um "talvez", "quem sabe", nem se prenda ao que "poderia ser". Espere por aquilo que te deixe sem fôlego, sem dúvidas, sem receios, sem medos. Aquilo que vá te tirar desse chão imundo chamado Realidade e te leve lá pros Sonhos. E sonhe, sonhe alto e vá longe. Mas só se ele for contigo. Só se for recíproco, porque senão, não vale a pena. Porque, olha, se não for verdadeiro, sinto muito, você vai cair.

Patrícia Sanchez

TEXTO::
Ao amor da minha vida

De verdade, meu bem, eu não acredito que você exista. Mas cheguei à conclusão de que, se não for por amor, que seja por você.
Que eu te encontre num dia ensolarado, nublado, chuvoso, com névoa e te diga alguma coisa. Que eu te reconheça no momento exato em que puser meus olhos em você. E que você saiba que houve um encontro ali. Que você esteja vestida de vermelho, amarelo, azul, verde, preto e branco. Que você me ache engraçadinho, pelo menos. Quem sabe tímido, quem sabe babaca demais, quem sabe charmoso, quem sabe eu nem te chame a atenção. Mas que você me veja com bons olhos e eles encontrem os meus. Que eu acerte a cor dos seus olhos numa brincadeira qualquer. E que aí você perceba o quanto eu te enxergo em tão pouco tempo. Que você seja amiga de algum amigo, ou a gerente do banco, ou a colega de faculdade, ou a menina bonita da balada, ou filha da amiga da minha mãe. Que você se encante comigo de alguma maneira. Que você se permita me conhecer melhor e saber que eu sou legal, ou que sou interessante, ou que não tenho nada a acrescentar a você, ou que eu sou um completo egoísta, ou que eu tenho um blog bacana que fala dessas coisas bonitas que as pessoas acreditam. Mas que você não seja um ponto final. Que seja as aspas, as reticências, o parágrafo, o travessão. Que você seja.
Que você saiba como eu sou complicado, ou que eu sou desajeitado, ou que eu sei dançar muito bem, ou que eu piso no seu pé porque não sei andar em linha reta, ou que eu detesto o cheiro de queijo ralado. Mas que você decida ficar e me conhecer mais, seja por curiosidade ou porque acha que pode se encontrar no meio da minha bagunça. Que a gente se conheça aos poucos, aos muitos, aos tantos, aos beijos, aos toques, aos olhares, aos filmes de fim de tarde, aos cheiros de perfume novo, aos dias de dormir de conchinha, aos minutos de ligações intermináveis. Que você possa contar comigo, possa dormir comigo, possa brigar comigo. Que você não se arrependa naqueles momentos em que a gente questiona o amor, que você tenha orgulho de me mostrar pras suas amigas e que elas tenham inveja de você. Que eu possa te trazer café na cama, te dar um beijo de surpresa, te ver sem maquiagem, te morder até você ficar sem graça. Que eu não seja odiado pelos seus pais, que eles não me chamem de filho, que seu irmão torça pro mesmo time que eu. Que você me queira como pai dos seus filhos, que você se orgulhe de mim, que você esteja linda quando entrar na igreja.
Que eu possa te fazer sonhar. Que eu possa realizar os teus maiores sonhos e te consolar caso alguma coisa dê errado no meio do caminho. Que eu não saia nunca do seu lado, nem quando você pedir. Que os seus dias de TPM sejam lembrados com risadas e justifiquem aqueles quilos a mais que você ganhar com o brigadeiro. Que você chore bastante. Chore de rir, chore de saudades, chore de alegria. Que eu possa garantir que você não vai se machucar. Que o nosso filho tenha os seus olhos, a sua boca, o seu nariz. Que ele me lembre todos os dias de você. Que a gente caia um pouco na rotina e não mude por isso. Que a gente saia da rotina e se encante com algumas aventuras de vez em quando. Que a gente saiba reconhecer o valor da companhia do outro. Que eu te ame como nunca amei ninguém e que você me modifique da maneira que o seu amor quiser.
Mais importante que isso tudo: que você exista. E que não demore tanto pra chegar na minha vida.

Daniel Bovolento Entre todas as coisas

São seis horas da manhã e eu tenho que lhe contar algo. Sério, você não vai acreditar no que eu tenho para lhe dizer. Está chovendo forte, tem um vento frio que traz os pingos gelados para perto da gente. Eu abri a janela para espiar e o barulho da água rolando no telhado ficou mais alto, muito mais alto, tão alto que fiquei com medo. Sabe aquela chuva que vem com força, parecendo querer lavar a cidade? Então. Está um pouco mais forte que isso. Ainda não amanheceu, acho que esse tempo molhado atrasará a claridade do dia. Eu fiquei olhando para o céu por alguns minutos e me deu uma vontade louca de sair na rua e ser lavado por essa água congelante. Está frio, muito frio. Mas eu fui. Sério, eu fui. Eu abri a porta e saí de casa. É, eu disse que você não acreditaria. Eu sou louco, mas você sabe disso. Você me conhece tão bem sem nem ao menos saber da minha existência. Lá fora, o vento levou meus cabelos para trás e eu fechei os olhos resmungando. Meu rosto estava completamente molhado, senti como se estivesse colocando a cabeça dentro de um congelador. Eu fiquei parado ali perto da grade que fica na frente do quintal olhando para o calçamento da rua que parecia estar resvalando. Sei lá, deu vontade de abrir o portão e dar uma volta. A água vinda dos céus continuava mantendo a temperatura do meu corpo um pouco baixa me fazendo tremer. Você acredita que eu saí portão à fora? Sim, eu saí. Estava escuro, estava chovendo e o frio deixava minha boca roxa. Eu fui até a esquina que tem aqui perto e sentei naquele degrau que eu costumava sentar sozinho há alguns anos atrás. Eu me senti tão sozinho. Minhas roupas estavam totalmente encharcadas e eu continuava tremendo. Não havia nada na rua, nem carros, nem pessoas. Estava tudo deserto. Foi nessa hora que eu fechei meus olhos e pensei em você. Eu não lembro muito bem o que veio à mente, parecia que eu havia me desligado do mundo e entrado na inconsciência. Eu estava com tanto medo. Medo de ficar assim por muito tempo, medo de ser engolida por essa solidão sombria que se perdia no escuro chuvoso da noite. Mas eu vi o seu sorriso. Eu juro que vi. Eu gritei o seu nome na minha mente e você sorriu. Você sorriu para mim. Acho que eu sorri também. Não sei, não lembro, não tenho muita certeza, mas eu senti uma gota quente escorrer pelo meu rosto em meio a água da chuva que me banhava. Sabe, eu senti um aperto no coração. Dá para acreditar? Eu sempre fiz de tudo para ser forte e vencer o meu maior medo sem precisar de ninguém, mas agora eu me encontrei preso em uma gaiola feita de um material muito brusco e forte, eu me encontrei aqui chamando o seu nome. Eu sinto minhas forças irem embora e eu finalmente estou precisando de alguém. Mas não é um alguém qualquer. É você. Eu acho que fiquei ali sentado por uns dez minutos olhando para o nada e ouvindo a sua voz cantando para mim dentro da minha cabeça. Você cantava a nossa música, aquela que me acalma, aquela que você sabe que pode ser usada como antídoto. Você sabia o que cantar porque você me conhece. Você me conhece tão bem sem nem ao menos saber da minha existência. Você me conhece porque nós dois somos um só. O vento aumentou sua velocidade me despertando da fantasia e me forçando a mover meus pés de volta para casa. Demorei um pouco para entrar, fiquei no quintal, perto da minha janela, pensando um pouco mais em nada. Acho que era disso o que eu precisava: viver o irreal. Eu não sei por que eu saí de casa, nunca me dera essas crises loucas antes, eu posso ter pego um resfriado, sei lá, daqui a pouco vou começar a tossir. Mas a chuva, a água que congelava meu corpo, era amena. A água que limpava a cidade, escorria pelo meu corpo tentando levar toda a dor que me habita. Era irreal. Eu juro para você que era. Parecia algo do além, algo curável. O banho quente que eu tomei depois foi como um choque no meu sistema. Eu acordei. Não foi nem um pouco parecido com o momento em que o vento acelerou e me fez voltar para casa, foi algo muito mais que isso. Eu acordei do irreal. Daquela chuva, daquele frio, daquela coisa do além que supostamente tentou levar minha dor embora. Sua voz sumiu da minha mente. Você não cantava mais, você não estava aqui. Eu fiquei sozinho e assustado de novo. Eu continuo precisando de você, eu me rendi, eu admiti que não sou forte, eu gritei. Eu fiz o que pude. Você não ouviu, não me notou. Talvez você fique tão espantada com tamanha loucura que eu obtive de sair por aí sozinho e não se convença. Mas eu disse lá no início que você não iria acreditar no que eu tinha para lhe dizer. São seis e dez da manhã e o céu continua escuro, o barulho da chuva ainda está alto e a janela continua aberta. Eu olho para a água caindo lá de cima e lembro da sensação estranha que eu senti há trinta e cinco minutos atrás quando as gotas bateram no meu corpo e eu estava sozinho pensando em você. Você é minha única saída, é a única pessoa que pode me ajudar. Você está com o pouco de força que ainda me resta. Você pode desacreditar disso também, mas só você pode espantar o medo e a dor que habitam meu coração.

Leonardo Romanelli Guimarães

Você não me iludiu, eu quis acreditar, e sabia que era sua desde o dia em que nossos olhares se esbarraram com tanta gente ao nosso redor, e nossos braços se abraçaram sem se importar com o que havia de certo ou errado.

Adriana Vargas

Você não voltou, e talvez não precisaria mais, pois ficou, mesmo que eu acredite que nada é para sempre.

Adriana Vargas

Não há nada lá fora para você
Mais do que eu posso oferecer para você aqui
Você acredita em mim ?
Tudo que você precisa é de mim
Então não se preocupe
Porque você pode ficar aqui

Estou tentando encontrar o seu coração
Mas há um enorme vazio em seu lugar
Há um silêncio me afastando de você
Mas eu queria que você estivesse aqui

Vem, deixa eu te mostrar que este pode ser o começo
Quando algo não funcionar, você pode encontrar conforto em mim
Quem te abraça quando o dia chega ao fim?
Quem te escuta quando você precisa dizer ?
Eu queria que você estivesse aqui
E tudo o que você precisasse fosse de mim

Eu gostaria de poder te abraçar , sem me preocupar
Com o que já passou
Como se nada mais importasse
E não houvesse passado, futuro o que for
Eu gostaria que pudéssemos viver o hoje
Como alguém que gosta de receber o meu amor
Eu gostaria que você pudesse sentir que precisa de mim
E tudo o que você precisava era do meu amor

O que você encontrou quando você me deixou ir?
O que se passa em seu coração , quando as luzes se apagam ?
Tem alguém que você pode confiar ?
Alguém que você ama?
Isso não é ruim
Mas às vezes eu não quero estar aqui
Desejo que você pudesse consertar o que foi
Mas não há uma máquina do tempo para me levar de volta
E não há nada em seu pensamento que faz você sair por aí
E bater na minha porta, como alguém que precisa do meu amor
Então vamos ficar aqui e deixar o tempo apagar esse amor
Que talvez agora só exista dentro de mim

Larissa Alves Medeiros (Medcherry)

Pra você que assim como eu não acreditava que o "amor da minha vida" existia, estou aqui para dizer que por quase toda minha vida eu estava enganado. Posso dizer que para encontrar é preciso muita sorte e que somente quando a gente encontra é que sabemos que sim, aquela pessoa é e será pra sempre o amor da nossa vida. Tudo que você viver com essa pessoa será simplesmente eterno, doce e natural. As lembranças serão sua companhia eterna assim como a saudade dessa pessoa, que vai bastar cinco minutos longe para ela aparecer. Vai ser aí que você, assim como eu, saberá a diferença entre clichê e realidade.

Mas é preciso muito cuidado para não perder essa pessoa, primeiro por que o amor da nossa vida é eterno e imagine viver sem ter algo que lhe é necessário! Segundo por que você tem um tesouro, raro lembra? E por nunca ter vivido algo igual, você, assim como eu, não saberá lidar com esse amor avassalador, esse amor que é muito maior que nós e que as crenças que de muitos. Você se não se cuidar irá errar com essa pessoa e mesmo sendo o amor da sua vida ela pode sair dela... Sim é irônico mesmo, mas lhe digo, justamente por ser o amor da sua vida é que essa pessoa poderá sair do seu convívio mas jamais, eu disse jamais da sua vida em si, do seu coração, do seu pensamento e da sua vontade de ter essa vida toda com ela, sendo assim, não vai importar o tempo que passar, as circunstâncias, o rumo que a vida de vocês tome, vocês serão sempre e para sempre um do outro e tenha certeza que um dia esse amor que é maior que tudo, irá coloca-los frente a frente novamente e neste momento o tempo, a distância, as magoas e tudo o que faziam vocês estarem separados vai deixar de existir, por que NADA é ou será mais forte que esse amor, o amor da nossa vida...

Roger Stankewski

E você pode até não acreditar que o amor seja verdade, até que aconteça com você, pra você ...

Nassor Oliveira Ramos