Você Apareceu quando eu Precisava

Cerca de 850 frases e pensamentos: Você Apareceu quando eu Precisava

Eu senti..
Eu Sabia desde o início que vc vinha pra ficar..me apareceu do nada e do nada tá comigo..e de TUDO EU TE AMO...
Hoje e amanhã és a razão de minhas alegrias, de minhas tristezas..és a MINHA VIDA!!
Quero enfrentar tudo por ti..quero ser sua..e já sou SUA..
Quero ver teu sorriso ao me ver..
quero minhas lágrimas de felicidade sempre que eu te reencontrar..
PQ simplesmente TE ADORO..
e simples assim me entrego a ti...

Presta atenção!!!

EU SOU SUA!!
EU TE AMOOO
EU TE ADOOROO
EU TE ACEITOOO

Fica comigo e não diz que vai embora..
me abraça e me beija..me proteja e seja meu amigo, meu amante, meu namorado, meu esposo e o que seja..mas seja!...sou Teu abrigo..teu guarda chuva..teu AMOR!!

Patty Gadêlha

" E foi então que apareceu a raposa:
- Bom dia, disse a raposa.
- Bom dia, respondeu polidamente o principezinho que se voltou mas não viu nada.
- Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira...
- Quem és tu? - perguntou o principezinho. Tu és bem bonita.
- Sou uma raposa - disse a raposa.
- Vem brincar comigo - propôs o príncipe.Estou tão triste...
- Eu não posso brincar contigo - disse a raposa. Não me cativaram ainda.
- Ah! Desculpa - disse o principezinho.
Após uma reflexão, acrescentou:
- O que quer dizer "cativar" ?
- Tu não és daqui - disse a raposa. Que procuras?
- Procuro amigos - disse. Que quer dizer cativar?
- É uma coisa muito esquecida - disse a raposa. Significa "criar laços"...
- Criar laços?
- Exatamente - disse a raposa.Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... Mas a raposa voltou a sua idéia:
-Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música. E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo...
A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe:
- Por favor, cativa-me! disse ela.
- Bem quisera disse o príncipe, mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer.
- A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me!
- Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa. Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."

Antoine de Saint-Exupéry

Ele apareceu assim, meio que sem querer.
Não era pra ele aparecer. Não era pra mim perceber.
Nunca acreditei que ia amar alguém.
Sem olhar pra sua aparência,
O pior é que agora eu gosto dele pelo que ele “É”.
E não pelo que ele “aparenta” ser.

O pior é que tô gostando do “ser” dele.
Tenho uma saudade, que naum é suprida por fotos.
Não me sinto bem lembrando dele.
Soh me sinto bem, perto dele.
Menino ladrão, menino ladrão,
Roubou a minha paz e um pedaço do meu coração.
Naum tenho mais tranqüilidade, a noite não durmo por falta dele,
Se estou mal, é por causa dele.
Se estou bem, é por causa dele.

Mesmo a gente sendo amigo,
E mesmo eu já tendo tentado.
E mesmo depois de eu ter tentado,
E a gente ainda sendo amigo.
Não quero te ver como amigo.

E mesmo me esforçando pra naum lembrar dele,
Ele teve a capacidade de espetar um pedaçinho de madeira em meu dedo,
Assim isso me incomoda, e me faz lembrar dele.
Melhor ainda,
Ele teve a capacidade de colocar um pedaço dele dentro do meu coração.
Assim faz com que eu nunca o esqueça ...

[ Versão modificada do poema de Mateus Maciejewsky ]

Mateus Maciejewsky ( modificada por Raah Fernandes )

Porque não foi um pouco antes? Porque não apareceu quando tudo era mais simples, quando a minha vida era menos complexa, quando eu estava descobrindo tudo o que me fazia bem e não tinha um pingo de medo de viver tudo o que eu tinha para viver? Porque não veio mais cedo, não cruzou meu caminho numa daquelas longas viagens, porque não nos esbarramos numa dessas calçadas, num desses bares? Porque tudo agora, tão recente, sem termos a mínima chance de descobrirmos se a gente pode ser feliz, se a gente se completa como nosso abraço diz nos completar? Porque todo esse fingimento, essa farsa de um amor embutido numa amizade linda demais, companheira demais? No entanto, só nós sabemos o quanto nos precisamos, nos fazemos bem, somos felizes juntos.
Porque tudo agora? Tão tarde?
Tudo bem. Conformei-me, já.
É só um momento. Na verdade, é que agora estou aqui sozinha lembrando e com saudades. Todas as vezes que tenho esses momentos eu me revolto com o tempo, me revolto com as ironias do destino, e escrevo. Como se fosse um surto. É rápido. Logo passa. O que não passa mesmo é essa vontade de estar ao seu lado e todas as noites ouvir a sua respiração aqui no meu ouvido, sentir o seu cheiro; mesmo você estando longe, aí, também com saudades porque acabou de me confessar por uma mensagem.
Vai ser assim, pra sempre. Só não se esquece de me levar no pensamento, porque eu te levarei.

Mayara Freire

Meu amor...
Você apareceu na minha vida quando eu menos o esperava, de um jeito inesperado, e conseguiu a minha simpatia e o meu carinho de maneira inesperada.
Até hoje eu não encontrei explicação plausível para a necessidade de te proteger desde o primeiro momento em que você apareceu, não encontrei explicação para a maneira na qual nos aproximamos tanto e como me senti tão mal e impotente quando te vi caído precisando de apoio, mas mesmo assim não pude desistir de tentar reerguer-te.
Também não achei explicação para a necessidade que senti, de falar com você todos os dias, fazendo com que eu mudasse toda a minha rotina para que pudesse ficar por perto o máximo de tempo possível.
É por você que eu acordo todas as manhãs, é você que domina os meus pensamentos desde a hora em que eu acordo até a hora em que me deito, tomando conta também dos meus sonhos.
Eu preciso da sua voz, da sua atenção, do seu amor, do seu carinho, em todos os momentos e assim será para sempre.Eu prometo.
Quero acordar ao seu lado em todos os dias de minha vida, te guardar ao despertar, olhar nos seus olhos, ver o sorriso lindo reluzente em seu rosto, tendo a plena certeza de que comigo, você encontrou a sua verdadeira felicidade.
Eu prometo amar-te e proteger-te por todos os dias de nossas vidas. Que seja eterno enquanto dure, e que dure para sempre.
Camila.

Loid Milla.

Quem é você? Alguem que nuca vi que, apareceu na minha vida e levou meus sentimentos como se tudo oque eu tivesse guardado por toda minha vida fosse levado em um único sábado solitário, como se todas as minhas lágrimas tivessem se guardado para o nunca...

DESONHECIDO

"Quando já estava cansada vendo o mofo se acumular no peito, você apareceu."

Clarissa M. Lamega

O Menino e o cinema

Aquela gripe inesperada era tudo que ele não precisava. Justo nesse dia!

Ele estava ardendo em febre e mesmo assim implorava para sua mãe para ir ao cinema. Afinal de contas, hoje era quinta feira e era o dia da continuação da sua série favorita. Se ele perdesse essa parte de hoje, ficaria sem entender a próxima parte.

Dona Rebecca não queria saber de argumentos, com aquela gripe e com esse "febrão" ele teria que ficar em casa e pronto. Ai dele se desobedecesse!.

Uma angústia passou pelos olhos do menino. Escondeu a cabeça sob as cobertas e chorou.

Chorou ao lembrar-se das dificuldades da vida, da pobreza em que viviam, e do filme que era exibido em séries todas às quintas-feiras lá no Cine Ok. A série era o "Vale dos desaparecidos" e era o único filme que ele e o irmão pagavam para ver, afinal aquele velho golpe de andar de costas quando o povo saia do cinema não funcionava no Cine Ok.

Chorando e com a febre subindo, o menino pensava em Deus e na sua justiça. Por quê ele tinha que ficar com febre justo hoje? Por quê na quinta-feira? Que injustiça era essa? Tantos dias diferentes para ficar doente, e justo hoje ele amanhece com essa febre que só veio para atrapalhar tudo...

Adormeceu com a febre que insistia em queimar. Acordou horas depois com os gritos dos amigos.

Ao abrir os olhos no quarto humilde, o garoto viu aquele monte de amiguinhos falando ao mesmo tempo. Ele não entendia nada, era muita gente , muitas palavras e nenhum entendimento. Só quando seu irmão pediu silêncio foi que ele soube que havia escapado da morte. O Cine Ok havia pegado fogo naquela tarde de quinta-feira e haviam muitas vítimas.

Por isso, quando você não entender o porquê de uma doença, daquele pneu furado pela manhã, o trem que não chega, o avião que não sai, o carro que você não consegue comprar, os pequenos acidentes que te atrasam em um compromisso, faça como o menino Senor Abravanel (ou Silvio Santos, como você quiser), que aos 12 anos descobriu que Deus cuidava dele e com certeza tinha uma missão muito maior do que aquele filme de quinta-feira á tarde.

Será que a sua febre não está te livrando de uma tragédia? Não é hora de agradecer?
Agradecendo por tudo que recebemos, nós não caímos no risco de sermos injustos, nem com Deus, nem com ninguém.

Reclame menos, agradeça mais e viva feliz!

(História real baseada na vida de Silvio Santos)

Paulo Roberto Gaefke

Eu precisava ir dormir pois teria que acordar bem cedo, mas à noite, é como se o resultado de todas as palavras do dia se resolvessem, e o sono faz questão de mostrar, esfregar na sua cara até que você não queira mais dormir.

Prefira Borboletas (Mariana Lobo)

''Eu treinei viver sem você, eu treinei porque você sempre achou um absurdo o tanto que eu precisava de você para estar feliz. De tanto treinar acostumei.'

Luís

Foi tudo tão rápido. Num piscar de olhos você não precisava mais dos meus cuidados, dos meus mimos, do meu cheiro, do meu aconchego, da minha proteção. Num piscar de olhos você não precisava mais de mim.

Querido John

NECESSITO DE VOCÊ

Sempre achei que não precisava de ninguém para ser feliz,
Que uma mulher na minha vida não ia fazer nenhuma diferença.
Mas hoje vejo as coisas completamente diferente...

Hoje vejo que você na minha vida faz muita diferença,
minha vida que antes eu não dava valor, hoje só é alegria com você do meu lado...
" Não te amo porque necessito de você..." " NECESSITO DE VOCÊ PORQUE TE AMO!!!"

Ao seu lado me sinto protetor, amado e acima de tudo feliz, muito feliz.
Necessito de você não só pra me sentir amado, mas pra te amar cada vez mais.
Necessito de você como o sol de cada amanhecer, como uma linda flor no jardim,
Como cada estrela no céu e como cada gota do oceano...

Necessito de você, pra continuar a enxergar a vida com outros olhos,
Pra ser mais feliz a cada dia que passa e pra saber que todos os dias
tem alguém do meu lado que me ama muito e que me faz o homem mais feliz do mundo!!!!!!!!!!
" TE AMO NÃO PELO O QUE TU ÉS, MAS PELO O QUE SOU SOU CONTIGO"

Carlos Correia

Olhares dizem tudo quando nada precisava ser dito.

Emicida

"Porque só havia uma coisa em que eu precisava acreditar para poder viver, eu precisava saber que ele existira. Era só. Todo o restante eu podia suportar. Desde que eletivesse existido."

Stephanie Mayer

Eu tive um sonho que ninguém pode ter.
E joguei tudo fora aquilo que não precisava.
Pensamentos, não posso me render a esta interrupção.
Mesmo se eu estiver na linha entre a realidade e a fantasia.
Meus pés são limitados aos esforços do sacrifício.
Meus sentimentos estão transbordando, cheios de repressão.
Porque eu tenho um coração que esta ansioso.
"Mentira";
"Medo";
"Renegado";
"Infelicidade".
Não quero mais ser fraco.
Eu já aprendi com vários erros.
Sou um trapaceiro que não esta sozinho.

Death Note - Ending

" Isso é mais informação do que eu precisava"

Pulp Fiction

A Força da Idade
"Para que minha vida me bastasse, precisava dar seu lugar à literatura. Em minha adolescência e minha primeira juventude, minha vocação fora sincera mas vazia; limitava-me a declarar: "Quero ser uma escritora". Tratava-se agora de encontrar o que desejava escrever e ver em que medida o poderia fazer: tratava-se de escrever. Isso me tomou tempo. Eu jurara a mim mesma, outrora, terminar com vinte e dois anos a grande obra em que diria tudo; e tinha já trinta anos quando iniciei o meu primeiro romance publicado, A convidada. Na minha família e entre minhas amigas de infância, murmurava-se que eu não daria nada. Meu pai agastava-se: "Se tem alguma coisa dentro de si, que o ponha para fora". Eu não me impacientava. Tirar do nada e de si mesma um primeiro livro que, custe o que custar, fique em pé, era empresa, bem o sabia, exigente de numerosíssimas experiências, erros, trabalho e tempo, a não ser em virtude de um conjunto excepcional de circunstâncias favoráveis. Escrever é um ofício, dizia-me, que se aprende escrevendo. Assim mesmo dez anos é muito e durante esse período rabisquei muito papel. Não creio que minha inexperiência baste para explicar um malogro tão perseverante. Não era muito mais esperta quando iniciei A convidada. Cumpre admitir que encontrei então "um assunto" quando antes nada tinha a dizer? Mas há sempre o mundo em derredor; que significa esse nada? Em que circunstâncias, por que, como as coisas se revelam como devendo ser ditas?

A literatura aparece quando alguma coisa na vida se desregra; para escrever - bem o mostrou Blanchot no paradoxo de Aytré - a primeira condição está em que a realidade deixe de ser natural; somente então a gente é capaz de vê-la e de mostrá-la."

Simone de Beuvoir

Acho que não precisava ser assim. É tudo tão forte, tão profundo, tão bonito, não precisava doer como dói. Eu não podia apenas sorrir quando me lembrasse de você? Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo, mas que só você, de algum modo, fosse capaz de ativar. Eu sei, é lindo. Mas logo em seguida, quando penso em quão longe você está sinto-me despedaçar por inteiro. Sabe a sensação de arrancar um doce de uma criança? Pois é, sou essa criança. E dói. Uma dor cujo único remédio é a sua presença. Então sigo assim, penso em você, sorrio, sofro e rezo, peço pra Deus cuidar da gente, amenizar essa dor e trazer logo a minha cura.”

Caio Fernando

"Nunca fui do tipo que precisava de atenção, de ser amada por todos, de precisar de um namorado pra ser feliz. Sempre passei a imagem de ser forte. Mas só por isso as pessoas achavam que eu nunca chorei, que eu nunca sofri, que eu nunca amei. E esse foi o maior erro delas, achar que por ser forte eu não tinha um coração."

desconhecido

Meu otimismo foi tudo que precisava para meus objetivos tornarem reais.

Uilder César