Vingança texto

Cerca de 66 frases e pensamentos: Vingança texto

A vingança encharca a literatura e a música, mas seus mistérios jamais serão esgotados.

Vingança é uma arte, o refinamento da carência. Quem procura se vingar do ex ou da ex, na verdade, não cansou de brigar. Não terminou de argumentar. Vingança é discutir o relacionamento sozinho, é discutir o relacionamento à distância, é dedicar o dia inteiro, às vezes a vida inteira, a arquitetar uma forma de chamar a atenção do amante que negou o ouvido.

O luto é destinado aos que amam amar. Vinga-se a pessoa que odeia amar, odeia continuar amando. É o encontro do mais extremo ódio com o mais extremo amor. A união de dois terrorismos.

Vinga-se aquele que acredita que deu mais do que recebeu e que se enxerga ludibriado. Aquele que, durante a relação, cobrava em segredo tudo o que oferecia, listava presentes e gestos. A vingança é o juízo final do avarento amoroso.

Indica também prepotência. O vingador se enxerga superior ao vingado, mais experiente e sábio. Acha que está ensinando seu antigo par. Encarna a figura de professor repreendendo o erro do aluno. Assim como não sofre em vão, somente se humilha para humilhar o outro. Todo sofrimento é arrogante, debitado na conta do desafeto.

O vingador cobiça a última palavra pois não aceita que alguém pense o pior dele. Planeja castigar as supostas distorções e intimidar as possíveis confissões de sua intimidade. O vingador vive por hipóteses. Não entendeu que a última palavra não existe, é uma desculpa para mandar.

A vingança é o mais paradoxal dos atos: um sentimento inteligente em mãos burras e desgovernadas; uma pressa que exige longa paciência e dissimulação. Requer as mais contraditórias atitudes: sangue frio de alguém com sangue quente; calar-se apesar da exagerada vontade de falar.

A vingança fracassa pela ânsia de fama do seu autor. Quem busca se vingar pretende que o outro saiba que foi ele, que não tenha nenhuma dúvida. Deseja dar o troco beijando a boca, olhando nos olhos. Conclui que não adianta nada uma vingança sem remetente. E peca pela ambição, erra ao se expor, porque a represália aguda e exitosa esconde o criminoso para a perfeição do crime; deve ser anônima, gerando a desconfiança, mas não entregando totalmente o seu mentor.

Não conheço vingança perfeita. Não se vingar talvez seja a melhor vingança. Fazer esperar uma resposta que nunca virá.

Fabrício Carpinejar

"Um símbolo sozinho pode não representar nada, mas se todos se juntam, um símbolo pode significar muito, pode significar a mudança de um pais"

"Estás temeroso de ser o mesmo em teu próprio ato e valor de que em teu desejo? Não terás o que mais estimas , o ornamento da vida , e viverás um covarde em tua própria estima, deixando "Eu não posso" ultrapassar "eu farei", como o pobre gato no adágio?"... És um homem".

"Eis que me fiz de santo quando na verdade era o demônio"

"Esconda-me e seja meu ajudante pois tal disfarce por acaso vai tomar a forma do meu propósito."

V de Vingança

Vingança é uma arte, o refinamento da carência. Quem procura se vingar do ex ou da ex, na verdade, não cansou de brigar. Não terminou de argumentar. Vingança é discutir o relacionamento sozinho, é discutir o relacionamento à distância, é dedicar o dia inteiro, às vezes a vida inteira, a arquitetar uma forma de chamar a atenção do amante que negou o ouvido.

Fabrício Carpinejar

Hoje é o dia de dar bom dia ao fim da dor, ao fim da vingança, ao fim da espera, ao fim da defensiva. E dar bom dia ao início da primavera, ao início da minha beleza e ao amor. Finalmente. Bom dia ao amor. E bom dia para essa risada que sai livre, solta e que eu nem percebo que é risada porque não consigo olhar pra fora da pele de tanto que é bom ficar aqui dentro. Hoje é o dia de dar bom dia a mim.

Tati Bernardi

"Voilà! À vista, um humilde veterano vaudevilliano, apresentado vicariamente como ambos vítima e vilão pelas vicissitudes do Destino. Esta visagem, não mero verniz da vaidade, é ela vestígio da vox populi, agora vacante, vanescida, enquanto a voz vital da verossimilhança agora venera aquilo que uma vez vilificaram. Entretanto, esta valorosa visitação de uma antiga vexação, permanece vivificada, e há votado por vaporizar estes venais e virulentos verminados vanguardeiros vícios e favorecer a violentamente viciosa e voraciosa violação da volição. O único veredito é a vingança, uma vendeta, mantida votiva,não em vão, pelo valor e veracidade dos quais um dia deverão vindicar os vigilantes e os virtuosos. Verdadeiramente, esta vichyssoise de verbosidade vira mais verbose vis-a-vis uma introdução, então é minha boa honra conhecê-la e você pode me chamar de V."

V de Vingança

"Não se deve contar com a minoria silenciosa, pois o silêncio é algo frágil. Um ruído alto... e está tudo acabado. O povo está amedrontado e desorganizado demais. Alguns tiveram a oportunidade de protestar, mas foram como vozes gritando no deserto. O Barulho é Relativo ao Silêncio que o Precede. Quanto Mais Absoluta a Quietude, Mas Devastadoras as Palmas."

V de Vingança

Quem? é só a forma que deve ter um porque e o que eu sou um homem de máscara. Isso eu ja notei. é claro que já; não questionei seus poderes de observação apenas enfatizei o paradoxo de perguntar a um máscarado quem ele é. mas nessa noite ospiciosa permita que no lugar de uma alcunha corriqueira eu sugira o caráter dessa persona dramática.

V de Vingança

O orgulho ferido leva ao rancor, que leva à vingança e ao mal caráter...
Não deixe esses sentimentos ruins acabarem com sua integridade física e mental.
Não queira discutir um assunto, que não resultará em algo positivo...
Portanto:
Deixe-o pensar que tem razão...
Deixe-o pensar que suas palavras de má fé não estão o ferindo, afirmando algo que não corresponde à verdade, feita simplesmente com a intenção de enganar e assim, vangloriar-se de sua própria elegância...
Não o estimule para um combate...
Desconsidere os efeitos nocivos da futilidade...
Sinta-se bem consigo mesmo, e deseje muito que o indivíduo reflita e enxergue seus próprios erros, caso contrário...a vida o fará enxergar.

Leninha Milica

Quem é você?
Quem é só uma forma que deve ter um porquê. E o que eu sou é um homem de mascara.
Mas é claro que já, não questionei seus poderes de observação apenas enfatizei o paradoxo de perguntar a um mascarado quem ele é.
Mas nessa noite auspiciosa permita-me que em lugar de uma alcunha corriqueira eu sugira o carater dessa persona dramatica.
Vuala.
A sua vista um humilde veterando de Vudeville, trajado com vestes de vitima e vilão pelas viscitudes do destino.
Esse semblante não me verniz vaidade, é um vestigio de vox populi agora vazia e esvaidecida.
Porém essa valorosa visitação de uma vexação passada se encontra vivificada e fez um voto de vencer os vermes venais e virulentos que se valem do vicio e valorizam a violação violenta depravada e voraz da vontade.
O unico veredicto é a vingança uma vendeta tida como vontiva não por vaidade pois o valor e a veracidade de tal deve um dia vindicar o vigilante e o virtuoso.
Verdade como esta vivida verborragia ja se torna assaz verboso. Permita-me que eu acrescente que é uma grande honra para mim
conhece-la. A senhorita pode me chamar de V

V de Vingança

"Boa Noite, Londres. Permitam que eu primeiramente desculpe-me por esta interrupção. Eu, como muitos de vocês, gosto de parar para apreciar os confortos da rotina diária, a segurança, a família, a tranqüilidade. Eu aprecio-os tanto quanto todo mundo. Mas no espírito de comemoração, daqueles eventos importantes do passado associados geralmente com a morte de alguém ou ao fim de algum esforço sangrento terrível, uma celebração de um feriado agradável, eu pensei que nós poderíamos marcar este 5 novembro, um dia que não é recordado, fazendo uso de algum tempo fora de nossas vidas diárias para sentar e ter um bom bate-papo. Há naturalmente aqueles que não querem que eu fale. Eu suspeito que agora mesmo, estão dando ordens aos telefones, e os homens com armas estarão aqui logo. Por que? Porque mesmo que a violência possa ser usada no lugar da conversação, as palavras reterão sempre seu poder. As palavras oferecem os meios ao povo, e para aqueles que escutarão, o anúncio da verdade. E a verdade é que há algo terrivelmente errado com este país, não há? Crueldade e injustiça, intolerância e depressão. E onde uma vez você teve a liberdade a objetar, pensar, e falar, você tem agora os censores e os sistemas de escutas que exigem seu conformidade e que solicitam sua submissão. Como isto aconteceu? Quem é responsável? Certamente há aqueles mais responsáveis do que outros, e serão repreendidos, mas a verdade seja dita outra vez, se você estiver procurando o culpado, você necessita olhar somente em um espelho. Eu sei porque você o fez. Eu sei que você estava receoso. Quem não estaria? Guerra, terror, doença. O medo começou melhor de você, e em seu pânico você girou para o agora alto-chanceler, Adam Sutler. Prometeu-lhe a ordem, prometeu-lhe a paz, e tudo que exijiu no retorno era seu consentimento silencioso, obediente.
Na última noite eu procurei terminar esse silêncio. Na última noite eu destruí o Old Bailey, para lembrar este país do que ele se esqueceu. Há mais de quatrocentos anos um grande cidadão desejou encaixar para sempre o 5 de novembro em nossa memória. Sua esperança era lembrar o mundo que a justiça e a liberdade são mais do que palavras, são perspectivas. Assim se você não visse nada, se os crimes deste governo permanecessem desconhecidos a você então eu sugeriria a você que passe o 5 de novembro em branco. Mas se você ver o que eu vi, se você sentir como eu me sinto, e se você procurar como eu procuro, então eu peço-lhe para estar ao meu lado em um ano, fora das portas do Parlamento, e juntos, nós daremos a todos um 5 de novembro inesquecível!!!"

Discurso de V de Vingança

Julgar e condenar moralmente é a vingança preferida das
almas limitadas sobre aquelas que são menos que elas, uma
espécie de indenização por tudo aquilo que obtiveram de menos
da natureza, eis uma ocasião para mostrar espírito e tornar-se
refinado — a malícia espiritualiza o homem. No fundo de seus
corações gostariam que existisse uma medida, diante da qual
também os homens ricos e privilegiados sejam seus iguais

Friedrich Nietzsche

Nós somos apenas simples pessoas movidas pela vingança em nome da justiça. Mas se a vingança é chamada de justiça, então dessa justiça irá nascer ainda mais vingança... E então se torna uma corrente de ódio. Viver com isso, ciente do passado, predizando o futuro, isso que significa conhecer a história. Não podemos evitar, mas sim entender, que as pessoas nunca entenderão uma as outras.

Pain - Nagato

Estás temeroso de ser o mesmo em teu próprio ato e valor de que em teu desejo? Não terás o que mais estimas , o ornamento da vida , e viverás um covarde em tua própria estima, deixando "Eu não posso" ultrapassar "eu farei", como o pobre gato no adágio?"... És um homem.

V de Vingança

A lei é sombra, púdica e hipócrita, do desejo de vingança da sociedade. Se, por uma razão ou por outra, as paixões se condensam, os ódios se acendem, deve-se aplacá-los, aquietá-los, acalmá-los. Desafogar o aborrecimento sem exceder. Os tribunais são os lugares decentes da vingança. Não para encaminhá-la ao alvo correcto, mas para impedir que ocorram movimentos perigosos....

Giampaolo Rugarli

Casa de avós é depósito de netos.
Engraçado o contraste do tratamento dado ao seu neto, em relação como foi dado ao seu filho quando criança.
Parece que a velhice os deixam abobados...
É, talvez seja o exagero do amor que se aflora, já que talvez não tiveram amor dos seus pais quando crianças... Mas tiveram dos avós, não?
E assim vai...
Os pais aproveitam da situação, quando não têm paciência com o seu filho, logo se lembram dos avós. É como se fosse uma vingança: “já que depois que envelheceram, ficaram abobados, com um amor exagerado, e que esse amor nunca me foi dado...”
Eles envelhecerão também, e, talvez, serão abobados, com um amor exagerado...
E assim vai...

Leninha Milica

Ela era a "princípa" dele, e Ele o "princeso" dela. Não escrevi errado, era bem assim: de ponta cabeça, do avesso! Mas se amavam igual a muitos casais por aí.
Um romance proibido.
Desde quando se proíbe um amor?
Ele teve seus motivos para deixá-la, Ela tentou entender, e com sacrifício conseguiu.
Só que ainda pensa no porquê de não ter dado certo, poderia ter dado, não deu.
E a culpa era de quem? Dela? Mas ela queria... E como queria!
Dele então? Não, não, não. Ele olhara em seus olhos, era real, Ela sabia!
A culpa toda é do amor; e o amor todo é uma culpa. Um crime deles.

Ester Rodrigues

Amor, não se esqueça de mim, já mais
eternize nossa história no seu coração no seu pensamento.
Faça do seu pensamento sua vingança,quando alguém te magoar, Pensa em nois" faça do seu pensamento sua alegria e quando estiver triste, pensa em nois" Eu vou fazer o mesmo.E eternamente pensar em nois...

luhmarrie Segredos de luhAles

Eu sou assim

Sou nebuloso como um dia sombrio e amargo como uma tempestade melancólica. Persisto no rancor que ainda me tem, e não irei parar até o fim da retaliação.
O amor junto ao amparo da paixão fez-me aparentar algo que não sou. É difícil, mas não vou ceder a este sentimento de lágrimas.
Embora a repugnância esconda, sou romântico, mas não sei a razão de não conseguir mais amar.

Willian Tiepo

Estações...

Aqui nunca esteve tão frio, sem a sua companhia.
Sinto falta dos teus olhos,
Do teu corpo.

Não preciso de muito, o pouco já e suficiente,
Implorar por amor, rejeitado pela a solidão,
Viver sentindo dor até me acostumar com essa sensação.

Até o dia que nunca acordar,
Ninguém notara a minha ausência.
E se perceberem?
Pena, já foi tarde demais.

Vi flores nascendo na primavera,
Cair no outono,
O sol nascer em pleno calor de verão,
E meu corpo? Continua assim, frio como no inverno.
Sozinho em todas as estações.

Luiz Gustavo

Desafogue-se de mágoas, de desejos de vingança, <br/>
de pessoas que não permitem que você avance. <br/>
Diga não para tudo aquilo que não faz bem pra você, <br/>
pare de acreditar que as coisas vão mudar por milagre ou por decreto. <br/>
Se não mudaram até agora, então deixe as coisas como estão e <br/>
mude você.

Martha Medeiros (via eles-e-eu)