Versos Caipiras

Cerca de 15 versos Caipiras

Os brasileiros são caipiras, desconhecem o outro lado, e, quando conhecem, encantam-se.

Fernando Henrique Cardoso

Declaração aos amigos de uma forma caípira

Ces são o colírio do meu ôiu.
São o chiclete garrado na minha carça dins.
São a maionese do meu pão.
São o cisco no meu ôiu (o ôtro oiu - eu ten dois).
O limão da minha caipirinha.
O rechei do meu biscoito.
A masstumate do meu macarrão.
A pincumel do meu buteco.

Nossinhora!
Gosto dimais da conta docêis, uai.

Ces são tamém:
O videperfume da minha pintiadêra.
O dentifriço da minha iscovdidente.

Óiproceisvê,
Quem tem amigos assim, tem um tisôru!

Eu guárdêsse tisouro, com todo carin,
Do Lado Esquerdupeito !!!
Dentro do Meu Coração!!!

Paulo Master

Trenzinho Caipira

Lá vai o trem com o menino
Lá vai a vida a rodar
Lá vai ciranda e destino
Cidade e noite a girar
Lá vai o trem sem destino
Pro dia novo encontrar
Correndo vai pela terra
Vai pela serra
Vai pelo mar
Cantando pela serra do luar
Correndo entre as estrelas a voar
No ar no ar no ar no ar no ar
Lá vai o trem com o menino
Lá vai a vida a rodar
Lá vai ciranda e destino
Cidade e noite a girar
Lá vai o trem sem destino
Pro dia novo encontrar
Correndo vai pela terra
Vai pela serra
Vai pelo mar
Cantando pela serra do luar
Correndo entre as estrelas a voar
No ar no ar no ar

Heitor Villa-Lobos

Porteira


Por ela passam os sonhos de um caipira
Aquele que sai de sua terra
Para a cidade grande em busca da felicidade
Que trabalha de sol a sol
Esperando um dia voltar...

E na capital nascem seus filhos
Distantes da vida simples de seus pais
Assim vive o caipira
Saudoso e choroso pela lembrança de criança
Onde montava o cavalo...

Bebia água na fonte
Corria entre os pastos atrás dos vaga-lumes
Assim vivem todos aqueles que sobrevivem longe da terra natal
E só pensa em voltar...

E por sorte um dia ele volta
A alegria lhe salta os olhos
Ao ver os campos tão verdes
E frutas no pé...

Então ele passa pela porteira
Olha o mata-burro no chão
Nessa hora o caipira
Se sente feliz ao voltar a vida de peão...


Leticia Andrea Pessoa

Letícia Andrea Pessôa

Minha família é daquela que se junta no final de semana
Toca moda caipira, faz churrasco e bebe cerveja
Tem gente que conta piada, outros que contam “causo”
Cachaça boa não falta pra quem chega
E caldo forte no fogão é pra “arribá” quem parte

Josane Hodniki

Nao Sou Apenas Um Famoso
Sou apenas um Caipira Matador.

Iohann Mateus

E que nunca me falte
a boa música, gente divertida, o som do violão,
a moda caipira juntando a família,
o cafuné pra dormir e tentadores desafios.

Josane Hodniki

Espírito que desencarna de pessoa mesquinha, depois não consegue reencarnar nem em galinha caipira.

Saint-Clair Mello

Para mim o Brasil perdeu um de seus maiores mestres da música raiz caipira! Descanse em paz Tinoco, junto aí de seu irmão Tonico.

Luiz Maria Borges dos Reis

Ahh, nada melhor do que pequi no almoço, uma caipira nervosa te xingando e um sol desses, ah, como eu amo meu Goiás!

Máculah

Coração: um caipira remendado, emotivo e esperto. Ele ganha por tamanho e batimento.

Bruno Guilherme Fonseca

Caipira que foi salvo por Jesus não capina mais nas trevas, não calça as botas do diabo e, muito menos, tira o chapéu para seus escravos na roça, porque virou gente grande.

Helgir Girodo

Nasci no "Dia do Rock" - hoje dia 13 de Julho, mas, adoro uma violinha caipira de 10 cordas. Abraços violeirísticos.

Luiz Maria Borges dos Reis

Percebo que sou um caipira preso na liberdade de Goiânia. Tenho vontade dar uns cascudos na cabeça de quem plantou prédios, um lado do outro, no Setor Bueno. Penso que o pior lugar de Goiânia para se morar é aqui. Idiota de quem o inventou cheio de arranhas-céus de narizes arrebitados.Até a lua nesse lugar só aparece acima dos prédios. A impressão é a de que a lua do Setor Bueno é diferente de outros lugares; já surge no zênite. (Do livro de crônicas Romanceiro de Goiânia - Doracino Naves).

Doracino Naves

Ela muito pura, jurava amor eterno ao pequeno alagoano. Ele sem vergonha fingia entender... Moral da história, ela era uma puta e ele um vigário de boas intenções. Coisas do interior do Brasil.

JustinoManoel