Versículos de Gratidão

Cerca de 14 frases e pensamentos: Versículos de Gratidão

Em tudo dai GRAÇAS;porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco!

Apóstolo Paulo

Daí graças ao Senhor, porque ele é bom!
“Eterna é a sua misericórdia!”
É melhor buscar refúgio no Senhor
Do que pôr no ser humano a esperança;
É melhor buscar refúgio no Senhor
do que contar com os poderosos deste mundo!”

Abri-me vós, abri-me as portas da justiça;
Quero entrar para dar graças ao Senhor!
“Sim, esta é a porta do Senhor,
Por ela só os justos entrarão”!
Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes
E vos tornastes para mim o Salvador!

“Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação;
Ó Senhor, dai-nos também prosperidade!”
Bendito seja, em nome do Senhor,
Aquele que em seus átrios vai entrando!
Desta casa do Senhor vos bendizemos.
Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!

Salmo 117 ou 118

salmo 9


1 Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas.
2 Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
3 Quando os meus inimigos
contigo se defrontam,
tropeçam e são destruídos.
4 Pois defendeste o meu direito e a minha causa;
em teu trono te assentaste,
julgando com justiça.
5 Repreendeste as nações e destruíste os ímpios;
para todo o sempre apagaste o nome deles.
6 O inimigo foi totalmente arrasado,
para sempre;
desarraigaste as suas cidades;
já não há quem delas se lembre.
7 O Senhor reina para sempre;
estabeleceu o seu trono para julgar.
8 Ele mesmo julga o mundo com justiça;
governa os povos com retidão.
9 O Senhor é refúgio para os oprimidos,
uma torre segura na hora da adversidade.
10 Os que conhecem o teu nome confiam em ti,
pois tu, Senhor, jamais abandonas
os que te buscam.
11 Cantem louvores ao Senhor,
que reina em Sião;
proclamem entre as nações os seus feitos.
12 Aquele que pede contas do sangue derramado
não esquece;
ele não ignora o clamor dos oprimidos.
13 Misericórdia, Senhor!
Vê o sofrimento que me causam
os que me odeiam.
Salva-me das portas da morte,
14 para que, junto às portas da cidade de Sião,
eu cante louvores a ti
e ali exulte em tua salvação.
15 Caíram as nações na cova que abriram;
os seus pés ficaram presos
no laço que esconderam.
16 O Senhor é conhecido
pela justiça que executa;
os ímpios caem em suas próprias armadilhas.
Interlúdio.
17 Voltem os ímpios ao pó,
todas as nações que se esquecem de Deus!
18 Mas os pobres nunca serão esquecidos,
nem se frustrará a esperança dos necessitados.
19 Levanta-te, Senhor!
Não permitas que o mortal triunfe!
Julgadas sejam as nações na tua presença.
20 Infunde-lhes terror, Senhor;
saibam as nações
que não passam de seres humanos.

bibliasagrada

Salmo 104/105

O Senhor se lembra sempre da aliança.

Dai graças ao Senhor, gritai seu nome,
anunciai entre as nações seus grandes feitos!
Cantai, entoai salmos para ele,
publicai todas as suas maravilhas!

Gloriai-vos em seu nome que é santo,
exulte o coração que busca a Deus!
Procurai o Senhor Deus e seu poder,
buscai constantemente a sua face!

Descendentes de Abraão, seu servidor,
e filhos de Jacó, seu escolhido,
ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus,
vigoram suas leis em toda a terra.

Livro dos Salmos

Salmo 105/106

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom.

Daí graças ao Senhor, porque ele é bom,
porque eterna é a sua misericórdia!
Quem contará os grandes feitos do Senhor?
Quem cantará todo o louvor que ele merece?

Felizes os que guardam seus preceitos
e praticam a justiça em todo o tempo!
Lembrai-vos, ó Senhor, de mim lembrai-vos,
pelo amor que demonstrais ao vosso povo!

Visitai-me com a vossa salvação,
para que eu veja o bem-estar do vosso povo,
e exulte na alegria dos eleitos,
e me glorie com os que são vossa herança.

Livro dos Salmos

Salmo 75


1 Damos-te graças, ó Deus,
damos-te graças, pois perto está o teu nome;
todos falam dos teus feitos maravilhosos.
2 Tu dizes: "Eu determino o tempo
em que julgarei com justiça.
3 Quando treme a terra
com todos os seus habitantes,
sou eu que mantenho firmes
as suas colunas.
4 "Aos arrogantes digo: Parem de vangloriar-se!
E aos ímpios: Não se rebelem!
5 Não se rebelem contra os céus;
não falem com insolência".
6 Não é do oriente nem do ocidente
nem do deserto que vem a exaltação.
7 É Deus quem julga:
Humilha a um, a outro exalta.
8 Na mão do Senhor está um cálice
cheio de vinho espumante e misturado;
ele o derrama, e todos os ímpios da terra
o bebem até a última gota.
9 Quanto a mim,
para sempre anunciarei essas coisas;
cantarei louvores ao Deus de Jacó.
10 Destruirei o poder de todos os ímpios,
mas o poder dos justos aumentará.

bibliasagrada

Salmo 92



1 Como é bom render graças ao Senhor
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
2 anunciar de manhã o teu amor leal
e de noite a tua fidelidade,
3 ao som da lira de dez cordas e da cítara,
e da melodia da harpa.
4 Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos;
as obras das tuas mãos
levam-me a cantar de alegria.
5 Como são grandes as tuas obras, Senhor,
como são profundos os teus propósitos!
6 O insensato não entende, o tolo não vê
7 que, embora os ímpios brotem como a erva
e floresçam todos os malfeitores,
eles serão destruídos para sempre.
8 Pois tu, Senhor, és exaltado para sempre.
9 Mas os teus inimigos, Senhor,
os teus inimigos perecerão;
serão dispersos todos os malfeitores!
10 Tu aumentaste a minha força
como a do boi selvagem;
derramaste sobre mim óleo novo.
11 Os meus olhos contemplaram a derrota
dos meus inimigos;
os meus ouvidos escutaram a debandada
dos meus maldosos agressores.
12 Os justos florescerão como a palmeira,
crescerão como o cedro do Líbano;
13 plantados na casa do Senhor,
florescerão nos átrios do nosso Deus.
14 Mesmo na velhice darão fruto,
permanecerão viçosos e verdejantes,
15 para proclamar que o Senhor é justo.
Ele é a minha Rocha;
nele não há injustiça.

bibliasagrada

Salmo 105


1 Deem graças ao Senhor,
proclamem o seu nome;
divulguem os seus feitos entre as nações.
2 Cantem para ele e louvem-no;
relatem todas as suas maravilhas.
3 Gloriem-se no seu santo nome;
alegre-se o coração dos
que buscam o Senhor.
4 Recorram ao Senhor e ao seu poder;
busquem sempre a sua presença.
5 Lembrem-se das maravilhas que ele fez,
dos seus prodígios
e das sentenças de juízo que pronunciou,
6 ó descendentes de Abraão, seu servo,
ó filhos de Jacó, seus escolhidos.
7 Ele é o Senhor, o nosso Deus;
seus decretos são para toda a terra.
8 Ele se lembra para sempre da sua aliança,
por mil gerações, da palavra que ordenou,
9 da aliança que fez com Abraão,
do juramento que fez a Isaque.
10 Ele o confirmou como decreto a Jacó,
a Israel como aliança eterna, quando disse:
11 "Darei a você a terra de Canaã,
a herança que lhe pertence".
12 Quando ainda eram poucos,
um punhado de peregrinos na terra,
13 e vagueavam de nação em nação,
de um reino a outro,
14 ele não permitiu que ninguém os oprimisse,
mas a favor deles repreendeu reis, dizendo:
15 "Não toquem nos meus ungidos;
não maltratem os meus profetas".
16 Ele mandou vir fome sobre a terra
e destruiu todo o seu sustento;
17 mas enviou um homem adiante deles,
José, que foi vendido como escravo.
18 Machucaram-lhe os pés com correntes
e com ferros prenderam-lhe o pescoço,
19 até cumprir-se a sua predição
e a palavra do Senhor confirmar o que dissera.
20 O rei mandou soltá-lo,
o governante dos povos o libertou.
21 Ele o constituiu senhor de seu palácio
e administrador de todos os seus bens,
22 para instruir os seus oficiais como desejasse
e ensinar a sabedoria às autoridades do rei.
23 Então Israel foi para o Egito,
Jacó viveu como estrangeiro na terra de Cam.
24 Deus fez proliferar o seu povo,
tornou-o mais poderoso
do que os seus adversários
25 e mudou o coração deles
para que odiassem o seu povo,
para que tramassem contra os seus servos.
26 Então enviou seu servo Moisés,
e Arão, a quem tinha escolhido,
27 por meio dos quais realizou
os seus sinais milagrosos
e as suas maravilhas na terra de Cam.
28 Ele enviou trevas, e houve trevas,
e eles não se rebelaram contra as suas palavras.
29 Ele transformou as águas deles em sangue,
causando a morte dos seus peixes.
30 A terra deles ficou infestada de rãs,
até mesmo os aposentos reais.
31 Ele ordenou, e enxames de moscas e piolhos
invadiram o território deles.
32 Deu-lhes granizo, em vez de chuva,
e raios flamejantes por toda a sua terra;
33 arrasou as suas videiras e figueiras
e destruiu as árvores do seu território.
34 Ordenou, e vieram enxames de gafanhotos,
gafanhotos inumeráveis,
35 e devoraram toda a vegetação daquela terra,
e consumiram tudo o que a lavoura produziu.
36 Depois matou todos os primogênitos
da terra deles,
todas as primícias da sua virilidade.
37 Ele tirou de lá Israel,
que saiu cheio de prata e ouro.
Não havia em suas tribos quem fraquejasse.
38 Os egípcios alegraram-se quando eles saíram,
pois estavam com verdadeiro pavor
dos israelitas.
39 Ele estendeu uma nuvem para lhes dar sombra,
e fogo para iluminar a noite.
40 Pediram, e ele enviou codornizes
e saciou-os com pão do céu.
41 Ele fendeu a rocha, e jorrou água,
que escorreu como um rio pelo deserto.
42 Pois ele se lembrou da santa promessa
que fizera ao seu servo Abraão.
43 Fez o seu povo sair cheio de júbilo
e os seus escolhidos com cânticos alegres.
44 Deu-lhes as terras das nações,
e eles tomaram posse
do fruto do trabalho de outros povos,
45 para que obedecessem aos seus decretos
e guardassem as suas leis.
Aleluia!

bibliasagrada

Salmo 106


1 Aleluia!
Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.
2 Quem poderá descrever
os feitos poderosos do Senhor,
ou declarar todo o louvor que lhe é devido?
3 Como são felizes
os que perseveram na retidão,
que sempre praticam a justiça!
4 Lembra-te de mim, Senhor,
quando tratares com bondade o teu povo;
vem em meu auxílio quando o salvares,
5 para que eu possa testemunhar
o bem-estar dos teus escolhidos,
alegrar-me com a alegria do teu povo
e louvar-te com a tua herança.
6 Pecamos como os nossos antepassados;
fizemos o mal e fomos rebeldes.
7 No Egito, os nossos antepassados
não deram atenção às tuas maravilhas;
não se lembraram das muitas manifestações
do teu amor leal
e rebelaram-se junto ao mar, o mar Vermelho.
8 Contudo, ele os salvou por causa do seu nome,
para manifestar o seu poder.
9 Repreendeu o mar Vermelho, e este secou;
ele os conduziu pelas profundezas
como por um deserto.
10 Salvou-os das mãos daqueles que os odiavam;
das mãos dos inimigos os resgatou.
11 As águas cobriram os seus adversários;
nenhum deles sobreviveu.
12 Então creram nas suas promessas
e a ele cantaram louvores.
13 Mas logo se esqueceram do que ele tinha feito
e não esperaram para saber o seu plano.
14 Dominados pela gula no deserto,
puseram Deus à prova nas regiões áridas.
15 Deu-lhes o que pediram,
mas mandou sobre eles uma doença terrível.
16 No acampamento
tiveram inveja de Moisés e de Arão,
daquele que fora consagrado ao Senhor.
17 A terra abriu-se, engoliu Datã
e sepultou o grupo de Abirão;
18 fogo surgiu entre os seus seguidores;
as chamas consumiram os ímpios.
19 Em Horebe fizeram um bezerro,
adoraram um ídolo de metal.
20 Trocaram a Glória deles
pela imagem de um boi que come capim.
21 Esqueceram-se de Deus, seu Salvador,
que fizera coisas grandiosas no Egito,
22 maravilhas na terra de Cam
e feitos temíveis junto ao mar Vermelho.
23 Por isso, ele ameaçou destruí-los;
mas Moisés, seu escolhido,
intercedeu diante dele,
para evitar que a sua ira os destruísse.
24 Também rejeitaram a terra desejável;
não creram na promessa dele.
25 Queixaram-se em suas tendas
e não obedeceram ao Senhor.
26 Assim, de mão levantada,
ele jurou que os abateria no deserto
27 e dispersaria os seus descendentes
entre as nações e os espalharia por outras terras.
28 Sujeitaram-se ao jugo de Baal-Peor
e comeram sacrifícios oferecidos
a ídolos mortos;
29 provocaram a ira do Senhor
com os seus atos,
e uma praga irrompeu no meio deles.
30 Mas Fineias se interpôs para executar o juízo,
e a praga foi interrompida.
31 Isso lhe foi creditado como um ato de justiça
que para sempre será lembrado,
por todas as gerações.
32 Provocaram a ira de Deus
junto às águas de Meribá;
e, por causa deles, Moisés foi castigado;
33 rebelaram-se contra o Espírito de Deus,
e Moisés falou sem refletir.
34 Eles não destruíram os povos,
como o Senhor tinha ordenado,
35 em vez disso, misturaram-se com as nações
e imitaram as suas práticas.
36 Prestaram culto aos seus ídolos,
que se tornaram uma armadilha para eles.
37 Sacrificaram seus filhos e suas filhas
aos demônios.
38 Derramaram sangue inocente,
o sangue de seus filhos e filhas
sacrificados aos ídolos de Canaã;
e a terra foi profanada pelo sangue deles.
39 Tornaram-se impuros pelos seus atos;
prostituíram-se por suas ações.
40 Por isso acendeu-se a ira do Senhor
contra o seu povo
e ele sentiu aversão por sua herança.
41 Entregou-os nas mãos das nações,
e os seus adversários dominaram sobre eles.
42 Os seus inimigos os oprimiram
e os subjugaram com o seu poder.
43 Ele os libertou muitas vezes,
embora eles persistissem
em seus planos de rebelião
e afundassem em sua maldade.
44 Mas Deus atentou para o sofrimento deles
quando ouviu o seu clamor.
45 Lembrou-se da sua aliança com eles,
e arrependeu-se,
por causa do seu imenso amor leal.
46 Fez com que os seus captores
tivessem misericórdia deles.
47 Salva-nos, Senhor, nosso Deus!
Ajunta-nos dentre as nações,
para que demos graças ao teu santo nome
e façamos do teu louvor a nossa glória.
48 Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel,
por toda a eternidade.
Que todo o povo diga: "Amém!"
Aleluia!
QUINTO LIVRO

bibliasagrada

Salmo 107


1 Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.
2 Assim o digam os que o Senhor resgatou,
os que livrou das mãos do adversário
3 e reuniu de outras terras,
do oriente e do ocidente, do norte e do sul.
4 Perambularam pelo deserto e por terras áridas
sem encontrar cidade habitada.
5 Estavam famintos e sedentos;
sua vida ia se esvaindo.
6 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os livrou da tribulação
em que se encontravam
7 e os conduziu por caminho seguro
a uma cidade habitada.
8 Que eles deem graças ao Senhor
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens,
9 porque ele sacia o sedento
e satisfaz plenamente o faminto.
10 Assentaram-se nas trevas e na sombra mortal,
aflitos, acorrentados,
11 pois se rebelaram contra as palavras de Deus
e desprezaram os desígnios do Altíssimo.
12 Por isso ele os sujeitou a trabalhos pesados;
eles tropeçaram,
e não houve quem os ajudasse.
13 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os salvou da tribulação
em que se encontravam.
14 Ele os tirou das trevas e da sombra mortal
e quebrou as correntes que os prendiam.
15 Que eles deem graças ao Senhor,
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens,
16 porque despedaçou as portas de bronze
e rompeu as trancas de ferro.
17 Tornaram-se tolos por causa
dos seus caminhos rebeldes,
e sofreram por causa das suas maldades.
18 Sentiram repugnância por toda comida
e chegaram perto das portas da morte.
19 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os salvou da tribulação
em que se encontravam.
20 Ele enviou a sua palavra e os curou,
e os livrou da morte.
21 Que eles deem graças ao Senhor,
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens.
22 Que eles ofereçam
sacrifícios de ação de graças
e anunciem as suas obras
com cânticos de alegria.
23 Fizeram-se ao mar em navios,
para negócios na imensidão das águas,
24 e viram as obras do Senhor,
as suas maravilhas nas profundezas.
25 Deus falou e provocou um vendaval
que levantava as ondas.
26 Subiam aos céus e desciam aos abismos;
diante de tal perigo, perderam a coragem.
27 Cambaleavam, tontos como bêbados,
e toda a sua habilidade foi inútil.
28 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os tirou da tribulação
em que se encontravam.
29 Reduziu a tempestade a uma brisa
e serenou as ondas.
30 As ondas sossegaram, eles se alegraram,
e Deus os guiou ao porto almejado.
31 Que eles deem graças ao Senhor
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens.
32 Que o exaltem na assembleia do povo
e o louvem na reunião dos líderes.
33 Ele transforma os rios em deserto
e as fontes em terra seca,
34 faz da terra fértil um solo estéril,
por causa da maldade dos seus moradores.
35 Transforma o deserto em açudes
e a terra ressecada em fontes.
36 Ali ele assenta os famintos,
para fundarem uma cidade habitável,
37 semearem lavouras, plantarem vinhas
e colherem uma grande safra.
38 Ele os abençoa, e eles se multiplicam;
e não deixa que os seus rebanhos diminuam.
39 Quando, porém, reduzidos,
são humilhados com opressão,
desgraça e tristeza.
40 Deus derrama desprezo sobre os nobres
e os faz vagar num deserto sem caminhos.
41 Mas tira os pobres da miséria
e aumenta as suas famílias como rebanhos.
42 Os justos veem tudo isso e se alegram,
mas todos os perversos se calam.
43 Reflitam nisso os sábios
e considerem a bondade do Senhor.

bibliasagrada

Salmo 111



1 Aleluia!
Darei graças ao Senhor de todo o coração
na reunião da congregação dos justos.
2 Grandes são as obras do Senhor;
nelas meditam todos os que as apreciam.
3 Os seus feitos manifestam
majestade e esplendor,
e a sua justiça dura para sempre.
4 Ele fez proclamar as suas maravilhas;
o Senhor é misericordioso e compassivo.
5 Deu alimento aos que o temiam,
pois sempre se lembra de sua aliança.
6 Mostrou ao seu povo os seus feitos poderosos,
dando-lhe as terras das nações.
7 As obras das suas mãos são fiéis e justas;
todos os seus preceitos merecem confiança.
8 Estão firmes para sempre,
estabelecidos com fidelidade e retidão.
9 Ele trouxe redenção ao seu povo
e firmou a sua aliança para sempre.
Santo e temível é o seu nome!
10 O temor do Senhor
é o princípio da sabedoria;
todos os que cumprem os seus preceitos
revelam bom senso.
Ele será louvado para sempre!

bibliasagrada

Salmo 118



1 Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.
2 Que Israel diga:
"O seu amor dura para sempre!"
3 Os sacerdotes digam:
"O seu amor dura para sempre!"
4 Os que temem o Senhor digam:
"O seu amor dura para sempre!"
5 Na minha angústia clamei ao Senhor;
e o Senhor me respondeu,
dando-me ampla liberdade.
6 O Senhor está comigo, não temerei.
O que me podem fazer os homens?
7 O Senhor está comigo;
ele é o meu ajudador.
Verei a derrota dos meus inimigos.
8 É melhor buscar refúgio no Senhor
do que confiar nos homens.
9 É melhor buscar refúgio no Senhor
do que confiar em príncipes.
10 Todas as nações me cercaram,
mas em nome do Senhor eu as derrotei.
11 Cercaram-me por todos os lados,
mas em nome do Senhor eu as derrotei.
12 Cercaram-me como um enxame de abelhas,
mas logo se extinguiram
como espinheiros em chamas.
Em nome do Senhor eu as derrotei!
13 Empurraram-me para forçar a minha queda,
mas o Senhor me ajudou.
14 O Senhor é a minha força e o meu cântico;
ele é a minha salvação.
15 Alegres brados de vitória
ressoam nas tendas dos justos:
"A mão direita do Senhor age com poder!
16 A mão direita do Senhor é exaltada!
A mão direita do Senhor age com poder!"
17 Não morrerei; mas vivo ficarei
para anunciar os feitos do Senhor.
18 O Senhor me castigou com severidade,
mas não me entregou à morte.
19 Abram as portas da justiça para mim,
pois quero entrar para dar graças ao Senhor.
20 Esta é a porta do Senhor,
pela qual entram os justos.
21 Dou-te graças, porque me respondeste
e foste a minha salvação.
22 A pedra que os construtores rejeitaram
tornou-se a pedra angular.
23 Isso vem do Senhor,
e é algo maravilhoso para nós.
24 Este é o dia em que o Senhor agiu;
alegremo-nos e exultemos neste dia.
25 Salva-nos, Senhor! Nós imploramos.
Faze-nos prosperar, Senhor! Nós suplicamos.
26 Bendito é o que vem em nome do Senhor.
Da casa do Senhor nós os abençoamos.
27 O Senhor é Deus,
e ele fez resplandecer sobre nós a sua luz.
Juntem-se ao cortejo festivo,
levando ramos até as pontas do altar.
28 Tu és o meu Deus; graças te darei!
Ó meu Deus, eu te exaltarei!
29 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.

bibliasagrada

salmo 136


1 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom.
O seu amor dura para sempre!

2 Deem graças ao Deus dos deuses.
O seu amor dura para sempre!

3 Deem graças ao Senhor dos senhores.
O seu amor dura para sempre!

4 Ao único que faz grandes maravilhas,
O seu amor dura para sempre!

5 Que com habilidade fez os céus,
O seu amor dura para sempre!

6 Que estendeu a terra sobre as águas;
O seu amor dura para sempre!

7 Àquele que fez os grandes luminares:
O seu amor dura para sempre!

8 O sol para governar o dia,
O seu amor dura para sempre!

9 A lua e as estrelas para governarem a noite.
O seu amor dura para sempre!

10 Àquele que matou
os primogênitos do Egito
O seu amor dura para sempre!

11 E tirou Israel do meio deles
O seu amor dura para sempre!

12 Com mão poderosa e braço forte.
O seu amor dura para sempre!

13 Àquele que dividiu o mar Vermelho
O seu amor dura para sempre!

14 E fez Israel atravessá-lo,
O seu amor dura para sempre!

15 Mas lançou o faraó e o seu exército
no mar Vermelho.
O seu amor dura para sempre!

16 Àquele que conduziu seu povo pelo deserto,
O seu amor dura para sempre!

17 Feriu grandes reis
O seu amor dura para sempre!

18 E matou reis poderosos:
O seu amor dura para sempre!

19 Seom, rei dos amorreus,
O seu amor dura para sempre!

20 E Ogue, rei de Basã,
O seu amor dura para sempre!

21 E deu a terra deles como herança,
O seu amor dura para sempre!

22 Como herança ao seu servo Israel.
O seu amor dura para sempre!

23 Àquele que se lembrou de nós
quando fomos humilhados
O seu amor dura para sempre!

24 E nos livrou dos nossos adversários;
O seu amor dura para sempre!

25 Àquele que dá alimento
a todos os seres vivos.
O seu amor dura para sempre!

26 Deem graças ao Deus dos céus.
O seu amor dura para sempre!

bibliasagrada

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 6:23

Apóstolo Paulo