Vencer Medos Inseguranças

Cerca de 331 frases e pensamentos: Vencer Medos Inseguranças

O desejo vence o medo, atropela inconvenientes e aplana dificuldades.

Mateo Alemán

Que as outras pessoas e o medo nunca te vençam. Seja apenas tu a derrotar a ti mesmo, pela graça de teres superado todos os teus limites!

Augusto Branco

Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la.

Augusto Cury

Quem vence sem risco, triunfa sem glória... Não tenha medo da vida, não tenha medo de vivê-la...

Augusto Cury

Mas o medo da loucura, Jeanne, só o medo da loucura nos levará a ultrapassar as fronteiras invioláveis da nossa solidão.

Anaïs Nin

Ultrapassar a dor é a pior crueldade. E eu tenho medo disso, eu que sou extremamente moral. Mas agora sei que tenho de ter uma coragem muito maior: a de ter uma outra moral, tão isenta que eu mesma não a entenda e que me assuste.

in A Paixão Segundo GH. pág 155

Clarice Lispector

Muitas coisas não são realizadas por que o mendo vence as pessoas. Vença o medo e verás um mundo de possibilidades desdobrar-se diante de teus olhos.

Augusto Branco

“Eu tenho medo, mas não me escondo. Eu choro até pegar no sono e acordo depois disposta a vencer tudo. Eu me entrego às vezes até sem pensar. Eu suspiro alto. Eu fecho os olhos nos momentos mais imprevistos, pra sentir melhor, pra ver melhor, com os olhos de dentro. Eu agarro com força e esqueço de soltar. Eu faço caretas e sinto o mundo girando ao redor. Eu sou assim. Meio mulher, meio criança. Uma confusão de verdades e mistérios dentro de um coração que só sabe amar…”

Desconhecido

Medo se vence com segurança. Apego se vence com renúncia. Aversão se vence com amor.

Hermógenes

O jogo da conquista tem muitos truques e só um desafio: vencer o medo de demonstrar amor.

Desconhecido

No momento ruim da vida, prefiro fingir que estou tranqüilo e vencer, do que transmitir meu medo e perder.

Tiago Augusto da Cunha (mindinho)

''Amar, o sentido do amar nos faz vencer grandes provas, nos faz lidar com nossos medos de maneira mais leve, mais suave.
Não se ama um nome, se ama o que se tem nele, como numa paisagem.
Se desfazer é como lutar contra uma corrente, amar... Amar nos faz viver, e sorrir, sentir o belo mais doce, sentir o vento frio como que procurando o amor pra aquecer.
Amor é loucura singela e coerente,é um absurdo perdoável, é uma criação magnífica.
A gente ama sem esperar, a gente lamenta por não amar e quando amamos não queremos mais largar.
O instinto que nos movimenta, que nos fazem viver e amar sempre.
Amar... Crer no amor é que se faz o amor.''

Ve-k (Veronicka Meirelles)

"O sofrimento é um dos supostos motivos para existência do medo. Supõe-se que para vencê-lo, o otimismo é empregado e apelidado de sonho. Visto que o que se sonha é o ideal - e o ideal não existe - resta-nos o medo da decepção, como a alternativa única, virando uma premissa básica para o ato de sonhar. O que se sonha então, é pura ilusão! O que potencializa de fato, a causa da dor.
Todavia, o resultado a curto prazo é impressionante! A verdade é que ninguém quer sofrer. E acredita-se que nos sonhos, alcançamos abrigo seguro; mesmo que sumam no primeiro abrir dos olhos...
Porém, utiliza-se dessa frustração premeditada e pré-programada apenas quem quer. Acima de tudo, somos racionais e somos conscientes. Nós é quem decidimos o que sonhar! E acreditar no inesperado, sabemos que é sempre decepcionante.
A verdade está na sua frente, e a decisão está em suas mãos. Portanto, antes de agir lembre-se:

- A dor é inevitável. Não tenha medo de sofrer...certifique-se apenas de não ter mais coragem de sonhar!"

Pablo de Queiroz

‎Estamos com medo.

nosso sistema educacional nos diz que
podemos ser todos
grandes vencedores.

eles não nos contaram
a respeito das misérias
ou dos suicídios.

ou do terror de uma pessoa
sofrendo sozinha
num lugar qualquer

intocada
incomunicável

regando uma planta.

as pessoas não são boas umas com as outras.
as pessoas não são boas umas com as outras.
as pessoas não são boas umas com as outras.

suponho que nunca serão.
não peço para que sejam.

mas às vezes eu penso sobre
isso.

Charles Bukowski