Vampiros

Cerca de 94 frases e pensamentos: Vampiros

VAMPIROS

Eu não acredito em gnomos ou duendes, mas vampiros existem. Fique ligado, eles podem estar numa sala de bate-papo virtual, no balcão de um bar, no estacionamento de um shopping. Vampiros e vampiras aproximam-se com uma conversa fiada, pedem seu telefone, ligam no outro dia, convidam para um cinema. Quando você menos espera, está entregando a eles seu rico pescocinho e mais. Este "mais" você vai acabar descobrindo o que é com o tempo.

Vampiros tratam você muito bem, têm muita cultura, presença de espírito e conhecimento da vida. Você fica certo que conheceu uma pessoa especial. Custa a se dar conta de que eles são vampiros, parecem gente. Até que começam a sugar você. Sugam todinho o seu amor, sugam sua confiança, sugam sua tolerância, sugam sua fé, sugam seu tempo, sugam suas ilusões. Vampiros deixam você murchinha, chupam até a última gota. Um belo dia você descobre que nunca recebeu nada em troca, que amou pelos dois, que foi sempre um ombro amigo, que sempre esteve à disposição, e sofreu tão solitariamente que hoje se encontra aí, mais carniça do que carne.

Esta é uma historinha de terror que se repete ano após ano, por séculos. Relações vampirescas: o morcegão surge com uma carinha de fome e cansaço, como se não tivesse dormido a noite toda, e você se oferece para uma conversa, um abraço, uma força. Aí ele se revitaliza e bate as asinhas. Acontece em São Paulo, Manaus, Recife, Florianópolis, em todo lugar, não só na Transilvânia. E ocorre também entre amigos, entre colegas de trabalho, entre familiares, não só nas relações de amor.

Doe sangue para hospitais. Dê seu sangue por um projeto de vida, por um sonho. Mas não doe para aqueles que sempre, sempre, sempre vão lhe pedir mais e lhe retribuir jamais.

Martha Medeiros

Teatro dos vampiros

Sempre precisei
De um pouco de atenção
Acho que não sei quem sou
Só sei do que não gosto[...]

Renato Russo

"De três coisas eu estava convicta.
Primeira,Edward era um vampiro.
Segunda,havia uma parte dele
-e eu não sabia que poder essa parte teria-
que tinha sede do meu sangue.
E terceira,eu estava incondicional e irrevogavelmente
apaixonada por ele."

Stephenie Meyer

VAMPIRO

Tu que, como uma punhalada
Invadiste meu coração triste,
Tu que, forte como manada
De demônios, louca surgiste,

Para no espírito humilhado
Encontrar o leito ao ascendente,
- IInfame a que eu estou atado
Tal como o forçado à corrente,

Como a seu jogo o jogador,
Como à garrafa o beberrão,
Como aos vermes a podridão
- Maldita sejas, como for!

Implorei ao punhal veloz
Dar-me a liberdade, um dia,
Disse após ao veneno atroz
Que me amparasse a covardia.

Mas não! O veneno e o punhal
Disseram-me de ar zombeiro
"Ninguem te livrará afinal
De teu maldito cativeiro

Ah! imbecil-de teu retiro
Se te livrássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadaver de teu vampiro!"

Charles Baudelaire

Os leitores são os meus vampiros.

Italo Calvino

"Sempre precisei
De um pouco de atenção
Acho que não sei quem sou
Só sei do que não gosto
Nesses dias tão estranhos
Fica a poeira se escondendo pelos cantos."

Teatro dos Vampiros - Legião Urbana

As pessoas que param de crer em Deus ou na
bondade continuam a acreditar no diabo. Não sei por que.
Não,realmente não sei por que. O mal é sempre possível. E a bondade
é eternamente difícil.

Anne Rice ( Entrevista com o Vampiro)

"Vou te dar a escolha que eu nunca tive."

Entrevista com o vampiro

Não viro vampiro, prefiro sangrar, me obrigue a morrrer, mas não me peça pra matar.

Humberto Gessinger

De três coisas eu estava convicta:
Edward era um vampiro.
Havia uma parte dele q tinha sede pelo meu sangue.
E eu estava irrevogavelmente apaixonada por ele.

do livro 'Crepúsculo

VAMPIRO

Tu que, como uma punhalada,
Em meu coração penetraste
Tu que, qual furiosa manada
De demônios, ardente, ousaste,

De meu espírito humilhado,
Fazer teu leito e possessão
- Infame à qual estou atado
Como o galé ao seu grilhão,

Como ao baralho ao jogador,
Como à carniça o parasita,
Como à garrafa o bebedor
- Maldita sejas tu, maldita!

Supliquei ao gládio veloz
Que a liberdade me alcançasse,
E ao vento, pérfido algoz,
Que a covardia me amparasse.

Ai de mim! Com mofa e desdém,
Ambos me disseram então:
"Digno não és de que ninguém
Jamais te arranque à escravidão,

Imbecil! - se de teu retiro
Te libertássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadáver de teu vampiro!"

Charles Baudelaire

VAMPIROS

Eu não acredito em gnomos ou duendes, mas vampiros existem. Fique ligado, eles podem estar numa sala de bate-papo virtual, no balcão de um bar, no estacionamento de um shopping. Vampiros e vampiras aproximam-se com uma conversa fiada, pedem seu telefone, ligam no outro dia, convidam para um cinema. Quando você menos espera, está entregando a eles seu rico pescocinho e mais. Este "mais" você vai acabar descobrindo o que é com o tempo.

Vampiros tratam você muito bem, têm muita cultura, presença de espírito e conhecimento da vida. Você fica certo que conheceu uma pessoa especial. Custa a se dar conta de que eles são vampiros, parecem gente. Até que começam a sugar você. Sugam todinho o seu amor, sugam sua confiança, sugam sua tolerância, sugam sua fé, sugam seu tempo, sugam suas ilusões. Vampiros deixam você murchinha, chupam até a última gota. Um belo dia você descobre que nunca recebeu nada em troca, que amou pelos dois, que foi sempre um ombro amigo, que sempre esteve à disposição, e sofreu tão solitariamente que hoje se encontra aí, mais carniça do que carne.

Esta é uma historinha de terror que se repete ano após ano, por séculos. Relações vampirescas: o morcegão surge com uma carinha de fome e can

Martha Medeiros

O Vampiro e o Helianto

Se amanhece, aqui estou a selar tua fonte
Com o beijo que marca que te protejo
E, se escurece, me falta tanto um rumo
Que me perco em memórias [...]

Dance of days

A arte de amar? Saber unir um temperamento de vampiro a discrição de uma anêmona.

Emil M. Cioran

- Porque você não brilha?
- Porque vivo num mundo real, em que vampiros queimam no sol.

Damon Salvatore

Um vampiro se apaixonar por um ser humano é a mesma coisa que você se apaixonar por uma vaca.

Felipe Neto

Quem sou?
A sede de sangue de um vampiro
o deconpor de um cadaver
a voz do mudo e
a batina de um padre

Sou mentira da verdade
e a necessidade de mentir
a bondade e a maldade
e o que não veio e que ainda estar por vir....

Sou a vida e a morte
o azar e a sorte,
a felicidade e o coma
e todas as linguas de um só idioma..

Sou o amor e o ódio
o controlhe e o colápso
a paz e a guerra
que acaba em um trago de um cigarro...

Não sou nada ao mesmo tempo que sou tudo.

Bruno silva da costa

"Os vampiros que existem nesse mundo não são os que sugam sangue, mas sim aqueles que doam, por amor, seu coração"

Lucas Cassin

Vampiro que toma sangue é Conto de Fadas.
Terror,é Vampiro que te suga energia e qualquer possibilidade de sucesso.
Ele esta do seu lado,e você perde tempo acreditando em fantasma.

Majesty

Meu Doce Vapiro

Oh! Meu Doce Vampiro
Que zela por meu ser
Que protege minha alma

Onde você está?
Por que não estás a me guardar
Nesta noite triste?

Você, que caminha pelos meus sonhos
Que não sai da minha mente
Que habita meu coração

Meu Doce Vampiro
Que me faz rir
Que me faz chorar

Meu guardião...
Meu amigo...
Meu amor...

Estou só
Um novo tempo se inicia
Você me deixou nesta noite fria

Meu Doce Vampiro
Não quero perder você
Não me deixe aqui

Sinto o vazio de tua ausência
Sinto a dor da distância
Sinto falta do olhar

Oh! Doce Vampiro
De olhar distante
De feição séria

Doce Vampiro
De alma pura
De coração bom

Meu amado guardião
Sei que não posso vê-lo
Mas sei que está aqui

Posso sentir tua presença
E me sentir confortada
Mas não posso tocar tua face

Meu Doce Vampiro
Tão distante
Tão perto

Vampiro que confunde minha mente
Vampiro que me embriaga com tua presença
Vampiro que me encanta com teu carinho

Amigo que me ensina a viver
Mas que me faz desejar morrer
Apenas pelo fato de estar longe de você

Doce Vampiro
Que vela meu sono
Que me protege do mal

Guardião
Que salva minha vida
Que me faz sentir querida

Meu Vampiro
Que enxuga minhas lágrimas
Que sorri para mim

Doce Vampiro
Por vezes se esconde atrás de uma máscara
Para não se mostrar para mim

Deixe-me olhar nos teus olhos
Deixe-me saber quando estiver aqui
Deixe-me ouvir tua bela voz

Apenas mostre-me como
Diga-me o que fazer
Segure minha mão

Mostre-me o caminho
Leve-me para a saída
Me traga de novo a vida

Não me deixe cair
Aqui em cima parece tão alto
Leve-me em seu voo

Meu doce vampiro
Serás tu um guardião da noite
Ou serás um anjo solitário?

Oh! doce vampiro
Que caminha comigo
Para onde quer que eu vá

Desejo tua felicidade
Agradeço sua lealdade
Obrigada por ser meu protetor.

Tata Bartolini