Uma carta de Esperança

Cerca de 1318 carta Uma de Esperança

Faz de conta

Vou descrever e também registrar
meu real pensar
Não quero passar tempo
montando frase sobre sol e lua
Não estou à cata de aplauso
busco sim, me exprimir
com assuntos, complicados para mim.
Recuso-me a aceitar certas injustiças
todos tem muito xodó com o tal do amor
Mas há ódios muito mais nobres
que a maioria dos amores.
Que tanto se pegam nas verdades?
A verdade não é nada melhor que a mentira
E quanto ao sonho?
Que nada mais é que a forma da esperança
Da velha e cansada esperança
que já desistiu de si mesma a muito tempo.
Mas nada disto precisa ser dito
tem que ficar escondido
enquanto fingimos viver.

Enide Santos 26/08/13

Enide Santos

Pai Natal

Hoje é um dia muito especial, estou muito feliz por ter certeza que minha cartinha o senhor vai ler, e vai conseguiu o meu coração entender.
Querido Pai, está tão difícil ser bom.
Está tão difícil ser amável é quase impossível poder confiar, poder compartilhar.
Somos prisioneiros uns dos outros Pai.
É tão difícil meu Pai, como é difícil ter que calar no momento que seria para falar.
Deixar de enxergar no momento que seria para ver.
Sabe Pai! É tão gratificante quando conseguimos superar, mas às vezes faltam-me forças me perco da esperança e nem mesmo medo consigo ter, penso: vou deixar acontecer.
Neste dia de hoje, que meu coração me diz que o senhor vai me ouvir, deixe-me ter pedir;
Para não me deixar faltar forças que eu tenha êxito por onde eu passar uma semente de amor eu possa plantar.
Aproveitando que hoje esta mesmo me ouvindo;
Toque Pai o coração de cada um destes meus amigos, familiares, filhos.
Toque-os Pai...
Sei que eles têm muitos pedidos e sei que voz, pode ouvi-los.
Então, toque-os Pai...
É este o meu pedido, para que juntos possamos fazer uma grande corrente do bem para que nunca nos falte força para manter a esperança viva.

O amor ao próximo é a chave da vida
Ajude-nos
Pai Natal.

Enide Santos 09/12/13

Enide Santos

Poesia Para Encantar..

A ESTRELA

Vi uma estrela tão alta,
Vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
Na minha vida vazia.

Era uma estrela tão alta!
Era uma estrela tão fria!
Era uma estrela sozinha
Luzindo no fim do dia.

Por que da sua distância
Para a minha companhia
Não baixava aquela estrela?
Por que tão alto luzia?

E ouvi-a na sombra funda
Responder que assim fazia
Para dar uma esperança
Mais triste ao fim do meu dia.

Manoel Bandeira

Poema: A Esperança

De tristes a felizes
E longos ou curtos
Sol salvador; vem clarear.
Os santos deixam
E eles vêem
Todo o dia faz sol a brilhar!

A mágoa foge por fendas às ervas do campo.
Não há vida sem mágoa!
Afinal errar é humano; ser humano é morrer.
Mas se não morressemos cometeríamos erros.
Seríamos como peixes na água!

Sol, vem salvar a humanidade enquanto não há esperança!
Se houver esperança estamos condenados! Não venhas, então!

Pensamentos de Bruno Sousa

Sei que não sou nada,
Entendo o que se passou,
Que a minha vida foi jogada,
E que você nunca me amou!

Mentiras foram ditas,
Em falsas palavras acreditei,
Imaginei ser verdade,
Porém me enganei!

Sei, que ainda há estrada,
E que é longo o caminho,
O triste é saber,
Que vou seguir sozinho!

Eu ainda esperava,
No porto da esperança,
Porém naufragou,
O barco da perseverança!

Mas hoje entendo,
Que não sou digno de amar,
E mesmo que eu siga,
Viverei a chorar!

Matias Alberto

" "Se você pegasse um coração, colocasse dentro de uma cúpula de vidro, poderia entender que as feridas se fecham, cicatrizam-se, mas as marcas ...
Elas sempre envolveram aquele velho coração enquanto o mesmo pulsa descompassadamente.
Entre dores e lamentos, esperança!
Entre lágrimas e risos, silêncio! O dor se torna companheira dos que aprendem com ela."

Leiryanne

Dir-me-ão que é dever dos médicos fazer todo o possível para que a vida continue. Eu também, da minha forma, luto pela vida. A literatura tem o poder de ressuscitar os mortos. Aprendi com Albert Schweitzer que a "reverência pela vida" é o supremo princípio ético do amor. Mas o que é vida? Mais precisamente, o que é a vida de um ser humano? O que e quem a define? O coração que continua a bater num corpo aparentemente morto? Ou serão os ziguezagues nos vídeos dos monitores, que indicam a presença de ondas cerebrais?
Confesso que, na minha experiência de ser humano, nunca me encontrei com a vida sob a forma de batidas de coração ou ondas cerebrais. A vida humana não se define biologicamente. Permanecemos humanos enquanto existe em nós a esperança da beleza e da alegria. Morta a possibilidade de sentir alegria ou gozar a beleza, o corpo se transforma numa casca de cigarra vazia.
Rubem Alves, para a Folha em 2003

Rubem Alves

O começo é o final de uma história.
No fim de um fato começa uma trajetória.
Como posso encetar? O que posso narrar?
Sentada de baixo de uma árvore pensando em alguém para me inspirar.
Aquela vontade de estar perto de quem está longe.
Ah!!! Isso é sempre, isso é constante...
Esse sentimento é uma iluminação.
Ao chegar em casa torna-se expiração.
A noite já faz presente.
A noite um compromisso.
A vontade é de não presenciar. Só que lastimavelmente não posso prevaricar.

Samanta Bernardi

Falando de saudade....

Queria escrever "pr'a" você..Falar do vazio e da falta que faz...

Queria te falar de saudade, do tamanho de minha saudade...

Queria te falar o quanto acreditei mais uma vez em você... aflita e sem jeito, ansiedade no peito...

Como não te falar sobre esperança ...

Como dizer que não adianta escrever, se não ira ler...Se não quer me ver...

Como escrever tudo aquilo que gostaria de dizer...e o quanto tu cabes em minha saudade...

Gracia Monte Barradas

A VIDA E SEUS MISTÉRIOS
Autora: Profª Lourdes Duarte

A vida é como uma sinfonia encantadora
Ou como um redemoinho de vento assustador
O novo dia uma fonte grandiosa de oportunidades
Porque Deus nos abençoou e é nosso protetor.

Tem dias que é calmaria e vem a felicidade
Outros, o vento sopra como um furacão
Mas é preciso coragem no lugar das incertezas
Força e fé para seguir em frente sonhando com o melhor.

E neste redemoinho de vento
A vida segue de mãos dadas com os mistérios
Com alegria, esperança, sonhos, certezas e incertezas
Escrevendo em cada nota a canção da vida que segue.

Que as angústias não me alcancem
Nem abalem a minha esperança
Que a vida siga como pauta... em cada nota...
Ou como um vento que leve as amarguras
E resgate vontades que deixei adormecer num dia tristonho.

Ouça a tua sinfonia e a cada dia me encanta
Que tempestades ao vento, não apaguem o meu sorriso
Não me falte, vontade de viver, mesmo com lágrimas a rolar
Ouço a sinfonia e sinto o redemoinho de vento.
Amo a vida!

Prof Lourdes Duarte

INVENTO O CAIS
(Rayme Soares)

Eu venho de um lugar, de uma barriga, de um quintal, de um abrigo...
Eu venho de um lugar, de um colo pai, de doces mães...
Eu venho de um mundo indescritivelmente maravilhoso, venho de uma “boa vista”...
Venho de um “ninho”, sou passarinho...
Venho de irmãos passarinhos...
Eu venho de uma casa, sob um par de asas mães, sob tantos mantos bons...
Onde sonhávamos, nós passarinhos...
Eu venho de um cheiro de pitanga, de uma riqueza e uma carência sem medidas...
Eu venho de tantas parcerias, venho por tantas estações...
Eu venho de uma banda da lua, de uma onda, de tantas...
Eu venho de um sonho realizado, materializado...
Venho dos meus rebentos...
Filhas, tudo...
Eu venho das minhas paixões...
Venho do rio e do mar, de muito amar...
Venho de tudo que me impele a buscar saber mais...
Eu venho e sou esse que vos fala e se apresenta...
Quero ir além dos cinquenta...
E vou...

Rayme Soares

Menino de Rua - Escrito há mais de 30 anos.
(Rayme Soares)

De amor eu sou carente
Ando descalço e sem camisa
O meu futuro dizem ser delinquente
O meu dever amar a vida

O meu sorriso é momentâneo
O meu desprezo já lhe avisa
Que não sou nenhum simples estranho
Mas um moleque da avenida

Meu sonho mesmo é ser alguém
Que seja visto como gente
Não tenho nada e tenho o mundo
Pra aprender a me virar

Minha escola é a rua
Os "professores", quem não quer me ver
Pois sou um menino de rua
Mas posso até vir a crescer

Rayme Soares

Neste século louco amar é para os corajosos e se arriscarmos a amar estamos arriscando na coisa certa. O amor é a cura para as feridas, solução para os problemas é fortaleza para as inseguranças, esperança aos que acreditam recompensa para os que o encontram...
O amor muda qualquer realidade, transpõe qualquer barreira, e como é louco... Deixa tudo imensamente bagunçado dentro da gente e a gente adora porque para quem ama ser louco já é normal.

Patrícia Rezende

As vezes agradeço a Deus pelo simples fato de estar respirando
E rezo para que não me leve logo
Pois estou aqui por uma razão

Às vezes em minhas lágrimas afogo-me
Mas nunca as deixo me deprimir
Mesmo com toda a negatividade que me rodeia
Sei que um dia tudo isso irá mudar

Toda a minha vida eu tenho esperado
Eu tenho rezado
Para as pessoas dizerem
Que não queremos mais lutar
Que não haverá mais guerras
E que nossas crianças brincarão...

Jansey Galbiate

Esperança do povo

Lá se vai meu povo,
triste.
Lá se vai esperando,
de novo
pensando
que existe
esperança.
 
Que o dinheiro
vai dar
o mês inteiro
p’ra gastar
e sobrar
p’ra poupança.
Coitados!
Minha gente 
é criança
que de repente,
p’ra se conformar,
acredita nos sonhos.
 
Mas, a verdade aparece
contida
na triste ilusão.
 
O real depois permanece
p’ra gente pensar.
Pois,
então?
 
Só o pobre
socorre 
outro pobre.
E o rico
só morre
mais rico.

Victor Motta

O maior triunfo que uma pessoa pode ter na vida é sobre si mesma, seus sentimentos e atitudes, triunfando assim, sobre o egoísmo, a ira, a maledicência, o ódio, o rancor e a mágoa. E esse triunfo te levará a uma transbordante paz interior, a um caminho de vitórias.

Autora: Aurilene Damaceno

Aurilene Damaceno

O mal do século não é a depressão, é a total falta de compaixão pelo próximo

O mal do século não é a depressão. A depressão é a consequência, não a raiz; ela é o fruto da total falta de compaixão pelo próximo. Seja o próximo um amigo, animal, desconhecido, um familiar. Cada dia mais sentimos a falta de emoção, a dificuldade em se emocionar, de enxergar o outro. Percebemos isso até mesmo nas crianças. As pessoas não se emocionam mais tão facilmente. É mais fácil ignorar. Não sobra tempo. E a compaixão vem dos sentimentos. É a forma mais expressiva do amor.

Compaixão não é razão, é emoção, são tripas e vísceras que se contorcem por dentro.

A compaixão vem do coração, do bem-querer. Não existe na compaixão uma rua de mão dupla. É doação.

Sentir compaixão não é sentir pena. Sentir compaixão não é ser politicamente correto. Sentir compaixão não é a gorjeta do garçom ou a esmola do mendigo. Sentir compaixão não é a caridade do dia.

A falta da compaixão traz julgamento, indiferença, depressão, vazio, maledicência, tragédia.

Sim, somos criaturas imperfeitas: erramos, julgamos, ofendemos, magoamos, matamos, mentimos, omitimos, traímos, somos desleais. Falamos muito em Deus, o amor de Jesus por nós, pregamos, ditamos... mas só ficamos na teoria, não praticamos absolutamente nada.

Não podemos exigir do outro aquilo que não somos, que não praticamos nós mesmos.

Eu sei, é difícil se controlar, dominar as palavras, a língua, o impulso. Dominar à si mesmo é a mais dura das missões. Levei boa parte da minha vida para admitir isso e me olhar no espelho e me questionar: "Quem sou eu para julgar? Com que direito eu tinha de ter feito ou dito aquilo?".

Quem é você para julgar? Quem é você para impor seus valores e suas idéias?

Quem somos nós para determinarmos o que é certo ou errado para aquela pessoa? Quem sou eu ou quem é você para apedrejar alguém por seus atos, mesmo sendo esses atos desleais? Quem somos nós, para ao menos, não tentarmos perdoar?

E quase sempre, temos aqueles mesmos defeitos que criticamos. E um dia, quem sabe, cometeremos os mesmos atos de quem apedrejamos. Senão nós, nossos filhos, netos...

Algumas pessoas se acham no direito de controlar nossos sentimentos, nossas vidas, nossos gestos. É mais conveniente ser bom moço, ser politicamente correto, aderir à massa, para sermos aceitos e respeitados. Usamos máscaras para podermos viver em harmonia e em sociedade. Tratamos o outro como mercadoria. Um vale mais do que o outro. Um importa mais do que outro. Eu ajudo um mais do que o outro. Pisamos e esmagamos no coração do outro. Levamos e trazemos informações. Ignoramos a tristeza do outro, dizemos que sua depressão é frescura, é preguiça, não nos importamos. Mas nos lamentamos diante de um caixão.

Se exercitássemos a compaixão, enxergaríamos a vida e veríamos o próximo com menos arrogância e mais afeto. Desceríamos de nosso castelo de cristal e não prejudicaríamos e nem sentiríamos o sádico prazer em fazer o mal, em prejudicar alguém. Nunca é tarde para recomeçarmos e estendermos nossas mãos. Oferecer nosso ombro. Algumas pessoas tomam as rédeas, outras, esperam. Tudo a seu tempo. Tudo se ajeita.

Mais do que se solidarizar com o próximo, a compaixão transforma você, te faz uma pessoa mais humana, menos egoísta, desprendida de materialismo, de soberba, te afasta da ostentação fútil, e o principal, enche de VIDA, de paz e esperança os dias de alguém.

A compaixão tem poder. E o maior poder que ela tem é o de salvar vidas....


Autora: Aurilene Damaceno

Aurilene Damaceno

Política por política, é louvar o erro de quem está no poder ocultando assim os nossos próprios erros. A auto-análise é fundamental e questionar a nós mesmos sobre nossas ações é uma das poucas formas de "auto-ajuda" que ainda funciona.

E se de fato política por política é trocar os atores e continuar a historia, o que seria a solução? Kant já dizia a mais de 200 anos atrás: "Faça para os outros o que gostaria que todos fizessem para todos", e se reparar, ele diz: "FAÇA", e não ao contrario, "NÃO FAÇA", logo, ele antecipa o poder do verbo na ação, potencializando assim a força da vontade.

A regra é clara: Quanto mais necessário é o surgimento de leis rigorosas, menos capacitados estamos para viver em sociedade.

Leis para seres humanos, é como maquiagem para pessoas feias. Usa-se afim de disfarçar o que esta atrás.

Marciel Miranda

REFLEXÃO DO DIA - Conversando com uma amiga cristã

Homens que não possuem temor a Deus só podem pensar em uma coisa quando se propõem a desenvolver qualquer tipo de relacionamento com uma mulher. A verdade dói, mas você precisa saber! O único que te ama incondicionalmente e vê seu coração e não seu corpo é Jesus Cristo. Então a única esperança que nos resta é sermos encontradas por um homem que morreu para si mesmo e vive a vida de Cristo ou ficarmos solteiras para o resto da vida vivendo apenas e somente para Deus, e isso é um grande privilégio para aquelas que entenderam um pouquinho o mistério. Se não for a primeira, com certeza será a segunda, o que passar disso, provém do maligno.

Juliana Utrera

Quem espera sempre alcança

Tão cansada deste buraco negro
Abre-se aqui no lado esquerdo do peito
Quantas coisas se ocultam nele
Canções não cantadas...
Palavras não ditas...
Gestos intocáveis...

Meu sol, onde está você?
Que outrora tudo iluminava
Ascendia a luz dos olhos meus
E agora? Sou eu só!
Numa penumbra de dor e descontentamento

Mas se hoje tudo é triste, amanhã não mais será.
Espero, então espero...
Espero mais um dia
Até a eternidade se preciso

Assim espero...
Docemente espero...
Pacientemente espero...
Espero pela palavra não dita,
Pela canção da nossa vida,
Pela vitória do nosso amor.

DIESSYKA MONTEIRO