Uma carta de Esperança

Cerca de 1499 carta Uma de Esperança

Solidão de uma alma infeliz

Alma triste
Vagas sem rumo
Sem esperança, sem amor
Sentindo apenas dor
A dor de ser uma sombra
Escura, vazia
De que todos têm temor

Ó perambulante da escuridão
Ser da solidão
Vazia e amarga fora sua vida
Sem amor, sem paixão
Mas eu te amava
E você me ignorava
Agora ignoro seu corpo
Pálido, caído ao chão
Sangrando as magoas
Que me fizeste sofrer

Ó pobre alma
Fique em seu lugar
Olhando seu cadáver
Caído, morto
Fique no cemitério
Não pare de chorar
Sofra, o que me fizestes sofrer
Não pare de chorar

Morra na vida
Como morreste
No ódio de minha paixão
Não correspondida

Lady Amoraxy

Esperança

Esperança, a princípio parece ser inofensiva
Nos dá a impressão de bom sentimento
Mas só nos trás atitudes contraprodutivas
Que nos deixa presos ao acomodamento

Ela nos dá medo, causa ansiedade
Nos faz pensar demais e agir de menos
Acabamos perdendo a oportunidade
Porque ao fracasso tememos

Esperança, ela tira nossa coragem
Pois temos medo de nos frustrar
Na mente surge aquela terrível imagem,
Onde nos vemos a fracassar

Ela nos faz querer esperar mais um pouco
E nunca saímos dessa fase de espera
Pois por dentro temos esse pessimismo louco
Que a esperança nos gera

Esperança, ela nos faz perfeccionistas
Nos dando um medo terrível da imperfeição
Ela nos torna derrotistas
Pois nunca agiremos com perfeição

Nunca nos sentimos suficientemente preparados
Parece que não vamos obter sucesso como imaginamos
Por isso ficamos ali estagnados
Por medo de imperfeição recuamos

Não devemos agir ansioso,
Isso ajuda na atitude
Não nos deixa temeroso
E nem nos ilude

Devemos agir no instinto de que dará certo,
Sem criar expectativas antes do fato,
Assim deixaremos o sucesso mais perto
E o medo eu mato

O mundo dos sonhos é bom, mas nos engana
A vida deve ser vivida no agora
Eliminando a esperança insana
Que sempre joga nossos objetivos para outrora

Esperança é como uma barreira
Que faz você querer, mas te impede de agir
Te mostra como é bom conseguir o que se queira
Mas também como dói se você não conseguir

Esperança é um sentimento para fracos
Nunca mais quero a sentir
Com ela cortarei meus laços
Para parar de sonhar e começar a agir

Promessius - Vinícius Hermano Petri de Carvalho

"Venha, luz!
Acrescente calor aos meus dias;
Esperança aos meus questionamentos;
Cores ao pensamentos cinzentos;
E às dores, ah!, as dores...
Dê a elas um remédio bem potente,
Daqueles a que nem o touro mais forte é resistente;
Pra que eu possa sentir a força da sua magia,
Pra eu me banhar na sua energia,
E contagiar, a quem estiver por perto, com a minha alegria".

Mais em lavinialins.blogspot.com

Lavínia Lins

Vivo com a esperança que você volte.

Sei que já faz tempo que você se foi.

Mas tenho a certeza que você não se esqueceu de mim,

Como eu também não me esqueci de você…

Não sei se voltarás em um ano ou em uma vida,

Mas não me importo com o tempo que leve.

Só me importo com o tempo que vou estar em seu lado.

Esta espera esta sendo uma tortura,

Mas por você tudo vale apena.

David C. Haubert

O amor é palavra.
O amor é sentimento.
O amor é imagem.
O amor é silêncio.
O amor é esperança.
O amor é espera.
O amor é paciência.
O amor é vivência.
O amor é experiência.
O amor é pai.
O amor é mãe.
O amor é irmão.
O amor é amigo.
O amor é conselho.
O amor é ouvido.
O amor é recordação.
O amor é beleza.
O amor é conhecimento.
O amor é realização.
O amor é aproximação.
O amor é compreensão.
O amor é entendimento.
O amor é conciliação.
O amor é satisfação com o outro.
O amor é entender o outro.
O amor é compreender o outro.
O amor é comemorar com o outro.
O amor é necessitar que os outros compreendam o amor e exercitar a paciência para esperar que isso aconteça.
O amor é um estímulo que nasce e quer que o conheçamos em todos os seus detalhes e realizações para sermos verdadeiramente felizes. É uma realidade que nos espera,sem pressa, dentro do nosso coração e dentro da nossa mente.
O amor é infinito e necessário.

Fabio Savatin

CARTA AO PRÍNCIPE

"Afasto as dores do corpo, na esperança de que as da alma sigam o mesmo destino
À minha volta, um palácio de pedras tenta me proteger dos maus cavaleiros
Em contrapartida, passam pela minha porta, sem chances de entrar, os nobres e honrosos senhores, possíveis candidatos a me proporcionar a tão desejada felicidade
Por entre as fortes e inquebráveis paredes, escorrem lágrimas de solidão e desamor, vencendo o chão frio e as escadas de incontáveis degraus
De tão protegida, acabei me tornando frágil e vulnerável
Sem defesas para as minhas próprias indagações, questiono a minha história, tão diferente dos contos protagonizados por belas e doces princesas
Onde estarão o príncipe e o seu cavalo nevado?
Quando, da janela, ouvirei as suas declarações de amor sem fim?
Enquanto a contemplação não vem, vou me conformando em sonhar, noites a fio, com os beijos e afagos daquele que, um dia, será o dono do meu reino".

Mais em lavinialins.blogspot.com

Lavínia Lins

Que a esperança seja devastada dos corações
que o medo tome conta das almas inquietantes
e que a ferida seja amputada dos pensamentos.

Não quero ter esperança quero vivê-la.
Os homens que buscam a esperança estão morrendo em sua mediocridade.Desculpam-se consigo mesmos pelo tempo que perderam, sabendo que nunca recuperarão o tempo passado. Parece que há o prazer na dor e como que cutucando a ferida cicatrizada tiram a casquinha para ver o sangue jorrar novamente.

Aí está o medo das almas inquietantes, deparar-se com a verdade. A verdade da existência, da solidão... E, re-conhecer isso é o primeiro passo para a superação.

Não deixaremos de ser só enquanto não re-conhecermos o "status quo" de existir, a solidão. Não há remédios nem receitas caseiras há somente a abertura para a relação.
A relação com o outro que nos tira de nós mesmos e nos lança no campo de outro. Ser para um outro nos faz ser para nós mesmos.

São feridas que devem ser amputadas das mentes e corações: a "esperança desculpante" e o "medo dos inquietantes".
Ver o mundo do jeito que ele é, confuso, sem sentido pronto, e gerador da insegurança e do medo, não seja motivo de desespero, mas da verdadeira esperança.
A esperança que não espera nada, nem ninguém... que vive o des(não)-espero do outro e a esperança de si em si mesmo com um outro.

Mizael de Jesus L. Silva (Mizaj7)

Esperança

Espera baseada na possibilidade de que algo que se deseja muito aconteça; ação de confiar na possibilidade de que alguma coisa boa poderá acontecer;

Algo ou alguém em que ou em quem se coloca uma expectativa;

Tudo o que possa estar relacionado com o que é ilusório, utópico;

Virtude que completa as três virtudes teologais: fé, caridade e esperança;

Para mim uma forma de sofrer em silêncio, a última lágrima, o último suspiro antes da certeza que todo o tempo que se esperou, na verdade nunca passou de um sonho não realizado, de um objetivo não alcançado, ou se assim preferir de uma vã espera*nça.

Alexandre Leonardo

Vazio, esperança: Mamãe.: Sentei no vão da porta e encarei a separação de madeira que a levava ao corredor, senti um frio passageiro, um vento propriamente, não achava aquele um momento muito apropriado para você chegar, senti aquele vazio tomar conta de meu estômago.
-Mamãe é você?
Lembro-me das suas palavras de antes de partir: “Filha, dirão a você que eu faleci, que não estou mais presente aí em seu mundo. Mas peço-lhe filha, que não acredite, eu passarei uns dias fora, e assim que der eu volto para casa e prometo cuidar de ti.” – Onde você esta mamãe? Você não está aqui agora por quê? Eu precisava de ti nesse momento. Fechei meus olhos, mantive a calma e a proximidade, senti sua mão acariciar meus cabelos. O vento se foi, a sensação também e tudo o que restou foi o vazio. Você não está mais aqui, é.

Hozana Teixeira - A dreamer defeated

Ainda temos a sutil e essencial esperança de quem vive,
Que não apenas passa pela Terra e assiste ao espetáculo da existência,
Mas desempenha seu papel e muda vidas, constrói sonhos,
faz a diferença onde quer que passe e floresce o jardim de alguém e torna mais brilhante a luz das estrelas,
ainda que apenas em sua pequena imensidão...

Agny Tayná Mota

E até hoje, quando olho pra trás, procuro insensantimente você. Na esperança, de quem sabe, você estar alí atrás de mim. Pra me pedir perdão por tudo que me fez e dizer o quanto me ama.
Admito que chego até a ensaiar algumas mazelas falsas pra te dizer quando você me pedir o meu amor de volta. Ensaio vários tipos de “não” , “agora não”, “você me machucou demais”, “vou pensar, mas não tenha esperanças”, mas no final eu aceitaria você de volta quando você me dissesse um lindo – Eu te amo.
Ilusão á toa.
Você nunca está atrás de mim, em minha frente, ou ao meu lado… Sempre dentro de mim, e só.
Quando fecho os olhos posso sentir o seu cheiro ao me abraçar, e sinto de verdade um aperto dentro de mim. A dor fica tão grande e tão forte que me abraça e a minha saudade me trás o seu cheiro.
Até procuro em outros homens uma parte de você, aquela parte que se faz necessária dentro de mim. Mas por melhor que eles sejam, nunca tem aquilo que você tem… Suas qualidades, seus defeitos, seu jeito.
Você se perpetuou dentro de mim, não consigo te tirar de mim, de dentro do meu coração. E ás vezes, até acredito que alguma coisa possa ser eterna. Quem sabe o amor seja eterno… Quem sabe ele acabe mais rápido que a gente imagine… Quem sabe ele se vá quando a gente se esquece dele… Quem sabe a gente não queira deixar ele ir… Quem sabe?
É isso, perguntas sem respostas. O amor é uma eterna incógnita, talvez por isso o queiramos e odiemos tanto!

Paloma Almeida

Nas fotos estão, velhas lembranças
Tudo acabou e não há mais esperança.
Não existe em meu rotos um sorriso...
Estou num beco sem saída, na zona de perigo..
Tudo acabou e não há mais esperança...
A vida não pude suportar....
cai na tentação de pessoas amar...
Tudo acabou e não há mais esperança...
Meu mundo desmoronou em ritmo de dança...
Só quero voltar à minha velha infância, para de novo ser uma criança...

Aakash

A Esperança..?
Será a esperança, de que um dia as coisas melhorem que minha vida se torne tão perfeita igual imaginei quando criança, de passar a manhã na escola chata, de ficar o resto do dia na rua, com o pé no chão jogando bola e brincando com meus amigos, ganhar abraços e mais abraços dos meus pais, de ser aquele orgulho da família. Mas infelizmente fica apenas na fé, talvez a vida nem seja feita pra ser perfeita, e se Deus não consegue fazer ela perfeita, como você vai fazer? Enganam-se quem pensa assim, porque eu tive minha época perfeita, tive a alegria do meu lado em pessoa, gostava tanto do sorriso dela que nem me importava para com os problemas, ignorei todos os sentimentos para me importar com ela, por que eu sabia que qualquer outro sentimento era insignificante perto do que eu sentia e ainda sinto por essa garota, não havia outros motivos para eu me sentir feliz, era só por ela.
As esperanças de que um dia, a vida voltará a ser como era ficam apenas nos sonhos, e geralmente nos sonhos mais tristes, aqueles sonhos que fazem você lembrar-se dos melhores momentos e te dá à vontade de correr atrás mesmo sabendo que é uma estrada sem volta e por um momento eu penso que todos somos sádicos, adoradores da dor e do sofrimento, e também penso que algumas pessoas não têm idéia de sentimentos, de não perceber onde se encontra a felicidade, e até mesmo onde se encontra o porto seguro, aquele amor que nunca te magoará e que mesmo você sendo meio cruel, ele nunca te abandonará e é nos piores momentos que achamos as verdadeiras amizades e os grandes amores, por há pessoas que tem todo o tempo do seu lado e não fazem nada pra te ajudar, e tem aquelas que têm a vida tão complicada e pressionada, mas mesmo assim está correndo atrás de ti, correndo atrás da ajuda e resolução dos teus problemas, isso sim é amor, tanto de amigo quanto de namorado.
Eu queria tanto dizer pra você e até mesmo pra mim, para termos esperanças na vida, mas a vida também nos ensina que não basta querer, tem que dar sua cara à tapa, ao soco, e a tudo que te faça dor, porque a dor te faz aprender e te faz acostumar com tudo mais fácil, quanto mais você sofre, mais a vida fica simples para você. Tenha esperanças, todos dizem que nada é pra sempre, mas há amores que ficam marcados por uma vida, amores que começam sem motivos, mas que se aumentam a todo o momento, essa é a graça de amar, é você saber que sempre, mas sempre algo de diferente será feito, e sim, amor verdadeiro existe, basta você saber diferenciar a felicidade e futuro, da beleza e egoísmo. Tenha esperanças, tudo muda quando você crê.

Pablo Pauli Lamin

Esperança.

Toda – ou parte – busca humana resume-se na angústia da espera. Sonhos, paixões, lutas e conquistas alavancadas pela coragem: a nossa principal ferramenta do lapidar da vida, compartilham os espaços onde se dá a labuta do homem à procura do inusitado. Os caminhos se entrelaçam, surgem novos dados e subsídios para a história e o viver vai se formando em torno do que há por vir. O sentimento da expectativa chega a despontar em todos os aspectos: a vinda de um salvador, o filho que vai nascer, um novo trabalho, um novo amor, uma nova viagem e, porque não um novo recomeço? Afinal, quem não espera a chegada do novo emoldurando a esperança de tudo melhorar?

00

Transcrevendo ao papel minha insensatez, minha insegurança com uma doze de esperança,
Admirando apenas a noite o ponto fixado nas conversas do passado,
Mais como posso demonstrar, mostrar, amar se o que me foi dado pra mim fascinar, sempre se esconde por 12:00 horas,
Tempo esse que passa divagar, mais quando ele resolve aparecer voltar ao seu lugar,
Fico a admirar a leveza com que se move, e com suavidade fico a olhar.

Harlley G.

OLHOS QUE VIDRAM.



Uns olhos que nos vidram!
De plenitude quando azuis, de esperança quando verdes
Qual a cor desses olhos que nos seduz?
Cristalizados de uma meiguice, tamanha sorte
Quem deles pode fazer posse!
Deixe-me olhá-los sempre a mercê da nova aliança
Vida farta de um “pra sempre” inolvidável ecoar das esperanças
Que são brandas ao ver teu olhar!
Uns olhos que nos vidram
Uns olhos que convidam
A mergulhar profundo num verde-mar

Emi Rosa

Sintonia

De olhos no infinito
De braços com a esperança
Caminho de olhar fixo
no que não vejo.
Conspiro a meu favor
Me faço carinhos
Me entrego as delícias
Sorrio conivente.
Me olho no espelho
Gosto do que vejo
Um jeito nos cabelos
Retoque no batom
Beijo minha boca
Saio pra me encontrar.

Dilean de Bragança

Grito mudo...

Sonhou...
Um sonho lindo de esperança
Criou...
Tantos castelos
que pensou verdade ser
Viveu...
Fantasiando cada dia
Amou...
Como se fosse aquela
a primeira vez
Aí...
Um gosto amargo
bem na boca
Lembrou...
Que era hora de acordar
Chorou...
Em entender e quase louca
Já não chorou,
Calou pra sempre
Um grito mudo de adeus!!!

Dilean de Bragança

Sinto uma sensação de quem não terminei algo
De não estar pronta pra partir.
Na esperança de que me peça pra ficar
Meu coração chora angustiado
Tem medo de ser completamente abandonado
E que o regresso seja tarde...
Porque a duvida?
Se decidi ir embora assim
Sem pensar, nem perguntar...
Sem lhe dar chance de me mostrar outros caminhos...
De seguir outros caminhos, mesmo sem você está...
Sem sofrer por você e chorar até calar a dor
Sem me iludir com palavras suas
Sem imaginar um futuro com você
Mesmo que fosse pura fantasia...
Do que estou fugindo?
Na verdade, fujo da despedida.
Da ilusão
Da realidade
E do FATO!

Veronica Regina Barbosa Macena

Não perca a esperança.
Há milhões de pessoas aguardando os recursos de que você já dispõe.
Não perca o bom humor.
Em qualquer acesso de irritação, há sempre um suicidiozinho no campo de suas forças.
Não perca a tolerância.
É muita gente a tolerar você naquilo que você ainda tem de indesejavél.
Não perca a serenidade.
O problema pode não ser tão dificíl quanto você pensa.
Não perca a humildade.
Além da planicie, surge a montanha, e depois da montanha aparece o horizonte infinito.
Não perca o estudo.
A propría morte é uma lição.
Não perca a oportunidade de servir aos semelhantes.
Hoje ou amanhã, você precisará do concurso alheio.
Não perca tempo.
Os dias voltam, mais os minutos serão outros.
Não perca a paciência.
Recorde a paciência inesgotavél de DEUS.

Andre Luiz- Chico Xavier