Um dia eu te Amei hoje eu te Odeio

Cerca de 2569 frases e pensamentos: Um dia eu te Amei hoje eu te Odeio

Quanto amei ou deixei de amar, é a mesma saudade em mim.

Fernando Pessoa

A FLAUTA-VÉRTEBRA

A todas vocês,
que eu amei e que eu amo,
ícones guardados num coração-caverna,
como quem num banquete ergue a taça e
[ celebra,
repleto de versos levanto meu crânio.

Penso, mais de uma vez:
seria melhor talvez
pôr-me o ponto final de um balaço.
Em todo caso
eu
hoje vou dar meu concerto de adeus.

Memória!
Convoca aos salões do cérebro
um renque inumerável de amadas.
Verte o riso de pupila em pupila,
veste a noite de núpcias passadas.
De corpo a corpo verta a alegria.
esta noite ficará na História.
Hoje executarei meus versos
na flauta de minhas próprias vértebras.

Vladimir Maiakóvski

" Eu amei contra a razão,
contra a promessa,
contra a paz,
contra a esperança,
contra a felicidade,
contra todo o desencorajamento que existe."

Charles Dickens

Você que tanto tempo faz
Você que eu não conheço mais
Você que um dia eu amei demais
Você que ontem me sufocou
De amor e de felicidade
Hoje me sufoca de saudade

Você que já não diz pra mim
As coisas que eu preciso ouvir
Você que até hoje eu não esqueci
Você que eu tento me enganar
Dizendo que tudo passou
Na realidade aqui em mim você ficou

Você que eu não encontro mais
Os beijos que já não lhe dou
Fui tanto pra você e hoje nada sou

Você que eu tento me enganar
Dizendo que tudo passou
Na realidade aqui em mim você ficou

Você que eu não encontro mais
Os beijos que já não lhe dou
Fui tanto pra você e hoje nada sou

Roberto Carlos

Quando recusei o seio ao toque
pro primeiro homem que amei
ele perguntou se dava choque
e eu deixei

Martha Medeiros

Odeio mais as máximas ruins do que as más ações.

Jean-Jacques Rousseau

Odeio os livros; ensinam apenas a falar daquilo que não se sabe.

Jean-Jacques Rousseau

Você representa tudo aquilo que eu odeio. Mas eu acho que você tem graça. Continue, por favor.

Hank Moody

Amei e fui amado; tal basta para o meu túmulo.

Alphonse de Lamartine

Odeio não ter assunto com a pessoa que eu mais quero conversar.

Tati Bernardi

"Não, eu não odeio as pessoas. Só me sinto melhor quando elas não estão por perto."

Charles Bukowski

"O que mais odeio é: gente complicada e preconceituosa, hipocrisia e ser acordado. Nenhuma outra coisa consegue ser pior do que isso."

Cazuza

“Eu odeio conhecer gente que não tem nada a ver comigo, e sorrir para os papos mais furados do mundo''

Tati Bernardi

Eu odeio o quanto eu te amo,não suporto o quanto eu preciso de você.

Tati Bernardi

Odeio a parte de mim que perdoa o que é imperdoável.

Tati Bernardi

amei em cheio

meio amei-o

meio não amei-o
...........................................
arte que te abriga arte que te habita

arte que te falta arte que te imita

arte que te modela arte que te medita

arte que te mora arte que te mura

arte que te todo arte que te parte

arte que te torto ARTE QUE TE TURA
.................................

A tese segunda

Evapora em pergunta

Que entrega é tão louca

Que toda espera é pouca

Qual dos cinco mil sentidos

Está livre de mal-entendidos?

.....................................

Atrasos do acaso

Cuidados

Que não quero mais

O que era para vir

Veio tarde

E essa tarde não sabe

Do que o acaso é capaz …

.........................
Hoje à noite

Lua alta

Faltei

E ninguém sentiu

A minha falta

DATILOGRAFANDO ESTE TEXTO

ler se lê nos dedos

não nos olhos

que os olhos são mais dados

a segredos

.........................

O amor, esse sufoco,

Agora há pouco era muito,

Agora, apenas um sopro

Ah, troço de louco,

Corações trocando rosas,

E socos.

.............................

o mar o azul o sábado

liguei pro céu

mas dava sempre ocupado
................................
sorte no jogo

azar no amor

de que me serve

sorte no amor

se o amor é um jogo

e o jogo não é o meu forte,

meu amor?
..........................

Tudo dito,

Nada feito,

Fito e deito
..........................

Viver de noite me fez senhor do fogo.

A vocês, eu deixo o sono.

O sonho, não!

Este eu mesmo carrego!
...................

meio-dia três cores

eu disse vento

e caíram todas as flores

.................................

entre a dívida externa

e a dúvida interna

meu coração

comercial

alterna

...................

moinho de versos

movido a vento

em noites de boemia

vai vir o dia

quando tudo que eu diga

seja poesia

..................

noite sem sono

o cachorro late

um sonho sem dono

...........................

furo a parede branca

para que a lua entre

e confira com a que,

frouxa no meu sonho,

é maior do que a noite

.........................

primeiro frio do ano

fui feliz

se não me engano

...........................

não fosse isso

e era menos

não fosse tanto

e era quase

.................

entre os garotos de bicicleta

o primeiro vaga-lume

de mil novecentos e oitenta e sete

......................

a noite

me pinga uma estrela no olho

e passa

....................

na torre da igreja

o passarinho pausa

pousa assim feito pousasse

o efeito na causa

..................

um pouco de mão

em todo poema que ensina

quanto menor

mais do tamanho da china

.........................

entre

a água

e o chá

desaba

rocha

o maracujá

...............

duas folhas na sandália

o outono

também quer andar

......................

alvorada

alvoroço

troco minha alma

por um almoço

relógio parado

o ouvido ouve

o tic tac passado

....................

cortinas de seda

o vento entra

sem pedir licença

..........................

a estrela cadente

me caiu ainda quente

na palma da mão

..................

lua à vista

brilhavas assim

sobre auschwitz?

..................

lua de outono

por ti

quantos s sono

.....................

hoje à noite

lua alta

faltei

e ninguém sentiu

minha falta

................

milagre de inverno

agora é ouro

a água das laranjas

..............

coisas do vento

a rede balança

sem ninguém dentro

..................

tarde de vento

até as árvores

querem vir para dentro

.......................

morreu o periquito

a gaiola vazia

esconde um grito

..................

tudo claro

ainda não era o dia

era apenas o raio

....................

lua crescente

o escuro cresce

a estrela sente

"...a poesia está dentro da vida, e não a vida dentro da poesia."

Paulo Leminski

Abri a mente, fiz preces, fantasiei um mundo. Amei teu corpo, teu jeito, teu cheiro, tua sombra, abri meu peito, acreditei na gente.

Tati Bernardi

....Òh Beleza tão antiga e tão nova, quão tarde Te amei...

Santo Agostinho

Você também Vai amar.

Pois eu amei a cristo Jesus
Por Meus pecados foi que ele morreu na cruz
Lá no calvário muito ele sofreu
Por sua liberdade já salvou você e eu.

Agora eu quero a cristo contemplar
Do seu Amor Muito Eu vou lhe falar
Quem dá um filho pelo amor de um irmão
Já pode ter certeza merece o seu coração

Você aí que não tem a Jesus Cristo
Tenha certeza ele Já sabia disso
Por isso hoje você aqui está
Venha junto comigo a cristo vem Louvar.

Antonio Bezerra

Como fazer se não te enterneces com meus defeitos,/ enquanto eu amei os teus

Clarice Lispector