Ultimo dia de Aulas

Cerca de 1308 frases e pensamentos: Ultimo dia de Aulas

Tem dias que temos que nos agarra no último fiapo de fé é força.

Nair Lima

"Dentro do último castelo que desmoronou, vou lhes contar um segredo, ninguém suspeita, mas dentro daquele castelo tinha gente. É, eu estava lá, porque - iludida que sou - achei que aquele castelo havia sido construído sobre o melhor alicerce e que por isso eu não deveria ter medo e poderia morar dentro dele como princesa em conto de fadas. Mas, diferente dos contos, o príncipe fugiu e eu não sei ainda se ele fugiu por medo de não saber o que fazer comigo ou por não saber o que fazer com ele. E ele não quis me salvar, acho que ele não sabia que lá havia espaço pra ele, que o castelo era enorme o suficiente pra abrigar, não só ele, mas os dragões que ele havia matado pelo caminho, seu cavalo branco, suas histórias, seus amores passados, suas feridas antigas. Ele não sabia que ali havia espaço pra tanto e que eu poderia ensiná-lo a recomeçar, porque eu havia construído aquele castelo com tanto zelo especialmente pra ele. E eu achando que aquele príncipe me merecia e que eu o merecia também e que era muito justo a gente junto. Mas ele não poderia me salvar, sem antes salvar o seu próprio castelo, porque afinal de contas – sim, ele também tinha um castelo. E meu egoísmo não me deixou ver que quem precisava ser salvo era ele. E eu não tive tempo pra dizer que, por eu gostar tanto assim dele, eu saltaria da torre do meu castelo e o ajudaria a reconstruir o seu...
Ele foi embora e eu fiquei com as ruínas de mais um castelo,achei que tinha perdido tudo, e pensei que meu mundo tinha desmoronado e perdi o chão e achei a vida injusta e cá estou eu, incrivelmente renovada.
Ele – o príncipe não sabe, mas eu guardei todas as pedras daquele castelo e posso construir outro inteirinho só pra ele, se um dia ele voltar...
Enquanto isso, eu reconstruo o meu!"

Taila Ueoka

"Tenho tentado fugir da dor me apegando ainda mais àquilo que eu trago de ruim. Trago o último cigarro com tanta vontade, que meu desejo de você quase se esvai e dá lugar ao meu vício. Quase. Eu não aprovo minhas atitudes. Não aprovo meu jeito de continuar. De fugir do mundo pra fugir da dor e me manter anestesiada. Te troquei por outros vícios."

Taila Ueoka

Pôr-do-sol

Você vai descendo no horizonte
Cada raio, como último instante
Se materializa em meu pensamento
Seus matizes brincam nesse céu de momento

Você parte, como parte meu desejo
Você diminui sua luz e se despede com um beijo
Fico ali parada vendo seu desaparecer
Mas você me ensina que voltará em um novo amanhecer

A noite te esmaga, te empurra
Ela me separa de você
Me mostra o quanto a vida pode ser dura

Você se vai, mergulhando de vez no horizonte
Seus últimos raios com um leve toque
Sem dizer adeus , beija de leve minha fronte...

Jacqueline Batista

...até depois do fim, até o ultimo suspiro, lutarei com toda minha força... minha crença, minha Determinação, Meus sonhos são reais. Meu Deus Sou Eu. Sobreviva na dor, na ilusao da vida, jamais desista nunca mude a essencia de sua alma, é tudo sem sentido. mas morra quantas vezes for para que se torne vivo...

Yasser Oliveira

Antecipei minha saudade. Quem sofre por último não sofre melhor.

Brunno Leal

O ULTIMO ANDAR

No ultimo andar eu vejo tudo.
Vejo a vida, vejo pessoas, vejo o mundo.
Nas pessoas eu vejo o amor.
Na vida vejo a paixão.

No ultimo andar eu me sinto mais feliz.
Lá, o ar da paixão passa pela minha boca e cai no coração.
Lá, bem lá encima, sinto o aroma das flores, flores lindas que nascem do amor.
Lá, crio a minha idéia de que com amor, tudo na vida é perfeito.

No ultimo andar.
Vejo o amor, ele não sai dos meus olhos.
Vejo aquela paixão ardente caminhando lá embaixo.
Vejo meu sonho eterno caminhando, vejo meu amor aumentando.
Vejo uma única pessoa...........Você!

Eduardo Thomas

Cante,ria,sofra e chore mais aproveite cada minuto de sua vida como se fosse o ultimo...!

Karla Gabrielle de Oliveira

Mas eu não quero viver
Cada segundo dessa vida
Como se fosse o ultimo,
Assim eu viveria
Tão desesperado
Entre vidas e amores
Que serão finalizados,
Eu vivo a cada instante
Como se fosse o primeiro
O segundo e o terceiro
De mais de um milhão,
Não penso no que fiz
Eu penso é no que vou fazer
E cada instante é um bom sinal
Pra continuar a viver.

Ariel Lisboa

O choro de tristeza é o ultimo suspiro de uma alma que não aguenta mais sofrer

Júlia de oliveira

Ela foi embora e você nem ao menos percebeu! Achou melhor não levar nada, tomou quase todo o ultimo gole de café frio e sem olhar para trás, foi seguindo o vento! Ela já não se faz mais perguntas, prefere permanecer quieta, prefere observar. Observar cada erro cometido novamente!E andando só, se dá conta que está imune de qualquer sentimento.
Mas não se desespere, ainda resta um gole de café!

Ellen Lima

Não importa quem é o primeiro a chegar ou o último a sair. Quem fica com os créditos é quem soube produzir melhor neste grande intervalo.

Kléber Novartes

Você é a minha música, ela basicamente grita seu nome. Gostaria de poder te dar um último abraço. Eu te amo

Leticia Rodriguez

No amor o importante não é ser o primeiro, é ser o último!

Marcelo Vellardi

"A magia do último amor está na sua infinita capacidade de ser eterno".

André del Roso Guirronda

“Diante de um problema, antes de sentir medo, procure uma solução.
O medo é o último sentimento que devemos ter.”

Pense nisso...

Priscila Figlie

Ela é curta, mas vivo cada dia como se realmente fosse o último dia da minha vida. Ela é curta, mas alegre.
e ela vale muito, pode ter certeza, que vale mesmo!

Camila Schlindwein

O primeiro que não é o último.



Acorda Larissa! Beijo no rosto. Levanta Larissa! Espreguiça-se, remexe-se nos lençóis, lembra e não acredita, é hoje. Começa hoje, meu primeiro dia de aula, coloca a mão no peito, coração aos saltos, senta na cama, levanta, abre os braços e dança no quarto. Arruma-se, veste saia com pregas azul marinho, camisa branca com botões, meias até os joelhos, branca, calça tênis azul marinho (conhecido como “conca”). Olha no espelho, escova os cabelos castanhos, curtos, sem acreditar, pensa: como estou feliz, vou para a escola, meu primeiro dia de aula, aprender a ler, escrever, sorri. Respira fundo, deixa o quarto, sem acreditar ainda.
Os irmãos sentados à mesa do café da manhã, na cozinha quentinha, fogão a lenha, o cheiro do café, pão, manteiga, geléia. Só falta você! – diz a mãe, escova os dentes. Larissa, a mais nova das filhas (eram cinco e quatro irmãos). Corre menina, apressada, mãos dadas com a mãe, lancheira ao ombro - (dentro, café com leite, uma maçã, pão com manteiga), caderno, lápis e borracha na mão. Segue caminhando, passos firmes, determinados, sabe em seu íntimo de criança, que está emoção marcará sua vida.
Chega à escola, era mais emocionante, linda, do que poderia imaginar, a mãe puxando-a pela mão, Larissa, olhando para todos os lados da escola, jardim, flores, pensa: quantas escadas! Tropeçando se deixando levar pela mão da mãe, se aproximar da sala, observa cautelosa e pensa: como é bonita minha professora, suspira.
Recebida com um abraço, este abraço tinha afeto de professora. Cautelosa, entra, olhar atento observa cada detalhe daquela sala, quadro negro, apagador, giz (branco e colorido), babadinhos de papel colorido ao redor do quadro, mesas quadradas de madeira com quatro cadeiras (cinco mesas), armários com portas de vidro também enfeitado de papel colorido, estantes, livros de histórias, brinquedos diversos, as paredes enfeitadas com bichinhos e árvores (feitos de papel), ao lado da porta da entrada uma lixeira, cortinas brancas. Entra e pendura a lancheira, senta-se próximo a janela que era bem grande, o sol da manhã entra pela sala, tocando seus cabelos aquecendo seus pensamentos e emoções, pensa: este é o mundo que quero na minha vida, ouvir histórias, escrever livros, onde tudo pode ser real se eu quiser.
Vou aprender a ler e escrever! Meus colegas são estranhos, mas, o mais estranho, é que aqui na escola o mundo se abre para os que também não são estranhos. Para os que não sonham e os que apenas vivem e se descobrem sem avessos, fora do eixo, com emoção ou sem emoção nenhuma. Para os que são capazes de rolar na grama, de pisarem no chão, andarem descalços na chuva, sentindo a vida entrar pelas suas entranhas, ter sensações loucas, de chorar de raiva e rir de si mesmos. Debocharem da sorte, agradecer uma dádiva, reverenciar as dores, as mazelas, de se arrepiarem de amor e de se emocionarem com o choro de uma criança que nasce, ou do adeus no leito de morte. De rirem da própria desgraça, de serem capazes de superar todos os estágios de aprendizagem, desta aventura que é viver. Sim, aqui começa o que nunca termina.

Miriam Burlani Regianini - 2009

Só viveremos felizes quando entendermos que cada dia é para ser vivido como se fosse o último, arriscando mais para não nos arrependermos!

Carol Andrade

Você compra móveis. E pensa, este é o último sofá que vou comprar na vida. Compra o sofá, e por um par de anos fica satisfeito porque, aconteça o que acontecer, ao menos tem o seu sofá. Depois precisa de um bom aparelho de jantar. Depois de uma cama perfeita. De cortinas. E de tapetes.
Então cai prisioneiro de seu adorável ninho, e as coisas que antes lhe pertenciam passam a possuir você

Chuck Palahniuck