Trânsito

Cerca de 169 frases e pensamentos: Trânsito

"Estou preso no trânsito Com pouca gasolina O calor tá de rachar E lá fora é só buzina."

Sergio Mallandro

Visto a roupa de sempre. Não tenho problema de alguém ver meu figurino repetido pois transito como passageiro sem ticket de volta.

Diva 30 Anos

Diante da chuva que molha o quintal, suja a casa e piora trânsito, abençoa sempre: a água que cai, o calor amenizado, o abrigo que te espera.

Érica Marina

Enquanto nessa inércia
transito parado
o trânsito
f
l
u
i
.
.
.

Thu Oliveira

SEU CORAÇÃO

Quando você mexe os silhos
Em seus lábios transito
E o que é mais bonito
É seu coração
Feito com as Mao,

Por mais que eu fale
Palavras não cabe
No meu coração,
Porque te abrigo
Levo-te comigo
No peito e na mente,
ES minha guia
Porque sego sou
Não enxergo o amor
Que abita em teu ser
Em teu pensamento
Só sinto a energia
A química física
E pelo que vejo
Já sei o desfecho
É desejo é desejo,

Quando você mexe os silhos
Em seus lábios transito
E o que é mais bonito
É seu coração
Feito com as Mao,

Faz um coração quem ta apaixonado
Faz um coração
E aponta pra pessoa que esta do seu lado
E diz a ela você é especial
Você especial demais pra mim

Compositor Antonio Luis

poeta antonio luis

"O trânsito é o quintal de um hospício, no qual não se consegue distinguir quem é louco e quem é médico."

Glauber Lima

No trânsito existe aquelas duas placas mesmo elas viradas contrárias sabemos interpretar qual a mensagem de sinalização devido o formato, que são:
Pare e outra Dê a preferência.
Incrivelmente tem motoristas que nem com ela de frente entendem o que significa.

Sidnei Carvalho Sidão

NO TRÂNSITO

EU NO ÔNIBUS
PRESO NO TRÂNSITO,
ELE EM SEU CARRO
TAMBÉM ESTAVA.

ENQUANTO ELE RECLAMAVA,
POR VIAS LITERÁRIAS
LIVREMENTE,
MEU PENSAMENTO TRAFEGAVA.

Daniel Brito

A Educação é ferramenta fomentadora da interiorização de comportamentos humanos no trânsito.

Irene Aguiar

Alea jacta est

Fui perguntado sobre os riscos de se praticar ciclismo no trânsito de uma metrópole ou de alguma outra grande cidade.
Calei-me.
Pensei e respondi:
— É muita gente normal dando vida a um trânsito anormal, o qual tantas vezes causa neuroses e tira vidas.

Mas, que saída se tem? Se mudar para Amsterdã ou Copenhagen? Tais cidades, em certos contextos, têm mais bicicletas do que carros no trânsito...
É possível ser cidadão do mundo, identificar-se com o que de bom há em cada hemisfério, continente, país, região.
Mais ainda, pela fé cristã, temos cidadania celeste, não havemos de nos conformar com este mundo, mas lutarmos para não nos degradarmos nele. Nem que isso custe abstinências e/ou isolamentos. Nesse ideal, também somos reputados como ovelhas para o abatedouro, numa causa aparentemente perdida.
Microdigressão: de onde foram extraídos, por exemplo, os personagens Capitão Nemo, de Julio Verne; Robinson Crusoé, de Daniel Defoe; Dom Quixote, de Cervantes; Príncipe Míchkin, de Dostoiévski?
É preciso respirar fundo e tocar em frente, especialmente de bicicleta...
Mas, respirar fundo, no sentido literal, implica interiorizar nos pulmões o ar impregnado de partículas poluidoras do ar, lançadas por carros, motos e ônibus, estes últimos ícones do transporte de massa, tido como solução plausível aos caóticos congestionamentos. Assim como existem fumantes passivos, há os inalantes passivos da poluição, sejam eles ciclistas, pedestres ou os próprios motoristas, estes últimos acabam dando "tiro nos pés"...
A tecnologia da eletricidade para motores de carros, ônibus, trens, motos e bicicletas existe, já está bem desenvolvida, acompanhada da tecnologia do hidrogênio veicular. Até existem carros movidos a ar!
Então, como podem ser lançadas diariamente na atmosfera toneladas de poluentes via escapamentos?
Quero pedalar e respirar algo melhor! E depois, expirar, inspirar e transpirar mais saúde...
Ou será que, para contrabalancear, terei que cuidar ainda mais da alimentação já repleta de antioxidantes e depurativos? Chega-se num ponto em que não basta alimentar-se de forma saudável, praticar uma sadia atividade física e dar uma parcela de contribuição ao desafogamento do trânsito.
A lei do consumismo e do mercado, além de manter combustíveis fósseis sendo queimados, acresce mais veículos no trânsito a cada dia, as ruas e avenidas não se expandem na mesma proporção, ao passo que a lei da Física diz que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço. Portanto, conflito gerado, polêmicas disputas de interesses e opiniões, enquanto o futuro (já apocalíptico) do planeta está em jogo.
Epílogo: pensamento latino, Alea jacta est (a sorte está lançada).

Augusto Matos

Gosto da loucura de ser quem sou,
Entardecer atrasado,
trânsito engarrafado,
E uma bela certeza de sorrir a dois.
A simplicidade rende bons sorrisos,
Desencadeia múltiplos sentidos,
Descarrega sensações
que a pouco era apenas pensamentos bons.
Nuca será, aquilo que em dúvida se planejou,
Timidez dando lugar ao sorriso,
conversa distante deixando o abraço agir
o beijo instigando o que na mente acabara de explodir.
Vontade, desejo, um segredo aberto
momento certo, reciprocidade elevada
Química, física e filosofia retorcida
mãos, nuca, sem vontade da despedida,
Apenas de querer ficar,
vontade de querer estar.
Evidenciando o que a pouco o frio pode proporcionar.
de ondulações e olhos fechados
o passado rendeu breves histórias
e o presente rendendo sorrisos a mil.
Olhar sedutor da pele macia,
Toque intenso arrepiando a fantasia
o gosto do beijo, mão no cabelo,
arranhando o desejo sendo toda minha.
Da partida a chegada, de mais uma madrugada
arrancando-me os suspiros,
corpos desconhecidos,
que aos poucos se revelam
e fazem dos caminhos tortos o farol
morrendo em intensidades
revivendo a insanidade
fazendo do verbo
a principal fonte de excitação.

Messias Junior

Debaixo do travesseiro

Poesia dentro da alma
Transito pela vida celebrante.
E se existe algo
que me acalma
É postar minha alma agonizante
Ou festiva
Segura ou à deriva.
Nos meus versos
Que às vezes rimam, ora não rimam
De acordo com o clima
Do meu coração
Minhas singelas palavras podem evocar
Saudade de uma vida querida
Lá atrás e por força maior
Não acontecida.
No entanto prossigo
Com perfil altaneiro.
Com a pose de quem ganhou todos os jogos
E meus rogos
Escondo-os debaixo do meu travesseiro

Eleni Mariana de Menezes

POSSE

Meu coração é atemporal amor

Por isso transito

Entre longínquos dias e o agora.

Pouco importa se não possuo no momento

Algo concreto de tua poderosa pessoa.

Guardei no meu coração o teu sorriso

Tua voz. Teu jeito indecifrável de fingir

Desinteresse quando eu sei, querias

Via fagulhas de amor no olhar teu.

Fui tua lua, teu luar, sonar...

Foste meu sol, meu arrebol,

Bastou-me.

Porque eu tenho o mágico poder

Das deusas apaixonadas.

E engavetei na minha alma

A tua essência. E atravessei

Meio século de existência

Sorvendo o teu sabor

Demasiadamente homem

Desumanamente inibidor

De nãos. Talvez, ou quase

Absoluta e resoluta estive ai na tua posse.

Que seria desse ser sem estas lembranças?

Seriam o tédio e o vazio engolidores

De mim.

Eleni Mariana de Menezes

O transito da cidade congestionada, é como o sangue que corre em minhas veias, sou urbano. O sol sob o pixe mal posto e esburaco pela chuva de um clima tropical com cheiro ruim, é minha pele. Sou o supra sumo do consumo, do gasto desenfreado pelo desnecessário. O cheiro de notas novas que saem junto ao barulho metálico dos caixas eletrônicos por toda parte. Sou as seis da tarde acompanhada do cheiro de combustível, inflamando seus pulmões, sou urbano, e gosto disso, não nego.

José Sócrates

Café morno, sono, dor de cabeça, transporte lotado e trânsito ... matinal!

Mikaela Silva

Explosão cerebral

Pensamento, incondicional.
Bilhões de trilhões, trânsito radical.
Núcleo cerebral, nuclear regressivo.
Só a noite, ameniza, fica trânsito passivo.
Pesa a cabeça, com pensamentos infinitos.
Do justo ao injusto, santo ao profano, benditos e malditos.
Sonhos e ideais, conquistas e fracassos.
Se explodem em bilhões de estilhaços.
Inflando a cabeça a ponto de explodir.
Pensa e penso, paro pra conter, impossível impedir.
O álcool ameniza a pressão, ameniza a pressão.
O ilícito, também ameniza, mas é só simulação.
Os pensamentos continuam lá.
Esperando o efeito do álcool passar.
E quando sóbrio ou após a noite, o trânsito volta a fluir.
Com batidas desastrosas, impossíveis de impedir.
Se minha mente explodisse, destruiria o "universo"
E quem sabe, seria um novo começo.
Com pensamentos, como as de criança.
Fantasias, inocência, puramente, esperança.
Só pensando em brincar, comer, dormir, rir e chorar.
Só querendo de seus pais, o colo e o dom de amar.

Shawer Locutor

Você que segue a ambulância nos dias de trânsito, lembre-se que você pode estar seguindo a morte.

Mel Fronckowiak

FLUXO LENTO

DIARIAMENTE
ABEL MIRA MARIN:
TRÂNSITO À PRIMEIRA VISTA.

Daniel Brito

Não há trânsito lento para o meu veículo chamado coração

Liliany Sá

A vida deve ser encarada como em um trânsito , alguns obstaculos são postos para você não sofrer acidentes ...

levita2