Trânsito

Cerca de 138 frases e pensamentos: Trânsito

Acordei e erguir os braços,as pernas já estavam a caminho.Desviei do perigo constante,sempre Magnetizado,colidir.

marcelo rodrigues da silva

Obedeça a legislação de trânsito.
Respeite a vida, inclusive a sua.
A dor de um acidente geralmente nunca acaba.

Marcos Alves de Andrade

Em nosso semáforo interior quando acende a luz verde, indica que o trânsito da vida está fluindo e é o momento de aproveitar para ser feliz. No amarelo, o cuidado que devemos ter com a nossa vigilância e no vermelho, o sinal que perdemos completamente nosso próprio controle

Jader Amadi

“Tal qual você é no trânsito, esta é a sua religião, ainda que ela difira da que publicamente professe”. Resolvi grafar entre aspas essa minha nova máxima, para a maior solenidade do momento. Ela me veio enquanto dirigia pela cidade. Parece absurda, mas verás que não é.

Tudo começa pela própria origem e sentido de ser de cada um: o Trânsito e a Religião. Ambos são sistemas não naturais - criados pelo ser humano; o primeiro composto das pessoas, das vias, dos veículos, das regras e dos animais, visando permitir que nos transportemos de onde estamos para onde pretendemos chegar, juntamente com nossos bens ou na busca destes. A segunda, a religião, composta pelas mesmas pessoas do primeiro, de seus dogmas, das preces e dos seres d'além, já em sua etimológica nascença, a latina religare, destina-se a fazer ligar novamente o homem a Deus, apenas outra forma de dizer o termo inicialmente definido.

As semelhanças não param por ai: é comum notar-se a invocação divina quando um 'barbeiro' passa com seu frágil veículo à frente de um gigantesco ônibus, e assutado e impotente, esquece-se do volante; posta as mãos sobre a cabeça e clama “Ai meu Deus!!!”. Invocação contrária ainda se nota quando o 'todo poderoso bom motorista', irritado questiona a esfera inferior: “que diabos esse barbeiro está fazendo na minha frente?!”.

Há os tipos, que mesmo andando pelo trânsito, ignoram a existência de uma “mente organizadora” de tudo, entendendo-o como mero produto de uma evolução natural das coisas que se auto organizaram, embora não saibam explicar o caos quando da ausência da força nos semáforos. Há outros ainda, muito afeitos aos videogames, que entendem poder apenas pressionar o restart, e o 'joguinho' voltará ao início: carro novinho, pessoas ilesas..., mesmo após fatídico acidente, que nem se preocuparam em evitar, pela crença na inexistência do game over. Há outros tantos, que mesmo cometendo gravíssima infração, entendem que por pararem para as velhinhas passarem ou ceder a vez ao impaciente carro do socorro, poderão aplacar sua grave falta, sem se ater que o cumprimento das regras de trânsito é o mínimo a se fazer, e que em nada abona o condutor que as pratica, apenas o livra de novas multas. Há os super justos Fariseus, impecáveis em sua conduta (visível), exímios motoristas, e por isso mesmo impacientes, buzinadores – expressão máxima de sua autojustiça e isenção de falhas. Há tantos outros tipos: os que ignoram as potestades superiores do trânsito, e por isso se expõem a desobediência ao agente de trânsito, aos 'pardais', ignoram as lombadas..., ou pior, colocam-se sob o risco dos poderosos malignos malfeitores que espreitam desavisados condutores, pelas curvas das noites da vida; os super esotéricos, que esperam provisão sobrenatural de combustível e reparos, e por isso sequer se preocupam com o posto de combustíveis ou a assistência técnica. Como são infindáveis as crenças, assim são os tipos no trânsito; percebi.

Quanto a mim, sou um tipo motorista-crença, que a começar pela carteira de habilitação, não a considero tê-la recebido por mérito: quase bombei! Pela minha inabilidade com a localização, prefiro confiar em tudo o que me diz o GPS, pois ainda que sem estrada, ele me dá a linha reta, elemento de ótimo auxílio. Creio no amor e na cooperação para um trânsito melhor. Conheço e confio no Grande Advogado que me defenderá da assumida grande infração que cometi. Procuro dizer isso a todos os motoristas. Quem sabe um dia o trânsito mude..., faça mais sentido!

Você, o trânsito e a sua religião
Confira o que creio lendo: Romanos 3:23, I João 2:1, Hebreus 9:27, Salmos 19:7-14
Por Samuel Amorim Oliveira
Em 18/10/2013

Samuel Amorim Oliveira

A maior tragédia não é morrer no trânsito, mas a de viver sem Cristo.

Helgir Girodo

0635 | Aqueles apitos estridentes e contínuos, no trânsito, é para fazer os carros seguirem? Sem os apitos os carros não seguiriam? Quem apita está ali para agilizar o tráfego? E por que eles somem em dias de chuvas, por exemplo, ou em dias de grandes engarrafamentos, outro exemplo? Por quê? | horlandohalergia.net

Horlando Halergia

O trânsito urbano é formado por dois tipos de condutores: Os monstros adormecidos e aqueles que despertam os monstros adormecidos, uma hora estamos de um lado, outra hora estamos do outro.

Washington Pepe

No trânsito existe aquelas duas placas mesmo elas viradas contrárias sabemos interpretar qual a mensagem de sinalização devido o formato, que são:
Pare e outra Dê a preferência.
Incrivelmente tem motoristas que nem com ela de frente entendem o que significa.

Sidnei Carvalho Sidão

O Ministério dos Transportes adverte: prestar atenção no trânsito faz bem à saúde.

Josemar Bosi

Será muito bom o dia em que a gentileza no trânsito crescer na mesma proporção que o número de veículos. Motoristas as ruas, são de todos!

Cassal brum

A gente não se encontrou. A gente se colidiu. Somos um trágico e monumental acidente de trânsito onde tudo faz sentido. Cada barra de aço retorcido que me cutuca por dentro os pulmões quando estou apenas tentando respirar parece ter lá sido colocada por divina providência. O fogo, que encontra uma nova poça de combustível a todo momento, exibe aos transeuntes e curiosos fagulhas de todas as cores, em explosões na forma de cogumelos.
Somos o choque. Somos a tragédia, mas sabemos que sem o outro somos meras ruas vazias. Vazias e paralelas

Beeshop Johannes

A partir de hoje, se alguém quiser me ofender ou me irritar no trânsito, não mostre mais o dedo do meio. faça um coraçãozinho com as mãos

Fernanda Magalhães

À você que critíca o político do seu País, pondo a prova seu caratér e suborna o guarda de trânsito para não ganhar uma multa, a minhã indgnação. Se você se corrompe por pouco, quem dirá sobre o muito, antes de criticar ponha se no lugar e mude, falando assim por sua atitude, pois a mesma, conta mais do que mil palavras.

Vitor Hugo Lemes

Tu queres sono: despe-te dos ruídos, e
dos restos do dia, tira da tua boca
o punhal e o trânsito, sombras de
teus gritos, e roupas, choros, cordas e
também as faces que assomam sobre a
tua sonora forma de dar, e os outros corpos
que se deitam e se pisam, e as moscas
que sobrevoam o cadáver do teu pai, e a dor (não ouças)
que se prepara para carpir tua vigília, e os cantos que
esqueceram teus braços e tantos movimentos
que perdem teus silêncios, e os ventos altos
que não dormem, que te olham da janela
e em tua porta penetram como loucos
pois nada te abandona nem tu ao sono.

Ana Cristina Cesar

"Estou preso no trânsito Com pouca gasolina O calor tá de rachar E lá fora é só buzina."

Sergio Mallandro

Tô com uma dúvida do Código Nacional de Trânsito: Ainda não tirei minha CNH,posso estacionar o cavalo na vaga de moto?!

starktonny( MB. Taylor)

Campistas
C ampistas não ligam as setas no trânsito.
A ndam pelo centro devagar nas calçadas estreitas.
B ebem nos bares pra relaxar do estresse.
R ecebem você no comércio sem muita cerimônia.
U sam roupas de festas para o shopping.
N ão abrem a janela da Van no calor.
C ontam os dias pra chegar o verão do Farol.
O deia a prefeitura mas é doido por uma bocada.

Henrique Rodrigues de Oliveira

O transito da cidade congestionada, é como o sangue que corre em minhas veias, sou urbano. O sol sob o pixe mal posto e esburaco pela chuva de um clima tropical com cheiro ruim, é minha pele. Sou o supra sumo do consumo, do gasto desenfreado pelo desnecessário. O cheiro de notas novas que saem junto ao barulho metálico dos caixas eletrônicos por toda parte. Sou as seis da tarde acompanhada do cheiro de combustível, inflamando seus pulmões, sou urbano, e gosto disso, não nego.

José Sócrates

Café morno, sono, dor de cabeça, transporte lotado e trânsito ... matinal!

Mikaela Silva