Trago

Cerca de 551 frases e pensamentos: Trago

DESABAFO

Quero da vida
A brisa suave
Que me acalente
O cansaço
De viver ao relento.
Trago minh’alma cansada
De uma longa jornada,
Trago cicatrizes profundas
De uma vida errante
Que outrora vivi.
Estou cansado
Da truculência da vida,
De pessoas que, sem ter consciência,
Glorificam a violência,
Depois choram as conseqüências.
Quero viver
Em outras paragens
Onde seja normal
Viver sem o mal,
Onde não se tenha
De sofrer tanta dor
Em nome do amor.
Quero fugir desta selva
De lobos famintos
Em devorar sentimentos,
De pessoas vazias
Que dia após dia
Vivem sua real hipocrisia
Como se fosse simples fantasia.

MANOEL DE ALMEIDA ( Copyright 2010 - Direitos Autorais Biblioteca Nacional - Rio de Janeiro, RJ)

Do meu tempo de infância trago muitas histórias engraçadas contadas pelo meu velho pai. Com o passar do tempo, descobri que eram histórias que renderiam muitos ensinos em meus sermões, por isso hoje em dia, eu faço uso de muitas delas. Como essa por exemplo,

Na década de setenta, meu pai foi enviado como missionário para o estado do Mato Grosso, trocávamos o conforto de uma linda cidade no sul do Brasil por uma aldeia indígena na selva do norte do país. Da linda igreja onde ele era pastor, levamos apenas os hinos cantados pelo organizado grupo de louvor que participávamos. A chopana construída para a “igreja”, era o lugar que se reuniam nossa familia, alguns índios que entendiam o nosso idioma e Jesus.

Com o passar dos anos a civilização foi se aproximando de onde estávamos, e como eram terras do governo, as pessoas se apropriavam de grandes somas de áreas derrubando o mato para construir pastagens, dizia-se que sua fazenda poderia ser do tamanho que seu dinheiro conseguisse comprar em arame para cercar, e isso era feito com voracidade pelo povo que vinha do sul determinado a mudar de vida no “El Dorado” matogrossense.

Mas, logo o governo resolveu acabar com a festa dos novos ricos, e funcionários do INCRA, começaram a visitar fazenda por fazenda, o governo queria saber a exatidão de cada área “grilada”, para que fosse cobrado impostos e assim legalizar as propriedades. Numa dessas visitas, chegaram a um velho fazendeiro e comunicaram o início das medições, mas foram recebidos com uma espingarda carregada até o dedo no gatilho e apontada para o funcionário armado apenas com uma caneta e uma planilha, nesse caso, venceu o fazendeiro que orgulhoso de sua valentia acompanhou com o olhar o carro sumindo na estradinha da fazenda.

Não demorou muito para voltarem acompanhados por um distinto senhor com uma credencial nas mãos, era um Oficial de Justiça com ordem do juiz da cidade para prender quem oferecesse qualquer tipo de resitência àquela determinada tarefa, – Bom, nesse caso diz o velho, vocês podem ficar a vontade, sinal de que o carteirasso surtiu efeito fazendo o fazendeiro mudar de opinião.

Ao entrarem nas terras, foram recebido por um touro bravo que parecia também não querer que as terras fossem medidas, e fez os visitantes voltarem com a língua de fora pedindo socorro ao velho fazendeiro, -Por favor diziam eles, prenda esse touro porque não conseguiremos trabalhar com ele solto no pasto!

O velho sentado na varanda da casa pacientemente respondeu ao Oficial, -Ué!! porque o senhor não mostrou a carteirinha para o boi? Vai resolver com ele, isso não é problema meu seu “dotô”!!

Fico aqui pensando nos tipos de pastores de hoje em dia, munidos de suas credenciais querem fazer a obra de Deus pensando que o diabo tem medo de carteirasso, Autoridade Espiritual se adquire com joelho no chão e propósito com Deus. Curso para ministro até tem suas utilidades, mas achar que ao concluir e se afiliar a determinadas organizações fará de alguém autoridade espiritual é perda de tempo(…) Vá mostrar carteira para o diabo pra ver se ele respeita!!! Quero ver respeitar. Nem boi respeita.

Eliseu Soares

Te trago em meus achados e perdidos.
A paz que anda nas calçadas sem fim,
O amor desencontrado pela solidão,
a esperança anunciando um rumo a seguir.

Eu te trago em meus achados e perdidos o sorriso puro da criança,
o gesto caloroso da amiga sincera,
a dureza dos sentimentos entre as pessoas,
e eu trago ainda em meus achados e perdidos,
a solidariedade presente em cada coração,
o respeito pela vida reverenciado em cada ser,
o carinho das mães pelos filhos.
Nesta Páscoa, trago boas novas de Esperanças e de Paz para cada coração.

FELIZ PÁSCOA!

Leonora Vieira

A loucura estabelece um gênio.
A dúvida ocasiona a sabedoria.
O Verbo fez-se carne.
A vida tragou a morte.
É um absurdo demasiado;
Mas é o que me faz ser ousado.

Brenon Salvador

E Disse Lúcifer:
Eu trago Luz e Sabedoria para o homem. Através desses atributos ele pode se libertar, e enriquecer de todas as formas.
E sobre meu escudo tens à certeza da proteção e da prosperidade.
Aos meus outros comandados, dou o livre arbítrio para realizar os trabalhos que à mim não agradam, mas são necessários.
Pois eu sou o Senhor do Mundo, e o comandante de Legiões de Anjos Caídos e seus demônios.

Marcel Cout

Trago comigo um olhar cansado;
O corpo machucado;
Na alma, a ferida aberta;
Nos pés a poeira da estrada e no rosto as lágrimas das tristezas;
No deserto da minha vida, encontrei no meio das areias a flor mais linda.

Sid Aguiar

Nada sou, nada posso, nada sigo.
Trago, por ilusão, meu ser comigo.
Não compreendo compreender, nem sei
Se hei de ser, sendo nada, o que serei.

Fora disto, que é nada, sob o azul
Do lato céu um vento vão do sul
Acorda-me e estremece no verdor.
Ter razão, ter vitória, ter amor.

Murcharam na haste morta da ilusão.
Sonhar é nada e não saber é vão.
Dorme na sombra, incerto coração.

Fernando Pessoa

Ninguém jamais saberá o que trago por trás do meu olhar. Meu olhar não tem Superego, é Id puro!

(Flávia Abib)

Flávia Abib

Pra vc que não gosta de mim trago um sorriso sarcastico um olhar sínico, e nos lábios a palavra: fooda-se

jhonnes Alexandre

Este sou eu
Sou dado a sonhos altívolos. Em meu nome, trago as asas de meus mais profundos desejos de liberdade. Deslumbro-me com a claridade do sol e a altura do vôo. Afogado na aspiração de ser alado como um deus, sou pagão desde a origem dedálea de meu nome.

Sou afeiçoado a sons altíssonos. Em mim, trago ambições cerzidas de intensas ânsias elevadas. Descubro-me vário sob a luz lunar e o sublime êxtase de um acorde. Acossado no desejo de ser como Orpheu, sou aedo desde a origem labiríntica do que é meu.

Ícaro sou eu, homem feito das fibras intrincadas do desejo. Recuso toda advertência que castra o vôo, mesmo pagando com a morte a ousadia. Digo isso porque há muitos tipos de mortes em vida, muitos preços por ousar viver. A vontade de potência no mais alto grau desejante jamais é lassa, mesmo quando lhe grassa a lassidão. E eu só vivo da vontade de potência.

Este sou eu: Ateu, epicureu, nunca filisteu. Aedo alado, desejo flagrado e deflagrado. Sim, este sou eu...

Icaro Beranger

"Tenho marcas, cicatrizes, tatuagens, trago todo o sentimento que reside-me para fora. Porque cada marca, cada cicatriz e cada tatuagem foi por você, e por você deixo à mostra até meu bem mais valioso: meu amor por você!"

(Flávia Abib)

Flávia Abib

Hoje trago comigo apenas lembranças..boas e ruins mas com elas sei que muito aprendi . Sorrindo ou chorando adquiri experiencias que daqui pra frente vou procurar coloca-las em prática ,caso contrário não valeria a pena ter vivido...

lucimary noleto de albuquerque

Sou apenas uma mulher
Como tantas outras
Sim, sou apenas uma mulher.
Trago comigo sonhos e desejos
Dores e desamores
Amores e desilusão
Trago comigo segredos
Nem sempre o que falo é o que eu queria
Nem o que sinto o que gostaria de sentir
Às vezes sou tão forte
Pinto meu nome numa águia que voa
Às vezes sou frágil que nem uma flor
Já fiz e refiz castelos
Já chorei e sorri de emoção
Já fingi nada sentir
Já amei mais do que acharia que pudesse
Talvez hoje eu pudesse parar de cantar um canto
Deitar e dormir simples e por muito tempo
Sim. Eu poderia!
Mas não quero.
Sou dona das minhas canções
Sigo e escolho o caminho que devo pisar
Nessa estrada sei que ainda tenho muito a fazer
Sei que ainda vou sonhar gritar e amar, amar perdidamente.
Mesmo que venham tempestades
Mesmo que eu me cerque de espinhos
Mesmo que às vezes me perca no caminho
Vou seguir e lutar
Chorando sorrindo
Perdendo ganhando
Vivendo amando
Sonhando tentando
Porque eu escolho viver e ser feliz!

___ Lene Dantas

Lene Dantas

Trago em mim todas as cores,
cada uma retrata o que há de melhor em mim,
esboço um sorriso nos dissabores
e a vida se segue mais amena assim!

Robson Ruas

Trago em minha alma
a alegria melancólica de uma festa de despedida.
Se você me der a mão,
sairemos pelas ruas, à noite, sob a luz das estrelas
e sem destino.
Vamos rir bastante, aprontar um pouco,
e viveremos doces momentos juntos.
Mas também nos despediremos,
e saberemos que não será até logo,
mas porque nossas almas se encontraram
e se fundiram,
também saberemos que não será um adeus:
eu viverei em você,
e você viverá em mim.

Augusto Branco

Trago a vós minha cabeça e minha palavra.Darei a primeira depois que ouvirem a segunda.

Revoluçao francesa

Ando por aí querendo te encontrar
Em cada esquina paro em cada olhar
Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

Que o nosso amor pra sempre viva
Minha dádiva
Quero poder jurar que essa paixão jamais será

Palavras apenas
Palavras pequenas
Palavras, momento

Palavras, palavras
Palavras, palavras
Palavras ao vento

Cassia Eller

Eu tive que ir embora, mas o trago comigo em meu coração, onde é o seu lugar. As emoções vem e voltam, a insônia me consome, meus pensamentos criam asas e me levam de volta as noites que passamos juntos, meu desejo de tê-lo por perto se acentua dia após dia, o calor dos seus braços envolvendo meu corpo são dominantes frente a qualquer outro abraço de amor de um homem para uma mulher que já recebi. Seu cheiro, nosso cheiro após o êxtase me remotam a um sonho que ficou longe..não para trás, mas longe de ser conquistado novamente, nossa história ainda não acabou, só vai se acabar quando um de nós dois não puder mais caminhar em busca do outro, o mundo dá muitas voltas e ainda temos muitas curvas para fazermos juntos. Com amor e saudade.

Mari