Timida

Cerca de 127 frases e pensamentos: Timida

Mulher é mesmo interessante, mesmo brava é linda, mesmo alegre, chora, mesmo tímida, comemora, mesmo apaixonada, ignora, mesmo frágil é poderosa!

Desconhecido

Desabrocho em coragem, embora na vida diária continue tímida. Aliás sou tímida em determinados momentos, pois fora destes tenho apenas o recato que também faz parte de mim. Sou uma ousada-emcabulada: depois da grande ousadia é que me encabulo.
- Você conhece os seus maiores defeitos?
Os maiores não conto porque eu mesma me ofendo. Mas posso falar naqueles que mais prejudicam a minha vida. Por exemplo, a grande fome de tudo, de onde decorre uma impaciência insuportável que também me prejudica.

Clarice Lispector

Esta covardia mole e tímida que não deixa nem ver, nem seguir a verdade.

Blaise Pascal

A juventude é presunçosa, a velhice tímida, porque a primeira quer viver e a segunda já viveu.

Jeanne Roland

Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Afinal, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem beijos quentes ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de bonito. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta. Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que as vezes me cansa. Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, voracidade e falta de ar!

Clarice Lispector

Sempre fui uma tímida muito ousada.

Clarice Lispector

A imaginação foi a companheira de toda a minha existência, viva, rápida, inquieta, alguma vez tímida e amiga de empacar, as mais delas, capaz de engolir campanhas e campanhas, correndo...

Machado de Assis - Dom Casmurro

Eu Sou Assim!!!!!

Tímida, delicada e feminina. Ardente, direta e agressiva. Apaixonada, romântica, devotada. Falo alto. Rio alto. Dou gargalhada quando não posso. Carente e impaciente. Sensível e amável, mas posso mudar facilmente de humor. Não sei fingir o que não sinto. Me magôo fácil. E esqueço com a mesma facilidade. Se na minha depressão profunda as suas palavras de carinho e incentivo não derem resultado, experimente dar um berro e um soco na mesa pra ver como me recupero rapidinho. Não sou fraca. Escolho fazer o papel de donzela. Se entro numa briga é para ganhar. Ligada à família e ao lar. Vivia brigando com minha mãe. Mas está difícil viver sem ela. Sou antiga. Desde nova sou antiga. E vou ser antiga até ficar velhinha. Não sei dizer não. Nem pra quem merece. Eu sou assim. Muito Prazer. Carmem. Prefiro que me chame de Carminha.

Carmem Tristão

A criança que vive com o ridículo aprende a ser tímida.
A criança que vive com crítica aprende a condenar.
A criança que vive com suspeita aprende a ser falsa.
A criança que vive com antagonismo aprende a ser hostil.
A criança que vive com afeição aprende a amar.
A criança que vive com estímulo aprende a confiar.
A criança que vive com a verdade aprende a ser justa.
A criança que vive com o elogio aprende a dar valor.
A criança que vive com generosidade aprende a repartir.
A criança que vive com o saber aprende a conhecer.
A criança que vive com paciência aprende a tolerância.
A criança que vive com felicidade conhecerá o amor e a beleza.

Ronald Russel

Maria-fecha-a-porta
ao toque do meu dedo:
ah plantinha tímida...

Anibal Beça

Tímida, uma rã
ensaia a primavera
com um coaxo

Stefan Theodoru

Eu nunca fui uma moça bem-comportada.
Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem orgasmos múltiplos ou pro amor mal resolvido sem soluços.
Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo.Não estou aqui pra que gostem de mim.Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho.E pra seduzir somente o que me acrescenta.
Adoro a poesia e gosto de descascá-la até a fratura exposta da palavra.
A palavra é meu inferno e minha paz.
Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que me deixa exausta.
Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo.
Sei chorar toda encolhida abraçando as pernas.
Por isso, não me venha com meios-termos,com mais ou menos ou qualquer coisa.Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar...
Eu acredito é em suspiros,mãos massageando o peito ofegante de saudades intermináveis,em alegrias explosivas, em olhares faiscantes,em sorrisos com os olhos, em abraços que trazem pra vida da gente.
Acredito em coisas sinceramente compartilhadas.
Em gente que fala tocando no outro, de alguma forma,no toque mesmo, na voz, ou no conteúdo.
Eu acredito em profundidades.
E tenho medo de altura, mas não evito meus abismos.
São eles que me dão a dimensão do que sou."

Maria de Queiroz

Eu sou tímida e ousada ao mesmo tempo.

Clarice Lispector

Eu não sou tímida. Sou calculista.

Verônica H.

Eu sou tímida, e por ser assim, me julgam como metida porque não costumo cumprimentar qualquer um sorrindo… é o meu jeito. Obrigada àqueles que ao menos quiseram me conhecer, pois todos os outros, ficaram de fora.

Prefira Borboletas (Mariana Lobo)

As pessoas têm que entender que bonita não é gostosa, inteligente não é nerd, tímida não é santa... e comer é para comida e não para mulher!

Tati Bernardi

Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem orgasmos múltiplos ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho.

Rachel de Queiroz

Não gosto quando me chamam de tímida quando estou quieta apenas ouvindo, e que me confudam com “triste” só porque prefiro ficar sozinha.

Prefira Borboletas (Mariana Lobo)

Do Amor que Passa


Receba, nesta flor, minha proposta
que, parecendo tímida, é insistente:
Das ternas fantasias que mais gosta,
anseio partilhar, discretamente...

Mais que sorriso, espero por resposta,
aquele suspirar que, então, pressente
cada arrepio, quando alguém lhe encosta,
na morna flor do corpo, um beijo ardente...

Mas, além da paixão, não queira laços,
nem saudade ou remorso deste ensejo;
esqueça a flor, os versos, os abraços...

E aceite assim, sem juras, este amor
que apenas dura, intenso qual desejo,
enquanto passa, frágil como flor.

Bartolomeu Correia de Mello

Eu gosto do impossível tenho medo do provável dou risada do ridículo, timida, intensa, amiga, menina mulher naturalmete complicada!

bruhh Hengler