Times de Futebol

Cerca de 655 frases e pensamentos: Times de Futebol

A bola nova
Essa bola amarela, não sei não. Antigamente as bolas de futebol tinham a cor do couro com que eram feitas. Pintadas de branco, só em jogo noturno. Lembro do meu espanto ao saber que, em cada jogo oficial de campeonato usavam uma bola nova, o que me levava a sonhar com montes de bolas usadas uma vez só, estocadas em algum lugar. Uma visão do paraíso. E era uma bola por partida, substituída, com autorização do juiz, apenas em caso de perda de esfericidade, o nome científico de murchamento. Isto significava que quando a bola espirrava para fora do campo, era devolvida pelo público para que o jogo pudesse continuar. A bola era devolvida pelo público! Talvez nada na nossa história recente tenha a importância simbólica deste fato: no tempo da Número 5 cor de couro a torcida devolvia a bola. Se a bola demorasse a voltar para o campo havia manifestações de impaciência e quem a retivesse - só por farra, ninguém era ladrão - era hostilizado pelos outros torcedores. Não se sabe se a torcida passou a ficar com a bola quando começaram a usar várias por partida ou se foi algo na nossa alma que mudou. Há quem atribua a uma reversão dos pólos magnéticos da Terra lá pelos anos 40 e 50 a deterioração do caráter do brasileiro. Não sei. Seja como for, uma das suas primeiras manifestações foi não devolverem mais a bola.
Ela era branca só em jogo noturno porque ajudava a visibilidade, até se darem conta de que o branco também favoreceria a visibilidade de dia, pois seu contraste com o verde do gramado era maior do que o do marrom. Agora houve um retrocesso. A cor da nova bola não é marrom, é amarelo cocô-de-criança. Os goleiros estão se queixando de que ela é mais difícil de pegar, mas talvez estejam só com nojo. O contraste com o verde decididamente piorou. Não demora aparecer uma teoria conspiratória alegando que a troca foi para atrapalhar o Brasil na Copa deste ano. Um reconhecimento de que o Brasil era imbatível com a bola antiga, o campeão definitivo da bola branca. Como todos estranharão a bola nova da mesma maneira, estaria começando outra era com tudo reequilibrado, e com chance até para Trinidad-Tobago.

Além da bola, o Brasil precisará se preocupar com a soberba. O clima nacional está um pouco como o de 82, lembra? Aquele time que foi para a Copa da Espanha, com Falcão, Cerezo, Sócrates, Zico, Eder, também não podia perder para ninguém, com qualquer bola. Nos anais da Fifa não consta, mas quem ganhou aquela Copa foi a Soberba. Vai ser nosso principal inimigo na Alemanha.

Luis Fernando Veríssimo

É a função de um jornal, imprimir as noticias e promover o inferno.

The Chicago Times

0636 | Alguns brasileiros são mais fiéis aos respectivos times de futebol do que às esposas, aos patrões e às religiões. | horlandohalergia.net

Horlando Halergia

As discussões relacionadas à paixão por times de futebol demonstram graves sintomas de irracionalidade. O respeito pelos gostos e opiniões contrárias é um nobre diferencial nesse mundo cada vez mais heterogêneo e disputado.

Bruno Felipe

Todo mundo vibrando por seus times de futebol ganharem...
Pra eles jogadores tanto faz ganhar ou não, no fim do mês eles tem seu salário independente da vitória...
Eu queria mais mesmo é que o povo vibrasse para que o mundo fosse pra frente e para não ver tanta gente passando fome!

Barbara Jane

Explique-me uma coisa: Percebo que muitas vezes em uma partida de futebol, jogadores dos dois times ao fazerem gols apontam para o céu... Afinal! O que eles pensam estar dizendo com esse gesto???

Ronei Porto da Rocha

Sou contra religiões, times de futebol, gostos musicais, sou contra o patriotismo. Penso que cada um tem seus gostos, suas crenças e suas preferências. Dividir a sociedade em grupos causa conflitos.

Felipe Carriel

A diferença de uma paixão eterna e a lembrança de um gol bonito é que a lembrança desse gol dura mais

Vinicius

"Viu o seu vizinho? tive um conhecido que via malas de dinheiro no apartamento do Marim". Mas hoje que você me fala pô.

Bindes futebol

ESTATAIS BRASILEIRAS EM QQ/NÍVEL DE PODER DO EXECUTIVO tem que TER LISTA TRÍPLICE NO MÍNIMO submetidas:SENADO, CÂMARAS E ASSEMBLÉIAS LEGISLATIVAS a CBFUTEBOL TAMBÉM.

Bindes futebol

Cada País tem o Povo K Merece, vejemos a SITUAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR, O futebol FULECO também= Não basta só INDICAR NOMES PRA ESTATAIS, TEMOS QUE representar no Congresso .

Bindes futebol

"Saber se defender é uma arte, quem diria né Sílvio. Juarez Na transmissão da Série B de Futebol- RedTV :Série B tem talentos, competitividade e há ANÁLISE MELHOR QUE A REDE GLOBO.

Bindes futebol

Numa disputa acirrada,
dois times do mesmo porte,
um deles é competente
o outro igualmente forte,
nestas circunstâncias quem
decide o jogo é a sorte.

Raimundo Clementino Neto

Nós vivemos em uma sociedade do espetáculo, isto é, toda a nossa vida é envolta por uma imensa acumulação de espetáculos. As coisas que eram vivenciadas diretamente agora são vivenciadas através de um intermediário. A partir do momento que uma experiência é tirada do mundo real ela se torna um produto comercial. Como um produto comercial o "espetacular" é desenvolvido em detrimento do real. Ele se torna um substituto da experiência.

Larry Law - Spectacular Times

Futebol é assim você tem o Coração azul-branco Americano Futebol Clube, ventrículo esquerdo preto-branco Corinthians, ventrículo direito verde-branco, aí tens um País!

Bindes Fá - Futebol

A mulher perspicaz, atuante na organização de seu lar Doce lar, conhecedora da vida pública brasileira, que saiba Ouvir-ler-interpretar pode SER uma TÉCNICA de FUTEBOL!

Bindes Fá - Futebol

"O seu patrão é isso aí na cabeça". Motorista do veículo Coca Cola de Verde Amarelo,respeito a faixa de pedestre. Patrão está em tudo - 1 palpite 1 x 1.

Bindes Fá - Futebol

Proibir não é Impedir - Torcida de Futebol passa pelo CRIVO de três folhas necessidade que adota quando selvagerias se instala no GERAL.

Bindes Fá - Futebol

É sui generis-"Venda de chuteiras" roubo em Brasília- Equipe Formosa Futebol no Mané Garrincha. Éh Fifa também comprou-vendeu a Copa do Mundo em 2007,agora sem chororô.

Bindes Fá - Futebol