Tia para Sobrinha

Cerca de 120 frases e pensamentos: Tia para Sobrinha

parte da letra do que SERIA uma música(mas não foi), para um curta-metragem chamado Tia Clara - de Iris Lima - uma amiga querida


Quero ter você pra mim.
Quero viver a nossa história com começo meio e fim.
Quero os sonhos transformados em realidade.
Não quero mais dormir no braço da saudade.
Quero um beijo estalado em minha boca.
Quero sentir sua pele em mim.
Quero apagar as sombras do passado.
E acordar meus restos de dias ao seu lado.
Passei a vida conversando com as paredes.
Fazendo versos que nunca escrevi.
Relendo um bilhete amassado pelo tempo.
Só para ouvir a sua voz me dizendo,
me espere que eu volto.
Minha tristeza caminhou a passos lentos.
E sem o alento de notícias, eu vivi.
Meu coração aprendeu viver acelerado
e nos pecados de meus pensamentos,
me escondi.
Agora, na frente do espelho, eu me deparo
com uma imagem que o tempo não perdoou,
as minhas lágrimas do passado já secaram,
mas a saudade não me abandonou
Eu quero ter você pra mim
Quero viver a nossa história com começo meio e fim
Quero os sonhos transformados em realidade
Não quero mais dormir no braço da saudade.

Rosa Berg

Doce Amargura

A Tia Fia, (ou Graça, Gracinha e agora Vó) sempre foi minha paixão e inspiração. Porque será que vc não foi minha mãe? Se fosse não daria tão certo. Eu a sigo em quase tudo. Torcemos pro mesmo time (Cruzeiro o glorioso). Minha primeira profissão foi a mesma dela. Amamos animais e outras coisitas mais. Quando era criança me alegria era ir para sua casa. Chorava inclusive quando me enganavam. Se hoje sou tudo isso que ela acha que sou, saiba que contribuiu muito pra isso, pelo seu exemplo, sempre forte, ativa, corajosa. Admirava vê-la sempre trabalhando. Mulher independente. Te admiro e te amo muito. E claro ela é isso tudo e ainda minha madrinha.

Tamy Henrique Reis Gomes

Sou Mãe/Tia/Avó/Bisavó

Uma mulher chamada Anne foi renovar a sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão.
Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.
"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.
"Claro que tenho um trabalho", exclamou Anne. "Sou mãe."
"Nós não consideramos 'mãe' um trabalho. 'Dona de casa' dá para isso", disse o funcionário friamente.
Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante, do gênero oficial inquiridor'.
"Qual é a sua ocupação?" perguntou. Não sei o que me fez dizer isto; as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora:
"Sou Pesquisadora Associada no Campo do Desenvolvimento Infantil e das Relações Humanas."
A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar para o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.
"Posso perguntar", disse-me ela com novo interesse, "o que faz exatamente nesse campo?"
Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me a responder:
"Tenho um programa permanente de pesquisa (qualquer mãe o tem), em laboratório e no terreno (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Trabalho para os meus Mestres (toda a família), e já passei quatro provas(todas meninas). Claro que o trabalho é um dos mais exigentes da área das humanidades (alguma mulher discorda?) e freqüentemente trabalho 14 horas por dia (para não dizer 24...)."
Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente me abriu a porta. Quando cheguei a casa, com o troféu da minha nova carreira erguido, fui cumprimentada pelas minhas assistentes de laboratório - de 13, 7 e 3 anos.
Do andar de cima, pude ouvir a minha nova modelo experimental (uma bebê de seis meses) do programa de desenvolvimento infantil, testando uma nova tonalidade da voz.
Senti-me triunfante!
Tinha conseguido derrotar a burocracia!
E fiquei no registro do departamento oficial como alguém mais diferenciado e indispensável à humanidade do que "uma simples mãe"!
Maternidade... Que carreira gloriosa! Especialmente quando se tem um título na porta.
Assim deviam fazer as avós: "Associada Sênior de Pesquisa no Terreno para o Desenvolvimento Infantil e de Relações Humanas". As bisavós: "Executiva-associada Sênior de Pesquisa". Eu acho!!! E também acho que para as tias podia ser: "Assistentes associadas de Pesquisa".

autoria desconhecida

MULHEROLOGIA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Se a Rosa nunca
foi Margarida,
nem tia Flora
a prima Vera,
minha Esmeralda
sequer Luzia...
Não tive a Glória
de ter Socorro
e quase morro
pra ter Vitória,
porém o tempo
a tudo Sara...
Nem tudo é Dulce,
o mundo amarga,
mas tenho fé;
a Norma é simples;
viver a Diva
como Eva é.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Saudade não existe dor maior do que saudades a minha é por ti TIA querida nunca irei te esquecer

Emiliana

Mulher

Avó, Mãe, Tia, Irmã, Filha e Esposa, tão jeitosa e
meiga, é uma flor delicada e graciosa, quando necessário
uma lutadora, uma guerreira, de sua aparência frágil és forte,
de teu jeito meigo és blindada, não para mesmo que o cansaço
tente lhe derrubar, sempre se mantêm de pé cuidando de tudo.
mais existe o momento para o amor, e a mulher também
precisa de carinho, de ser tratada como uma flor.

Neimar Magewiski

Tia Silvia

Acho que me falta até força pra te escrever alguma coisa. Mas eu preciso colocar pra fora o que eu sinto... Ainda mais eu, que você sempre dizia ser seu orgulho quando escrevia meus textos em datas comemorativas ou quando o coração apertava. E agora, é um desses momentos.
Estou tentando ser forte. Mas o amor e carinho que tenho por você é grande demais para conter as lágrimas e a saudade. Saudade acumulada, saudade presente, saudade precipitada. Vai ser difícil sem você.
Pode parecer injusto, mas Deus não erra, e se Ele te tirou de nós, tem um propósito, só que agora, a gente só enxerga as perguntas, que são muitas e todas sem resposta e nem se quer uma hipótese.
Jamais esquecerei seus detalhes. Seu sorriso alegre, suas táticas para tirar fotos, seu jeitinho apaixonada de falar no telefone com o Luis Felipe, sua comilança e a gente precisando fazer aquela coisa e falando o tempo todo. Hahahaha.
A gente sofreu muito nos últimos dias, mas prometo sempre lembrar de você bem. Porque era assim que eu você era e eu te via: alegre, mesmo nas dificuldades. O obstáculo vai ser difícil, mas a gente consegue! Consegue porque você conseguia tudo e a gente vai fazer isso por você!
Hoje foi a prova do quanto você foi importante na vida de muita gente, de quantas pessoas você conquistou e quantas pessoas estão felizes em saber que você lutou de cabeça erguida e foi forte, e ao mesmo tempo, quantas pessoas estão tristes por nossa forçada separação. As vezes a gente nem imagina o quão especial somos na vida de alguém, né?
Nosso orgulho, nossa anjinha. É uma dor inexplicável e um amor sem fim.

Larissa Dias

Tia que eu mais amo tudo de bom
que nessa data tão especial que se Deus quiser vai se repedi por mais um milhão de vezes vc seja muito feliz que todos os seu sonho se realize que eu esteja do seu lado para te apoiar e também te critica pois o mundo não e feito só de elogios mais também de criticas pois sem as criticas vc não poderá supera a si mesma saiba minha tia que mesmo se algum dia vc ficar com raiva de mim continuarei aqui rezando por vc pois vc na minha vida e uma pagina que jamais sera esquecida te adoro muito Parabéns
Dedico Para Kamila Fernanda S2

Felipe Ferreira

Pré-primário.

Tudo finda.
Até a tia
Arminda?

Francismar Prestes Leal

A amiga da tia da vizinha.

Lisboa sobre a menina baixinha.

Eu ate posso ter nascido para ama-lo, mas você? Você nasceu pra amar a prima, a tia, a menina esquisita, a nerd pequenina, a menina da Vila 86, a desconhecida da Avenida Paulista, a menina que não sai da casa da vizinha, você nasceu pra amar qualquer uma dessas, menos eu, que por você tudo fazia.

Isabel Rainha

***Em continuidade à Suspiro D'Alma !
Em segundo momento de minha vida !

Minha Tia Cicinha ; que me deu seu Afeto , Colo e me Amparou no seu Lar !
Em alguns momentos por imaturidade possa tê-la ferido !
Mas...
Jamais... Esquecerei suas lições...
Que sempre escutei com atenção !
Ela ; acordava cedinho : às 4:00 AM
Hoje eu a imito.
À Ela ; Minha Eterna Gratidão...
Meu Pai ; José Mendes Neto !
Meu Querido ; meu Velho ; meu Amigo
Minha irmã de sangue paterno : Uldime de Lira Mendes !
Que me acolheu no seu Lar !
Quando em São Paulo fui morar !
Jamais ! Esqueço !
Marcos Santtini [ Marcão ] !
Namorado da minha irnmâ ; Uldime
Que me deu sua mão amiga ; me empregou na sua loja-fábrica Verssati !
Em Santanna ! Bairro São Paulo !
À todos que D'us...Maria Santíssima e sua Falange Divina sempre os acompanhe !

Arnaldo Leite Neto

Tia.minha madrinha
Veio por este sentimento
Abrir o meu coração
Perante esta folha e este lapis.

Estes são sagrados pois,
Nesta folha esta o meu coração
E neste lapis o meu sentimento
Tudo só para minha a
Tia, minha madrinha.

Isto para possuir duas rosas
Em beleza dos seus
Filhos, meus primos.

Beleza que se verá ao mundo
Ilustrando a felecidade e a alegria
Cujas subiram ao palco...
Aqui termino minha
Tia,minha madrinha.

Daniel Felipe Lopes Moita

Feliz Natal e um prospero Ano Novo!!!!

“Tia Carminha”,
Não sei como agradecer pelas inúmeras vezes que você esteve ali pertinho de mim para me dar seu apoio, sua lição de mãe, amiga, companheira de todas as horas. Tia muitas vezes pensei que não iria tão longe, mas você me mostrou que tudo é possível. Que cada passo dado é vitoria e o gosto de dever cumprido.
A cada dia que passa percebo que aqueles puxões de orelha, conselhos e abraços valeu e valerá muito nessa minha caminhada, pois tudo que estou vivenciando hoje e conseguindo foi graças ao seu esforço.
Minha mãe, tia e avó, pois é assim que eu te considero, pois você, somente você sabia contar aquelas historias onde todos paravam e prestavam à atenção para ver qual final seria... Essas palavras são poucas diante da imensidão de bondades e carismas que você é.
Não sei como te agradecer por tudo, sei que sou grato por cada dia que você esteve perto de mim... Talvez eu não consiga descrever tudo que eu sinto por ti, mas de uma certeza eu tenho eu: AMO-TE MUITO, MUITO!!! E essas simples palavras descritas são meras diante de cada abraço, força, entendimento e amor que você me deu por todos esses anos. Desde criança você me adotou como seu filho e hoje posso dizer, você sempre será MINHA MAMÃE DO MEU CORAÇÃO!!!
UM FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO DE MUITAS ALEGRIAS, BRINCADEIRA E AMIZADES VERDADEIRAS!!! E que seu 2014, seja mais brilhante e magnífico!!

Fabricio de melo

Se fosse que o meu coracao tem chave, eu te dava para poderes abrir e vais encontrar escrito: eu tiamo!
Eu ti adoro!
Eu ti quere ate a morte.

Urdilas

Posso garantir a você que será muito difícil encontrar uma pessoa como eu, que esteja disposto a tia amar nas horas em que eu deveria odiar, que seja capaz de compor poesias de amor com objetivo de envia-las para você só para um lindo sorriso em seu rosto ver, que esteja 24 horas pronto para ti proteger para que nada venha ti entristecer, posso todos os dias ti mostra um novo amanhecer, ti levo para viajar e o mundo conhecer, ao meu lado você terá alegria e um novo e único jeito de viver!

Lucas Galdino Ferreira

Eu amo (mentira, eu odeio) ser tia!

Tania Rosa

Ser conduzida por minha tia ao meu primeiro dia de trabalho; contando com a sua ajuda e o seu incentivo bem pertinho de mim; momento ímpar e inesquecível--uma longa jornada estava se delineando a partir daquele primeiro passo, momento.

Servamara

Açude

Lembro-me daquele açude
Lá no sítio de tia Maria
Onde a água refletia
Meu rosto com plenitude
Lá estava a juventude
Que nunca mais revivi
Só me restou, por fim
A pior das crueldades
Me banhar com a saudade
Que a gente sente de si

(Jefferson Moraes)
10/09/2014
Olinda, Pernambuco

Jefferson Moraes

Tô na larica, tia, desce aquela empada
E um guaravita, fortalecendo a vagabundagem
Atividade máxima... ainda cedo dá
Pra resolver uns trampo pelo celular

Filipe Ret