Tia para Sobrinha

Cerca de 112 frases e pensamentos: Tia para Sobrinha

Minha sobrinha Estela
Seu sorriso tímido, covinhas..
Flor pequena e bela
Faz-me tão bem, pequenina

Quero vê-la crescer
Assistir seu desabrochar
Uma linda moça vai ser
Alguém que eu possa me orgulhar!

Juliana Rossi Cordeiro

Comi três pães de queijo.
Minha sobrinha com a vozinha de Barbie dela
me perguntando coisas.
Se um pão de queijo
é irmãozinho do outro.

Raniere Gonçalves

Vamos falar da Paula.

O tio foi visitar uma amiga e resolveu levar a sobrinha, Sara, junto. Enquanto eles (os adultos) ficaram conversando em uma sala, deixaram Sara brincando sozinha em uma outra sala. A sala dos sonhos, lotada de brinquedos. O nome da dona? Paula - e ela não estava lá. Sara nem se deu conta de quanto tempo ficou naquela sala, mas foi como estar no paraíso (baseado no seu conceito de paraíso na época). A Paula provavelmente era a menina mais sortuda do mundo. Ela tinha todos os brinquedos legais da face da terra. A casa da Barbie! Meu Deus, ela tinha a casa da Barbie também.

Ok. Que 'mané Sara' o que. Essa menina sou eu.

Até hoje não tenho a mínima ideia de como seja a Paula. Nunca a vi. Mas o tempo todo que fiquei brincando naquela sala, fingi ser ela. Fingi que aqueles brinquedos eram os meus, que aquela casa era a minha e que aquele nome era o meu. Me lembro que depois disso, em minhas brincadeiras geralmente eu me chamava Paula. Ficava imaginando como ela era fisicamente e em todas as possibilidades eu tinha uma certeza: ela era linda. Ah, Paula... eu saí de lá prometendo a mim mesma que um dia teria uma sala de brinquedos igual. Ou no mínimo os meus filhos teriam. Cheguei em casa e tentei reproduzir aquele ambiente mágico à minha realidade. Foi um fracasso, óbvio. Meus brinquedos não eram os mesmos. A Paula provavelmente era filha única (achismo). Eu tinha irmãos menores para
dividir a atenção e os presentes.

Não, eu não fiquei eternamente obcecada com a Paula. Aquele fascínio de fato durou, mas logo arrumei substitutos. Tempos depois eu já “chamava outra coisa”. Era sempre assim, de ciclo em ciclo. A cada nova pessoa interessante, a cada situação estimulante eu desejava intensamente e fingia fazer parte daquele mundo. Porém não me esqueci daquele dia, no sala de brinquedos da Paula, porque em minha memória foi quando tudo começou. Ou pelo menos foi a vontade “mais forte” que tinha tido até o momento. Então eu dei o nome pra isso de 'complexo de Paula'.

Fantasia de criança? Atitude normal? Característica de temperamento? Enfim. Me diga, você já se sentiu assim?

Agora responda só pra você: AINDA se sente assim?
Desejando algo que outra pessoa tem? Ou pior: desejando ser essa pessoa? Em crianças isso parece ser bem comum. Dei exemplos 'bobos' da minha infância como brinquedos, mas aquilo fazia parte da minha realidade na época. Depois que crescemos o foco muda, as vontades são outras. Mas o desejo de ter, de ser...vira e mexe aparece. Culpa do complexo de Paula.

Materialismo, aparência, títulos... normalmente são essas as motivações. Sim, é banal. Sim, é fútil. Mas como controlar essas vontades? Como frear esses sentimentos?

Difícil admitir tudo isso, não? Ainda mais em uma sociedade que vive em nome da aparência e da falsa paz. Mas creio que seja o primeiro passo pra controlar esse complexo.

Então vamos falar as claras: é preciso parar de achar que a grama do vizinho é sempre melhor do que a sua. É preciso valorizar o que você tem, as suas conquistas, a sua realidade. O tempo está passando e não sei quanto tempo nos resta. Só sei que, quando olho para trás vejo que perdi muito tempo desejando o que não era meu. Desejando coisas banais por vaidade, por “status”. Você também já se sentiu assim?

Quero olhar para a minha vida e ser agradecida pelo que tenho. Se eu desejar algo que for lícito e que acima de tudo convém, ao invés de só desejar, fantasiar, que eu arregace as mangas e vá a luta. Dentro dos meus limites, da minha realidade. Se rolar, ótimo. Se não rolar, paciência. Me diz: o que fazer? Arrancar todos os cabelos da cabeça ou nos entupirmos de chocolate? (se bem que chocolate não é uma má ideia...rsrs)

Eu sei, caro pensador...parece fácil na teoria, mas na prática é complicado. Mas a gente tem outra escolha a não ser se esforçar pra colocar essa teoria toda em prática? É uma batalha diária pela frente, meu amigo. Ilusão sua achar que não. Temos que nos policiar todos os dias, manter o foco.
O ser humano é um tanto quanto complicado e normalmente as coisas não se resolvem em um passe de mágica. Melhorar é um exercício diário.

Bom...eu tô disposta... E você?
E aliás, já vou te adiantar uma coisa: "Paula, queridinha, você já era".

Tainah Ferreira

(VANESSA) [minha sobrinha]


Uma menina de sorriso farto
De olhos brilhantes, com a cor do luar
Brinca, pula, sorri, chora coisas de criança
O com seu sorriso e seu jeito, sempre nos faz viajar

O nascimento dela foi uma felicidade sem fim
Não me atrevo a nem imaginar minha vida sem ela
Ela dar cor há tudo que toca em tudo que há interessa
Deve ser a santa que ainda não foi pintada na capela

Às vezes se chateia por motivos fúteis
Mas a raiva é passageira
Logo-logo está brincado feliz de novo
E o choro triste dá lugar a feliz “gritadeira”.

Denilson Silva

SOBRINHA RENATA QUEIROZ

Um dia uma pessoa me perguntou
se você era minha amiga verdadeira
e eu respondi sinceramente, é meu laço familiar, e esse laço que nos prende á uma amizade infinita!
Você é minha amiga verdadeira, mesmo que se um dia você decidir não ser mais minha amiga,
mesmo assim eu não substituirei nossa amizade por outra, porque o laço família impedirá que a minha amizade se rompa com você, e não trocarei sua amizade por nenhuma outra!
Você sempre será a única no meu coração!
Quando mais preciso, você está do meu lado, mesmo, mesmo que você não entenda o valor dessa amizade, eu não me opinaria, porque amizade como a nossa não se explica, por que é produto de um milagre divino. Nas horas felizes e tristes! Que Deus te abençoe grande mente!
A sua alma é sincera, e sua amizade é pura
O seu coração também é puro, sensível, és meiga e carinhosa.
Num tenho nem palavras pra te dizer!
Adoro-te amiga!

Gilmar Fontes

Você minha amiga sobrinha é igual ao laço quando dá nó difícil de desfazer, ela não se desfará.

Gilmar Fontes

O Fundo de Participação na Educação-FPE nasceu em 1966, mesmo ano da sobrinha primogênita- e olha que a menima evolui bem e atualiza sempre.

Bindes, Fá - sobrinha

Eu aprendi que o silêncio, é a melhor resposta quando se ouve uma bobagem , que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim. que a maldade se esconde atrás de uma bela face. que não se espera a felicidade chegαr, mas se procura por ela. que quando penso saber de tudo, ainda não aprendi nada .

Tio Marreco Tia Aline

Não tem como descrever, a falta que eu sinto de você, é algo insuportável e que eu devo suportar, é algo fora do comum. É ótimo te amar e triste imaginar que não posso te tocar. É em você que eu me acho, é em você que eu vejo minha felicidade. Te vejo transparente, me vejo espelhada em você e sem você meu mundo perde o rumo, meu coração já bate com esperanças de te ver, de poder dizer que não estou sozinha, quero um dia poder dizer que estou ao lado de quem eu amo, quero um dia dizer que vou me encontrar com você, quero que você saiba que todo meu amor é pra voce, só você!

Tio Marreco Tia Aline

Vá atrás dos seus sonhos,
mesmo que você caia, levante e siga em frente. Porque pior do que cair durante sua caminhada para realizar seus sonhos é não ter nem mesmo a coragem de ir atrás deles.

Tio Marreco Tia Aline

As vezes me pergunto,
como eu posso amar tanto uma pessoa sem sequer conhece-la. Ninguem faz ideia do quanto estou sofrendo com isso.. nao posso nem falar dos nossos momentos juntos, dos beijos nem dos olhares.. afinal, isso nunca aconteceu! e quando a esperança desse sonho ser real se quebra por uma vontade louca de ficar conversando com voce no msn, fico me perguntando se fiz a escolha certa quando decidi te esquecer. Sei la.

- A verdade deve ser que eu nao aguento mais sofrer por voce, só queria que voce soubesse disso.. e viesse correndo pra mim, meu amor. Cada ilusao, conversa, telefonema, com o tempo faz eu perceber que te esquecer é impossivel. Ouvir sua voz me faz tão feliz, sempre desejo ter voce aqui, perto de mim, para poder ao menos te tocar, conhecer o sabor do teu beijo.. será que um dia isso tudo pode se transformar em realidade? talvez não..

Tio Marreco Tia Aline

Tudo tem um fim...
As vezes acordamos com uma vontade imensa de sair desse mundo, de nao voltar nunca mais. As decepções aumentam, o seu coração fica despedaçado, seus amigos que se diziam melhores amigos na verdade nunca foram .


Seu mundo simplesmente desmorona, e parece que voce entra apenas por obrigação , & não por prazer como antes. Apesar de termos mundo diferente, e personalidades tb, aqui aprendemos como lidar com o mundo lá fora, aprendemos a não confiar plenamente um no outro, e o mais importante a não amar a pessoa errada .

Tio Marreco Tia Aline

QUERO UM AMOR QUE SE PERDEU NO PASSADO.
QUERO VIVER JUNTO. JUNTO COMO DOIS OLHOS QUE JUNTOS SABEM CHORAR OU COMO DOIS LÁBIOS QUE JUNTOS É QUE PODEM BEIJAR.

ISAURA ( MINHA TIA )

A única energia que ainda me convence é aquela que pulsa dentro de nós e nos impulsiona a nos tornar seres melhores. Quiromancia, cartas, orixás e outros arquétipos não funcionam comigo. Respeito, todas as crenças e escolhas de estilo de vida, mas nem sempre sou respeitada em minhas dúvidas.

Divã da Tia eni

A minha crença é desconexa e sem tradição. O catolicismo foi expulso de mim quando eu ainda habitava a infância, ainda que resquícios de uma ideologia cristã tenham ficado por aqui e surjam vez ou outra. Por isso acredito na lei do retorno, talvez em uma tentativa quase que desesperada de ter algo a acreditar.

Divã da Tia eni

Eu vim a este mundo a passeio, por pura despretensão de meus pais que descuidaram da camisinha, não pretendo construir por aqui fortunas ou castelos. Eu quero apenas levar uma vida pacata e segura, minha bipolaridade já é desafio demais pra mim, não preciso de pessoas como você pesando ainda mais no meu dia.

Divã da Tia eni

Mulher que é Mulher, Mulher que é Mulher de verdade, com “M” maiúsculo e tudo mais, se basta sozinha. Não precisa descer o nível com joguinhos fúteis ou criar e incitar rivalidades para inflar o próprio ego. Isso é medieval, da época das cavernas, da época em que éramos bichos, desprovidos de racionalidade.

Divã da Tia eni

Normalmente a dor que assola o peito tem endereço fixo e sobrenome. Sabemos o porquê, onde e quando aconteceu. Sabemos ainda, embora não seja perceptível de primeira, como estancar a ferida. A dor aparece como um incômodo de fim de noite, uma ressaca de domingo, uma pontada na nuca. E some. O incômodo tem data de validade para expirar e ainda dia fixo de retorno.

Divã da Tia eni

Eu sei, eu sei, a maturidade chega, os pontos negativos se vão, o tão sonhado equilíbrio surge. Mas alguém me perguntou se é isso o que eu quero? Quem disse que uma vida equilibrada é o que me faz feliz? Não, eu não sei o que me faz feliz, mas por alguma razão ilógica eu não tolero que as feridas se fechem, que os ex amores se mandem e me enviem cartões de natal.

Divã da Tia eni