Textos Teatro sobre meio Ambiente

Cerca de 215 textos Teatro sobre meio Ambiente

Se por ventura não tenha eu, ainda nos tempos de outrora, deixado saber os teus ouvidos
sobre os regalos que o teu protagonismo
trouxe a mim; tão logo abriram-se as cortinas
para o nosso ato, justifico com um tão popular clichê "A Vida é um espetáculo teatral". Enquanto
em cena o "blackout" das luzes leva consigo
o desfecho do ato para que outro comece, no palco
de uma vida a luz que ilumina cada ato também
ascende toda a história, a minha história."
Eu penso que viver compreende harmonizar cada uma dessas luzes de forma que o meu "eu" autor
jamais as perca de vista. Pois ainda hoje claramente acho em mim fragmentos inéditos, por você ofertados quando ainda não fora eu sabedor destes tais tesouros.

(Andy Souza)

souzaAndy

Fazer e falar o previsível é muito fácil, acredito que o mais verdadeiro e sincero é quando desejamos e amamos inconscientemente.

Se analisarmos de uma forma minuciosa o que dizemos para outra pessoa sobre alguém vale tanto ou mais quando estamos olhando nos olhos dela, pois assim o sentimento não é arquitetado com o intuito de agradar, quando amamos alguém, isso deveria ficar explicito a qualquer ouvinte sem chances de duvidas.

Por tanto, não ame por desejo, por capricho, por necessidade ou vaidade, ame por amar, caso contrario o amor vai se torna um teatro pelo qual atração principal vai ser sua vida, que ira terminar com final triste.

Isaquiel Coelho

Eu gosto do impossível e sou imprevisível, mas tenho medo de perder a vontade de estar vivo, morrer e assim tirar a felicidade de outros, por simplesmente não saber me dosar.

Estou apenas sendo eu, atuando na mentira que entra na verdade e bagunça o mundo, me levando a fazer oque não quero no consciente e sim no inconsciente.

Nickolas Tobias Inouye

Teatro da noite

Teatro da noite apresenta:

Ela vai chegando
No tic-tac do relógio
Vai se aproximando.

Agora sim
Luzes apagadas!
No palco?
Frias e tristes estradas.
Vazias e empoeiradas.
Apenas soluços ecoam

O que tem para além da estrada
exceto o dia e a noite que vem?
O que tem?
O que tem para calar o soluço da noite que vem?

No teatro da noite.
No palco da vida.
A noite mostra as feridas
Do amor que não tem.

No teatro da noite
No palco da vida

Estradas se cruzam
Soluços se misturam

Abre-se às cortinas

É o espetáculo da vida fazendo amor
Fecundando dia e noite.
Lavando a dor.

21/01/14

Enide Santos

Simplicidade o que o mundo não ocupa é o que desocupa ao relento do pó nojento.
Uns transita outros de longe enxergar. Uns luta e os outros se entrega.
E uns assiste em uma tela que se diz,tecnologia,que o futuro nos espera.
Espera-nos desespero, choro,sangue ,pequeno viajando no mar de ilusão.
Conflito, em terra firme,de ilusionario,me enxergo um quase perdedor,mas com as armar em punhos Desarrancho o mal predador que se esconde seu troféu e com rosto de réu,foi julgado pela escola do destino e o juiz o condenou pelos atos que cometeu agora eu por ver não sou mais eu.
Eu me sento e conto me agora,maldita,tal gentil escola que não educa mas educa que mata não mata que influencia o tal que não é tal,e nasce e cresce com o domínio e poder não se faça e não ultrapassa na lei dos fieis .
E nos contos e flores ai vem a dores que e dói e destrói que o prende e não se forma que exige o recruta a beijar o pés do trono e logo o abandono e trás e transforma na forma,que é do gênero Brutal no mundo que tal se eu pudesse seguir os caminhos da lei seria eu o tão jovem o rei .
E dos mistério que conto tem logo por vir,sagrado e amado que constrói as barreiras de paredes de aço.E dos males que vem,desvio porém pois eu sei, tão logo muito alem.
E da lei quem disse que faço? não faça a valer que poderá a romper o que encaminha neste embaixo das grades da ilusão.

OS sábios que são sábios e não busca a perfeição,caminha para o caminho da perdição!!!
POR: LAPYERRE MS

LAPYERRE---(MOISES DA SILVA )

"Minha certeza"

Esperei estar alegre para te encontrar, mas foi triste que vim te procurar;
É verdade eu cansei de esperar, preferi o agora e não vou mais atuar;
Esse teatro de vampiros não vai me segurar, não podem me julgar e nem mesmo me matar;
Dos imortais eu nasci e jamais apreciei a vida, alegria e tristeza foi como uma certeza;
Dos dias que nasci ao que hoje sou, tudo que sei é que sozinho nada sou.

Ricardo Teixeira.

A carpa japonesa tem a capacidade natural de crescer
de acordo com o tamanho do seu ambiente.
Assim, num pequeno tanque,
ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros,
mas pode atingir três vezes esse tamanho,
se colocada num lago.

Da mesma maneira,
as pessoas têm a tendência de crescer
de acordo com o ambiente que as cerca.
Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas,
mas de desenvolvimento emocional, espiritual e intelectual.

Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem,
a aceitar os limites do seu mundo,
nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos.
Se formos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados,
em vez de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano,
mesmo que a adaptação inicial seja desconfortável e dolorosa.

Existe um oceano esperando por você.
Pense nisto!

Deus te abençoe!

Totty

Do que somos feito?
Somos feitos do ambiente em que vivemos...
Somos feitos das pessoas que nos rodeiam...
Somos feitos dos momentos que passamos...
Somos feitos dos sonhos que sonhamos...
Somos feitos dos amigos que ganhamos...
Somos feitos das perdas e dos fracassos que passamos...
Somos feitos dos amores que amamos...
Somos feitos das lutas vencidas e dos sonhos alcançados....

Mas somos a junção de tudo que queremos ser...
Continue sonhando, persistindo... pois cada sonho...
Será realizado...
basta querer...

Elton Ferreira

[No Brasil,] O ambiente visual urbano é caótico e disforme, a divulgação cultural
parece calculada para tornar o essencial indiscernível do irrelevante, o que surgiu ontem para
desaparecer amanhã assume o peso das realidades milenares, os programas educacionais oferecem
como verdade definitiva opiniões que vieram com a moda e desaparecerão com ela. Tudo é uma
agitação superficial infinitamente confusa onde o efêmero parece eterno e o irrelevante ocupa o centro
do mundo. Nenhum ser humano, mesmo genial, pode atravessar essa selva selvaggia e sair
intelectualmente ileso do outro lado. Largado no meio de um caos de valores e contravalores
indiscerníveis, ele se perde numa densa malha de dúvidas ociosas e equívocos elementares, forçado a
reinventar a roda e a redescobrir a pólvora mil vezes antes de poder passar ao item seguinte, que não
chega nunca.

Olavo de Carvalho

“ Sem meio não á ambiente.”
Sem meio sem ambiente semeiam a catástrofe camuflada, ouvidos tapados, olhos fechados, então respire fundo...inspire o que resta do resto do mundo, homem muda o mundo, mundo muda o homem instintivo mundo mudo, poluição em movimento, destruição conseqüência da desenfreada evolução, gravidade, pressão, ar, flutuar, sacadas mentes brilhantes, descobertas criações paralelas há dimensões eis o começo do fim, evolução na contra mão e assim estáticos, enquanto em ação também estão as cegas serras elétricas, na instigação prol progresso, sucesso, ao bem estar integralizado, então muda-se, move-se, descongela-se, desmata-se, e mata-se...
MATA...
MORTA
É
MORTE
CERTA !!!

Cesar Jihad (Vulto Madhiba)

TRABALHO
Não é somente um local.
Não é um fardo que temos que carregar.
Não é um ambiente vazio.
Não é um lugar de Competição.
Mas sim:
Uma Oportunidade de aprendermos que podemos se unir por um bem comum.
Que Podemos ajudar uns aos outros.
Que Podemos fazer algo pelo Próximo sem esperar muito: um Obrigado já estar valendo.
E serve também para aprendermos que ninguém é melhor do que ninguém quando podemos fazer algo para subestimar a sua capacidade.
Porque o ser humano trabalha melhor quando sua capacidade é provada.
E que a cordialidade também seje algo essencial :um Bom dia ou um Boa tarde ou um Como você estar ? já são muito importantes.
Não diminuindo o menor que pode vir a ser maior por um momento talvez, o que você domina é diferente do que eu domino ou seja podemos nos ajudar.
E respeitar a opinião do outro simplesmente porque como seres humanos somos diferentes.
Sabemos que ás vezes isso não acontece mas...fazer o que..essa é a vida da gente.

Laiza

O ambiente ou o jogo dos negócios, seja no setor público ou privado, são marcados sempre por negociações. As partes negociam o tempo todo. As negociações existem regras e conhecidas. Quando elas são realizadas fora desse estágio. Na maioria dos casos são ilegais. Mas como elas geram vantagens maiores, do que as realizadas dentro das regras. Uma grande parte dos negócios sempre serão realizados dessa forma. Utopia é pensar que isso vai acabar. A única pessoa que pode por fim nisso é você mesmo, não aceitando outras regras que não sejam legais, conhecidas e transparentes. Isso é muito mais do que colocar a cabeça no travesseiro. Aquilo que nossa mãe dizia quando éramos crianças, eu não estou vendo que você está fazendo errado, mas Deus está. Nem acreditando em Deus e em nome dele isso não acontece, imagine quem não está nem ai com isso?
Se queres contar as verdadeiras bençãos em sua vida - fuja desses ambientes e dessas pessoas.

Ronaldo Elias Pena

Era uma vez uma Cadeira que se apaixonou perdidamente pelo Sofá. Vivem na mesma sala e o ambiente sempre fica mais aconchegante quando os dois ficam de frente. A estampa do assento da Cadeira, combina com o estofado do Sofá. E quando a Cadeira quer ficar mais faceira pro lado dele, coloca uma almofada toda estampada e bem espalhafatosa em cima dela, só pra fazer um volume a mais no seu penteado. O Sofá por sua vez, pega a manta mais bonita e coloca em cima dele, só pra ficar com um aspecto mais jovial. Passam o dia nessa paquera linda. Os raios de sol entram pela Janela que vira espectadora do amor gostoso desses dois. Janela todos os dias deixa uma fresta para o grande astro entrar iluminando tudo. Sem prestar muita atenção com tanta gente passando e empurrando, Sofá e Cadeira ficam bem próximos e fazem dessa aproximação um momento de tamanha importância. É, certos empurrões são plenamente desejáveis. Uma rotina que virou ritual sagrado, que virou estória e dentro dessa ficção acabou virando vida. Quando o braço da Cadeira bate de leve no braço do Sofá, a almofada treme e a manta sobe. Os dois não sabem disfarçar a excitação quando o inarredável muda sua opinião. Aproveitam ao máximo esse momento mágico e fazem da paquera o contexto dos seus sentimentos. Impacientemente o Sofá desenha no amassado do seu encosto um coração. Automaticamente a Cadeira treme na base e fica adoravelmente provocante. Um amor que espera todos os dias esse encontro tão sonhado. Intimidade que não se assusta com um amor que sabe incendiar o imaginário.

Essa Cadeira sabe amar extravagantemente esse Sofá.


~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor

Assim como as estações mudam o nosso ambiente,
assim as pessoas mudam nosso coração!
Assim como as folhas caem no outono,
caem também nossas lágrimas.

Assim como brotam as flores na primavera
brotam assim também nossa esperança.
Assim como vem o homem e arranca a arvore,
Você veio e arrancou meu coração.

Jack Souza

10/01/13
A paz e a luminosidade do ambiente que vivenciamos dependem unicamente do pensamento que nele emitimos.
Concentrarem-se duas ou mais vezes por dia elevando pensamentos positivos quebra a corrente negativa que às vezes recebemos de alguém mal-intencionado por falta de esclarecimento espiritual.
E & P

Ely Pomin

Eterna floração...
Havia sempre flores
e o perfume que invadia a casa
tornando o ambiente agradável.
Vestia meu quarto de azul claro
para sonhar em cor de rosa
e ficava deitada ali
vendo a lua que me olhava.
Em outras noites,
eram estrelas que piscavam
cúmplices de meus sonhos
que junto a mim,
alimentavam.
Era uma infinita primavera
e as estações
pareciam combinar entre si
e deixar
que os jardins permanecessem
em eterna floração.
Passava ali boa parte do ano
e quando partia,
iam comigo o aroma,
o céu estrelado
e a saudade que sentia
bem antes de sair.
Tudo agora me faz lembrar
e continuar a sonhar
tão bonito como eram
os sonhos daqueles anos
que no tempo
não se perderam,
ao contrário,
me seguiram sem perguntar
quando iria realizar.

erotildes vittoria

A diferença entre amigo e colega...

O colega geralmente só interage com você no ambiente de trabalho, na Escola ou na Faculdade. O amigo lhe procura a qualquer momento. Colegas muitas das vezes lembram-se de você apenas nos momentos que lhe aprazem, nos momentos em que necessitam de sua valiosa mão para auxílio. Amigos, independentemente do lugar e da ocasião, irão lhe telefonar para saber como você está, ou convidar para sair. Colegas são pessoas com as quais você não pode depositar grandes expectativas, nem porções generosas de confiança; apenas interage-se com eles de maneira cordial e sem maiores laços sentimentais. Com os amigos, você agir com total lealdade, confiança e certeza de que esse tratamento gerará atitudes recíprocas. E a maior diferença de todas: muito mais do que colega, o amigo é um irmão conquistado para toda vida!

Lázaro de Souza Gomes

ELA
de: José Ricardo de Matos Pereira

E ela surge em meio à multidão...
O ambiente se transforma em
apenas três,
Ela...
Eu...
E o desejo soletrado,
Ritmado pelo nuance de seu
quadril envolto nos meus...
Sonhos e contemplações,
Virtudes e desabafos.

E ela urge...
Capciosa e repentina,
No reverbo do amor ensandecida.
Ela aparece feito fada em meus sonhos...
E tudo se renova!
As lágrimas já não são gotejadas,
A lâmina da solidão já não me corta,
E já não se reprisam os desafetos e
rancores que me torturavam...!

Poemas e Poesias Catarinenses - Face

Noite de inverno, nada pra fazer
Convite de um amigo surge um “auê”.
Ambiente legal, o som da geral;
Ele surge de carro;
Puxa papo, descontrai, faz até piadinha...
Eu retribuo, e começo a sorrir, ah ele tá na minha!
Olhar de lado, sorriso envergonhado
Eu quero esse cara dançando ao meu lado;
Quando menos se espera, ele chega e pergunta
E ai, ta curtindo o som? Você gosta de “John”?
No ato da resposta, me silencia,
Com um beijo inesperado, me arrepia;
Que beijo foi esse? Que olhos são esses?
Coisas diferentes, gostos diferentes;
Apenas algumas horas pra me deixar contente;
Hoje eu me lembro de tudo o que rolou,
E me pergunto, porque não me ligou?
Se tudo foi tão bom, se tudo foi tão belo,
Então porque me negas aquele sorriso singelo?
Posso afirmar, foi apenas uma noite, mas me apaixonei!
Porém não sei dizer onde foi que eu vacilei;
Se um dia se lembrar, se um dia quiser,
Posso responder as perguntas que veio me fazer
Eu curti o som, e sim, eu adoro o “John”;

Daniele Souza

05 DE JUNHO : MEIO AMBIENTE E ECOLOGIA


DIA 05 DE JUNHO: DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE E DA ECOLOGIA

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1972 marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano.
É importante que todas as pessoas estejam atentas para tudo o que ocorre ao seu lado. Ás vezes, o corre-corre diário acaba impedindo de olharmos ao redor e contemplar quantas coisas necessitam de nossa atenção e cuidado extremo, como nosso meio ambiente.
Todo ano é celebrado o DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE, para aumentar a conscientização do que podemos fazer para preservar o meio ambiente. Existem várias maneiras para comemorar o dia 05 de junho, como por exemplo: palestras, cursos, folders para conscientização da população em geral. Fazer com que as pessoas se envolvam nas questões ambientais compreendendo qual a melhor atitude a ser tomada, pois, geralmente nós não sabemos o que realmente devemos fazer. Em função disso, esse dia especial foi criado para nos estimular a adoção de atitudes diárias, mesmo que pequenas para auxiliar na proteção do meio ambiente.
Acredito que não é tão difícil assim nos envolver fazendo algumas coisas no nosso dia-a-dia, até sabemos, mas muitas vezes esquecemos. Em casa dá para economizar a água quando lavamos o rosto, escovando os dentes ou fazendo a barba sem deixar a torneira aberta desperdiçando água. Ao lavar a calçada ou quintal, ao invés de lavar todos os dias, manter limpa, varrendo e diminuindo os dias de lavá-los. Economizar na hora de lavar o carro. Ao sair de casa, apagar todas as luzes, desligar aparelhos eletrônicos; pois vai economizar energia e isso reduz a poluição do ar. Ao dirigir agressivamente aumenta o consumo do combustível e emissão de gás de efeito estufa, vamos contribuir com o meio ambiente, acelerando gradualmente e mantendo uma velocidade constante. Também é importante reciclar o lixo, separando tudo: metais, plásticos, vidros. São dicas que no nosso dia-a-dia podemos fazer. Se for plantar algo, escolha plantas de interior que são boas para o ambiente; removem poluentes presentes no ar. Escolha plantar uma árvore também!
Busque informações, quando não souber o que fazer,pois, os que estão envolvidos na luta pela proteção do meio ambiente, poderão e orientar melhor e com mais detalhes. Faça sua parte, juntos, lutamos para um mundo melhor!

Kris Aglae
*Direitos Autorais Reservados

Kris Agae