Textos sobre Mentira

Cerca de 490 textos sobre Mentira

A culpa é dele

Creio ser indubitável a responsabilidade de Fernando Henrique Cardoso na política ditatorial de Nicolás Maduro na Venezuela. É provável também que o tucano tenha sido o pivô do confronto ocorrido ontem no Rio de Janeiro envolvendo cerca de trezentos petistas contra algumas dezenas de pessoas comuns. O ex-presidente é o corresponsável do foro de São Paulo, assim como incentivador de partidos como o PT e o Psol seguirem a ideologia bolivariana.

Pois bem, o PT prossegue com o ódio, a segmentação de grupos e sua ditadura do proletariado, mas a culpa é indiscutivelmente do FHC. O político em questão está por trás de o protesto dos caminhoneiros, assim como vigorou mediante o PT que menores infratores podem receber visitas íntimas dentro das prisões. Ah sim, Lula disse que o Saddam Hussein faz falta ao mundo pelo fato de o mesmo ter sido colaborador assíduo da paz. Esse Fernando Henrique Cardoso realmente não presta. Se não comportássemos tantos imbecis, a ironia aqui sequer existiria. É lastimável o nível cultural do povo brasileiro. E sabe o que é pior? Foi assim, adotando esse putrefato discurso, que a senhora Dilma venceu o senador Aécio Neves. É isso.

danielmuzitano

“Santificado seja o teu nome”

Ao dizer “Santificado seja o teu nome”, Jesus quer nos lembrar que o Nome do Senhor, ou seja, o próprio Senhor deve ser tratado como santo, reverenciado e temido.

Esta condição da santidade de Deus contrasta com o caos moral em que viviam os deuses do paganismo. As mitologias egípcia, cananeia, mesopotâmica, grega, romana, só para citar as mais conhecidas, eram tecidas de adultérios, traições, mentiras, invejas, rixas, etc. Era um nunca acabar de deus engolindo deus. Mais adequado seria dizer que os deuses do paganismo moravam num lodaçal. O panteão era um pântano podre. Era vergonhosa a licenciosidade do comportamento deles.

Certa vez, um novo crente me perguntou: Se os evangélicos não adoram santos, por que a Bíblia fala tanto neles? Vendo que ele estava misturando as coisas, respondi com uma pergunta: O que é um “santo” na Bíblia? Será um ídolo na parede? Um ícone iluminado? Uma estátua? Alguém aureolado? Não. O santo é aquele que foi separado do mundo para viver de acordo com a vontade de Deus.

Se você precisar de uma razão para ser santo, Deus lhe dará. Ele disse: “Sede santos, porque eu sou santo” (Lv 19.2; 20.7). No Novo Testamento, Pedro copiará e colará esta mesma frase em sua primeira epístola (1Pe 1.16). Precisamos de razão mais forte que esta?

Paulo escreveu: “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus. Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus” (1Co 6.9-11). Como identificar um crente de verdade? O autor de Hebreus responde: “Procurai viver em paz com todos e em santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12.14).


Pr. João Soares da Fonseca

João Soares da Fonseca

Sentimentos e Verdade

E em que ponto se cruzam a mentira e a verdade?
A dor e a saudade? A loucura e a sanidade?
A beleza e a vaidade?
E até onde vai esse ponto de equilíbrio?
De delírio?
De suspiro?
Em um momento onde a alma geme, o corpo treme e a razão teme
Em um sublime espaço de tempo vem o momento, o tormento e acabamos ao relento
Ora olhando para o espaço imaginando o abraço como fomos pego no laço e como chegamos a esse cansaço
Ora fitando o horizonte imaginando as coisas que aconteceram aos montes e que tudo não passa de uma ponte que nos leva não sei aonde
Que tudo tenha valido a pena disto eu não duvido e mesmo com o coração ferido sou grato pelo que temos vivido.
Que tudo aconteça novamente pois sei que não estamos livres deste revolver de forte calibre que nos fere alma e mente
Pergunto novamente então ate que ponto nos é enganoso o coração que nos permite ter emoção ainda que queiramos ou não?
Pois como resposta é bem dito; que seja bem ou maldito até onde agüentar bater, acredito. Escrito por Fran Marxx!!!

Fran marxx

FRAN MARXX

PERDAS E GANHOS

Toda conquista requer uma perda. Para se ter algo que muito se deseja, sempre há que se desistir de outra. Infelizmente é assim. Um novo trabalho pode levar ao afastamento da família. Novos amigos pode tornar distantes os antigos. Um grande amor pode obrigar à renúncia de pequenos prazeres.

Por isso é importante tentar usar a razão mesmo tomado pela emoção. As escolhas que fazemos nos impõe deixar algo ou alguém para trás, e uma vez deixado, talvez nunca mais possamos ter de volta, e mesmo que algo conspire para isso, nada será como antes.

Não há compensações nessas trocas. Não há como deixar algo para trás pensando que alguém o trará de volta, atrelado a outras novas conquistas, numa embalagem para presente, simplesmente porque somos aparentemente iguais, mas intrinsecamente diferentes.

Se tiver que lutar por algum sonho, tenha em mente que o fará pelo simples desejo de ser feliz e de viver intensamente essa nova realidade. Por mais que sejam honestos com você, acima de tudo seja honesto consigo mesmo.

Lembre-se, é melhor entristecer-se por um momento diante da sua verdade, que alegrar-se diante da mentira de muitos e sofrer por uma vida inteira.

Talvez seja esse o grande mistério da vida, nosso maior desafio, chegar ao destino trilhando os melhores caminhos.

Eu sempre vou admirar a verdade de gente assim, de verdade.

Mário Franco

DOSE DUPLA
A dormir em velho tálamo,
a verdade e a mentira,
ao gosto do que conspira...
Vil metal, regando a lira...
Movendo o velho moinho,
sobre o tempo que se estira...

Força igual, balanceada,
sem nada que os destitua,
promova a una realeza...

Dois copos por sobre a mesa...
Um de mel, outro de fel...
Movem o mundo em carrossel...

Ana Maria Gazzaneo

Não há porque se arrepender de dizer a verdade, quando essa significa uma oportunidade perdida, já que a falsidade é uma aparência que deixa o mentiroso no caminho, tem sim que se alegrar de não ter desperdiçado seu tempo com uma frustração ainda maior no futuro. A não ser que seja um ser pequeno, sem grandes medidas.

R. S. JABIS

R. S. JABIS

Sobre tudo a verdade,
É o que prevalece,
A mentira que é oculta,
Nunca permanece!

Finito é o limite,
Que esta obtém,
Não há como trata-la
Com muito desdém!

Confiança é uma palavra,
Com um só significado,
Anda junto com a mentira,
O limite é um tracejado!

Uma vez violada,
Ela jamais será a mesma,
Não será mais retomada,
Substituto é a tristeza!

Matias Alberto

Qual a necessidade em homenagear a mentira, algo tão detestável e amargo com um dia só pra ela?
Particularmente, eu detesto mentiras, e não sei o que é pior: Ver alguém mentindo descaradamente para você, ver a pessoa tentando esconder a mentira, ou ser obrigado a confiar em alguém que você sabe que é muito mentiroso. Creio eu que essas são as 3 maiores dificuldades do homem ao lidar com a mentira.
A sensação de não conhecer a verdade, de estar sendo privado da realidade, de ter que "engolir" a situação do jeito que lhe foi exposta, sem poder intervir, e muito menos obrigar as pessoas a lhe contar a verdade, torna a mentira algo tão abominável a ponto de se tornar uma compulsão, existem casos que a pessoa começou a mentir e não consegue mais parar, se tornou uma loucura, um descontrole, um vício, uma doença.
Abraçar a verdade é a única maneira sóbria e inteligente de se viver no mundo de hoje, pois ao olharmos ao nosso redor, podemos perceber a triste realidade que nos circunda: Estamos cercados de mentiras.
São políticos, amigos, colegas de trabalho, de escola, professores, conhecidos e desconhecidos, todos, independente da ordem, compulsivamente mentindo. Uns para conquistar um certo objetivo, outros para tentar se vangloriar e parecer alguém que não é, outros simplesmente para se livrar de alguma enrascada. Mentiras, mentiras, e mais mentiras.
Em um mundo de mentirosos, quem carrega consigo a verdade, é rei. Ou pelo menos, devia ser.

Dimitry Duarte

À ponto de chorar, sorriu.
Antes mesmo de gritar, calou.
Era pra odiar, mas amou.
O mais feio era belo
E o muito belo, na verdade, era horrível.
Pois a aparência enganava.
Ao dizer adeus engasgava.
Pronto pra partir retornava.
Para o que queria fazer tinha medo
E em profundo segredo
Viveu do contra e à favor se matou.

Ester Rodrigues

Passeando sem grandes pretensões pelo meu feed de notícias, me deparo com a seguinte chamada, extraída do jornal 'Folha de São Paulo':

"Foi o Mick Jagger que me usou para ficar famoso no Brasil, diz Luciana Gimenez".

Ok, eu também senti o que você acabou de sentir agora, querido leitor. Não faz sentido. Chega a ser um absurdo, partindo do ponto que o homem mencionado é ninguém menos que o líder dos Rolling Stones (que você pode até não curtir, mas certamente sabe do que se trata).

Os comentários que seguem o post são previsíveis, diante da afirmação. "Quem é tu na fila do pão, mulher?" - "Declaração idiota de uma das pessoas mais deploráveis da face da Terra..." - "Não tinha como ser menos ridícula não? Se enxerga!!!!" e por aí vai.

Somos tão cultos. Tão superiores. Só que não.

Não sou defensora da Luciana Gimenez, mas confesso que tomei suas dores. Isso porque acredito que mais da metade dos que despejaram suas opiniões 'coerentes' sequer se deram ao trabalho de clicar no link da matéria, para tomar conhecimento real do assunto. Se contentaram com a chamada. Os motivos? Variados. "Preguiça de pensar/ Sem tempo pra ler bobagem/ Isso não é da minha conta/ Vindo de quem veio não me espanta/ O jornal já resumiu tudo no título". ETC.

Compreensível. Mas certamente sua opinião a respeito do que foi dito pela apresentadora se formou instantaneamente na cabeça, em questão de segundos, não foi? Provavelmente você achou que ela é fora da realidade, arrogante e prepotente.

Uma pena. Bastaria essa simples iniciativa de dar um click para descobrir que a frase sensacionalista não passava de uma brincadeira.

"Foi o Mick Jagger que me usou pra ter um filho lindo e ficar famoso no Brasil" brincou.
Ou seja: ELA BRINCOU.

Se formos analisar, o jornal não errou na chamada. De fato ela disse isso. Mas tendenciosamente colocaram de tal forma que a brincadeira se transformou em uma afirmação meio 'insana'.

O fato, meu amigo, minha amiga... é que nós (eu, você, eles, elas, Luciana Gimenez inclusive) fatalmente podemos cair no mesmo problema e sermos alvo da 'mídia manipuladora e sensacionalista' do dia a dia. Como vítimas ou acusadores.
Talvez a Folha de São Paulo, o Estadão ou a TV Globo não se interessem por você, mas seus amigos, conhecidos, suas centenas de 'adicionados virtuais', vizinhos, familiares, colegas de trabalho certamente sim. Principalmente em tempos de redes sociais, imediatismo, 'correria' e caracteres limitados de algumas plataformas. Seu conteúdo está ali, a mercê de curtidas e comentários. E tem muita gente que vai te rotular à partir de uma chamada, sem conhecer o conteúdo 'da matéria', se é que você me entende.

Me diz aí: quantas vezes você foi julgado por uma frase mal interpretada? Quantas vezes foi condenado por uma foto que não era nada daquilo que estavam pensando? Qual o prejuízo causado pela falta de uma vírgula, pelo uso de um CAPS LOCK ou pela ausência de um 'kkkkk' depois de uma afirmação? Talvez você tenha conquistado o título de antipático porque naquele fatídico dia (e apenas nele) te viram mais introspectivo, sem saberem o motivo. Ou te acham um babaca grosseiro porque você respondeu a altura um comentário que te tirou do sério - e isso não significa que você seja um babaca grosseiro. Mal sabem que você se controlou e aquilo foi o estopim. E quantas vezes você se surpreendeu com alguém que achava que era um porre e de repente se transformou em um bom amigo?

Sabe, já aconteceu comigo, muitas vezes por sinal.
Luciana Gimenez me entende.

As coisas nos chegam tão 'mastigadas' hoje em dia, que sinto que alguns tem preguiça de pensar. Preferem que 'pensem por eles'.

Caro leitor, quem sabe a 'imprensa' (e você sabe bem a quem me refiro) queira fazer isso com você. E sabe também o quanto é chato e injusto.

Portanto, não faça com os outros.
Leia a 'matéria completa'.
Conheça seu conteúdo.
Não forme opinião apenas pela chamada da 'imprensa'.

[tainah ferreira]

Tainah Ferreira

Confio no tempo!

Ele me conta,
tudo que sabe,
ele liberta,
toda verdade,
mesmo que as vezes,
tudo desabe,
prefiro que mostre
quem é por mim.

As vezes percebo
e até tenho medo,
de um tipo de gente
que mente sem medo,
pensando que a todos irá iludir.

Mas o tempo
vai se passando,
e as atitudes vão nos mostrando
que esse tipo de gente
se atola em si.

Depois,
se afogam no erro
e por orgulho e desespero,
mentem sem fim.

Por isso prefiro a verdade,
e o tempo me dará,
por lealdade e fidelidade,
o melhor dia a dia pra mim.

Marco Paschoal

E aquela frase
que a mãe da gente falava
sobre a verdade e a mentira
e você ignorava
agora aprende sozinha

a verdade as vezes machuca
incomoda
mas a mágoa um dia passa

a mentira não
a mentira é pra sempre
ela dura
é resistente
não tem cura
a mentira ultrapassa
e aniquila qualquer amor
mesmo os mais verdadeiros

mas ninguém é idiota eternamente

só a mentira é
verdadeiramente eterna

Josane Hodniki

IMPATRIOTA

Me pega
e me leva daqui
eu já não aguento mais.

Eu que não acredito
é balela o que é dito
nas manchetes dos jornais.

Deixem de me enganar
eu não perco pra indecência
não duvidem da minha inteligência.

Vão mentir só pra vocês
cada qual na sua vez
seus babacas de plantão.

Não me deixem sem escolha
saco tudo dessa bolha
pátria mãe da aberração.

Koló Farias Eduão

Mentiras amigas são mais confortáveis que verdades inconvenientes. Não irei lutar com a escassez de discernimento, nem chorar por reconhecimento, afinal, a nobreza da alma não está em apenas ser boa e vencer, mas em abdicar e renunciar o status de magnificência.
O silêncio pode não ter muito vigor, mas é o melhor estado diante a ignorância humana, que se repete constantemente por comodismo, medo e insegurança. O que é sangue? O que são laços? Para mim, nada justifica a falta de hombridade.

Camilla Koscky

Sinto que muito aprendi.
Talvez não o que eu gostaria...mas aprendi.
Coisas ruins, infelizmente, mas aprendi.
É difícil aceitar, é verdade.
Nem sempre gostamos do que o universo apresenta.
Mas é real, é verdadeiro, então ...aceito.
Sinto doer na minha alma, hoje 04 de março de 2014.
O que esperei de amor...
Mas sei que talvez eu não mereça,
Talvez eu não tenha feito o suficiente,
Talvez eu não tenha valido a pena.
Como se espera um carinho, que não vem?
Como se espera uma homenagem, um amor que não vem?
Então esse amor que esperei, nem existe.
Porque todo o esforço, toda dedicação eu tive.
Mas nada adiantou, nada importou.
Tudo nesta vida, é uma grande mentira.
Esse amor, não tem importância.
Vejo pessoas sendo homenageadas e nada fizeram.
Vejo tanta coisa errada, que me decepciono.
Hoje sei que não deveria ter amado tanto.

ROSICLER ANTONIO

Sobre ti

Ah! Pequena.
De ti, gosto tanto quanto muito.
Gosto de ver como te conforta e traz segurança estar envolta nos meus braços.
Gosto das tuas mãos coloridas, pequenas e macias dizendo aos meus braços, magros, o quão fortes são.
Gosto de me sentir porto seguro, amparo e fortaleza quando recorre a mim para vencermos qualquer aflição que te assente.
Gosto quando, dos seus 152 cm, mostra o quanto podemos ser gigantes, e tornar os outros também gigantes, que é o nosso caso.
Mas espera... Isso nem é muito sobre ti, é mais a meu respeito...
Agora to me sentindo muito, muito pequeno.

Maludico

Um amor quase tudo suportou,
distância, tempo, impossibilidades
Se fez calor, vida plena em amizade

Porém, vento triste soprou
e sua porta fechou
Fel dilacerante na alma e no coração
Vil mentira: névoa traiçoeira da escuridão.

Pelo menos, se viesse de tua boca
o humilde som da pungente verdade
ele teria sido capaz de curar o amor ferido,
porque amor também é perdão.

Contudo, assim ficou:
amor descrido, amor perdido.

Mas se a mentira venceu
então não foi amor,
Pois amor só é amor
se for amor de verdade!

Marcia Bandeira

'E A BELEZA, COMO VAI?'

Tem um assunto que tá me corroendo já faz um tempo. Eu sigo muitas blogueiras e esse pessoal ligado em dietas, exercícios e maquiagens. Dá pra aprender bastante coisa legal. Leio alguns posts e especialmente os comentários do povo.

Mas na boa... essa historia de 'me cuido por causa da saúde' é muito bacana. Só que eu tenho lá minhas dúvidas de que esse seja o motivo da maioria. Não estou generalizando. E sequer dizendo 'todo mundo', afinal 'todo mundo é muita gente'. Se você realmente (e honestamente) se cuida por saúde, meus parabéns. Acredite, você é raro.

Eu, no caso, me cuido pra ficar bonita mesmo.
Faço academia, me entupo de coisas integrais, gasto pequenas fortunas com cápsulas diversas e vou dormir parecendo uma forma untada de tanto creme no rosto.
Por beleza.

Engordei 7 kgs (!!) nos últimos meses, simplesmente porque estou comendo igual um naufrago recém-resgatado de uma ilha deserta, no qual ficou por um ano se alimentando de gafanhotos. E o que foi que passou pela minha cabeça quando a balança confirmou o que minha calça 38 já havia dito? "Ah, meu Deus, meu colesterol vai aumentar! Ó céus, meu nível de gordura está alto, vai entupir alguma artéria..." Bem capaz, né. Eu só lamentei (dentre muitas roupas), o fato de não entrar mais naquela blusa.

Veja bem, não estou dizendo que é errado querer ser bonita, pelo contrário: acredito eu que também é saúde (mental). Estar bem consigo mesma é necessário, válido, positivo. Não há nada de errado. O problema está em só desejar isso. O lance certo seria dosar as coisas - saúde e beleza; ou talvez priorizar a saúde.

Não vou mentir e posar de 'consciente e culta' aqui. Aqui e em lugar nenhum. Eu me cuido porque, apesar de ser contra a maioria das regras e de achar um absurdo (e uma injustiça) os padrões estéticos impostos, tento me enquadrar, ser 'aceita'. No final é tudo pra receber elogio, tudo pra me sentir bem quando me vejo em fotos ou no espelho; tudo pra entrar numa calça 38 e usar tamanho P, tudo pra não me sentir inferior diante de pessoas belas, tudo pra me curar de traumas antigos (regados de momentos de exclusão) e jogar um 'Baba Baby' na sociedade. Já dizia o sábio rei Salomão: "Tudo é vaidade".

Só acho muita hipocrisia justificar atitudes 'estéticas' com uma resposta única do tipo 'quero qualidade de vida', com o objetivo de parecer socialmente que 'tô ficando bonita, mas isso é uma consequência'. Ah vá. Pra muita gente beleza é o único motivo. A saúde que é consequência.

Não precisa me dizer, eu já sei: não estou certa em pensar e agir assim, creio que posso colher frutos amargos no futuro. Saúde é fundamental. É literalmente o que nos mantém vivos e ativos.

Preciso mudar o foco, preciso cuidar da saúde. Preciso primeiro me preocupar com os números do meu hemograma e só depois esquentar cabeça com os números do manequim. Preciso me desligar desses padrões photoshopados e me amar como eu sou, com a minha estrutura, minha realidade.

Esse desabafo também faz parte da minha busca pela beleza; no caso interior. Prefiro assumir minhas verdades e tentar verdadeiramente mudá-las, do que viver mentiras.
Afinal, eu quero ser bonita. E mentir é feio.

Tainah Ferreira

Cansei! Descobrimos as inverdades sem querer, no querer ver, procurar, saber. Descobrimos as mentiras pelos atos impensados, pelos rastros deixados "inconscientemente consciente". Descobrimos que estamos sozinhos, e o fato de estarmos sozinhos nos faz cansar de lutar, porque lutar sozinho é lutar em vão. Então aquele velho ditado vejo agora que é válido: "Antes só, que mal acompanhado(a)." Minha vida, meus sentimentos são de verdade, não saberia viver um amor de mentira. Cansei!

Flávia Abib

Flávia Abib

A chamada da matéria anuncia: "CELEBRIDADE FULANA DE TAL CONTA SEUS SEGREDOS DE BELEZA".

Ao ler a entrevista, me deparo com a resposta: "Meu segredo de beleza é ser feliz e não me entregar aos problemas. Ah, eu também bebo muita água". Logo, concluo que eu - 'cidadã comum - sou triste, me entrego aos problemas e não bebo água. Ah vá. Conta outra.

Não estou dizendo que ser feliz, despreocupada e beber água não ajudam na beleza, sei que faz parte. Mas resumir seus 'segredos' a isso é o fim da picada. É no mínimo subestimar minha inteligência. Essas mulheres tem acesso a tratamentos estéticos caríssimos, selecionados (e alguns que nem imaginamos que existam), possuem personal pra tudo (roupa, cabelo, pele, alimentação, exercícios, etc) e com dinheiro no bolso conseguem comprar produtos milagrosos e quase exclusivos.

Enquanto isso vou 'pelejando' aqui, com meus cremes de farmácia, minhas 'personal blogueiras' (sempre com dicas bacanas) e de vez em quando uma limpezinha de pele básica, pra tirar os cravos que insistem em achar que meu nariz é um jardim.

Sou feliz. Enfrento os problemas. Bebo água.
Só me falta o glamour.

Tainah Ferreira