Textos sobre Irmão

Cerca de 204 textos sobre Irmão

CARTA AOS PAIS


Meu irmão.

Evocamos as homenagens que lhe são tributadas, pela nobre missão que o Senhor da Vida lhe concedeu, na condição de pai na Terra, venho ao encontro de seu coração, a fim de que possamos, juntos, refletir acerca de alguns elementos que muitas vezes, são deixados lado, por variados motivos.

Você sabe que ser pai no mundo é honrosa oportunidade com que Deus brinda o homem, com que abençoa a masculinidade, homenageando a sua função co-criadora, ao lado da mulher que se fez mãe pelos vínculos carnais.

Assim, meu irmão-pai, torna-se necessária a sua atenção para os episódios mais estridentes que acontecem nos momentos que passam, na conjuntura social.


Ouve-se falar dos tormentos dos vícios, do tóxico em particular, solapando as energias jovens, começando a destroçar a criança, ainda nas primeiras experiências infantis, enleando até mesmo os seus filhos na volúpia viciosa, e tantas vezes você não se interessa e , por isso , nada vê.

É verdade que você se encontra preocupado com a manutenção doméstica. É valido que você se torne o eixo em torno do qual giram preocupações. É compreensível que esteja cansado, ao voltar dos sucessos cotidianos da profissão.

Porém papai, não deponha sobre os ombros da companheira-mãe a responsabilidade de, sozinha, conduzir o lar, educar a prole, acompanhar os passos dos pequenos e dos mocinhos, fazendo-se presente onde se torne preciso. Você pode e necessita, meu amigo, na condição de genitor, participar desse luminoso esforço, que é o de conduzir ao Criador as almas que lhe foram apresentadas na função de filhos.

Quantas vezes você tem mirado nos olhos dos seus filhos para sentir-lhes as realidades intimas, pelas “janelas da alma”?

Quantas vezes você tem renunciado a um lazer para que esteja com eles, nos compromissos escolares em que se faça importante a sua pessoa, numa ou noutra atividade social, a fim de que se sintam apoiados por sua presença a dar-lhes segurança?

Quantas vezes você tem dialogado com seus filhos, ouvindo-lhes as opiniões sobre a vida, as pessoas, os fatos cooperando no esclarecimento de equívocos e fazendo recolocações devidas, auxiliando-os a caminhar pelas vias do discernimento?

Quantas vezes visitou, você mesmo, os ambientes, os redutos, nos quais vivem e se agitam seus filhos, a fim de conhecer onde estão comumente, com quem estão e o que fazem, demonstrando interesse pelo acerto deles na vida?

Quantas vezes chamou-lhes a atenção, com carinho e energia, ao vê-los bandear-se para caminhos obscuros, induzidos pela propaganda tendenciosa do mal ou pelas opiniões de quem se lhe apresenta como liderança da moda?

Quantas vezes você conseguiu conversar, sem gritar; orientar, sem imposição descabida; corrigir, sem agressão, para que eles adquirissem o senso do equilíbrio das proporções e da tranqüila disciplina?

Pense, meu irmão, pense seriamente, desarmado emocionalmente, para verificar se não terá tido ou se não tem participação nos equívocos em que os filhos se lançam por ignorância ou desamparo, por falta de sua assistência...

Se, muito bem, que você ama seus filhos. Entretanto , o amor, sendo a virtude por excelência, deve ser vigilante e perspicaz, para que , em seu nome, a insensatez e assombra não se estabeleçam.


Hoje, quando tantos filhos sofrem a carência da presença dos pais, Vigie-se para não trocar por presentes matérias a atenção que lhes deve, de modo a conquistá-los. Ainda que tenha coisas para dar, de-as, mas oferte-se a eles. Sorria com eles, corra com eles, ajude-os em pequenos serviços, em singelos deveres escolares. Ouça-lhes as historias simples do dia-a-dia, vividas com colegas e amigos. Dê valor às suas dificuldades, sem exageros prejudiciais, contudo. Pergunte-lhes, ao tornando-se, assim, amigo-confidente, para que seja aceito como conselho.

Mas, não se olvide de que todas as suas orientações, palavras e ensinos se esboroarão, ruirão por terra, se você apenas quiser ensinar, sem que viva, nobremente, os ensinos que ministra.

Reflita, pai querido, que seus rebentos lhe conduzirão a mensagem de vida aonde quer que forem, impregnados que estarão por tudo quanto lhes houver oferecido.

Não se esqueça, ainda, papai, que você não está a sós, com sua companheira, para o conduzimento dos filhos. Contam vocês com a assistência e com a participação dos nobres Emissários do Bem, que se fizerem seus Anjos Quardiães, e que têm interesse em recambiá-los a Deus, valendo-se da sua disposição de pai e mãe na Terra.

Não diga que se torna difícil a lide, por lhe faltar o burilamento da cultura escolar. Para orientarmo-nos pelo bem, pelo caminho correto, junto aos nossos afetos, não temos necessidade de diploma, mas, sim, de bom senso e maturidade, aliados a uma profunda confiança em Deus.

Repito-lhe que os Espíritos Avalistas da sua família acompanharão as suas lutas e dificuldades, limitações e empenhos , suprindo onde seja necessário, a fim que você consiga avançar , cooperando com o Criador de modo efetivo, e mais afetivo, alcandorando-se com os seus educadores bem formados.


Ao abraçá-los por sua coragem e por seu amor, junto aos filhos amados, auguramos-lhes verdadeiros progressos, na marcha para a real felicidade, após a sua missão devidamente atendida.

Vereda Familiar
J. Raul Teixeira

José Raul Teixeira

Aprenda a valorizar as pessoas que te Amam de verdade, sua Mãe, seu Pai, seu Irmão seu marido um amigo de muito tempo...
Sempre de valor a essas pessoas nunca deixe magoas, pois o tempo passa e um dia você perde las
Ai sim sera a hora que você sentira a falta e se arrependera de não ter valorizado

"A vida muitas vezes é curta, mas mesmo assim seu caminho é longo com as pessoas que te amam"

Carlos Adriano

10 de março de 1950.

Caro irmão Weigh,

Desde longa data venho pensando em escrever-lhe, todavia posterguei fazê-lo uma vez que minhas idéias não estavam amadurecidas o suficiente para tal. Creio, porém ser agora ocasião oportuna. Espero que você humildemente leve isto diante do Senhor.

Receio que as dificuldades das igrejas em Hong Kong e em Cantão serão tremendamente grandes, a saber: a) as dificuldades entre os cooperadores e b) as dificuldades na igreja. Espero que o que abaixo direi, possa, mediante a graça do Senhor, ajudar a modificar a situação nestas duas igrejas.

1) Aqueles que são líderes precisam aprender a amar os outros, a pensar no bem deles, a ter cuidado por eles, a negarem-se a si próprios por causa deles e a dar a eles tudo o que têm. Se alguém não consegue negar-se a si próprio em benefício dos outros, ser-lhe-á impossível conduzir as pessoas pela vereda espiritual. Aprenda a dar aos outros o que você tem, ainda que se sinta como se nada tivesse. Então o Senhor começará a derramar-lhe a Sua bênção.

2) A força interior de um obreiro deveria equiparar-se à sua obra exterior. Esforços em demasia, avanços desnecessários, inquietações, estreitezas, tensões, falta de transbordar, planos humanos e avanços na frente do Senhor, são todas coisas que não devem ocorrer. Se alguém está cheio de abundância em seu interior, tudo o que emana dele é como o fluir de uma corrente de águas, e não existem esforços demasiados de sua parte. É preciso ser de fato um homem espiritual, e não meramente se comportar como um.

3) Aprenda a ouvir outros, ao fazer a sua obra. O ensinamento de Atos 15 consiste no ouvir, isto é, ouvir os pontos de vista de todos os irmãos porque o Espírito Santo poderá falar por meio deles. Seja cuidadoso, pois ao recusar ouvir a voz dos irmãos, você poderá estar deixando de ouvir a voz do Espírito Santo. Todos os cooperadores e presbíteros devem sentar-se para ouvi-los. Dê a eles oportunidades ilimitadas de falar. Seja gentil, seja alguém quebrantado e esteja pronto para ouvir.

4) O problema de muitas pessoas é não estarem quebrantadas. Pode ser que tenham ouvido a respeito do ser "quebrantado", porém o significado disto lhes foge. Se alguém está quebrantado, não tentará chegar às suas próprias decisões no que toca às questões importantes ou aos ensinamentos, não dirá que é capaz de compreender as pessoas ou de fazer coisas, não ousará tomar para si a autoridade ou impor a sua própria autoridade sobre os outros, nem aventurar-se-á a criticar os irmãos ou a tratá-los com presunção. Um irmão quebrantado não tentará autodefender-se nem se remoer por algo que ficou para trás.

5) Não deve haver nas reuniões nenhuma tensão, tampouco na igreja. Com respeito às coisas da igreja, aprenda a não fazer tudo você mesmo. Distribua as tarefas entre os outros e leve-os a aprender a usar a sua própria discrição ao tomar as decisões. Em primeiro lugar, você deve expor-lhes resumidamente os princípios fundamentais a seguirem e depois se certificar de que agiram de acordo. Evite também aparecer demais nas reuniões, caso contrário os irmãos poderão ter a sensação de que você está fazendo tudo sozinho. Aprenda a depositar confiança nos irmãos e a distribuí-la entre eles.

6) O Espírito de Deus não pode ser coagido na igreja. Você tem que ser submisso a Ele, pois, caso contrário, quando Ele cessar de ungi-lo, a igreja se sentirá cansada ou até mesmo enfadada. Se o seu espírito estiver forte, ele alcançará e tomará a audiência em dez minutos; se estiver fraco, não adiantará gritar palavras estrondosas ou gastar um tempo mais longo, o que, inclusive, poderá ser prejudicial.

7) Ao liberar uma mensagem, não a faça demasiadamente longa ou trabalhada caso contrário, o espírito dos santos tenderá a sentir-se enfadado. Não inclua pensamentos superficiais ou afirmações rasteiras no conteúdo da sua mensagem; evite exemplos infantis, bem como raciocínios passíveis de serem considerados pelas pessoas como infantis. Aprenda a concluir a liberação do âmago da mensagem dentro de um período de meia hora. Não imagine que, o fato de estar apreciando a sua própria mensagem, significa que as suas palavras são necessariamente de Deus.

8) Uma tentação com que freqüentemente nos deparamos numa reunião de oração é querer liberar uma mensagem ou falar por tempo demasiado. Uma reunião de oração deve ser consagrada à oração; muito falatório levará à sensação de sentir-se lesado, com o que a reunião se tornará um fracasso.

9) A obra em Kuling, Fukien, em 1948, foi um caso excepcional. Os obreiros precisam aprender muito antes de assumirem uma posição onde tenham de lidar com problemas ou com pessoas. Com um aprendizado inadequado, um conhecimento insuficiente, um quebrantamento incompleto e um juízo indigno de confiança, seremos incompetentes para lidar com os outros. Não tire conclusões precipitadas; mesmo quando se estás prestes a fazer algo, deve-se fazê-lo com temor e tremor. Não trate com leviandade as coisas espirituais. Pondere-as no coração.

10) Aprenda a não confiar unicamente nos seus próprios juízos. O que se considera correto pode não sê-lo; o que se considera errado, do mesmo modo pode não sê-lo. Se alguém está determinado a aprender com humildade, levará pelo menos alguns poucos anos para terminar de fazê-lo. Portanto, por ora, você não deve confiar demasiadamente em si mesmo ou estar muito seguro a respeito do seu modo de pensar.

11) É perigoso às pessoas na igreja seguirem as suas decisões antes de você ter atingido o estado de maturidade. O Senhor operará em você para tratar com os seus pensamentos e para quebrantá-lo antes que você possa compreender a vontade de Deus e ser, então, a Sua autoridade. A autoridade baseia-se no conhecimento da vontade de Deus. Onde não esteja manifestada a vontade e o propósito de Deus, não há autoridade.

12) A capacidade de um servo de Deus deve ser constantemente expandida por Ele. Penso que Ele está fazendo isto atualmente; não é preciso que você olhe para dentro de si, já que isto o levaria a sentir-se desanimado. Pode ser que Deus deseje que você assuma a responsabilidade da liderança. Quanto à obra em Hong Kong, é possível que alguns irmãos venham a sentir-se impelidos a juntar-se a ela. Creio que devemos descansar quanto a esta questão.

No Senhor Nee To-Sheng (Watchman Nee)

Cão.
Amigo canino
Irmão de quatro patas.
Me mostra que as vezes é preciso deixar a lógica de lado e seguir o coração.
Ensinastes-me grandes lições.
Amigo sereno
Amigo astuto.
Me mostraste que os olhos são o verdadeiro espelho da alma.
És um presente vindo dos céus.
És um verdadeiro camarada.
Para muitos não tem valor, pois somente os puros de alma conseguem enxergar sua complexidade.
És um ser valoroso, pois ao contrário de nós humanos,não guarda rancor, é capaz de perdoar.
Ser puro de coração, vê o mundo de um jeito único, diferente, não consegue ver maldade nas coisas.
Amigo verdadeiro
Amigo de louvor.
Ser sincero, pois nunca finge para satisfazer o próximo.
Sempre demonstra suas emoções, sem medo de ser julgado, sem medo de errar.
Ser tão indefeso.
Ser calado, que sabe consolar mesmo sem usar palavras.
Amigo alegre.
Amigo carinhoso.
Em alguns aspectos até mais evoluído do que eu.
Nunca te verei como um animal irracional.
Para mim és um sábio, que apesar de despercebido, está ensinando valores à humanidade.
És um ser valoroso.
És um amigo de alma.
Não és somente o meu melhor amigo,meu escudeiro.
És muito mais do que isso.
Pois você és o maravilhoso e enigmático cão.
Michelle F Zanin
Autora do livro de poesias Vida, lançado pela
Editora Zerocriativa.

Michelle Zanin

FASE ACRÓSTICO.

É mais que um A.migo, é um irmão completo.
Contenta-nos com sua D.eterminação.
Sempre R.indo e mantendo-se discreto.
Eleva-nos, I.libando nossa acepção.
Nunca se esquece de ser um bom A.liado.
Sempre pronto a nos ensinar a ser N.eófito do amor.
O.nerando o próprio coração, mas nunca perdendo o ardor.

#Para saber para quem foi feito o acróstico, basta juntar as letras em destaque.

Lucio Sá

"Meu irmão, minha vida, minha única tristeza foi sua partida, mais sei que estas no céu a nos observar, a nos guiar, perdi meu irmão querido que amo tanto, mais ganhei um intercessor no céu, que onde eu for estará a me dizer qual a direção e qual o melhor caminho a seguir, pois na arte de amar você foi o maior dos artistas"

Especial pro meu irmão Cidão

Leandro Fagundes (Corpus)

Amor de amigo

Será que existe !!!!
Para mim sim !!
É amor diferente !!!!
Não é amor de irmão
Não é de namorada !!!
Não , não é disso , nada
Não é de pai
Não é de Mae
Não isso não existe igual!!!
Amor de amigo
Não fica em estância
Não tem distancia !!!!
Porque amor de verdadeiro amigo...
É uma sina .........
O tempo passa !!!
Mas esse amor nunca termina !!!!!
Amigo de tudo temos
De igreja....... de lampeja ....
Do face .... De enfeite ........
De momento .... E também de rebento !!!!
Amigo do amigo .... Que as vezes está contigo ....
Tem amigo Ate .... De onde amigo!!!!
HÁAAAA também tem do 1 beijo , da primeira festa ....
Daquela noite indigesta !!!!
Mas amigo... Amigo ..
É aquele daquele momento importante..
Que muitas vezes quando não presentes ...
Nos leva a uma vida angustiante
Nos momentos mais solicitantes
Porque amigo é aquele que em qualquer momento está em nossas mãos nos acudindo em tudo .....
É eeeee amor de amigo é um amor que nunca se faz acabar !!!!!!!!

Raimundo grossi

Ao acordar na madruga, ouço a TV ligada e meu irmão dormindo na sala.
E eu aqui mais uma noite sem dormir.
Mais uma vez meu passado se tornado presente, minha noite se tornando dia, meu sorriso se tornando um suspiro.
As vezes sinto um vazio por não ter alguém, por não estar bem e por não fazer bem, mas prefiro ter ninguém.
Tento esquecer tudo que passei, tento não lembrar onde errei mas muitas vezes sei que acertei.
O passado que não é passado, o presente que é se tornando passado e mais uma vez não sei o que é certo ou errado.
Eu aqui recomeço!

Bruno Carneiro Queiroz

Amigo

Amigo é aquele.
Aquele que nem faz parte da família,
mais e mais que um irmão.
Aquele pra quem você prefere desabafar.
Aquele que nunca vai te abandonar.
Se precisar chorar o ombro ele vai te dar.
E se você cair ele vai te ajudar a levantar.
E acima disso vai te da forças,
forças para continuar.
Por que ele só quer seu bem.

Amigo é aquele.
Aquele que se precisar chora junto com você
Aquele que não pensa em te desapontar.
Aquele que não vai trair a sua confiança
Aquele que vai te carregar com ele,
sempre e sempre, dentro do coração.
Por que é assim, amigo de verdade
Não tem medo de chegar em você e dizer,
eu te amo, você esta em meu coração.

Tenha certeza que se você tiver em amigo
e aquela insônia bater, pode para ele ligar
ele nem vai se importar de ficar acordado com você,
falar besteiras e dar risadas a noite inteira.
E se um dia muito triste estiver e de um abraço precisar,
não importa onde esteja,
não esporta o lugar,
seu amigo vai até ti,
para um abraço te dar.
Não só um abraço de amigo
Mais sim um abraço forte de irmão.

Victor Toninatto

Amo as marias desse Brasil
Seja ela maria batalhão
Maria do meu irmão,maria popozão
Maria canhão ou a maria chuteirão
Há não posso esquecer da maria das bandas
Maria gasolina,muito menos da maria cartão
Já me apaixonei pela maria patricinha filha da maria sem noção
Hoje vou esbarrando em outros tipos de maria para que um dia
Eu viva com a maria do meu coração.

Erik Santos

Hoje, dia 5 de setembro, é o dia do irmão, essa celebração veio lá da Índia e é celebrada aqui no Brasil como o "Dia do Irmão".

Diante disso, devemos dar as mãos uns aos outros e esquecer de vez todas as amarguras e dissabores do passado, e, juntos comemorarmos "FELIZ DIA DO IRMÃO"! Abraços fraternos.

Luiz Maria Borges dos Reis

Loucas Rimas de Conquista e Futriques

Em meio a uma Vitória da Conquista turbulenta meu irmão
Valeu o pirão ver os Arautos louvando em meio a grande multidão
E o Pastor Luiz Gonsalves, que maravilha de pregação.

E no Shoping com a galera foi uma tremenda zuação
Uma tal Pizza Familha, são histórias do Cherão.
Mas e eu cara, cinco e cinquenta num briquedo sem noção kkk

Outros assuntos do nosso dialeto
Uma mocinha bonita, de pele macia, humm, dexa queto
Não é mesmo Gelber Santos, tipo os olhos miram reto kkk.

Olha lá eu digo mais, furdunso na Van,
muito futunululu e rimas sem sentido com Jean kkkkkk
Cantáva musica das Chiquititas e vc ria, lembrava da Taty ao olhar para a Bia.

Coisas apócrifas e avulsas acontecem eu nem posso falar, e para completar a Samay ainda esquece o celular kkkkkk.

Ponho a capuz da minha blusa e vou embora
Chego em casa, escrevo um monte de futriques e posto no Facebook agora

Janilson Gomes Rocha

Tem gente até que diz em solidariedade que se pudesse para não ver uma mãe, amigo, irmão,.. o que for, sentir dor, se apoderava de um pedaço da lástima para si próprio,... Mal sabem eles que a dor pode ser tanta que o mero corpo só serve de armadura fraca.

A dor física não mata, porém, a do coração, dilacera.

Amanda Lemos

"Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão."
Existem amigos verdadeiros, pessoas que são colocadas por Deus em nossa vida para nos dar suporte, nos ajudar em momentos difíceis, nos abraçar e estender as mãos nas horas em que tudo parece dar errado.
Somos convidados todos os dias a fazer parte da vida daqueles que estão ao nosso lado, e o fazer parte significa participar de suas dores e aflições também.

Lenildo Silva

O que é um amigo?

Sua segunda alma
batendo fora do seu corpo.

Um irmão por escolha
que mesmo sem você querer
fez assim que conheceu.

Palavras de consolo quando
você mais precisa.

Repreensão quando você merece
por ter cometido algum erro.

Aquele que jamais te julga e estar
sempre ao seu lado.

Aquele que mesmo que infinitamente você descreva
sempre vai lhe faltar as palavras!

Vanessa Pérola

"...Há amigos mais chegado do que um irmão." Provérbios 18-24

Amigo é aquele que não te abandona por nada.
Que está com vc na alegria ou na dor.
Amigo te dá força, briga por vc se preciso for.
Amigo é fiel.. é verdadeiro
amigo é sincero.
amigo é eterno.
amigo ama, perdoa.
E sei que foi DEUS que preparou você pra ser minha amiga pra sempre.

Aline Vieira

A Segurança Eterna é um Projeto Comunitário

Por John Piper

Hebreus 3:12-15:
"Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo. 13 Antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado; 14 Porque nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim. 15 Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação."

Esta semana tem sido de uma grande agitação no Oriente Médio. Tais eventos devem servir como um alerta para nós de que o dia virá mais cedo ou mais tarde, quando a hostilidade do homem não mais será contida pela força humana. A barragem da contenção vai arrebentar e a sua própria casa será inundada. E a questão mais urgente para todos os seguidores de Jesus Cristo será: Será que a nossa fé em Jesus vai permanecer? Ou será que vamos dar lugar ao medo e descrença, raiva e vingança?

O profeta Daniel descreve um tempo em que um dos governantes dos últimos dias "proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo" (Daniel 7:25). E no livro do Apocalipse, João descreve assim esse tempo: "Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá: se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a paciência e a fé dos santos" (Apocalipse 13:10).

A questão crucial para você nestes dias - e naqueles dias - é "você vai suportar?" Será que a sua fé vai resistir os assaltos que virão? Ou você estará "desgastado", desistirá da fé e juntar-se-á à descrente ilusão de segurança? Esta é a questão da perseverança. A questão da segurança eterna. E a questão da mensagem de hoje.

Estamos no meio de uma série de mensagens que remonta aos últimos trinta anos, ou mais, e que tenta identificar algumas das nossas verdades — marcas teológicas de 30 anos, pedras angulares bíblicas, doutrinas ou ênfases que moldaram o que Bethlehem é nestas últimas três décadas . O objetivo é mostrar que elas são maravilhosamente concebidas para o lançamento da próxima temporada e não para a aterrissagem da temporada passada. A transição em que estamos não é primeiramente consumação, mas preparação. Isso é o que essas verdades implicam.

Uma Doutrina de Aplicação Urgente

A doutrina de que hoje estamos falando é conhecida por nomes diferentes e tem uma aplicação urgente e prática para a nossa vida em conjunto. Alguns a chamam doutrina da segurança eterna. Outros a chamam doutrina da perseverança. E a aplicação prática é que, chamando-a o que quiserem, o processo é um projeto da comunidade. Ou seja, você e eu somos essenciais para ajudar um ao outro a perseverar até o fim na fé e não deixar acontecer o naufrágio das nossas almas. Ou, como diz o título da mensagem: "Segurança Eterna é um Projeto Comunitário."

O texto base ao qual voltamos frequentemente ao longo dessas décadas é Hebreus 3:12-15. Acho que seria útil esboçar uma teologia da perseverança em três pontos baseado nestes quatro versículos e suas implicações para a sua vida. Assim, vou mostrar qual a base mais ampla nas Escrituras relativamente a isso, sua relação com a cruz de nosso Senhor Jesus e terminar com algumas aplicações práticas para a sua vida em família e grupos de pastoreio.

Ponto Nº 1

Hebreus 3:12, "Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo." Esta é uma clara chamada a todos os crentes ("irmãos") para perseverar na fé. Para não dar lugar à incredulidade. Para não nos "desgastarmos". Para continuar. Para manter a fé até ao fim. "Não deixeis o vosso coração ficar mau, incrédulo. Não deixeis o Deus vivo." Este é um perigo real que é pregado à Igreja. Os que rejeitarem isso devido à doutrina da segurança eterna estão em grande perigo.

Ponto Nº 2

Hebreus 3:13, "Antes [contrastando com o entregar o coração à incredulidade] exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado". Em seguida, no versículo 15 ele faz o que nos manda fazer. Exorta-nos a partir do Salmo 95:7, "Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração como nos dias da rebelião".

Assim sendo, o ponto Nº 2 é que um dos meios essenciais para não se endurecer - a proteção contra um perverso coração incrédulo - é a voz dos outros crentes à tua volta falando palavras de fé sustentadoras em sua vida. Sua família, seus amigos, seu grupo pastoral. «Exortai-vos uns aos outros todos os dias." Ou seja, falar palavras da fé que sustenta a verdade na vida de cada um. Paulo disse em Efésios 4:29: "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem."

Assim, o segundo ponto desta teologia da perseverança é que Deus concebeu a sua Igreja para que os seus membros perseverem até o fim na fé através de dar e receber uns dos outros palavras sustentadoras da fé. Você e eu somos os instrumentos através dos quais Deus preserva a fé dos seus filhos. A perseverança é um projeto comunitário. Assim como Deus não vai evangelizar o mundo sem vozes humanas despertadoras da fé, também não vai preservar a sua igreja sem vozes humanas sustentadoras da fé. E, evidentemente, as palavras "exortai-vos uns aos outros" (versículo 13), significam todos nós e não apenas os pregadores. Dependemos uns dos outros para resistir até ao fim na fé.

Ponto Nº 3

Versículo 14: [Exortai-vos uns aos outros e ajudai-vos uns aos outros a guardar a confiança, " Pois [porque] nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim." Este versículo é um dos mais importantes da epístola aos Hebreus, pois estabelece que se alguém se torna participante de Cristo, esse alguém perseverará indubitavelmente na fé até ao fim. Note a lógica e os tempos verbais com atenção. Tudo está ancorado nisto.

Versículo 14: "Nós nos tornamos participantes em Cristo, se de fato nós retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até o fim." Note que ele não diz "se guardarmos a nossa confiança até ao fim". O que significa que perseverar até o fim não faz de ninguém participante de Cristo. Isso só prova que você já é participante de Cristo. Perseverança é a evidência de ter nascido de novo em Cristo e não o meio.

Ou, colocando negativamente o mesmo ponto: Se você não coloca a sua confiança em Cristo até o fim, o que é que isso evidencia? Que você "não tem sido participante de Cristo". Assim, a negativa do versículo 14 seria: "Nós não nos tornamos participantes de Cristo, se de fato nós não retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim".

Assim sendo, você vê o que isso implica sobre a segurança eterna? Está escrito: se você se torna participante de Cristo — isto é, se você nasceu de novo, se você está realmente convertido, se você é justificado e perdoado pela fé salvadora — você não pode deixar de perseverar. Você irá manter a sua confiança em Cristo até o fim.

A lógica é idêntica em 1 João 2:19. "Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós. "(1 João 2:19). "Se eles tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco", é o mesmo que "Se você realmente participa de Cristo, manterá a sua confiança até o fim."

A Perseverança Resumida

Eis o resumo da nossa teologia da perseverança de três pontos.

Não deixeis que o vosso coração se torne mau e infiel, pois se assim acontecer, afastar-vos-eis do Deus vivo e perecereis para todo o sempre.
Como um meio de vos protegerdes uns aos outros de tais corações maus e infiéis, falais uns aos outros diariamente palavras que vençam o pecado, que sustenham a fé.
Este aviso e exortação não foram escritos porque uma pessoa que realmente pertence a Cristo se possa perder, mas porque a perseverança é a prova de que você realmente pertence a Cristo. Se cair, você mostrará que nunca verdadeiramente participou de Cristo. E Deus nunca vai deixar isso acontecer com aqueles que são participantes de Cristo.
"E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou. " (Romanos 8:30). O que significa: Entre eternidade no passado na predestinação de Deus e a eternidade futura na glorificação de Deus, nenhum está perdido. Ninguém que seja predestinado para ser filho deixará de ser chamado. E ninguém que seja chamado deixará de ser justificado. E ninguém que seja justificado deixará de ser glorificado. Esta é uma corrente de aço inquebrável de fidelidade da aliança divina.

Paulo diz ainda, "Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo" (Filipenses 4:6). "O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso SENHOR Jesus Cristo. Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso SENHOR" (1 Coríntios 1:8-9). Estas promessas são do nosso Deus que não mente. Os nascidos de novo estão tão seguros como Deus é fiel.

De Que Maneira Está a Nossa Segurança Relacionada com a Cruz?

E qual é a ligação entre essa segurança — esta perseverança prometida — e a cruz de nosso Senhor Jesus? Pouco antes de Jesus verter o seu sangue pelos pecadores, ergueu o cálice na última ceia e disse em Lucas 22:20: "Este cálice que é derramado por vós é a nova aliança no meu sangue." O que isso significa é que a nova aliança, mais explicitamente prometida em Jeremias 31 e 32, foi protegida e selada pelo sangue de Jesus. A nova aliança torna-se uma realidade pois Jesus morreu para estabelecê-la.

E o que é que a nova aliança assegura para todos os que pertencem a Cristo? Perseverança na fé até ao fim. Ouça Jeremias 32:40, "E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim." A aliança eterna - a nova aliança - inclui a promessa inquebrável: porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim.". Não se podem apartar. Não se apartarão. Cristo selou esta aliança com o seu sangue. Ele comprou a tua perseverança.

Se hoje você é perseverante na fé, você deve isso ao sangue de Jesus. O Espírito Santo, que está trabalhando em você para preservar a sua fé, honra a compra de Jesus. Deus, o Espírito, opera em nós o que Deus, o Filho, obteve para nós. O Pai planeou. Jesus comprou. O Espírito aplica-o — todos eles de uma maneira infalível. Deus está totalmente comprometido com a segurança eterna dos seus filhos comprados por sangue.

A Necessidade da Comunidade na Certeza da Segurança

O que nos leva agora a este ponto de aplicação. Deus uniu a certeza da segurança com a necessidade de comunidade. Hebreus 3:13, "Antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado". A segurança eterna é um projeto comunitário. Podemos igualmente afirmar que a segurança eterna pelo sangue comprada é um projeto de uma comunidade comprada pelo sangue.

Pode soar como se fosse frágil, dado que a nossa vida comunitária é sempre imperfeita. Mas não é frágil. Não é mais frágil do que a capacidade soberana de Deus para incluir outros na sua vida e para incluí-lo na deles. Deus soberanamente preserva todos os que pertencem a Cristo. E fá-lo-à através do ministério da sustentação da fé de outros crentes.

Cerca de três quartos dos adultos nesta igreja são casados. Isso significa que Deus — não o homem ("o que Deus uniu") — já os colocou em lares projetados para isto mesmo — o ministério diário da sustentação da fé, da destruição do pecado, da exortação uns aos outros. Maridos e esposas. Pais e filhos.

Deixem-me dar alguns exemplos destes meios para maridos e mulheres.

Para os maridos:

Ame a sua mulher sacrificialmente e cuide dela como um reflexo do amor de Cristo pela Igreja (Efésios 5:25, 29). A fé dela será sustentada ao ver isso.
Esteja alerta e saiba discernir as necessidades espiritual, emocional, relacional e física da sua esposa e esforce-se por suprir essas mesmas necessidades — direta ou indiretamente (Hebreus 3:12-13; 1 Pedro 3:7).
Procure edificar a sua mulher com conhecimento bíblico, através das suas próprias palavras e encorajamento e ajude-a a ligar-se com o ministério de ensino providenciado pela igreja (João 8:32; Efésios 4:25-30).
Anime e ajude a sua mulher a envolver-se em ministérios na igreja e no mundo (Provérbios 31:20; Efésios 4:11-12, 1 Timóteo 59-10).
Para as mulheres:

Esteja alerta sobre a condição espiritual do seu marido e ore seriamente por ele (1 Samuel 25:1-35; Hebreus 3:12-13)
Anime o seu marido confirmando evidências da graça na vida dele (Romanos 15:2; Efésios 4:29; Hebreus 10:24-25). A fé dele será sustentada ao ouvir tais coisas.
Apóie-o em todos os seus esforços na liderança e dê resposta a todos os esforços dele ao liderar espiritualmente (Efésios 5:21-24; 1 Pedro 3:1-6).
Partilhe a partir da sua vida e meditação o que Deus lhe tem ensinado sobre Cristo e os seus caminhos (Romanos 15:13-14; 1 Tessalonicenses 4:18).
Junte-se a ele em conversas sérias com respeito e sabedoria (Provérbios 31:26; Romanos 15:2; 1 Tessalonicenses 5:11).
Sugira-lhe pessoas e recursos que lhe sirvam de auxílio (Gênesis 2:18; Provérbios 31:12; Atos 20:32). Ninguém o conhece melhor que você.
Com humildade e esperança ajude-o a tomar consciência de hábitos inúteis ou pecados que possa ver na vida dele (Hebreus 3:12-13; Tiago 5:16). Estamos procurando praticar Hebreus 3:13 um para com o outro.
Eu sei que isso pressupõe que ambos sejam crentes e que ambos estejam com essa disposição. E eu sei que não é verdade em relação a cada casal. Mas para isso que Deus nos chama, para orar e agir para o bem dos nossos cônjuges e para a perseverança na fé dos nossos filhos. A equipe e os anciãos da igreja têm ideias em como podemos ajudá-los a fazer o melhor um para o outro. A segurança eterna é um projeto de família.

Não há Substituto para a Igreja

Uma palavra final para todos nós, para os solteiros e os casados. Deus não criou o casamento para substituir a Igreja. Ele não criou as famílias para substituir as amizades. Todo o homem casado precisa de homens crentes na sua vida. Toda a mulher casada precisa de outras mulheres crentes em sua vida. Os jovens precisam de outros jovens. E as pessoas solteiras precisam de pessoas casadas e pessoas solteiras nas suas vidas. As famílias não são substitutos para qualquer uma destas relações.

A Igreja comprada pelo sangue de Cristo é a família nova, sobrenatural. Solteiros, casados, novos e velhos, ricos e pobres, todos os grupos étnicos encontram aqui irmãos e irmãs. O casamento é temporário. O parentesco é temporário. Mas a Igreja — a nova família — é eterna.

Os grupos de pastoreio da igreja de Bethlehem são simplesmente uma maneira intencional de ser este tipo de família em obediência a Hebreus 3:13: "Exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado". Assim, eu o encorajo: deixe-nos ajudá-lo a encontrar um grupo. Ou começar um. Deus vai ajudá-lo a amar e a ser amado dessa maneira. Ele pretende manter os seus filhos. É um grande privilégio ser seu instrumento.

John Piper

Ok, o que é ter um irmão?
Ter um irmão não é compartilhar em seu DNA genes parecidos ou compatíveis. Não é nascer da mesma mãe e nem ter o mesmo pai. Não é simplesmente chamar de irmão, não é simplesmente cuidar, não é simplesmente ter que aturar como só um irmão consegue. Ter um irmão não é bater, nem xingar, nem apesar de todas as desavenças aplaudir de pé sua apresentação dos Saltimbancos no colégio. Ter um irmão não é pegar no colo pra se fazer de forte, não é encher o saco, roubar a comida e nem derramar o refrigerante. Ter um irmão não é sair pra passear no shopping, visitar o papai Noel, rir da cara dos outros, derramar pipoca no cinema e nem ver filmes de terror para assustar quando o outro dorme.
Ter um irmão é fazer com que a alma compareça em seu estado mais limpo, puro, suave, verdadeiro, aconchegante, amoroso e bom quando sente-se o cheiro do perfume. Ter um irmão é encontrar outra alma que te compreende pelo olhar, é saber que aquela alma te faz bem só por existir. É confiar, contar segredos, esquecer todos eles e enterra-los junto a todos os problemas. É, também, colocar a cabeça no travesseiro e rezar pra que ele fique em paz, pra que os anjos o guardem quando não puder estar por perto o dia todo. Ter um irmão é ter um amigo. Ter um amigo é ter um irmão. Ter um conhecido é existir, e saber que sua presença é notada pela sociedade. Ter um irmão é saber perdoar, é não abandonar, é proteger e defender contra o mal. Ter um irmão é só pra quem merece, é só pra quem sabe, é só pra quem deve.
Ter um irmão não precisa ver nascer, nem ser mais velho ou mais novo, só precisa ter. precisa existir, não precisa comparecer, mas precisa amar, precisa sentir, precisa precisar. Ter um irmão é ter carinho, ternura e ser gente. Ter um irmão é responsabilidade, e só quem ama entende.

Yasmim Moura

Se não escutas as palavras do irmão...
Lave os ouvidos.
Se escutas e não compreendes...
Então, guarde-as.
Se escutas e compreendes,
Aceite-as ou não.
É o teu direito de escolha,
mas, jamais tape os teus ouvidos diante uma opinião.
Porque, pior que ignorar as palavras de alguém,
é não ouvir por falta delas.

Eder lu

Ter riqueza não é acumular dinheiro.
Quem a tem e não sabe ajudar ao irmão; É pobre.
Quem não sabe dar de si mesmo uma palavra amiga,
um sorriso sincero, um encorajamento; É pobre.
Mas, aquele que, mesmo pouco ou nada tendo,
sabe doar-se em ajuda ao próximo, esse sim;
É rico... Enormemente...Rico!

Eder lu