Textos sobre Inveja

Cerca de 290 textos sobre Inveja

SONETO LXX
Se te censuram, não é teu defeito,
Porque a injúria os mais belos pretende;
Da graça o ornamento é vão, suspeito,
Corvo a sujar o céu que mais esplende.
Enquanto fores bom, a injúria prova
Que tens valor, que o tempo te venera,
Pois o Verme na flor gozo renova,
E em ti irrompe a mais pura primavera.
Da infância os maus tempos pular soubeste,
Vencendo o assalto ou do assalto distante;
Mas não penses achar vantagem neste
Fado, que a inveja alarga, é incessante.
Se a ti nada demanda de suspeita,
És reino a que o coração se sujeita.

William Shakespeare

Círculo Vicioso

Bailando no ar, gemia inquieto vaga-lume:
- Quem me dera que fosse aquela loura estrela,
que arde no eterno azul, como uma eterna vela !
Mas a estrela, fitando a lua, com ciúme:

- Pudesse eu copiar o transparente lume,
que, da grega coluna á gótica janela,
contemplou, suspirosa, a fronte amada e bela !
Mas a lua, fitando o sol, com azedume:

- Misera ! tivesse eu aquela enorme, aquela
claridade imortal, que toda a luz resume !
Mas o sol, inclinando a rutila capela:

- Pesa-me esta brilhante aureola de nume...
Enfara-me esta azul e desmedida umbela...
Porque não nasci eu um simples vaga-lume?

Machado de Assis

SOBRE A VILEZA E A INVEJA
Poucas coisas despertam tanto o lado negativo das pessoas e atraem tanto a inveja humana quanto o sucesso. É preciso ter preparo para isto, por que o sucesso é o que tu deves perseguir em tua vida, seja em qual âmbito for, pois o sucesso é a conclusão de teus objetivos na busca pela felicidade.

Quando estiveres feliz com o resultado de teu sucesso, te esforces para tolerar o mundo de vileza que se apresentará diante de teus olhos, por vileza é o que o sucesso desperta em algumas pessoas. Se o rapaz for bonito, certamente quererão dizer que ele é gay – por que ser gay em nossa sociedade ainda é visto como algo negativo, por mais que não seja. Se é uma moça bonita que faz sucesso, certamente é por que foi pra cama com alguém que lhe possibilitou isso. Se a pessoa prega o bem ou coisas boas, dirão que esta pessoa certamente é metida ou tem alguma falha de caráter, pois ninguém é santo. - E ninguém é santo, mesmo, ora bolas! Mas por que se esforçar tanto para ver apenas o lado negativo das coisas e dar-se ao trabalho de tentar difamar, denegrir a imagem de uma pessoa que ela nem conhece pessoalmente e que nunca lhe fez nenhum mal?

Infelizmente, este tipo de comportamento só tem lugar em nossa sociedade por que há público para o veneno e o amargor destas pessoas que só conseguem expelir pensamentos vis contra quem é feliz. Se o vil não tivesse platéia e reprovado fosse, aprenderia a lição e talvez passasse a ser uma pessoa melhor. Mas quando o vil espalha seu veneno, ele ganha um pouco da atenção que ele aprecia e quer ter – da mesma forma que tem aquela pessoa que está fazendo sucesso. E não é um caso para se ter raiva de quem é vil, mas compreensão, por que o vil simplesmente não é feliz, e assim não é merecedor de ódio, mas de pena...

Ademais, de certo modo, a vileza de tais pessoas nos fornece valioso ensinamento: agradeço,pois, a todas as pessoas que me quiseram mal. Aprendi, com elas, a perdoar e a precaver-me contra a inveja, a calúnia, e as intempéries do mundo.

Augusto Branco

Não só quem nos odeia ou nos inveja
Nos limita e oprime; quem nos ama
Não menos nos limita.
Que os deuses me concedam que, despido
De afetos, tenh a fria liberdade
Dos píncaros sem nada.
Quem quer pouco, tem tudo; quem quer nada
É livre; quem não tem, e não deseja,
Homem, é igual aos deuses.

Fernando Pessoa

Sou chata??? Depende de vc.
Sou metida? Inveja é triste.
Sou feia? Tem quem queira.
Sou bonita? Tenho espelho.
Me ama? Bom pra nós.
Me odeia? Puuxa que coincidência.
Sou ridícula? Estamos falando de mim ou de vc..?
Sou educada? Quase sempre.
Sou mal educada? Vc mereceu.
Dou piti? É charme.
Sou louca? Eu posso.
Sou santa? Nem tanto.
Sou fácil? Tô afim.
Sou difícil? Cai fora.
Tenho juízo? suficiente.
Beijo mal? Vc tb.
Beijo bem? Já sabia.
Humilde? As vezes.
Modesta? Nem sempre.
Pego no seu pé? Sorte a sua.
Ti dei um fora? Não seja brasileiro...CAIA FORA!
Boa amiga? SOU DIMAIS.
Boa inimiga? MAIS AINDA. haha
Eu minto? Vc tb.
Duvida de mim? Paga pra ver.
Se eu amo??? muito.
Quando eu odeio? sinto ate pena de quem esta na lista .
Sou ruim? Tento não ser...
Gostar de mim? Eh facil.
Gostar de vc?? CONVENÇA-ME!!!
Defeitos?? (muitos)
*Qualidades?? (mais ainda)
*Me ama?? (que bom)
*Me odeia?? (azar o seu)
*Meu amigo?? (você tem sorte)
*Meu inimigo?? (você será insignificante)
*Me ajuda?? (farei o mesmo)
*Me atrapalha?? (te farão o mesmo)
*Futilidade?? (odeio, odeio)
*Ignorância?? (longe de mim)
*Família?? (eu amo a minha)
*Fidelidade?? (1 das minhas maiores qualidades)
*Amor?? (o sentimento mais nobre de todos)
*Um conselho?? (faça o certo, f... o resto)
*Felicidade?? (irei atrás até meu último dia)
*Minha força??(Deus)
*Lutar?? (sempre)
*Conseguir?? (talvez)
*Desistir?? (jamais)

Daisy

Morrendo de inveja



Eu e você sabemos que mais que um pecado, a inveja é um dos sete sentimentos básicos que o ser humano pode nutrir pelo outro, simultaneamente ou não: amor, paixão, ódio, amizade, indiferença, compaixão e inveja. Os demais estados de espiritos são derivados.

A inveja é um tema e tanto! Uma vez que começamos a refletir sobre ele, vemos que está bem próximo e que podemos despertar a iradesse monstro que habita nosso interior simplesmente por sermos exatamente como somos. Mostro, porque pode se transformar e transformar a nós mesmos.

Ah, se você nunca sentiu inveja, ainda não nasceu. Ela existe em to-dos, sem exceção. A diferença é quando a admiração motivadora se transforma em rancor pelo que não se consegue ser, possuir, parecer. É a inveja auto-destrutiva.

Até o monge que só come gafonhoto tem inveja da divindade da qual tenta aproximar-se através da pureza e do sacrifício.

A gente copia o corte de cabelo de uma celebridade ou se sente estimulado a fazer algo pelo exemplo de outro. Isso é motivação, admiração.

Mas, de repente você começa a sentir alfinetadas de um certo colega, até pouco tempo amistoso. Sendo homem, você não consegue identificar a inveja como a razão do comportamento permeado de raiva.

Acontece que você pode representar algo que o incomoda muito: pode ter a casa que ele ainda não possui ou tem certeza que jamais possuirá. Pode ter a beleza que a mulher dele não aparenta e estando fora de seu alcance...e daí por diante.

Você vai causar inveja por existir. Ele não progride, não ganha nada com isso, mas, torce para que você se afogue em plena romaria fluvial.

Culpa sua, baby? Não. O outro é que deve estar num momento de extrema baixa-estima, frágil ou desapontado - consigo mesmo, com as chances que a vida não ofereceu. Na impossibilidade de sentir raiva de si, ele a vê, feliz - você personifica tudo o que ele queria e não conseguiu. Cuidado!

A inveja do dia-a-dia é a do anel, da bolsa nova, do amor novo (ou antigo, porque está durando...). Essa é fácil de administrar. Pessoas saudáveis sabem que não é perigosa.

Não adianta querer possuir tudo o que suas amiguinhas têm - você irá a falência ou se tornará uma compradora compulsiva.

O "clone", copia nosso estilo. Tudo o que a gente tem, ele(a) também tem. Freqüenta o mesmo curso, o mesmo salão e coisas do gênero. Só tem um remédio: distância.

A inveja daquilo que somos (cultura, carisma, competência, beleza) é muito pior. Quando a inveja é motivada por uma razão que pode não ser suprida (ser competente ou carismático não se pode comprar), torna-se destrutiva: atinge o algo e o invejoso. Geralmente, ambos saem traumatizados dessa experiência (quando saem!).

O objeto da inveja, sendo uma pessoa "normal", não consegue entender a perseguição, não percebe que suas conquistas e eu "modo de ser" causam sofrimento no outro. Por sua vez, este tenta prejudicar o invejado, mas, não reconhece a razão. Isso seria demais. Seria a cura sem terapia. Impos-sível, meu amor.

A inveja destrutiva só ocorre entre pessoas próximas - familiares incluídos. Ninguém tem esse sentimento em relação à Giselle Bundchen, por exemplo, só um parente ou outra top...Para nós, ela é um mito, admirado ou não. E só.

E aquelas pessoas que gostam de causar inveja?

São os inseguros que, não agradando a si próprios, alardeiam qualidades: dinheiro, poder, conquistas. Sentindo-se invejados, pensam ter conseguido sucesso. São os "só papo". Inofensivos para outros e auto-destrutivos, jamais serão considerados realmente bons, a não ser de propaganda enganosa.

Vera Cascaes de Souza - Jornal O liberal 150804

Prosa Patética



Nunca fui de ter inveja, mas de uns tempos pra cá tenho tido.
As mãos dadas dos amantes tem me tirado o sono.
Ontem, desejei com toda força ser a moça do supermercado.
Aquela que fala do namorado com tanta ternura.
Mesmo das brigas ando tendo inveja.

Meu vizinho gritando com a mulher, na casa cheia de crianças,
Sempre querendo, querendo.

Me disseram que solidão é sina e é pra sempre.

Confesso que gosto do espaço que é ser sozinho.

Essa extensão, largura, páramo, planura, planície, região.

No entanto, a soma das horas acorda sempre a lembrança

Do hálito quente do outro. A voz, o viço.

Hoje andei como louca, quis gritar com a solidão,

Expulsar de mim essa Nossa Senhora ciumenta.

Madona sedenta de versos. Mas tive medo.

Medo de que ao sair levasse a imensidão onde me deito.

Ausência de espelhos que dissolve a falta, a fraqueza, a preguiça.

E me faz vento, pedra, desembocadura, abotoadura e silêncio.

Tive medo de perder o estado de verso e vácuo,

Onde tudo é grave e único. E me mantive quieta e muda.

E mais do que nunca tive inveja.

Invejei quem tem vida reta, quem não é poeta

Nem pensa essas coisas. Quem simplesmente ama e é amado.

E lê jornal domingo. Come pudim de leite e doce de abóbora.

A mulher que engravida porque gosta de criança.

Pra mim tudo encerra a gravidade prolixa das palavras: madrugada, mãe, Ônibus, olhos, desabrocham em camadas de sentido,

E ressoam como gongos ou sinos de igreja em meus ouvidos.

Escorro entre palavras, como quem navega um barco sem remo.

Um fluxo de líquidos. Um côncavo silêncio.

Clarice diz que sua função é cuidar do mundo.

E eu, que não sou Clarice nem nada, fui mal forjada,

Não tenho bons modos nem berço.

Que escrevo num tempo onde tudo já foi falado, cantado, escrito.

O que o silêncio pode me dizer que já não tenha sido dito?

Eu, cuja única função é lavar palavra suja,

Neste fim de século sem certezas?

Eu quero que a solidão me esqueça.

Viviane Mosé

Sentimento sem título

Sorte tem os bêbados,
pois conseguem dormir.
Sorte tem os Loucos,
pois são livres para agir.
Sorte tem os idiotas,
pois conseguem amar e sorrir.
Gostaria de fugir da realidade em que vivo
e entrar em um copo de whisky,
Para ser Louco e idiota
Assim, faria o que quisesse
Sorriria, dormiria e teria a capacidade de amar.
Ah! como eu os invejo!

Mauricio Pereira

Guia dos invejosos!

Se você gosta de cuidar e dar palpites na vida dos outros, ai vai algumas dicas pra você: antes de olhar para os outros em busca de erros, olhe pra sua vida e veja o quão errado você é. Antes de especular a vida alheia, procure ocupar seu tempo com algo produtivo como um emprego, ou até mesmo se mexer, sair desse mundinho de gente abitolada que nao tem capacidade de conquistar as coisas por si só. Mas agora se você é desses que trabalha o dia todo, estuda, tem uma profisssão, amigos, parentes, filhos e mesmo assim acha tempo pra falar da vida dos outros ai vai a melhor dica de todas: VÁ CUIDAR DA SUA VIDA! Sei que muitos vão ler esse texto e vão se identificar. Se você é um deles, parabéns, ainda há uma chance pra você, porém se você nesse momento pensa: eu não faço isso! Saiba que pra você não existe salvação. Que pra você, caro leitor, não há uma chance se quer! Por que você já começou errado. Está lendo um texto que não está escrito no seu orkut. Esse recado não está no seu email! Mas continue, prosiga. Um dia você chega onde eu estou! Sua inveja é o meu sucesso. Invejoso é que nem coveiro. Cava as covas dos outros, mas um dia vão cavar a sua!

Adriana Vieira

Inveja

Perda de tempo
esforço a mais, em vão,
vendavais...
ódio mudo
contra-mão,
vento
que derruba tudo
ao chão.

Inveja é
luta desperdiçada
que arrebata o próprio vigor,
impedindo momentos
risonhos...amor.
A inveja puxa a vida
pra trás,
deturpa, divide,
produz tormentos,
ativa a ferida,
ainda mais,
acende lamentos,
tira a paz.

Ivone Boechat

INVEJA



Foi por inveja que a primeira família que se tem notícia foi parar na manchete policial do Éden. É um poderoso vírus que desarmoniza o cérebro e o homem pode perder o rumo de sua história, se não souber usar, desde muito cedo, o antivírus da educação. Na coleção de ensinamentos do livro da sabedoria, em Provérbios 14:30, há uma advertência: “O sentimento sadio é vida para o corpo, mas a inveja é podridão para os ossos”. Os ossos do invejoso não são resistentes. O invejoso não pára em pé, tropeça o tempo todo no sucesso dos outros!
Segundo o dicionário Aurélio, “A inveja é o desgosto ou pesar pelo bem ou felicidade de outrem. Desejo violento de possuir o bem alheio”.
Como educar para administrar a inveja? A inveja atua no ramo das paixões. As paixões desnorteiam. Segundo Crabb “O ciúme teme perder o que possui; a inveja sofre ao ver o outro possuir o que quer para si”. Já a psicanalista austríaca Melanie Klein (1882-1960) diz que “As origens da inveja derivam da agressão constitucional”. O ser humano traz no seu kit de sobrevivência fatores de enfraquecimento da self. São os chamados pontos fracos. É preciso aprender a administrá-los. Klein diferenciou inveja, ganância e ciúme como manifestações do instinto agressivo.
A ciência descobriu que há um lugar no cérebro onde atua a inveja. Pela primeira vez uma pesquisa científica mostrou onde ela e o shadenfreude – palavra alemã que dá nome ao sentimento de prazer que o invejoso experimenta ao presenciar o infortúnio do invejado – são processados na mente humana.
Então, quanto mais cedo se educar, melhores poderão ser os resultados. A criança chega à escola, quase um bebê, e ai da humanidade que não tem uma escola que educa: aquela que só ensina a procurar o valor de X. As músicas, as histórias e as atividades lúdicas abrem espaço para aulas admiráveis sobre a arte de viver. É só planejar. Mãos à obra!

A inveja provoca a cegueira e desperta a ganância. Conta-se que um dia a inveja e a ganância passeavam de mãos dadas. De repente, tropeçaram numa lâmpada maravilhosa e de lá saiu um gênio. Ele foi logo perguntando:
- Quem são vocês?
A inveja bateu no peito e disse:
- Sou a inveja. Estou caminhando com minha amiga ganância.
E o gênio pergunta?
- Quem é a mais velha, você ou a ganância?
- Eu, disse a inveja, eu nasci primeiro.
E o gênio virou-se para a inveja e disse:
- Você pode pedir tudo o que você quiser. Entendeu? Tudo. Só que eu darei em dobro para a ganância aquilo que você pedir.
A inveja pensou, pensou, pensou e disse: - Fura um olho meu.
Muita gente perde ótimas oportunidades pela vida afora, porque ficou o tempo todo contabilizando o que o outro tem. Fica imaginando um jeito de prejudicar, explorar, de tomar, de se comparar.
O invejoso não é só invejoso! É fingido também.
Para não despertar tanta inveja nos outros, evite contar suas vitórias retumbantes, conte suas lutas diárias! O invejoso ficará mais aliviado com suas dores na sobrevivência. Há um ditado popular que diz: "Não grite sua felicidade tão alto, a inveja tem sono leve.”
Não dê relatório do seu patrimônio financeiro nem cultural, seja simples. Inveja de rico talvez seja pior do que inveja de pobre. O rico finge que não viu e sofre, porque você conseguiu o seu charme. Aí começa a esnobar, contar vantagem. Fantasia-se para o carnaval social e vai cheio de brilhos e paetês na comissão de frente! O pobre não disfarça, vê e sofre, empina o nariz, cultiva complexos. Ambos perturbam, desgastam, estressam.
Comece agora mesmo um novo jeito de viver! Nunca compare o que você tem hoje com o que o outro tem. Compare o que você tem hoje com o que você não tinha ontem.
Nunca olhe para as conquistas alheias e se esqueça das suas. Nunca finja que não viu os talentos, dons e virtudes do outro. Comece agora a treinar para elogiar o próximo vitorioso. Planeje sua vida para melhorar, pelo menos, 1% todo dia!
Tire a lupa de cima dos defeitos e erros do seu vizinho, do amigo, do colega de trabalho. Faça um balanço diário, com avaliação de suas atitudes por onde você caminha e influencia.

Ivone Boechat

Ainda que me derrubem por meio de decepções, traições, inveja,... eu sempre vou encontrar forças nos momentos menos oportunos; e estas serão a mola propulsora para me reerguer. Agradeço aos que um dia me proporcionaram a possibilidade de constatar minha capacidade de superação, a eles resta apenas o tempo e o questionamento se farão o mesmo.

Rafael Junger de Castro Medeiros

_•_**Sou Chata?? Depende de você.**Sou metida?? Inveja é triste.**Sou feia?? Tem quem queira.**Sou bonita?? Tenho espelho.**Me ama?? Bom para nós.**Me odeia?? Entra na fila.**Sou louka?? Problema eh meu.**Fui fácil?? To afim.**Fui dificil?? Cai fora.**Beijo mal?? Você também.**Beijo bem?? Já sabia.**Sou boa amiga?? Demais.**Sou boa inimiga?? Mais ainda.**Eu minto?? O necessario...Você também.**Duvida de mim?? Paga pra ver.**Eu odeio?? Não,tenho pena.**Sou ridicula?? Estamos falando de mim ou de você?!??.**Sou educada?? Quase sempre.**Sou mal educada?? Você mereceu.**Tenho juizo?? O suficiente.**Humilde?? Às vezes.**Modesta?? Nem sempre.**Pego no pè?? Sorte sua**Dei um fora?? Não seja brasileiro...DESISTA!!!.**Sou boa?? Com certeza.**Sou ruim?? Tento não ser.**Gostar de mim?? Fácil.**Gostar de você?? Convença-me.**Me odeia?? Tenta me superar.**Num gosta de mim?? Sai daqui...

Desconhecido

Amor Amizade

Um sentimento sem inveja
puro lindo inicente
é o amor que agente sente.
Mistura de paixão com amizade
de toda vontade
que deixou saudade
e para dizer a verdade
essa felicidade que me arde
é o amor
Este amor que é eterno
verdadeiro, sincero
que toma conta de mim
e me deixa assim
sem palavras para expressar
sem saber como agir
ou oque pensar
tantos sentimentos que...
me fazem rir
e ao mesmo tempo chorar.
Mas acima de tudo
me fazem crescer
e perceber o valor
de uma linda amizade
ou um grande amor.

Fernanda Ramos Nascimento - Marília SP

O INVEJOSO
Invejoso é aquele que diz que todo mundo tem inveja dele.
A conversa predileta do invejoso é falar mal dos outros, todo mundo está errado mas ele sempre está certo.
O invejoso não consegue conviver com o sucesso de ninguém, sempre coloca defeito em tudo que desrespeito a vida alheia.
O invejoso é tão fraco, mas tão fraco, que nem consegue admitir suas próprias fraquezas.
O invejoso se acha superior a todo mundo, tudo que é dele é melhor, mas cobiça tudo que é dos outros.
O invejoso é oco e vazio, não tem nada de bom para oferecer as pessoas, mas mesmo assim consegue cativar muita gente inocente, porque ele é manipulador.
O invejoso sabe transformar qualquer comentário inofensivo em maldade só para criar desavenças entre as pessoas.
O invejoso é incapaz de ler esse texto até o fim, mas quando lê fica morrendo de inveja.

Aline Ladvocat

É invnevitável olhar a felicidade de um casal e não sentir inveja.
Olhar como ambos amadurecem e aprendem juntos e não sentir vontade de roubar aquele para você.
é inevitável não ver fotos, declarações, noivados e não achar que você ainda não achou a metade da laranja.
Ver como cada um se completa e perceber que até agora você apenas se despedaçou.
E tudo vai ficando pior, te levando para uma emboscada. Quando menos você quer, mais se vê rodeada de pessoas assim, felizes.
Os dias de chiva que eu tanto gostava, o friozinho pra ficarmos abraçados em baixo das cobertas, a rede na varanda dona de alguns cochilos, os olhos que me fitavam, a cada vez que eu me deixavacair num sono rápido, estavam ali, me decorando do mesmo jeito, bem abertos e preocupados com cada movimento.
É inevitável ver que tudo mudou e é inevitável saber que não tem como voltar, é inevitável saber que o amor se perdeu, e é frutrante ainda tentar buscá-lo.
Ver os casais que passam na rua, eles se abraçam, sorriem e andam de mãos dadas como se existissem apenas eles e nada de preocupações, e dar uma leve olhada pra quem está do meu lado, indiferente e com toda as preocupações possíveis na cabeça.
Seu olhar nunca consegue se desviar um segundo se quer para me admirar mais. O seu bom humor com todos se vai quando está comigo. A gente não segue mais as ordens do coração.
Hoje eu prefiro o sol, ao teu lado ou não, ele deixa o dia mais bonito para que eu possa enxergar melhor coisas ao lado de outras pessoas.
E ai o dia ensolarado fica escuro e tudo parece ficar triste. Minhas decepções aumentam. Oi, eu estou aqui, tem como você reparar. Não posso dizer que te amo e que ninguém vai te amar como eu. Não seria verdade. eu te amo, sim, mas não como já amei a um bom tempo atrás, este sentimento ainda me machuca, então só pode ser amor. Mas eu posso dizer que ninguém vai sofrer por você como eu sofri. Amor é bonito, é lindo, porém perigoso casoo não saiba ser guiado. A princípio você cuidou muito bem do meu amor, de tudo, só pensavamos em cuidar de nós. Hoje cuidamos de nós individualmente. você começou, eu aprendi e fiz igual.
Eu já perdi as contas, de quantas vezes, você incansavelmente se foi, se foi com várias desculpsa e por caminhos diferentes, ligava vez ou outra para me fazer mal, me trazer lembranças, e quando eu achava que estava me recuperando de mais um desamor, me vinha você, pelo mesmo caminho de volta, com as mesma desculpas e promessas, sempre as mesmas palavras, homens, ai homens. Não, não credio que sejam todos assim, grande parte tem esse dom de promessas e palavras em vão. Caminhos que nunca se cruzam. O mais engraçado é que você sempre acha que estou aqui, com o mesmo sentimento, a mesma bobinha, pronta para você amar, enganar e largar a hora que bem entende. Não meu bem.
Hoje eu vejo os casais na rua de outra forma, eu me imagino feliz, caminhando com outro alguém, sim, eu sei que existe alguém para me fazer feliz, e este alguém, que me completará, certeiramente, não é você. Então abra teu olho menino, e digo isto incansavelmente, abra teus olhos, estou não estou mais aqui, ou me mostre que realmente você está aqui, ficará tudo assim, até que eu encontre outrem a quem caminhar e rir pelas ruas.

Vanessa Ribeiro

Uma vez li que a inveja é o melhor meio publicidade. Os invejosos indiretamente acabam fazendo propaganda do invejado de graça. O problema é quando essa propaganda passa a ser enganosa, o que é bem frequente. E dai eu fico puta. Não puta como esses publicitários de uma figa dizem que eu sou, mas puta da cara mesmo. Tem aquele diatado que diz 'falem bem, falem mal, mas falem de mim'. Qual é, que besteira. Inovar é o que há gente. Falem do derretimento da calota polar, do papagaio da vizinha que aprendeu a cantar o hino, do mexicano que consegue colocar um prego no nariz e tirar pela boca, dos tibetanos, ou sei lá, das tartarugas subterrâneas e voadoras (já que as marinhas já estão fora de moda) Que saco, chega de falar mal, e chega mais ainda de falar de mim.


23/09

Kathlen Heloise Pfiffer

A inveja é um desvio de caráter e como tal, inaceitável no convívio entre amigos ou pessoas que querem se relacionar bem.
Como no caso do malandro, existe uma maneira de não ser prejudicado pelo invejoso.
É guardar distancia prudente e se possível for, suficiente para estar longe dos seus olhos e comentários.

Marinho Guzman

E mesmo depois de tanta inveja,
sobrevivendo a tanta mediocridade,
aproveitando de tantas futilidades
fingindo e acreditando viver numa falsidade
viramos,exclamamos,falamos...
e até batemos no peito e dizemos
eu sou feliz.

todavia seria melhor dizer
"puta que pariu, eu tô triste"
e não consigo mais viver assim
a partir de agora, eu vou mudar
eu quero mudar
não vou olhar para trás
e serei eu mesmo
sem medo de ser feliz.
e foda-se o infeliz

Mateus Maciejewsky

Por que não eu? É assim que o invejoso se indaga, sem se ater ao fato de que a inveja é um obstáculo que inviabiliza os seus próprios sonhos. A busca pela felicidade é um objetivo comum a todas as pessoas. Todo mundo tem direito a um lugar ao sol, basta saber e querer chegar. O êxito e o fracasso são separados apenas pela linha tênue da ousadia. Ouse, então! Jogue-se nos braços da vida e faça suas coisas acontecerem. A inveja é um sentimento que intoxica, que envenena a alma e que desvia os invejosos dos objetivos aos quais eles deveriam dar mais importância. Viver bem é ser feliz com o que se tem e ainda manter-se forte para buscar o que falta.

A predisposição de alguns de se sentirem contrariados com felicidade do irmão faz com que tudo à sua volta pareça pesado, negativo, obscuro. Para os que se deixam dominar pelo espírito maligno da inveja, o querer não é poder. A esses resta a lamentação, o olho grande, o rancor e o desejo inócuo de querer para si o que é do outro. Vigie seus sentimentos. Não queira ferir e nem atropelar a felicidade de ninguém, por achar que as coisas boas só acontecem com os outros. O sol brilha pra todos, sem privilegiar ninguém. Abra a janela e veja. A luz que um vê é a mesma luz que ilumina todos os olhares do mundo.

Qualquer frustração, por menor que seja, torna-se um espinho gigantesco cravado no coração de quem trocou a esperança de viver dias melhores, pela inveja que faz a gente se deixar sempre em último lugar. Se a felicidade do próximo nos perturba, que tipo de felicidade nós podemos querer para nós mesmos? Ficarmos abatidos por um sonho temporariamente desfeito é perfeitamente normal. O que não é normal é a gente sofrer quando vê outra pessoa feliz. O sucesso é o resultado do merecimento e da perseverança de cada um. O fracasso é apenas uma vírgula no tempo, ou uma pedra no caminho das nossas conquistas.

As pessoas que se deixam levar por esse sentimento maldito, que insiste em querer desbotar a alegria dos seus semelhantes, certamente não são movidas pelo bom impulso que conduz os merecedores à vitória. Inveja não é atalho. Inveja não é solução. Inveja não é luz no fim do túnel. A inveja é uma nódoa que mancha as faces daqueles que deixam de lutar suas próprias guerras para se ocuparem com o alheio.

A inveja não acrescenta, não eleva e não ameniza. Pelo contrário. Ela só atrasa a vida de quem sente. Porque feliz é aquele que se alegra com a felicidade do próximo. Feliz é aquele que se espelha no vitorioso para alcançar também a sua glória. Quem semeia boa sorte colhe frutos mais doces. Quer chegar a algum lugar? Inspire-se e vá à luta. Dispa-se da inveja e vista as cores do bem querer. Viva e deixe viver! O que é do homem a inveja não come.

Renée Venâncio