Textos sobre Homens

Cerca de 808 textos sobre Homens

JANEIRO

Enquanto esperava por ela
Passavam crianças empinando pipas
Homens comentando política
Mulheres falando de moda
Cachorros latindo
Mendigos pedindo esmola
Padres rezando
Putas vendendo o corpo
Promessas vendendo a alma.

Enquanto esperava por ela
Crianças viravam adultos
Homens se desiludiam
Mulheres dormiam maltrapilhas
Cães adoeciam
Mendigos morriam de fome
Padres se perdiam de Deus
Putas apodreciam
Promessas entregavam a alma ao demônio.

Enquanto esperava por ela
Adultos envelheciam
Homens morriam
Mulheres também morriam
Cães nem mais existiam
Mendigos jaziam em covas rasas
Padres renegavam a fé
Putas se suicidavam
O demônio sorria.

Um dia, enfim, ela resolveu vir.
Bateu a porta, mas a porta se calou.
Chamou meu nome e o silêncio se fez saber.
Adentrou a casa tateando o escuro
e o escuro não me deu a ela.
Procurou minha cama e a encontrou arrumada.
Vasculhou cômodo por cômodo e,
diante da inexorável ausência,
atordoada,
sentou-se na poltrona empoeirada e,
enquanto revivia lembranças,
eu vagava por onde me fora dado não ser:
agora fazia parte do cosmo.

Carlucho Vitaliano

Os homens (diz uma antiga máxima grega) são atormentados pelas ideias que têm das coisas, e não pelas próprias coisas. Haveria um grande ponto ganho para o alívio da nossa miserável condição humana se pudéssemos estabelecer essa asserção como totalmente verdadeira. Pois, se os males só entraram em nós pelo nosso julgamento, parece que está em nosso poder desprezá-los ou transformá-los em bem. Se as coisas se entregam à nossa mercê, por que não dispomos delas ou não as moldarmos para vantagem nossa? Se o que denominamos mal e tormento não é nem mal nem tormento por si mesmo, mas somente porque a nossa imaginação lhe dá essa qualidade, está em nós mudá-la. E, tendo essa escolha, se nada nos força, somos extraordinariamente loucos de bandear para o partido que nos é o mais penoso e dar às doenças, à indigência e ao desvalor um gosto acre e mau, se lhes podemos dar um gosto bom e se, a fortuna fornecendo simplesmente a matéria, cabe a nós dar-lhe a forma.

Porém vejamos se é possível sustentar que aquilo que denominamos por mal não o é em si mesmo, ou pelo menos que, seja ele qual for, depende de nós dar-lhe outro sabor e outro aspecto, pois tudo vem a ser a mesma coisa. Se a natureza própria dessas coisas que tememos tivesse o crédito de instalar-se em nós por poder seu, ele se instalaria exactamente da mesma forma em todos; pois os homens são todos de uma só espécie e, excepto por algo a mais ou a menos, acham-se munidos de iguais orgãos e instrumentos para pensar e julgar. Mas a diversidade das ideias que temos sobre essas coisas mostra claramente que elas só entram em nós por mútuo acordo: alguém por acaso coloca-as dentro de si com a sua verdadeira natureza, mas mil outros dão-lhes dentro de si uma natureza nova e contrária.

Michel de Montaigne, in 'Ensaios

A aptidão que leva os homens a contruírem casas, é semelhante a que leva os pássaros a construírem seus ninhos.
Se os homens construíssem suas residências com as próprias mãos, e arranjassem alimento para si e a família de maneira bastante simples e honesta, quem sabe não desenvolveriam a faculdade poética e épica, cantando como fazem todos os pássaros quando assumem um compromisso dessa natureza?
Mas ai de nós! Agimos como Chopins e Cucos, que põe ovos em ninhos feitos por outros pássaros e cujas melodias não alegram o viajante...

Henry D. Thoreau

Os homens não conseguem entender as mulheres, porque eles acham que somos limitadas como eles: que tem uma única personalidade, sempre.
Nós somos diferentes: dentro do coração de cada uma de nós há varias de nós mesmas. Durante uma vida um homem se depara com o mesmo corpo, mas que a cada dia pode ser uma mulher diferente, sem deixar de ter o mesmo coração!

Bruna Elisa Maestrelli

A maioria dos homens é mais capaz de grandes ações do que de boas ações.

O dinheiro é valioso desde que saibamos desprezá-lo.

Raramente começa a corrupção pelo povo.

Combater a religião é atentar contra a sociedade.

O saber faz o homem ponderado e insinuante.

A sociedade é a união dos homens, e não os próprios homens.

A sociedade dá-nos a conhecer o ridículo; o retiro nos ensina a sentir os vícios.

O que aos oradores falta em profundidade sobeja em extensão.

Há duas espécies de homem: os que pensam e os que divertem.

Deveríamos chorar os homens quando nascem e não quando morrem.

É mais fácil passarmos aos filhos as nossas paixões que os nossos conhecimentos.

O homem não é pobre por não ter nada de seu, mas por não trabalhar.

As repúblicas encontram o seu fim com o luxo - as monarquias com a pobreza.

A vida do cortesão é uma constante servidão.

A maior ofensa que podemos fazer aos homens é ir de encontro aos seus costumes e cerimônias.

A liberdade é o direito que temos de fazer tudo quanto as leis permitem.

O pior governo é o que exerce a tirania em nome das leis e da justiça.

Quando, num país, o infortúnio se generaliza, o egoísmo, por sua vez, se universaliza.

Quando pretendemos mudar costumes e modos, guardemo-nos de o fazer pelas leis.

Inúmeras são as leis que vigoram desde a antiguidade, não por serem justas, mas por serem leis.

As leis são sempre úteis aos que possuem e prejudiciais aos que nada têm.

O homem piedoso e o ateu falam constantemente em religião: aquele fala do que ama; este do que teme.

Montesquieu

CANSEI!
ESTOU DESISTINDO OFICIALMENTE!
Quero um mundo com homens que tomem atitude e não espere a mulher tomar!!!
Um mundo onde homens sejam bem resolvidos, parem de ter medo de se envolver ou no mínimo sejam transparentes e diretos o suficiente para demostrarem aquilo que realmente querem e sentem.
Não tô aqui pra exigir resposta ou pressionar ninguém, mas raciocina comigo; hoje em dia, são raros os homens honestos e corajosos.
Por exemplo, numa festa é muito mais cômodo pedir a um amigo ir falar com a garota que ele mesmo gostou do que ir diretamente falar com ela. Num relacionamento, é muito mais cômodo, cozinhar a garota, ao invés de ser explícito quanto as suas reais vontades.
Cansei de homens que usam seus amigos como mensageiros e de homens que têm medo de ser sincero (e ser sincero, não é ser grosseiro!).
Atualmente, o mundo pode até ter tomado uma grande dose de modernidade, mas existem coisas que não dá pra ficar fazendo toda hora.

Daniela Fernandes

Especial para os homens..."Segredinhos de mulher"

Me perdoem os homens pelas palavras precipitadas de nós mulheres ao dizermos "Homens são todos iguais",talvez dizemos em momentos devastadores, cheios de decepções , raiva , ódio, e nos soltamos em palavras árduas e ofensoras por causa de um que não soube o valor de uma mulher.Mas na verdade sabemos que existem os cavaleiros, os príncipes, os românticos,os discretos, e os excelentes.Imagino que poucas são as mulheres amantes a moda antiga, mas acreditem, ainda amamos ganhar flores.Somos meio irritadinhas em certos momentos mas nos derretemos em um elogio,somos as tituladas fortes, mas choramos por qualquer coisinha,somos as que dizem independentes, mas na verdade em relação ao amor somos inseguras, dependentes e cheias de sentimentos,somos aquelas tipo não vem que não tem, mas no fim nos entregamos ao momento que nos é dedicado.Ciumentas?talvez,mas conseguimos dar saltos altos por aquilo que nos pertence.Mansas?quem sabe, mas fugimos do controle quando tentam roubar nossa sensibilidade.Enfim, conquistamos um espaço enorme na sociedade, mas o nosso ser mulher, amante,amiga,sensível,amorosa e totalmente feminina ainda é o mesmo.Mas lembrem se sempre,uma mulher quando ama não se importa em ser a mais louca e a mais sentimental, a cada dia gosta de surpreender seu amado, nunca deixa de sonhar,a mulher quando ama é intensa, vive em função de agradar,tem um amor verdadeiro e por vezes é sempre incompreendida , mas temos a capacidade de viver cada segundo como se fosse a primeira vez quando somos correspondidas .Só mais um segredinho, os pensamentos de uma mulher conseguem ir além de sua vontades e são totalmente oculto aos homens....""""AMIGAS CONCORDAM COMIGO?""""

"Aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil."(Leon tolstoi)

Cecilia sfalsin

Quero fruir o presente e considerar o passado como o passado. Você tem razão: os homens sofreriam menos se não se aplicassem tanto (e Deus sabe por que eles são assim!)a invocar os males indos e vividos, em vez de esforçar-se por tornar suportável um presente medíocre.

(Os sofrimentos do Jovem Werther)

J. W. Goethe

Pensamentos de alguns homens, sobre a mulher perfeita para eles:

O garanhão: Ela precisa ser bonita, sexy e saber me deixar louco em todos os lugares, você sabe do que estou falando.
O intelectual: Ela precisa ter caráter, e claro, saber ter um bom gosto para cultura.
O maluco: Ela só precisa me fazer sorrir!
O cafetão: Há, ela precisa ter grana, muita grana!
O empresário: Uma mulher que me serve, precisa batalhar pelo que quer, e ser uma boa mãe para meus filhos.
O machista: Mulher minha não manda em nada, mas também não faz nada, só fica em casa cuidando das crianças.
O romântico: Ela precisa ser carinhosa, sorridente, se possível preservada, meiga, e que saiba me confortar quando eu estiver numa situação ruim.
O ladrão: Ela precisa me defender, sempre!
O ignorante: Ela só precisa ficar calada, para que eu não me estresse mais do que já estou.
O “homem certo”: Ela só precisa me conquistar com a verdade, não precisa ser linda, perfeita, ter curvas ou decotes. Ela tem que ser humilde, mas que tenha coragem que me falar que não gosta quando vou ao fultebol, e não fique me evitando, sem me explicar nada. Não precisa aceitar minha ignorância ela pode se defender coma versão dela. Quero que ela deixe eu defende-la quando precisares, sem orgulho. Quero acima de qualquer coisa compromisso, fidelidade e que tenha amor por mim, isso em uma mulher, conquista não só o meu coração, mas como o resto dos meus dias ao lado dela.

N. Martins Rosa

Jesus é a Alegria dos Homens

Abraça-me e aquece-me com teu Amor
Regue com tua água essa flor,
Que ressecada, precisa ser cuidada.
Endireita meus pés para andar em sua estrada,
Que é perfeita e imaculada,pois assim,
Não sofrerei nenhuma dor indesejada.
Me desfaz,lança fora as velhas vestes,
Os costumes que não me serves,
Para casar com aquilo que queres.
Meu coração outrora chorava,
Por conta da vã jornada,sabendo de ante mão
Que a morte me aguardava.
Mas hoje,a história está mudada,
Vivo o Amor que minh’alma tanto desejava,
Vida que deixou de ser minha,para ser a tua vida amada.

Antônio Carlos Baena

Talvez eu seja algum tipo de oficina de homens que sofreram maus tratos de algum momento do relacionamento anterior. Quem sabe eu compre um espaço no jornal e coloque um anúncio com a descrição dos serviços oferecidos, pois claramente meu negócio está indo bem. Deveria existir uma parte no meu cérebro, um órgão qualquer, que regule as propagandas enganosas que chegam à tela do meu córtex, que selecione melhor o que vai me tirar o ar, já que que auto-censura nunca foi meu forte.
(Eu já sabia)

Gabito Nunes

Quando

Para Edison Simon e Eduardo Galeano


E então como as nuvens passam
E os homens morrem
Assim tão simples entes e mentes
Nada mais significam

São engodos
Nódoas
Mágoas
Coisas esquecíveis.
Simples entes e mentes
Ignoráveis.

Acordamos um dia como noturnos.
Entre fuzís e coturnos nos definimos libertários.
Perdidos entre o bucólico e o alcóolico nos dizemos apaixonados.
Mas nada é tão burguês quanto ser socialista.

É o mesmo que dizer temos queijo, mas não para ratos.
Temos vinho, mas vista o terno. Saiba termos. Regras.
Silêncios. Discrições descritas nos index
do bem comum.
Nada tão hipócrita.

A mortalha me serve.
É rede feita de linho.
Simples.

O sol é lindo.
O sal não arde.
De amor fui feito,
por amor lutei.
E as nuvens passam...

Um dia há de contrários, mas não eternidades.
É preciso o impreciso de verdades.
Então morremos. E sabemos
com tranquilidade
que não há mais dor.
Nem precisamos de esperanças.
Em breves, como em vidas, não havemos mais
lembranças ou
esquecimentos.

Nada mais além
do firmamento.

Jodhi Segall

Não sei sentir, não sei ser humano,
Não sei conviver de dentro da alma triste, com os homens,
Meus irmãos na terra.
Não sei ser útil, mesmo sentindo ser prático, cotidiano, nítido.
Vi todas as coisas e maravilhei-me de tudo.
Mas tudo ou sobrou ou foi pouco, não sei qual, e eu sofri.
Eu vivi todas as emoções, todos os pensamentos, todos os gestos.
E fiquei tão triste como se tivesse querido vivê-los e não conseguisse.
Amei e odiei como toda gente.
Mas para toda gente isso foi normal e instintivo.
Para mim sempre foi a exceção, o choque, a válvula, o espasmo.
Não sei se a vida é pouco ou demais para mim.
Não sei se sinto demais ou de menos.
Seja como for a vida, de tão interessante que é a todos os momentos,
A vida chega a doer, a enjoar, a cotar, a roçar, a ranger,
A dar vontade de dar pulos, de ficar no chão,
De sair para fora de todas as casas, de todas as lógicas, de todas as sacadas
E ir ser selvagem entre árvores e esquecimentos.

Trecho de Passagem das Horas de Álvaro de Campos

"As Meℓhores Muℓherεs pertencem aos homens mais atrevidos. Muℓheres são como maçãs em árvorεs. As meℓhores estão no topo. Os homens não querεm aℓcaиçar essas boas, porque eℓes têm mεdo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podrεs que ficam no chão, que иão são boas como as do topo, mas são fáceis de sε coиseguir. Assim as maçãs no topo pεnsam que aℓgo está errado com elas, quaиdo na verdade, eℓεs estão errados. Eℓas têm que esperar um pouco para o homem certo chεgar... aquele que é vaℓente o bastante para εscaℓar até o topo da árvorε".

Machado de Assis

Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar para mim na terra dos homens. Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse a sempre novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela saída da porta dos fundos. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só quereria ter o que eu tivesse sido e não fui.

Clarice Lispector

Homens são previsíveis: Se eles querem, eles querem, se não querem, não querem. A raça dos homens não é complexa igual a nós mulheres, que sempre temos dúvidas, que sempre analisamos, pensamos, colocamos mil problemas e tal. Homem é tudo igual. Eu sei que é clichê, mas é a mais pura verdade. Quando o cara quer, não tem distância, problemas, família, trabalho, tempo, futebol, estudo, mãe, unha encravada, barba por fazer, celular sem bateria, chuva, temporal, falta de dinheiro que o impeça de estar com você. É simples. É a realidade.

Tati Bernardi

(...)se descobrem homens felizes em maior proporção nos desertos, nos mosteiros e no sacrifício do que entre os sedentários dos oásis férteis ou das ilhas (...) Acontece simplesmente que, onde os bens são em maior número, oferecem-se aos homens mais possibilidades de se enganarem quanto à natureza das suas alegrias. Para já, pode acontecer que eles, na abastança, se enganem com maior facilidade e façam circular mais vezes riquezas vãs. Como os homens do deserto ou do mosteiro não possuem nada, sabem muito bem donde lhes vêm as alegrias e é-lhes assim mais fácil salvarem a própria fonte do seu fervor.

Antoine de Saint-Exupéry

Nada no mundo se compara à persistência. Nem o talento; não há nada mais comum do que homens malsucedidos e com talento. Nem a genialidade; a existência de gênios não recompensados é quase um provérbio. Nem a educação; o mundo está cheio de negligenciados educados. A persistência e determinação são, por si sós, onipotentes. O slogan "não desista" já salvou e sempre salvará os problemas da raça humana.

Calvin Coolidge

Quando se encontram vestígios humanos antigos, são sempre de homens, o Homem de Cro-Magnon, o Homem de Neanderthal, o Homem de Steinheim, o Homem de Swans combe, o Homem de Pequim, o Homem de Heidelberg, o Homem de Java, naquele tempo não havia mulheres, a Eva ainda não tinha sido criada, depois criada ficou, Você é irónica, Não, sou antropóloga de formação e feminista por irritação.

José Saramago

Todos os homens dão mais atenção às palavras do que às coisas; o que faz com que concordem muitas vezes com termos que não entendem e que não se preocupam em entender, ou porque acreditam tê-los entendido noutros tempos, ou porque lhes pareceu que aqueles que lhos ensinaram conheciam-lhe o significado e que eles o aprenderam pelo mesmo meio.

René Descartes