Textos Reflexivos sobre Inclusão

Cerca de 1302 textos Reflexivos sobre Inclusão

Prestem atenção:

Quando chegam à mim, contando problemas,
desabafando…eu primeiro observo a situação pois lamentavelmente quando nos “intrometemos” com intuito de alertar, ajudar um grande amigo(a), corremos o risco de sermos, às ocultas: mal interpretados, sermos vistos como pessoa invejosa
e por aí vai.
Então fiquem atentos!

(((Título e texto são de autoria:Isa Soares-reflexoesedicas)))

Isa Soares-reflexoesdicas

DICAS DO REFLEXOESEDICAS

Viver plenamente: cantar,sorrir,amar,se descontrair um pouco, bater papo,sair a noite uma vez por mês e por aí vai...
não impede você de continuar sua trajetória para um futuro melhor,principalmente se Deus te fez perfeito(a) e sadio(a).

(Título e texto são de autoria de Isa Soares-reflexoesdicas)

Isa Soares-reflexoesdicas

Alimente seu interior com paz e determinações na vida.
Medite na hora em que você sentir vontade, converse com Deus, natureza, sol....com suas palavras.
Tudo que tiveres de fazer, faça do seu modo.
Desperte sua auto estima e confiança, determinando as ações da sua vida.Respeite suas intuições ...
Você merece!
(Texto de autoria: Isa Soares-reflexoesedicas)

Isa Soares-reflexoesdicas

ENTRE O DIÁLOGO E A BOMBA


Amigos leitores,

FERREIRA GULLAR (também “José Ribamar”, mas em nada se assemelha a seu homônimo), pois honra o Maranhão e o Brasil, é uma das mentes mais brilhantes deste país.
Intelectual, escritor, dramaturgo (entre outros) e poeta, com visão crítica, objetiva e perpendicular, discorre sobre assuntos vários e de importância, com a fluidez que as águas dos rios correm em seus leitos em direção ao mar.
Hoje cedo, ao conversar com um amigo e colega, eminente advogado e engenheiro, membro do IAB como eu, indicou-me ele a leitura deste artigo de Gullar.

Ao lê-lo, constatei que sua linha de raciocínio, guardadas as diferenças, é semelhante à que mantenho em tudo o que tenho escrito sobre Lula e o Irã.(*)
Por outro lado, a questão do armamento Brasileiro contido em grandes caixas apreendido por Israel em 2009 (e escondidas por sacos de mantimentos em um dos navios humanitários em matéria por mim postada ontem), dá respaldo às afirmações tanto de Gullar quanto às minhas, referentemente à bi polaridade política de Lula.

Resta saber se o Congresso Nacional era sabedor de tais transações. Aguardemos as respostas às minhas indagações ao aos membros daquela casa.

Reitero o que antes escrevi: Lula não é de paz. Nunca o foi. Nunca o será. Suas ações comprovam minha assertiva em artigo anterior.


Em tempo: considerando a clara exposição de Gullar e não tendo realmente um candidato que seja firme, forte, seguro e corajoso , há que pensarmos seriamente em como votar , já que Dilma, por todo seu passado – e presente nem mesmo deveria ter sido indicada. Além do mais, seria apenas um fantoche manipulado por Lula e, segundo suas próprias palavras, (sic)dará continuidade à política de Lula.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque


(*)http://pt.netlog.com/mirnacavalcanti/blog/view=...-


(**) de todos, o ‘melhorzinho’ é o Serra . Não deixo de reconhecer as várias qualidades das outras candidatas. No entanto, carece Marina de firmeza ao tomar posições. A outra senadora, tem temperamento forte e, às vezes incontrolável.




[b]Como pode Lula afirmar que está aberto ao diálogo um regime que não tolera divergência, como o do Irã?

O atual regime do Irã é um atraso. Trata-se de uma ditadura teocrática intolerante e cruel que não permite aos cidadãos iranianos manifestar-se contra qualquer decisão do governo.

As últimas eleições, que mantiveram no poder Ahmadinejad, foram descaradamente fraudadas e todas as manifestações populares de protesto, brutalmente reprimidas por tropas militares, sendo seus líderes, presos e condenados à morte.

Às vésperas da visita de Lula a Teerã, cinco deles haviam sido executados. O fanatismo religioso e o ódio aos discordantes é de tal ordem que os cega, a ponto de negarem, perante o mundo, fatos históricos incontestáveis como o massacre de judeus nos campos de concentração nazistas e a destruição das Torres Gêmeas.

Tamanha insensatez e intolerância, que beiram o ridículo, resultaram no isolamento do Irã, mesmo no Oriente Médio. Não obstante tudo isso, o presidente Lula tomou a iniciativa de romper esse isolamento e oferecer seu apoio fraternal ao governo de Ahmadinejad.

É impossível não perguntar: mas por quê? É, sem dúvida, uma atitude surpreendente, difícil de entender. Vejam bem: o Brasil não tem nem nunca teve vinculações estreitas, de qualquer tipo, com o Irã. Não há nenhum objetivo, seja político, seja comercial, que justifique arrostarmos com tamanho desgaste ao apadrinhar um regime repressor e movido pelo fanatismo.

Pior ainda: o apadrinhamento de Lula a Ahmadinejad implica a tentativa de justificar o projeto iraniano de fabricar armas atômicas, contrariando assim o Tratado de Não Proliferação, de que, como o Brasil, é signatário.

Lula faz que não vê, mas não pode ignorar as artimanhas do regime iraniano para escapar à fiscalização da Comissão de Energia Atômica, fingindo disposição de dialogar quando, de fato, tudo o que pretende é ganhar tempo e dar prosseguimento a seu projeto nuclear militar.

Assim foi que, diante de uma nação brasileira perplexa, Lula promoveu um encontro em Teerã com o presidente iraniano e o premiê da Turquia para produzir um suposto acordo que mostrasse a boa vontade do Irã em resolver o impasse.

Mal o assinaram (nele, o Irã prometia entregar 1.200 kg de urânio para serem enriquecidos na Turquia), um porta-voz iraniano declarava que o país continuaria a enriquecer urânio em suas centrífugas. Que sentido tinha então aquele acordo, se o objetivo era o Irã desistir de enriquecer urânio e assim inviabilizar a construção da bomba?

Sabe-se que o próprio Lula se surpreendeu com essa declaração do governo iraniano, mas, de novo, fechou os olhos e insistiu em avalizar as boas intenções do Irã, enquanto criticava os membros do Conselho de Segurança da ONU, que se dispunham a impor-lhe sanções.

Mas isso é coisa sabida e debatida. Difícil é entender por que Lula tomou essa posição, arvorando-se em defensor de um regime antidemocrático e ideologicamente primário, comprometendo desse modo o prestígio de nossa diplomacia, por todos respeitada, graças ao equilíbrio e isenção com que sempre atuou.

Como pode Lula afirmar que está aberto ao diálogo um regime fundamentalista que não tolera divergências? Todas as tentativas de entendimento com o Irã, promovidas pela ONU, fracassaram. Mas, Lula, sempre tão esperto, quando se trata de Ahmadinejad, faz-se de tolo, confia em tudo o que ele diz. Custa crer.

Chego a pensar que a explicação esteja em certas declarações suas, como aquela em que negou aos Estados Unidos e à Rússia autoridade para impedir que o Irã fabrique armas atômicas, uma vez que ambos possuem arsenais nucleares.


Com isso, desautorizou o Tratado de Não Proliferação e admitiu implicitamente que qualquer país -inclusive o Brasil- tem o direito de fazer a bomba. Seria essa sua verdadeira intenção, embora nossa Constituição o proíba? Talvez não.

Mas, no Fórum Mundial de Aliança das Civilizações, ao afirmar que o Brasil deseja um mundo sem armas nucleares, voltou a defender a tese, como se não fazer a bomba fosse uma concessão do Irã. E insistiu na necessidade de se preservar a paz no Oriente Médio.

Mas não é o Irã que promete pôr fim ao Estado de Israel? Pretende fazê-lo pelo diálogo? [/b]


PS – os negritos, coloquei-os eu, Mirna.


(o artigo de Gullar saiu na Folha de S. Paulo)
Tags: Armas brasileiras/IRÃ Brasil Ferreira Gullar Irã Lula Mirna Cavalcanti Política internacional

Ferreira Gullar Reflexões de Mirna Cavalcanti

JESUS TE AMA!

“VINDE A MIM, TODOS OS QUE ESTAIS CANSADOS E OPRIMIDOS, E EU VOS ALIVIAREI.” MT 11/28
JESUS TE DIZ NESTE VERSCÍCULO QUE SÓ ELE PODE RESOUVER O TEU PROBLEMA. SÓ ELE PODE TE DAR ALEGRIA, SÓ ELE PODE TE DAR O QUE TU TANTO PEDES OU NESCECITA. ENTÃO VÁ ATÉ ELE QUE GRANDES COISAS ELE FARÁ NA TUA VIDA, MUDANÇAS RADICAIS QUE VOCÊ TANTO ESPERA POIS ELE TE AMA.
“PORQUE OS MEUS PENSAMENTOS NÃO SÃO OS VOSSOS PENSAMENTOS NEM OS VOSSOS CAMINHOS OS MEUS CAMINHOS, ASSIM DIZ O SENHOR.” IS 55/8
ELE TEM UM GRANDE PLANO EM TUA VIDA, ELE TEM PODER PARA RESOUVER O TEU DILEMA, ELE TEM PODER PARA TE LEVANTAR DO PÓ E DIZER PARA O TEU INIMIGO: CALA-TE! SÓ BASTA UMA ATITUDE SUA PARA OS PLANOS DE DEUS SE CUMPRIR EM TUA VIDA, O ACEITE COMO O SEU ÚNICO E SUFISCIENTE SALVADOR.
“EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA. NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM.” JO 14/6b

Para a nossa reflexão

A Poça D'água

A poça d’água é bem interessante. Quando pequeno eu costumava pular sobre ela para ver a água espirrar para todo lado. Também jogava uma pedrinha pra ver aquelas famosas ondinhas. Sim, ela era considerada um brinquedo e tanto pra mim naquela época. Com o passar do tempo percebi o quanto ela pode ser cruel também, mas não por si só, mas pela maldade do homem. Quem já não tomou um belo banho indesejável quando um carro passa maldosamente sobre uma poça d’água? Coitados dos enfermeiros! Mas uma poça d’água pode nos nossos dias ser ainda mais nociva e mesmo que nela contenha água bem limpa. Estou falando da dengue. Assim como todas as coisas e pessoas, a poça d’água pode ser vista de vários ângulos, um brinquedo, uma oportunidade pra zoar com os outros ou o risco de uma doença mortal. Quem sabe um dia quando tudo isto aqui passar e Jesus voltar para purificar este mundo, nós poderemos brincar novamente com a poça d’água inocentemente.

Tio Ilmo - Blog Máximas e Reflexões

essência não cabe nos olhos
nem desliza entre a boca e as palavras.
tu, todas as manhãs, desfazendo
a penumbra devagar, prometendo
que regressarás, tu és a essência
e eu sonho que sim

*

the essence does not fit in the eyes
nor does it slide between the mouth and the words.
you, every morning, undoing
the twilight slowly, promising
that you will return, you are the essence
and I dream you are

(Translated by Bernarda Esteves)

João Ricardo Lopes (reflexões à boca de cena onstage reflections)

o sótão é perigosamente isto, o lugar dos breves e
esquecidos. sobe-se e depois regressa-se outra vez
sem pressa ao mundo dos vivos.
queima-nos, sim. o etílico das lágrimas é álcool puro

*

the attic is dangerously this, the place of the brief and
forgotten. one ascends and then returns again
without haste to the world of the living.
it burns us, indeed. the ethylic of the tears is pure alcohol

(Translated by Bernarda Esteves)

João Ricardo Lopes (reflexões à boca de cena onstage reflections)

"Você tem sentido em certos dias uma espécie de depressão. Parece que o coração está sendo acorrentado, corre um amargor pela boca, uma sensação de que está ficando só, sem a graça de sorrir e de comunicar.
É quando melhormente deve sair, andar, respirar em profundidade o oxigênio do ar, o perfume das flores.
Não se deixe ficar como a folha solta e perdida da árvore da vida. Vá em frente. As tempestades assustam, mas logo se vão.
A alegria voltará.
Deus se fará presente".

J.S.Nobre - COMECE O DIA FELIZ (Reflexões)

O sabão tem sua origem por volta do terceiro milério antes de cristo, Na Mesopotamia já se conhecia a 2.500 a. C. Chegou em Roma ena Gália,no século IV. Era un produto de baixa qualidade até o século XVIII quando elaboraram métodos cosméticos e estudos para melhora-lo.

Para perceber como funciona o sabão (ou sabonete), é necessário olhar para uma molécula individual do sabão, composta por carbono, hidrogenio e oxigenio.

Tem uma “cabeça” que atrai a água e uma cauda de hidrocarbono que é hidrofóbica (tem “medo” da água) mas adora a gordura e os óleos.

A cabeça da molécula de sabão é atraída pela água, enquando que a cauda é atraída pela gordura do corpo.

Quando entramos no banho, a água não penetra bem na pele. Isto acontece porque a tensão de superfície da água não permite que ela se entranhe na pele.

Quando usamos o sabão, a ponta hidrofóbica da molécula do sabão tenta fugir o mais que pode da água, enquando que a outra ponta é atraída pela água.

O resultado é uma película que quebra a tensão de superfície da água, permitindo que ela se entranhe na pele.

Agora que a água e o sabão conseguem chegar à pele, as moléculas entram na fase 2 do processo de limpeza.

Os poros da pele segregam óleos que criam uma barreira que nos protegem do meio exterior. Esta camada de gordura agarra o pó, sujidade, e outras matérias que nos fazem sentir “sujos".

Quando a cauda da molécula de sabão (que adora a gordura e os óleos) entra em contacto com a pele, ela agarra-se à camada oleosa que contém as impurezas.

Quando passamos água por cima, a cabeça da molécula agarra-se à água e puxa literalmente a sujidade da pele, deixando-nos limpos.

Por isso, não se pode dizer que é a água que limpa a gordura, as sim as moléculas de sabão, já que estas estão entre a pele e a água.

E quem perguntou isso?

Um dia uma criança me fez tamaha pergunta... e graças a minha formação, pude responder, não exatamente dessa maneira, mas respeitando seu conhecimento limitado e infantil e de troco percebi o quanto poderia usar o texto e fazer analogias em minha vida, como exemplo...

Imaginemos como atua a fé e a religião em nossas vidas.. e quantas supertições que nos dão muitas vezes a força necessária... todos os rituais, preces, receitas, simpatias, esses pequenos feitiços e encantamentos cabem exatamente aqui.

São como o sabão que interage contra tudo o que nos falta ou incomoda... E vale a pena ainda lembrar que o sabão teve seu uso medicamentoso nas epidemias de cólera e outras, na idade média...

Muitas vezes temos que tomar um bom banho de ervas, de sal, de perfume... até para nos sentir seguros e melhores dispostos, e nessa hora que tudo isso se encontra.

Se analizarmos quimicamente as plantas, veremos que elas se alimentam dos nutrientes da terra (principalmente minerais) absorvendo e transferindo para suas folhas e seu troco.. imaginemos como isso tudo se comunica com a nossa composição... inclua também a polaridade da energia que é composta a aurea humana...

E quantas vezes sentimos o ambiente "pesado", e uma simples prece (vibração) e um incenso transformam o ambiente completamente?

A coisa é muito séria, e talvez desse luz a um ensaio completo sobre o tema, por hora fica apenas na imaginação de cada um.

Sergio Ramoz

A ILUSÃO DA LIBERDADE
 
INSÔNIA
Sozinho, reflito no frio silêncioso
de meu quarto sem luzes.
Busco encontrar meu tempo
e, sem sono, me perco
a buscar o tempo passado,
mas, é o tempo que me encontra
entre os lençois, perdido!

REFLEXÕES
Um dia, acreditei no livre arbítrio
da natureza humana.
Pobre Joseph Nuttin, estava errado!
Somos seres sem vontade própria,
sem condições de guiar nossas vidas.
De alguma forma nascemos assim,
marcados para seguir um caminho
que não é o nosso, nos foi imposto.
Por que acontecem os fatos da vida,
fomos nós mesmos que os criamos?

ILUSÕES
A estrada nos foi adrede traçada
e não nos permite maiores desvios.
Apenas, como seres autômatos,
seguimos o roteiro do papel vivido.
Por que um não foi mais forte que o sim?
Por que apenas uma palavra mudou
tudo que pensamos verdadeiro?
Seguimos sem vida a viver a vida
em um papel que não escrevemos.
Não escolhemos onde e quando nascer,
não saberemos onde e quando morrer.

Victor Motta

Recife dos corações

Os raios de sol te iluminam.
Vento forte que vem do mar.
De ponte a ponte a cidade é desenhada, dá até pra ver do céu.
Encantamento que fascina.
Nostálgico sabor da infância que paira na sombra da Jaqueira.
Casa Amarela, Casa Forte, Recife Antigo e assombrado.
Parque Dois Irmãos, vida e paraíso.
Da Aurora o Capibaribe é um sonho.
Cidade do frevo e do maracatu atômico.
Pura fonte de beleza e inspiração.
Chora Menino, Boa Vista e Boa Viagem.
Tu és a Veneza brasileira, Recife dos corações.

Gleidson Melo

És linda Olinda

És linda Olinda,
Mar verde feito esmeralda,
território histórico dos Quatro Cantos.
Vento forte a soprar as ondas que se quebram na praia.
Mal posso ver da Sé.
Espumas no ar e o sabor da maresia nos lábios dão uma sensação de conforto.
Farol a iluminar as noites de verão.
És linda, és Olinda.

Gleidson Melo

Olá queridos amigos escritores;

Gostaria de convida-los hoje para refletir sobre a importancia e responsabilidade que temos como escritores.

Sejamos amadores ou profissionais, nossos pensamentos são sempre muito lidos, por diversas pessoas, muitas vezes, elas se identificam com nossos textos.

Isso é muito bom, é maravilhoso, mas porém, é uma grande responsabilidade que temos em nossas mãos.

Vamos começar a refletir sobre isso e vamos entregar nossos propositos nas mãos de Deus, para que ele faça bom uso de nossos talentos e quem sabe transformar a vida de muitos leitores.

Afinal são os leitores mais importantes do que nós.

Pensem nisso!!!

Mara Chan.

"A moedinha e a criança"

Lá estava a cena:
-Uma criança,um vidro,
uma moedinha e o pai.
A criança brigando com o vidro
tentando tirar dele a sua moedinha
e se machucando toda.
Porque mesmo sendo
uma moedinha ,lhe parecia tudo.
Porém, o pai chega e diz:
- Filha, deixe a moedinha pra lá,
ele é estreito e não é nosso,está te machucando,
é só uma moedinha ,filha
o pai tem muito mais pra você.
A criança pará e pensa....
e deixou a moedinha pra lá
e do pai ganhou muito mais.
Assim é a vida,
quantas vezes brigamos por uma moedinha
e Deus tem pra gente fartura de bençãos.
E então qual será a sua escolha:
- A moedinha ou a fartura do Pai?
Pense bem,mas pense com carinho....
pense nisso!

Deborah Karvalho

A Ilusão da Liberdade

INSÔNIA
Sozinho, reflito no frio silêncioso
de meu quarto sem luzes.
Busco encontrar meu tempo
e, sem sono, me perco
a buscar o tempo passado,
mas, é o tempo que me encontra
entre os lençois, perdido !

REFLEXÕES
Um dia, acreditei no livre arbítrio
da natureza humana.
Pobre Joseph Nuttin, estava errado!
Somos seres sem vontade própria,
sem condições de guiar nossas vidas.
De alguma forma nascemos assim,
marcados para seguir um caminho
que não é o nosso, nos foi imposto.
Por que acontecem os fatos da vida,
fomos nós mesmos que os criamos ?

ILUSÕES
A estrada nos foi adrede traçada
e não nos permite maiores desvios.
Apenas, como seres autômatos,
seguimos o roteiro do papel vivido.
Por que um não foi mais forte que o sim ?
Por que apenas uma palavra mudou
tudo que pensamos verdadeiro ?
Seguimos sem vida a viver a vida
em um papel que não escrevemos.
Não escolhemos onde e quando nascer,
não saberemos onde e quando morrer.

Victor Motta

A pior das instituições gregárias se intitula exército. Eu o odeio. Se um homem puder sentir
qualquer prazer em desfilar aos sons de música, eu desprezo este homem... Não merece um cérebro humano, já que a medula espinhal o satisfaz. Deveríamos fazer desaparecer o mais depressa possível este câncer da civilização. Detesto com todas as forças o heroísmo obrigatório, a violência gratuita e o nacionalismo débil. A guerra é a coisa mais desprezível que existe. Preferiria deixar-me assassinar a participar desta ignomínia.

Albert Einstein

Eu quero começar essa semana DETERMINADA... Vou me esforçar para alcançar as minhas metas e o meu passaporte será a DETERMINAÇÃO. Exatamente assim, quando queremos e desejamos de todo nosso coração - alcançamos, não basta idealizar, temos que nos esforçar. A palavra diz: "Esforçai-vos que Eu vou ajudarei" (Fil 3:13) Deus, premia todo aquele que se esforça, portando não tenha medo dos gigantes do dia a dia, comece essa semana de bem com a vida e entregue ela nas Mãos do Senhor, esforça-te, seja determinado e marche rumo a sua vitoria, porque aquele que Deus escolheu para vencer, não poderá ser derrotado. Bom Dia e feliz semana pra mim, pra você e para todos que crêem em um Deus de Milagres.

________________ Priscilla Rodighiero

Priscilla Rodighiero

Menos drama, mais sorrisos, menos exibições, mais momentos de reflexão e introspeção, menos álcool, mais água, menos balada, mais teatro, menos rua, mais casa, menos trabalho, mais meu filho, menos computador, mais livro, menos cigarro, mais yoga, menos bagunça, mais cabeça no lugar, menos quem quero ser, mais quem eu sou mesmo.

Lara Bottas

Sabemos que existem sombras para as sombras das coisas, como um reflexo visto no espelho de um espelho. Sabemos que existem círculos dentro de círculos e dimensões além de dimensões. A própria realidade é um sombra, somente uma aparência aceita por aqueles cujos olhos evitam oque está além.

Louis L'amour