Textos para uma Menina Corajosa

Cerca de 1251 textos para uma Menina Corajosa

Morena

Oh menina!
Dos cabelos castanhos
E olhos morenos
Das mãos de seda
Da voz angelical
Do sorriso estrelado
Teu jeito tímido de ser
Encanta-me
Tua beleza inexpressável
Ataca-me.
Quisera eu
Soubesses o que por ti sinto
Quisera eu
Saber o que falar
Ou como me expressar.
Palavras se misturam
Pensamentos se embaralham
Perdido fico no teu olhar.

Matheus Santi

Oh menina, apaixonado fiquei
sei que vai me desprazar
sem dúvidas outra vez

Não sei o que falar e esclarecer,
mas a frase "eu te amo"
jamais vou esquecer

Em qualquer lugar estou pensativo,
contemplando a nostalgia
e escutando Beatles

A verdadeira paixão jamais é esquecida
é como se fosse uma alegria
que nos refugiamos todo dia

Nosso pensamento é livre
mas não com o amor,
se for, a afeto não existe

Dedeco Alves

•Perfil de uma Garota•

-> Menina que te encanta
# Garota determinada
Querida & amada
Menina feliz em seu mundinho
Satisfeita com a vida…
Que agradece a DEUS todos os dias
Pela família e amigos que teem
Pois sem eles não seria nada
Amo vocês □

Excesso dee meel ’ a dosee certa dee saal
~/□ Naao troque a liberdade poor puraa ilusão
Use a cabeça e também o seu □

● Soou a solução dos seus problemas oou simplesmente a causa deles! 6’6

>> Você pode olhaar, maas não podee tocaar!
>Porque soou fria como fogo e quente como geloo.
Você já esteve no paraisoo?? eeu soou 10x melhor! ...
>> De mil maneiras que posso ser, sei que uma delas vai te agradar...

□ Sonhe com a vida, mais não perca a vida por um sonho... o sentido da vida não esta no que pensamos, mais sim no que fazemos. □

- Não tão complicada demais, mais nem tão simples assim!*

Caroline Castello

Menina de tranças

Em mim, aquela menina de tranças
as vezes,de repente,até me assusta,
e, parece que ainda faz parte de mim
aquela tranquina menina de tranças
a mim me trás doces lembranças;

Equilibriista de sonhos e ilusões eu sou.
No trapézio da vida, atentamente eu vou
doando minh álma repleta de esperanças.

Aquela menina de tranças compridas
vive em mim de tranças e fitas
nos cabelos lisos
escorrridos
compridos
como os caminhos que eu tinhaa percorrer!

Pela vida sem medo do mundo sem medo de amar
com o pé na estrada, atrás da felicidade
sem medo, sequer de sentir saudade
aquela menina, é hoje, por ti apaixonada!

Josente Dantas( Guarabira - 1970)

Sophia,
Tu és um anjo especial que aparecestes em nossas vidas,
Tu és a menina de nossas vidas.
A longo e longo anos atrás aguardávamos por você,
Mas você não veio,
Vieram maravilhosos homens,lindos equilibrados para me tornar mais forte perante a vida.
A fim de que eu conhecesse melhor o valor da doação,
do amar, do reconhecer , do ser útil,do ser livre e deixá-los ser...
Hoje você me aparece após décadas desse trajetar diante da vida ....
Me fazendo ser útil, dócil, meiga, carinhosa ao declarar
Todo o meu amor por você.
Orgulho, medo, insegurança já não fazem mais parte da minha vida.
E aí sim posso declarar:
Eu te amo minha linda boneca!
Diante deste sorriso lindo,meigo,angelical
Quando olhas para mim.

Ivete Maurília

Menina que em braço distante
Abraço constante, nada cessa
Menina que palavra ausente
Memoria presente, nada cessa
Menina que perto do longe;
Mas longe tão pero;
Nada cessa.
Menina de riso eloquente
Que logo me interessa
Menina de salto alto
Que corre de pressa
Vestida de grande ternura
Sem medo de cair
Quando passos adiantados
Correm a minha procura
E nada cessa.

Brenon Salvador

Cansei de ser aquela menina boazinha, que espera sempre o melhor de todos.
Eu posso ter cara de inocente, mas assim como posso ser inocente eu posso ser muito maliciosa quando quero, aliás, quando merecem.
Portanto, depois de tudo o que me fez, não adianta pedir, implorar para que eu volte a ser como eu era. Agora sou uma nova mulher, e por sinal, uma mulher muito bem decidida e que sabe muito bem o que quer, e nesse caso, não é mais VOCÊ! Só lamento!!!

Juliana Reis

A Menina

Vi uma menina tão bela
Vi uma menina tão alta!
Vi uma menina tão timida
Na minha vida vazia entrar.

Era uma menina tão bela!
Era uma menina tão alta!
Era uma menina tão sonhadora
Entrando na minha vida.

Por que da sua distância
Para a minha companhia
Não baixava aquele belo sorriso?
Por que tão alta seria a tua beleza?

E ouvindo aquela bela melodia
Responder que assim fazia
Para dar uma esperança
Mais triste ao fim do meu dia.

Danillo Souza Santos

Amor adolescente, pensei. Com certeza, se eu virar mulher, esse amor bobinho passa. Amor de menina boba. Tratei, então, de virar mulher. Quem sabe mudando o visual, esse amor não se mudava de mim? Nada feito. Cabelo novo, roupas novas, sapatos novos, novas contas pra pagar. E o mesmo coração idiota. O mesmo amor de sempre. Coisa chata, não?
Ah, que que é isso! Amor deve passar com um novo amor, não? Olha lá aquele menino bonito te olhando, o outro que escreve bonito, o outro que te faz rir um monte, tem também aquele ali, com mão firme. Nada. Nenhum deles foi capaz de me salvar, de substituir minhas células cansadas em sentir sempre a mesma coisa. Nenhum foi capaz, nem por um segundo, de me levar para passear em outros tormentos. Ou outras alegrias. Qualquer outra coisa que seja.
Aí veio a idéia brilhante. Será que se eu mergulhasse de cabeça na estupidez desse amor, não me curava? Será que se eu, por um minuto apenas, parasse de sentir tudo isso de dentro da grandiosidade que eu inventei para tudo isso e enxergasse de perto como tudo é tosco e pequeno, eu não me curava? Só piorou. De frente para ele e suas constatações tão absurdas a respeito de tudo, só consigo sentir ainda mais amor. E quanto mais e maiores motivos para não sentir, ele e a vida me dão… Adivinhem? Sim, o amor cresce. Irresponsável, sem alimento, sem esperança e de uma burrice enorme. Ainda assim, forte e em crescimento.
Mas esse amor, ah, esse amor é coisa de quem não ama a própria vida. Se um dia, um dia eu pudesse realmente ser uma Jornalista. Ou até, nossa, se eu pudesse trabalhar na televisão sabe? Esse amor iria embora, claro. Nada feito. Estou aqui graças a minha maior qualidade: a fé. Sim, isso só não funciona pro amor, mas pra todo resto na minha vida acreditar sempre funcionou. Tudo certo com a minha vida. Ou quase tudo certo. Ainda sinto esse amor ridículo. Essa coisa infernal que me vence todos os dias, todos os minutos. Quantos bons contatos me admiram e me elogiam. Ainda bem que alguém além de mim acredita em mim. É tanta coisa boa acontecendo, tanta gente boa se aproximando que tá na hora de acordar. Enxergar. Receber.
Taí. Tá bom. O amor venceu. Você venceu. Venceu. Venceu. Venceu. E eu acabo de descobrir, simples assim, a única maneira de me livrar desse sentimento: aceitando ele, parando de querer ganhar dele. Te amo mesmo, talvez pra sempre. Mas nem por isso eu deixo de ser feliz ou viver minha vida. Foda-se esse amor. E foda-se você."

Tati Bernanrdi

Assim é vc, admirável, linda e poderosa.
Admirável por ser tão mulher e menina, uma mistura de sensualidade e ingenuidade.
Linda por saber usar sua beleza ao natural, sem se expor ainda assim chamando pra vc toda a atenção.
Poderosa... por poder e ainda assim não se aproveitar da situação pra tirar proveito material e sim, tudo de bom e sincero que vc pode..
Por isso eu te amoooooooooo...
Meu eterno amooor

Tributo a Helena

“Menina bonita
Bonita por demais
Mas é só bonita
Não me parece capaz
Me apaixonei foi por Maria
Encantadora demais
Mas bonito mesmo
É o que ela me traz
Me faz sorrir
Me mostrou a paz
Me ensinou que mulher mesmo
Não fala, faz
E agora eu lhe pergunto:
De que adianta ser só bonita, rapaz?
Se quem te toca é Maria
E sua beleza vem de dentro, apaixonante demais.”

Bárbara Barros

CARTA PARA LER E REFLETIR DE UMA MÃE PARA SUA FILHA

"Minha querida menina, no dia que você perceber que estou envelhecendo, peço a você para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando.
Se quando conversarmos, eu repetir a mesma coisa dezenas de vezes, não me interrompa dizendo: “Você disse a mesma coisa um minuto atrás”. Apenas ouça, por favor. Tente se lembrar das vezes quando você era uma criança e eu li a mesma história noite após noite até você dormir.
Quando eu não quiser tomar banho, não se zangue e não me encabule. Lembra-se de quando você era criança eu tinha que correr atrás de você dando desculpas e tentando colocar você no banho?
Quando você perceber que tenho dificuldades com novas tecnologias, me dê tempo para aprender e não me olhe daquele jeito... Lembre-se, querida, de como eu pacientemente ensinei a você muitas coisas, como comer direito, vestir-se, arrumar seu cabelo e lhe dar com os problemas da vida todos os dias... O dia que você ver que estou envelhecendo, eu lhe peço para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando.
Se eu ocasionalmente me perder em uma conversa, dê-me tempo para lembrar e se eu não conseguir, não fique nervosa, impaciente ou arrogante.
Apenas lembre-se, em seu coração, que a coisa mais importante para mim é estar com você.
E quando eu envelhecer e minhas pernas não me permitirem andar tão rápido quanto antes, me dê sua mão da mesma maneira que eu lhe ofereci a minha em seus primeiros passos.
Quando este dia chegar, não se sinta triste. Apenas fique comigo e me entenda, enquanto termino minha vida com amor. Eu vou adorar e agradecer pelo tempo e alegria que compartilhamos. Com um sorriso e o imenso amor que sempre tive por você, eu apenas quero dizer, "eu te amo minha querida filha”.

Magda Simas

Pode ser que essa menina aqui tão frágil e inocente, tenha andado por lugares perigosos demais pra continuar a ser assim. Algumas experiências nos anulam, eu sei. Dizia ser boa luz, que não haveria problema algum ao saborear seu lindo sabor, só que todo caminhar, leva alguém, ou quem sabe a um lugar. Existiria ali então um muro? Sem pedir licença, rindo e chorando, só pra mudar o rumo do tal caminho traçado.

Tudo era mistério, e algum tempo atrás, talvez uns dias, as coisas eram outras. Era ainda mais transparente que o gelo, sorria enquanto todo o mundo desabava ao seu redor. Como num piscar de olhos, a imagem que outrora era presente e amável, desapareceu. E mais uma vez, seguiu a menina, como se houvesse aprendido tudo de uma vez, numa questão de segundos.

Limpou as lágrimas, secou suas pequeninas mãos, e disse que seria forte, mentiu mais uma vez pra ela mesma. Levantou-se dos destroços que ali estavam, não disse adeus, não olhou para trás e sem abaixar seu olhar, prometeu pela última vez, que não voltaria, e assim o fez. Andou sem rumo, perdida, triste e só. Viu pessoas, leu histórias, entrou e saiu de tantas outras ainda tão vazia. Envelheceu em instantes e via que tudo estava embotado e plano, sabia não haver nada mais escondido, a não ser o que viria.

Pediu aos céus para que não mandassem um anjo com asas, ela queria a imperfeição, outro anjo perdido por aí, com as mesmas feridas por curar, as mesmas dores e anseios. O que chamavam de destino, não parecia um traço reto e sem curvas. Ela tinha um plano traçado, deixaria chover dentro de cada pequeno espaço de si, até que tudo transbordasse, mesmo sabendo que depois nada se encaixaria ali. Até que a luz que ninguém mais enxergava naqueles olhos, se encontrou com outra luz. Dentro daquela confusão, algo aconteceu. Que quebrou o muro, que acabou com a chuva, que curou a ferida, que sarou a dor e deu paz. Algo que hoje chamam de amor.

E no fim, que começo é, o mundo se calou.

Sthefany Alencar

Pseudônimo Mariana

Menina, careces o teu futuro,
calculando do teu passado
Anseie teus próximos caminhos,
mas faça indicando tudo que lhe foi dado
Regue-se todos os dias como flor,
resguardando o cheiro doce do teu jardim
Lance a semente com a intenção,
prepare-se, frutos ou flores virão
A saber, ouvir, mas não mais a calar,
essa voz madura é agora sim, um anjo a falar

Rogério Jr.

Menina má que chora escondida assopra as feridas e segue de cabeça erguida. Talvez uma pedra bruta cheia de certezas absolutas.
Infantil imatura aprende com a vida, às vezes tão dura.
São elas, mulheres meninas que viram a mesa, o jogo e que não se deixam levar, elas preferem se arriscar.

Que mulher adulta, madura, bem resolvida não tem um alter ego assim?
Enquanto os saltos, muito altos, estalam pelo chão escondem assim o tiquetaquear de um leve coração, ora rebelde, ora cheio de amor.

Tatiane Éfer

Eu serei sempre essa menina de sorriso fácil e coração bobo...
Que ama intensamente... Que às vezes é impaciente, mas que é persistente,
autêntica e sincera ( às vezes até demais... huahuahuuh) ...
Que sonha, sonha, sonha... Que é perfeccionista, e que não vive sem música...
Que ama a essência, pois rótulos e máscaras não lhe satisfaz...
Essa menina maluca que fala sozinha, que é amiga da lua, do sol, das estrelas,
das flores e do vento... Essa menina mulher de jeitinho tímido, e que detesta solidão... Que ama conversar, mas que fala pouco, porque se comunica mesmo é com o sorriso e com o olhar... E por isso muitas vezes e incompreendida e se torna complexa para muitos, pois esses não conseguem enxergar além de seus olhos e não vêem sua alma... Serei sempre assim, apaixonada pelas artes, pelos livros, pelo aprendizado, pelas pessoas e principalmente pela vida... Viver simplesmente me fascina!

Mailla Souza

rovas de Amor

Esta menina querida
é meu pé, é minha mão
minha alegria na vida
meu arroz e meu feijão

ela é meu rio, meu lago
meu riacho, meu açude
ela é meu beijo e afago
não quero que ela mude

ela é meu dedo e anel
minha camisa de linho
minha garrafa de mel
meu consolo, meu carinho

se a carne mata a fome
o beijo mata a saudade
a tristeza me consome
eu quero é felicidade

me abraça bem abraçado
quero todo o teu carinho
sem teu abraço apertado
vou me perder no caminho

és água que mata a sede
és chuva no meu roçado
és punho na minha rede
és rima neste recado

essa menina adorada
essa menina querida
que alegria danada
ter ela na minha vida

Desconhecido

Flor, pedra, alma, coração...

Tornou-se pedra, a menina que um dia foi flor. A pedra é rígida, a flor, desfalece com facilidade. A pedra é resistente, a flor, murcha. É complexo e doloroso o processo de metamorfose pelo qual todos estão submetidos diariamente. Os dias mais se parecem com campos de batalha, muitas vezes, olhamos para trás e só vemos morte, tocamos a nossa pele e deparamo-nos com as feridas que se formaram ao longo das batalhas. Nasce flor e morre pedra. A essência se vai; a pureza, a esperança, e até mesmo a fé, se vão, com o tempo. O tempo é implacável A vida, é como um campo de concentração, uma espécie de laboratório, onde todos nós somos testados. Somos obrigados pela vida a deixar o doce, o frágil, o agradável, para assumir um papel amargo, forte e desgostoso. Se envolveu de armadura de pedra a pessoa que tem a alma de vidro, e que se magoa com facilidade. Cada um adota a sua estratégia, para livrar toda a dor do coração. A grande verdade da vida é que todos os que tem aparência de pedra, sempre terão, coração, alma e espírito de flor.

Desconhecido

Menina
Vê por onde anda
Que a rapaziada já quer te engolir
Menina
Cadê tua turma
Se não tem, se enturma
Dá teu jeito, então
Cuidado com a sinceridade
Já mataram a verdade e eu não li no jornal
Que o mal dessa gente miúda
É fazer da palavra glorioso punhal
Menina
A soberba é surda
Vai que a moda muda
Guarda o teu refrão
Menina
Sei que a saia é justa
Pra cair não custa, basta um tropeção
Cuidado com a mão da maldade
Já mataram a verdade
E eu não li no jornal
Que o mal dessa gente miúda
É fazer da palavra glorioso punhal
Menina
Vem viver a vida
Firme e decidida, como Deus bem quer
Quem sabe essa é tua sina
Pra dormir menina e acordar mulher
Menina....

Teresa Cristina

Uma menina me ensinou
Quase tudo que eu sei
Era quase escravidão
Mas ela me tratava como um rei
Ela fazia muitos planos
Eu só queria estar ali
Sempre ao lado dela
Eu não tinha aonde ir
Mas, egoísta que eu sou,
Me esqueci de ajudar
A ela como ela me ajudou
E não quis me separar
Ela também estava perdida
E por isso se agarrava a mim também
E eu me agarrava a ela
Porque eu não tinha mais ninguém
E eu dizia: - Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.

Sei que ela terminou
O que eu não comecei
E o que ela descobriu
Eu aprendi também, eu sei
Ela falou: - Você tem medo.
Aí eu disse: - Quem tem medo é você.
Falamos o que não devia
Nunca ser dito por ninguém
Ela me disse: - Eu não sei mais o que eu
sinto por você.
Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê.

E eu dizia: - Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.

Renato Russo