Textos para um Professor de Matemática

Cerca de 520 textos para um Professor de Matemática

Ao melhor amigo de minha vida, Carlos Jarbes
Tua ausência?
Eu a suporto como quem, estando viva, já morreu;
como folha seca que a árvore expeliu ao vento.
Eu a suporto como pesada cruz, sem direito a Cirineu.
Tua ausência é um doer contínuo e latejante, ferida profunda que ninguém vê,
sangue que escorre por dentro.
Tua ausência é aridez permanente, falência de ideais, tom opaco dos meus olhos tristes.
É ausência de luz, falência de alegria, derrocada de esperança, alma turbada e abatida sempre e tanto!
Sequer posso pedir que voltes, pois sei que esse pedido jamais seria atendido
você agora está muito longe de mim e todos que te amam
Você se foi sem se despedir foi tudo tão rapido meu amigo
eu não posso nem contar a você a dor terrivel que sua partida tá representando pra mim.
Descanse em paz qualquer dia meu amigo nós vamos nos encontrar vc está ao lado do PAI , de seu pai seu Vicente e de seu irmão Jorge. Sei que um dia estaremos todos juntos revivendo nossas aventuras de guris alegres e irmãos. Guris sem limites impostos pelo medo.
Você Caja foi muito especial foi um grande amigo, um irmão, um grande homem
Agora você não sentira dor você não chorará você está com nosso SENHOR.
Estou sofrendo demais por essa dor.
DESCANSE EM PAZ MEU GRANDE AMIGO
SENTIREI SAUDADES!!!!!
NOSSA AMIZADE É ETERNA,TE AMAREI PARA SEMPRE!!!

Professor Galvão

Ame sem medo de amar, se jogue sem medo de cair, se apaixone e deixe que essa paixão se queime dentro de você , ou seja viva sua vida da maneira que ela te oferece, não escolha muito pois quem escolhe demais acaba ficando sem nada.
Amar sem medo! Brincar um pouco com a vida! Sair em busca de nossos sonhos!
A cada dia existe uma renovação constante. E nunca um dia será como o outro...
Não há dores eternas! Não há lágrimas eternas! Não há perdas eternas! porque a vida
é um recomeçar diário.
O fim só existe para os que não vêem o recomeço.

Professor Galvão

Despedida
Chega uma hora em que a mudança se faz necessária. Todas as lembranças que guardava em si, tendem a se tornar mais fortes, pois são elas que você carregará de agora em diante. Os momentos bons, os ruins, afloram com mais intensidade em sua mente, e podem te trazer lágrimas aos olhos. Há o momento da despedida, a pior parte de tudo. O momento em que você precisará dar adeus à tudo que você conhecia naquele mundo, à tudo que você era verdadeiramente naquele mundo, ao que você poderia ser naquele mundo. O seu eu verdadeiro, que só se libertava alí. As pessoas vão chegando, mas o momento é de despedida. Uma conversa como qualquer outra só para aliviar a tensão, mas logo acaba o assunto, e é hora de falar de coisas realmente sérias. Então, mesmo com lágrimas nos olhos, o momento se aproxima. É hora de dizer adeus. Adeus aos amigos, às lembranças de seus amigos. Aos aprendizados, aos ensinamentos. No começo, é fácil fingir que nada está acontecendo, mas logo logo a realidade vai nos dar um tapa no rosto, e perceberemos que nunca mais, ou provavelmente muito raramente, veremos ou falaremos com aquela pessoa de novo. A vida vai passando, da mesma forma com que acontece todo dia.; As pessoas entram, saem, mas dessa vez você sabe, você sabe simplesmente que será a última vez. Pra onde vão todas as lembranças? Eu sei a resposta. Todas elas vão do cérebro ao coração, para lá deixarem marcas infinitas, de forma que sejam irrevogavelmente plantadas. Adeus, estou indo.

Professor Galvão

"Não basta ser linda, Tem que ser maravilhosa...
Não basta querer, Tem que poder...
Não basta ter coragem, Tem que ter princípios...
Não basta respirar amor, Tem que aspirar liberdade...
Não basta ser boa, Tem que ser talentosa...
Não basta ter fases, Tem que ser como a lua...
Não basta sambar, Tem que dar um show...
Não basta ser inteligente, Tem que ser esperta...
Não basta ser metade, Tem que ser inteira
Não basta mudar, Tem que ser uma metamorfose...
Não basta ser pura, Tem que ser atriz...
Não basta ser leoa, Tem que ser guerreira...
Não basta ser diferente, Tem que ser rara...
Não basta despertar vontade, Tem que despertar desejo...
Não basta ser do sexo feminino é necessário ser "MULHER"

Professor Galvão

Hoje deu vontade de chorar e eu só queria um colo para encostar minha cabeça e fingir que o mundo lá fora não existe. Hoje eu queria um abraço daqueles que te sufoca de tão apertado e te protege de tudo. Hoje eu só queria ouvir “eu te procurei pra saber se você tá bem”, só pra sentir uma dor menos doída dentro do peito.
Cansei de me sentir só. Cansei dos dias iguais, da rotina. Cansei de mim e de me deixar sempre em última opção. Cansei de mentir pra mim, pra ver se dói menos. Cansei de ouvir " eu sinto muito". Cansei de me preocupar com quem não se preocupa comigo. Cansei de sofrer e de acordar indisposto, cansei de sentir o coração bater mais forte, com uma sensação de arrependimento, de erro.
Cansei da vida.

Professor Galvão

LÁGRIMAS
As lágrimas são palavras que não nasceram,
Sentimentos que se calaram,
São sorrisos que não vingaram,
A fé que foi desmentida pelo desespero.
Lágrima é a voz dos resignados,
É o fruto da paz roubada
É a água que transbordou do leito e segue sem rumo.
Lágrima é o grito que não pode ser ouvido,
São reticências colocadas no final de quem não quis continuar.
É o momento de dar o nó na garganta
As chuvas são lagrimas de uma. Estrela que apagou
É a tristeza que cansou de ficar no canto
É o canto de quem não tem motivos
É o motivo de quem desistiu e se entregou.
Por isto não desista,
O destino não pode ser mudado somente vivido.
Viva!

Professor Galvão

Eu queria poder te amar sem atropelos, medos, inseguranças, dúvidas...
Eu queria poder te amar ao máximo sem receios de quedas ou erros. Sem aquela cisma da idade.
Eu queria poder te amar no meu melhor estilo.
Te conquistar a cada instante e te mostrar novidades sempre que juntos.
Eu queria sentir saudades de você nos poucos segundos de ausência.
Eu queria jamais ter que pedir perdão.
Eu queria tudo, mas tudo que a vida nos desse .

Professor Galvão

Gostaria de escrever-te hoje uma mensagem bem legal, mas bem legal mesmo! Diferente de tudo que já te escrevi e falei. Uma mensagem sem rasuras ou uma única gota de tristeza molhando suas letras. Que ao lê-la teu coração pulsasse mais rápido, teus olhos brilhassem mais e teus lábios pudessem sorrir, comovidos. Uma carta simples, mas espontânea, que te deixasse um pouco mais feliz e realizado!
Queria encher o "e-mail" de flores, de estrelas, de sorrisos e de palavras significativas, ao nível do teu merecimento. Queria pôr dentro do "e-mail" todos os corações que te amam incondicionalmente. E a gente ia fazer uma festinha bem íntima, para comemorar o acontecimento. É muita pretensão, mas eu queria isto tudo, porque te quero muito bem.
Para ser original, não comprei presente para te dar. As lojas não se renovam, os cartões de aniversário não mudam! Tudo é sempre igual ... tão repetitivo. E até porque, miserável de mim, não teria sequer como fazê-lo chegar a ti. Daí, resolvi dar-te algo que ninguém mais pode te dar, porque não tem na loja, não cabe num cartão, e nem existe na seleção de cartões da "net": o meu presente de aniversário!
É o que tenho de mais precioso, porque é um pouco de mim mesmo. É uma chavezinha especial que abre o cofre interior, onde se encontra tudo que há em mim de mais puro, verdadeiro, sagrado e pessoal. Essa chavezinha não é de ouro, mas tem valor imenso, porque vai embrulhada com aquela vontade de te ver sempre feliz, sem atrapalhar-te nunca. Se quiseres, pode chamá-la de "Amizade" (ou, mais apropriadamente ainda, "Amor").
Que esta felicidade que te auguro hoje te acompanhe sempre, sempre. Que bom que tu existes. Que bom seres importante para mim. E como é maravilhoso fazer parte do rol daqueles que tu queres bem. Se tu não existisses em minha vida, haveria um vazio enorme em mim, no tempo e no mundo.
Tenho certeza que Deus subscreve, sorrindo, tudo o que acabei de escrever ...!

Professor Galvão

Transparência
Às vezes, fico me perguntando porque é tão difícil ser transparente?
Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros. Mas ser transparente é muito mais do que isso. É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que a gente sente... Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair às máscaras, baixar as armas, destruir os imensos e grossos muros que nos empenhamos tanto para levantar...
Ser transparente é permitir que toda a nossa doçura aflore, desabroche, transborde! Mas infelizmente, quase sempre, a maioria de nós decide não correr esse risco.
Preferimos a dureza da razão à leveza que exporia toda a fragilidade humana.
Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam do mais profundo de nosso ser... Preferimos nos perder numa busca insana por respostas imediatas à simplesmente nos entregar e admitir que não sabemos, que temos medo!
Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção... E assim, vamos nos afogando mais e mais em falsas palavras, em falsas atitudes, em falsos sentimentos. Não porque sejamos pessoas mentirosas, mas apenas porque nos perdemos de nós mesmos e já não sabemos onde está nossa brandura, nosso amor mais intenso e não-contaminado.
Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar, doçura, compaixão... a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós, imensamente tristes e choramos baixinho antes de dormir, num silêncio que nos remete a uma saudade desesperada de nós mesmos... daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar àqueles que mais amamos!
Porque, infelizmente, aprendemos que é melhor revidar, descontar, agredir, acusar, criticar e julgar do que simplesmente dizer: "você está me machucando... pode parar, por favor?". Porque aprendemos que dizer isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro. Quando, na verdade, se agíssemos com o coração, poderíamos evitar tanta dor, tanta dor...
Sugiro que deixemos explodir toda a nossa doçura! Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencível.
Que consigamos não tentar controlar tanto, responder tanto, competir tanto que consigamos docemente viver... sentir, amar... E que você seja não só razão, mas também coração, não só um escudo, mas também sentimento.
Seja transparente, apesar de todo o risco que isso possa significar.

Professor Galvão

A pior coisa em uma relação é a desconfiança.
Ela parte do desamor, da falta de segurança. Parte do medo.
A desconfiança é um monstro que consegue encobrir até a lógica.
Não há argumentos que consigam supera-la e por vezes deixamos passar a felicidade por estarmos ligados a esse monstro.
Desconfiar é confirmar uma covardia em assumir o que somos. É negar o melhor do outro. Desconfiar é estorvar a liberdade.
É negar direitos e infringir a vontade alheia.
Desconfiar é isolar-se em seus medos criados na insegurança.
É viver acordado sem nunca relaxar.
É procurar o sol na noite ou a lua numa manhã quente de verão.
Desconfiar é confirmar mentiras maldosas criadas por nossos absurdos.
Desconfiar e não ter certeza nunca.
Desconfiar é perder-se a cada dia. É nunca mais se encontrar com nos mesmos.
Desconfiar é prima-irmã do ciúme. Do medo de perder.
Desconfiar é muito chato.

Professor Galvão

Amar não representa se ausentar das outras pessoas.
Não significa ter medo da concorrência.
Não significa confirmar nas 24 horas do dia o que se sente.
Amar é acreditar, confiar e buscar esperanças juntos.
Amar é ter sonhos diferentes que objetivam a mesma coisa.
Amar é ser livre para dizer um eu não acho de vez em quando.
Amar é ter a liberdade de viver com seu próprio eu.
Amar é enfim carregar para sempre seu próprio nome mesmo que misturado ao de quem se ama.

Professor Galvão

Passando a limpo
Sou o contrário do senso,
Sou o averso do prático,
O antônimo do lado,
O abstrato do concreto.
Sou o processo de engorda
A ferida que não sara,
A dor imensurável da perda,
A alegria descomunal da vitória.
Sou o encontro das ruas,
A contra mão da tristeza.
Sou o reverso da lógica,
Na puritana vida dos medíocres.
Sou perguntas sem respostas,
Sentimentos e realidade.
Sou a medida certa do errado,
O longe do bem ali.
Sou uma versão diminuta do que queria ser.
Sou honestidade nas mentiras,
Teatro de marionetes mandadas.
Sou culpa, sou inocência.
Sou sombras na luz.
Sou meio, sou inteiro.
Sou de fato eu sempre.
Sou amor em ódios esquecidos,
Versão mágica de amizade.
Sou assim, sou eu.

Professor Galvão

A morte da liberdade.
Vai liberdade. Vai pra onde você quiser ir.
Voa em paz ao encontro de tudo que você fez por nos humanos.
Pelas lições de amor, de abnegação, de despudoramento de soberbas desnecessárias.
Você significou não apenas a liberdade de um povo mas o orgulho de uma espécie.
Vai seu Nélson que seu legado ficará enraizado nos corações daqueles que amam ser livres.
Eu nasci livre e faço questão de morrer livre.

Professor Galvão

Eu gostaria de ser um poeta desses ganhadores do Nobel para retratar em linhas o que meu coração sente pela partida do Nélson.Não um Nélson de tantos outros ai. O Nélson da humanidade. O Nélson que nos enche de orgulho. O Nélson que abastece nosso pensamento livre.
O Nélson de um povo, de povos , de gente, de gentes.
O Nélson irmão da coragem. Da coragem verdadeira e não apenas aquela antagônica do medo.
O Nélson da coragem de transformar sonhos alheios em realidade.
O Nélson do amor descabido ao próximo fosse ele branco, negro ou pardo.
O próximo.

Professor Galvão

Poemas vagam por nosso coração a espera de uma oportunidade de se mostrarem.
Essas oportunidades surgem quando os especiais se mostram.
Você é especial e por isso merece que meu coração se abra e deixe um pouco de mim sair para se divertir e se emocionar.
Os elogios são sempre merecidos quando são reais.

Professor Galvão

Uma declaração de amor irrestrito
Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior.É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!
Meu coração é meu guia. Meu instrumento é a palavra.
E minha inspiração é você.
Você é minha música...minha rima e meu tom...
Você é minha inspiração...que fez renascer meu coração...
Te amo!

Professor Galvão

Resumo de um ano
Essa é apenas a história de alguém que infelizmente luta, tenta, cai, se levanta e que acha que nada o abala, mas engana-se aí então vem o desânimo,
a melancolia. E acaba achando que é o único ser vivo nesse mundo que nunca,
vai conhecer o significado da palavra êxito na prática, seja das coisas mais fúteis até as mais significativas, mas sinceramente o que é fútil pra quem nunca teve nada, pra quem não sabe o que é .... sei lá como posso explicar, o nada ao extremo.
É difícil viver eternamente nas trevas, iludi-se quem acha que a luz foi feita para todos e que todos nascem para serem felizes, pura mentira de quem quer camuflar a triste realidade, felicidade é coisa de momento, já a tristeza é mais duradoura e teima em não ir embora. Já tentei métodos artificiais de felicidade, mas são todos passageiros e não gostei de nenhum deles.
Assim minha busca ou melhor dizendo minha obsessão por “dias felizes” continua e mesmo que eu nunca consiga, não tenho outra opção a não ser tentar.

Professor Galvão

Eu queria poder viver apenas o correto, sob medida.
Queria viver o lógico sem graça sem emoção e ficar satisfeito.
Queria viver num mundo sem medos, sem preconceitos, sem burocracias.
Queria viver um mundo sem credos corporativos.
Queria viver um mundo sem as agressões gratuitas do dia a dia sangrento pelo pão.
Esse mundo já não existe mais. Cresci, parei de sonhar.

Professor Galvão

Eu nunca vou me afastar de meus sonhos pois parte do que sou foi um dia um sonho meio louco.
Tudo que um sonho precisa para se tornar real é de alguém que tenha coragem suficiente para transformar loucura em coisa normal.
Vivo dos sonhos que tenho. Não tenho medo de te-los.
Vou procurar realizar mais esse.

Professor Galvão

A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.
Há amores que jamais poderemos esquecer.
Meus pais, meus irmãos, meus amigos, meus alunos, meus ex alunos.
Meus amores que me acompanham nessa caminhada cheia de alegrias chamada vida.
A todos os que amo e aos que não amo por falta exclusiva de oportunidade;
Desejo a vocês e as suas famílias um Feliz Natal,com amor,paz,alegria e união.
Para o ano novo, desejo que...
"...se for pra fazer guerra, que seja de travesseiro.
Se for pra ter solidão, que seja no chuveiro.
Se for pra perder, que seja o medo, a vergonha de ser feliz.
Se for pra mentir, que seja a idade, o peso.
Se for pra matar, que seja a saudade.
Se for pra morrer, que seja de amor e de alegria.
Se for pra tirar de alguém, que seja sua dor, suas dúvidas, seus rancores e seus medos.
Se for pra ir embora, que seja a tristeza.
Se for pra chorar um dia, que seja de alegria.
Se for pra cair, que seja na folia ou num pratão de macarrão.
Se for pra bater, que seja um bolo ou um tamborim.
Se for pra roubar, que seja um bolo ou um sorriso de um alguém especial.
Se for pra matar, que seja de desejo, de tesão.

Professor Galvão