Textos para um Professor de Matemática

Cerca de 124 textos para um Professor de Matemática

Quem sou eu, professor de matemática?

Não sou o cara que vai mudar o ensino;
Não sou quem vai fazer eles gostarem de matemática;
Não sou eu, também, que vou revolucionar a escola;
Não sei se vou entrar para a história.

Sou eu que abrirei seus olhos;
Mostrarei o caminho dos números;
Ensinarei o número de ouro;
Riscarei as linhas da geometria;
Montarei os cálculos da vida.

Vou ensinar a álgebra das letras;
A progressão de seus passos;
A fórmula do conhecimento;
A função do seu viver.

Paulo César Linck

Ele é sujeito e o verbo de uma grande obra na busca do saber. Na matemática de vida, nos ensina a somar com os outros, multiplicar o conhecimento e mostrar que as vezes dividir também é uma ótima solução. Que é preciso misturar as fórmulas e combinar tudo.

Ser professor não é só dar aulas, mas ensinar a procurar respostas. É pelas mãos desse profissional é que se forma bons cidadãos, desenvolve uma cidade, um estado e um pais.

Uma homenagem aos todos profissionais de educação, em especial você, professor!

Célio Magrini

O Amor não é matemática exata, não se pode definir contas de até quando se deve insistir ou qual a equação correta para dar certo.
Amor é uma chama invisível que se deve deixar queimar enquanto houver calor.
Apenas não permita que seu fogo se apague, como também não permiti-lo se acender...

Amar é viver, viva!

Filipe Walisson

Hoje meu dia foi até que bom, tive aula da sandra de matematica, pqp mais hoje foi suave ..
Ah lorraine tá me estressando.. tipo ela pega o bonde andando e que sentar na janela? ah toma no cú ! IOAJIAJAJ
Acho que as pessoas deverião antes de tomar algumas atitudes, axei fofo oque o lulu kraushe fez, me mandar aquele recado. mais nao vou dar o braço a torçer!
nem ferrando, ele vai sentir um pouco de dor.
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH que coisa chata, eu me abrindo pra uma pag na web -.-
o falta de ** OIJAOIAJAOIJAOIJAIJAAJAIOJAAJIAJ
bjs bjs

Brunnagodoy

Uma vez me perguntaram qual das operações matemáticas eu mais gostava
Eu disse: Depende!

Todos nós somos uma adição na qual nos acrescentamos e somos acrescentados, somamos esforços e mudamos o mundo, somamos forças e viramos fortaleza, somamos alegrias e viramos felicidade, somamos vidas e viramos eternidade.

Mas, quando algo nos faz mal, somos subtração. Retiramos o que nos faz sofrer, subtraímos sofrimentos e assim por diante. Podemos ser subtração quando temos o desejo da oportunidade e queremos tirar sempre do maior, pois, se for ao contrário, ficaremos negativos.

E quem não gosta de ser uma multiplicação? Amigos, dinheiro, paz tudo multiplicado. Somos seres múltiplos e somos o produto de uma série de fatores.

A divisão é a partilha, a doação, a entrega múltipla de números que não deixam restos. Dividimos experiência, conhecimento, amor, carinho, amizade.

Não era só por isso que minha resposta dependia....

Muitas vezes somamos tudo e não percebemos que nossa ambição está passando dos limites, queremos tanto somar que nos tornamos cegos.

Quando subtraímos experiências de nossa mente ficamos mais indefesos, ficamos menores e perdemos uma parte do que fomos um dia.

Corrermos o risco da multiplicação excessiva de sermos vários e ao mesmo tempo nenhum, corremos o risco de muito nos multiplicarmos e não sermos correspondidos, e ao contrário da matemática, na vida a ordem dos fatores alterará o produto final.

E a divisão, tão doce e, ao mesmo tempo, tão amarga. A divisão nos traz o egoísmo, ninguém quer ser o dividendo, ninguém gosta de dividir seus tesouros pessoais, suas pessoas especiais.

No final, respondi:

- O ser humano é uma equação muito complexa. Temos que medir os limites, as derivadas, devemos ver a raiz de cada ser, definir a função das coisas, montarmos um conjunto de coisas boas. Enfim, somos o maior teorema que já existiu, e o melhor de tudo? Não há fórmula que nos defina, somos diferentes.

Jefferson Cavalcante

Oh aula de matemática,
por que não acabais?
Não há nada que tu faça,
que a calculadora também não faz.

Somar,somar,somar
Diminuir,diminuir
Não há escapatória,não há como fugir.

O relógio a olhar,mais uma vez a suspirar
essa hora que não passa,para que
para a casa eu possa voltar.

Oh onde está o sinal?
Para me livrar desse mal...

Marília Daniel

Meu semblante recolhe os cacos do destino perdido como se nada fosse uma variável na matemática intensa numérica da vida inacabada que ainda terminaria com um ângulo quadrilátero dos meus olhares partindo aos seus, espalhando minha respiração aos ares compondo sonho e me perdendo em perfeição de lugares.


Gostaria de reviver em outros lugares que podem fazer um marco em minha infância que eu nunca tive, pois ás vezes as mágoas do mundo se encolhe como o frio de uma madrugada que invade a pele incandescente de um órfão desprotegido pelo medo, jogado a cova dos leões e rodeado de urubus que se alimento de sofrimento repentino.


Ás vezes a lagoa da verdade se encontra na fonte da juventude de cada um de nós, não sorrimos com a verdade, mais choramos com a mentira, com tudo, ao pior que seja o mundo, nada consiste o teu desejo de viver como se fosse morrer agora, ou o agora não é nada comparado as inalações de palavras engolidas por momentos de ódio, mais entre tanta tristeza e um pouco de felicidade, pode ser que exista uma tarja negra corrompendo teu cego globo ocular trilhando sua visão rente, para que você não veja nada além do escuro, onde não existe luz reluzente, te cegam por uma eternidade para que você não veja o caminho onde existe um novo começo.

Walace Miguel

Formula Do Amor
Como os cientistas eu procuro a formula
Do amor
Fiz cálculos matemáticos
Misturas químicas
Pesquisei em livros antigos
Naveguei na Internet
Fiz teste em rato e não consegui nenhuma resposta
Depôs desses testes ,cálculos ,misturas e muitas pesquisa
Adquiri uma certeza ,
Que ninguém tem a capacidade de decifrar esse enigma que é o amor ,mesmo sendo um Albert Einstein de grande inteligência
Não acharia a resposta pra tantas perguntas

Com essa pesquisa toda pude compreender que a melhor
Formula do amor não é tenta defini-lo ,e sim senti-lo
Com toda sua intensidade sem querer explicações
Pos O amor vai alem de tudo que nossa mente
Pode imaginar

Carlos nunes

Matemática da vida

Ela está em nossa vida,
Ela é requerida, querida e precisa,
A multiplicação e a divisão,
A equação e a potenciação,
Estão presentes em nossa vida.

Nós nos dividimos,
Nós nos distraímos,
Nos multiplicamos,
Nós falhamos,
Nos sentimos radicais,
Nos sentimos sensacionais,
Nós nos fracionamos,
Nós nos ajudamos.
Nos subtraímos
Nos repartimos.

A gente se soma,
Nós vamos a Roma?
A gente se subtrai,
Nós vamos a Dubái?
A gente se divide,
A gente progride.

As Arestas,
As Retas,
As circunferências
Com várias sequências.
Os vértices,
As faces.
Polígonos,
São muitos ângulos,
Poliedros,
São muitas faces.

Os símbolos matemáticos,
Resumem as frases,
Que nela, são constantes.
Matemática é raciocínio,
Ela é resistente e duradoura,
Como o alumínio.

Somar e multiplicar,
Dividir e subtrair,
São as quatro operações,
As mais presentes em nossas vidas
E guardadas no coração.

Dannala

Matemática dos números

Já pararam para pensar
Na matemática dos números?
O dia em que nasceu,
O número da roupa que escolheu,
Sua idade desde o nascimento,
Validade do alimento,
Seu CPF e RG,
Carteira de motorista,
O dia que lançaram uma revista,
O mês em que viajou para o Rio de Janeiro,
Foi em fevereiro?
O ano em que ganhou uma corrida,
Foi um dia especial em sua vida,
O tempo de gestação,
Quantos batimentos está seu coração,
Que horas são?
Quantas linhas têm em sua mão?
Quanto tempo dura uma hora?
Quantos pássaros cantam agora?
O preço de um sapato,
Está caro ou barato?
O número de sua conta no banco,
Número do canal de televisão,
Quando começa o verão?
Que dia e que hora o seu time vai jogar?
Que ano a Copa do Mundo vai começar?
Quantos peixes existem no mar?
Essa não tem como contar!
Qual seu número favorito?
Quando o Lula foi eleito?
Ganhamos números,
E pagamos números,
O número da sorte,
Especial, original,
Ele é muito legal.
São sempre escolhidos,
São esplêndidos,
São extremamente queridos,
São parte de nossa vida,
Os números são infinitos.

Dannala

Matemática estranha essa: 50 < 20

O chão já dava uma prévia do resultado
Era irônico o valor pago à oposição panfletária.
Foi irônico o percentual e o número de coligações?
Cadê o povo da Candelária..
É irônico, a história se repete..
Ponto!
Pior que perder a Copa

Em tempo morremos,
sem mesmo chegar à cozinha.
O peso pela garganta desce
Não fomos abatidos
Não adianta pintar a cara
São vinte tons de óleo de peroba
e O veículo certo de comunicação.
De uma decisão que muitos tomaram
todos hão de pagar.

Yang Encarnação

As lágrimas dos amantes muita das vezes é a matemática da esperança que nasce para dar prazer em verdade e coração;
Adorar os momentos situados no seu próprio interior faz com que valha a pena o viver, amando cada segundo;
Sei que às vezes sou confuso em versos vivos, mas sou sempre apaixonante em minhas intenções;

Julio Aukay

Quem sou eu


Eu sou o que sou.
Sou a conta matemática mais complexa, pois não existem resultados definidos, aplicáveis ou publicáveis.
Sou a lenda que se conta mil vezes de formas diferentes.
Sou o dialogo de um minuto que ecoa eternamente.
Sou a citação do poeta: “Um contentamento descontente”.

Sou uma experiência aplicável em mim mesmo.
Sou o átomo mais complexo do universo.
Sou o único poema sem versos.

Sou a inspiração do Grande arquiteto
Sou ação e reação.
Sou poeira de estrela.
Faísca da criação.

David Eliom

Minha matemática

No inicio era apenas uma adição,
Com o tempo exponencial,
Aprendeu a multiplicação,
Percebeu o capitalismo,
E inovou com a divisão
Que só ocorreria com a subtração,
Ficou triste em ver tantas equações
Sem soluções
Em um sistema impossível.
Fez da vida uma matriz
Para achar o determinante,
Aquilo que dava a razão
Entre o ser e o enumerar.
Percebeu ser vazio,
Ausente de qualquer elemento,
Então acreditou ser um numero imaginário,
E assim passou a ser uma solução,
Até o dia que conheceu
Uma equação do segundo grau
Que apresentou o seu conjugado,
Uma figura tão simples
Com apenas um sinal trocado,
E percebeu que quando juntos
Constituíam algo real.

Vítor H.S.costa

Penso logo desisto
Um filósofo e matemático francês, René Descartes criou uma frase curiosa: “penso, logo existo”. O escritor irlandês, Oscar Wilde, escreveu que “viver é a coisa mais rara do mundo, algumas pessoas apenas existem”. Estava aqui “costurando as palavras” e percebi que em uma das frases o sentido de “existir” é o produto de viver, pensar é vida e na segunda frase existir é passar pela vida sem usufruir de sua grandiosidade. Penso, existo, vivo? Que confusão: desisto!

Karina Gera

Oh! Matemática, doce Matemática que me envolveu em tuas funções
Cadê a explicação, a demonstração de como fez isso comigo?
Meu amor por ti só cresce, grandiosa disciplina.
Muito mais que fórmulas, muito mais que questões
Você doce matemática, é Vida!
É minha vida agora!
Quero aprender a te dominar
Aprender a ser transmissora de teus mistérios,
Aprender a ser paciente o suficiente para te compreender,
Aprender a ser digna de teus significados...
Te tenho em minha pele, não como um símbolo qualquer
mas como demonstração do meu amor por ti!
Por ti, faria mil vezes vestibular
Viraria noites estudando a tua Vida

Por ti, faço uma promessa:
Até o último minuto antes de minha morte
Vou te honrar!
Querida e doce matemática!

Clarissa Fernandes Peralvo Vergara

"Matemática da Vida"

Em um relacionamento podemos usar as quatro operações matemáticas:
a favor ou contra:

Podemos somar: alegria, felicidade, amor e união.
Ou podemos subtrair: tristesa, ódio, desamor.

Podemos multiplicar: amargura, rancor, frieza e desalento.
Ou podemos dividir: amizades, familia, filhos, carinho.

Aqui só uma diferença:
A ordem dos fatores, altera o produto.
Depende de cada um de nós.

Qual a fórmula irá usar? Você decide.

Edmilton Pedroso

O 11 e o 13, o 17 e o 19, o 41 e o 43... Os matemáticos os chamam de números primos gemeos: ademais de ter a particularidade de que só podem dividir-se entresi mesmos e entre um, permanecem próximos, mas, nunca chegam a tocar-se...
O Príncipe e a Princesa se conhecem na infancia e ate a idade adulta, uma força que não entendem, muito mais poderosa que o seu desejo e cruel como o azar, os paroxima e os distancia.

Patricia Gabriela

Matemática

Eu queria me dividir em pelo menos mil pedaços
para que assim o amor ficasse tão pouco em mim
que seria desprezível

mas não é:

Nem que eu me divida em mil, milhões, trilhões
ou sei lá quantos zeros mais,
continua sobrando
e não há subtração que resolva

Quem dera eu pudesse fazer acabar,
nem que ficasse no negativo,
diminuir coisa pouca que fosse,
um pouquinho de nada, vá?

Na minha conta só faço multiplicação
Posso até dividir,
mas só se for pra somar todo esse amor de volta

Aline Mariz

e na Matemática do amor...
é injusta demais essa matemática do amor... E quem sobra nas continhas de dividir ? Fica como ? Sem amor, carinho, proteção, atenção ? Eu exijo que todas as contas partam de números pares... É isso aí, PARES ! Cada um com o seu, sem números negativos, sem nada e nem ninguém sobrando. Tudo na medida certa. Nem a minha pior inimiga que é vulgar, brega e falsa merece sofrer por amor, dói demais, machuca demais, nos deixa amargurada demais. Eu peço, por favor, mais amor, mais doação, mais entrega... Mais perfeição nessas contas.

Layana Oliveira