Textos para Filha

Cerca de 182 textos para Filha

Curiosa, minha filha Júlia de três anos, perguntou-me com ares de segredo: "Pai; o que é uma surra?". Gaguejei. Baixei a voz e quis saber onde ouvira a palavra. Ouvira de um coleguinha na escola em que a mãe trabalha, que dissera ter levado uma. Pelo tom da voz, a Júlia sabia que não era boa coisa, e certamente o coleguinha surrado não fez boa expressão, ao dar a notícia.
Não tive coragem de dizer. Talvez devesse, não sei o que diriam os "educocratas", mas não tive. Convergi nossa conversa para coisas mais produtivas. É claro que ela saberá logo o que é uma surra, não graças a mim, mas acho que posso adiar um pouco. E na verdade, fico feliz por ter uma filha que vive num mundo (o de nossa casa) que ainda não registrou a palavra em seu glossário.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

CARTA PARA LER E REFLETIR DE UMA MÃE PARA SUA FILHA

"Minha querida menina, no dia que você perceber que estou envelhecendo, peço a você para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando.
Se quando conversarmos, eu repetir a mesma coisa dezenas de vezes, não me interrompa dizendo: “Você disse a mesma coisa um minuto atrás”. Apenas ouça, por favor. Tente se lembrar das vezes quando você era uma criança e eu li a mesma história noite após noite até você dormir.
Quando eu não quiser tomar banho, não se zangue e não me encabule. Lembra-se de quando você era criança eu tinha que correr atrás de você dando desculpas e tentando colocar você no banho?
Quando você perceber que tenho dificuldades com novas tecnologias, me dê tempo para aprender e não me olhe daquele jeito... Lembre-se, querida, de como eu pacientemente ensinei a você muitas coisas, como comer direito, vestir-se, arrumar seu cabelo e lhe dar com os problemas da vida todos os dias... O dia que você ver que estou envelhecendo, eu lhe peço para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando.
Se eu ocasionalmente me perder em uma conversa, dê-me tempo para lembrar e se eu não conseguir, não fique nervosa, impaciente ou arrogante.
Apenas lembre-se, em seu coração, que a coisa mais importante para mim é estar com você.
E quando eu envelhecer e minhas pernas não me permitirem andar tão rápido quanto antes, me dê sua mão da mesma maneira que eu lhe ofereci a minha em seus primeiros passos.
Quando este dia chegar, não se sinta triste. Apenas fique comigo e me entenda, enquanto termino minha vida com amor. Eu vou adorar e agradecer pelo tempo e alegria que compartilhamos. Com um sorriso e o imenso amor que sempre tive por você, eu apenas quero dizer, "eu te amo minha querida filha”.

Magda Simas

- Mãe , quanto custa seu sonho ?
- Hã ?
- Deixaria de acreditar nele por algum valor ?
-Não filha , sonhos não se vendem .
A falata de explicação da mãe deixa a menina confusa .
- Todos os sonhos mãe ?
- Sim .
- Porque ?
-Porque agente precisa acreditar em algo .
- Isso quer dizer que quanto mais agente acredita em um sonho mais chance de realiza-lo termos ?
- Exatamente .
- Mãe a senhora sonha muito ?
-Hã ?
- Nada não .
A mãe contiunua costurando . Enquanto isso Pollyana senta no chão da sala e abraça forte a boneca Lilica e diz : " Mais eu acredito Lilica . "
- Mãe !
- O que foi agora ?
- Tem alguma doença que faz com que esses nossos sonhos não se realizem ?
- Sim , não é bem uma doença , seria nossa falta de fé .
- E o que é fé ?
- Fé é acreditar naquilo que não se pode ver .
- Mas se não pode ver como acreditar ?
- Tem que ter fé .
Como é issso ?
- Ah Pollyana chega!
-È que eu tava pensando ....
- Pensando o que ?
- Acho que estou doente .
- Não entendi .
- Então posso continuar ...?
- Filha tenho mais o que fazer né .
Pollyana sai , e volta para a sala , e em um cantinho olha nos olhos da boneca e diz :
- Não liga não , um dia você vai falar , andar e respirar é de vagar viu ?
Abraça forte a boneca . - Porque eu acredito ! Minha mãe disse que agente tem que acrditar !

Stephanie Catarino

Maria

Ave! Diriam uns. Mãe! Diriam outros,
Filha! Retrucaria, uma Maria.
Marias são sinônimos, antônimos,
Maria são muitas, são poucas, é uma.
Maria vai e vem, Maria advém,
De Lourdes, de Fátima, de Todos Lugares.
Maria é compreensão, compaixão, certeza.
Maria é Mãe, Mãe de Deus,
Dos homens e mulheres, de todos.
É sinônimo de influência, quando ela vai com as outras.
Mas, Maria é ela, ela mesma,
Sabedora, crédula, feliz,
É Maria!
Mulher, senhora, dama, mãe...
É a força dentro de cada mulher.

João Francisco da Costa

Naquela outrora nova estrada
Agora enlameada e esburacada
Nasceu mais uma filha de eva
Essa abandonada pelas trevas.

Mais uma filha do sol e da terra
Que apesar de ter direito, nunca berra
Sempre calada, aceitando as dificuldades
Parecendo até deter uma certa imunidade
Porém só aumentava sua intíma sofridade

A vila não lhe deu um nome
Com esperanças que a fome
Levasse embora aquela garota magra
Cheia de uma beleza invejável
Mas que para os outros era uma praga
Porque notaram nela um mostro insasiável

Só que como as tríades do destino
Tecem tudo e todos a pente fino
Um dia eis que presenciou um acidente
Viu como era horrível o sangue a jorrar de gente
Mas estranhamente sentiu-se alegremente

Cambaleando, a filha de eva com a vista turva
Enojada pela cena viu naquela ingréme curva
Daquela estrada feia e odiosa
Uma visão um tanto quanto esplendorosa

Ali no meio dos destroços resultantes
Estava uma bolsinha com os famosos diamantes
E numa chamada da deusa Hera
Sentiu despertar em seu peito uma fera
A que por coincidente do destino manejo
Deu-lhe mais tarde o nome de Desejo

Desejo, ela que finalmente triunfou
Quando aquela estrada podre abandonou
E logo depois achou seu destinado filho de Adão
Um homem imponente chamado de Ambição

Pouco tempo depois geraram uma cria
Uma prole que com seus olhos viveria
E que ainda na tenra infância
Matou os pais com ousadia
Essa é história de Desejo
A mulher que num relampejo
Se tornou a mãe da criança chamada Ganância.

Bruno M. Tôp

MENINA BATALHADORA

Háa! Como doi saber, sou filha de alfaiate mãe doméstica
sempre tive um sonho, de fazer nível superior mas veja só a ginástica,
pai alfaiate “conta própria” pouco ganha, mãe doméstica cinco filhos para sustentar,
menina! Eu fiz nível médio graças a Deus e a Dona Boaventura que está a pacientar!

Boaventura Kanimanbo! Atribui se até um sobre nome! Cresce menina e batalha ligeiro,
aprendi línguas através de ajudas de amigos e Dona Boaventura, com as línguas
consegui abrir uma mini-escola de línguas, onde ensinava e acumulava dinheiro
para a formação Superior, tentei em três instituições só foram léguas drásticas!

Não perdi esperança filha de pobres! Continua e um dia consegui um curso no ensino privado,
pai desinteressado com a formação da menina, parei de dar explicação e acabei o dinheiro com as mensalidades! Chiquitáu para Dona Boaventura! Quero ver filha formada mas não tenho emprego, filha vá! Força e fique tranquila três meses depois não há mensalidade!
O que eu faço! Será que nasci para merecer isso..?

Laila Paulo Mingana (moçambicana)

Ali estava Brian no quarto da sua filha, contando a ela mais uma história de um livro para ela dormir. Na cadeira de balanço, ele percebeu o quanto gostava de fazer aquilo para a filha, mesmo sabendo que as histórias eram mais lógicas do que ele imaginava.

– Depois de toda a aventura, o Sr. Coelho olhou para a Sra. Coelho, e percebeu que a amava; então, chegou mais perto dela e a beijou quando no céu caia uma estrela-cadente e…

– Pai, o que é amava? – sua filha perguntou; olhos intensamente conectados com o pai.

– Ahm… – ele desviou o olhar. Se perguntou onde estava a mulher em uma hora dessas. – quando você gosta muito de alguém e quer sempre estar por perto dessa pessoa para tentar demonstrar o quanto de valor ela tem… acho que – ele não terminou.

– O que é gostar? – sua filha colocou os braços debaixo do travesseiro.

– Você não quer comer chocolate todo dia? Isso é gostar de chocolate. – ele pensou em algo mais óbvio a dizer.

– Mas eu não quero mostrar o valor para o chocolate… eu só quero comer. – disse ela, normalmente.

– Eu sei… só foi um exemplo. – ele sorriu timidamente.

– Continuo sem entender.

Ele olhou para os lados e bateu uma vez na capa do livro. Respirou profundamente, tentando organizar as ideias para tentar explicar. Logo percebeu que não tinha ideias nenhuma para falar.

– Quer que eu continue a história? – falou mais alto que o normal, involuntariamente.

– Não… – sua filha bocejou – não estou conseguindo entender muita coisa.

– O que você não está entendendo? – ela permaneceu estagnado.

– “Amar” parece ser muito complicado.

Sua filha apagou a luz do abajur, mas o pai ainda continuava boque-aberto, no escuro e com livro nas mãos. Pela primeira vez, ele soube que, depois de tantos anos sabendo que estava amando, ainda não sabia explicar o que era amar… E sua filha estava crescendo muito rápido, ele percebeu.

Aleex Zalache

"Para Isabela"
Filha preciso lhe dizer:
- que quando você aprender o que é pai, vai ter que aprender também o que é morte;
- que a morte é a única certeza da vida, embora a gente passe a vida inteira fingindo que ela não existe;
- que às vezes a vida inteira pode durar apenas 32 anos;
- que o mais importante é ter vivido 32 anos muito bem vividos;
- que quando o teste de gravidez deu positivo, antes de parar pra pensar eu sorri;
- que depois de parar pra pensar eu continuei sorrindo;
- que eu continuo sorrindo até hoje (mesmo entre lágrimas);
- que você me faz querer brincar de novo;
- que você fez o seu pai sonhar;
- que, de uma certa forma, o seu pai já pegou na sua mão;
- que eu não poderia ter escolhido alguém melhor com quem ter um filho - e ele me dizia a mesma coisa;
- que o seu pai nunca se esquecia de me beijar quando íamos dormir - e com certeza ele nunca se esqueceria de beijar você;
- que eu tinha uma urgência de amar e estar perto do seu pai, e que hoje faz muito sentido;
- que eu sempre tive um medo danado do seu pai morrer;
- que é horrível ver acontecer justamente aquilo de que a gente tem mais medo;
- que foi o seu coração batendo dentro de mim, que me manteve viva;
- que você salvou minha vida.
- que por isso sou capaz de dar a minha vida por você.
-que de nós dois sobrou o amor, transformado em gente...VOCÊ!!!

Aline Patricia

•"Sou uma filha da natureza:
quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo,
de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim. Mas vale a pena.
Mesmo que doa. Dói só no começo."
•Sou um coração batendo no mundo
•“Acho que devemos fazer coisa proibida – senão sufocamos.
Mas sem sentimento de culpa e sim como aviso de que somos livres.”
•Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então
•Que medo alegre, o de te esperar.
•Já que se há de escrever, que pelo menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas.
•O que eu sinto eu não ajo.
O que ajo não penso.
O que penso não sinto.
Do que sei sou ignorante.
Do que sinto não ignoro.
Não me entendo e ajo como se entendesse.
•Como se ela não tivesse suportado sentir o que sentira, desviou subitamente o rosto e olhou uma árvore. Seu coração não bateu no peito, o coração batia oco entre o estômago e os intestinos.
•Só o que está morto não muda!
Repito por pura alegria de viver:
A salvação é pelo risco,
Sem o qual a vida não vale a pena!!!"
•Minhas desequilibradas palavras são o luxo do meu silêncio.
•Por enquanto estou inventando a tua presença...
•A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
•Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com seu amante.
•Ter nascido me estragou a saúde

clarice

Sou filha do Céu e da Terra; irmã da Água e do Ar.

Sou o fogo na Floresta e a branca espuma no Mar.

Sou a Loba; sou a Selva; sou a carícia da Relva;
e a Carroça atrelada.

Sou a beira e o caminho; sou um pássaro sem ninho e do galho mais fraquinho, todos me escutam cantar!

Sou a menina do Dia e a amante louca da Noite;

sou o alívio e o açoite, e a carne esfacelada.

Sou a abelha rainha, venha provar do meu mel, pois dentro do meu casulo, Você estará no céu!

Se quer que lhe deixe louco entre um beijo e uma dentada,
me chame de tudo um pouco, mas o meu nome é Sttrada !

Na sombra, eu sou Vaga-lume; na luz, eu sou Mariposa;
sou o inseto que pousa e a lâmpada que é apagada.

Nasci para passar o Tempo e ficar um tempo parada,
mesmo que a vida insista, em me deixar estafada, vou seguindo, sempre em frente, pois topo qualquer jogada, todos sabem que existo, pois o meu nome é Sttrada !

Realizo a caminhada; sem precisar me cansar;
percorro vários caminhos; importante é o Caminhar.

Estou aqui, ali e acolá; o que não posso é parar.

Sou casada com o poder de sempre ser encontrada,
aceito qualquer roteiro, me chamam de caminheiro,
mas o meu nome é Sttrada !

Sou a primeira e a última, de todas as desgraçadas.
Honrada ou desprezada; vil ou simplesmente sagrada;

sou o som e o silêncio; sou o choro e a risada.

Sou a eterna abundância; pois sempre dou importância, para a semente lançada, num solo de doce fragrância, pois o meu nome é Sttrada !

Sou o Rei e a Rainha; sou o súdito e o reinado;
sou a Coroa e a Forca, o Algoz e o Enforcado.

Uso a máscara da Vida, mas me confundem com a Morte.

Sou o Azar e a Sorte, e, aquela que foi dispensada.

Sou a bandeira da Paz mas me trocam pela Guerra,
na tirania da Terra, me vejo desapontada,
porém, quem me ama não erra, pois o meu nome é Sttrada !

Saindo de um turbilhão; alçando a torre encantada;
me vejo como uma estrela, de Lua e Sol enfeitada.

Com certeza amanhã, estarei acompanhada, do Anjo que é puro élan,
de uma mulher coroada.

Sou a roca, sou o fio, sou tecelã afamada, na teia eu desafio quem faça a melhor laçada, pois entre a chama e o pavio, eu tramo a trama esperada, mesmo que seja apenas, por uma curta jornada.

Me coloque em sua vida, como uma moça querida, que precisa ser amada; em troca posso lhe dar, o bem maior deste mundo numa bandeja dourada.

Me traga no coração prá me deixar encantada.

Não me esqueça e me honre com sua gentil chamada,
grite bem alto o meu nome !

Me chame, me chame, eu sou a sua “cigana estrada” !

Helena RegoCigana Strada

Nunca fui uma pessoa muito perfeita! Filha de pais separados, não sou e nunca vou ser a melhor aluna da turma, tenho uma beleza toda montada por maquiagens, meu corpo nunca vai ser perfeito, não sou nem um pouco popular, não consigo nunca gostar de que gosta de mim... acho que pra começar, já está bom de defeitos né?
Mas por trás dessa pessoa nada perfeita existe uma menina gentil, educada, amorosa, sentimental, que vê o mundo de outra forma, que acredita em conto de fadas e Príncipe Encantado! Existe uma menina que chora assistindo desenho animado, filme de comédia, romance e drama... existe uma menina que ri quando cai, que sabe ajudar o próximo a se levantar do chão, que sabe abraçar outra pessoa mesmo sem ela precisar... que sabe ser a melhor amiga de muitas pessoas e que com um simples sorriso faz todos ao seu redor sorrir junto!...
Com tantas qualidades, quem vai conseguir enxergar os meus defeitos?
Eu não escolhi ser assim, já nasci sendo essa pessoa amada e odiada por muito. Pretendo ser assim para o resto de minha vida! Quem sabe eu sozinha, não consigo mudar o mundo?

Thamyris Ribeiro

Apenas leia.
As coisas estão difíceis, não é filha? Eu te entendo. Parece que todos estão contra você, parece que você não é boa o suficiente, que você nunca vai ser boa o suficiente. Mas sabe, você não deve ser punir por isso, seu corpo é sagrado minha filha, seu corpo é o templo do Espírito Santo, você não deve se cortar… Sabe quando a dor emocional é tão grande que você tem que tirar isso dentro de você, e você faz isso por meio da dor física? Eu te entendo filha, mas se você não souber o que é tristeza, nunca poderá apreciar a felicidade. Toda lágrima tem uma lição, todo sofrimento tem um ensinamento… Filha, eu venho aqui te dizer que toda dor que você acha que deve sentir pra se punir ou pra dor emocional se calar, eu já senti. Eu já sofri por você! Eu suei sangue, por você filha! Para que você não sofresse pelos seus pecados eu fui pregado numa cruz como o pior dos bandidos por ti! Para que você não sentisse essa dor. Eu já senti… Filha, prometa pra mim. Nunca tente se cortar de novo. Quando você pensar que precisa se punir por não ser boa o suficiente, lembre-se que você é sim. Sou eu que estou te dizendo agora: Você é preciosa, e eu te amo. Eu fiz esse mundo inteiro pra você, você é capaz, você é mais do que suficiente. E quando todos os seus sentimentos estiverem confusos, quando a dor for muito grande, converse comigo. Eu estou aqui pra te ajudar, pra te auxiliar. Eu estou aqui ouvindo…Você não tem noção do quanto me machuca te ver sofrendo, ver seu sangue sendo derramado por nada, ouvir você dizendo que está sozinha… Eu estou aqui com você filha. Eu repito: Toda dor que você deveria sofrer, eu já sofri por você, numa cruz. Se cuida, pois estou tentando ao máximo te dar toda força do mundo. Eu te amo.
Com amor, Deus.

Ana Carolina Galeotti

Quem Sou?
A filha da Mãe! :)

Não tenho uma visão exata de quem sou, mas tenho a certeza de quem não sou e garanto ser bem melhor do que ja fui um dia!

A pretenção de ser perfeita não chega perto de mim, muito menos a prepotencia de querer esta além de que posso..

Sou alguém que gosta de falar, dançar (apesar de não saber O.o), esta rodeada de gente, mas que as vezes precisa de um tempo pra si!

Amo musica, amo meus pais, minhas irmãs e meu pequeno grande homem...:)

Gosto da minha vida, não é perfeita, mas torna-se feliz devido as pessoas que fazem parte dela...

Não sou um anjo :)
Nem chego perto dessa perfeição...
Sou boa, na mesma medida que ruim..
...não sou tmb o capeta que muitos me pintam..

Raileza

E se eu não tivesse nascido filha dos meus pais?
E se eu não fosse loira dos olhos verdes? E se eu não tivesse batido um carro com 7 anos de idade? E se eu não fosse tão chatinha desde criança? E se eu não tivesse tomado algumas decisões erradas?
E se eu não tivesse tantos ex namorados? E se eu não tivesse conhecido todos eles? E se eu não conhecesse tanta gente? E se eu não amasse tanta gente?
E se eu não tivesse morado em tantos lugares diferentes?
E se eu não tivesse tido todos os meus professores de português?
E se eu gostasse mais de matemática? E se eu não tivesse uma cicatriz no pé? E se eu não tivesse todas as minhas tatuagens ? E se eu tivesse mais tatuagens?
E se eu fosse mais morena? E se eu tivesse cabelo liso? E se meu pai não tivesse falecido quando eu ainda precisava tanto dele? E se minha mãe não tivesse a fibra que ela tem? E se eu não estivesse prestes a me mudar de novo? E se eu falasse com os meus irmãos? E se meu celular prestasse?
E se eu tivesse casada com o homem da minha vida? E se ele não fosse o homem da minha vida? E se eu fosse mais sincera ? E se eu tivesse menos medos? E se eu aprendesse a surfar? E se .. ?

Lu Moraes Xavier

EU FILHA, EU MÃE...


Pra VOCÊ sempre serei uma pequena filha....
Pra mim VOCÊ sempre será uma grande mãe...
Depois repetirei tudo igual
Nunca saberei afinal
Qual a melhor posiçào
Me aconchegar no teu colo
Ou abrir meus braços pra te envolver
Não sei se é melhor
Mãe ou filha ser
Mas de qualquer um dos lados que eu esteja
enxergo tanta beleza
Que me acomodo em ambas posições
Porque as duas me dão grandes emoções
Gosto de ser criança e correr para os seus braços
E também de ser mãe e lhe ajudar nos primeiros passos
Gosto de ser o começo e o fim
Homenagear e ser homenageada
Gosto de ser o ponto de partida e o de chegada

Por isso,
Hoje não sei a qual das duas parabenizar
A criança levada
Ou a mãe dedicada
Porque ambas trilham a mesma estrada
Do amor e do envolvimento
Do melhor de todos os sentimentos
QUE NASCE NO VENTRE E EXPLODE EM VIDA!!!!!!!!!!!!!!
Mãe e filha, a razão da minha vida
Hoje sou a filha que corre pra te abraçar
E a mãe que meus filhos vão irão beijar
Portanto a mais importante nào posso escolher
AS DUAS DE MIM ME DÃO UM ENORME PRAZER!!!!!!!!!!!!!

DAISY XAVIER

Mulher

É mãe,
filha.
É pai,
família.

Quem quer que seja
das quatro opções,
será a mulher
única e digna de todas canções.

Pode ser sensível
e uma das grandes guerreiras,
pode ter um par
ou ser uma que é solteira.

Das que moram em casa
às que moram na rua,
das que admiram quadros
às que veneram a Lua.
Das que sabem ler
às que sabem ver,
das que amam demais
às que tem um pé atrás.

Quem quer que seja
pessoa mui digna de emoções
será uma mulher, em todas as formas
razão-única das minhas canções.

Lucian Rodrigues Cardoso

Sou abraços, sorrisos,amigos, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono.
Filha,Namorada,Neta,Amiga,Irmã mais velha, Cristã Protestante, Apaixonada, Carinhosa, chorona, mimada,chocolatra,viciada em pepsi e passatempo,que faz da musica,sua essencia,apaixonada por livros,Menina dos Olhos De Deus,apaixonada por missoes, Twitteira Livre,que vive cada dia intensamente *..*

Érica Souza

Mãe Adelaide

Agora estou de cá
sua filha a lhe observar
Seu semblante evidencia
que te falta alegria

Toda sua vida dedicou
dez filhos gerou
nem percebeu
o açoite que a vida lhe deu.

Dizer do orgulho que sinto
em ser sua filha não basta
não realiza seus sonhos
não te preencha de graça

Então fico aqui
buscando me melhorar
vendo-a costurar
um silêncio no olhar.

Ainda estou de cá
apenas a espreitar
o que neste mundo há
que eu possa te dar.

Enide Santos

Para minha filha: Aline Jacob Tesch Medrado.
Procurei palavras pra definir você...
Procurei sentimentos para demonstrar meu amor...
Descobri que não existem palavras ou sentimentos que consigam definir e demonstrar o que penso e sinto ao seu respeito.
O que posso dizer?
Aline, a minha filha? Ah!... Ela é linda!
Aline... Acho Aline tão doce, que quase posso sentir o sabor... Sabor de bala de côco, suspiro e algodão doce. Também sinto o cheiro... Cheiro de brigadeiro, doce de leite...
Aos meus olhos de mãe você consegue ser mais que isso...
Uma flor... Isso! É assim que a vejo, como uma flor... Alegre e delicada.
Sei que algumas flores têm espinhos e a minha Aline não é diferente, em alguns momentos fico espantada com tanta determinação e ousadia. Digo que me espanto porque Aline é sempre tão meiga e passiva, desde pequena...
Você nunca reclamou das roupas que ganhava, pois não eram de grife, sempre concordava com tudo... Para você tudo sempre estava muito bom. Você sempre teve o dom de se adaptar-se a situações adversas.
Seu modo de pensar, falar e se expressar sempre foram suaves e contidos, talvez seja por isso que você tenha passado despercebida.Quando vi, já tinha crescido e se tornado uma mulher.Deve ser aquela velha história da filha do meio...
Você cresceu e adquiriu com o tempo um jeito impulsivo de falar e se defender, assim, digamos igual a mim... Mas não perdeu a essência de humildade e respeito.
Em algumas ocasiões você parece gente grande... Me dá até conselhos!Parece que a mãe é você... Em outras, é tão ingênua... Costumo dizer que você só entende uma piada dois dias depois! Você diz: Ah! Entendi... Que horrível!
Toda vez que a vejo, seja chegando ou partindo, meu coração fica apertado, tenho vontade de agarrá-la e não deixá-la sair de perto de mim. Sempre digo ao seu marido: Eu aceito devolução!
Sabe... Tenho alguns arrependimentos, queria poder voltar no tempo e refazer alguns acontecimentos, algumas atitudes... Mas você sabe... O tempo não volta... Até hoje, agora, faço planos de como será nosso próximo encontro, mas na hora que nos encontramos é tudo tão corrido, tão rápido, que quando vejo, o momento passou.
Hoje estamos um pouco distante dos olhos, mas sei o quanto você se esforça pra poder me ver de vez em quando. Você não faz idéia de como fico apreensiva e eufórica sempre que vou te encontrar.
Peço a Deus em minhas orações que você realize seu grande sonho, que é de ser mãe. Tenho certeza que você vai ser uma mãe maravilhosa, seus filhos serão lindos, lindos como você!
Minha filha ALINE.
Essa é pra você!

Laura Jacob

Minha filha tem 19 anos e eu tenho 49, portanto sou 30 anos mais velho que ela e tenho duas vezes a idade dela mais 11 anos.

Daqui a um ano ela terá 20 anos e eu 50 e continuarei tendo o duas vezes mais a idade dela mais 10 anos.

Daqui 11 anos eu terei 60 anos e ela 30 anos e terei apenas o dobro da idade dela.

Estaria eu parando no tempo ou ela avançando?

Janicelio