Textos de Sonhos

Cerca de 2906 textos de Sonhos

...E depois ainda pensava na existência,
mas podaram nossa liberdade
e castraram nossos sonhos.
Tola rebeldia (livre passagem a desordem)
que nos submete à longínqua cena de carências
adquirida em um túnel de mentiras.
Começamos a andar em círculos,
e então, nossos inúteis braços criaram asas,
e voamos, como pássaros,
em direção ao sol, até morrermos queimados.

(Rumo ao Sol)

Rudi Caldeira

Teus dedos que me acariciaram
São agora agulhas envenenadas
Carrego comigo só nossas lembranças
Nas curvas solitárias dessa estrada.

Minha visão está embaçando
Pelo sangue que escorre em minhas mãos
A cada pulsação me distancio da vida
O vermelho vivo está morto pelo chão.

Por que nossos heróis não sofrem?
Por que não sermos nossos próprios heróis?
Dia a dia tudo se esvai....

Talvez eu tenha dificultado
Mas é tarde pra ‘talvez’

Fiz de tudo pra me destruir
até conseguir.

(Tudo se Esvai)

Rudi Caldeira

Me deixem livre para que eu possa sonhar com o que quero sonhar.
Não duvidem de minha vontade de realizar esses sonhos.
Em mim o impossível se transforma num difícil metido a fácil.
Deixe-me sonhar.
Preciso disso para viver.
Hoje já não durmo para descançar mas sim para poder ter meus sonhos.

Professor Galvão

Hoje em dia as pessoas trocam de amores, sonhos, amizades, sentimentos, como se estes fossem chinelos que, por terem tido um defeitinho de nada, já não servem mais.

Com isso as pessoas se tornam cada vez mais vazias, solitárias e tristes,
a felicidade esta na simplicidade, que só é capaz de ser vista aos olhos dos sonhos e nossos corações.

Cristian Julberto

AS PÁGINAS DA VIDA
Autora: Profª Lourdes Duarte

As páginas da vida são cheias de surpresas
Momentos alegres e momentos tristes
Escrevendo capítulos por capítulos no arrebol da vida
Extrapolo sonhos! Vivencio as mágoas, amores e paixões.

Mantive-me em pé, mesmo ferida
Varri a alma, aliviando as angústias,
Desbravei mistérios e fantasias,
suportei sofrimentos e decepções.

Mantenho viva a chamada da esperanças e os pés no chão
Escrevo a minha história, ora alegre, ora sofrida
Convivendo com fortes e com fracos,do meu jeito,
Aprendi viver com os falsos e os sem coração.

Nos capítulos da vida encontro maravilhas
Pessoas que amo e me fazem feliz
As flores nos campos, o ar que respiro,
O sorriso de criança e Deus que me estende a mão.

Tento reflorescer a minha vida, amando-a e sendo feliz
Felicidade eterna não existe o que existe são momentos felizes.
E nunca se esqueça do principal:
No livro terrestre da vida, o Ator é Você!

Prof Lourdes Duarte

A dor que destruiu um passado que tinha tudo para ser perfeito

E você repete inúmeras vezes em sua mente "estou cansado", logo em seguida se questiona o porque. Depois de tantas tentativas de encontrar a resposta, percebe que não sabe os reais motivos que te fazem se sentir assim.
Chegou em um ponto, que já acumulou tanta dor, tanta tristeza, tantos problemas anexos as dificuldades, que não há felicidade plena que te deixe bem constantemente.
Um vazio abre em seu peito e seus pensamentos são tomados por milhões de memórias que não param de girar, e as que mais aparecem são aquelas que foram capazes de arrancarem seus sorrisos singelos e em seu lugar fixarem os medos.
O mundo te julga e nunca tentará entender suas angústias, as quais te fazem chorar posteriormente ao ato cotidiano de deitar sua cabeça no travesseiro. E cada lágrima é decorrente de tudo que já fora capaz fazer seu coração sangrar.
Você conseguirá passar por tudo isso com a cabeça erguida, por mais que cada esquina que precise dobrar roube um pedaço de você. Aos poucos vai reconstruir sua vida e junto a ela você mesmo. Seus sonhos se erguerão e te darão motivos pra sorrir. Isso te fará amenizar as dores, mas sim, as cicatrizes ainda permanecerão lá.

Angélica Arantes

Maldição da vida

A vida em seu início é pouco lúcida. Cheia de novidades, descobertas e de um dos dons mais importantes, que após alguns anos se perde como uma pluma que voa guiada pelo sentido do vento. Crescemos, aprendemos e nos desenvolvemos. Mas perdemos um dos dons mais lindos da humanidade, a pureza. Os mesmos olhos curiosos que pela primeira vez viram a luz, viram a vida e nem se quer sabiam do que se tratava, se transformam anos depois em retinas fatigadas, que abrem-se na esperança de que o dia que está por vir, a vida que está por acontecer, seja o menos desoladora possível.

Ora, quando foi a última vez que você acordou e viu apenas coisas novas, um mundo novo, onde você pode começar a explora-lo? Sem maldade ou obrigação nenhuma. Rir apenas de um rasgar de uma folha parece uma coisa imbecil, não?!

Mas imbecil não é quem com toda a pureza do mundo não sabe absolutamente de nada, é aquele que com todo o conhecimento do mundo, perde o dom da pureza.

Creio que é esta a maldição da vida, acordar e não poder ver mais um mundo a ser explorado e sim ser explorado por um mundo impuro.

Gilson Miranda Junior

As vezes você observava que nem tudo é como a gente sonhou
começam as decepções, os desencontros, as brigas!Ai você aprende que sonhos são frutos da imaginação e a realidade
é outra coisa, bem diferente. Passa a desconfiar de tudo e de todos e dessa forma aprende a viver.Descobre que viver machuca a alma, os sentimentos, machuca a gente. Uma pena saber que sonhos não existem, pelo menos pra mim.

Guilherme Sanches

Palavreado

Palavras devem ser planejadas,
para que se faça um encanto.
Cuidado com o que dirá,
para não descortinar o meu pranto.

Palavras devem ser vividas,
para fazer parte de nossos planos.
Cuidado com o que dirá
ao surgir nos meus sonhos.

Palavras vêm e vão,
de noite e de dia,
Palavras vêm e vão,
maltrata e alivia

Maurivânia Medeiros

SONHOS.
Independentemente da idade, os sonhos são necessários à nossa sobrevivência.
Para os jovens, a luta incessante para torná-los, com o tempo, o que de início era impossível, em realidade.
Aos idosos, o sonho é sinônimo de esperança para continuar vivendo.
Em ambos os casos, quando os sonhos se acabam, morrem com eles o sentido de viver.

Márcio Souza

Ver o preço de algo em seu sonho simboliza o valor que você atribui a você mesmo, seu tempo e suas habilidades.
Se julgar o preço for alto, então indica que você esta se valorizando. Se o preço for baixo significa que você está subestimando suas qualidades.
O sonho com preço também simboliza auto-estima.
Acredite na sua sorte

Amauricio Ochôa de Borba

De olhos fechados

De olhos fechados
Meu mundo é diferente.
Fecho meus olhos para te sentir... sentir de novo os detalhes dos teus lábios, teu olhar.

Te sinto ...
Sinto tua voz , teu sorriso, tua alegria, tua seriedade

O coração dispara...
Quieta, espero.
Qualquer coisa... um gesto, uma palavra, um sinal. Esperança...

De olhos fechados, murmuro baixinho...vem
Para que dizer mais? Esta tudo ali... vem...
Tantos inefáveis afagos...

Em meus sonhos você habita.
A realidade não tem mais efeito , não importa o que faça...
Perdi a alegria, desconheço a lógica, já não tenho euforia .
Vem.... vem sonhar comigo...

Gracia Monte Barradas

...A humanidade encontra-se em evolução contínua, e isto inclui voltar atrás, inclui enxergar além daquilo que se pode ver, e inclui pensar.
Dessonhe se for necessário. Sonhe novamente, e dessonhe.
Dessonhar não é para qualquer um. Dessonhar pede coragem de admitir que aquele sonho não tem mais o porque de ser sonhado. Então, dessonhe, se for o caso.

Que graça teria a vida, se não fosse pelos sonhos, e dessonhos. Pelos amores, e desamores, pelas curas e pelas dores?

Fernanda Sorce Marinho

A sabedoria do mundo é loucura porque reflete noções falíveis de um mundo ilusório. E mais: diante do Ser Sonhador (Deus – a Origem), é risível que elementos dependentes das condições de Seu Sonho se julguem existentes, quando não passam de essências dentro de uma realidade circunscrita e mutável. “O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos”.

Ou seja: o Sonhador conhece todos os elementos de seu sonho, inclusive as bizarrices pelas quais tais entidades transitórias (nós mesmos) se regozijam em ter como manifestações de “glória” nesse teatro de bonecos.

(Em "Ensaio Filosófico sobre o filme 'A Origem'": http://wp.me/p2EJn7-44)

Ebrael

Não conseguimos provar a existência de Deus porque nós mesmos não "existimos"; apenas subsistimos. Não haveria como nos dar conta da Existência (ausência de condições subjacentes) sem que se dissolvessem nossos próprios veículos subsistentes (reais apenas enquanto sujeitos a condições). Provar que Deus existe seria como nos dar conta que nós não existimos como pensamos existir, mas que tudo é passageiro.

(Em "Ensaio Filosófico sobre o filme 'A Origem'": http://wp.me/p2EJn7-44)

Ebrael

Sem Sofrimento

Os sonhos
precisam existir…
Eles que nos dão a liberdade
de sonhar como desejamos.
Sem dor…
Sem sofrimento!
Eles que nos permitem
pintar a vida de cores, de alegrias…
Se podemos sonhar com a plenitude…
Porque iremos manchar os
nossos sonhos, com a dor,
a decepção a tristeza e a solidão?
Sonhemos certo!
Sonhemos com aquilo
que nos faça felizes.
E veremos que aos poucos
aquele sonho, vai se encaixando
como um quebra cabeças.
E finalmente…
Vamos nos completando.
…e novos sonhos irão surgir.
Um desafio?
Talvez!!

Dayse Sene

Eu tive um sonho em que negros moravam em condomínios de luxo, frequentavam colégios elitizados e os bancos das universidades, sem que fossem serviçais, que ganhassem bolsas filantrópicas ou que fossem necessárias cotas...
Eu tive um sonho em que negros trabalhavam no atendimento de lojas de grifes, agências bancárias, ocupavam cargos de destaque, como Ministros do STF, sem que a cor de suas peles fossem mencionadas e dirigiam carros caros na condição de proprietários...
Eu tive um sonho em que os negros eram respeitados pela sua inteligência e capacidade de trabalho, independentemente da sua força no esporte ou no talento para música...
Eu tive um sonho em que nas rodas de amigos, ninguém contava piadas racistas, onde os negros e pardos presentes, ao ouvi-las, ainda eram obrigados a esboçar um sorriso amarelo para não constranger quem as contava...

Eu tive um sonho em que não era necessário a criação de um feriado para conscientizar as pessoas acerca da existência de uma doença da alma, que se chama racismo...
Eu tive um sonho em que negros e brancos, caminhavam juntos, de mãos dadas...
Eu tive um sonho em que todo tipo de segregação tinha sido banida da terra, sobretudo a racial...
Eu tive um sonho...

Everton Casimiro

Fim de ano

Todo final de ano é marcado pelas mesmas coisas: comprar presentes, comprar roupas novas, armazenar comida, torrar o décimo terceiro ou guardá-lo para pagar as contas acumuladas durante está estada agora chamada de “ano velho”. Mas isso é típico de todo brasileiro, quiçá do mundo. Planejar, planejar e planejar e no fim das contas, não fazer nada do planejado. É como gastar tempo perdido do tempo que você não tem para gastar. Mas tudo bem. É assim mesmo. O mundo gira nestas condições. São essas pessoas que fazem a economia do país aumentar, são elas que ajudam a distribuírem energia para sua casa, e são elas que trabalham como formigas para terem um curto período de férias onde descansam, assim como você.
Só que também temos aqueles sonhos absurdos que enchem os nossos corações de esperanças e assanham as nossas lombrigas de vontades: trocar o carro, viajar para fora do país, ganhar na mega sena e sair cantarolando pelas ruas da cidade feliz da vida. Sonhos absurdos. Absurdos. Literalmente absurdos! Desculpem-me o pessimismo, mas você sabe qual a probabilidade de ganhar na mega sena? 1 em 50.063.860, o que equivale em 0,000002%. Desculpem-me mais uma vez. Eu não quis desanimá-los. Não quis. Juro. Sair pela cidade feliz nos dias de hoje é pedir para levar um tiro na cabeça e ser tachado de louco. Enfim, somos tão tontos quanto um gato manhoso brincando com um novelo de lã. Sonhamos alto, muito alto e sempre caímos feio, muito feio.
Tudo isso chega a ser patético ou até mesmo engraçado. Na verdade é ridículo. O seu carro não vai sair da garagem sozinho e entrar numa concessionária e um novo carro vai sair de lá e ir para sua garagem numa bela manhã de quarta-feira. Ninguém vai comprar uma passagem para você com destino Havaí e te dar de graça. Grátis hoje em dia nem água. Custa em média dois reais. É caro. De graça nem mesmo uma bala, famosa agora por ser confundida como moedinha de troco. Sonhar não faz mal. Mal faz é sonhar sem nada fazer para tornar algo realidade.
Pior que final de ano só mesmo meia molhada. É o caos!

Matheus Grégory

Sonhos....
Nao importa a idade que temos...o coração é sempre adolescente e jovem...e sente saudades...e sente falta... e as vezes não compreende as razões, a vida, as complicações porque tudo o que se mais deseja é aquele colo gostoso, o aconchego, o conforto de um abraço. ... de um beijo que te faz esquecer de tudo.....
Aquilo que te faz forte porque te faz feliz...e as vezes você pensa se o teu sonho é sozinho...Se existe do outro lado as mesmas emoções... Os mesmos desejos...os mesmos sonhos...

Grácia Monte

CARTA PARA 2014

Caro 2014... como de costume tô aqui, mandando minha cartinha de apresentação. Eu poderia mandar um email, um SMS, uma mensagem no whatsapp, mas resolvi deixar a tecnologia um pouco de lado e voltar às origens. Sei lá, tenho vivido numa correria constante, imediatista e 'moderna'... acho que tá na hora de simplificar um pouco a minha vida.

Sabe, 2014, eu imagino a pressão que você deve estar sentindo em um momento como esse, quando praticamente o mundo inteiro está aguardando ansiosamente pela sua chegada e o pior: cheios de (boas) expectativas. É terrível isso, não? Nos sentimos pressionados e preocupados em agradar e no final as coisas podem não sair como o ‘planejado’. Mas eu não vim aqui te cobrar nada. É certo que eu desejo muita coisa... amor, realizações, paz, dinheiro, prosperidade, saúde. Porém eu sei que isso depende muito mais de mim do que você.

Teu irmão 2013 tá indo embora e posso dizer que não nos tornamos grandes amigos. Tenho que admitir: não foi culpa dele. Eu é que não fiz minha parte para esse relacionamento dar certo. O ano estava aí, todinho pra mim e eu não soube aproveitar. Mas em compensação desejei (e lamentei) que foi uma beleza. Não fiz nem metade das viagens que quis, não realizei nem metade dos sonhos que tenho, me calei quando devia falar, falei quando devia me calar. Na maior parte do tempo fiquei só na vontade. E ficou por isso mesmo. Hoje olho pra trás e lamento por esse desperdício. 2013 poderia ter se tornado inesquecível. Não foi e não dá mais tempo de ser.

Por isso, 2014, eu tô muito afim de me dar bem com você. Muito mesmo. A única coisa que vou prometer é que me esforçarei pra fazer a minha parte. E dessa vez vou mesmo, pode acreditar. Sonhar e agir, desejar e correr atrás. Menos lamentação e mais ação, entende?

Bom, espero que sejamos grandes parceiros.

Grande abraço e seja bem-vindo.
Eu

Tainah Ferreira