Textos de Saudade

Cerca de 4287 textos de Saudade

SAUDADE
De vez em quando eu penso em ti
então minha voz se cala
meu corpo estremece
e meu coração bate desesperadamente...
uma lágrima se atira a esmo no espaço
e meus olhos se perdem no infinito.

De vez em quando eu te sinto
acariciando o meu rosto
balançando a cabeça, teus cabelos roçando o vento
tua voz acariciando meu ser
de vez em quando eu te encontro
perdida em meus passos
indomável diante dos meus braços
distante do meu sentimento.

De vez em quando eu penso em ti
como uma andorinha que se foi
como um raio que se apagou
ou uma luz que se perdeu no mar
de vez em quando eu te pressinto
tão perto e tão longe
tão perto que nem posso te alcançar
tão longe que não consigo te esquecer.

De vez em quando eu choro
e não consigo conter minha dor
por não poder te ter
por não poder te amar
por não suportar a força que tem
o rastro de uma felicidade
de vez em quando eu te tenho junto a mim,
pois és no meu amargor
a chama de uma saudade

Fernando Barbosa Filho

Um dia a maioria de nós irá se separar
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos compartilhados.

Se isso acontecer, e cada momento for mais raro, teremos as lembranças.

E se um dia meus filhos, ou quem sabe meus netos me perguntarem, vendo aquelas fotos “antigas”, quem são estas pessoas? E estas roupas esquisitas?

Após um breve riso direi com orgulho:
- Foram meus amigos, com os quais vivi meus melhores momentos.
Neste instante a saudade vai apertar, doer de fato pela ausência.
Quem sabe algumas lágrimas de tristeza e felicidade cairão de meus olhos

Almany Falcão - Poeta do sol

(...) saudade daquilo que fui e, sei, não sou mais e
nunca mais voltarei a ser. Mais logo afasto essas coisas da cabeça. Só trazem tristeza, reavivam coisas que eu não queria mais sentir. Essas lembranças passam pela cabeça sem se deter. São humildes, parecem esperar um aceno para caírem sobre mim. Quase nunca faço esse aceno; ela desaparecem, deixando um gosto e um cheiro muito leves de poeira, armário aberto depois de muito tempo, lençol limpo, café preto com broa de milho.

Caio Fernando Abreu - Limite Branco

Saudade

Não tenho percebido cores;
Não tenho sentido mais o néctar das flores;
Não sei mais o que é real e nem abstrato.

Talvez neste exato momento, não sonhasse com o futuro,
Nem vivesse no passado;

Há dias tenho vagado na mente distante, incessante,
Mas exatamente neste instante, tenho sido incoerente e não só com opiniões diferentes,
Mas também com pouca e muita gente.
Sou assim...Naturalmente!
“O que fazer?”.

Tenho medo da dor, tenho medo de sofrer,
Tenho medo de brigar com meu amor, de matar, de morrer...
Será que todos são assim?
Não sei mais quem sou!
Não tenho estado mais aqui comigo.

A saudade, engrandece a tristeza,
Que mesmo sendo de nossa natureza,
Não consigo aceitar!

Sinto falta de tudo, sinto falta de você!
Na memória, a lembrança tardia de um sorriso e um olhar de uma triste alegria, que glorifico!
É o que me faz despertar!

Diogo Sales

Saudades

Muito tempo sem você ao meu lado.
Às Vezes, vejo seu sorriso, seu olhar em outros rostos.
Toco seu rosto, acordo do sonho e encontro apenas o vazio.
Hoje percebo o quanto a vida é curta para deixá-la passar em branco.
Eternamente amigos, eternamente no coração daqueles que amam.
Um dia nos reencontraremos, não paro de sonhar com você.
Só quero abraçá-lo mais uma vez, sentir sua alma presente, seu olhar e suas mãos quentes.

Grazielle de Moura Ferreira

A SAUDADE QUE SINTO DE VOCÊ
Saudade é o q sinto de você,dói muito mais é bom lembrar dos momentos alegres que passei ao seu lado como eu queria que esses momentos voltassem por apenas 5min eu já mataria essa saudade mas ao mesmo tempo depois que passase esses 5min ela voltaria a sufocar por isso fecho os olhos e me lembro como agora o quanto era bom estar ao seu lado e choro só em pensar que posso não te ver mais então começo a orar e peço aos anjos que te proteja de todo mal e peço para que seja muito feliz pois apesar de tudo EU TE AMO e não suportaria saber que estar triste ...
...Saudade!Porque me sufoca?Porque não me deixa em paz?...
...Mais eu sei pq ...
...Simplesmente porque EU TE AMO e TE AMO tanto que nem eu sei lhe dizer
“Pois amar é muito mas sentir do q falar”

MARIA YDAIANNE MEDEIROS OLIVEIRA

POR QUE?

DE REPENTE O VAZIO
TRAZ O SOM DO NADA,
E NO SILÊNCIO QUE CRIO
VEM A AUSÊNCIA DE TUDO.
PARADO, INCRÉDULO, MUDO
NÃO QUERO SENTIR A FALTA
QUE CRESCE NO CORPO
E NA ALMA, E MALTRATA
O CORAÇÃO VACILANTE
COM AS INCERTEZAS
DE AMANTE,
DE TRISTEZAS.
POR QUE IR ADIANTE
NA ILUSÃO FUGAZ
DO AMOR VIVIDO?
O AMARGOR QUE VEM À BOCA
É A PERDA SENTIDA,
E LÍVIDO
BUSCO COMPRENDER O PARTIR
SEM ADEUS, SEM PORQUE.

Victor Motta

Saudade não é o que a gente sente quando a pessoa vai embora. Seria muito simples acenar um ‘tchau’ e contentar-se com as memórias, com o passado. Saudade não é ausência. É a presença, é tentar viver no presente. É a cama ainda desarrumada, o par de copos ao lado da garrafa de vinho, é a escova de dentes ao lado da sua. Saudades são todas as coisas que estão lá para nos dizer que não, a pessoa não foi embora. Muito pelo contrário: ela ficou, e de lá não sai. A ausência ocupa espaço, ocupa tempo, ocupa a cabeça, até demais. E faz com que a gente invente coisas, nos leva para tão próximo da total loucura quanto é permitido, para alguém em cujo prontuário se lê “sadio”. Ela faz a gente realmente acreditar que enlouquecemos. Ela nos deixa de cama, mesmo quando estamos fazendo todas as coisas do mundo. Todas e ao mesmo tempo. É o transtorno intermitente e perene de implorar por ‘um pouco mais’.

Saudade não é olhar pro lado e dizer “se foi”. É olhar pro lado e perguntar “cadê”?

Beeshop

SAUDADE ESCONDIDA
Se voce procurar
Uma lagrima em meu olhar
E nao conseguir encontrar
Nao pense que eu te esqueci.
Mas apenas minha saudade escondi.

Eu procuro nao revelar
esta saudade que vai me matar
a qualquer hora e em qualquer lugar
Porque cada minuto
Eu vivo a te amar...

E se enfim,..
Puderes ver uma lagrima rolar .
É simplesmente porque ja nao aguento mais me torturar
E em lagrimas...
Pretendo me derramar!...

Rafaela Augusta da Silva(rafaelapoetisa)

SAUDADES

Foi por ti que num sonho de ventura
A flor da mocidade consumi...
E às primaveras disse adeus tão cedo
E na idade do amor envelheci!

Vinte anos! derramei-os gota a gota
Num abismo de dor e esquecimento...
De fogosas visões nutri meu peito...
Vinte anos!... sem viver um só momento!

Contudo, no passado uma esperança
Tanto amor e ventura prometia...
E uma virgem tão doce, tão divina,
Nos sonhos junto a mim adormecia!

Quando eu lia com ela... e no romance
Suspirava melhor ardente nota...
E Jocelyn sonhava com Laurence
Ou Werther se morria por Carlota...

Eu sentia a tremer e a transluzir-lhe
Nos olhos negros a alma inocentinha...
E uma furtiva lágrima rolando
Da face dela umedecer a minha!

E quantas vezes o luar tardio
Não viu nossos amores inocentes?
Não embalou-se da morena virgem
No suspirar, nos cânticos ardentes?

E quantas vezes não dormi sonhando
Eterno amor, eternas as venturas...
E que o céu ia abrir-se... e entre os anjos
Eu ia despertar em noites puras?

Foi esse o amor primeiro! requeimou-me
As artérias febris de juventude,
Acordou-me dos sonhos da existência
Na harmonia primeira do alaúde.

Meu Deus! e quantas eu amei... Contudo
Das noites voluptuosas da existência
Só restam-me saudades dessas horas
Que iluminou tua alma d'inocência.

Foram três noites só... três noites belas
De lua e de verão, no val saudoso...
Que eu pensava existir... sentindo o peito
Sobre teu coração morrer de gozo.

E por três noites padeci três anos,
Na vida cheia de saudade infinda...
Três anos de esperança e de martírio...
Três anos de sofrer — e espero ainda!

A ti se ergueram meus doridos versos,
Reflexos sem calor de um sol intenso,
Votei-os à imagem dos amores
Pra velá-la nos sonhos como incenso.

Eu sonhei tanto amor, tantas venturas,
Tantas noites de febre e d'esperança...
Mas hoje o coração parado e frio,
Do meu peito no túmulo descansa.

Pálida sombra dos amores santos!
Passa quando eu morrer no meu jazigo,
Ajoelha ao luar e entoa um canto...
Que lá na morte eu sonharei contigo.

Álvares de Azevedo

Você me faz falta.
É. Talvez eu não deva estar te falando isso. Mas a saudade que eu senti hoje foi mais forte que qualquer "orgulho".
Saudade de você me fazendo rir o tempo todo.
Saudade do seu abraço que me fazia esquecer do mundo.
Saudade das nossas conversas.
E até de nossas pequenas brigas e discussões.
Saudade até de você emburrado do nada.
De você tentando me enganar.
Saudade das nossas incertezas.
Saudade da esperança que eu possuia de ficar contigo um dia.
Saudade de tudo.
Saudade de VOCÊ.
Eu te amo.

Raíssa Alves

cansei.
cansei de sentir saudade
cansei de esperar
cansei de fingir
cansei de pensar ter e não ter
cansei de errar
cansei de sentir medo
cansei de chorar
cansei de beijar sem paixão
cansei de apenas bons amigos
cansei de sorrisos plastificados
cansei de querer
cansei de falar de você
cansei de pensar em você
cansei de não ter valor algum diante de ti
cansei de olhar pra lua
cansei de ouvir tua voz
cansei de sentir teu cheiro
cansei de sonhar
cansei.

[.:Crisley Ramos:.]

Crisley Ramos

O que fazer quando angustia, ódio, magoa, amor, saudade, tristeza, certezas, incertezas, lembranças, e muita vontade de ver e ao mesmo tempo evitar ver, de querer e não querer ou mesmo nao poder, batem na pessoa tudo ao mesmo tempo?

Quando tentamos abrir os olhos para algo novo, mas este novo demora mais do que queremos, quando queremos mudar mas não conseguimos, quando quem tu quer, nunca mais estará por perto, ou mesmo, não saber se você quer ou não ela perto de novo...

Sentir aquele aperto no peito e saber q "aquela", nunca mereceu seus gestos, suas flores, seu pensamento, e agora, tão pouco seu sofrimento.

Algo que se batalha por tanto tempo, que se constrói, que se faz com amor, e você ve desmoronar como um castelo de areia á beira do mar e ñ poder fazer nada!?

Digo uma coisa, sinto tudo isso, mas acho que encontrei a resposta... amigos, isso é oque fazer

E tu, meu amigo, dizer que estou errado em sofrer tanto por alguem que não me merece, não vai adiantar, porque quanto mais passa o tempo mais eu percebo que eu me apaixonei pela pessoa errada, mas me apaixonei...

Cristiano Deon

Distante assim meu riso é pranto
É lágrima de saudade
De tristeza metade
E metade de encanto
Um tanto felicidade
E amor outro tanto!

Distante assim sou casa vazia
Sou do beijo lembrança
Sem par em dança
Resquício de alegria
Amor que não se cansa
Distância tripudia!

Tão perto assim sou mãos dadas
Um dormir nos braços
Acordar no abraço
De bocas coladas
É um não cansaço
De fazermos nada!

Tão perto assim sou você
Um caso perfeito
Seu corpo, seu beijo, seu jeito
E um medo de perder
Sou amor que bate no peito
Eternidade a me envolver...

Rafael Almeida

CARTAS SAUDADES
Feito um tornado a saudade misturou dentro de mim a tristeza com a felicidade. Bastou sua imagem aparecer na minha mente para começar a sentir uma alegria incontida derramar sobre os meus instintos pelo simples fato de saber da sua existência, porém ela veio seguida de um mórbido desanimo por você não estar aqui comigo.

Às vezes tento entender o que acontece com o tempo quando ficamos juntos, meu relógio mede as horas de uma forma diferente, pois cada minuto que passa parece um segundo e nunca é suficiente o tempo para conter a minha saudade. Talvez seja porque fico sorrindo feito bobo ao te ver ou quem sabe por nunca saber o que dizer. Mas o que devo fazer se gosto de admirar a sua beleza e fico paralisado na sua presença.

Sei apenas que me sinto especial quando estou próximo de você. A forma que fala de mim me faz acreditar que alguém melhor eu posso ser. Sinceramente não sei se é por amor ou por seu otimismo, mas parece que cada sonho agora se torna algo possível. Perdoe se às vezes mando mensagem o dia inteiro ou se telefono e muitas vezes não tenho o dizer, isso é apenas o reflexo do quanto quero bem você.

A saudade é o verbo de quem ama, eu sutilmente te amo perto ou longe, pois mora dentro do meu coração, te encontro nos meus sonhos, no rosto de estranho numa fila de banco e até mesmo no meu medo do amanha voltar a ser como antes. Por isso quero aproveitar a cada instante, nem que seja para passear de mãos dadas nas asas do vento, pois qualquer coisa com você se torna mágico momento.

Deus te colocou na minha vida para que eu pudesse ter um rumo, quanto tempo não passei vagando sozinho no meio de loucos e no escuro, mas bastou um raio da sua luz para romper com toda a escuridão. Agradeço a paciência, a cada gesto de carinho, a cada vez que pedi ajuda e você me socorreu sorrindo, por me fazer sentir saudades e por saber que ainda existe amor de verdade.

GABRIEL BINATO

Hoje eu tomei um porre!
Fiz uma mistura de
Saudades e lembranças.
Misturei-as e estava
Pronto o drinque que me
Levaria onde eu queria ir.
Fiquei meio tonta,
Me embriaguei sem perceber,
Em leves goladas,
Cheguei em você.
Nem notei quantos copos enchí.
Lembro-me que poucos me bastaram,
Pois aí, eu já havia perdido a noção
De tempo, espaço, ou de onde poderia chegar.
Rapidamente uma gota salgada
Adentrou a uma última dose,
Era uma lágrima, uma única,
Que te suplicava.
Então outras desceram,
Me ví embriagada de
Saudades e lembranças.
E, como quem alcoolizado, de fato
Chamei, repetidas vezes, a nina
Que mora em mim...
Estava sim, ébria de
Saudades e lembranças.

edineide almeida

Há amores que se vão com o tempo
Há amores que não toleram a ausência
Há amores que não suportam a distância
Há amores que se desencantam com a rotina
Há amores envenenados por intrigas
Há amores que são feridos por palavras
Há amores que não alcançam a maturidade
Há amores que são trocados por interesse
Há amores destroçados pela desconfiança
Há amores machucados pela instabilidade
Há amores que não se encontram com a estabilidade
Há amores eternamente solitários
Há amores que se perdem por medo...
Apesar de tudo, apesar do amor, apesar do querer, por medo.
Há amores que se perdem até mesmo por excesso de amor!
Mas não ser feliz por medo de amar, mesmo que ainda doa, essa sim, é a forma mais covarde de se perder um grande amor!

Eliane Azevedo

Você...

Se a saudade pudesse falar;
esta diria teu nome...

Se as lembranças pudessem serem
reviviadas;
seriam os momentos meus contigo...

Se o meu sorriso fosse apenas para
alguém;
Seria para você...

Se o meu olhar tivesse apenas uma direção;
seria para o teu rosto...

Se o meu coração eu pudesse entregar
em uma caixinha;
Entregaria na porta do seu coração...

Se o seu calor dependesse do meu;
Ousaria colocar o meu corpo junto ao teu...

Se o meu amor fosse apenas para uma pessoa...
Eu não poderia da-lo a ti...
Pois a ti já pertence!

Anne Caroline M. M.

Saudade

Saudade, sombra que trilha, por onde
andou a paixão; inevitável cedilha da
palavra "coração".
Saudade, sino plangente, que badala
sem cessar, dentro d`alma e faz a gente
não sei porque, soluçar...
Saudade, palavra linda, inventada pra
dizer: eu te quis, te quero ainda e
sempre te hei de querer.
Saudade, estrela que fica, quando as
outras já se vão, e, ficando, mortifica
a noite do coração.
Saudade, febre que a gente sem querer
pode apanhar...nunca mata de repente
vai matando devagar.
Saudade, nem é preciso perguntar de
onde ela vem; basta lembrar o sorriso
e os olhos que você tem.
Saudade, fim de um enlevo, que perdi,
não sei por que, pois tudo isso que
escrevo são saudades de você.

Colombina

saudade é agonia
é beber todo dia e ainda assim ter sede
é se fartar na mesa e ainda sentir fome
é mergulhar no olhar e ainda assim se sentir de fora
é dormir como pedra e acordar quebrado
é andar lado a lado e sentir a distância
é dar a mão e quase nunca encostar de verdade
é estar lotado de emoções e ainda sentir o vazio
é pensar o tempo todo e viver com a cabeça nas nuvens
saudade é agonia
não é o passado bom
é o presente cheio de vontades...

renunes