Textos de Perdão

Cerca de 927 textos de Perdão

Amor e perdão


Das passagens bíblicas temos o exemplo de São Paulo que antes de ser Paulo era só Saulo de Tarso e perseguidor dos cristãos. Antes da visão que teve na estrada para Damasco, matou inúmeros seguidores de Jesus. Mesmo sendo assassino, tornou-se um dos maiores seguidores de Jesus e cumpriu sua missão pregando o Evangelho de Jesus ao mundo, em especial aos pagãos.
Pois é temos um santo que antes fora assassino e a nossa visão hoje dos criminosos? Como pode ser termos um santo que antes de sua conversão havia matado milhares de fies e não aceitarmos que alguém que já cumpriu sua pena tenha convívio na nossa sociedade.
Paulo de Tarso teve numa mesma existência a oportunidade de nos mostrar que é a mudança é possível, uma vida de crime passou a ser uma vida de amor. Ninguém sequer cita o passado de Paulo, todos são falam do amor que ele transmitiu em suas mensagens.
Porque então não podemos perdoar aqueles que cumpriram sua pena?
O que há de errado em nossa criação? Porque não conseguimos esquecer o erro alheio? Porque ficamos sempre indagando o porque, o motivo do que levou a fazê-lo?
Falta ainda muito amor em nossos corações. Incrível como o amor somente se manifesta em nossas relações mais próximas. Sabe aquela frase: “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”? Pois achamos lindo, cantamos com toda força dos nossos pulmões. Mas acho que nunca paramos para questionar que pessoas? Amar a quem?
Pois é o que devemos fazer preciso amar a quem?
Precisamos aprender amar a todas as pessoas do mundo sem distinção. Não é nada fácil, porque temos uma coisa dentro de nos chamada preconceito, que precisamos eliminar esse sentimento para então dar vazão ao amor.
Amor é a única forma de perdoar, só consegue perdoar quem sabe amar!
Faça disso seu projeto de vida: aprender a amar!!!!!!!!!!!!!!!
Para quem sabe consiga perdoar!!!!!!!!

Tamy Henrique Reis Gomes

Hum, hum . . .

Você quebra meu coração
E depois quer meu perdão
Meus passos na escuridão
Estou presa á uma prisão

O mundo me abraca
Meu coração pedindo mais esperança
Parece que estou a pedir força
Meus sentimentos dentro de uma bagunça

Quero me afastar de você
Mas não sei,
Algo dentro de mim diz que
Você está preso dentro de mim

Ás vezes será preciso
Dizer não ao coração
Dar limites de superação

Será que essa dor que sinto
Dentro de mim
É você dizendo não?
Sim, você me ama

Por causa de você
Não sei mais quem eu sou
Por causa de você
Não sei mais o que fazer

Não tenho a mesma certeza de antes
Desculpas, mas eu te odeio
Te odeio de tanto te amar
Por favor, peço que me esqueça
E você diz
Não dá, você roubou me coração

Quero me afastar de você
Mas não sei,
Algo dentro de mim diz que
Você está preso dentro de mim

Por causa de você
Não sei mais quem eu sou
Por causa de você
Não sei mais o que fazer

Sim, você
Você destruiu minha vida
Por causa de você

Se algum momento
Alguém dizer que
Eu nunca nunca te amei
Saiba que é mentira
Uma simples aventura
Querendo brincar com você

Você quebra meu coração
E depois quer meu perdão
Meus passos na escuridão
Estou presa á uma prisão
Por causa de você

<Letra Por Causa De Você>
Composta por: Erica Q. Campos

Erica Campos

A Glória de Ser Misericordioso

Em Êxodo 33 Moisés havia rogado o perdão de Deus para o pecado dos israelitas relativo ao bezerro de ouro, e mais do que isto, que Ele não negasse a Sua presença ao povo de Israel.
E tendo obtido o favor do Senhor, rogou que Lhe mostrasse a Sua glória, e foi atendido no que pediu, conforme vemos em Êxodo 34.
Todavia, o que Moisés veria seria apenas um vislumbre da glória de Deus, porque Ele lhe declarou que homem nenhum verá a Sua face e viverá.
O Senhor tomaria então a providência necessária para que Moisés pudesse vê-lo pelas costas passando adiante dele entre a fenda de uma rocha no monte Sinai, para onde o convocou para escrever de novo as leis em duas novas tábuas de pedra, porque no episódio da adoração do bezerro, ele havia quebrado as duas primeiras.
E o Senhor o cobriria com Sua mão na fenda da rocha até que tivesse passado.
Tendo ordenado a Moisés que subisse ao cume do Sinai na manhã do dia seguinte, e quando lá chegou, Deus proclamou as palavras que estão registradas nos versos 6 e 7 de Êx 34:
“Jeová, Jeová, Deus compassivo, clemente e longânimo, e grande em misericórdia e fidelidade, que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a iniqüidade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniqüidade dos pais nos filhos, e nos filhos dos filhos até a terceira e quarta geração.”.
Deus revelou a Moisés o motivo das penas da lei: Ele não pode inocentar o culpado, e está obrigado pelo Seu atributo de Justiça a exercer juízos sobre a iniquidade. Ele não pode portanto declarar que somos inocentes quando somos culpados, pois Ele é o Deus fiel e verdadeiro que não pode mentir. Mas como é compassivo, clemente e longânimo, grande em misericórdia e fidelidade, Ele pode perdoar a iniquidade, a transgressão e o pecado de todos os pecadores que se arrependam e se convertam dos seus maus caminhos, com base no sólido fundamento que é o pagamento total de nossa dívida de pecados por Jesus na cruz.
Assim, a lei manifesta estes dois aspectos do caráter de Deus: o punitivo e o perdoador.
A lei define o crime e estipula a pena correspondente.
Define o que é bom e estipula a recompensa.
E definia também quais são as ofensas para as quais não haveria perdão no período de vigência daquela aliança (de Moisés a João Batista).
E sendo a igreja uma sociedade dirigida por princípios diferentes dos que regiam o povo de Israel na Antiga Aliança, que constituía uma nação debaixo de um governo teocrático, com leis civis para dirigirem a nação, assim como todas as nações possuem os seus códigos penais e civis para regularem as relações da sociedade, não se prescreve portanto na Nova Aliança, para o povo de Deus, o mesmo processamento previsto na lei de Moisés para os casos de transgressão da lei.
Entretanto, se aprende por princípio, acerca da realidade de que o pecado sujeita à morte, e ainda que alguém que permaneça debaixo da escravidão do pecado não seja punido com uma sentença de morte neste mundo, é bem certo que esta pessoa além de permanecer morta espiritualmente, há de ser condenada à morte eterna, depois que partir desta vida. E se aprende também que Deus detesta o pecado e o punirá caso não haja arrependimento. Do mesmo modo que se agrada da prática da justiça e a recompensará.
Moisés havia preparado as tábuas de pedra para que Deus escrevesse a lei naquelas tábuas com o Seu próprio dedo. E como na Nova Aliança Deus tem prometido escrever a lei em nossas mentes e corações, nós temos que prepará-los para recebê-la, e isto se faz por arrependimento, confissão, fé, e por um caminhar na verdade.
O coração de pedra deve ser quebrado pela convicção e humilhação em relação ao pecado, e como lemos em Tg 1.21: “Pelo que, despojando-vos de toda sorte de imundícia e de todo vestígio do mal, recebei com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas.”. Assim, deve ser mortificado o pecado e em seu lugar deve ser recebida a palavra de Deus.
Tendo sido fortalecido pelas palavras que ouviu de Deus acerca do Seu caráter bondoso e perdoador, Moisés se sentiu encorajado a reafirmar a sua intercessão para que Deus perdoasse o pecado do povo, e pediu também o seguinte: “segue em nosso meio conosco.”; apesar de ser o povo de dura cerviz.
E nisto tudo Moisés se incluiu entre os israelitas assumindo o pecado deles como se fosse o seu próprio ao dizer: “Perdoa a nossa iniquidade e o nosso pecado, toma-nos por tua herança.”.
Nisto ele foi um tipo de Cristo que assumiu os nossos pecados como sendo seus próprios, apesar de não ter pecado, e que se identificou com os pecadores fazendo intercessão por eles junto ao Pai.
E Deus mostraria que é de fato perdoador, ao ter respondido à intercessão de Moisés com as palavras que lemos em Ex 34.10-17.
Ele fez uma aliança com eles de fazer maravilhas através de Israel que nunca se fizeram em toda a terra, de modo que os israelitas vissem a obra do Senhor, especialmente lançando fora da presença deles os habitantes de Canaã.
Mas para isto, deveriam se abster de fazer aliança com aquelas nações pagãs que haviam sido condenadas por Deus, em razão da sua impiedade e idolatria.
E não somente não deveriam fazer aliança com eles como deveriam derrubar os seus altares, quebrar suas colunas e cortar seus postes-ídolos, e também não deveriam dar seus filhos em casamento às mulheres de Canaã, para que não se prostituíssem com os seus deuses.
O perdão do pecado da adoração do bezerro de ouro não seria condicional, mas deveriam lembrar que a ruína deles, e o temporário desfavor que tiveram da parte do Senhor se deveu exatamente à idolatria que deveriam agora combater em outras nações, devendo se acautelar por si mesmos, para que não voltassem a incorrer no mesmo pecado.
Para reafirmar aos israelitas o seu completo repúdio à idolatria, no final das promessas e advertências feitas a Moisés para serem ditas a toda a nação de Israel, o Senhor proferiu o seguinte breve mandamento:
“Não farás para ti deuses fundidos.” (v 17).
Israel deveria revelar às nações que aqueles que adoram imagens de escultura não conhecem o Deus verdadeiro, ainda que o fato de simplesmente não adorar tais imagens signifique necessariamente que se tenha conhecimento de Deus.
Todavia, permanece uma verdade que aqueles que adoram ídolos ou seguramente não conhecem a Deus, ou então estão provocando a Sua ira, porque é Deus zeloso, e não divide a Sua adoração com ninguém, especialmente com falsos deuses criados pela imaginação dos homens.
Daí encontrarmos mesmo no Novo Testamento as seguintes exortações dos apóstolos aos gentios, que haviam se convertido e que tinham vindo do mundo pagão, que era dado à idolatria: “Filhinhos, guardai-vos dos ídolos.” (I Jo 5.21). “que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.” (At 15.20).
E a reafirmação das três festas solenes (18-27), que Israel deveria celebrar anualmente serviria para comprovar que Deus havia perdoado o povo, e para confirmar que a aliança que Ele havia feito com eles permanecia de pé apesar de a terem anulado com a idolatria do bezerro de ouro.
E lemos expressamente no verso 27:
“Disse mais o Senhor a Moisés: Escreve estas palavras: porque segundo o teor destas palavras fiz aliança contigo e com Israel.”.
No verso 28 nós vemos que a lei que foi escrita por Deus nas tábuas de pedra foram os dez mandamentos que ele havia proferido audivelmente a toda a nação de Israel.
E tendo passado quarenta dias e noites no monte com Deus, em jejum absoluto (v.28) comprovando-se assim que Deus é poderoso para preservar a vida daqueles que estão a seu serviço, quando estes se encontram em condições de não poderem se alimentar adequadamente, Moisés desceu com as tábuas com os dez mandamentos, e não percebeu que a pele do seu rosto estava resplandecendo de tal forma que o próprio Arão e os israelitas temeram se aproximar dele, mas ele convocou a Arão e os príncipes de Israel e lhes declarou os mandamentos e as boas notícias que havia recebido do Senhor em relação a ter declarado que seria favorável a eles.
E depois disse as mesmas palavras a todo o povo.
Depois de lhes ter falado colocou um véu sobre o rosto, e só o tirava para falar com o Senhor. (v. 29-35).
A glória de Deus estampada no rosto de Moisés era um sinal visível do favor de Deus concedido a eles, e da aceitação da sua intercessão em favor da nação.
De igual modo, quando Jesus foi transfigurado com a glória celestial no monte e se ouviu uma voz vinda do céu dizendo que Ele deveria ser ouvido por ser o Filho amado de Deus, isto também confirmava a aceitação do sacrifício que ele faria em favor dos pecadores em Jerusalém, para que o pecado deles pudesse ser perdoado, tal como os israelitas haviam sido perdoados por Deus, por causa da intercessão de Moisés em favor deles.
É bastante significativo, neste sentido, que Moisés e Elias tivessem estado com Cristo no monte da transfiguração lhe falando das coisas que em breve sucederiam em Jerusalém, relativas à Sua morte.
Moisés colocou o véu sobre a sua face para não fazer uma ostentação carnal da autoridade que lhe fora concedida por Deus, de modo que ele viesse a ser uma pedra de tropeço para os israelitas que poderiam se sentir tentados a adorá-lo.
Moisés sabia que era apenas um homem dependente, como os demais, da graça do Senhor e que somente Deus deve ser adorado.
Mas o Novo Testamento interpreta que aquela atitude de Moisés acabou servindo para ilustrar que apesar da glória que a dispensação da Lei, ou Antiga Aliança, possuía, havia nela uma obscuridade não revelada em suas instituições cerimoniais que apontavam para Cristo e para a graça do evangelho, porque um véu estava colocado sobre elas, de forma que os filhos de Israel não podiam ver distintamente aquelas verdades espirituais das quais a lei era uma sombra e figura.
A beleza do evangelho estava velada, ocultada na dispensação da lei, e o véu seria removido por Cristo (II Cor 3.13-16).

Baseado em Êxodo 34

Silvio Dutra

Um Céu na Terra

A salvação por Jesus Cristo
não é apenas perdão dos pecados
e o livramento da condenação
do juízo futuro e do inferno.

A salvação é muito mais que isto,
ela é a realização, o cumprimento
do propósito divino, que foi determinado
antes mesmo da fundação do mundo,
de formar para Si um povo santo,
exclusivamente Seu,
zeloso de boas obras de justiça.

Povo chamado do meio de pecadores,
e que deve ser portanto, justificado,
regenerado, renovado e santificado.

A salvação é um pacote completo,
para conduzir pecadores ao céu,
por meio da fé e do arrependimento.

A salvação é para ser desenvolvida,
é uma caminhada rumo à semelhança
com nosso Senhor Jesus Cristo.

Lembremos sempre que a salvação
é o cumprimento da promessa
de que iremos morar no céu,
por termos vivido em Cristo
aqui embaixo na terra.

Silvio Dutra

Sente um coração surtando, saltando, implorando perdão e lutando contra si mesmo. Sua respiração se torna ofegante enquanto ela percebe que não pode controlar tudo. Logo Ela! Deusa de si mesmo e de tudo ao seu redor...
Sente o álcool queimar sua alma, mas nada acaba. Corre a lâmina no próximo corpo, mas não se aquieta. Fecha os olhos e respira, olha para o mundo e percebe sua insignificância. Mede a calma e estica o tempo que aguentaria sem as curvas dela. Comete o pecado de lembrar, e se pune duas vezes.
Sai do necrotério e vai pro bar, foi um dia duro... Nem tudo pode ser medido em vivo e morto. Tem coisas que ficam no meio termo, coisas como ela. Bebe um gole do fogo e sente seu coração parando. Sorri sem humor, e tudo volta ao lugar de sempre.

Rafaella Kristinne

"Para pessoas sem o perdão no coração ...
Viver e um castigo pior do que a morte...
Nao morremos quando deixamos de viver...
Morremos quando deixamos de sentir..
Quando deixamos de nos importar com a vida..
E nesta morte..a pior pena e sempre aquela que...
Nos condenamos a viver eternamente em nossa própria companhia !!!

FELICIO

Permita-se mais, mas...

Permita-se errar, mas reconheça seu erro, peça perdão e não volte a cometer o mesmo erro. Permita-se aprender com esse erro, pois ele não será mais permitido.
Permita-se perdoar, mas não guarde o erro para usá-lo como desabafo depois. Perdoar é livrá-lo daquele erro, dando-lhe uma nova chance de nunca mais cometê-lo. Lembre-se: você erra também!
Permita-se chorar, mas valorize cada lágrima derramada: seja ela de tristeza ou de alegria.
Permita-se sorrir, mas tenha consciência que o mundo às vezes vai te fazer chorar e, do outro lado é triste, não vai lhe permitir voltar. (Um sorriso sincero é estimulante e sempre bem vindo).
Permita-se sonhar, mas não durma no ponto. O melhor sonho se vive acordado. E é esse que te dará permissão de se realizar.
Permita-se calar e ouvir, mas não deixe de expressar sentimentos e vontades. Pois esses, são gritos dentro de você. E, até o silêncio, às vezes é barulhento.
Permita-se falar, mas respeite seus pensamentos e valorize suas palavras: eles têm grandes poderes!
Permita-se voar, mas mantenha os pés no chão. Manter-se equilibrado é o que te permitirá alçar voos cada vez mais altos e, se manter no ar.
Permita-se cair, mas não permaneça no chão. Ele te sustenta, mas não te levanta: você pode voar, lembra?
Permita-se duvidar, mas não perca a fé. Ter no que acreditar é nunca estar só.
Permita-se acreditar, mas não deixe de duvidar. O tolo é cheio de confiança. O sábio é cheio de dúvidas. Não acha?
Permita-se viver, amar e ser amado. Pois são esses que te darão permissão de errar, aprender, perdoar, chorar, sorrir, sonhar, calar e ouvir, falar, voar, cair, duvidar, acreditar... Permita-se mais, mas sempre fazendo o bem.

Sílvio Fagno

Se a vida foce igual um filme
O passado ñ importaria
O futuro iria ser pensado
O Perdão iria existir
As coisas seria mais facil
Os momentos mas felizes
O sorriso mas rapido
A tristeza teria um fim
Os pesadelos acabaria
O final seria lindo
A vida seria otima
Mas nada disso é real
Tudo aquilo que é uma realidade ñ é legal

tais cardoso

A necessidade de adquirir o Perdão !

Desde o princípio dos tempos, todos os seres os humanos, são acometidos por erros, resultando ao acumulo de tamanha frustração e fracasso, movido por exagerada insignificância ou seguida por padrões anormais.
Nenhuma luta se torna em vão, se houver reconhecimento e expectativa de superar e vencer. Os obstáculos de forma alguma ficaram de plateia, pois seriam os primeiros a tentar interromper sua trajetória. Não surgindo grande efeito ou impacto negativo em nossas vidas, a gente acaba a se deparar com "novos caminhos", atalhos e desvios, se tornando a porta de entrada que induz ao erro. Infelizmente existe esta falha em nossos corações, por mais que temos conhecimento da existência do caminho correto, buscamos geralmente nos mover para os atalhos, onde a maioria das vezes nos leva a lugares que não queríamos e não estávamos preparados a nos deparar.
Tais influências trazem efeito efeito negativo em nossa existência, mas só percorremos o caminho do erro quando decidimos arriscar e segui-lo. Pois nenhuma força é superior a força de vontade. Assim são mostrados e dado sabedoria sobre estes caminhos, cabe a nós decidirmos quais vamos seguir!
Alguns podem se tornar irreversíveis, a ponto, quando desistimos de superar e melhorar, até mesmo consertar. Se torna uma lição de vida, a partir do momento em que reconhecemos e admitimos nossos erros, e nos tornamos verdadeiramente motivados por nosso interior a visão e necessidade de reconhecer tamanho fracasso. E procurar de forma alguma, por mais que seja difícil desistir ou abandonar a necessidade de mudança de trajeto, e necessariamente evoluir em sabedoria para encontrar um novo caminho correspondente ao certo.
O perdão se torna um objetivo exuberante e pacífico quando o pretendemos obter variavelmente sem nenhum obstáculo ou impedimento. Podendo não ser negado nunca, a quem merece! E a quem tem o privilégio de poder perdoar, não deixe nunca que seu coração se encha de orgulho, quando uma pessoa de fato busca o teu perdão com intensidade verdadeira.
A vida materialmente é diversificada e passageira, em hipótese alguma devia ser aceita e apropriada para favorecer e exercer o mal. Destes que encontram em débito com o perdão, encontre uma maneira de buscá-lo e não se envergonhe, pois já se envergonha em errar. Mas não deixe tamanha vergonha se manifestar e reinar, que é desistir e fracassar duas vezes.


Apenas, lute pra buscar o melhor caminho ...

Lucas da Silva Moreira

RECEITA DE PÁSCOA

Ingredientes

Alegria

Paciência
Paz
Perdão
Perseverança
Vontade de ser feliz

Modo de fazer

Misture no recipiente bem lavado da sua alma, chocolate,mais perdão e alegria.

Deixe calmamente em banho-maria até que todas as mágoas e rancores sejam depurados.

Espere esfriar um pouco, salpicando perseverança e paciência e despeje nos dois lados do coração.

Prepare o seu bombom predileto com recheios de paz e vontade de ser feliz.

Desenforme as duas partes moldadas no coração, coloque dentro os bombons, embrulhe com um papel transparente de amizade verdejante e luzente de esperança.

Amarre com fitas prateadas de carinho e mande muitos,muitos para quem não te entende também...

É tempo de redenção.

Equipe SESICOMAR - Abril2011

Salmo de Perdão

Deus, não me abandone,preciso de ti..
Várias pessoas falam teu nome em vão e não confiam no Senhor..
Tende piedade dos mesmos...Não sabem o que fazem..
Acalma o coração dos preocupados e que choram, seja a alegria das nossas vidas...
Às vezes executamos coisas que não provem do teu Reino, e, o Senhor te aborreces.. Mas nos perdoe, você é o caminho da Luz que , por nós deve ser seguido.

Vinicius Prates

Quem vai me abraçar demonstrar um perdão, compreender-me dando-me atenção ou me ouvir para que meu coração possa se resolver escolher a melhor direção;
E que seja para todo o sempre o consolar do meu querer de ser amado, me vejo no frio dos sentimentos abandonados por falta de gosto e preciso da sua cura;
Sou eu que quer ouvir a sua voz trêmula e chorar para te acalmar em seus tormentos te dando um milhão de primaveras para que nunca você se sinta no fim;

Julio Aukay

Minha própria condição.

Falar o que pensa não te dá razão.
O silêncio não é perdão.
O perdão não anula a punição.
A punição não cura a ação.
Nem sempre moralismo é solução.
Nem sempre falo de religião.
Nem todo mundo gosta de falar de pão.
E dele nunca vi multiplicação.
O que falta é um pouco de noção.
Não caminhe demais sem direção.
Andando não se chega à imaginação.
E às vezes tudo o que temos é apenas um pequeno grande coração.

Flávio Cardoso

Hoje...

Peço perdão por amar-te tanto...

Hoje tenho a real plenitude de todo esse sentimento...

Lutei com todas as minhas forças contra isso...

Tentei por todos os lados não pensar...

Procurei outros caminhos...

Procurei o consolo de outros braços,mas nenhum me confortou como os teus...

Procurei incessantemente por outras bocas, mas nenhuma me encantou como a sua ainda me encanta...

Procurei por outros corpos, mas nenhuma conseguiu saciar meu prazer como você...

Procurei por você em outras, mas em nenhuma encontrei o teu sorriso...

Também não encontrei aquela covinha que me deixava pra lá de Bagdá, quando sorrias para mim...

Como em outras não consegui te esquecer, parti para o lado espiritual...

Fiz promessas, rezei, chorei, bebi, fumei, morri, nasci...

Mas tudo isso não conseguiu arrancar você aqui de dentro...

Hoje!!!

Desisto de lutar contra tudo e todos...

Confesso como um criminoso que te amo...

Cansei de lutar, não tenho mais forças para te enganar, ou tentar...

Hoje!!!

Meus dias são frios e também sem cor...

Ando nas ruas como se estivesse em outro mundo, pois pessoas passam ao meu redor e eu não as noto...

Amigos tentam me animar, mas é em vão...

Olho o mundo pela janelinha, procuro você e não lhe encontro em lugar algum...

Passo noites acordado, pois a imagem de tua boca não me sai da cabeça...

Hoje as melodias me machucam a alma, pois o que adianta ter as mais belas melodias sem você ao meu lado, para encostar teu rosto de menina ao meu e dançarmos como apaixonados...

Hoje!!!

Escrevo esses poemas para você, mas é em vão, pois você não os lê...

Hoje!!!

Entendo aquela paixonite, e vejo que o real amor é o que sinto nesse momento...

Hoje!!!

Tem aqui além de um cavaleiro um homem que jamais desistiu de um sonho a dois...

Hoje!!!

Me arrependo da minha imaturidade perante a você...

Hoje!!!

Lanço mão de meu escudo protetor e de minha espada, para lutar com a mais pura arma de amor...

Hoje!!!

Quero que se foda as convenções, etiquetas e afins...

Hoje!!!

Grito com toda a força que me resta...

EU TE AMO!!!!!

Hoje sei o valor real dessas palavras...

Hoje...

Pena não saber o amanhã...

H
O
J
E...

Poeta Urbano - Julho de 2009

Todos somos tardios, tardio em amar, em confiar, em orar, em pedir perdão.
Tardio porque já é tarde quando bate o arrependimento, e porque quando cedo ainda há jeito, mas quando tarde nem implorando, se volta ao tempo;
Eu sou tardia, e muitas vezes até para viver, falar não é meu forte... Mas ainda assim erro por ser tardia à escrever !

Tamires Saranz

O tempo muita das vezes é um ladrão rouba-nos a vida, o amor e até mesmo o perdão;
Perdão de amar ou continuar para nunca mais se perder, se encontrar para então se querer;
Então é você? Que me prometeu um amor sem fim e sem dor? Espero que seja verdade para com minha vaidade;
Estou tão satisfeito em viver um amor para toda a vida que nem me importa o passado que me fingia;

Julio Aukay

"Qndo eu deixar de ter amar aprenderar a pedir perdao "
"Qndo tua sombrar te deixar veras que foi sua unica compania verdadeira"
"Qndo deixar de sonhar veras que fui seu unico sonho que foi real"
As vezes me prendo em um pasando em q nunca vivir so pra nao ter chance de ter um futuro ao qual eu me apego tds os dias... Sei q nao tenho niguem a quem posa me amar, nao irei me salvar deses dias frios pois sao dias asim que me prende a vc...."

Skins

O Que è a Salvação? (Parte 2)

É comum se pensar em salvação
como sendo apenas
o perdão dos pecados
e o livramento da condenação
do juízo futuro e do inferno.

Todavia, a salvação
é muito mais do que isto,
porque é a realização,
o cumprimento
do propósito de Deus,
que Ele determinou
antes mesmo
da fundação do mundo,
de formar para Si
um povo santo,
exclusivamente Seu,
zeloso de boas obras de justiça;
povo este que Ele chamaria
do meio de pecadores,
e que deveria portanto,
ser justificado, regenerado,
renovado e santificado.

A salvação não é apenas um ato
que nos livra da ira de Deus,
mas um pacote completo,
tanto de declarações legais
quanto de operações sobrenaturais
em relação aos eleitos,
para conduzi-los ao arrependimento
e ao completo cumprimento
de tudo o que Ele planejou
para o povo
que deu a Jesus Cristo,
para que fosse
livrado, lavado, purificado,
santificado e aperfeiçoado por Ele.


Veja a salvação
como uma caminhada.
Como algo
que deve crescer diariamente.
Como a realização plena
do plano divino.

Como um programa
que está sendo desenvolvido
na nossa vida pelo Espírito Santo
até que cheguemos a ser maduros
em nossa vida espiritual,
de modo que sejamos úteis
para os propósitos divinos.

Lembre que salvação
não é apenas
uma promessa de Deus para você
de que irá para o céu um dia,
depois da morte,
mas que é também
o viver a vida de Cristo
aqui na terra,
porque o reino de Deus
já está entre nós e em nós.

Silvio Dutra

Há dias em que sentimos que precisamos de perdão.
O coração pesa, a consciência acusa.
Tentamos por conta própria abandonar o mau caminho,
mas não conseguimos isso sozinhos.

Há coisas que só Deus pra nos ajudar,
e Ele está perto.
Busque-O enquanto pode achar...
só Ele pode realmente nos perdoar.

Confesse seu pecado,
mas confesse de coração,
pois Ele sonda nossos corações,
Ele sabe exatamente o que está errado.

Você confessa a Deus
Ele perdoa e esquece.
E você verá como é bom ter Deus do seu lado.
Abandone o pecado...

Rosangela Calza

Perdão

Há os que o dizem como meras 'desculpas', pois são tolos e não sabem a diferença, desculpas são ditas quando se faz algo que não tinha noção do fim, em um exemplo tosco, quando se pisa no pé de alguém. Já o perdão não, é quando se está ciente de algo quando se faz, porém se arrepende depois, e ai vem o pedido ''perdoe-me''. Eu já errei muito, aprendi com quase todos meus erros, mas não acho que esses erros tenham me feito uma boa pessoa, eu não sou boa e, não minto ser, sou um monstro, porém tenho sentimentos e os escondo bem. Falo deles com um sorriso no rosto, na verdade eu tenho medo de que saibam quem sou. Gosto de viver presa. Não vejo erro que possa mudar isso. muitas vezes já pedi perdão, muitas nem arrependida estava, foi apenas por dizer, para não ficar um eterno 'clima chato', mas os verdadeiros perdões, aqueles que eu realmente quis dizer, mudaram-me, e mudo constantemente, mesmo sem precisar me perdoar, as vezes nem notam que eu errei, mas eu sempre noto, sempre estou ciente das burradas que faço. Estou em constante mutação, devidas aos meus erros. Cada dia que eu acordo sou uma nova mulher, as vezes as mudanças são tantas que nem me reconheço, as vezes são mais amenas, mas é isso, tudo começa com um pedido de perdão, mesmo que seja interno, mas de coração...

Ice Princess