Textos de Lição de Moral

Cerca de 383 textos de Lição de Moral

Proteja se

Agora é o seguinte.
Moral é como aquele
sapato bico de aço
duro de usar até amaciar

Mas que é bom ter
Quando um ferimento alivia.
Não é um sapatinho da moda
esse é o liberalismo.

Aquele se usa todo dia
para proteger o pé
longe de modismo.

Pessoas que usam pelica
chamam mais atenção
estão mais na moda
geralmente tem não
tem contato direto
aquelas coisa suja
chamada realismo concreto.

Como adolescentes
temos todos muita opinião
pouca experiencia
e falta de mais educação.

A vida não são os discursos
em noites de festa.
o que resolve são medidas
que para popularidade não presta.

Pensada é a atitude
em conhecimento embasada
criada muito a milde.

A moral de todos os dias.
mantem sempre o conteúdo
instituir um caráter.
no brasil parece criação
de um bicho peludo.

Dante Locateli

O insano

Junte o útil ao agradável,
O infiel e o profano,
A moral e a ética,
O amor e o humano.

Se fosse simples não mais seria bonito,
O amor mensurável não serve,
Não eleva nem agrada ao espírito.

Não peço-te permissão,
Nem te digo que foi escolha.
É mais uma imposição do destino que nos entreolha.
Sinto-te distante,
Como um grito no vazio.
Vozes oscilantes, de uma mente inerte em meio ao frio.

Se sob a penumbra cinzenta recai a noite,
Me faria eu desnecessária.
Colmada por súplicas infiéis e de glória empavesada.
Num sóbrio recanto me conduz
A paisagem já atravessada.
Gestos secos e sem luz.
Alma distante, intocada.

O contraste ideal existente.
Olhos negros estes teus,
Fariam estrelas terem inveja deste tal brilho fosco.
Apenas sigo a linha do horizonte, ignorando vertentes.
Meras súplicas abandonadas,
Pudor inexistente,
Vidas separadas.

Colecionador de amor tu és.
Obra de vidas passadas.
Colecionador de dor tu és.
Portador de histórias equivocadas.

Afundo-me em teus males, mergulho em teus receios,
Bebo da fonte dos teus medos.
Jogo-me por inteiro.

Ainda que louca, desvairada,
Entendo-te um pouco.
Vives para os outros,
Pensas nos outros.
Ah meu bem, pense em mim!

Thaylla Cavalcante

Pessoas são livros que a gente encontra.
Tem livros que a gente quer ler, e tem livros que a gente não quer.
Tem livros que são confusos, e tem livros que são claros.
Tem livros que ensinam lições duras. Tem livros que são comédia.
Tem livros que são baseados em fatos. Tem livros que são baseados em sentimentos.
Tem livros que a gente perde... e às vezes não acha ninguém que devolva.
Tem livros que a gente desiste de ler no meio, e tem livros que a gente vai até o fim!
Tem livros que nos prendem e não queremos que acabe nunca mais.
Tem todos os tipos de livros!
Tem livros que são todos os tipos num só.
Como descobrir se um livro vale a pena?
É necessário vontade, tempo e paciência para ler toda a história.

Eveline S C Leite

De repente você nota que tudo muda; e o que significava muito para você, se torna praticamente nada.
Aprende a conduzir seus sentimentos, valorizar suas vitórias, a se reerguer após suas quedas e derrotas. Em fim, você amadurece.
De repente, você nota que tudo muda; e o que significava tão pouco para você, agora se torna tudo, diante de sua maturidade adquirida.

Gabriel Moretti

Eu só peço a Deus...
Que os dias sejam doces,
Que meus olhos vejam além das aparências,
Que meu coração vibre pelo que vale a pena,
Que o sorriso seja meu companheiro constante,
Que eu nunca perca a fé nas pessoas,
e que, se alguma lágrima cair que seja de alegria ou que sirva de lição.

Elizandra Arboit

Julgar ou amar?

Ultimante o que mais vemos nessa vida são pessoas que elegeram a si mesmos juízes da vida.
Porém, a sabedoria da vida diz:- Quem muito julga é porque tem algo a esconder e quando se julga alguém o mais sujo não é o julgado e sim quem julga,pois se você reparar em sua mão verás que tens cinco dedos e destes dedos que apontas e julga alguém quatro deles estão pra você.
Isto significa que quem tem que fazer uma profunda reflexão sobre si mesmo e mudar é o que julga.O certo ainda é certo,o errado ainda é errado.
Portanto,a vida conclui:-Se algo de errado aconteceu,não é pra nos sentirmos melhores e mais santo do que este ou aquele,mas para pegarmos como lição pra nós,somos todos seres humanos...
Se este errou,se a pessoa que julga não se cuidar, quem garante que o mesmo que aconteceu com quem julgas ,você não fará igual e pode ser que até pior,pois o que diz:- Dessa água jamais beberei é da mesma que se bebe.
E quem julga não tem tempo de cumprir com sua missão e vira decepção,não tem tempo de amar,pense bem.... pense com carinho,pense nisso!

Deborah Karvalho

Apenas…aguenta firme…, torne esta experiência suave, não uma carga…e não é uma carga, um dia você vai saber que poderia ter passado por ela sem sofrer tanto, não estou desmerecendo a sua luta ou o seu questionamento de porque você está passando por isso.Quero que chore quando tiver vontade de chorar, quero que questione quando sentir vontade de questionar, mas é importante que saiba que com esta experiência, o UNIVERSO está te convidando a pensar diferente. Convidando VOCÊ! O convite para se viver uma experiência diferente é único e incomparável.
JAMAIS compare a sua vivência com a de outras pessoas. A lição pode ser dura, o remédio amargo, mas a cura é certa, isso é uma Lei Universal, e não sou eu quem estou dizendo, é o que a VIDA mostra, quem tiver olhos para ver, que veja.
Então…Aguenta firme.

Ceremencores

LEI SECA
(Direção e Bebida Não Combina)




Para não ser chamado de tonto
prefiro soprar o bafómetro!

Para não correr o risco de causar acidentes
prefiro evitar a bebida, mostrando que sou um ser inteligente!

Para preservar vidas, inclusive a minha própria
prefiro tirar o pé do acelerador e mudar minha rota...

Para não ser pego em blitz e me comprometer
prefiro dar um tempo para a bebida e até mesmo
- parar de beber!

Para não perder pontos na carteira de habilitação
prefiro manter o bom exemplo de exímio cidadão!

Para não ver minha carteira ser cassada, e pagar pesada multa
prefiro deixar de ser criança... e agir como gente adulta!

Para aderir e apoiar a lei seca, que é uma boa ideia
prefiro mudar de hábitos, para o meu bem próprio - e de toda a platéia...!

Nivaldo Duarte

O medo é o refugio daqueles que andam na escuridão.
A dúvida é o produto reativo ao se deparar com o desconhecido ou inesperado.
E o perigo, ele é real, é palpável, mensurável... ele não é algo que se deva enfrentar, não é medo, nem falta de coragem.
Sobreviventes são aqueles que enfrentam seus medos, eliminam suas dúvidas e reconhecem o perigo.

Mythod

O que você procura lá fora, está aí dentro, não busque soluções prontas, ninguém é capaz de solucionar os problemas dos outros, cada um sabe do seu propósito aqui. Cada um deve seguir a sua intuição.
O homem acabou se distanciando dos seus poderes divinos e hoje luta contra a doença, a fome, a ganância. Porque não vives com consciência? Esta é a essência da felicidade. Buscai tanto as riquezas materiais e esqueces que o que realmente irá te trazer a paz desejada são os valores da alma, valores que dinheiro algum podem comprar.
Acalma-te, tudo tem seu tempo, ninguém veio a este mundo a passeio, temos lições a aprender e uma vez aprendidas, jamais serão esquecidas.
Observa as circunstâncias com um olhar puro, um olhar inocente, que só vê o bem. Assim enxergará nos outros a sua verdadeira essência, que é Deus.
Hoje só quero que entendas que a vida nos mostra o caminho de várias formas, em cada detalhe que muitas vezes passa despercebido, não vês que tudo é o todo. Estás ligado com a mãe natureza em todas as suas formas. Procura te conectar com o universo, sentindo a perfeição da vida.

Marisa Munaretto Amaral

Medos foram feitos para serem enfrentados, superados e colocados em seu devido lugar: no passado, preferencialmente num passado bem resolvido.
Aprendemos com eles para que sirvam de lição não somente para nós mesmos como também para os outros.
O medo é, sem dúvida, nosso maior rival, mas também pode ser um grande ajudador.
Outros medos virão, alguns permanecerão, mas a cada superação uma nova oportunidade de aprender e se fortalecer.
Nesses momentos sabemos que somos pequenos de mais para sermos autossuficientes, percebemos que precisamos de Deus para sermos melhores. Ele conhece nossos medos e os utiliza ao nosso favor, sempre para o nosso bem.

Ket Antonio

Os piores pesadelos são aqueles que a gente passa de olhos abertos. E ainda vem alguém que não entende nada, pensa que sabe alguma coisa da sua vida, mas na verdade não sabe de nada, não conhece as suas lutas diárias, o que voce fez, o que voce faz, o porque da sua decisão, o que voce passa, e ainda por cima te julga, te critica sem saber, sem ao menos tentar te compreender, como se voce fosse o vilão da história. O que importa pra eles é o que eles acham, a opinião deles é a certa sobre voce, enquanto a sua verdade fica oculta, como se voce estivesse vivendo um tempo de draminha sem realidade agindo na covardia e falsidade, quando na verdade só voce sabe que tudo isso não é ficção.

- Nabas

Nabas

Chega sempre a hora em que não basta pensar, não basta juntar. Chega um tempo que agir é a única opção. O resultado esta sempre no risco de 50% de felicidade e sucesso ou 50% de lamento e fracasso. Mas é preciso agir.
No final, seja a escolha vista como fracasso ou vista como sucesso, o que precisamos é aprender uma lição. Amarga ou doce, precisamos aprender uma lição.

Eduardo Colamego

O tempo é mesmo fantástico...
Na infância usamos fraudas e as únicas necessidades é alimentação, proteção e afeto, o maior tempo passamos brincando, fazemos amigos de todas as classes e raças sem precisar dar nada em troca, são momentos preciosos pois é nessa inocência que podemos construir irmãos para uma vida.
Chega um tempo em que a liberdade se transforma no maior desejo, mas ninguém avisa que para possui-lá o preço é alto, e que para conquista-lá é necessário abdica-lá também. Ficamos adultos e passamos o maior tempo trabalhando e estudando para garantir a nossa própria sobrevivência e daqueles que um dia já garantiu a nossa também.
O tempo passa depressa e feliz daquele que o amor chega sem pedir licença e consegue uma morada, como toda árvore bem plantada bons frutos iram surgir, daí pra frente aquela liberdade que você tanto desejava se transforma na vontade de construir raízes para jamais de lá sair.
Chega o tempo em que as bagagens já estão grandes demais e o nosso desejo é desfazer as malas, chega o momento em que sabemos quem realmente sempre nos quis bem, pois é na nossa inutilidade que as pessoas somem, ou vêm.
Já não temos mais nada a oferecer, só o jeito de ser e viver, desejo que todos tenham alguém de quem possa ouvir um "Eu te amo". O que aprendemos com os anos? Que o importante é vivê-los, não tê-los.

Jordânia Figueiredo

Não transforme sua vida em um deserto por ninguém... você vai passar por momentos intensos de miragens. você vai se iludir ao ver uma água fresca, vai encher as mãos para toma-la, vai sentir o escorrer pelo seu corpo, refrescar-se temporariamente, ela vai parecer ser tudo na sua vida, vai deseja-la mais que tudo, até que de repente... quando for beber daquela tão desejada água encheras sua boca de areia quente de um sol ardente. E era tudo miragem acreditadas pela sua imensa vontade...

lição: a partir do momento que você diminui-se por alguém, deixa de viver sua vida por outra pessoa, você tende e "pede" para ser iludido. Viva com amor e sabedoria, viva com sonhos e objetivos, viva com vontades e ideias, viva com consciência e atitude... viva com equilíbrio.

Juliana Michel Bueno

O Tênis Vermelho

Um garoto caminhava pela rua a caminho do colégio. Procurava obsessivamente muros onde pudesse se esconder e observar as pessoas que passavam. O motivo era a vergonha que então sentia pelo tênis que estava usando e que comprara com sua mãe havia dois dias.

A cor do calçado era vermelha e o menino se encantou logo que o viu pela primeira vez. A mãe elogiou e disse que o tênis ficava ainda mais bonito em seus pés...

O primeiro dia de uso foi na escola. Para a tristeza do garoto, o tênis não agradou aos colegas, que logo começaram a zorra. O menino escutou todos rirem dele calado, pois não encontrava força para reagir. Apenas uma frase ficou em sua mente, como um eco infinito:

- Você é mesmo muito esquisito!

Na volta para casa, as lágrimas eram maiores que seus passos. Quando a mãe soube do ocorrido, lamentou a tristeza do filho e teve que lidar com a situação de não poder fazer algo, afinal carecia de dinheiro e o tênis foi comprado depois de muita economia.

No dia seguinte, o menino não teve outra escolha a não ser ir ao colégio com o tênis vermelho, e foi daí que a história começou a ser contada. Entre um muro e outro, foi interrompido por um senhor sentado na calçada que tinha barba e cabelo bem grandes e brancos. O senhor perguntou o que se passava e o garoto desabafou. Comovido, o senhor se lembrou do seu passado, quando todos os colegas fizeram piada do boneco de pelúcia que ele carregava escondido dentro da mochila. Mas o que ninguém sabia era que o boneco era a única lembrança deixada por sua falecida mãe, que tanto fazia falta...

Na época, sua tristeza foi consolada por um morador de rua que ficava em frente ao colégio, dizendo que "o mal do homem é criticar aquilo que ele não sabe o motivo da existência". Por isso, o senhor se achou na obrigação de dizer algumas palavras ao menino, na condição de morador de rua que se encontrava. Então ele pensou por um instante e citou o pensamento oriundo de sua reflexão:

- Todos nós somos um pouco estranhos. A normalidade não existe, a não ser na mente iludida dos ignorantes. A vida é mais que os risos da crueldade, que os risos da escuridão. Esses foram os risos que você ouviu, risos sem luz; sem verdade. Pergunte a si mesmo: eu sou estranho ou os outros é que são normais demais?

O garoto pensou e em seguida respondeu com segurança:

- Os dois.

A resposta foi validada pelo senhor:

- Exatamente. Os outros são normais demais porque não se conhecem, porque preferem ser um padrão social. Já você é estranho porque eu também sou e porque todos somos, porém só alguns sabem e entendem esse segredo. Parabéns pela sua estranheza que te faz sábio!

O senhor então foi embora e levou junto a angústia do menino, que estranhou o sorriso que ficara em seu rosto...

tiago oliveira

Constante aprendizado

Tenho andado por aí
Aprendido ali e aqui
Que perder nem sempre é triste
Que felicidade não existe.

Sou levada a concluir
A cada passo que dou
Que preciso diminuir
Em tudo aquilo que sou.

Surpresas podem acontecer
Mas não posso esperar
Que elas me salvem de todo poder
Que contra mim se levantar.

Não sou forte como pensava
Nem esperta de todo
Vivo procurando onde estava
Prá repartir o meu bolo.

Aprendo, erro, desejo
Tanto em tão pouco tempo
Em cada face eu me vejo
Viajando contra o vento.

Angela Natel

Jesus, O Filho de Deus, é o Protagonista da minha história. Sem Ele, eu não saberia, nem quem sou, nem de onde vim, nem para onde vou.
Com Ele, tudo faz sentido, tudo é um aprendizado, uma lição. Ele deseja, que eu esteja preparada para ir morar com Ele, quando vier me buscar. Enquanto, O aguardo, medito nas Suas Palavras e ensinamentos que estão na Bíblia Sagrada. Glória ao Seu Nome Santo, para sempre! Amém!

Simone Boneberg

Pessoas

Enquanto existem pessoas reclamando da própria vida, existem outras que lutam por ela. Enquanto existem pessoas que jogam comida na rua, existem outras que procuram nas ruas e lixos. Existem pessoas que perderam a vontade de amar e ser felizes, enquanto outras pessoas procuram encontrar essa vontade. Existem pessoas que fazem sofrimento as outras, enquanto existem pessoas que querem parar de sofrer. Existem pessoas que mentem umas para as outras, enquanto existem aquelas que procuram a verdade. Existem pessoas que não possuem religião, enquanto existem aquelas que vão em busca de Deus. Existem pessoas que não liga para as outras, enquanto existem aquelas pessoas que estão sempre presentes. Existem pessoas que fumam e bebem, enquanto existem aquelas que lutam pelo vício.

É, essas são as pessoas.

Leonardo Castro

Quem perdeu ou quem ganhou, talvez isso já nem importa mais.
O fato é que, a pureza foi quebrada e o riso intimidou-se.
O "para sempre" foi rasgado pelo orgulho e o brilho ofuscou-se pela estrada.
O "isso" ou "aquilo" já não justifica mais nada... mas que sirva de lição para a próxima jornada.

Humberto Oliveira