Textos de Lição de Moral

Cerca de 351 textos de Lição de Moral

Aprenda:
- Der valor para aqueles que lhe valorizam intensamente.
- Der valor aos bem materiais, ele não lhe farar ter quaisquer sentimentos.
- Valorize os Animais.
- Valorize seus Estudos.
- Persista, Insista, Mais não esqueça! as únicas coisas que valem apena são: Seus verdadeiros amigos, sua família, seu emprego, seu estudo, os animais, e todos que lhe valorizam.
- Valorize-se!!!
-Não insista, não persista nas pessoas. O tempo trara para te, a melhor hora de fazer esse pleito.
o Nocaute machuca mais não lhe Derruba!

Ruan J'Hasiel

Chega sempre a hora em que não basta pensar, não basta juntar. Chega um tempo que agir é a única opção. O resultado esta sempre no risco de 50% de felicidade e sucesso ou 50% de lamento e fracasso. Mas é preciso agir.
No final, seja a escolha vista como fracasso ou vista como sucesso, o que precisamos é aprender uma lição. Amarga ou doce, precisamos aprender uma lição.

Eduardo Colamego

Os piores pesadelos são aqueles que a gente passa de olhos abertos. E ainda vem alguém que não entende nada, pensa que sabe alguma coisa da sua vida, mas na verdade não sabe de nada, não conhece as suas lutas diárias, o que voce fez, o que voce faz, o porque da sua decisão, o que voce passa, e ainda por cima te julga, te critica sem saber, sem ao menos tentar te compreender, como se voce fosse o vilão da história. O que importa pra eles é o que eles acham, a opinião deles é a certa sobre voce, enquanto a sua verdade fica oculta, como se voce estivesse vivendo um tempo de draminha sem realidade agindo na covardia e falsidade, quando na verdade só voce sabe que tudo isso não é ficção.

- Nabas

Nabas

Constante aprendizado

Tenho andado por aí
Aprendido ali e aqui
Que perder nem sempre é triste
Que felicidade não existe.

Sou levada a concluir
A cada passo que dou
Que preciso diminuir
Em tudo aquilo que sou.

Surpresas podem acontecer
Mas não posso esperar
Que elas me salvem de todo poder
Que contra mim se levantar.

Não sou forte como pensava
Nem esperta de todo
Vivo procurando onde estava
Prá repartir o meu bolo.

Aprendo, erro, desejo
Tanto em tão pouco tempo
Em cada face eu me vejo
Viajando contra o vento.

Angela Natel

“Parar no tempo da vida focado em projetos que não deram certo é desperdiçar energia em um ciclo que não se renova.
As vezes, temos que reconhecer que a persistência não tem mais lugar e tudo o que nos resta é aprender a lição e seguir em frente a procura de novos horizontes se livrando do peso do que não cabe em nosso futuro.”

Silvana Lance

O tempo é mesmo fantástico...
Na infância usamos fraudas e as únicas necessidades é alimentação, proteção e afeto, o maior tempo passamos brincando, fazemos amigos de todas as classes e raças sem precisar dar nada em troca, são momentos preciosos pois é nessa inocência que podemos construir irmãos para uma vida.
Chega um tempo em que a liberdade se transforma no maior desejo, mas ninguém avisa que para possui-lá o preço é alto, e que para conquista-lá é necessário abdica-lá também. Ficamos adultos e passamos o maior tempo trabalhando e estudando para garantir a nossa própria sobrevivência e daqueles que um dia já garantiu a nossa também.
O tempo passa depressa e feliz daquele que o amor chega sem pedir licença e consegue uma morada, como toda árvore bem plantada bons frutos iram surgir, daí pra frente aquela liberdade que você tanto desejava se transforma na vontade de construir raízes para jamais de lá sair.
Chega o tempo em que as bagagens já estão grandes demais e o nosso desejo é desfazer as malas, chega o momento em que sabemos quem realmente sempre nos quis bem, pois é na nossa inutilidade que as pessoas somem, ou vêm.
Já não temos mais nada a oferecer, só o jeito de ser e viver, desejo que todos tenham alguém de quem possa ouvir um "Eu te amo". O que aprendemos com os anos? Que o importante é vivê-los, não tê-los.

Jordânia Figueiredo

Jesus, O Filho de Deus, é o Protagonista da minha história. Sem Ele, eu não saberia, nem quem sou, nem de onde vim, nem para onde vou.
Com Ele, tudo faz sentido, tudo é um aprendizado, uma lição. Ele deseja, que eu esteja preparada para ir morar com Ele, quando vier me buscar. Enquanto, O aguardo, medito nas Suas Palavras e ensinamentos que estão na Bíblia Sagrada. Glória ao Seu Nome Santo, para sempre! Amém!

Simone Boneberg

Julgar ou amar?

Ultimante o que mais vemos nessa vida são pessoas que elegeram a si mesmos juízes da vida.
Porém, a sabedoria da vida diz:- Quem muito julga é porque tem algo a esconder e quando se julga alguém o mais sujo não é o julgado e sim quem julga,pois se você reparar em sua mão verás que tens cinco dedos e destes dedos que apontas e julga alguém quatro deles estão pra você.
Isto significa que quem tem que fazer uma profunda reflexão sobre si mesmo e mudar é o que julga.O certo ainda é certo,o errado ainda é errado.
Portanto,a vida conclui:-Se algo de errado aconteceu,não é pra nos sentirmos melhores e mais santo do que este ou aquele,mas para pegarmos como lição pra nós,somos todos seres humanos...
Se este errou,se a pessoa que julga não se cuidar, quem garante que o mesmo que aconteceu com quem julgas ,você não fará igual e pode ser que até pior,pois o que diz:- Dessa água jamais beberei é da mesma que se bebe.
E quem julga não tem tempo de cumprir com sua missão e vira decepção,não tem tempo de amar,pense bem.... pense com carinho,pense nisso!

Deborah Karvalho

Diferente.
Essa palavra sempre me perseguiu.
A medida que crescia todo mundo dizia: "- Essa menina é diferente!"
Eu nem bem entendia o que isso queria dizer, mas isso era só o começo das minhas excentricidades.
Todos, incluindo meus pais, me olhavam daquele jeito.
Fui descobrindo que não era o sujeito do predicado - eu era sujeito de outro mundo.
Um mundo que era meu e de mais ninguém.
Meus poemas, meus desenhos, minhas atividades, minha música, meu gosto gastronômico, minhas opiniões.
Para alguns eu era "hiperativa" demais, para outros lenta demais.
Nunca me dei bem com esse negócio de medidas. Nunca soube o ponto certo. Sempre transbordei.
Sempre fui dada aos exageros, sempre fui entregue as minhas curiosidades e minha particularidade. Sempre gostei de provar grandes emoções e sentimentos.
Nunca chorei pouco, nunca ri pouco (normalmente faço os dois ao mesmo tempo dependendo da situação), nunca sonhei pequeno.
O óbvio para mim nunca é o suficiente.
Sou um poço de extravagância.
O Tempo professor está me ensinando uma coisa, uma matemática simples (talvez a única matemática que eu realmente consiga entender), para que as pessoas não passem pela minha vida sem provar a melhor medida de mim, eu coloco minha excentricidade nas coisas simples e pequenas e distribuo segundo o Amor me pede.
Pois aquilo que diferente é difícil de achar. Tudo que é difícil de achar, se torna raro. E tudo que é raro, vale muito.

Angélica Monção Lima

Me peguei observando as linhas no canto do olho do meu pai.
Me fez parar pra pensar.
O tempo é pouco para uma vida que é muito.
Achava que correr me faria ganhar tempo, só perdi.
Hoje, estou entregue a ouvir a música do vento, ao beijo lento, ao abraço apertado, da leitura sem pressa, do sossego de desenhar.
Não virei hippie, sou avessa a rótulos.
Só me dei conta que deleitar na vida não vai me fazer escapar da morte, mas me faz ganhar sorrisos, momentos, recordações e futuro, essas coisas que dinheiro não compra, sabe?! Assim, eu ganho.
Tenho que construir patrimônio, "mas de que vale ganhar o mundo e perder a alma?" A calma? O sono? O tempo? O toque? O sonho? A saúde? A alegria?
De que vale uma vida de nada?
Daqui um tempo as linhas no rosto vão desenhar a saudade. E eu me preocupo com a qualidade que essa saudade vai ter.
Me preocupo não com a forma que meu corpo vai tomar, mas que história ele vai ter pra contar de mim.
O velho está aí, a cada minuto que passa.
Não temo o tempo, temo o que é que ando fazendo dele.

Angélica Monção Lima

REATANDO LAÇOS

Hoje entendo que o destino nos separou para valorizarmos o reatar dos laços e tudo que paira a nossa volta.

Aprendemos tanto com a vida e a maturidade nos mostra que ainda temos muito a aprender com o amor... Nesse ponto não temos pressa, não mais!

A felicidade me abraça diariamente pela chance de novamente sonhar teus sonhos, retomar nossa jornada, aportando o coração em terra segura onde toda semente germina e os espinhos não são pontiagudos.

Hoje, provando o novo sabor do beijo antigo, entendemos a missão do tempo!
Juntos compreendemos a lição da natureza na sábia revoada dos pássaros.

Christinny Olivier

A Despedida de um Cão

Neste momento só tenho que agradecer. Por ter me acolhido, cuidado de mim a vida toda, me proporcionado momentos felizes e inesquecíveis, me dado uma família, um lar digno, essas lembranças levarei comigo aonde eu estiver!! Obrigado pela infinita paciência você me ensinou a ser um cão obediente e esperto. Obrigado por ter perdoado tantas estripulias, tantas destruições, fiz tantas coisas erradas em seu tapete (era mais forte do que eu aquele cheiro me atraía muito), destruí centenas de sapatos, arranhei seu carro na tentativa de subir no banco, e os passeios de carro eram meus prediletos. Mas o que mais te incomodava eram os buracos que fazia no seu quintal, cavando cavando!Ahh aquele cheiro da terra, eu me divertia tanto enterrando meus brinquedos! Você para mim sempre foi a pessoa mais importante, oferecia meu alimento, escovava minha pelagem, e minha água sempre estava ali fresquinha e me dava muito, muito carinho.Os banhos de esguicho que você me dava, ah eu amava a água fresca escorrendo no meu pelo, e a melhor parte era de chacoalhar, te molhava inteira, e você me dava bronca, só não gostava do xampu que ardia meu nariz e aquele perfume me fazia espirrar, espirrar. Eu contava as horas todos os dias esperando você chegar do trabalho para te receber com muitas lambidas, algumas vezes você não tinha tempo para mim, mas sempre compreendi a pessoa ocupada e a vida corrida que tinha....

Tantos passeios nas manhãs de domingo, e como eu te arrastava de tanta ansiedade para ver os cães na rua, as vezes arranjava confusão e você me salvava com uma varinha, você dizia que eu não tinha tamanho para enfrentar aqueles cães robustos!

Você nunca me deixou faltar nada e cuidava de mim como um filho e uma pessoa da família!! Obrigada por tantos cuidados e preocupações com minha saúde, tantas idas ao veterinário, tudo bem que eu tinha medo daquele homem de branco e de cheiro estranho que todas vez me colocava naquela mesa fria, me dava injeções, fazia algumas coisas estranhas em mim, mas você sempre me dizia que era para o meu bem, então me sentia seguro...

Os anos se passaram, envelheci e hoje adoeci, sei que agora não tem volta e nem recuperação, sinto que estou partindo, minha respiração está fraca, minhas patas já não respondem aos meus comandos, não consigo mais te enxergar como antes, minha visão está embaçado, mas sentir sua presença me acariciando é tudo que mais preciso neste momento.

Infelizmente meu tempo de vida é muito mais curto que o seu e não poderei ser teu companheiro pela vida toda. Sabe o que mais me conforta é que depois de tantos anos de convivência transformei você em um ser humano melhor, mais sensível, compreensível e solidário. O mundo seria melhor se todas as pessoas tivessem um bichinho de estimação, descobririam o verdadeiro significado de amizade, amor e pureza e seriam muito mais toleráveis!

Muitas pessoas não compreendem nossa missão aqui na terra, que é de transformar vocês humanos em pessoas melhores, muita gente não nos enxergam como somos seres puros e inocentes e nos encaram de forma errada!! E é apenas isso que somos seres puros, inocentes e cheios de amor para dar...

Muitas vezes vocês humanos nos transformam em seres agressivos, indóceis como muito de vocês!!

Já eu só tenho a agradecer a vida digna e feliz que me destes e lhe faço um último pedido nunca deixe meu espaço vazio, o preencha com outro ser como eu, não para me substituir, mas sim para continuar a minha missão que é a de tornar você um ser cada vez melhor e especial!!

Obrigado!!

Mallize Gonçalves

Na minha opinião existem duas definições de justiça, dois tipos de seres humanos e dois perfis de heróis -
Justiça 1 - Aquela criada pela leis dos homens segundo suas próprias vontades e visão do que é melhor para si mesmos.
Justiça 2 - Aquela guiada por um senso comum de ética, virtudes morais, movida pelo sentimento de amor ao próximo e reconhecimento do certo e do errado.
Humano 1 - Que honra o significado da palavra.
Humano 2 - Que pouco se lixa para menbros de sua própria espécie ou qualquer outra exceto a si mesmo.
Herói 1 - Herói! Que faz a diferença não importa a quem ou o que vai ganhar em troca, luta, disperta, e encoraja, não importando se mudará uma vida ou um milhão delas.
Herói 2 - Canalha! Que se coloca por tras de uma véstimenta ornamentada e se apoia nas conquistas de outros heróis, rouba e trapaceia para se manter nesta posição de "super", e a única legião que atraem é de seres traiçoeiros como eles, de vidas que roubaram, dor e decepção. É essa minha opinão!

Wesley Diniz

Cabeça de dinossauro

É demasiado suspeito quem apregoa a ética
Determinando princípios e condutas
De como o outro deve ser e agir
Como se fosse o douto da moral.
É censurável qualquer indivíduo demasiado versado
Ajuizador de tantos atributos.
Pessoa hábil, experiente
Embebido no que é certo e errado.
Sua práxis é colocar à prova
A intolerância de não se fazer cumprir
A própria hombridade,
Provando a conta gotas sua extinção
Por possuir cabeça de dinossauro.

Maria da Penha Boina

Política por política, é louvar o erro de quem está no poder ocultando assim os nossos próprios erros. A auto-análise é fundamental e questionar a nós mesmos sobre nossas ações é uma das poucas formas de "auto-ajuda" que ainda funciona.

E se de fato política por política é trocar os atores e continuar a historia, o que seria a solução? Kant já dizia a mais de 200 anos atrás: "Faça para os outros o que gostaria que todos fizessem para todos", e se reparar, ele diz: "FAÇA", e não ao contrario, "NÃO FAÇA", logo, ele antecipa o poder do verbo na ação, potencializando assim a força da vontade.

A regra é clara: Quanto mais necessário é o surgimento de leis rigorosas, menos capacitados estamos para viver em sociedade.

Leis para seres humanos, é como maquiagem para pessoas feias. Usa-se afim de disfarçar o que esta atrás.

Marciel Miranda

mas eu sou apenas esse pequeno homem, que aparece sempre no mesmo lugar, para os mesmos compromissos, o que poderia eu fazer para melhorar essa sociedade alienada?
não seria mais conveniente zelar pelos poucos cabelos que restam-me? a quebrar cabeça com essas criancinhas tolas, endiabadas, cheias de ódio em seus corações.
... não me pressionem, eu sou apenas um garoto

Fernando Rodrigues

SOBRE O ESTÉTICO, O ÉTICO E O RELIGIOSO

No evangelho segundo Lucas, encontramos uma das mais famosas parábolas de Jesus - a parábola do filho pródigo. O filho mais novo pede sua parte na herança (antes mesmo da morte de seu pai) e sai em busca de prazeres e paixões carnais. Gasta tudo o que tem e percebe que não foi feliz. O outro filho, aparentemente mais responsável, submete-se à obediência das normas do Pai. Fica com ele na fazenda, mas não o vê como um pai justo e amoroso, haja vista que questiona seu pai quando este decide receber de volta o filho pródigo. Um paralelo à filosofia existencialista de Soren Kierkegaard, nos remete à ideia das três etapas a que todo ser humano passa, a saber: o estético, o ético e o religioso. O filho pródigo representa o estético, ou seja, a busca por prazeres e paixões. Há uma fome insaciável e um buraco existencial que o leva ao desespero. No ético, representado pelo filho mais velho, existe uma busca pelo que é correto, acreditando que, obedecendo regras, se pode encontrar a paz para alma, contudo, o que se percebe, é uma vida insípida travestida de moralidade, tal qual os fariseus. Apenas no religioso, afirma o filósofo, vamos encontrar a paz para nossa alma. Da angústia, surge a fé - o salto para além da razão, e a total resignação a Deus.

Edu Breves

Homens se fisgam pelos olhos as mulheres pelas palavras. Saiba o que dizer a uma mulher e o que mostrar a um homem que ambos terão resultados, embora diferentes. Homens querem o resultado relâmpago pisando em valores morais e imorais da mulher para obter o desejo saciado, já mulher deseja que o mesmo homem se perpetue em seus braços ou ao menos se mantenha. A mulher rega sentimentos o homem rega as vontades inerente ao seu machismo. Os grilhões que aprisionam o coração masculino são o antes e o depois do que a mulher demonstra ao longo de sua descoberta para com ele. A sensualidade feminina para ser eficaz e precisa, necessita não de vulgaridades mas de qualidade e bom gosto onde o que ela oferece é o que consolidará a relação evitando as magoas que inibem o próximo com intenções e práticas benéficas a dois. O homem não é raro se fisgar pois abocanham mais do que podem mastigar sem ao menos degustar. Ser uma mulher assediada não é um bom sinal, pois o vulgar se dissipa alcançando lugares e pessoas inalcançáveis pelo simples modo de agir mesmo com pretensões adversas do que se pretendia obter. O gostar e o amar esta interligado com a moralidade social e pessoal, não sendo possível alienar a outros mas apenas a uma determinada e especifica pessoa, a si mesmo. A imagem movimenta o mundo, impulsiona o consumo em todas as espécies e seus gêneros, inclusive na vida pessoal e sentimental. A intenção é algo que marca e conforta, mas a prática se fixa e dissolve as chances de um dia voltar ao que antes se era, solitário cercado por inúmeros galanteios vazios em meio a milhões de pessoas vãs.

( Massáo Alexandre Matayoshi)

Massáo Alexandre Matayoshi

Será o tempo realmente uma variável, flexível e não constante?
E os valores onde ficam?
Perdem-se quando passados adiante?
Por quê? Se quem conta um conto acrescenta um ponto,
Que pontos não são acrescentados a moral e aos valores?
Serão os pontos invisíveis, ou cegos estamos, ou míopes?
Miopia moral? Será este o diagnóstico?
E se for, a quem procurar?
O oftalmo, o psicólogo, o psicanalista, o matemático?
Os gregos é que não, pois neste momento desejo um pouco de moral,
mas, não sei se as escolas de Platão, Aristóteles e Sócrates,
ainda poderão entender as equações de Keynes,
Economia, ah não... miopia já me basta..
Na miopia ver pouca moral já é demais!

Marcelo ULisses

Soneto da Triste Eleição

Meu país é minha casa,
Minha gente uma nação,
Mas a derrota que me arrasa,
Vem direto ao coração.

O caráter é algo humano,
Sua base é a moral.
Escandaliza a democracia,
o poder imperial!

O seu nome vem de novo,
Em mais uma eleição,
E vem eleito pelo pobre,
Seus problemas não resolve,

O dinheiro manda e move,
O poder de uma da nação.

Marcelo ULisses