Textos de Esperança

Cerca de 1504 textos de Esperança

Tenha sempre dentro de você,
a esperança,
mesmo que o ideal
pareça-lhe impossível,
faça dela a sua aliada,
a sua força maior,
a sua melhor qualidade.
Sem esperanças,
o homem não tem
como alcançar a sua meta,
esvazia-se todas às vezes
que o objetivo se aproxima.
A esperança,
é a fonte de todas as nossas alegrias,
dela tiramos o mapa do nosso futuro,
e seguimos em frente,
para sermos o que queremos ser,
para termos o que pretendemos ter,
para atingir o ponto maior
de nossa existência,
cada vez mais no topo,
cada vez mais, perto de Deus...

Vilma Galvão

"Sonho lindo que se foi
Esperança que esqueci
Foi por medo de perder
Que eu perdi
Tanto eu tinha prá dizer
Tanta coisa eu calei
Foi por medo de sofrer
Que eu sofri
Foi pensando em me guardar
E querendo não querer
Me dizendo prá esquecer
Foi pensando só em mim
Que eu pensei só em você
Foi tentando me afastar
Foi negando o meu amor
Foi por não querer amar
Que eu amei você."

Roberto Carlos

A Esperança da HumanidadeA vida política, porém, veio como um trovão desviar-me dos meus trabalhos. Regressei uma vez mais à multidão.
A multidão humana foi a maior lição da minha vida. Posso chegar a ela com a inerente timidez do poeta, com o receio do tímido; mas, uma vez no seu seio, sinto-me transfigurado. Sou parte da essencial maioria, sou mais uma folha da grande árvore humana.

Solidão e multidão continuarão a ser deveres elementares do poeta do nosso tempo. Na solidão, a minha vida enriqueceu-se com a batalha da ondulação no litoral chileno. Intrigaram-me e apaixonaram-me as águas combatentes e os penhascos combatidos, a multiplicação da vida oceânica, a impecável formação dos «pássaros errantes», o esplendor da espuma marítima.

Mas aprendi muito mais com a grande maré das vidas, com a ternura vista em milhares de olhos que me viam ao mesmo tempo. Pode esta mensagem não ser possível a todos os poetas, mas quem a tenha sentido guardá-la-á no coração, desenvolvendo-a na sua obra.
É memorável e desvanecedor para o poeta ter encarnado para muitos homens, durante um minuto, a esperança.

Pablo Neruda, in "Confesso que Vivi"

Pablo Neruda

Paz e Alegria

Planta, por onde fores,
Uma flor de bondade.

Irradia a esperança
Nas palavras de fé.

Veste de paz e amor
O ambiente em que estejas.

Se algum mal aparece,
Olvida e faze o bem.

Suprime quanto possas
Os problemas que encontres.

Pelo Sol, Deus nos guarda
No esplendor da alegria.

Emmanuel

Eterno Agora

A cada amor uma esperança
A cada pensamento uma lembrança
E o doce amor que um dia senti,
Não sei se foi amor
E o que será amor?

A cada futuro um passado
Ser da loucura pelo prazer
De uma rápida emoção
Onde se arrisca tudo
Pra ganhar o inexplicável

Mas e o amor do futuro
Onde todos querem para sempre
E em duas faces
Se apresentarão em uma
O amor eterno e o pensamento sem razão
E o eterno amor acontece agora.

Keidy Lee Jones

Efêmera chama...

No limiar da esperança,
Longos são os dias, as noites...
Nas horas caladas,
A espera

Efêmera chama,
Taça depositária de ilusões
Frias são as lágrimas, o silêncio...
Na pausa forçada,
A queda

Ardente ontem,
Agonizante hoje
Incertos são os caminhos, os ventos...
Na dor mascarada,
O amor em fragmentos

Nada mais...

Maria Aparecida Giacomini Dóro

Minha Esperança

As vezes fico pensando na vida, em tudo que passo e ja passei...
E choro por motivos, os quais ainda não sei.
Mas de uma coisa eu tenho certeza: Existe esperança!
Olho para o céu, mil estrelas a brilhar;
Contemplo as ondas do infinito mar.
Flores no jardim, começam a brotar;
Tudo isso me faz entender, quem espera sempre alcança.
Pois ainda existe esperança.

Se existe esperança, então por que me preocupar com as coisas que virá?
Pois Deus tudo criou com seu infinito amor, e jamais me abandonará.
Sempre existe uma esperança para aquele que Nele confiar!


Minha esperança é saber que Deus tem cuidado de mim, com seu amor sem fim. Por isso não temerei e nele confiarei.
Em Deus deposito minha fé e confiança, pois nele encontro minha esperança!

A esperança não é ultima que morre, pois ela estará sempre viva em meu coração.

Luna.

CLÉSIO COELHO CUNHA – CANTO REAL DUM JUIZ


Um certo dia, um raio cruzou a “Cidade Esperança,”
Levando uma tarja d’ouro quão reluzente!
Nascia o menino n’Alto Turi sem tardança,
Da pátria de Zé Doca se fez diligente,
Levantou balizas n’ alegria familiar,
Confiou as lições com a mãe sem abreviar,
Erigiu-se n’alma dum homem corajoso,
Abriu os doces sonhos com arco ditoso,
Do Maranhão improvisou a sua nobre canção,
Altivo Juiz que o povo quer: é talentoso,
Um julgador cordial e tem bom coração.

Foi na cidade de Zé Doca com bonança,
Onde Vicente e Isabel erguera’ o Progresso,
Labutas com ardor fizeram a mudança,
N’anfiteatro da Grécia foi um grande sucesso,
Da pecuária e educação saiu o homenageado,
De Promotor ao cargo de Juiz é confiado,
No baluarte da magistratura ’o Poder,
É reto nas decisões e faz ’contecer,
No judiciário maranhense em cada ação,
É ele: Fruto imparcial dos deuses comprazer,
Um julgador cordial e tem bom coração.

Tão radiante tem a luz do sol na confiança,
E por ser um árbitro virtuoso e excelente,
Leva no cerne a modéstia numa balança,
Duma nascente majestosa é competente,
Por onde passa com humildade faz brilhar,
Com carisma detém a força de ajudar,
Nem os ventos incautos chateiam: é atencioso,
Brioso nos costumes o que faz ser honroso,
E o chão Gonçalvino abraça com adoração,
A nobreza deste herói muito valioso,
Um julgador cordial e tem bom coração.

E nesta aptidão de senso crítico é aliança,
Compassivo na cátedra é benevolente,
Agita-se em favor do fraco com mestrança,
Ato humanístico que realça decente,
Num lampejar merecido para ofuscar,
E são sementes de afeto sem demonstrar,
Porém, todo mundo sabe quem é ele: airoso,
Alteia com riso democrático e rendoso,
Fala com todos e abre as portas com distinção,
Democrático por natureza é lustroso,
Um julgador cordial e tem bom coração.

E analisa contemplando o mund’em mudanças,
Das alçadas que leva a vida nesse expoente,
O Juiz Clésio Cunha atua com perseverança,
E na trilha do trimilênio é promovente,
Erguendo no ritmo diário faz laborar,
Com afeição os anseios dos humildes n’olhar,
É uma missão d’alma que enobrece e custoso,
Na margem jovial será sempre caloroso,
Induz na mais quieta e imutável atenção,
Produzindo ato de pura jurisdição,
Um julgador cordial e tem bom coração.


Ofertório

Faz jus a oblação do canto real primoroso,
Por ser um grande magistrado conceituoso,
Adição qu’enobrece nesta posição,
És tu Clésio! Operante da justiça atuoso,
Um julgador cordial e tem bom coração.

Erasmo Shallkytton

Inexplicável esperança de reviver todo aquele tempo que passou
Eu fui e voltei, e ainda há alguma coisa aqui dentro.
Talvez fragmentos desse amor...
Acreditei em mentiras, pois assim era feliz e eu sabia que se eu caísse na verdade jamais me reergueria...
Levasse anos pra construir uma vida, e em apenas uma palavra tudo se termina...
Minha maior loucura, quem sabe, seja acreditar que sou louca...
Louca pela vida, louca por viver...
Talvez meu maior engano, seja acreditar na bondade dos homens e confiar na palavra e nas juras...
Meu pior erro, quem sabe, seja ser eu, apenas eu....
Esse erro eu repito sem arrependimento, me arrependeria se me corrompesse pela vontades dos outros, não levo a vida do jeito que for mas, do meu jeito!

Paula Câmara Ferreira

Olhar

Eu sei que olhar mais lindo que o seu não há.
Nele vejo sonhos, esperança, um futuro melhor..
Vejo a felicidade que sai de mim e reflete em ti,,,
Sinto um arrepio que vem do pé e vai até o pescoço, só de olhar para esses teus olhos castanhos...
Pequeno, moreno, bom moço, sincero, sereno...
Lembrança, beijos, poemas...
Eu encontrei num olhar tudo o que eu sempre quis.

Paula Câmara Ferreira

É a vida que segue,
segue seca
seca como a alma dos sem esperança
esperança essa que deveria alimentar a alma
alma que sangra
sangue que jorra lentamente
lento como a batida do coração
esse que bate, por hora, se reerguendo
cansado de sofrer, de ser maltratado
se reergue, com a esperança que devagar
volta a alimentar a alma
alma que vai cicatrizando
e para de sangrar
e também volta a acreditar
que a vida continua seguindo
e segue sem secar!

eu

Penitenciária das Classes

Punkita

Querem roubar a esperança da face juvenil
A vida real da periferia virou bang-bang
Assim nascem as novas vítimas do Brasil
Sob barulhento berço do sangue.

Sem governo a lei é do mais forte
O cachorro mais fraco é o que morre primeiro
Na luta pelo osso não se conta só com sorte
O malandro sabe esse verso por inteiro.

A juventude da favela também tem virtude
Não importa que o plenário diga o contrário
O sistema falho é que exige atitude
Nem todo moleque nasceu pra operário.

A policia sabe o morro fazendo a roleta russa
E assim aumenta a nossa "bela" estatística
Quando o pulso juvenil não mais pulsa
É ibope pro programa sensacionalista.

A criança da favela já não sabe o que é herói
Mas a classe burguesia não tá nem aí
Enquanto no gueto a realidade dói
O filho da madame tá na loja de gibi.

(Mas o raciocínio não é por aí)

O problema está nos dois lados da moeda
Tanto da classe A, como da classe D
É esse sistema que nos seda
Pra virarmos inimigos sem saber.

A geração da favela e a geração burguesa
Garotos são garotos o que muda é o sobrenome
Cada um com seu problema de pobreza e realeza
A rachadura vem da fome.

Quem morre é vítima pra sociedade
Sistema penitenciário já não exige grade
Quem mata é vitima da sociedade
Esse sistema já começa na maternidade.

O mocinho e o vilão a TV já escolheu
Novela da vida real é audiência
A sua opinião que já se corrompeu
Só fortalece o Brasil Decadência.

Eu fiz esse poema depois que comecei a ouvir rap de periferia.

Autor desconhecido

Esperança viva
Que o sangue amansa
Vem lá do espaço aberto
E faz do nosso braço
Um abrigo
Que possa guardar
A vitória do sentimento claro
Vencendo todo medo
Mãos dadas pela rua
Num destino de luz e amor
Vem agora
Quase não há mais tempo
Vem com teu passo firme
E rosto de criança
A maldade já vimos demais
Olha
Sempre poderemos viver em paz
Em tempo
Tanto a fazer pelo nosso bem
Iremos passar
Mas não podemos nunca esquecer
De mais alguém
Que vem
Simples inocentes a nos julgar
Perdidos
As iluminadas crianças
Herdeiras do chão

Solo plantado
Não as ruínas de um caos
Diamantes e cristais
Não valem tal poder
Contos de luar
Ou a história dos homens
Lua vaga vem brincar
E manda teus sinais
Que será de nós
Se estivermos cansados
Da verdade
Do amor
Esperança viva
Que a mão alcança
Vem com teu passo firme
O rosto de criança
A maldade já vimos demais

Beto Guedes

The end!
Vida sedenta por ânsia! Ânsia inerte de esperança.
Esperança!
De que vale ter se ela não fortalece nada?
Esperança morta é o que eu tenho, agora depois dela só falto eu!
O desejo corroeu a minha alma permanecendo apenas a súbita espera da tão desejada morte.

Já fiz de tudo que precisei para viver, já tive de tudo nessa vida...
Agora só resta esperar o tempo vim e me da tudo que quero. Ou apenas desejar que a morte ultrapasse o tempo chegue primeiro ao meu encontro.

Só assim saberei se a minha ‘’historia sem fim'' realmente acabou...
05/10/07

Raphael Santos Araujo

É burro e insensato deixar que a esperança que vivia em mim continuar vivendo, depois da palavra final. Você nunca se importou comigo, abriu mão da minha presença tão rápido, fácil..decepcionante. Queria poder dizer que não me importo, mas a verdade é que estou sofrendo mais do que qualquer vez que tenha sofrido. Estou sofrendo porque além de saudade, admitir pra mim mesma que acabou é ainda mais difícil...E sim, era o que eu temia.
Porque eu saberia lidar com a situação, e daria tempo pra você se acustumar. Éramos amigos acima de qualquer coisa...Ou eu pensava que éramos.
Foi fácil desistir de mim? foi fácil me deixar pra trás? foi fácil seguir em frente sem dar satisfação, ou você achou que eu não merecia? Eu esperava muito mais de você. Você não pensou em mim momento algum...Como pôde?
O pior de tudo é ver que quem está sofrendo sou eu, não você. Que você não percebeu que perdeu, porque ainda nem deu valor...Talvez um dia sinta falta, quem sabe...
A única coisa que eu posso fazer agora é seguir em frente, ainda que me pareça impossível te esquecer é o que eu vou fazer...Apagar você da minha vida, virar a página. Te matar em mim. Dói muito...Mas ainda dói menos que a sua indiferença. Eu não merecia.

20/05/09

Yohanna

Se um dia eu pudesse voltar ao tempo de criança
Faria tudo de novo com mais fé e esperança
Brincaria de bola, pega pega, pique esconde,
Mamãe da rua, passa anel, quantos beijos e abraços sabor de mel
A tardezinha mamãe chamava correndo em casa chegava
Depois do banho tomado na mesa fraca arroz e salada a gente jantava
Hoje formado vivo e mais sossegado fazendo o que gosto
Com a mulher amada do lado cantando rimas e trovas
Assim aqui deixo a prova
Desta vida só se leva a vida que a gente leva

Marcelo Napoleão

Hoje criança pra mulher esperança

Se me encontrava com lirio despido em arbustos cm cravos
que me furavam a cada sentimento que me mexiam
Me perguntava se a vida me fugia da mente
como enhtender se me cortava ao amar vc
me mexiam os olhos
que mas azus nao haveria
que pela vida que asua
se entregava a mim
mas pra que tamta dor porque nao poderi aeu me transforma em for e sai esbannjando aroma de pureza
mas nao me deixo abater nao sou como vc
sei como tiver de ser

Gabriela

Quando tudo parecia ter chegado ao fim,
Eu não tinha a menor esperança de ser feliz,
Tempestades de dor e tristezas que eu enfrentei,
Destruiram os sonhos e os planos que eu construí,
Quandos noites me ajoelhava sem poder falar,
Eu não tinha coragem nem força pra falar com Deus,
Mas um dia ouvi sua voz me falando:-Não temas,
Não há dor que na cruz eu não tenha vencido por ti.

O sangue de Cristo liberta de todo o pecado,
A cruz do calvário é o começo, da nossa vitória,
A palavra de Deus é a nossa arma de guerra,
E o poder de Deus nos garante a vitória final.

Sérgio Lopes

Guardo teu sorriso meigo na lembrança na esperança que um dia ele sorria me desejando.
Guardo teu olhar carinhoso na lembrança na esperança que um dia ele me deseje no olhar.
Guardo teu jeito moleque na lembrança na esperança que com esse teu jeito me arrebates com um simples abraçar.
Guardo teu sorriso, teu olhar, seu jeito moleque na lembrança, na esperança...
Oh esperança que me consola que me afoga que me faz respirar.... VIVER a te esperar. (DESEJAR)

Thaliça

Menino

Tenho um pensamento bom,
Das coisas perfeitas que não fiz,
Tenho esperança de viver,
Ainda vou pedi perdão a você.

Me lembro quando pequeno
Você me abraçava,
Falava das coisas certas
E não seguir as erradas.

Ei mãe, eu não segui o caminho errado,
As flores do mal que caem ao meu lado,
Não sei mais correr da ilusão que criei,
Não sei me separar da solidão com quem casei.

Ei mãe, eu sou apenas um menino,
Vivendo sem amor,
Correndo da dor,
Em busca de um destino.

Me chamam de palhaço,
Me fazem de escravo,
E não me deixam cantar.

Quero sorri e brincar,
Te beijar e passear,
Voltar pro meu lugar,
Onde eu possa ser menino.

Alesson Claudino Fideles

Alesson C. Fideles