Textos de Escritores Famosos

Cerca de 54 textos de Escritores Famosos

É engraçado falarmos sobre amor, porque não há uma definição precisa. Alguns escritores mostram o sentimento como forte, avassalador e até ‘’cruel’’, porem na minha nada humilde opinião o amor é como um elo entre as pessoas, uma força inquebrável, um alicerce seguro, uma rocha inabalável. Quando crescemos encontramos uma pessoa muito especial, esta nos completa. Então decidimos viver nossa vida com ela. O fruto desta união é uma benção, sem a qual hoje vocês não estariam recebendo esta homenagem, são os filhos. Portanto a missão de vocês é cria-los com amor e dedicação, educa-los com sabedoria e justiça e prepara-los para que um dia eles possam receber esta benção. Afinal, ser pai é muito mais do que criar uma criança. É estar ali quando ela mais precisar, é estender as mãos quando ele achar que não tem saída, tirar as duvidas que um dia você teve, compartilhar suas felicidades, e assim como nosso pai Celeste faz conosco, é orienta-lo durante a caminhada. PAI, ser um não é para qualquer pessoa, poucos conseguem ter capacidade de ver que tudo que ensinou, teve um resultado benéfico. Todas as broncas e puxões de orelha especialmente pelas notas fez com que seus filhos se tornassem cidadãos exemplares e pessoas maravilhosas. Ter um filho e ter um pai é uma dádiva de Deus, e embora o dia dos pais seja todos os dias, precisávamos de um para declarar o quanto vocês são importantes e o quanto nós os amamos.
Deus os abençoe!

Débora Siqueira

LEIA COM CUIDADO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Escritores escrevem sobre o que sentem. E o que não sentem. Sobre o que sabem que a sociedade vive. Ou não vive. Falam do amor e a dor que choram, do amor e a dor que o semelhante chora. O escritor é um intérprete visionário da humanidade. Absorve os dramas e as alegrias, as frustrações e os sucessos, a grandeza e a mesquinhez do ser humano, e depois devolve ao mundo em forma de literatura.
São muitos os escritores que dizem quase ou tudo em primeira pessoa. E por essa intimidade, muitas vezes fazem com que segundas e terceiras pessoas, as que fazem parte do seu convívio, se julguem citadas ou inseridas, de formas positivas ou não, em seus escritos. Isso é bom, porque a mensagem os alcançou, e pode ser mau, se alguém acha que foi direta e publicamente flagrado.
No caso das formas negativas, cabe um conselho às tais segundas e terceiras pessoas: tomem cuidado com a injustiça. Por mais que o contexto de algum escrito aparentemente as flagre, aponte ou denuncie, na maioria das vezes - maioria, mesmo - quem o redigiu não pensava especificamente nesta ou naquela pessoa. Pensava no mundo. Na sociedade. Pensava na vida.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Onde a maioria dos escritores buscam segurança?

O desejo de segurança é um impulso normal do ser humano, e está mais predominante na maioria dos escritores, que, em vez de buscá-la numa intuição direta e pessoal, buscam-na na adesão coletiva às tendências de prestígio, encontrando alívio e proteção no sentimento de estar em dia com a opinião de seus leitores (ou com aqueles que tal lhes parece), não aceitando ser replicado ou que discordem de suas ideias. Isto é angustiante, porque fazem da inteligência uma mera soma de opiniões, ao invés de colocá-la na ordem da razão, perdendo oportunidades de contribuir na formação dos leitores.
A estes escritores, meu silêncio é imenso!

Rosemary Chaia

Escritores de Plantão.

Um dia eu comecei a sentir um sintoma muito estranho. Não conseguia escrever, nem uma linha se quer de palavras. Acessei o blog e tentei, a mente estava confusa, o coração vazio, a boca seca, as mãos trêmulas os olhos distantes. No outro dia tentei novamente em um pequeno papel e nada... não conseguia mexer a caneta. Esse sintoma foi aumentando, fui deixando de lado achando que uma hora eu me curava. Cheguei a ler vários assuntos; protestos, política," Cura Gay", o bebê do Príncipe William, Conscienciologia, sexo(e olha que sexo é um bom assunto) e nada...
Muitos escritores usam de artifícios para fluir o lúdico como drogas ou álcool. Percebi que como não sou adepta desses meios, o problema estava ficando sério mesmo. Cheguei a pensar em suicídio(imagina! a vida ainda é bela, foi só para dar um drama hehehehe). Foi então que recorri aos "Escritores de plantão". Logo que cheguei para ser atendida supliquei:
- Por favor preciso de ajuda! façam exames, o que for necessário para descobrir o diagnóstico.
Um deles muito sério, me olhou e disse: - seu problema é simples e tem cura.
Então, diga logo! - Disse a ele.
- Você esta com deficiência de sentimentos, a sua emoção esta muito baixa.
- E como posso me curar disso? Após esta pergunta sua expressão foi outra com a resposta: - apenas viva! Viva sem medos, sem culpa, saia com os amigos, ria muito, mais de 5 vezes ao dia. Cante na chuva, ouça várias vezes a mesma música, coma chocolate de madrugada, grite fora do carro, fale mais sobre você, ouça mais sobre os outros, caminhe sem pressa, assista mais filmes, peças de teatro, visite um asilo, fotografe-se permita-se mais, conheça o maior numero de pessoas que puder, seja por telefone, internet ou fazendo compras no supermercado.
Esta é a melhor forma de recuperação. Sentimento e emoção não estão a venda na farmácia. Depois desta receita, comecei a colocar em prática para não correr o risco de ficar mais doente ou passar para alguém.

Cary Bertazzoni

Pessoas que conheço, o tal do Facebook e as girafas

Nossa, essa rede social é realmente incrível, principalmente, quando cogitamos em quais são, verdadeiramente, a personalidade e os pensamentos de nossos "amigos internautas". Após visualizar tantos posts e me deparar com diversas informações sem, absolutamente, qualquer contexto relevantemente importante, acabo por cair em mim e perceber que, alguns de meus amigos precisam reavaliar o principal motivo de utilizarem as redes sociais. Penso em uma infinidade de motivos e segundo suas características, tento encaixá-los aos meus amigos e às vezes até consigo realizar tal proeza.
Contudo, esses dias, o que muito me torna a incomodar, é participação deles em uma charada que, caso a resposta seja errada, consiste em trocar a foto (do perfil da rede social) por 3 dias e colocar no lugar dela a imagem de uma girafa - troca de identidade.
Fico a me perguntar se, de fato, meus amigos são tão inteligentes e sábios como autopromovem-se ou simplesmente, ingênuos e involuntariamente influenciáveis a ponto de "tornarem-se uma girafa" - ??? -.
------Pessoas vazias, será?------

João Esty

!=1

Depois de tantos erros e acertos na vida sentimental ou seja lá a área que for, só me restou um Ponto de Exclamação [!], que significa meus "pensamentos e atitudes" e o número Um [1], que significa "Eu", único, cheio de boas e más experiências que, fazem da minha vida o que ela é.

João Esty

É que eu sempre achei que esse lance de ser sincero e verdadeiro e original ao máximo nessa nossa relação fosse um tanto unilateral, sei lá, não queria ser injusto nem nada. Era algo que às vezes me fazia até um pouquinho mal... Acho que sabe como é isso. (?!)
Coisa normal de gente, de homem, que se importa. Sacou coisa rica?!

João Esty

Das melhores coisas da vida

Garotas, garotas e mais garotas! Será que realmente todos tem de "passar" por esta fase, onde já não se consegue pensar em mais nada senão em garotas?!
Porque se isso for verdade, então não deu certo comigo, pois, desde os meus 20 anos não consigo parar de pensar em outra "mina" a não ser: minha admirável esposa - minha musa, meu xodó.

João Esty

Será que as pessoas que assistem e veem alguém famoso, ainda que este sendo superficial, percebem que são tão insignificantes seus comentários ao ponto de perceberem que a crítica de ninguém incomoda a quem brilha?

"Porque só quem nos conhece de verdade sabe o valor que temos. Porque isso tudo é essência e nada nos faz mudar se não somente os que não nos conhecem ou desaprenderam sobre nós, sabem ao nosso respeito. O famoso superficial, também tem essência."

Reflitam mais, senhores e senhoritas Universitários do Brasil. De suas bocas não saem mais do superficialidades das quais vocês tendem a viver e querer esconder.

E tenho dito. Douglas Melo, este que vos fala!

Douglas Melo

O que sei dessa vida é a forma como ela termina. Todos, ricos e pobres, famosos e anônimos, têm o mesmo destino traçado no berço. Esse fardo não pesa: se arrasta! Viver pode ser uma arte, um vício, um acidente... Depende dos olhos de quem vê. Venho de um mundo de loucos, que acreditaram em suas causas e abocanharam seus dias com a fome da eternidade. E de fato, tornaram-se eternos. Meus heróis são pura música, mística, morte plástica que de tão surreal, não aconteceu! A morte vem com o esquecimento e a eternidade está ao alcance de uma melodia. Então, me afogo em versos perdidos no tempo e esqueço de todas as pedras pelo caminho. Uma rosa, um abraço carinhoso no mestre Cartola...alguns boleros e pequenas doses de samba. De que valem palavras? Minhas palavras roubadas de poetas mortos... Mas a morte é só uma invenção dos vivos... Penso nisso e tudo fica bem... A noite chega e leva o cansaço. Tudo é nostalgia... Lá fora, os galhos brincam sob o vento e levam embora o medo, já remoído pela saudade. Pequenas gotas de sal se misturam ao orvalho. São apenas detalhes, cristais ínfimos entre as rosas do jardim...

Isabella A. Soares

Os grandes e famosos artistas, os esportistas notáveis, os empreendedores de sucesso ou mesmo os aprovados em provas difíceis possuem muita coisa em comum: uma delas, sem sombra de dúvida, reside no esforço diferenciado. “Falhar em se preparar é se preparar para falhar” (Benjamim Franklin, americano, cientista, político e filósofo). Gente de sucesso exuberante não é inimiga da disciplina nem tampouco amiga do talento caótico. Mozart morreu muito jovem e aos dezenove anos já era um sucesso. Mas nessa altura ele já tinha cerca de quinze anos de trabalho duro e persistente (visto que começou a tocar e compor, por influência do pai, aos cinco anos de idade). Uma constatação importante: não basta só se esforçar. É preciso fazer benfeito o que deve ser feito. De outro lado, tudo deve ser feito do “jeito direito” (Nizan Guanaes). Nada de indisciplina, nada de desorganização, nada de improvisação. Para você alcançar o mundo do sucesso a fórmula mais garantida é a perseverança nos seus ideais, mas com ordem, com método, com planejamento. Recordemos: “Planejamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com o futuro de decisões presentes” (Peter Drucker, austríaco, escritor e consultor de negócios).

Luiz Flávio Gomes

Porque nos preocupamos mais em parecer com pregadores famosos do que com Cristo? Sempre que aparece algum pregador novo e se 'destaca' por ser usado por Deus, este mesmo pregador passa a ter uma legião de 'fãs' que o admiram e enchem a boca pra falar dele. Lembramos sempre que o nosso alvo é Cristo. Se somos cristãos, devemos ser semelhantes a Cristo, ter as atitudes de Cristo, devemos imitar Ele em tudo. Damos glória a Deus por estes pregadores que tem proclamado o evangelho genuíno, mas não podemos esquecer a Quem devemos seguir. Menos modinha, mais Cristo!

Clinton Ramachotte

Há uma igreja dos ricos e famosos que é capa da Veja, que está na TV e cujo crescimento e poder financeiro e político são analisados pelos sociólogos. E tem uma outra igreja anônima, pobre, na periferia, que se encontra principalmente em pequenos ajuntamentos, no movimento de missões e nas iniciativas cristãs de cunho social. A igreja do centro adotou um modelo de mercado, de culto bem produzido inspirado em igrejas norte-americanas. A igreja da periferia é sacrificial, profética, anônima e está envolvida com a realidade humana que sofre. Eu fiz uma opção pela igreja da periferia, do simples, do pequeno, sem fama, sem marketing, sem profissionais da fé, sem personalismo. Estou convencido de que fama, poder, riqueza e uma igreja voltada para si mesma não refletem o projeto de Jesus de Nazaré e dificilmente geram santos, profetas e reformadores.

Osmar Ludovico

Fiz da escrita um meio de ultrapassar o tempo, impossibilitando-o de alterar ou apagar certos instantes dentro da memória.
É na escrita que torno eterno o que num mundo mutável deveria ter sido efêmero. Por isso considero a escrita tão poderosa, através dela posso quebrar as regras do tempo e ter acesso a instantes de mim mesma que há muito tempo já haviam exaurido.

Miriam C. Marchesi

O único modo de servirmos a Deus é cuidando do bem mais precioso do Criador: a humanidade. Não falo da humanidade como gênero humano, natureza humana em si, mas na característica abstrata de cada ser, cada vida. Pessoas as quais devem ser ministradas o conhecimento pleno do evangelho da graça, da verdade.

Jackson da Mata

A imigração haitiana em Manaus tem solucionado alguns problemas do presente, como a necessidade de mão de obra na grande demanda da construção civil, principalmente com o advento da copa de futebol. Contudo, o que será após 2014? Será que o mesmo incentivo permanecerá ou teremos maiores problemas a serem solucionados?

Jackson da Mata

Se pergunte: – qual o motivo de muitos dos nossos “representantes”, eleitos pela maioria incompetentes analfabetos políticos, mostrarem a cara munida de supostas manobras marqueteiras no intuito de venderem suas imagens heróicas para ignorantes políticos? Certo ditado responde-nos: quem não é visto, não é lembrado!

Jackson da Mata

Neste solo pátrio, canso de ver escritores, intelectuais de diversas áreas do conhecimento apresentarem suas opiniões sobre violências para chamar atenção das autoridades constituídas. Tudo em vão. Ainda não há vondade, determinação e iniciativa arrojada para erradicar o exceso da violência em nosso grandioso país. Mas, é só querer.

João Bezerra Silva - Advogado

"Sempre admirei escritores como KAhlil Gibran, Rubem Alves, Leonardo Boff entre outros, embora nunca os tenha vistos, apenas apreciado suas obras, escrever poesias contos, é como querer interpretar a alma, é dar vida ao que os olhos não ver, e o que as mãos não alcançam, e como se quiséssemos entender a sintonia dos nossos corações . Neste sentido são poucos escritores que de fato entendem o sentido mais humano da vida, por isto quando escrevo, escrevo com alma, mas com o espírito critico de tudo que estar ao meu redor, principalmente hoje, onde a informação tornou-se mais veloz do luz, sem ela jamais podemos expressar de fato o que a vida é "

wilson de Oliveira Vieira

Os grandes escritores raramente têm o merecido reconhecimento; por ora serem incompreendidos, ora ignorados pelos impotentes do gosto. Isso não quer dizer, jamais, que são os escritores herméticos demais ou demasiadamente vagos. Quer dizer, isto sim, que o público é ignorante e ingênuo. Educado a comer toneladas de migalhas como se fosse banquete.

André Anacoreta