Textos de Caio Fernando Abreu

Cerca de 463 textos de Caio Fernando Abreu

Tem dia que estou pra "Caio Fernando", tem dia que estou pra "Fernando Pessoa"...
O importante é isso, ter motivações para todos os dias e não é por uma guerra de textos que quero rasgar meus versos, sou livre, nasci assim, solta, soltinha para trafegar e se der pra rimar eu rimo, se não, deleto, simples como não SER OBRIGADA A GOSTAR DE TUDO que saem escrevendo por aí.
Por favor, poupem minha literatura!

Simone Resende

"Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso.
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura.
Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista.
Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo.
Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez.
Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.''

Caio Fernando Abreu

[...] "Sabe o que eu sinto? Tem duas coisas me puxando, dois tipos de vida — e eu não quero nenhum deles. Quero um terceiro, o meu. Que ninguém tá curtindo. [...] — não tô conseguindo viver como eu gostaria — e não tenho coragem de ficar sozinho e tentar, você me entende? Acho que não. Eu vou levando, tenho horas de soluções drásticas, vou levando. Mas não sei até quando. [...] E eu fico muito comigo mesmo nisso tudo — cada vez mais sufocado, mais necessitado que pinte um VERDADEIRO ENCONTRO com outra pessoa, seja em que termos for. Parece que ou eu ou os outros não somos mais tão disponíveis. Será que estou fechando, perdendo a curiosidade? Eu não sei. Vou dormir. Amanhã te escrevo mais um pouco."

Caio Fernando Loureiro de Abreu

Vai devagar… Pensa duas, três, quatro

Vai devagar… Pensa duas, três, quatro, quantas vezes forem necessárias pra não fazer bobagem. Cuida do teu coração, cuidado com quem você deixa entrar. Espera o tempo passar.

Acredita menos… As pessoas não são tão legais quanto aparentam ser. Quem acredita menos, sofre na mesma proporção. Até quando você achar que é verdade, desconfie um pouquinho. Faz bem não se entregar totalmente logo de cara.... Se arrisca mais, por você.

Tenha coragem para dizer tudo que tens aí guardado. Seja forte para conseguir se manter calada perante alguns. Muda de rumo. Quando te mandarem ir por lá, vai pelo outro caminho. Ou vai apenas, pelo caminho do teu coração. Se você não aguentar mais fingir… Chore.

Depois que você acabar de chorar, vai sentir-se mais leve. E então vai levantar a cabeça, lavar o rosto, pôr uma roupa bonita no corpo, um sorriso escandalosamente lindo no rosto e dizer que chega, que você vai é ser feliz. Eu sei, é assim mesmo. E vai funcionar! Não diga “nunca”, nunca. Irônico, não? Mas não diga.

Porque essa vida é incrivelmente engraçada. Mais uma coisa. Você não pode ter medo que as pessoas te machuquem, viu. Porque as pessoas vão te machucar de vez em quando, até mesmo aqueles que você mais confia e admira. Não vão fazer por mal, mas somente porque são humanos.

Cometemos erros ridículos com pessoas maravilhosas. Faz parte. Não esquece que cada um é cada um. Somos diferentes. Graças a Deus, somos. Vive um dia por vez, sem pressa e sem querer ser mais rápida que o tempo. E por favor, vai ser feliz, que tu ainda tem muito por viver.

Caio Fernando Abreu

Acho que não precisava ser assim. É tudo tão forte, tão profundo, tão bonito, não precisava doer como dói. Eu não podia apenas sorrir quando me lembrasse de você? Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo, mas que só você, de algum modo, fosse capaz de ativar. Eu sei, é lindo. Mas logo em seguida, quando penso em quão longe você está sinto-me despedaçar por inteiro. Sabe a sensação de arrancar um doce de uma criança? Pois é, sou essa criança. E dói. Uma dor cujo único remédio é a sua presença. Então sigo assim, penso em você, sorrio, sofro e rezo, peço pra Deus cuidar da gente, amenizar essa dor e trazer logo a minha cura.”

Caio Fernando

É muito confortável bancar o infeliz e angustiado quando se vive num bom apartamento, quando se tem um copo de leite quente toda noite antes de dormir, uma mesada no fim do mês e uma mãe que basta estalar os dedos para dobrar-se a meus pés como uma escrava oriental. Ter demais é o meu mal. Se tivesse que batucar numa máquina de escrever todos os dias num escritório cheio de gente preocupada demais consigo mesma para dar atenção aos meus problemas, e tivesse que andar em ônibus superlotados, usar roupas velhas e sapatos furados, então poderio saber se existe ou não essa força que em vão tento encontrar em meu corpo.

Caio Fernando Abreu - Limite Branco

Tem sido tudo muito fácil para mim, fácil demais. Às vezes desejo ardentemente que aconteça urna desgraça, uma catástrofe que me jogue ao nível do chão, para me obrigar a despir as máscaras, o falsos gestos, as falsas palavras. Uma coisa que me torne ínfimo, ainda mais confuso e só do que sou, que me deixe a sós comigo mesmo, nu, na frente de um espelho, a investigar a minha verdadeira condição. Então eu saberia, pela primeira vez eu poderia saber. Então viria a solução final, definitiva. Levantar-me aos poucos, como um pó-de-vento, lentamente crescendo, incorporando outros seres a mim, e girando, girando sempre, tornar-me tormenta, furacão, vendaval, terremoto, cataclismo. Ou me dissolveria em poeira à primeira brisa que soprasse — quem sabe?

Caio Fernando Abreu - Limite Branco

Caio de Abreu diz que ''a pior coisa do mundo é quando alguém faz você se sentir especial, e de repente, te deixa de lado. E aí você tem que agir como se não se importasse.'' É verdade! Mas como diz Tati Bernardi... ''se ele é burro o suficiente para ir embora, seja inteligente o suficiente para deixá-lo ir.''
Amor-próprio menina! Destrua de vez esse fantasma do passado que não te faz feliz!! Enxugue essas lágrimas, recolhe esses caquinhos do coração caido pelo chão e bola pra frente! Porque ali, bem naquela esquina da vida, que vc não quer mais passar, tem alguém te esperando. E esse alguém sim vai te mostrar porque os outros são apenas outros. Alguém disse e eu concordo que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata, e que a vida sempre ' sempre continua.'

Talita Nunes

Sr Caio F. de Abreu, eu também "Preciso sim, preciso tanto. Alguém que aceite tanto meus sonos demorados quanto minhas insônias insuportáveis."

Preciso de alguém que me entenda sem me julgar, que me abrace sem apertar, que me de colo sem me machucar. Preciso sim , de alguém que não tenha medo de me amar e que quando eu chorar , ela esteja ali , só pra me fazer calar. Eu preciso de alguém que saiba apenas me curar das dores de quem nunca soube me cuidar......

Cecilia sfalsin

Estava no tumblr e li o seguinte trecho do escritor Caio.F Abreu: “Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga”. Na hora me lembrei de 6 pessoas, que se tornaram especiais em apenas 1 ano letivo.
Foram essas 6 pessoas que me aguentaram durante o ano, foram elas que me escutaram quando eu precisei, me deram conselhos, brincaram, brigaram, e durante 205 dias letivos foram eles que sempre estavam lá quando eu mais precisava.
As férias foram chegando, e pelo menos eu, já sentia um nó na garganta só de pensar que não estudaríamos juntos no ano seguinte (2012). Um mudaria de colégio, e outros mudariam de turno. Chegaram as férias, e a despedida com toda certeza foi o momento mais difícil, mas eu ainda tinha esperança de que o ano de 2012 seria melhor do que 2011.
2012 chegou, as aulas começaram, e tive certeza de que nada seria como antes, os melhores amigos de 2011 não estariam mais juntos como antes, e as discussões durante a aula, as piadas e as 7 carteiras grudadas uma na outra, não estariam mais assim.
E como Caio F. Abreu disse, “o que foi bonito fica com toda força”, e com certeza vocês foram e sempre serão umas das coisas mais bonitas que já me aconteceram, e não é o tempo, a distância, a mudança de turno ou de colégio que vai fazer com que aqueles 205 dias letivos do lado de vocês sejam apagados.
Eu só tenho a agradecer a vocês, por me proporcionarem os melhores dias na escola, por serem esses amigos inesquecíveis, por estarem sempre comigo. Espero que eu tenha sido a amiga que vocês esperavam, pois vocês foram e serão os amigos que eu sempre desejei. !
Obrigada Larissa Pereira, Eduarda Alves, Lucas Cezilio, João Vitor Saraiva, Pedro Gabriel e Pedro Junior. Durante 2011 vocês foram os motivos dos meus sorrisos e idas pro colégio. Enfim, vocês são “uma das coisas mais bonitas” que já aconteceu na minha vida.
Nunca se esqueçam que eu amo vocês demais. !

Andressa Reis (Dessavreis)

Estória de Caio F.Abreu (1948 - 1996)

Jornalista, escritor, dramaturgo sou tudo isso, mais fico impressionado quando eu vejo imagens de textos e algumas frases sendo circuladas, coisas que eu não escrevi, mas que estão sendo assinadas com o meu nome.
Então porque os reais autores não colocam os seus nomes? Será que eles nunca terão a mesma credibilidade que eu? Sim é a resposta, isso é a maior verdade, eu posso escrever algo que não seja muito relevante, mais como sou eu que estou escrevendo a frase terá milhares de compartilhamentos. Não acho ruim isso, mais também não acho certo, devemos ser observadores e aceitar as coisas pelo seu conteúdo. Meus seguidores dão muito valor pela imagem que eu criei, então basta eles verem uma foto minha, com qualquer que seja a frase “mesmo a mensagem não sendo minha” elas serão compartilhadas, algumas pessoas se quer entende o que eu quero passar, mais como sou eu que estou falando ou como é minha imagem que está sendo colocada à frente. A imagem é difundida.

(...) vamos dar valor as coisas que realmente importam.

Thiago Augustto "Neguinho"

Apenas três caras, até o hoje, teriam chances de me levar para o altar. Caio F. Abreu, Renato Russo e Cazuza. Mas dos três, sou mais o Cazuza, pois, além de lindo, nós dois queremos a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida. “Amor tranquilo”, você ainda sabe o que é isso?
As histórias de amor que ando lendo por aí andam avassaladoras demais, radicais demais, pra que levar tudo a ferro e fogo? Tudo ou nada não está com nada, minha gente! Não é assim que deve ser. Essa coisa que vem do nada e te faz se descabelar se chama paixão ou cólica, mas amor não é.
Amor é bem mais tímido e pacifico que isso, ele vem de pouco a pouco. Amor é para ser conquistado. Ele está nas conversar durante uma tarde de domingo, durante uma gargalhada que te faz perder o ar, ele está na frase “nossa, eu também, acredita?!” ou nos olhos fechados durante um abraço.
O amor não é psicologo para aparecer quando está tudo desmoronando e te dar respostas, o amor é um prêmio por ter descoberto tudo enquanto vivia e deixava viver. Ou por não ter descoberto e não se culpar por isso. O amor aparece pra quem enxerga e não pra quem olha, pra quem suspira ou perde o ar, não pra quem respira. Mas só aparece quando você não olhando. Se você ficar com um binoculo e uma placa luminosa escrita “procuro um amor” ele vai sair correndo. E vai correr calado que é pra você não ter tempo de fazê-lo ficar. Fuga silenciosa é a pior e a mais eficaz, e ele sabe disso.
Amor é aquela ligação absolutamente inesperada numa quarta-feira a tarde, é aquela despreocupação de parecer besta. Não trate o amor como um remédio tarja preta, pois a cor dele é vermelho, ou cor de rosa, ou a cor que lhe convém. O amor não é remédio para tomar como cura, não, não não! Não se encontra amor em farmácia. O tempo é remédio, amor é semblante de paz e felicidade.
Amor é quando você ouve Detonautas ou Maria Gadú e não sofre, porque seu coração está bonito e feliz. É quando você é capaz de ficar consigo mesmo sem se sentir a pessoa mais solitária do mundo, porque amor próprio e primeiro amor que se deve ter.
Quer um amor? Então tenha amor próprio, amor pela vida, amor pelas pessoas, amor pelos momentos, pela essência, amor por tudo que é pequeno, o resto flui.
A verdade é que quando você estiver amando você será o ultimo a saber, e essa é a magia do amor, ser tranquilo, com sabor de fruta mordida, tenha isso e terá todo o amor que houver nessa vida.

Polli

Acredito que assim como Caio Fenando de Abreu , muitos de nós já fizemos esta mesma pergunta "Será que as pessoas mudam de comportamento por se sentirem seguras do afeto que o outro sente? ". Ainda não sei ao certo o que faz uma pessoa mudar de comportamento em relação a outra quando rola sentimentos, se é por confiar que a tem totalmente em suas mãos ou por nunca ceder ao que realmente agrada a quem lhe confiou seu coração. Gostar requer muito mais que simples palavras, não se mede pelo tempo, nem tão pouco pela beleza, gostar vai além de expectativas, e não sobrevive se não tiver reciprocidades , entregar seu coração a alguém que não esta apto a possuí lo é adormecer seus sentimentos .Não se pode mudar de comportamento como se muda de roupa, a pessoa ao qual esta com você espera receber o mesmo que ela oferece, ninguém ama sozinho, ninguém se completa sozinho, não existe obstáculo onde há sentimentos . Quando há indiferença , ou outra mudança qualquer que demonstre distancia não acredito que a pessoa esta segura de si , do afeto que você sente, pelo contrário ,
muda porque não esta apta a valorizar o que você
dedicou a ela em amor.
Toda e qualquer mudança tem que ser para acrescentar,
aprimorar, renovar o relacionamento,
nesta mudança eu acredito
mas se te traz sofrimento e dor
mude você...

Cecilia sfalsin

"Com um espírito de Caio Fernando Abreu dentro de mim. Descrevo nessas entrelinhas, como me sinto bem em viver. Em levar a vida. Como ele diria ” Vou indo. Sem muita bagagem. Pesos desnecessários causam sempre dores desnecessárias.” Isso. Dessa forma creio que vou longe. Quebrando paradigmas. Destruindo barreiras. Ultrapassando obstáculos sem olhar pra trás. Reconhecendo minha humanidade. Reconhecendo minhas limitações. E pedindo sempre a Deus, força e coragem suficientes pra continuar vivendo. Sem medo."

Amanda Drielly

Ela? Tem 6 letras no primeiro nome. Gosta de Legião. Lê Caio Fernando Abreu. Geminiana. Mal educada. Fala palavrão. É mandona. Birrenta. Marrenta. Fria. Insensível. Imprevisível. Muitas vezes indelicada. Sarcástica. Ciumenta. Orgulhosa. A dona da verdade e não merece, nem mesmo um poema meu. É também muito linda, tem uma voz deliciosamente agradável, um jeitinho que instiga e ao mesmo tempo acalma. É tudo muito louco o que ela me causa e como causa. Sabe dominar como ninguém meus pensamentos. Prende minha atenção sem o mínimo esforço e aí não existe mundo, se não o mundo que ela me leva. Me faz nascer todos os dias só para amá-la e nunca precisou pedir o meu amor, chegou e tomou o que já era seu.

Sanchez G

"Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perda de espaço, tempo, paciência e sentimento."

Caio F de Abreu

(...) Ouvir umas histórias. Contar algumas também. Botar a conversa em dia… Falar sobre nós um pouco, talvez. Contar umas estrelas. Fazer uns pedidos. Quem sabe realizar alguns meus. Rir um pouco. Sentir-se leve. Esquentar um pouco os pés frios… O coração vazio. Se não quer sentar e relembrar o passado. Matar essa saudade. E essa vontade. Quem sabe sentir alguma vontade. Não sei…

Caio F Abreu

‎"Acorde, garota! Você é linda, inteligente, tem um ótimo perfume e seus olhos brilham mais que um punhado de purpurina. Por que chorar? Perdeu em alguma esquina seu encanto?! Ninguém pode tirar de você seu mais belo sorriso, motivo de idas e vindas saltitantes. Coloque sua música favorita para tocar, respire fundo e faça o que de melhor sabe fazer: ser você"

Caio F Abreu

"Eu só vim lhe desejar um dia lindo. Com flores pelos caminhos que você percorrer. Com gente feliz ao seu redor. Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma. Não importa se grandes notícias não virão hoje. Que também não venham as más. Que seu dia seja de paz. Que você esteja em paz. E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho. Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranquilidade’. E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração. Só vim te desejar um ótimo dia. Colorido e florido.

Caio F Abreu

“Quando penso desse jeito, enumero proposições como: a ser uma pessoa menos banal, a ser mais forte, mais seguro, mais sereno, mais feliz, a navegar com um mínimo de dor. Essas coisas todas que decidimos fazer ou nos tornar quando algo que supúnhamos grande acaba, e não há nada a ser feito a não ser continuar vivendo.”

Caio F Abreu