Textos de Aprendizado

Cerca de 203 textos de Aprendizado

NATAL!
Natal é...
O aprendizado de dividir
Um pouco do que se tem
Com quem não tem nada.
É aprender a perdoar.

Natal é...
É o saborear da alegria permanente da vida
A confraternização entre os amigos
A harmonia da família
O respeitar as diferenças.

Natal acima de tudo é
Atribuir honra e gloria ao autor da vida.

Natal é...
É aceitar o sacrifício divino
E receber com renuncia e prazer
O maior presente de todos os tempos:
O Cristo que é o Senhor absoluto do Natal
Autoria: Leila dos Reis

Eu! Leilinha

... A sabedoria popular nos ensina que há sempre um aprendizado a ser recolhido depois da dor. É verdade. As alegrias costumam ser preparadas no silêncio das duras esperas. Não é justo que o ser humano passe pelas experiências de calvários sem que delas nasçam experiências de ressurreições.

Por isso, depois do cativeiro, o aprendizado. Ao ser resgatado, o seqüestrado reencontra-se com seu mundo particular de modo diferente. A experiência da distância nos ajuda a mensurar o valor; e o seqüestrado, depois de livre, mergulha nesta verdade.

Antes da necessidade do pagamento do resgate, da vida livre, sem cativeiro, corria-se o risco da sensibilidade velada. A vida propicia a experiência do costume. O ser humano acostuma-se com o que tem, com o que ama, e somente a ruptura com o que se tem e com o que se ama abre-lhe os olhos para o real valor de tudo o que estava ao seu redor. As prisões podem nos fazer descobrir o valor da liberdade.

As restrições são prenhes de ensinamentos. Basta saber parturiar, fazer vir à luz o que nelas está escondido.

A ausência ainda é uma forma interessante de mensurar o que amamos e o que queremos bem. Passar pela experiência do cativeiro, local da negação absoluta de tudo o que para nós tem significado, conduz-nos ao cerne dos valores que nos constituem.

O resgate, o pagamento que nos dá o direito de voltar ao que é nosso, condensa um significado interessante. Ele é devolução. É como se fôssemos afastados de nossa propriedade, e de longe alguém nos mostrasse a beleza do nosso lugar, dizendo: “Já foi seu; mas não é mais. Se quiser voltar, terá que comprar de novo!” Compramos de novo o que sempre foi nosso. Estranho, mas esse é o significado do resgate.

Distantes do que antes era tão próximo, recobramos de um jeito novo. Redescobrimos os detalhes, as belezas silenciosas que, com o tempo, desaprendemos a perceber. A visão ao longe é reveladora. Vemos mais perto, mesmo estando tão longe. Olhamos e não conseguimos entender como não éramos capazes de reconhecer a beleza que sempre esteve ali, e que nem sempre fomos capazes de perceber.

No momento da ameaça de perder tudo isso, o que mais desejamos é a nova oportunidade de refazer a nossa vida, nosso desejo é voltar, reencontrar o que havíamos esquecido reintegrar o que antes perdido ignorado, abandonado. O que desejamos é a possibilidade de um retorno que nos possibilite ver as mesmas coisas de antes, mas de um jeito novo, aperfeiçoado pela ausência e pela e pela restrição.


Depois do resgate, o desejo de deitar a toalha branca sobre a mesa, colocar os talheres de ocasião sobre mesa farta. Fartura de sabores e pessoas que nos fazem ser o que somos!

Refeição é devolução! Da mesma forma como o alimento devolve ao corpo os nutrientes perdidos, a presença dos que amamos nos devolve a nós mesmoss. Sentar à mesa é isso. Nós nos servimos de alimentos e de olhares. Comungamos uns aos outros, assim como o corpo se incorpora da vida que o alimento lhe devolve. A mesa é o lugar onde as fomes se manifestam e são curadas. Fome de pão, fome de amor!


Depois do cativeiro, a festa de retorno, assim como na parábola bíblica que conta a história do filho que retornou depois de longo tempo de exílio. Distante dos nossos significados, não há possibilidade de felicidade. Quem já foi seqüestrado sabe disso. Por isso, depois do seqüestro, a vida nunca mais poderá ser a mesmaaaa.

Pe. Fábio de Melo

Um aprendizado contínuo
"Digo: o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia". A frase magistral, extraída da obra Grande Sertão: Veredas, do mestre João Guimarães Rosa, encerra uma série de conceitos, idéias e sugestões capazes de nos arrebatar por dias seguidos, tamanho o seu impacto e a sua densidade. Como quase tudo que o autor de Sagarana escreveu, ela exerce nos leitores um fascínio quase hipnótico, justamente porque representa uma síntese rara que une poesia e filosofia, convidando-nos à reflexão e também à apreciação estética. Ela nos leva a pensar sobre as experiências que vamos acumulando durante a vida e o modo como elas ajudam a moldar nosso caráter, nossa personalidade, nosso jeito singular de ser, de existir no mundo. Nossa convergência ou divergência dos valores, da ética, da moral. Guimarães Rosa parecia mesmo possuir a chave que abre a porta dos mais diversos mistérios que regem a aventura humana. Não foi à toa que, quando de sua morte, o poeta Carlos Drummond de Andrade escreveu para ele o poema "Um chamado João", em que, de forma sábia, questionava a melhor maneira de definir o criador de Riobaldo e Diadorim: "Embaixador do reino/ que há por trás dos reinos,/dos poderes, das/ supostas fórmulas/ do abracadabra, sésamo?/". O poeta de Itabira acertara mais uma vez. Assim como ele próprio o era, há artistas, escritores e pensadores que nos instigam, com suas obras, a encontrar o caminho do meio-termo, do equilíbrio entre a razão e a emoção. Um caminho que nos leva a apreender a magia do real. Um real muitas vezes invadido, enriquecido e incrementado pelas vias do imaginário. Esse imaginário tomado pela percepção aguçada que adquirimos por intermédio de suas histórias, de sua lógica primorosa, de seus sentimentos, de suas emoções. A leitura e o conhecimento são, por assim dizer, as pedras fundamentais das construções que originamos em nossa passagem na Terra. Ambos nos possibilitam, ainda, integrar os mais variados rincões espácio-temporais. Sentimos, por exemplo, um gosto doce de eternidade quando lemos estes versos de "Evocação ao Recife", de Manuel Bandeira: "Recife... /Rua da União.../ A casa de meu avô.../ Nunca pensei que ela acabasse!/Tudo lá parecia impregnado de eternidade/ Recife.../. Rosa, Drummond e Bandeira nos mostram que os grandes artistas e pensadores nos capacitam para uma jornada que mescla as lembranças do passado e a compreensão do presente, perfazendo vias que, comumente, podem nos transportar às paisagens tão sonhadas para o nosso futuro. Três tempos que, juntos, propiciam descobertas fantásticas. O conhecimento que transmitem por intermédio de seus textos e de sua arte nos impulsiona a seguir veredas especiais e a sair das cavernas escuras da ignorância. Foi assim, também, com os filósofos gregos, dentre eles, Aristóteles, que no livro Ética a Nicômaco desenvolveu um verdadeiro tratado sobre a arte do bem-viver. A obra do preceptor de Alexandre, o Grande, foi escrita especialmente para mostrar a Nicômaco, filho de Aristóteles, as direções mais adequadas a tomar para uma vida pautada pela ética, sustentada pela tolerância, pelo respeito aos seus semelhantes, pelo cultivo da amizade e do amor. Escrito há mais de dois mil anos, o texto é cada vez mais atual e necessário. Neste início de século XXI, seria maravilhoso se todos tivessem a oportunidade de se debruçar sobre essa obra magnânima. Foi pensando nisso que apostamos na idéia de realizar trabalhos que divulguem e propaguem idéias fundamentadas nesse livro de Aristóteles, utilizando, no entanto, linguagens e exemplos mais próximos da nossa realidade. É nossa esperança contribuir para que todos, principalmente os mais jovens, despertem para a apreciação de textos mais reflexivos e para a leitura de temas relevantes. Trata-se de uma tentativa de traduzir de forma mais contemporânea os caminhos inicialmente indicados por Aristóteles para a felicidade, para a prática do bem, para o apego à justiça e à sua propagação, para as atitudes moderadas, para a sapiência em concretizar as melhores escolhas, em conhecer e praticar as virtudes mais nobres, em valer-se da razão e do coração, em cultivar o amor e, principalmente, ser feliz. Sabemos que não existem fórmulas prontas ou tampouco mapas que apontem o passo a passo para a edificação de uma vida digna e honrada. Entretanto, temos convicção de que o conhecimento é o único passaporte capaz de levar as pessoas a uma postura verdadeiramente ética e a atitudes condizentes com as sugestões do filósofo grego, que dizia: "Toda a arte e toda a indagação, assim como toda ação e todo o propósito, visam a algum bem". Esse é o nosso maior desejo: fazer o bem para os que buscam compreender um pouco mais sobre o seu norte e sobre as bússolas que podem conduzi-los pelo grande Sertão que é a vida. Acreditamos na grandeza dessa jornada, sobretudo porque temos o respaldo do mestre Rosa, embaixador de todos os reinos, quando afirmou, pela boca da personagem Riobaldo: "Sertão. Sabe o senhor: sertão é onde o pensamento da gente se forma mais forte do que o poder do lugar (...) O sertão é do tamanho do mundo". Que o nosso mundo e as nossas fronteiras possam se expandir, sempre, pela estrada verdejante da ética.
Publicado no Jornal do Commercio

Gabriel Chalita

A vida é feita de momentos, cada momento tem sua finalidade, seu objetivo, seu aprendizado, sua característica e sua conclusão.
Meus momentos com você têm a finalidade de te amar, objetivo de te fazer feliz, aprender como é bom estar com alguém especial ao lado e valorizá-lo, tendo como característica de ser uma ótima sensação, sendo muito difícil de ser explicada e as vezes até compreendia, e como conclusão de que eu não conseguiria ficar sem esses momentos, eu não vivo sem você!

unknown

Aprendizado

Porque somos aparentemente tão perfeitos e às vezes comportamos e cometemos grandes imperfeições. Nada justifica a agressão que fazemos com nossos sentimentos. Somos partes sagradas da vida e da alma.
Não devemos destruir a imagem que foi lapidada e construída ao logo do tempo. A nossa tarefa é certamente delinear um caminho para que o nosso corpo não se arranhe nos espinhos por onde iremos passar. Porque muitos desses espinhos são mortais, ou possui certo veneno que nunca deixa cicatrizar as feridas.
Cuidadosamente observamos que há como viver carregando algumas marcas dos nossos erros, o que certamente não sumirá com o tempo. Vejo que muitas coisas estão mudando, sinto que há alguém especial por perto e que a barreira desse encontro é somente o meu modo de ser.
O mundo é muito grande para nos que somos pequenos, por isso necessitamos uns dos outros, para que possamos nos relacionar. Não precisamos relacionar com quem não gostamos, ou com os que projetam o mau, mas para termos forças acabamos sendo bons com todos, para o benefício da nossa vivência.
Se nós começássemos a viver nossos melhores sentimentos e pensamentos estaríamos perto da plenitude da vida, encontraríamos o significado de felicidade e os mistérios do amor.
Mas para que isso aconteça, todos têm que acreditar no gigante que criou a bondade, a vida e esse enorme e maravilhoso mundo. Latumia (W.J.F.).

Latumia.

É incrível ver essa chama ir crescendo
a cada descoberta,
em cada novo aprendizado...
O mundo vai se abrindo mostrando suas cores,
suas formas, quantidades e qualidades de saberes...
Há tanto a sentir, tanto a experimentar...
Há tanto para brilhar...
Me orgulho por poder fazer parte do caminho
dos seres que por mim passaram nesses 20 anos...
De cada um deles ficou muito..
As broncas, os sorrisos, os afagos, as surpresas...
Mas, mais forte que tudo
ficou o brilho do conhecer que cresce em cada olhar..
Em cada acerto, uma vitória
Cada erro, uma nova oportunidade de tentar de novo e acertar...
Espero poder estar ainda por mais alguns anos nessa estrada rumo ao iluminar-se...

Viviane Dick

Sempre haverá espaço para aprendizado, mudança e crescimento em nossas vidas. E, por mais que uma situação seja de completo desgosto, sempre haverá os dois lados desta mesma historia, e algum destes lados, com certeza, acabará nos ensinando pelo menos o que não fazer.

Inimigo oculto- Foco, Força e Fé",

Darléa zacharias

Tropeços,quedas,vitórias,derrotas,enfim o aprendizado tem me sido constante.
Já não fujo e faz é tempo!Eu encaro mesmo que o medo apareça bem fraco,aprendi a superá-lo

Sendo fraca clamo por força
ela vem e me sinto forte

Eu era pobre, mas de espírito
Agora sou rica de paz e amor
me sinto bem!


Piso na terra e sinto a força da vida.
Molho os meus pés na água da fonte
e me sinto revigorada.
A vida me cura.


Vivo o hoje pois o amanhã quem sabe é Deus
Tenho uma fé forte e nunca desisto.
Persisto no caminho do aprendizado constante.
Somente agindo assim é que eu posso aprender


A vida é a melhor professora que eu tenho,
e por ela eu tenho um grande respeito,pois a vida todos os dias
me devolve o que lanço sobre os outros.

Melhor ter cautela sempre!
Devolvo o bem sobre o mal que me lançam.
Sou cheia de vida,amor e de paz.
Sou guerreira e uma eterna aprendiz.
É bom ser assim!

Soul Poet

O sinal mais evidente de aprendizado é o conhecimento que foi adquirido sendo aplicado na vida diária. Mudanças não são fáceis e lidar muito menos. Não basta dizer - eu mudei. Para que haja uma mudança repentina, são passos lentos em direção ao que se crê com convicção, o primeiro passo é acreditar. Ter medo é humano, viver com ele é escolha. Sim, é questão de escolha, repare como quando pensamos positivamente em algo a se fazer, ainda que não aconteça exatamente da maneira que prevíamos no final o resultado é alcançado.
Alcançar objetivos tem seus divisores de águas: o pensar idealizando o que se quer, e como já foi dito antes o acreditar inicia o processo, onde sequência uma serie de fatores, que são formados pelas tentativas, algumas tentativas são certeiras, outras frustrantes. Daí vem o verdadeiro entendimento do acreditar como um divisor de águas, que está ali como base, quando se acredita que é possível, não importa as tentativas falhas, essa(s) servirá de lição para uma tentativa nova. Crer em si mesmo, aceitar que todo ser é feito de erros e acertos, é uma forma de viver sem a espera de próxima queda ou da vitória. Apenas acreditar que é possível sem se vangloriar ou sentir-se derrotado.
Liberdade de pensamento é a mesma que liberta o ser para torna-se quem quer ser, é também a mesma que abre os olhos para a verdadeira face refletida no espelho.

Liberta-te, pense "bem", queiro o bem.

Renata Alves

Com a Alma Limpa

Enquanto vivemos estamos em constante aprendizado
Não importa o que você fez de sua vida passada
O importante é o que você vai fazer de hoje em diante
Não temos em nossas vidas um tempo marcado conhecido
Mas temos um encontro certo
Com nossos próprios “eus” .
Ontem já foi
Amanhã ainda virá
Hoje é o que você tem que aproveitar
Senão seu amanhã não chegará
Você se sentiu só ?
Que bom.
A solidão é necessária as vezes
Pois é a forma de valorizarmos
As pessoas que estão em nossa volta
E sentirmos
O quanto são importantes.
A vida é um eterno recomeçar
Todos os dias abrimos nossos olhos
Tomamos café da manhã
E saímos para viver.
Movimentos que repetimos sempre
Pois a vida pulsa em nós
E é necessário senti-la
Valorizando cada pequeno acontecimento
Estaremos dando importância a momentos vividos.
Dar valor às pequenas coisas é uma forma
De respeitar nossas próprias vidas.
Quando ficamos tristes e nos fechamos
Estamos fazendo mal à nós mesmos pois
O mau humor só traz mal estar á saúde física
Não deixe que marcas passadas
Se instalem em seu coração
E amarguem a sua vida
Ame sempre
Pois o amor vai abrandar seu coração
Deixar você feliz
Trazer você para fora de si
Fazer você enxergar o outro
E através dele ver o quanto você
É importante no mundo.
Cante, ande, observe, estude,
Tire muitas fotos dos amigos,
Dance com quem você ama
Apaixone-se por tudo e por todos
Um pai sempre se orgulha
Quando vê no filho um pouco de seu jeito
De características comuns.
Nosso Pai também espera o mesmo de nós.
A lição maior foi o Amor e amando seremos
Tal pai tal filho.

Silvia Aparecida Maia

A perfeição: não é uma condição e sim um aprendizado...
Não fomos preparados para exercê-la. A vida é como você espera que ela seja!
Mesmo que a vontade caminhe em sentido contrario? É uma condição do ser: Exercer o poder de mudar a situação. Os desafios são o sal da vitória. É o que da a ela: um sabor mais que especial!

Renata Saturnino

Nesta vida breve!
Temos uma oportunidade única
Cada momento vivido é um aprendizado.
Vivemos num tempo que é só nosso
Onde devemos encontrar beleza nas pequenas coisas
Não sabemos o dia de amanhã
Vivemos o hoje!
E é o que se faz hoje, no presente, que determina nosso futuro...
A alegria da vida está em se saber viver.

Emerson Cesar Pandolpho

O sofrimento é o aprendizado que ensina a vida viver. A saudade é um meio de sofrer que atrai solidão, aumenta a inspiração e a emoção faz doer.. Viver o passado é estacionar o tempo num só lugar.. Mais o tempo não para se seu coração é de pássaro e como alma voa...
Um passado bem vivido deixa saudade, um passado mal vivido deixa magoa e dor. O presente é o que se vive agora, não se pergunta vai-se em frente e toda vez que o futuro chegar, vive-se o momento que o presente lhe dará... O passado é a sabedoria adquirida pra viver o presente e esperar o futuro...

bel Salviano

O que é mais importante de se levar de aprendizado de uma vida ?
Lutar sem cessar, ou cessar sem nem tentar lutar?
Temer tanto a possibilidade de não alcançar nada no decorrer de sua tragetória, e baixar a cabeça e deixar tudo ser senhor de todo ser?
Poucos compreendem, mais a luta constante, já es uma vitória conquistada.

Mr.Gui

O CAMINHO DO APRENDIZADO

A caminhada é deveras complicada...
Cujas estradas, são sinuosas e perigosas!
As dificuldades e vicissitudes são inúmeras... mas todas, certamente terão um fim!
Já minha força de vontade... essa nunca esmorecerá ou sucumbirá!
Pois, ela vem de uma fonte inesgotável!
Ei de vencer! Com a força do meu coração!
Minha jornada... é o alimento de minha vida e minha Alma!
O grande prêmio: a oportunidade de ter percorrido este caminho...
E ter testemunhado e presenciado, as maravilhas deste percurso!
Com suas infinitas demonstrações, sejam explícitas ou veladas, de sabedoria.
Quem sou? Apenas um mero peregrino...

Hernandes Leão

JOGADAS AO VENTO

"AS PALAVRAS NUNCA VOLTAM VAZIAS" (TRAZ APRENDIZADO PARA QUEM OBSERVA A INTERROGAÇÃO).
"OS DESEJOS SE ESCONDEM NAS FANTASIAS" (NÃO SÃO EXPOSTO POR MEDO DA FRUSTRAÇÃO).
"O AMOR ESTAVA AO SEU LADO E VOCÊ NÃO SABIA" (PORQUE O ORGULHO E A VAIDADE CEGA O CORAÇÃO).
"O POETA ESCREVE MAIS UM VERSO DE SUA NOSTALGIA" (PORQUE AS LETRAS NÃO CHORAM, MAS TRAZ EMOÇÃO).

Daniel Santo Fernandes

Casamento é um aprendizado diário de como as divergências entre as pessoas acabam quando a libído aumenta.
Mas casamento, também, é uma lição diária de como a Libído tem limite, igualzinho a Paciência!
E nada melhor que alguém pra te encher o saco e cuidar de você quando mais precisa.
Enfim, o casamento sempre será uma "Guerra dos Mundos", conheço alguém que vende uma bazuca, vai ai?

Carlos César Silva Franco

...:: Aprendizado ::...

Somos criados com total capacidade e voltados para evolução
Mas é preciso aceitar nossas limitações para evoluirmos
Mas sabendo respeitar que tudo tem sua hora e uma razão para acontecer
Não há méritos sem sacrifícios
Algumas pessoas possuem a chamada sorte na vida por ter algumas coisas de fácil acesso
Mas pra isso essa pessoa teve méritos por aquilo ou alguém teve que se sacrificar para alcançar seus objetivos
Não se lamente pelo o que não conquistou, mas agradeça pelo o que tem, e o que ainda virá conquistar.

W. Iazzetta

Ler é uma terapia...
É imaginação, cultura, aprendizado.
Emocionar-se, rir, chorar, sentir.
É viver um conto de fadas, ficção, aventura, guerra, drama, romance...
Tem coisa melhor que ler e não querer mais parar?
As horas passam e você nem sente e o que você mais quer é descobrir o final da história...
Tem até sabor e cheiro!
Ler... que delícia que é!

Camila Terciani

Plenitude do Aprendizado

Lá no fundo, no centro de nosso ser, reside uma fonte inesgotável de amor, alegria, paz e sabedoria. Esses tesouros são acionados quando nos conectamos com o Universo, buscando equilíbrio e bem estar. A semente divina está presente em todos nós.O que precisamos é praticar o contato com esses tesouros íntimos, pois estamos ligados à Sabedoria Infinita. A chave para esta conexão é o autoconhecimento.
O ato de se conhecer promove equilíbrio que deve ser alcançado em três níveis: corpo, mente e espírito.Um corpo saudável, uma mente feliz e uma forte conexão espiritual são fatores primordiais para harmonia do ser. Viver é um processo de aprendizado.Não tenha pressa . Seja consciente da eternidade. Viva cada instante como se fosse o último, desfrutando de cada passo dado para a conquista de suas metas e objetivos. Não espere a felicidade no final da estrada.

Fatyma de Moraes