Textos de Amizade de Autores Famosos

Cerca de 2761 textos de Amizade de Autores Famosos

Eu sei que vou encontrar outros amigos.
Mais de você eu nunca esquecerei.
Por um momento até posso esquecer.
Mais nessa hora quero lhes dizer.
Pra sempre seu amigo eu serei.
Todos estes dias que passamos juntos.
Quero dizer que foi muito legal.
Perdoe-me por favor se eu errei.
Se eu falei demais ou abusei.
É que as vezes a gente pega mal.
Você vai ficar guardado no meu coração.
Faça inverno ou verão não esquecerei seu nome.
Você vai ficar como uma alegra recordação.
Dentro do meu coração onde a amizade se esconde.
Você vai ver!

Michel Marques

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências…
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar. Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adimiro, adoro, os amo, embora não declare.

Paulo Sant'Ana

Viver conviver amar

Seria melhor que meus olhos não
vissem as coisas más e tristes
Assim meu coração não sentiria

Seria melhor que meus ouvidos não
Escutassem as mentiras e injurias desta vida
Assim meu coração não sentiria

Seria melhor que minhas narinas não
Farejassem o erro e as falhas que se esparramam neste chão
Assim meu coração não sentiria

Seria melhor que minha boca não
Degustasse o dissabor da decepção e da amargura
Assim meu coração não sentiria

Seria melhor que meu coração não
Sentisse o que meus sentidos experimentam
Assim eu nada sentiria
Assim eu viveria sem harmonia

Mas viver desarmoniosamente é vegetar
O coração merece sentir chorar vibrar
Doer degustar
Isto sim é viver conviver amar

Everton Renaud

Ode à vida

Faça com que possa
crer em teu futuro,
mostre-me que tens força
e transponha o muro
que te faz cativo
da dor e da vergonha.
Teu coração aberto
ao mundo ponha,
desperte a mente
que na vida sonha,
acenda as luzes
e fuja do escuro.

Não pense que tudo
se acabou,
nem que de ruínas
será teu existir,
lute, erga a cabeça, viva,
ou sucumbirás ao medo
que há de vir.
Se tua vontade é fraca,
faça da derrota teu porvir,
dê-me tua mão e creia
que sou a outra mão
pronta a te servir.

Victor Motta

Vida virtual

Quantas palavras vazias são ditas
nesta ciranda de uma vida inútil
que, na verdade, não dizem nada,
pois são apenas frases mal ditas
de uma pessoa simplesmente fútil,
que melhor seria permanecer calada.

Na correria de uma existência virtual
amor e amizade são momentos iguais
à previsão do tempo, falar o trivial
de coisas constantes e sabidamente banais.

A vulgarização de um forte sentimento
tornou-se desse modo tão corriqueira
que, talvez, em um pouquissimo tempo
seja apenas uma sensação passageira.

Victor Motta

Espero que o seu dia seja bom e que seu trabalho flua. Que as coisas possam acontecer dentro de uma concordância.
Espero que você seja forte o bastante para suportar aquilo que tente ser mais forte que você e que você saiba suportar um peso além das suas expectativas.
Espero que mesmo que acabe toda sua vontade, você olhe pra dentro de si e encontre aquilo que te faz bem em saber quem você é ou tem.
Espero que quando você estiver a ponto de infartar que você pare e reflita se vale a pena morrer assim (na verdade não paramos para pensar como devemos morrer, apenas não morra por trabalho, acho que morrer de velhice é a morte mais sensata).
Espero que quando alguém lhe fechar no trânsito você consiga (pelo menos aos poucos) não tentar seguir este "ser" e arrumar uma encrenquinha, só pra variar...
Espero que com o passar do tempo você realmente me escute e não se entendie de tanto eu lhe pedir para parar de se "cutucar".
Espero que eu ainda possa "mesmo que numa freqüência baixa" lhe dar muito carinho, sentir seu cheiro e me refazer todas as vezes que isso acontecer.
Espero te ver sempre atacando de "gente grande" e segundos depois atacando de "criança".
Espero que quando eu te irritar profundamente você continue deixando muito claro que te irritei e que no dia posterior eu ainda tenha uma chance de corrigir meus erros e dizer de algumas maneiras diferentes o quanto te amo, o quanto sem você não dá, mesmo que eu não diga mais com tanta freqüência.
Espero te encontrar mais vezes do que o planejado.
Espero nunca perder a liberdade de ficar enfiada no seu mundo tão perfeito e maluco.
Espero que você perceba que te amar não é um esforço, e sim algo que desliza do meu coração deixando vestígios pelo meu corpo, meus pensamentos, meus atos, minhas manias, meus desejos e tem sido o melhor que tenho feito...te amado de longe, de perto, aceitando seus limites, seu jeito, engolindo o ciúme que me rasga toda...
Espero apenas que você consiga de todas as maneiras ser feliz e que eu possa contribuir um pouco pra isso!

Renata Pinho

Velhas amigas

Minha avó tinha uma inimiga ferrenha chamada Marina. Elas se mudaram para casas próximas na pequena cidade onde tinham ido viver. Não sei quem começou a guerra, pois foi muito antes de eu nascer, e não sei se quando nasci, uns quarenta anos depois, elas mesmas se lembravam de quem havia começado. Mas o duro combate continuava, com amargas batalhas. Era uma contenda travada sem um pingo de educação. Era uma guerra entre senhoras, o que representava guerra total. Nada na cidade escapou das conseqüências. A igreja de quatrocentos anos quase desabou quando a vovó e a senhora Marina travaram a batalha pela presidência de uma Sociedade local. Vovó ganhou este combate, mas foi uma vitória sem valor, pois a senhora Marina derrotada, demitiu-se da Sociedade num acesso de pura raiva. E qual é a graça de você dirigir alguma coisa se não puder humilhar sua inimiga mortal? A senhora Marina venceu a batalha da Biblioteca Pública, conseguindo que sua sobrinha Fernanda fosse indicada bibliotecária no lugar de minha tia Amanda. No dia em que Fernanda tomou posse, vovó parou de apanhar livros na biblioteca, dizendo que estavam "cheios de germes", e começou a comprar os livros que queria ler. A batalha da Escola Secundária terminou empatada. O diretor conseguiu um emprego melhor e saiu antes que a senhora Marina o tirasse de lá ou vovó conseguisse mantê-lo lá para sempre. Além dessas batalhas mais sérias, aconteciam constantes ataques e recuos na linha de tiro. Quando éramos crianças e visitava-mos vovó, parte da diversão consistia em fazer caretas para os terríveis netos da senhora Marina que revidavam com igual truculência. Corríamos atrás das galinhas e púnhamos bombinhas nos trilhos do bonde bem em frente à casa da senhora Marina com a doce esperança de que, ao passar, o bonde provocasse uma explosão que a fizesse morrer de susto. Num dia histórico, pusemos uma cobra na calha de chuva da senhora Marina. Minha avó ainda ensaiou um protesto, mas sentimos sua solidariedade, bem diferente dos veementes "nãos" de mamãe, e prosseguimos na nossa carreira de crianças endiabradas. Não pense, nem por um minuto que só havia um lado nessa guerra. Lembrem-se de que a senhora Marina também tinha netos bem mais valentões e espertos do que os netos de vovó. Os pestinhas puseram gambás no porão de sua casa e esta foi a agressão mais suave. O fato é que qualquer incidente na casa de vovó foi atribuído aos parentes da senhora Marina. Não sei como vovó poderia ter suportado todos esses problemas se não fosse pelo caderno feminino do jornal diário. A página era uma instituição maravilhosa. Além das usuais dicas de cozinha e conselhos sobre limpeza, havia uma seção de troca de cartas para que as leitoras pudessem desabafar seus problemas. Para que o anonimato fosse mantido, as cartas vinham assinadas com um pseudônimo. O de vovó era Serena (que ironia!!!). Outras pessoas que tivessem o mesmo problema respondiam, dando a solução encontrada e também usando seus pseudônimos. Muitas vezes, exposto o problema, as leitoras ficavam trocando cartas por anos através do jornal, falando sobre filhos, doces em conserva ou a mobília nova da sala de jantar. Foi isso que aconteceu com vovó. Ela e uma mulher chamada Andorinha se corresponderam por vinte e cinco anos, e vovó dizia a Andorinha coisas que jamais confessara a ninguém, como a vez em que contou que pensava estar grávida (e não estava) ou quando meu tio Célio pegou piolho na escola e vovó ficou profundamente humilhada. Andorinha era sua amiga do coração. Quando eu tinha dezessete anos, a senhora Marina morreu. Numa cidade pequena, mesmo que você deteste a vizinha, faz parte das regras de educação se oferecer para ajudar a família enlutada no que for necessário. Vovó atravessou o gramado, deu os pêsames às filhas e começou a ajuda-las a limpar a já imaculada sala de visitas para o funeral. De repente, viu aberto sobre uma mesa, num lugar de destaque, um enorme álbum de recortes. Para seu mais absoluto estarrecimento ali estavam coladas, em colunas paralelas, as cartas dela para Andorinha e as de Andorinha para ela. A maior inimiga de vovó fora, na verdade, sua melhor amiga. Foi a única vez que me lembro de ter visto minha avó chorar. Eu não sabia naquela época por que ela estava chorando, mas agora sei. Chorava por todos os anos perdidos que não poderiam ser recuperados. Naquele momento fiquei tão impressionado com as lágrimas de minha avó, que não me dei conta da descoberta fundamental que começava a fazer. Uma descoberta que se transformou em convicção e que tem me ajudado imensamente a viver.

As pessoas podem parecer insuportáveis. Podem parecer egoístas, mesquinhas e hipócritas. Mas, se não procurarmos olha-las sob outra ótica, nunca seremos capazes de descobrir que são também generosas, amorosas e bondosas. E, se não lhes dermos a oportunidade de revelarem seus segredos e aspectos positivos, procurando sempre falar com elas e não delas, ficaremos sempre privados do bem que elas poderão nos proporcionar.

(Autor desconhecido)

Desconhecido

amiGoS:

.São Tão RaRoS, Que Se CONSaGRaM...

.São Tão iMpoRTaNTeS, Que Não SE eSQueCeM...

.São Tão FoRTeS Que PRoTeGeM...

.São Tão SoLiDaRioS, Que Se eSQueCem De Si MeSMoS..

.São Tão FeLiZeS, Que FaZeM a FeSTa..
.São Tão FieiS Que eSPeRaM..

.São Tão uNiDoS, Que PRoSPeRaM..

.São Tão aMiGoS, Que DoaM a ViDa..

.São Tão aMiGoS, Que Se eTeRNiZaM..










MiGaH LiNDa*

-oH..SaiBa Que eu aMei Te CoNHeCeR..

-Que VoCê Se ToRNou MuiTo eSPeCiaL eM MiNHa ViDa!!

-PoDe CoNTaR CoMiGo SeMPRe Que PReCiSaR, Que eu Vou TaH SeMPRe aQui...

Olimpya Ferraz

Meu docinho vc eh um amigo maravilhoso
q td mundo pediu a Deus...
eu te adoro tanto q vc nem imagina...pois eh...
vc pode fala q eh mintira q eu naum gosto de vc
vc pode fala q eu soh falo isso para te agradar!
mais isso naum eh soh pra te agradar e sim pq eh simplesmente VERDADE!
eu pensei q a nossa amizade naum iria chegar na onde chegou....
pensei q nois iria ficar soh no 'oi e xau'...
mais nesse "oi e xau" eu descubri o quanto vc eh Legal...
naum sei pq....mais vc pode ter certeza q
Eu te adoro e MTO...

tem pessoas q naum dão valor ao q eu falo...
mais jah vc eh uma das pessoas q eu acho q dá valor...
o Dia q te conheci,naum sei
o Dia e viramos amigos,Pois eh naum fasso ideia
O dia q vo te esquecer,Naum quero nem imagina

MIl Bjus no seu coração...
e espero q vc nunca se esqueça de mim pq eu nunca vo esquecer de vc!

Olimpya Ferraz

Uma menina sorridente sem nenhuma rispidez em seu olhar
Serena, o fundo de teus olhos fazia meu sol brilhar outrora
Seu semblante celeste não sugeria que ia me entrevistar
Saudando-me tão só naquela inesquecível breve hora.

Minha aflição transformou-se numa singela confusão
Estava à prova, mas com estranheza não me sentia inconstante
Um anjo poderia bem ter-me dito que ouvia a voz do coração
A minha inquietude assistia a cada indescritível instante.

Todos são ótimos e a decisão é difícil, alegava sem ser veemente
Situação que pode dar alento, mas ao mesmo tempo desanima
Mas ter te conhecido simplesmente já me faria por contente
E hoje ilustro este sentimento em cada humilde rima.

Termino o meu soneto esperando soltar-te um riso
E o teu mais belo, autêntico e gentil sorriso.



Poema que Ernesto fez para uma boa amiga.

Ernesto Martins Faria

Anjo,

Queria ter coragem para falar deste segredo, queria poder declarar ao mundo
este amor sem medo, não me falta vontade não me falta desejo, Você é minha vontade
Meu maior desejo, Queria poder gritar esta loucura saudável que é estar em teus braços,
Perdido pelos teus beijos sentindo-me louco de desejo. Você é a inspiração minha motivação...
Amar meio que perdido deixa confundido este coração.
Nada posso mesmo que envolvido e sem sentido quando visualizo sua foto imagino um coração.
As coisas tangíveis tornam-se insensíveis à palma da mão, Mas as coisas findas muito mais que lindas,essas ficarão ...como aquela rosa linda que lhe entreguei em mãos, gesto simples de sedução.

te adoro

Romantica amizade

♫ Feliz aniversário, meu amor

Espero que você esteja muito feliz

Que pena, amor

Não posso fazer o que eu sempre fiz

Queria estar contigo, meu amor
Passar aí de noite, te levar pra jantar

Te dar uma flor
E um beijo gostoso pra celebrar


Mas acho que você não pensa mais em mim
Eu sei que nossa festa já chegou ao fim

Já não sou mais eu que hoje você tem no coração

Talvez à meia-noite eu ligue pra você
Talvez não diga nada pra quem atender
Talvez mande um presente pra você saber

Que eu nunca te esqueci


Quem sabe as coisas mudem no ano que vem
Meu coração descubra que eu sou teu bem
Seja como for, você vai ser sempre meu grande amor. ♫

Grupo Amizade

Seleção de pensamentos - autores clássicos:

É lícito afirmar que são prósperos os povos cuja legislação se deve aos filósofos. (Aristóteles)

A filosofia é o melhor remédio para a mente. (Cícero)

O ser humano não pode deixar de cometer erros; é com os erros, que os homens de bom senso aprendem a sabedoria para o futuro. (Plutarco)

A filosofia é um bom conselho. (Sêneca)

A vida feliz consiste na tranqüilidade da mente. (Cícero)

A alma reluta em ser privada da verdade. (Epiteto)

Nada se espalha com maior rapidez do que um boato. (Virgílio)

Só a educação liberta. (Epiteto)

Quem foi expulso do reino da verdade jamais poderá ser tido como um homem feliz. (Sêneca)

O que você tem capacidade de fazer, tem capacidade também de não fazer. (Aristóteles)

Em tudo o que fazemos, temos em vista alguma outra coisa. (Aristóteles)

Deixe que cada um exercite a arte que conhece. (Aristóteles)

Aquilo que é verdadeiro, simples e sincero é bastante compatível com a natureza do homem. (Cícero)

A verdadeira nobreza está na bondade. (Epícrates)

Ninguém acredita em um mentiroso, mesmo quando ele diz a verdade. (Cícero)

Nosso caráter é resultado de nossa conduta. (Aristóteles)

Todo homem é atingido pelos próprios crimes. (Cícero)

Projetos conjuntos têm mais chance de sucesso quando beneficiam ambos os lados. (Eurípedes)

Você será avarento se conviver com homens mesquinhos e avarentos. Será vaidoso se conviver com homens arrogantes. Jamais se livrará da crueldade se compartilhar sua casa com um torturador. Alimentará sua luxúria confraternizando-se com os adúlteros. Se quer se livrar de seus vícios, mantenha-se afastado do exemplo dos viciados. (Sêneca)

É extremamente fácil enganar a si mesmo; pois o homem geralmente acredita no que deseja. (Demóstenes)

Os cidadãos não terão alívio do mal, meu querido Glauco, nem a raça humana, creio, a não ser que os filósofos governem as cidades ou que os que hoje chamamos de reis e governantes estudem filosofia verdadeira e genuinamente, até que o poder político e a filosofia coalesçam e as diversas natureza dos que hoje perseguem alguém até a exclusão do outro sejam forçosamente impedidas de fazê-lo. (Sócrates, segundo Platão)

Diversos Autores Clássicos

Muitas vezes os nossos relacionamentos de amizade são uns fracassos porque somos imaturos. Amigos não são o que imaginamos, mas o que eles são e com todos os defeitos. Amizade é processo de maturidade que nos leva ao verdadeiro encontro com as pessoas que estão ao nosso lado. Elas têm todos os defeitos, mas fazem parte da nossa vida e não a trocamos por nada deste mundo. Isso porque temos alma de cristão e aquele que tem alma de cristão não tem medo dos defeitos dos outros, porque sabe que aqueles defeitos não serão espelhos para nós, mas seremos um instrumento de Deus para ele superar esse defeito.

Padre Fábio de Melo

Uma grande amizade não é para quem quer, mas para quem consquista e é conquistado..., é quando viver não é apenas existir, e sim fazer valer apena..., e quando não se tenta, seria como se não vivesse..., ou melhor se viver essa unica amizade é como se já tivesse vivido tudo..., é por estas e outras que quando se encontra uma verdadeira amizade vale apena; ter, ser e poder ser o que você é, e assim sendo poderas ser original e compreendido(a), amado(a) e admirado(a) ou seja amizade de verdade é como o sol, o melhor não é o que se vê, mas o que se sente.

Dinal Dino

A amizade é um meio-amor, sem algumas das vantagens dele mas sem o ônus do ciúme – o que é, cá entre nós, uma bela vantagem. Ser amigo é rir junto, é dar o ombro para chorar, é poder criticar (com carinho, por favor), é poder apresentar namorado ou namorada, é poder aparecer de chinelo de dedo ou roupão, é poder até brigar e voltar um minuto depois, sem ter de dar explicação nenhuma.

Lya Luft

Amizade se paga com amizade. Sou legal com quem é legal comigo. Falta de consideração se paga com falta de consideração. Não sou legal com quem não é legal. Olha, me desculpa, mas essa coisa de vamos-ser-todos-legais não é pra mim. Sabe por quê? Eu cansei. Cansei de ser bobinha, sem maldade, sem malemolência. Agora, eu jogo o jogo. A gente precisa ter um pouco de malícia para compreender as pessoas. Depois de muito tomar na cara, é difícil eu me enganar. Sei exatamente com quem posso contar, pra quem posso chorar, pra quem posso desabafar. E quer saber? Penso bem antes de sair por aí pegando o telefone e ligando para meus amigos. Primeiro, tento resolver comigo mesma. Depois, desabafo.

Clarissa Corrêa

Três tipos de amizade são vantajosos e três tipos de amizade são nocivos. A amizade com um homem que fala sem rodeios, a amizade com um homem sincero, a amizade com um homem de grande saber, esses três tipos de amizade são úteis. A amizade com um homem acostumado a enganar por uma falsa aparência de honestidade, a amizade com um homem hábil para adular, a amizade com um homem que fala bonito, esses três tipos de amizade são nocivos.

Confúcio

É no olhar, sobretudo, que a amizade se confirma. É no jeito de olhar que nos reconhecemos no primeiro momento, nós, amigos recentes de longas datas. Isso porque amigo tem esse olhar bom: ele nos olha como se realmente quisesse nos ver, sem nenhum outro interesse que não seja a oportunidade boa e rara de partilhar amizade. Ele nos vê e permanece ao nosso lado, esse conforto que palavra alguma é capaz de traduzir. Esse detalhe grandioso que faz toda a mágica acontecer, porque amar é também a arte de cuidar com os olhos.

Ana Jácomo

Diz uma linda lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem discutiram. O amigo ofendido, sem nada dizer, escreveu na areia:

HOJE, MEU MELHOR AMIGO ME BATEU NO ROSTO.

Seguiram e chegaram a um oásis onde resolveram banhar-se. O que havia sido esbofeteado começou a afogar-se sendo salvo pelo amigo. Ao recuperar-se pegou um estilete e escreveu numa pedra:

HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA.

Intrigado, o amigo perguntou:

Por que depois que te bati, você escreveu na areia e agora que te salvei, escrevestes na pedra?

Sorrindo, o outro amigo respondeu:

Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever na areia onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar. Porém quando nos faz algo grandioso, devemos gravar na pedra da memória e do coração; onde vento nenhum do mundo poderá apagar.

Desconhecido