Textos de Adolescente

Cerca de 93 textos de Adolescente

''E quando nos álbuns de adolescente eu respondia com orgulho que não acreditava no amor, era então que eu mais amava.''
Ninguém disse que amar seria fácil. Amor sem dor, não é amor. Nem que seja a dor de pensar em perder, ou até mesmo a dor da perda. Porque querendo ou não, enquanto as coisas estão bem, achamos que o sentimento será eterno. Engraçado... pura ingenuidade a nossa. Sabemos que não somos eternos, tão pouco nossos sentimentos.. mas, parece ser difícil de acreditar.
Mas, doa a quem doer: Nada é eterno.
As coisas funcionam mais ou menos assim: Você se apaixona e tudo fica lindo, mas um dia todo esse amor vai embora, ou se desgasta e você tem que continuar. Continuar.


Ps: Leve com você só o que foi bom.. ódio e rancor não levam a nada.

Ps2: Ame, ame muito. Até que sua ''eternidade'' acabe, ao último fechar de seus olhos.

Ketlyn Schindler

Me roubaram meu sorriso de adolescente.
Perdi minha jovialidade correndo atraz do futuro,
Descobri que a fé, era uma mentira,
Me tornei um esteio à muitos, e nada para eu me agarrar,
Cada vez que me ignoraram, decobri que não devo ser presente,
Meu futuro, hoje, não é mais meu,
Minhas preocupações, não são mais comigo
Já fui tão enganado em toda vida que não creio mais na Humanidade,
Sem fé, sou só.
Se sou só, tudo depende de mim,
Exesso de responsabilidade cansa,
Quando se cansa, não se acha mais graça,
Sem graça é penoso,
A vida é boa, pena que dura tanto,
Como demora.
Só me resta acreditar em alguém que me seja um milagre,
Mas como não creio e não acredito, não enxergarei se existir,
Só me resta deixar boas marcas,
Pequenas coisas que alguém não esqueça,
Existir nas lembranças boas de quem marquei,
E ser perdoado pelos erros que deixarei.
Mas, até lá, sigo existindo.

Luciano pavani

Desabafo de um adolescente:
- Eaí, tudo bem?

- Você realmente quer saber como estou? Ok, vamos lá… Bom, pra começar todos os dias quando eu acordo eu acordo sorrindo, por achar que o dia será diferente, que será bom. E todos os dias eu me deito chorando, por ver que aquele dia foi como outro qualquer, dolorido, sofrido e indiferente. Eu tenho um buraco enorme no meu peito, uma ferida que parece que nunca será cicatrizada. Eu tenho “tudo”, eu sei, mas o que ainda ter tudo e não ter com quem compartilhar? Eu só queria ter o essencial, e eu não tenho… É eu estou me referindo ao amor sim, eu sei que tenho os meus pais, mas o deles não contam, são meus pais, de alguma forma eles são meio que obrigados a me aturar.

Algumas pessoas dizem que eu estou dramático, que eu sou muito novo pra saber o que é sofrimento, que eu tenho muito que viver ainda, que sou apenas uma criança! Que ainda não vivi o suficiente para saber o que é sofrer! Eu sei e entendo sabe, posso eu ser novo, mas ainda sim eu sou humano e tenho sentimentos, minhas dores, minhas saudades, meus desejos, meus sonhos… Cada um carrega junto de si seus sentimentos, cada um sabe de seus limites e do que pode aguentar! Então as pessoas não podem sair por ai julgando as outras por seus sentimentos. Porque o que você está julgando são só palavras ditas por mim, você não está no meu corpo, não está na minha alma e nem dentro de mim pra saber o que se passa. E não venha me dizer que tem gente que está pior do que eu porque eu já sei… E sei também que a culpa não é minha! Posso parecer egoísta mas não sou. Posso parecer um dramático, talvez eu até seja mas quem nunca foi? Confesso que as vezes sofremos por banalidades… Mas isso não é e dói. Tudo dói. Desde do meu coração às minhas pernas, tudo está dolorido, tudo está machucado, quebrado. E a única coisa que eu gostaria é que alguém entrasse na minha vida e me ajudasse a juntar os cacos.

pequeno romeu

"O adolescente chega na escola e os adultos querem convencê-los de estudar o passado para ter um futuro melhor; mas no dia a dia, o adolescente quer viver o presente. Onde está a saída para o que parece paradoxal?
O aluno precisa encontrar na escola um sentido hoje para o que ele estuda, fazer conexões do passado com o presente, e de forma tão singular, estará construindo um futuro melhor, pois deixará de ser mero repetidor de conteúdo e será construtor de ideias, da sua própria história."

Edileide Castro

A SAGRADA E O PROFANO

Você me desgoverna...
Faço coisas de adolescente e nem me toco com isso; fugindo aos valores que me acompanhavam de há muito...

Você é forte, sensual, dominadora.

Vai comendo pela beirada, sem pressa e com discrição - até encaminhar a presa para o seu matadouro...

A sabedoria da conquista nasceu com você.
Hipnotiza as pessoas em todos os níveis de amizade...

Com o seu jeito de Mãe; com a sua voz de sonata!...
Estou de "boca aberta", pensando no tempo em que cheguei em suas mãos carente e sem rumo, como um náufrago do amor...

E - por sua obra e graça - em pouco tempo, senti-me o comandante do navio.
Mesmo sem navio e sem mar; sem céu e sem porto...

Não me acorde nunca mais desse sonho maior!
Nem permita que outros braços, além dos seus, embalem o meu ideal de ficar ou o meu destino de partir.

Você é a Deusa que havia fugido dos meus projetos de infância, e que voltou agora em forma de fada-mulher:
A Mulher da minha vida!!!

Fernando Só Poemas

E sei que menina de joelho ralado, a adolescente de cheia de amigos e a moça cheia de sonhos... Estamos todas aqui, deitadas no chão do barco, olhando o céu e dando grandes risadas, porque elas se orgulham de mim e eu me orgulho delas, porque elas fizeram a mulher que sou hoje...
Assim, feliz..."

Marieci

Coração

Meu coração,
Parece um menino adolescente!
Sente fome de amor
Como se fosse a primeira vez...
Quanto mais ama
Mais fome sente de ti!
Anda perdido pensando em você
Dá até pena de ver...
Ingrato coração!
Não se acomoda,
Judia de mim o tempo todo
Vou abandoná-lo qualquer dia destes!

Não deveria ser assim...
Meu coração devia ser meu amigo
Talvez se divirta me vendo assim,
sofrendo por tua causa...
Acho que não tem jeito não!
Este coração vai ser sempre assim
Um menino apaixonado se divertindo
comigo sempre pedindo você!
E quando você chega,
ele parece um anjinho...
Bate descompassado e feliz
De amor por você.

Joao Victor

o amor é como uma criança aprendendo a andar
Regado e fortalecido torna-se adolescente
De poros abertos clamando por vida vivida, explorando o desconhecido no seu intimo imaturo

A chama do amor acende ardente na pele
do pequeno desejo de amar
E a brincadeira acabou,pois tornou-se
gigante para sempre diante da lembrança do ser amor.
___-Eliani Borges.

Eliani Borges

SOU MACHADO DE ASSIS
Sou menino, adolescente
Meio jovem, sou senhor
Sou um grito estrindente
Ou o silêncio do torpor
Sou sua carta resposta
A vitória de uma aposta
Sou o seu maior amor.
Sou assim não porque quero
Só falei de emoção
Joguei no vento o meu verso
Que acertou seu coração
Que andava desgarrado
Nesta cela aprisionado
Por algemas da paixão.
Sou aquele que na vida
Dor fictícia`inda trago
uma dor que nunca morre
Tão inimiga do afago
Sou o culpado do sorriso
Prometido e não cumprido
Pro Bentinho Santiago.
Sou poeta consagrado
Ou quem sabe um aprendiz
sou a letra no papiro
dita pra te ver feliz,
sou teu livro companheiro
cobertor, seu travesseiro,
sou Machado de Assis.

Ezhequiel Águia Queiróz

Não tenho mais os olhos de menina
nem corpo adolescente, e a pele
translúcida há muito se manchou.
Há rugas onde havia sedas, sou uma estrutura
agrandada pelos anos e o peso dos fardos
bons ou ruins.
(Carreguei muitos com gosto e alguns com rebeldia.)

de tudo q fiz de tudo q penso da vida minha apesar de minha nossa vida bem vinda ao meu mundo

Tiago da Rocha

Nunca se perde por amar

Ele era um adolescente que acabara de ser dispensado pela namorada. Durante três anos, eles tinham compartilhado amigos e lugares favoritos. Agora ele estava só. Ela conhecera, durante as férias, um outro garoto pelo qual se apaixonara.

Paulo se sentia como a última das criaturas na face da terra. No treino de futebol, ele deixou escapar alguns passes e, pela primeira vez, sofreu várias faltas. Mal acabou o treino, lhe disseram que deveria comparecer ao escritório do treinador.

"E então, filho? Garota, família ou escola, qual dessas coisas está lhe incomodando?"

"Garota", foi a resposta de Paulo. "Como o senhor adivinhou?"

"Paulo, sou treinador de futebol desde antes de você nascer e todas as vezes que vejo um craque jogar como um novato do time reserva, o motivo é um desses três."

Paulo lhe falou que estava com muita raiva. Havia confiado na menina, dera a ela tudo o que tinha para dar e o que é que ganhou com isso?

"Boa pergunta", disse o treinador. "O que foi que você ganhou com isso?"

Tomou de várias folhas de papel e pediu a Paulo que pensasse sobre o tempo que passou ao lado da moça. Que listasse todas as experiências boas e ruins que conseguisse lembrar. E saiu, dizendo que voltaria dentro de uma hora.

Paulo começou a lembrar. Recordou do dia que a convidou para sair pela primeira vez e ela aceitou. Se não fosse pelo incentivo dela, ele jamais teria tentado uma vaga no time de futebol. Pensou nas brigas que tiveram. Não lembrou todos os motivos pelos quais brigavam, mas lembrou-se de como se sentia feliz quando conseguiam conversar e resolver os problemas. Foi assim que ele aprendeu a se comunicar e a buscar acordos. Lembrou-se também de quando faziam as pazes. Era sempre a melhor parte. Lembrou-se de todas as vezes que ela o fez sentir-se forte, necessário e especial.

Encheu o papel com a história dos dois, das férias, das viagens feitas com a família, bailes da escola e tranqüilos piqueniques a dois. E, na medida em que as folhas iam ficando escritas, ele se deu conta do quanto ela o ajudara a crescer e a se conhecer melhor. Ele teria sido uma pessoa diferente sem ela.

Quando, uma hora mais tarde, o treinador retornou, Paulo se fora. Deixou um bilhete sobre a mesa que dizia apenas: "Treinador, obrigado pela lição. Acho que é verdade quando dizem que é melhor amar e perder do que jamais ter amado. A gente se vê no treino."

O amor tem sempre um final feliz. Mesmo quando você discorda.

Hícaro Castro

Meu coração bate acelerado,sinto calafrios que me sufoca..
Sinto-me como uma adolescente apaixonada pela primeira vez..
O que você fez pra eu sentir-me assim?
Me abraça forte.
Não importa as consequencias apenas quero viver intensamente cada minuto,cada segundo como se não existisse o amanhã..
Queria eu poder para o tempo e ficar te olhando como uma boba,porque sei que o tempo passa e bem rápido..
Que sensação é essa?
É tão bom sentir-me assim.
Engraçado,só sinto isso quando estou com você.
Posso te pedir uma coisa?
Fica comigo e não deixa essa sensação ir embora.

Yara Alencar Trompetista

ETERNO AMOR ADOLESCENTE

Demétrio Sena, Magé RJ.

Depois de tantas vivências, e do alto dos meus 51 anos de idade, hoje me flagro numa crise nostálgica imprevisível. Estou a recordar um grande amor de minha adolescência. Um amor intenso; maior do que a distância, o tempo, a idade.
Ela não foi uma namorada. Nem houve o desejo de que fosse. Não existiu entre nós aquele arroubo de nos possuirmos fisicamente nem aquela paixão incontrolável, mas que dá e passa, depois de quase nos matar. Mas foi um grande amor. Um amor essencial, que não deveria faltar na trajetória de um homem, de uma mulher, sob pena da formação precária de quem no fim da vida não terá passado por todos os estágios de afeto.
Naqueles anos de maior carência, de maiores complexos existenciais e de muita solidão, mesmo com tanta gente ao redor, teria sido difícil prosseguir, se a Lucimar não tivesse aparecido. Ela me supriu de alegria. Trouxe doçura e sinceridade. Elevou minha baixa autoestima. Tanto me fez sorrir e chorar quanto foi a primeira “mulher” que chorou por mim, desde que resolvi pertencer às ruas. A luz de seus olhos foi o primeiro espelho no qual me vi como gente, naqueles anos bem verdes e de muitos conflitos internos. Foi na convivência com ela, que me senti capaz de ser amado e despertar impressões saudáveis em alguém tão verde como eu que até então só contava com os favores afetivos dos mais velhos. Das pessoas que me amavam com pena ou solidariedade.
A Lucimar me via com admiração e respeito. Meus cabelos enormes e maltratados, minha roupa surrada e a mochila enorme cheia de cadernos velhos não a constrangiam. Minha companhia silenciosa, o mistério sobre minha família, meu segredo sobre quase tudo e os boatos desagradáveis a meu respeito não a incomodavam. Ela nunca teve medo nem desconfiança. Era desarmada, imprudente ou irresponsável. O fato é que aquela menina da mesma idade, no entanto mais madura e centrada, foi capaz de me conhecer profundamente. Soube ler o meu mapa e me cavar. Transformar o que achou nas minhas vísceras em um tesouro valioso para sua sensibilidade.
Ela se entregou para mim. Não foi seu corpo nem sua pele. Não trocamos prazeres sensuais ou fizemos amor no contexto comum ao dicionário das relações amorosas. Foram muitos os passeios a lugares bucólicos ou precários. Foram muitas as horas de meditação a dois. Incontáveis as noites em que nos deitamos juntos ao relento, em recantos que hoje dariam medo, apenas para ficar em silêncio e contar estrelas. Descobrir que eram coloridas. Hoje nem sei se de fato são, mas descobrimos que eram.
Nestes tempos de redes sociais, de repente a redescubro. Não resisto à nostalgia e tomo a decisão de chamá-la, mesmo sabendo que os tempos são outros. Que os anos nos transformaram em pessoas maduras, mais duras, repletas de responsabilidades com filhos, cônjuge, trabalho fixo, compromissos sociais e aqueles cuidados que a maturidade obriga em nome do bem viver familiar. Mas tudo bem... Pelo menos de vez em quando posso abrir a janela do computador e divisá-la em forma de bolinha verde, o que significa poder chamá-la para conversamos um pouco pela web. Bendita e maldita web, que aproxima os distantes e distancia os próximos.
Mesmo assim estou feliz. O resgate parcial me brinda com uma torrente de lembranças que me readolesce; que me traz um mar de sensações indizíveis; emoções que não posso dimensionar. E até descubro, no fundo sem saber se a descoberta é boa ou má, que ainda guardo aqui dentro aquele adolescente, com todas as manias, carências, dúvidas, certezas e rompantes de outrora.
De uma coisa estou certo: Se a Lucimar não tivesse atravessado meu caminho, até hoje haveria um buraco enorme na minha vida, com todas as felicidades que alcancei. Era mesmo sua função intransferível, obturar aquele buraco.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Manter distância dos pais é tudo o que um adolescente sonha! Ficar longe da vigilância deles e principalmente longe de tudo o que possa fazer a gente pagar mico se torna o principal objetivo da vida. O sonho de fazer 18 anos e poder dirigir, de poder voltar tarde pra casa, de crescer, ter uma carreira e quem sabe morar sozinho? Namorar a vontade, talvez até casar, ter filhos, enfim... Ser independente, livre e conduzir a própria vida como der na cabeça...
Hoje me formei, tenho um emprego, casei, tenho um filho, já renovei minha CNH algumas vezes, moro longe pra caramba dos meus pais e me vejo com vontade de voltar no tempo quando eles iam a noite no meu quarto pra ver se eu estava coberta. Tempo em que a cozinha cheirava a bolo de chocolate, tempo em que eu ouvia minha mãe cantando um hino enquanto estendia as roupas no varal e que meu pai lutava pra fazer com que a matemática e a física entrassem na minha cabeça...
Amo vcs dois demais e estar com vcs nessas férias me faz voltar pra vida adulta com as forças renovadas. Tá dificil ter que me despedir... a brincadeira de filhinha terminou e volto a ser gente grande pra poder cuidar do meu filho assim como vcs sempre cuidaram de mim!
Obrigada pai, obrigada mãe...volto pra minha realidade já com saudades mas agradecida a Deus por tudo!

Katia Lima

Eu sou digna de pena.

Eu odeio isso, mas é verdade.

Se isso é um drama adolescente? É, sim. Ironico. não?

Você espera de coração que o ano comece bem e sua vida inteira melhore, e simplesmente tudo despenca. Na perspectiva de qualquer um, para mim tudo é muito fácil e tudo sem responsabilidade. Mas, poupemos a parte chata que todos nós já sabemos e vamos ao drama adolescente.

Sim, com certeza.

Tudo pra mim é tudo muito fácil, mas você não se tocou ainda que eu não cresci e amadureci ainda para me tornar uma adulta de uns vinte e poucos anos?

Só se eu sou uma adulta precoce. Será? Talvez.

Mas, as coisas sempre sobram pra você. Incrível que parece que não existe ninguém mais, além de você para resolver as coisas. Quando a coisa tá feia, apertada, sabe? Quem é que TEM que salvar o mundo?

Resposta óbvia.

Mas sabe o que não é óbvio?

É você colocar sua vida inteira em uma mísera perspectiva de um futuro bom. Por que é exatamente isso que nós, tolos, fazemos. Estudamos desde pequenos, ajudamos os pais em coisas, que normalmente eles não se recordam e depois dizem que você não faz nada (pulemos o drama), cometemos alguns erros de adolescente (no meu caso, impossível, sou uma idiota, então não sou normal), e depois... Estudamos mais e mais, para sonhar em passar em um vestibular, para?

Estudar mais!

O pior disso, não é estudar...é a perspectiva.

Isso.

Por que, você não faz tudo isso pelos seus pais, claro que a maioria é obrigado, mas se você não sabe, a sua vida não é deles... Você faz isso por você!

SIM, exatamente.

Por que você tem fé e esperança de que um dia, no dia que você se tornar um adulto, um adulto mesmo, não uma pessoa que finge ser, você vai querer ser tudo aquilo que você sempre sonhou, você vai querer um trabalho digno de um salário bem acima do mínimo, fazendo algo que te interesse, depois de um tempo você vai querer ter dinheiro para pagar pelo menos o alguel de um apartamento, e depois você vai querer correr atrás dos seus sonhos... conhecer o mundo, o mundo te conhecer... e tudo que você sempre quis.

Bolshit.

Besteira.

Tá legal, eu não sou adulta ainda, e nada disso eu fiz ainda. Mas já tive um emprego, e como eu disse não sou uma adolescente normal, então acho que sou uma adulta precoce. Mas pensa assim...se você tá nessa idade, e por uma mísera coisa que foi, você foi atrás, tentou e não conseguiu, imagina quando você for adulto?

Eu sei todo aquele papo de tente de novo, nada se consegue de primeira....é, lembra do papo do drama? Enfim, não é fácil, nunca foi, e NUNCA vai ser. Se você vai conseguir?

Boa pergunta. Sem uma boa resposta.

Não sei.

Por que tudo isso é muito impossível (não que milagres não aconteçam, e que eu não acredite. Só não acredito que vá acontecer comigo, eu acho que Deus precisa se preocupar com pessoas que mereçam um verdadeiro milagre, não eu). Sabe eu já tô vendo tudo. Você espera que o ano comece bem, mas se ele já tá assim em fevereiro, o que você realmente espera pro final?

A vida não é fácil.

Ela não é justa.

E sabe o melhor que te possa acontecer...? Veremos...passar em uma faculdade, estudar, arrumar um emprego básico numa empresa básica, conseguir pagar um mínimo aluguel (mas já pensou no resto das contas? Água, luz, condomínio...), se der sorte mesmo, arrumar alguém, depois filhos e....depois? Tudo vai ser a mesma coisa durante anos....só isso.

Agora, se eu sou pessimista?

Não.

Se eu sou realista?

Não.

Sonho demais...e é por sonhar muito, que eu sei como é. Sei como é esperar por uma coisa, e ela nunca acontecer. Sei até o que é esperar por uma bala, e não ter. Sei também, que tanto esforço é necessário, mas quando nada nem ninguém reconhece, é doloroso.

Ruim é quando sua esperença é maior que sua fé, ou que você tenha os dois no pico, e você viver na mesma...

Por que, ruim é...

Viver esperando qualquer milagre.

Carolline Milici

Os Amantes

Eis-me de novo adolescente. Triste
vivo outra vez amor e solidão.
Canto em segredo palpitar macio
de pétala ou de asa abandonada.

Outro amor em silêncio e na incerteza
oprime o coração desalentado.
Ó lentidão dos dias brancos quando
a angústia os deseja breves como um sonho.

Insidioso amor em minha vida
reverte o tempo para o desespero,
a inquietação da adolescência

e o pensamento me tortura, prende
como se anunca houvesse outro consolo
que não é mais de amor. Porém de morte.

H. Dobal

Natural de Natureza

Onde já se viu adolescente sem paixão? Homem sem a razão e mulher sem a emoção?

Onde já se viu, assim como uma chuva de verão, algo mais maravilhoso que as ações do coração?

Onde já se viu a felicidade longe da paz, e a inveja sem o ódio. E o amor sem o perdão?

São coisas da natureza, que são e não à o que se mudar, pois além de ser perfeita, são inexoráveis. Inexorável, o que não pode impedir ou se mudar, o que já é natural por excelência.

Natural é o meu amor por você, que não há o que temer e o que guardar. Te entrego o meu olhar, onde você com suas atitudes alegres e diferentes, podem cada vez mais enxergar.

E, para finalizar, te entrego a minha emoção, aquela que me guia e que me disputa junto com a razão. Te entrego, isso sim, o meu coração!

Paulo Henrique Lima

Escola X Educação?
A escola para uma criança ou adolescente deveria ser o segundo lar, pois é o local onde eles permanecem por mais tempo depois da própria casa. Não acho que a escola deva ser a responsável por 100% da educação, mas certamente deve ser um complemento e, talvez em alguns casos, ser responsável por educar em 100% aqueles jovens em que os pais são ausentes ou negligentes com a educação dos seus filhos. Muitas vezes os pais esperam que a escola faça milagre como ensinar seus filhos a respeitar os mais velhos, adquirir o amor pela leitura e por línguas estrangeiras, boas maneiras ao tratar os colegas, professores e funcionários, etc. Como fazer um aluno não falar um palavrão na escola se em casa isto é bem comum, como impedir um aluno de agredir outro se em casa os pais se agridem e agridem os seus filhos, como um jovem vai gostar da leitura se nunca viu os pais lendo um livro sequer? Isto sim é milagre, mas milagres são possíveis. Existem muitos jovens que são uma aberração, passam aprontando na escola, não querem saber de estudar, são violentos, parecem que vão para escola apenas para cumprir uma mera formalidade para algum dia receber um certificado de conclusão. E muitos pais destas aberrações acham seus filhos o máximo, acham que os professores tem a obrigação de aturar a falta de educação, que os professores jamais devem impor sua autoridade e que os filhos estão certos. Errado. Estes filhos vão sempre acreditar que ser uma pessoa mal educada, violenta, desinteressada está certo porque seus pais, que são a sua principal referência, lhes dão razão. Já vi até pais, que também são professores, terem este comportamento. Isto é inacreditável! Existem também aqueles pais interessados na boa educação de seus filhos mas que são ingênuos, porque mandam seus filhos para a escola e não fazem o devido acompanhamento. Seus filhos podem se misturar aquelas "frutas podres" e acabar se estragando. Não basta ter proporcionado boa educação, tem que acompanhar, saber como está a escola, como estão as tarefas, as notas, com quem está saindo, onde vai, como vai, o que vai fazer. Geralmente os filhos reclamam destas cobranças, principalmente na adolescência, mas no fundo gostam, porque sabem que são amados e que seus pais se interessam por eles. Felizmente ainda existem aqueles filhos esforçados, estudiosos, com pais que valorizam a cultura e a boa educação e que são a motivação de muitos professores em continuar na luta. Pais que muitas vezes não tiveram a mesma oportunidade que seus filhos estão tendo e querem fazer o máximo em proporcionar o melhor. Claro que deixar um terreno, uma casa, um bem material é importante. Mas isto pode acabar um dia. O conhecimento, o estudo, a cultura, a educação, isto não acaba nunca, só aumenta. E quando pais e filhos tem a consciência disto, melhores serão as chances de sucesso no futuro. Mas, voltando para as escolas. Acho que também não estão completamente certas. Acho que entraram no ritmo da folia. Ao menos algumas. Cobrar mais. Mais leitura, mais deveres de casa, mais reuniões periódicas com pais e alunos, reprovação no caso de incapacidade do aluno em seguir em frente, valorização dos alunos esforçados, mais disciplina no pátio, nos corredores e punição severa para os "infratores". Sei que não deve ser fácil. Muitos fatores impedem os administradores das escolas tomarem atitudes mais drásticas. Mas uma escola é como qualquer outra instituição, e assim deve ter normas claras e que devem ser respeitadas pelos alunos desde as séries iniciais. Os pais e alunos que desejam fazer parte desta instituição, devem se adequar a estas normas. A escola deve ser firme nesta cobrança, e isto só será possível quando tiver o respeito da comunidade, senão as cobranças serão inúteis, porque não serão levadas a sério.

Andréa Dias Fernandes

Queria que você...

É uma vontade de adolescente esta que eu sinto de ouvir sua voz.
Penso em te ligar para gravar você dizendo “Alô!”, só para depois eu ficar escutando escondido.
Vontade de te ver... Mas isto é fácil de resolver, é que eu fecho os olhos e vejo você, vejo tudo... Você sorrindo, dormindo, cada movimento, eu vejo desde o primeiro momento, aquele que eu não aproveitei, lembra? Claro que lembra você se zangou... [risos]
Se você soubesse tudo o que já passou pela minha cabeça com relação a você, de certo se assustaria! Não! Não adianta perguntar, não vou falar [risos]. Eu adoro esse seu jeito de fingir que eu sou a pessoa mais importante do mundo, sabia? E quando eu estou com você vivo esta fantasia completamente, é maravilhoso! Não, não durma agora, é que quando a gente dorme o tempo passa mais rápido! Seria bom poder parar o tempo aqui agora! O que? O que eu disse? Nada não, vai, fecha os olhos, dorme, eu vou assistir você dormindo, me trás felicidade ter você sonhando ao meu lado, é que eu gosto de ouvir o som de sua respiração.
Droga! Esta amanhecendo, ainda bem que esta chovendo, demora mais pra amanhecer quando chove. Poxa, o tempo não parou com nós dois abraçados. Gostei tanto de ouvir seu coração quando coloquei minha cabeça em seu peito, imaginei até ele falando meu nome, você nem notou, já estava dormindo, percebeu? Pesou? Não? Que bom! Eu também gostei! Esta noite foi tão rápida! Você dormiu e me abraçou, cada movimento que eu fazia você me apertava, parecia que temia minha fuga [risos], na verdade eu gosto de pensar assim, mas eu sei que era por causa da cama de solteiro, você estava com medo que eu caísse, como você já caiu. Eu? Dormi! Dormir sim, quer dizer, cochilei duas vezes e sonhei com você, juro! Então tá, por que eu mentiria?
Bom, está na hora de eu ir, mas antes queria que você soubesse...

Camila Mascarenhas Souza

Menina Doce, com Gesto de mulher, sentimentos de adolescente, grande como uma adulta...

Apreciar a Beleza de uma criança, não é só dizer que ela fala fofinho, é mostrar que tudo o que diz vem de dentro do coração, coisa que as vezes as pessoas mais próximas desprezam...

Te Olhar com os olhos do Fundo do coração, esses sim, irei te olhar como uma igual, respeito, por que foram esses olhos que Deus me deu para que eu Pudesse enxergar!

Eu Não tô nem ai pra o que o povo me diz, por que o Deus dono de todas as coisas reserva algo pra mim fantástico, que nenhum ser Humano Jamais foi capaz de sentir Verdadeiramente: O AMOR!

Ame não apenas a você, mas sirva o Deus que permite que o seu Amor permaneça em Você, por que sem ele Nós não somos Nada Além de Barro!

Alana de Matos Gama