Texto sobre Mim

Cerca de 151 texto sobre Mim

SÓ MAIS UM ADEUS – Ricardo Pantoja

Apesar de eu não querer que seja dessa forma,
O meu coração a mim não pertence
Quero me desvincular do que me atormenta
Mas não quero deixar de te procurar.
Perdi a noção de como eu poderia desatar esse nó

Liberta-me desse pesadelo
Não quero uma morte lenta,
Não quero morrer aos prantos, sufocado de esperanças
Não quero que falte “você” nos meus pulmões.
Mediante a tudo que vivo,
Tenho a ti como meu elixir,
Minha essência vital está em suas mãos
E não quero mais me repudiar
Não quero mais repudiar a felicidade.

A morte chegará a todos nós
Nosso sangue parará de correr
E mediunicamente nos encontraremos novamente,
Mas, egocentricamente, talvez
Penso que há força para continuar
Serei como uma Fênix,
Retomarei do instante que me encerra,
Entretanto, preciso só de uma coisa: o fim.

Nada será como antes,
Nada será como foi um dia,
Nada será nada,
Jamais será esquecido,
Mas dói ser lembrado.
Preciso, de alguma forma, exceder os meus esforços
Preciso, de alguma forma, achar uma solução
Zelo pela tua felicidade,
Zelo pelo teu bem,
Mas, preciso me despedir com hombridade
O choro será incontido,
Não negarei meus sentimentos, não esconderei minhas lágrimas,
Não terei vergonha de dizer que chorei por amor
Não temerei em dizer adeus,
E o faço nesse momento.

Ricardo Pantoja - Eu mesmo

Médicos
Nos destinos de paz, no acontecimento da morte ou vida de guerra. No hoje do talvez seja o uniforme de honra de um soldado de cura. Contrario de um sonho profissional passado, é o recomendo de honra do poeta. A solidão branca, o sangue necessário da competência, os mortos desistidos, o recomeço após um tempo grande de paz vazia de um cidadão do soldado, a salvamento de crianças, as frases de bem estar e de despedida com parcialidade jornalística, pois nada na sala é pessoal, no quarto sentimento profissional e humano. Os corredores correndo para melhorar, curar, dar vida e salvar. Desejam com todos os plurais que a palavra não deseja; paz. Vinda por eles, pela a ciência, por milagres, por coadjuvantes, que seja aplicada. Que não retire dos médicos o destino insondável, a assistência que proporcionam a paz.
(Tiago Nogueira).

Tiago Nogueira (eu mesmo)

Fábrica
O vento vestido e vago! Diz quem grita no vazio que produz orvalho solitário. Quem passara quem caiu, não deixou nada a funcionar. A máquina movimenta um pouco de vaidade e abandono, veste as baratas em suas festas, sei que nem mesmo a corrente de meu sangue tornou como energia, funcionava a palpitar e a pouco para parar a única que vivia a me lembrar de estar.
Como dizem! Passa a criança que não percebeu que aquele acaso levou sua inocência, sorrio, olhou a fumaça logo no teto do céu e não da fábrica e disse: morte ao abandono; saudade do movimento interno, lamentos por quem fez desistir quem nem havia sentido, choro por quem não recomendou por quem não se machucou para deixar ali um pouco de sangue, para saber a produção, de outro.
Carro entregara os últimos doces de um namorado apaixonado para a moça que desejara experimentar a fama daquela fabricação, há tempos aconteceu, há anos amarga, esquecera. Ambição foi-se antes de tudo, não recebia, dava sua graça como um ser que pena na rua. Deixou as idéias, apagou-se a propaganda que fazia seus olhos. Alguém lembre! Resta ao pobre apenas ferrugem que deseja a morte na renovação.
(Tiago Nogueira).

Tiago Nogueira (eu mesmo)

Sofro,sem saber porque sofro...choro, sem saber porque choro...amo,sem saber se sou amado...sonho,sem saber se realizo o que sonho..vivo,sem saber viver...acredito,sem crer acreditar...Pois em mim,na minha vaga sabedoria,nos meus pensamentos enublados,na minha forca enexistente,no meu crer,que nao creio...no meu ver,que nada ve...existe so,dor...magoa..tristeza...sim tristeza,essa minha companheira,minha sombra..que cada dia me obscura mais,sem me deixar tempo para poder pensar no que de bom podera ter o meu significado...estou triste sim,triste porque nimguem me ensinou a viver...

eu mesmo

Simone desde de o dia q eu te conheci vi o mundo com outros olhos descobri q tudo pode ser feito com amor e carinho mesmo eu sendo a pessoa mais atrapalhada do mundo tento fazer com que vc se sinta amada e desejada pode ate não aparecer pelo meu jeito meio petruquio de ser como vc mesma diz, mas e tudo com muito amor sei q as vezes sou chato fico querendo mais e mais vc perto mas e q a saudade e grande e me sinto só so quero q vc saiba te amo muito e so tenho a agradecer a Deus por poder estar aoo seu lado espero q seja pra todo o sempre Flavio

eu mesmo

Percebo que te amo quando fecho os meus olhos e você é meu unico pensamento , você não faz idéia de quanto a minha boca chama pela sua , se estou sem você me sinto incompleto asssim como me senti por todos esses anos , é como se eu descobrisse que contos de fadas nem é tão raro assim , por você eu daria o mundo e as estrelas , apenas em um pedido ...

eu mesmo

lindo e quando você esta cheio de coisas pra fazer , e assim do nada pensa naquela pessoa especial . Não desmerecendo quando você esta atoa e mesmo assim pensa nela e que e bem melhor você pensar nela quando esta muito mais muito ocupado , i sem ao menos ligar pra o que acontece no mundo la fora , o que importa e so pensar nela , se já aconteceu comigo ? claro , como acha que eu fiz ?

eu mesmo

Me pergunto como pude sucumbir nesta vertigem que eu mesmo provocava e temia. Flutuava entre nuvens erráticas e falava sozinho diante do espelho com a vã ilusão de averiguar quem sou. Era tal meu desvario, que em uma manifestação estudantil com pedras e garrafas tive que buscar forças na fraqueza para não me colocar na frente de todos com um letreiro que consagrasse minha verdade: Estou louco de amor.

Gabriel García Márquez

Oh, onde esta Romeu?...Quieto, perdi eu mesmo, nao estou aqui e nao sou Romeu. (Da SHAKESPEARE, " Romeu e Julieta", Ato I, Scena I)" “Romeu, Romeu? Por que és Romeu? Renega teu pai e abdica de teu nome; ou se não o quiseres, jura me amar e não serei mais um Capuleto (...) Teu nome apenas é meu inimigo. Tu não és um Montecchio, és tu mesmo (...) Ó! Sê algum outro nome! O que há num nome? O que chamamos uma rosa teria o mesmo perfume sob outro nome (...). Romeu, renuncia a teu nome; e em lugar deste nome, que não faz parte de ti, toma-me toda!

(Da SHAKESPEARE Romeu e Julieta).

Pude perceber e aprender ao longo dos meus 26 anos, que muitas coisas são ilusórias, passageiras, outras marcam permanecem em nossas vidas sempre. Há situações de alegria extrema, de profunda tristeza, mas nada que logo não passe...Fizeram o ser humano acreditar que amor, só acontece uma vez, e depois disso são meras paixões...MENRTIRA!!!
O amor ele é vivo ele é presente, constante, marcante, e essa história de que ele acontece uma vez só é balela, são comentário de pessoas que tem medo, de amar novamente e se prende nisso. Vive uma vida, melhor vive um “mundo” inventado, onde as regras são elas que inventam, as leis que prevalecem são as minhas e ponto...Pobre e infeliz alma, mas olha ai vai um conselho, ainda há tempo hein...acorde!!!
Já se passaram 26 anos, de lutas, vitórias, derrotas, tombos, levantando novamente, mas com uma certeza, um dia eu chego lá...e creio que esse dia essa hora ta chegando e sabe por que tenho tanta certeza disso?
Porque meu Deus me disse, ele me prometeu, e quando as promessas vêm de Deus, e quando as palavras saem de Deus, minha convicção de que essa hora está chegando só aumenta...sabe as pessoas passam por nossas nossas, como eu disse ali em cima, umas marcantes outras que se pudéssemos esquecer-mos-ia, e muitas dessas pessoas, falam, digam coisas maravilhosas até prometem ficar com você pro resto da vida, ai sai aquela famosa frase...
Onde você estava, ti procurei a vida toda, mas até que enfim achei, não vou ti deixar jamais...(rsrsrs). Quanta vez já aconteceu isso, mas calma lá...ainda vai vir mais, kkk
Até chegar a derradeira hora em que, seus olhos vão fitar os de outra pessoa, e algo em seu coração vai dizer...opa espera ai...que isso...será? Poderá ser que sim, mas também poderá ser que não...e como chegar em uma conclusão? Como saber? A melhor resposta vem de Deus e como saber...saber ouvi-lo, saber sentir o que ele nos fala e nos mostra!!!
Preste atenção, tudo que vem fácil de mais sem muito esforço vai embora fácil de mais também...Uma vez eu escutei, uma tradução simples e marcante sobre o amor e a paixão...
A paixão, fogo sustentado pelo álcool, pouco de mais ele apaga, mas ele em excesso corre-se o risco de se queimar e feio por sinal...
Agora o amor...ah o amor rsrsrs...Ele é fogo também mas controlado por gravetos, gravetos? São gravetos sim, você controla a intensidade desse fogo, você sempre o deixará na dose certa...amando da melhor forma, respeitando da melhor forma...Interessante? Bom eu achei, então não se frustre quando se deparar com essa situação de pessoas dizerem essas coisas, ah meu futuro esposo, minha futura esposa...como eu sempre digo, são situações que a vida nos coloca, destino? Não, livre arbitro de fazer escolhas.
Bom enfim, não vim definir aqui o amor, definir qualquer coisa em relação a isso, Pra definir Amor eu diria, DEUS, JESUS CRISTO!!! Amor que não nos frustra, amor correspondido, não um sentimento platônico que muitas vezes sentimos...
Se tiver que se apaixonar, apaixonem-se mas com cautela, e faça dessa paixão um forno a lenha e aos poucos ascendendo à chama do amor...

As escolhas que fazemos em nossas vidas elas sempre vem seguidas de conseqüências, nosso coração e nosso espírito têm que estar preparados pra essas conseqüências. Deus nos abençoe e esteja sempre a frente de nossas ESCOLHAS...

Leandro Silva...Barrinha - SP

Eu mesmo ( Leandro Silva Barrinha - sp

O que é encantador
O que é o Ideal
É sentir um grande amor
Que será sempre imortal
para viver cada segundo eternizado
E com alegria de te-la ao meu lado
Não tendo certeza de nada
Sabendo que o nada é uma certeza
Te amando a cada minuto
se formando decadas nessa fortaleza

Eu mesmo e Thaís Silvério (Mais éla) kkkkas

"... É ele... Só o silêncio! Todo o mais se cala. Tudo escuta! Tudo vai se reconstruindo.
É a hora do nada... A última hora.
Existir.
Contemplo o silêncio de ser eu mesmo.
Nada mais existe, só o recomeço.
Nada existe, só o silêncio.
Nada mais existe... só a certeza de que: se eu dissesse tudo o que penso, seria expulso do mundo..."

Ednaldo Oliveira

EU MESMO ’’’’

Sei que você ainda esta em mim não sou o que os outros dizem mais sim o que eles pensam de mim serei pra você um herói um rei um ser sou mesmo seu mais ainda temos tempo de voltar sem eu me aperceber você
Sentado agora num cyber café fazer trabalho da faculdade ao mesmo tempo apensar em você mesmo sem pensar nas dificuldade da vida eu sempre foi insistente em nosso amor eu nunca vou parar de escrever algo bonito porque a escritora esta em mim ao mesmo tempo em meu coração
Eu serei um ser pratico um poético ao mesmo tempo anormal pra você ainda esta em mim tu és o meu mundo meu tudo muito difícil ser eu talvez sou quando eu estiver por baixo desta terra linda…
Por eu ser o que sou outros me chão insuportável mais outros me a chão um rapaz com valores muitos alto serei o que eu sonho num dia pra outro serei o que eu penso no amanha =))

wiskaleon

Não sou o dono da verdade e nem ao menos a verdade.
Não sou o sempre correto e nem o quase sempre.
Não tenho a melhor opção e nem sou.
Não faço sempre o que é pra fazer mas faço.
Não sou o melhor em nada mas sou.
Não sou o ódio plantado mas o amor nascente.
Vivo a vida. O resto que viva o que pode viver.
Sou averso de tudo que me incomoda.
Sou um ditado de palavras fáceis.
Uma equação que nunca dá zero.
Vibro com tudo e todos.
Esse contraditório sou eu mesmo. Assim simples e complexo.

Professor Galvão

Acender cigarro
Falar palavrão
Perder a razão

Eu quis ser eu mesmo
Eu quis ser alguém
Mas sou como os outros
Que não são ninguém

Acho que eu fico mesmo diferente
Quando falo tudo o que penso realmente
Mostro a todo mundo que eu não sei quem sou
E uso as palavras de um perdedor

As brigas que ganhei
Nenhum troféu
Como lembrança
Pra casa eu levei

As brigas que perdi
Estas sim
Eu nunca esqueci
Eu nunca esqueci

Pato Fu

"Para que não me firam, minto (...) E tomo a providência cuidadosa de eu mesmo me ferir, sem prestar atenção se estou ferindo o outro também."

"Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar de remar também."

"Algumas vezes eu fiz muito mal para pessoas que me amaram. Não é paranóia não. É verdade. Sou tão talvez neuroticamente individualista que, quando acontece de alguém parecer aos meus olhos uma ameaça a essa individualidade, fico imediatamente cheio de espinhos - e corto relacionamentos com a maior frieza, às vezes firo, sou agressivo e tal. É preciso acabar com esse medo de ser tocado lá no fundo. Ou é preciso que alguém me toque profundamente para acabar com isso."

"É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."

"Tô exausto de construir e demolir fantasias. Não quero me encantar com ninguém."

Mas eu não podia, ou podia mas não devia, ou podia mas não queria ou não sabia mais como se parava ou voltava atrás, eu tinha que continuar."

"Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu. "

"Não vou perguntar porque você voltou,acho que nem mesmo você sabe...Eu também não queria perguntar,pensei que só no silêncio fosse possível construir uma compreensão,mas não é,sei que não é,você também sabe,pelo menos por enquanto,talvez não se tenha ainda atingido o ponto em que um silêncio basta?É preciso encher o vazio de palavras,ainda que seja tudo incompreensão?Só vou perguntar porque você se foi, se sabia que haveria uma distância, e que na distância a gente perde ou esquece tudo aquilo que construiu junto.E esquece sabendo que está esquecendo... "

Desconhecido

De: mim, Para: Eu mesmo!

Aqui se faz, aqui se paga.
Aqui se tens ou não tens nada.
Aqui se esconde aqui se ve.
Não tenhas medo de viver.
Aqui se fala, aqui se cala.
Aqui se ouve e não diz nada.
Aqui se julgas sem saber.
Não tenhas medo de viver.
Aqui se ama, aqui se odeia.
Aqui se plantas e semeia.
Deus fara algo por voce.
Não tenhas medo de viver.

Renato Santos

Nada é mais dessemelhante a mim mesmo que eu mesmo; daí por que seria inútil tentar definir o meu caráter por qualquer outra coisa que não a variedade; a mutabilidade é uma parte integrante de minha mente de um modo tal que minhas crenças se alteram de um momento para outro: algumas vezes sou um sombrio misantropo, em outras me sinto intensamente feliz em meio aos encantos da sociedade e aos prazeres do amor. Há momentos em que sou austero e piedoso[...], então subitamente me torno um franco libertino. [...] Em suma, um protéico, um camaleão e uma mulher são todos criaturas menos mutáveis que eu.

Rousseau

Nesse mundo onde a obediência é pela força e não pelo respeito, o homem abre mão cada vez mais de seus valores éticos para obter o que ele considera honra. Sendo Deus tão perfeito (tal como o imaginamos) teria feito o homem tão sujo e o descrito como "sua própria semelhança"? Tendo idéia de que ele nos criou com a capacidade de raciocinar e arquitetar nosso próprio meio de convívio e de nos adaptar a diversas situações eextremas, por que não queria ele que nós, os seus filhos, o superássemos? Afinal o desejo de todo pai é que seu filho seja melhor que ele. Equanto a Bíblia? Será que ela é tão perfeita a ponto de ser o guia vital, o manual do homem? E os escritores realmente estavam inspirados pelo Espírito Santo de Deus quando a escreveram? Ou estavam apenas escrevendo um livro fantástico de forma que impressionasse à todos e por um acaso ( ou por força do destino, para quem acredita em pré-destinação) resistiu ao tempo e as condições por ele impostas e caiu em mãos de pessoas que o tomaram como algo divino e digno de ser seguido e compreendido como algo incontestável, não restando outra concepção, considerável, de "verdade" e "caminho"? Afinal, queria Deus ser motivo de discórdia e guerra ( como tem sido há tanto tempo)? Creio eu que, se ele existe, com certeza não está satisfeito com a situação atual do mundo e as ações do homem sobre tal. Hoje, senão por meio do confronto, é impossível desfrutar de algo que seja motivo de orgulho. E esse motivo, normalmente relacionado à riqueza, sempre depende da desgraça de um ou mais na sociedade, afinal se não há perdedor não há vencedor! Ao fim de toda essa disputa entre forças opostas onde vão parar osvalores éticos e morais, que vem há tanto tempo sendo buscados? Perguntas sem respostas foram os motivos desse texto ser escrrito nessa tarde de segunda-feira, dia treze de setembro de dois mil e dez.

Marcelo Monteiro 16 - Eu mesmo X

No meu melhor estilo eu digo “sou eu mesmo”, as criticas vêem, mas minha arte de ignorar supera todas elas. Sou assim do jeito que você me vê, não me escondo atrás de máscaras, não preciso fazer média para convencer ninguém. Aprendi que o melhor amigo que alguém pode ter é sua própria consciência. Desculpe se minha loucura te afeta, talvez eu não tenha nascido lúcido porque se tivesse nascido assim acabaria ficando louco. Fazer as coisas por impulso é a única maneira de provar que arrependimento existe, mas eu não me arrependo. Gosto de me jogar no que faço, nunca faço pela metade, não gosto de perder, mas antes de jogar eu me preparo para isso, pois só os fracos não aceitam a derrota. Se algo realmente me incomoda eu digo, não nasci pra agradar a todos muito menos pra receber sorrisos falsos, quero sempre ter a certeza que quem está comigo está porque realmente aceita meu jeito. Não faço apologia a nada cada um tem sua opinião, não julgo as pessoas cada um sabe os problemas que trás consigo, mas aceito as criticas que me fazem. Sei também que sozinho não posso construir uma história.

Dario Jr