Texto sobre Mim

Cerca de 139 texto sobre Mim

Eu, eu mesmo...
Eu, cheio de todos os cansaços
Quantos o mundo pode dar. –
Eu...
Afinal tudo, porque tudo é eu,
E até as estrelas, ao que parece,
Me saíram da algibeira para deslumbrar crianças...
Que crianças não sei...
Eu...
Imperfeito? Incógnito? Divino?
Não sei...
Eu...
Tive um passado? Sem dúvida...
Tenho um presente? Sem dúvida...
Terei um futuro? Sem dúvida...
A vida que pare de aqui a pouco...
Mas eu, eu...
Eu sou eu,
Eu fico eu,
Eu...

Fernando Pessoa

Sim, sou eu, eu mesmo, tal qual resultei de tudo,
Espécie de acessório ou sobressalente próprio,
Arredores irregulares da minha emoção sincera,
Sou eu aqui em mim, sou eu.

Quanto fui, quanto não fui, tudo isso sou.
Quanto quis, quanto não quis, tudo isso me forma.
Quanto amei ou deixei de amar é a mesma saudade em mim.

Álvaro de Campos

Sou eu, eu mesmo, tal qual resultei de tudo,
Espécie de acessório ou sobressalente próprio,
Arredores irregulares da minha emoção sincera,
Sou eu aqui em mim, sou eu.
Quanto fui, quanto não fui, tudo isso sou.
Quanto quis, quanto não quis, tudo isso me forma.
Quanto amei ou deixei de amar é a mesma saudade em mim.
E, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco inconseqüente,
Como de um sonho formado sobre realidades mistas,
De me ter deixado, a mim, num banco de carro elétrico,
Para ser encontrado pelo acaso de quem se lhe ir sentar em cima.
E, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco longínqua,
Como de um sonho que se quer lembrar na penumbra a que se acorda,
De haver melhor em mim do que eu.
Sim, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco dolorosa,
Como de um acordar sem sonhos para um dia de muitos credores,
De haver falhado tudo como tropeçar no capacho,
De haver embrulhado tudo como a mala sem as escovas,
De haver substituído qualquer coisa a mim algures na vida.
Baste! É a impressão um tanto ou quanto metafísica,
Como o sol pela última vez sobre a janela da casa a abandonar,
De que mais vale ser criança que querer compreender o mundo —
A impressão de pão com manteiga e brinquedos
De um grande sossego sem Jardins de Prosérpina,
De uma boa-vontade para com a vida encostada de testa à janela,
Num ver chover com som lá fora
E não as lágrimas mortas de custar a engolir.
Baste, sim baste! Sou eu mesmo, o trocado,
O emissário sem carta nem credenciais,
O palhaço sem riso, o bobo com o grande fato de outro,
A quem tinem as campainhas da cabeça
Como chocalhos pequenos de uma servidão em cima.
Sou eu mesmo, a charada sincopada
Que ninguém da roda decifra nos serões de província.
Sou eu mesmo, que remédio! ...

Álvaro de Campos

NA SOLITÁRIA – Ricardo Pantoja

Hoje acordei sozinho,
No meu cárcere privado
Olhei pela janela, e não tinha janela
Olhei pela porta, não tinha porta
Procurei luz, não tinha luz
Aos poucos me acostumei com a vastidão do silêncio
Minha pulsação era ensurdecedora
O frio tomava conta...
Desmaiei!

O tempo passou,
A barba cresceu
Saí da minha contingência
Migrei pro meu pranto
Via meu corpo morrendo,
Via meu corpo lutando,
Tentei acordar, não era um sonho

Mas acordei,
Eu estava completamente sozinho,
Até meu espírito me abandonou
Até minha pulsação se calou

Isso aqui é uma tortura
Psicológica e física
Perdi pra minha fraqueza
Chorei! Morri!

Ricardo Pantoja - Eu mesmo

A Depender de Mim

A depender de mim
Os psicanalistas estão fritos
Eu mesmo é que resolvo os meus conflitos
Com aspirina amor ou com cachaça
Os gritos todos virarão fumaça
A dor é coisa que dói e que passa
Curar feridas só o tempo há de
Toda regra para o bem da humanidade
É certo necessita de uma exceção

A depender de mim
Os publicitários viram bolhas
Eu sei como fazer minhas escolhas
E assumir os erros que lá vem
Se a alma finca pé os medos somem
Menino nunca deixe que te domem
Mau pai dizia o verdadeiro homem
Sabe o que quer ainda que não queira
Besteira é não seguir o coração

A depender de mim
Os padres e pastores serão tristes
Eu penso mesmo que deus não existe
E ainda assim quem sabe eu creia em deus
Se deus é o outro nome da verdade
Deste momento até a eternidade
Eu levo entre mentiras e trapaças
Besta felicidade frágil farsa
.do que preciso riso preces e paixão

Zeca Baleiro

Algumas vezes na vida, encontramos pessoas especiais em dias ruins. Pessoas que mudam nossas vidas simplesmente por estar nela. Pessoas que te fazem rir até sem motivo algum. Fazem a gente acreditar que realmente tem algo bom no mundo. Nos convencem que existe uma porta destrancada só esperando ser aberta. Isso é uma amizade pra sempre. São pessoas que realmente importam...
Por que quando estamos pra baixo e o mundo parece escuro e vazio, elas te põe pra cima e fazem com que o mundo fique mais ameno. Aquela ajuda nas horas difíceis, tristes e confusas. Para onde quer que caminhemos, estas pessoas especiais procuram acompanhar nossos passos não para nos seguir, mas para simplesmente estarem conosco se precisarmos. Preocupam-se... por algum motivo também somos especiais à elas. Quando nos perdemos pelas estradas sinuosas da vida, elas podem até não nos colocar no rumo “certo”, mas não permitirão que nos afundemos no rumo “errado”. Essas pessoas são simplesmente especiais... por motivos que nossa inteligência e compreensão não alcança, mas elas confirmam a nossa existência e de que quem faz esta caminhada ao nosso lado, perpetua o amor sob todas as formas.
É a solidão que inspira os poetas, cria os artistas e anima o génio. (Henri Lacordaire).
Todo o peso do mundo parece estar sobre tuas costas? Anima-te! Você é capaz de carregar e conseguir qualquer coisas que queira, e de seguir adiante. Quando desanimar lembra-se que no passado já passou por coisas piores e que aprendeu também, isso dá muita força não desista erga a cabeça, você fez sua parte e pronto isso é o que importa.

eu mesmo

A vida com reggae é pura e realizadora.
-A segunda maior descoberta do homem foi o amor,porque a primeira foi o reggae.
-Os homens que caminham na escuridão nunca viram ou conhecem a luz da salvação do reggae.
-Robert Nesta Marley não foi simplismente um homem,ele é uma lenda,um herói com a força dos leões de Jah!
-A grandeza do reggae é a humildade.
-Uma pessoa que sabe escolher um bom reggae sempre saberá tomar boas decisões.
-O seu mundo de sonhos pode se tornar realidade a partir do momento em que você corre atrás deles e nunca os perde de vista.
-Os homens de poder fazem guerra por coisas que eles não terão para sempre. -Um caminho cheio de dificuldades é melhor do que um atalho cheio de dúvidas.

eu mesmo

Hoje meu amor foi embora, levou com ela meu coração.
Não estamos mais juntos a algum tempo, a distancia e mais alguns motivos nos separaram. Mesmo assim, eu amo muito ela, sinto saudade do seu abraço, do seu olhar, dos seus gestos, da sua voz, do seu beijo... de tudo. Nosso relacionamento durou pouco, mas foi o suficiente para fazer eu me apaixonar por você. Você foi a única mulher que me mostrou o que é o amor de verdade, me fez dar mais valor as coisas, me fez amadurecer.
Minha vida ultimamente esta tão sem graça, esta sem cor, sem animo, não sei o que fazer. Perdi uma das pessoas mais importantes da minha vida, eu perdi absolutamente tudo o que tinha, e até o que não tinha. Não tenho sinceras desculpas quanto a tudo isso, minha vida tá um caos, eu não suporto mais sofrer, eu tenho pensamentos absurdos, e cheguei a tal conclusão de querer morrer, eu não sei dizer uma definição certa, eu não tenho um motivo tão óbvio para isto, eu só não suporto mais, desabei, caí, fraquejei… Não aguento mas e quero dar um basta nisso… Sabe aquele momento que você olha em todas as direções, vê multidões de pessoas, mas você está só, em meio a multidão. Eu gritava, ninguém me ouvia, eu chorava e ninguém enxugava minhas lágrimas, nem sequer perguntavam como eu estava, apenas me ignoravam, era como se eu não existisse… Por dias comecei a acreditar que eu fosse só um fantasma, uma alma penada, perambulando pela terra, sem rumo, sem chão, sem um propósito de vida. Então tomei essa decisão, sei que muitos irão me julgar, me mandarão ir ao inferno, mas eu não sei o que vai ser de mim daqui pra frente, não sei para onde vou, eu não sei nem aonde eu estou nesse absoluto momento, eu por diversas vezes tentei firmar meus pés no chão, mas era como se eu estivesse me afogando, procurando terra onde não tinha… Então, chegou a minha hora. Peço desculpa a todos, não pude significar nada na vida de ninguém… Agora minha alma caminha livre, calma até o infinito até o além… Até o eu sei lá para onde… Como meu último pedido, peço que escrevam em minha sepultura, essa pequena frase: '' Aqui descansa eternamente aquele que nunca soube o real motivo da sua existência, que nunca soube o valor que tinha sua vida.''

eu mesmo

Lembre-se que se algum dia vocês precisa de ajuda, vocês encontrará uma mão no final do seu braço. À medida que vocês envelhecer, você descobrirá que tem duas mãos - uma para ajudar a si mesmo, e outra pra ajudar aos outros. Não é benéfico ajudar um amigo colocando moedas em seus bolsos quando existem buracos nele. Vocês pode conseguir qualquer coisa que queira na vida, se você ajudar o suficiente outras pessoas a conseguirem o que elas querem. Idealista é uma pessoa que ajuda as outras pessoas a serem prósperas, se tratamos as pessoas como elas devem ser, eu apenas as ajudo a se tornarem o que elas são capazes de ser. A diferença entre o possível e o impossível está na vontade de cada um de vocês. Não confunda jamais conhecimento com sabedoria, um ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida, se uma pessoa adquire a atitude correta em relação ao dinheiro, isso ajudará a endireitar quase todas as outras áreas de suas vidas. Não te enganes achando que o dinheiro pode comprar sua independência, isto você encontrará apenas, quando chegar à sabedoria suficiente para concretizar a paz de seu espírito as mulheres não existissem, todo o dinheiro do mundo não teria sentido.

Eu cody

eu mesmo

Nova Poesia - 23/01/2008
Autor: Eu mesmo


JÁ TE AMEI
MAS DE TANTO AMAR
TRANSFORMEI AMOR
EM AMIZADE

PRA NÃO TE PERDER
E SEMPRE PODER TE TER
VIVEREI CALADO
ESSE MEU CHAMADO
AMAR E NÃO
ESPERAR SER AMADO

HOJE APENAS SOU
O QUE SEMPRE
VOCÊ DESEJOU

E MESMO SEM QUERER
VOCÊ ME CONQUISTOU
E DESPERDIÇOU

GEORGE AUGUSTO

Sei que não sou nada nem ninguêm,
sou apenas um misero ser que ama
e desama ao mesmo tempo...
Que pensa em tudo antes de adormecer...
Que faz verços sem sentido sobre seu amor...
Que um dia pensou que nunca iria amar auguêm
e hoje vê que seu coração esta totalmente lasado,
por um grande amor...
Que faz coisas sem pensar...
Que comete erros e não se arrepende de nada
Que vive brigando com os pais :'(
Mas realmente sabe que tudo isso vale apena...
Porque faz parte daquilo que um dia um ser que
existio em um univerço paralelo e um mundo chamado
terra; esse ser? EU uma grande pessoa que um dia achou
ser NADA!

Eu mesmo Danieli

Uma grande bobagem não é fazer o que mais gosta, ou não se divertir em momento de estresse intenso, ou talvez não namorar em locais agradáveis, ou até mesmo dizer não ou sim a algumas pessoas próximas ou queridas, ou ainda não ser feliz... A grande bobagem é saber que isto é o que há de melhor na vida, e você não se atenta para estas felicidades que o altíssimo proporciona a nós pobres mortais, que nasce ciente da morte e as teme e tenta se esconder inutilmente da mesma, durante sua breve passagem pela vida ou simplesmente pelo grande sonho.

Lázaro Cavalcante de Lima (eu mesmo)

Sofro,sem saber porque sofro...choro, sem saber porque choro...amo,sem saber se sou amado...sonho,sem saber se realizo o que sonho..vivo,sem saber viver...acredito,sem crer acreditar...Pois em mim,na minha vaga sabedoria,nos meus pensamentos enublados,na minha forca enexistente,no meu crer,que nao creio...no meu ver,que nada ve...existe so,dor...magoa..tristeza...sim tristeza,essa minha companheira,minha sombra..que cada dia me obscura mais,sem me deixar tempo para poder pensar no que de bom podera ter o meu significado...estou triste sim,triste porque nimguem me ensinou a viver...

eu mesmo

Percebo que te amo quando fecho os meus olhos e você é meu unico pensamento , você não faz idéia de quanto a minha boca chama pela sua , se estou sem você me sinto incompleto asssim como me senti por todos esses anos , é como se eu descobrisse que contos de fadas nem é tão raro assim , por você eu daria o mundo e as estrelas , apenas em um pedido ...

eu mesmo

Simone desde de o dia q eu te conheci vi o mundo com outros olhos descobri q tudo pode ser feito com amor e carinho mesmo eu sendo a pessoa mais atrapalhada do mundo tento fazer com que vc se sinta amada e desejada pode ate não aparecer pelo meu jeito meio petruquio de ser como vc mesma diz, mas e tudo com muito amor sei q as vezes sou chato fico querendo mais e mais vc perto mas e q a saudade e grande e me sinto só so quero q vc saiba te amo muito e so tenho a agradecer a Deus por poder estar aoo seu lado espero q seja pra todo o sempre Flavio

eu mesmo

. eu sou aquele que admira aqueles que conseguem sorrir com os problemas, reunir forças na angústia, & ganhar coragem na reflexão . É coisa de pequenas mentes encolher-se, mas aquele cujo coração é firme, & cuja consciência aprova sua conduta, perseguirá seus princípios até a morte, por isso não me [u]importo[/u] com o que pensam de mim ou como me enxergam , pois [u]Ninguém[/u] tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço & de mim faço o que bem entender, não adianta você tirar conclusões precipitadas sobre mim, pois isso não vai me elevar nem me rebaixar , sou orgulhoso demais quando estou certo & convicto disto, mas também humilde ao ponto de admitir que estou errado ,não sou hipócrita de querer que todos me entendam, pois sei que não o farão , prefiro que apenas me deixem viver do jeito que sou . Também não sou ignorante ao ponto de só acreditar em que eu posso tocar , pois isso é totalmente surreal . Pouco me importa que conclusão você tirou de mim, guarde para si as mesmas, pois quando me conhecer verá que estava totalmente equivocado , Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter & caráter tenho de sobra , assim como a honra & a dignidade , ao ponto de olhar no espelho & ver que sou eu mesmo quem estou ali , não um boneco manipulado pela mídia ou por modismos , eu faço meu estilo , não me importo com tendências , Sou o que sou
porque vivo da minha maneira...
Você procurando respostas olhando pro espaço, e eu tão ocupado vivendo... Eu não me pergunto Eu faço! A ninguém neste mundo devo tudo que tenho a Deus , somente a ele , meus amigos meus pais tudo vem por meio dele & Por ele . Acredito nos princípios de Hermes , principalmente o 5º , tudo se manifesta por oscilações compensadas , hoje podes humilhar alguém , mas amanhã o mundo oscila & você pode ser humilhado .

Rodrigo Ribeiro ( eu mesmo )

SOLDADO DO POVO – Ricardo Pantoja

De forma pacata vou vivendo minha vida,
Cantando meus medos, desenhando pesadelos
Levando na zombaria.
Sou soldado do povo,
Assinei minha alforria
Li, cresci, vivi
Produzi meus dias.

Há quem diga que a morte um dia me mataria,
Mas vivo minha vida pacata,
Sou soldado do povo
Minh’alma é destemida.
Nem tufões, trovões, maremotos...
Nada me amedrontaria
Sigo borrando meus sonhos, apagando esperanças
Saciando a nostalgia.

Sou soldado do povo
Sou forte, sou robusto
Carrego minhas espadas e meu escudo
Sou fiel a minha bíblia
Não me entrego a nada possível
Tornei-me invencível.
Mas há quem diga que a morte um dia me mataria,
Não abaixarei minha guarda
Mas caso apareça mais um soldado do povo
O duelo sem sangue será na poesia.
Não só de força se faz um soldado
Mas com uma palavra ele muda dias.

Ricardo Pantoja - Eu mesmo

Excelência

A incoerência faz com que nós nos tornemos indecisos, faz com que nossas escolhas não sejam diretas só por não ter sentido, ou por ter duplo sentido, ou por que queremos descobrir o sentido daquele sentido, ou por ser só mais uma questão a ser tomada sem relevância, que não tenha mérito de ser julgada.
Deparamo-nos constantemente com interrogações nas interfaces meridionais; qualquer lugar, tempo, modo, verbo, qualquer sintonia distinta presente nos nossos chãos, se opõem ou impõem a algo que alguém já pensou.
Tem sempre alguém pra defender com todas as forças as suas idéias. Questionasse sobre coisas sem explicação, pensasse que pra tudo tem resposta, fazem-se perguntas que são desnecessárias, que não vão explicar as origens, e, que se um dia for explicar, não terá o menor cabimento, não trará nenhum beneficio obvio. Tentam comprovar a origem da vida, e não se preocupam com o porquê da morte. Já estamos vivos, estamos presentes, um bando de seres insatisfeitos então? Ora, porque não usar as perguntas para concretizar algo. Porque guerra? Porque nazismo? Preconceito, por quê? Crianças passando fome? Mas porque isso tudo? Não aflige a sociedade, não causa horror, pânico, medo? Isso é um absurdo, quem vai ajudar? Quem vai melhorar? Cadê o nosso Deus? Temos que viver com base na fé, crendo que tudo vai dar certo, só esperar? Porque os menos favorecidos têm que saber esperar? Porque os direitos iguais não são iguais? E mantendo-se em duvidas, criasse uma nação “burra”, uma nação imponente.
Precisa-se de gente, não como a gente, que sinta gosto de viver e aproveitar a vida sem ressentimentos, sem intuito de saber a razão pela qual está viva; gente que só queira viver mais, e que continue vivendo intensamente, querendo ter seus quinze anos de novo e achando-os a melhor fase das suas vidas, e por ser a melhor fase, buscam refleti-la no presente, mesmo com seus oitenta. Precisa-se de pessoas vividas e experientes que recomendem que os tão ocupados jovens aproveitem a vida de forma consciente como eles um dia aproveitaram, que saibam extravasar limites dentro dos limites, que cheguem tarde em casa porque estavam em uma praça com a menina ou o menino dos sonhos jogando conversa fora e falando de como será o futuro dos mesmo, e não porque estavam conhecendo algo de ruim pela primeira vez. Precisa-se de “velhinhos e velhinhas” que contrariem a idéia de que para ser melhor tem que ser perigoso, afinal, era bom quando em 40 pulavam corda nas ruelas com os amigos. As palavras idosas geralmente ajudam.
Chega de modismo, chega de falta de personalidade. Pessoas influenciadas não vão tão longe. O melhor empregado não vai ser aquele que melhor cumprir as ordens do chefe, mas aquele que souber cumpri-las e ordenar um espaço de tempo para se impor sobre o que acha certo e errado, idealizando o auto crescimento, buscando ser melhor cada vez mais.
Na vida os grandes serão os ouvintes, que por paciência e mérito souberam guardar informações e que na hora certa, saberão transformá-las em atitudes, em praticas. Quem muito fala, nem sempre tem razão. Tentar ser convincente não é a melhor forma de agradar, persistir “na mesma tecla” não resolve.
Parar, ouvir, analisar, pensar, administrar as idéias, pôr tudo em ordem dentro de uma caixa, tarefa por tarefa, etapa por etapa.
Não devemos nos satisfazer com o que somos capazes de realizar, devemos buscar a excelência. Se nosso cérebro usa menos de 10% de sua capacidade total, precisamos então saber que podemos ser melhores. Melhores como? Cresça 1% por dia. Demoramos 10, 20, 40, 80 anos e só usamos 10%, vamos melhorar isso, vamos crescer 1% por década. Ótimo, conseguimos! Vamos agora, crescer 1% por ano, 1% por mês, 1% por dia, por hora, por minuto, por segundo, vamos buscar a excelência, crescer cada vez mais, sempre.
A nossa caixa é nosso cérebro. Nossa caixa de informação, mas não informações banais, informações sadias; não devemos nos oprimir numa caixa sem porta, sem janela pro mundo, não devemos nos prender e nos privar da vida, temos que querer saber coisas que nos tragam benefício – “Quero e vou conseguir”, nosso futuro tema – todavia, vale lembrar que a seriedade mata. Tudo de mais prejudica de alguma forma, então, goze, aproveite também, ria e conte piadas.
Ao invés de porquês, busque felicidade, não se tem motivo pra ser feliz. Busque amores, também não se tem motivo pra amar, mas amar dói, quem ama sente medo, mas não se pergunte sobre o medo, apenas viva. Viva intensamente, da melhor forma, da forma mais correta, cada um tem sua definição de bom e ruim, gosto não é discutível, o seu “correto” não será, obrigatoriamente, o meu.
Deixe a indiferença de lado, todos nós somos capazes das mesmas coisas, só fazer por merecer, o esforço é a base do sucesso. Deve-se sempre ser humilde, ter consciência que para sermos excelentes, devemos nos igualar aos que já estão mais avançados nesse processo de melhoria, e jamais julgar e desmerecer os que ainda estão começando. Dê sempre uma palavra amiga, seja companheiro. Resolva intrigas, apazigúe-as. Provavelmente, seu crescimento será relativo. Há muitos na briga pela vida, não desperdice tempo. Não existe tempo perdido, existe tempo mal aproveitado. Não faça inimigos, junte-se as pessoas, amigos, viva em sociedade; quando se vive em harmonia com o próximo, há um fluxo maior de informações, isso te ajudará no percentual a ser atingido.
A excelência, basicamente, não é atingida apenas de acertos. O erro é aceitável, quem não erra é porque não tenta ou já tentou demais uma coisa e agora sabe como fazê-la, não tenha medo de errar, para ser excelente devemos passar por desafios, ninguém consegue superar uma coisa que nunca viu – ao menos que já tenha uma base. Erre, e aprenda com os erros.
Têm os que se esforçam para serem excelentes, enquanto outros esperam a sorte “bater na porta”, achando que tudo de bom irá vim por vontade própria, ou por vontade dela. Não se deve contar com a sorte, a sorte é uma incerteza, a sorte é uma dádiva, só para alguns, ela não é concreta, nada é concreto, só o passado que não se pode apagar. Não viva de passados, corra atrás de futuros sonhos, realize-os.
O seu amanhã é reflexo das coisas que você fez no passado, com o rumo que você decide no presente. Então seja bom, faça o bem, e tenha certeza, tudo isso será recompensado.
E você? Você é a soma do seu passado mais a sua circunstância. Equivale com o que se fez anteriormente mais as suas conseqüências. Sobretudo sabemos quem somos; nosso ego afirma, mas dizer o porquê no momento em que temos que o fazer, não só se exprime o que se sente como o que se sente se transforma lentamente no que é dito. O “eu” é a auto-avaliação que fazemos, e para o nosso crescimento precisamos, acima de tudo, aceitar com vigor as idéias que são postas, aceitar que nos julguem.
Têm pessoas que alcançaram um nível maior de excelência, que conseguem designar o “quem sou eu” dos outros, que sabe dizer quem é cada um com um simples olhar, e quase sempre não aceitamos quando ouvimos a opinião deles e mais tardar nos perguntamos: “como ele sabia disso?”.
A vida é difícil de ser vivida, é um jogo onde meros pecadores batalham para superar as expectativas de um olheiro: a vida particular de todo mundo em que todo mundo se faz íntimo de cada um. E essa de que no jogo o que importa é participar, é extremamente errôneo. O importante é ganhar. Tudo e sempre. Essa história que o importante é competir não passa de demagogia. É irreal pensar que vou vencer sempre, mas sempre espero que a derrota não venha neste fim de semana. E como diria Ayrton Senna – “no que diz respeito ao desempenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem-feita ou não faz”.

Ricardo Pantoja - Eu mesmo

De tudo de mais belo, fica o seu sorriso
De tudo de mais triste, fica o seu sorriso
Entre tudo que mais quero, fica o seu sorriso
E quando olho a cabeceira, fica o seu sorriso
E na escuridão dos sonhos, fica o seu sorriso
Na lembrança, fica o seu sorriso
E no meio do nada, fica o seu sorriso
E quando desisto, fica o seu sorriso.

Ricardo Pantoja - Eu mesmo

SÓ MAIS UM ADEUS – Ricardo Pantoja

Apesar de eu não querer que seja dessa forma,
O meu coração a mim não pertence
Quero me desvincular do que me atormenta
Mas não quero deixar de te procurar.
Perdi a noção de como eu poderia desatar esse nó

Liberta-me desse pesadelo
Não quero uma morte lenta,
Não quero morrer aos prantos, sufocado de esperanças
Não quero que falte “você” nos meus pulmões.
Mediante a tudo que vivo,
Tenho a ti como meu elixir,
Minha essência vital está em suas mãos
E não quero mais me repudiar
Não quero mais repudiar a felicidade.

A morte chegará a todos nós
Nosso sangue parará de correr
E mediunicamente nos encontraremos novamente,
Mas, egocentricamente, talvez
Penso que há força para continuar
Serei como uma Fênix,
Retomarei do instante que me encerra,
Entretanto, preciso só de uma coisa: o fim.

Nada será como antes,
Nada será como foi um dia,
Nada será nada,
Jamais será esquecido,
Mas dói ser lembrado.
Preciso, de alguma forma, exceder os meus esforços
Preciso, de alguma forma, achar uma solução
Zelo pela tua felicidade,
Zelo pelo teu bem,
Mas, preciso me despedir com hombridade
O choro será incontido,
Não negarei meus sentimentos, não esconderei minhas lágrimas,
Não terei vergonha de dizer que chorei por amor
Não temerei em dizer adeus,
E o faço nesse momento.

Ricardo Pantoja - Eu mesmo