Texto sobre Meninas

Cerca de 138 texto sobre Meninas

A Eva e o Adão

Mas eu não sei rimar
As meninas da minha sala são muito retardadas,
Mas eu estou te contando (risos)
Vou para a baleia
Minha família é um show
E com eles não têm
Tenho raiva de quem fala “mim”
Pratos e comida
Sopa de legumes
Não ta bom, não?
Não acredito (risos)
Ô Vitor, Nossa (risos)
Nossa ( de novo)
A amiga da minha prima
Faz uma coisa muito estranha
Que medo!
Adoro crianças
Adoro mesmo
Se eu pudesse comprava duas para trabalhar pra mim.

Eu e Minha prima

Eu sinto uma tristeza quando vejo meninas chorando por causa das falsidades do amor moderno...
Ate aonde devemos fazer tantas coisas para magoar alguém sem ter a noção da dor que podemos causar.
Fico com medo de deixar meu coração exposto a isso... Mas é um risco que devo passar.
Não posso esta ao seu lado nesse momento, mas lembre, nunca desista de amar, nunca perca a fé.
Por mais que andemos em caminhos diferentes, existe apena um proposito, sermos felizes.

Valberto Fernando Veiga

Em grande parte, foi assim...

Enquanto as outras meninas assistiam a Sailor Moon...
Eu gostava de Power Ranger.
Enquanto as outras meninas trocavam figurinhas das princesas...
Eu colecionava o álbum dos Cavaleiros do Zodíaco.
Enquanto as outras meninas jogavam handball...
Eu fazia futsal e judô.
Enquanto as outras meninas brincavam de barbie...
Eu jogava videogame com meu irmão.
Enquanto as outras meninas tinham irmãs, primas e amigas para passar as férias de julho...
Eu contava com meu irmão e primos!
Enquanto as outras meninas aprendiam crochê com a vovó...
Eu jogava baralho com meu vovô! (Que saudades!)
Enquanto as outras meninas eram mimadinhas e cheias de não-me-toque...
Eu derrotava meu namorado no FIFA Soccer de fliperama.
Depois querem entender porque me sinto tão bem tendo amigos homens... É só saber um pouquinho mais sobre mim que fica fácil descobrir: questão de costume!

Aline M. Abdalah

Alguns Motivos Pelos Quais Meninos Gostam de Meninas

1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.

2- O jeito que elas tem de sempre encontrar o lugarzinhos certo em nosso ombro.
3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.
5- Como são encantadoras quando comem.
6- Elas levam horas pra se arrumar, mas no final vale a pena.
7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trita graus abaixo de zero lá fora.
8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans, camiseta e rabo-de-cavalo.
9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.
10- Como ficam lindas quando discutem.
11- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.
12- O brilho nos olhos dela quando sorriem.
13- Ouvir a mensagem delas na secretária eletronica logo depois de uma briga horrivel.
14- O jeito que tem de dizer “Não vamos brigar mais, não…”, embora você saiba que dali a uma hora…
15- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.
16- O modo de nos beijarem quando dizemos “EU TE AMO”.
17- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta…
18- O modo que tem de se atirar em nossos braços quando choram.
19- O jeito de pedir desculpas por terem chorado por alguma bobagem.
20- O fato de nos darrem um tapa achando que vai doer.
21- O modo com que nos pedem perdão quando o tapa dói mesmo (embora jamais admitamos que doeu).
22- O jeitinho de dizerem “estou com saudades”.
23- As saudades que sentimos delas.
24- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que nada mais lhes cause dor.
E no entanto, quer vocês as ame, as odeie, queira que morram e saiba que morreria sem elas… não importa. Depois que elas entram em sua vida, mesmo que para o resto do mundo não signifiquem nada, tormam-se tudo para nós. Quando olhamos em seus olhos, quando podemos adivinhar seus pensamentos e dizer milhões de coisas sem emitir um único som, o mundo fica iluminado e sabemos que nossas vidas foram completamente transformadas.
Nós as amamos por um milhão de motivos. Não é coisa da mente e sim do coração. Um sentimento. O mais forte que existe.

Menino Anônimo

Minhas amigas são do tipo “meninas burrinhas” daquelas que vão lá, metem a cara, se apaixonam por mil em uma só semana. E depois vem sempre chorando pro meu colo “aí amiga, como eu queria ser igual a você ...”
Se elas soubessem o quanto é ruim ser eu. Meu Deus, como é péssimo não acreditar. Sorrio, balanço a cabeça e dou os mesmos conselhos de sempre ... mas como eu daria tudo pra ser só um pouquinho menos espertinha. Até já tentei me fazer de burrinha, mas não consigo. Qual será a sensação de acreditar nas juras de amor, de beijar sem culpa, de amar, de perdoar de coração os mesmos erros de sempre. Como eu queria ser um pouco menos desconfiada. Ser menos desligada, menos espertinha. Imagine só, eu sendo amada e iludida por um dia. Seria tão perfeito. Tomara que um dia eu encontre um mágico e ele me hipnotize, me cegue, sugue da minha mente tudo o que eu aprendi com meus amigos homens. Ou quem sabe, eu encontre algum rapaz que esteja mesmo falando a verdade ... mesmo assim, prefiro acreditar no mágico. Ele ainda dá pra achar.

Beatriz Soares Bezerra

Milhões de Dólares

Você diz que não me ama
E que não gosta das meninas,
Você diz que já tem alguém,
E que sou só sua amiga.

E tudo que eu queria
Não era nem alguns milhões de dólares,
Eu só queria você aqui do meu lado,
Nós dois sorrindo empolgados!

Meu azar é tão grande
Que eu nem sei o que é mais difícil:
Eu ficar mais rica que o Bill Gates
Ou você querer ficar comigo.

E tudo isso é culpa da probabilidade
Que me fez encontrar você,
É essa matemática
Que só me atrapalha
E não me deixa viver.

Eu só queria
Um quark do seu amor,
Não sei por que você me abandonou!

Meu azar é tão grande
Que eu nem sei o que é mais difícil:
Eu ficar mais rica que o Bill Gates
Ou você querer ficar comigo.

Jamila Mafra

Mãe,
Eu guardei esse segredo 31 anos. Mas agora vou contar. Quando eu nasci, tinha duas meninas esperando junto comigo na salinha. É um lugar onde a gente fica antes de nascer. Uma foi e a outra menina ia ser sua filha. Eu ia depois. Mãe, ela era tão bonita. Inteligente, educada e ia ser médica quando crescesse. Ficamos conversando enquanto não chegava nossa hora. Ela me disse que já tinha planos. Que a mãe dela ia chamar Rose e o pai Paulo. Que ia ser a primeira filha. Nem te conto, acredita que ela tinha olhos azuis, igual do Vô Lando? Então, o telão ligou e apareceu você. Aí, eu te vi. É, é segredo. Mas antes de nascer, a gente vê a mãe da gente num telão. E eu me encantei por você, pelos seus olhos, pelo seu sorriso… Então, eu não tive duvida! Convenci a menina a deixar eu ir no lugar dela. Tá, tá… não foi bem aprovado por parte dela, ok? Mas eu era mais forte e mais esperta… corri primeiro… (mãe, ô menina boba aquela!).
Desculpa mãe. Eu tinha que te contar. Eu sei que tenho um monte de defeito… sou bagunceira, falo demais, não virei médica, não tenho objetivos claros na vida, não tenho olhos azuis, falo palavrão, conto piada suja, não lavo meu carro, não sei fazer arroz, falo da vida alheia, não tenho casa própria… (tá bom né?) É que… eu sei que não sou nada do que você esperava e com certeza estou na lista das piores filhas que uma mãe pode desejar… mas eu te amo. Eu me orgulho do que você é, todos os dias. Seu caráter, sua determinação. E eu sempre, sempre vou estar ao seu lado. E acredite mãe, aquela menina era muito chata mãe… no final você ia me preferir, eu acho… pelo menos eu faço você rir, alem de chorar muitas vezes.

Te amo!

Josane Hodniki

"Meninas de 12 anos dizendo que não vai mais correr atrás..."
"Meninas de 14 anos dizendo que já sofreu por amor..."
Engraçado é essas pessoas ficarem julgando os outros, como se fossem os donos da verdade, como se soubessem o que é verdadeiro ou não. Ok, eu até concordo que uma menina de 14 anos dificilmente vai saber o que é um amor de verdade, e que ela poderia se poupar um pouco do drama, mas daí ficar julgando e fazendo piadinha sem graça já é demais, né? Tá te incomodando? Quem ta sofrendo é ela ou é você? Ah, pelo amor né. Vamos criar vergonha na cara e parar de rotular os sentimentos dos outros. As pessoas deveriam parar de cuidar da vida do próximo, e procurar melhorar a sua própria vida, que por sinal deve ser muito cretina pra tá criticando a vida alheia. O recado tá dado. Não importa se ela tem 10, 15 ou 20 anos, cada um sabe dos seus sentimentos e não precisa de um(a) otário(a) fazendo piadinhas, e diga-se de passagem, bem sem graça.

Amanda Sanches

Triste por ser covarde
Quem dera eu ter a coragem
Minhas meninas estão chorando
Eu me derramo querendo curar
Dê a tua dor
Eu sinto ela por ti
Sinta o meu amor
Ver o rosto inchado sorrir
Faz partir tamanha dor.

Diz pro menino que chora
Que estou do outro lado da porta
Esperando ele sorrir
Diz que pouco demora
Pro medo ir embora
E eu com fé corajosa vou dizer
Que o espinho da rosa sairá de ti.

Camila Linhares

A BOLA E O CAVALINHO
Doces lembranças
Caras sapecas
Meninas de tranças
No colo, bonecas

Vento ou neblina
Galope constante
Cavalinho de crina
Mágico instante

Com sol a pino
A bola rolando
Traquina menino
Na rua jogando

Esconde-esconde
E bem escondido
Procurar onde?
Polícia ou bandido?

Sonho fantasia
N’alma a essência
Criança alegria
Santa inocência

Sidney Poeta Dos Sonhos

Vejo todas as meninas de hoje em dia, sempre querendo "amar e ser amada" e encontrar alguém que realmente aceite esquecer o mundo para cuida-la em seus braços.
"Todas as mulheres sonham em ter um homem que seria capaz de deixar tudo só por elas."
Mas é... O que elas não se lembram é, que antes de tudo, tem que se amar primeiro.

Amanda Munari

Dia desses vi Tom Zé dizer que setenta e cinco por cento das meninas da USP não gozavam. Ele se referia a uma pesquisa feita na instituição, pela sexóloga Carmita Abdo. Mas ele não precisava desse respaldo para chegar a tal conclusão. E à mais, basta por exemplo, dar uma voltinha pelos bares e boates de Vitória para perceber que as mulheres não só não gozam como não transam também. Proporcionalmente, nosso mundinho pós-moderno é bem mais careta e reprimido do que nos outros tempos. Qual a causa de nossa caretice, contra-revolução Estatal? Contra-revolução Cristã-católica? Claro que sim, mas mais uma série de outros investimentos repressivos também. Só que mais do que contra-revolução tradicionalista se as mulheres percebessem a cilada na qual se meteram questionariam a concepção de revolução sexual. A revolução feminista conseguiu mesmo o direito à igualdade – direito ao voto, direito ao trabalho, direito a ser livre, mas principalmente as mulheres alcançaram o direito de serem idênticas aos homens. Hoje falam como nós, se portam como nós, querem tudo o que nós queremos e quisemos um dia – menos o sexo. Salvo algumas mulheres com os instintos masculinizados (o porquê nós não sabemos) elas, mesmo quando transam não transam por transar. Quando você ouvir sua amiga dizer que transou com um cara na balada de sábado passado faça o teste, veja se ela não quer algo mais do galã. E quando digo algo mais não é só a beleza física, isso os homens também querem das mulheres com quem transam, não é só um parceiro de sexo, isso os homens também querem – o tal sexo garantido. O que é então? O amor é claro! Mas só o amor não conclui o cálculo, é também posse, apego, etc. Mas os homens não querem o mesmo, e não buscam o mesmo? Até buscam sim, mas a questão é que se considerarmos a liberdade sexual, prometida pelo feminismo – e até mesmo pela propaganda libertária dos tempos modernos – teremos todos de admitir que para os homens será muito mais fácil correr nessa direção. Já para as mulheres, as agentes dessa proposição de liberdade, é um empreendimento colossal, gigantesco – diria que quase impossível, infelizmente.
Duas coisas quero com isso: 1°, dizer que a propaganda é falsa, que a liberdade sexual das mulheres não foi alcançada e que elas foram enganadas: o feminismo é um machismo de saia. 2°, que a liberdade sexual passa pela reconfiguração de um pilar afetivo da civilização ocidental – o amor a um único parceiro. Os homens facilmente amariam três ou quatro mulheres, cada uma à sua maneira, simultaneamente, e dormiriam com elas com a mesma facilidade. E as mulheres? Não duvido que dormiriam com quatro homens ou mais ao mesmo tempo, mas estranharia se não fosse só pra fazer raiva ou ciúme em algum deles. Duvido também que aceitariam o contrário, que seriam uma entre as outras de um homem. Mas que terrível déficit causou o falso libertinismo do feminismo, pois os homens acreditaram no discurso, e agora eles pensam que amor não é importante para elas, o que lhes fazia levar flores, fazer poemas e oferecer a alma à suas pretendidas. Elas dizem que adoram as músicas leves, que não falam de amor, que não são melosas... Eles acreditam. E eles preparam-se para uma noite de orgia, enfim as orgias! Enfim, bacanais! Coisa nenhuma, elas voltam pra casa e deitam suas cabecinhas confusas no travesseiro, sentem vergonha de admitir, mas ao quase dormir pensam em como queriam receber homenagens de algum romântico, escondido no bar da boate, ou do lado de fora à espera dela, que é deusa que é musa... Ou quando vão, porque o carinha é bem bonitão, acabam a noite orgíaca numa profusão de silêncios culpados, medonhos com o cheiro do medo, noite que nem valeu a culpa - pensa ele. Ele vê nos olhos dela - ela não quer estar aqui - eu sou um animal por querê-la, sou culpado por desejar.
Mas como eles não sabem o que aconteceu de fato, nem a eles nem a civilização “americana ocidental”, quem se beneficia são os propagandistas que vendem a falsa liberdade sexual por muito dinheiro, e nem sentem culpa... Pagam bons bacanais culpados com 0000,1 por cento do seu faturamento. Por outro lado tem as igrejas que ganham bastantes ofertas das “putas arrependidas” que adentram seus purgatórios em busca de paz. Quais putas? Quem dera fossem putas, tadinhas, são santas. Não têm amor nem sexo, só culpa pelo que não fizeram. São heroínas, carregam em si o peso da hipocrisia dos que comandam. E os homens coitados, os homens da massa, não sabem o que querer, se amor ou sexo, porque eles querem elas e delas o que tiver. Querem ser como os homens, meninas? Estão querendo errado, porque eles querem vocês. Queiram a vocês mesmas, então serão como os homens. Mas se querem dominar o mundo então aprendam com os “grandes homens” a arte do cinismo, da desfaçatez... Não os filósofos, nem os poetas, nem os artistas de todos os gêneros – mas os padres, os politicos, os ditadores; eles sempre geriram o mundo – e ainda gerem o sexo. Principalmente os que não gostam de sexo.
[Não mate o mensageiro. rs]

Thiago Mariano

SONHO TRAVESSO

Onde estou?
Correndo, pulando
Meninas cantando
Arco-íris sem cor.

Parece mentira
Que bagunça
Anjo, meu guia
Cadê a minha flor?
Cadê as minhas pernas?

Em um labirinto
Ódio eu sinto
Cansado e faminto
Cobras, aranhas, sapos
Que nojo!

Vejo um castelo
Um rei e um martelo
Sua filha, a princesa
Com cabelos de ouro

É bonita e sensível
Com cheirinho de sabão
Deixou tudo mais alegre
Dela não desgrudo mais não!

Então aparece o padre
Ela vestida de noiva
Segurando em minha mão
A igreja cheia de gente
E eu sem nenhum dente
Credo! Que humilhação



Ela diz sim
Eu também...
Estamos casados
Amor é o que tem!

Domingo no calendário
O rei tem cara de otário
E na hora do beijo...

...Acordo na cama
Todo suado
Sem eira nem beira
Que bagunça!
Que coisa de louco
Pena que durou tão pouco...
Olho pro caderno
Nossa! Já é segunda-feira.

Leonardo Gazzoni

Duas amigas imseparaveís
Duas meninas emseparavéis que sao duas amiga juntas são melhores amiga! elas duas fazia tudo, jutas e sempre quando elas duas saia,sempre ia para o mesmo lugar!. Um dia elas duas foram para uma festa na casa da sua tia, e la tava seu namorada que era de uma das meninas que era da rebeca, e la ta ele a rebeca uma das amiga tinha Ciumés de seu namorado Daniel, e sua amiga Kaylanne ficava conversando com os dois falando que os dois era u8m belo casal mais nimguém sabe, se o que sua amiga estava falando so pra dar ensima do namorado de sua amiga rebeca foi pegar suco para eles tres e kaylanne ficou com namorado de rebeca que era Daniel, eles ficavam conversando sem parar e rebeca chegou e les dois nao estava onde eles ficaram an hora,que rebeca sai, rebeca procurou els dois pra todo lado,e nada de achar quando els apareceram lá estavam Kaylanne e Daniel se beijando e namorando e quando rebeca viu deu o Grito e falou como vcs sao falsos Carah, nem tenham vergonah nessa cara de vcs! e kaylanne saiu correndo atras de sua amiga e falau desciulpa minha maiga querida e sua amiga rebeca nao le- desculpou rebeca saiu correndo chorando demais danilel foi embora abalado .. e daniel falou:
- Rebeca, E nao Li amo mais mim, desculpe vou embora.
-Rebeca disse: :( Chorando sem parar, vai embora e mim esquece.
Kaylanne, Disse: Chorando, Tabém, mim desculpe amiga, Porfavor!
-Rebeca falou: Não sai daqui, kayllanne vc e uma falsa.
Assim diz essa historia e como nimguém sabe como e aquela pesssoa que passa todo tempo comk vc, sorrindo, brincando, conversando e dsando atença~´ pra vc toda Hora.

Gabi321

Brincadeira de Amarelinha

Antigamente havia uma brincadeira mais voltada para meninas, era conhecida como Amarelinha. Era se desenhado quadrados no chão, de um a dez e tinha o ultimo que colocavam alguns nomes nele, cada região era um nome.
Sobre a brincadeira todos sabem, mas o que ela nos proporciona de bom, quase ninguém nunca parou para refletir.
Na brincadeira, a pessoa vai pulando com uma perna só, e o numero qe esta marcado, ela não pode pisar. Mas antes disso ela joga o objeto que marca o numero atrás do numero um, e não pode pisar na linha nem invadir o quadrado.
Se ela errar o numero que é o marcado para ela, ela passa a vez, e tenta novamente acertar o objeto naquele numero.
Assim é a nossa vida.
Para aqueles que amavam brincar , sabem a dificuldade que é ir até o final do jogo, poucos conseguem. Mas aqueles que conseguem eles erram varias vezes, desequilibram, voltam a vez, ou a passam, mas com persistência vence.
Muitas vezes nós queremos pular mais de um quadrado em nossa vida, queremos chegar na vitória logo, mas sem sofrimento não há vitória.
Achamos que tudo tem que ser fácil, tudo em nossa mão, mas quantas vezes temos que pular com uma perna só, temos que nos virar da maneira que dá, mas se quisermos vencer, mesmo errando, temos que persistir até conseguir. Devemos traçar metas em nossa vida para que possamos atingi-la.
Não devemos abaixar a cabeça por nada, muitas vezes que esta do nosso lado, pode nos zoar, tirar sarro igual acontece na brincadeira, mas não é quem ta num numero maior que vence. Muitas vezes aquele que quase nunca acerta, começa a engrenar e ultrapassa a todos sem errar.
Não devemos menosprezar quem achamos que não tem capacidade. A inteligência esta dentro de nós, somente basta a cada um fazer com que ela desperte.
A dificuldade sempre irá aparecer, mas lembre-se : Só venceu, aquele que tentou!

Felipe Narciso Alves

JUGO DESIGUAL

Muitos meninos e meninas já levaram um “fora” ouvindo a seguinte sentença: “A luz não pode se misturar com as trevas.” Ou seja, teoricamente os que pronunciam esta declaração seriam a luz enquanto os que a ouvem seriam as trevas. Diferentemente do que acreditamos, isso acontece não só entre um cristão e um não-cristão, até mesmo um simples contraste na denominação já é motivo para o famoso jugo desigual.

Nessa linha, a salvação pelo "crer" já não é o bastante, o pretendente necessariamente teria de ser da mesma religião, da mesma denominação e se possível, ambos, congregarem sob o olhar de um mesmo líder. Tudo isso é teorizado a partir de uma declaração que Paulo fez aos coríntios. Entretanto, quando o apóstolo se referira a jugo desigual não criara um mandamento, muito menos fazia alusão entre crente "x" e "y”, mas sim ao fato de que muitos judeus e pagãos tentavam persuadir os recém-cristãos a abandonarem a fé.

Essa incapacidade de interpretação textual e contextual tem levado milhares de pessoas a viverem um “Romeu e Julieta religioso.” Guiados por líderes que pretendem isolar seu rebanho de qualquer idéia que não comungue com suas análises, estes instauram uma espécie de intervenção governamental na vida do fiel e freqüentemente metem a colher onde não deveriam. Não compreendem que o amor quando verdadeiro só pode vir de uma única fonte, Deus. Não existe “amor das trevas”. O Amor é uma virtude que procede singularmente do Senhor.

Ora, se me considero luz por que haveria de temer as trevas? Por acaso a luz não dissipa a escuridão? Por acaso a verdade não prevalece contra a mentira? Por acaso o bem não sobrepuja o mal? Pelo que saiba a luz permeia qualquer negrume e nele faz clarão.

Considero sim que para uma relação ser sólida um e outro devem propor subir o mesmo monte. Isso não implica que ambas devem compartilhar exatamente os mesmos credos, mas sim fome e sede de um sentimento inalterável. As equalizações entre os jugos não devem acontecer nos contextos institucionais. Logo, todo lugar que é pisado por homens está sujeito a variáveis tipos de negatividade como a inveja, o ciúme e os preconceitos. A relação deve constituir-se no âmbito da suma mensagem do Cristo, o Amor!

Cabe aos discípulos selecionarem seus companheiros pelas lentes registradas em Mateus, Marcos, Lucas e João e não pela intromissão dos Mateus, dos Marcos, dos Lucas e dos Joãos. Leia e releia o evangelho, compreenda a mensagem de Jesus e busque no seu pretendente as virtudes cristãs não as crendices cristãs. Não crie dentro de si um ambiente de preconceito religioso, mas analise o coração. Pois o amor sempre há de prevalecer sobre as diferenças e a luz de triunfar sobre as trevas.

MGT

estágio
Alta madrugada,
Tem moscas na tela,
Tem funk na esquina,
Um bando de meninas,
Ensaiando transas,
Estágio pra prostituição,
Pra drogas e estupros...
Gente cheirando giz,
Fumando estrume,
Aspirando acetona,
E achando engraçado um teco na testa,
Curra na festa,
Faca no peito: ou dá ou desce,
Ou melhor dá e desce
E não cospe nem se apaixona,
Se eu bater e sangrar,
Tem moscas na tela,
Um amargo na língua,
Gente morrendo à míngua,
O exército impassível
E eu querendo um poema romântico...

tadeumemoria

Meninas e mulheres - Rondel

Meninas são catadoras de sonhos
Mulheres são de sonhos guardados
Meninas crescem esquecendo sonhos
Mulheres querem ver os seus amados

Imaginem os seus sonhos alados
No decorrer da vida os medonhos
Meninas são catadoras de sonhos
Mulheres são de sonhos guardados

Surpreendidas e com olhos tristonhos
Não permitirão que sejam banalizados
Seus projetos esperanças e sonhos
Elas são criticadas pelos nefandos
Meninas são catadoras de sonhos

Djalma CMF

As meninas se abraçam e se tocam
Olham-se, e olham e param.
Estátuas, em pé é manhã.
O toque o olhar o encontro
O sentimento e o beijo
Ah! O beijo como um conforto
Não como um consolo
Jamais como um gesto de fugir
Jamais como uma forma de se redimir
Criando aquilo que muitos procuram
Dando aquilo que poucos têm

Dom das palavras e o poder de um microfone
Os desejos dos homens
Os quereres da gente
O som da tua boca e o tom do estalo
É o sinal do hino no estardalhaço da noite
Do frio da madrugada ao calor de meio dia
Do horário que saio ao horário que entro
Sem fazer barulho, ela vem, não sei se é ela
É o ponto ou a ponta do fim. Ponto!

Tiago Braga Barosa

AS MENINAS DE COSTAS

Distantes, femininas, meninas
A procura de um espelho
Tentando se edificar
Querendo encontrar-se

Permanecendo na margem
Observam apenas o reflexo
A procura de um lugar
Arriscando comunicar-se

Oprimidas, voz tremula
Tímidas, sonhadoras
Anunciam uns ruídos
De ecos pouco ouvidos

Alessandra Aparecida Dias Aguiar