Texto sobre Amor Próprio

Cerca de 83 texto sobre Amor Próprio

Leonina

E se eu insisto no querer
esquecendo da razão
Não pense que é falta de amor próprio
é que eu sou de leão.

Se por onde eu passo me mostro
Voltando toda atenção
Não é só vaidade
Eu nasci de leão.

Se eu morro de amores
mês sim e outro também
Não se espante com minha vontade
Eu sou leonina, meu bem.

Se eu exagero no ciúme
causando confusão
É só o lado inseguro
De uma pessoa de leão.

Quando anoitece, eu ardo
Se amanhece, ardo mais ainda
Não é que eu seja insaciável
É intensidade de leonina

Outras melhores existem, sim.
Mas não te culpo se depois
Ainda vai preferir a mim
É que por ser de leão deixo marcas sem fim.

Milena Palladino

Quando eu não acreditava mais em nada, quando nada mais fazia sentido,
quando meu amor próprio havia acabado, quando eu me olhava pro espelho, e não conseguia conhecer quem era na imagem refletida.
Quando pensei em dar um basta nisso tudo, quando minha família não me importavam mais, quando eu não conseguia sentir mais nem o pulsar do meu coração, quando os dias passaram a ser anos, quando eu não sabia mais viver, quando eu apenas sobrevivia... Um dia apos o outro.
Quando eu me perdi no mundo, quando as coisas erradas, eram as melhores, quando a raiva e o ódio tomaram conta do meu coração, quando a vingança cegava meus olhos, quando meu coração ficou frio e machucado, e eu não sabia a importância da vida...
Quando eu mais precisei, não encontrei ninguém, quando eu olhei pro lado e me vi só...
Quando eu negava o Senhor diante de todos, quando eu fugia de Ti, quando eu fechava meu coração por medo, quando Você foi o que eu mais magoei Senhor, tu foi também o que abriu seus braços em torno de mim, e me fez repousar. Fez-me sentir segura, deu um novo sentido a minha vida...
Quando eu procurava o amor nas ruas, Vós me fizestes ver, que o seu amor é o mais sincero, e sempre esteve junto de mim, nunca me abandonou.
E quando eu pensava estar sozinha, quando eu pensava que tudo estava acabado, foi Ti que me levantou, que me tirou do fundo do poço, e me vez ver a luz novamente...
Quando o pecado me consumia, foi você Pai, que me mostrou quem és o verdadeiro Deus do Impossível... Agora sei que não estou, e nunca estive só! Agora sei que tenho um Deus vivo na minha vida, que sempre esteve, mais que eu não sentia por pura ignorância, agora sei qual é a importância da minha vida, é você Deus Pai <3’

B. Albanês

Não implore e nem mendigue a atenção de ninguém; Primeiramente tenha Amor próprio. Pessoa nenhuma que não queira te dar atenção merece que você faça questão de tê-la.
Seja sempre mais você.

Cative e faça por onde merecer atenção apenas de quem te mostre valor e quem te dê valor, quem valha a pena e tenha sentimentos nobres, mas lembre-se antes de certificar-se se esse alguém realmente merece ser cativado. Para todo o resto, não dê tanta importância; Esteja nem aí.

Clara Furtado

AMOR PRÓPRIO

Você seria minha única esperança
Se eu realmente fosse desistir
Mas o mundo me ensinou a lutar
E hoje luto para conseguir te esquecer
Já que as minhas armas não machucam
Nem a minha palavra te prende
Meus olhos já ficaram secos de chorar
Metade de mim já está morta
Só que não é hora de entregar os pontos
Ainda me resta um pouco de amor
E este amor é só meu
Ele me ama com força suficiente
Para nunca me deixar morrer por inteiro
Sendo eu, minha única esperança!

Rafael Paiva Barbosa

O amor próprio e o único sentimento que pode ser maior do que qualquer outro, quando você percebe que seu amor esta te fazendo sofrer, você fecha as janelas da paixão e o vento das preocupações e da raiva param de bater e de te fazer mal.

Em outras palavras, se coloque sempre em primeiro lugar, e apaixone-se por si mesmo, pois só isso te fará enxergar quando o alguém que você ama, não esta te dando o mesmo valor. De que adianta andar em um terreno de belas flores, se elas te machucam com seus espinhos.

Ikaro Veras

"Têm lhe sido ensinado a ser delicado para com os outros e duro para consigo mesmo. Isso é um absurdo. Eu lhe ensino que a primeira e mais importante coisa é ser amoroso para consigo mesmo. Não seja duro; seja delicado. Cuide de si mesmo. Aprenda como se perdoar, cada vez mais e novamente; sete vezes, setenta e sete vezes, setecentos e setenta e sete vezes. Aprenda como perdoar a si próprio. Não seja duro; não seja antagônico consigo mesmo. Assim você irá florescer. Nesse florescimento você atrairá alguma outra flor. Isso é natural. Pedras atraem pedras; flores atraem flores."

Osho

Chega um tempo na sua vida que você não faz muita questão por namoricos, ou por pessoas inuteis. Vai querer que nada atrapalhe os seus objetivos na vida,tanto psicologicamente e sentimentalmente.. Você fica mais leve pra correr atraz dos seus triunfos que nao inclue ninguém além de você.. a questão nem é ser egoista, e sim da valor a unica pessoa que lhe quer bem de verdade... você mesmo.

WaldiirNeto

Valoriso todos os amores... mas dentre todos o que mais vale... é o amor próprio... ele foi o meu primeiro e será o meu ultimo amor... valoriso a vida como se a morte fosse um começo, valoriso os sonhos como se fossem estratégias, valoriso o hoje porque o amanha é incerto demais para ficar esperando... valoriso as minhas vontades porque aquele que nao luta pelo que quer, nao merece o que deseja, e aquele que nao sabe o que quer, nao merece o que tem... valoriso um olhar como se os olhos fossem reflexos da alma, mas nem sempre confio, pois ja me enganei algumas veses... Valoriso atitudes como se palavras não fizessem tanta diferença... Valoriso um verdadeiro amigo porque sei que ele sempre me entenderá... Valoriso os momentos que surjem do acaso como se soubesse que vou sempre me lembrar deles... Valoriso os obstáculos porque sei que vida os trazem como forma de amadurecimento... Valoriso o sol porque sei que é dificil sempre estar no lugar certo, na hora certa... Valoriso o tempo como se soubesse que um segundo pode mudar o mundo... Valoriso mais uma vez o tempo porque ele é a unica coisa que eu não posso dizer que tenho.

Fernando Zéqui

Sabe porque homens gostam de mulheres poderosas ? porque elas tem amor próprio , não ficam abrindo as pernas pra qualquer um , que são independentes , e dominam tudo , eles estão cansados dessas vadias interesseiras . Então para de ficar falando que homem é tudo igual , e se mostre atitudes e não mesmice.

IceGirls

Por onde olho vejo muitas pessoas, tantas lindas, criativas, amadas. Olho e penso que queria um pouco de cada uma em mim.
De uma podia pegar a beleza, da outra a felicidade, de mais uma o bem estar e de mais outra a riqueza.
Juntaria tudo em mim e quem sabe assim, pudesse atingir a perfeição.
Impossível, já que hoje o ser que eu me tornei é indestrutivel. Só mudo se eu quiser e dentro das possibilidades do meu universo. Está aí a chave para o meu desgosto. Queria ser tanto e tanto não sou, minha moral pouco vale e eu nao mereço o que tenho, o que faço ainda virá em dobro como retorno, os meus passos são tao errados que nem mesmo eu consigo ter controle. Em meio a tanta gente que ainda consegue me amar apesar de todos os meus pesares, me sinto só. Tenho amor mas ao mesmo tempo nada tenho, tudo que transborda na realidade em mim falta . E eu sinto falta. Ja tentei por muito viver do pouco, já tentei o amor e dele pouca fidelidade tive. É certo que em cada passo, meu compasso perde a harmonia e me abandona lentamente, como numa dança longa. Eu amo sozinha cada dia mais . Deito-me agora e vejo que a minha tese defendendo o "tanto faz" nada faz ao meu favor. É certo sim que eu preciso me encontrar em amor, recusar a dor e recuar meus instintos sobreviventes. Eu não preciso viver como digo, preciso mesmo é ter sabedoria para tal.

Rosa

Sinto saudade de falar com você todos os dias, de receber suas ligações me dando ”bom dia” , sinto muita saudade de sair caminhado de mãos dadas com você , sinto saudade da sua voz, da maneira que você passava a mão sobre os meus cabelos, do jeito que você me tratava, enfim , sinto saudade de quando estava me sentindo e sendo sua… Mas também sinto muito ter que te dizer que agora só sinto saudade e por incrível que pareça eu não quero que o ”nós” entre ”eu” e ”você” exista novamente .

— Sua ausência me faz bem.

Maura Silva

Quando eu aprendi a viver - ou não
“Na verdade eu não sei quem eu sou"e blá blá blá

Sim, uma frase clichê, que ninguém consegue responder com tanta certeza.
Ou você consegue?

Quem é você? Fico me perguntando isso há 21 anos e alguns meses e nunca tive a real certeza de quem eu sou, do que eu quero, do que vivo, qual a minha meta, qual meu desafio, o que eu quero, onde quero chegar, entre tantas perguntas... Acabo respondendo a mais fácil: apenas vou vivendo.

Confesso, já culpei várias pessoas inocentes apenas pela minha indecisão de saber quem eu realmente era, já briguei com pessoas que eu amo pela desconfiança em seu sentimento por não ser igual ou melhor que o meu, já fiquei perdido em uma tarde de domingo no silêncio apenas para tentar meditar sobre esta questão. Afinal, quem eu sou?

É mais fácil ficar com o óbvio e responder apenas as coisas que eu acho ser, digo, apenas minhas qualidades. Às vezes eu sei, às vezes nem sempre. Hoje é um dia que não sei quais são minhas qualidades, mas também não sei meus defeitos. É um turbilhão de sensações dentro de mim, vários pontos a se colocar na balança são como se eu vivesse de acordo com a vida dos outros, dos conselhos das pessoas, das dicas e opinião, como se eu não tivesse a minha própria opinião para mim mesmo, mesmo sabendo de tudo. É como se estivesse brincando de esconde-esconde, mas não conseguindo me encontrar. Nestes estados de crise tudo estava imperfeito por mais que todo à minha volta tentava fazer perfeito. Me pergunto, como uma pessoa pode se perder de você mesmo? Quais são os verdadeiros sintomas para toda esta angústia ou insegurança que me prende?

As perguntas ficam me atormentando há tempos. Em uma determinada noite consegui as respostas que o mundo me perguntava, descobri que ser sincero para mim mesmo é a melhor forma de sinceridade que eu poderia ter, descobri que não adianta quanta beleza uma flor tem se ela não consegue amadurecer a raiz, que não adianta a liberdade de um pássaro se ele não possa voar, que não se brinca com sentimentos alheios e, principalmente, com o meu próprio.

Naquela noite descobri tantas, mas tantas coisas, que acordei em uma terça-feira diferente, determinado a encontrar minha raiz e resumi minha vida em uma flor. Ela é bela, tem suas estações: às vezes caem pétalas, às vezes nascem pétalas, às vezes fica seca e se não tiver uma raiz fixa e estável pode chegar à morte. Preciso encontrar minhas raízes antes de querer ver o mundo florido, preciso me amadurecer se quero ser reconhecido.

Fazer minha vida rimar com tantos versos soltos pelo mundo, aprender em quem se deve confiar e por que motivo confiar não é que eu esteja desconfiado com o mundo. Mas apenas quero para o meu jardim o verdadeiro o enraizado o florido e o sincero. Neste meio-tempo vivi muito sem me ‘amar’ e dar-me o valor que eu sei que eu mereço, mas estou de boa, as coisas as vezes não dão certo e pronto, sem motivo nem maiores consequências, pois não adianta gastar todo o dinheiro que se tem e dizer que ganha pouco e assim quero viver: Economizando saliva para um amanhã enraizado ou não.

Erik Vinicios

Triste mesmo é quando não amamos a nós mesmos.
É, pois as vezes chamamos de amor aquilo que acreditamos sentir pelos outros. Não por nós mesmos.
Aquilo que muitas vezes, ou quase sempre, egoísta, impomos ao outro. Como parte daquilo que chamamos também de entrega.
E cobramos.
Chamamos de amor aquela parte que achamos que estamos doando, mas apenas emprestamos a prazo. As vezes, com juros.
Triste mesmo, é vomitar doçuras, escrever purezas e na vida, na rua, no olho, emitir desprezo, amargura, egoísmo.
Triste mesmo é achar que amor é ensinar. Quando quase sempre, é aprender.
Triste é quando buscamos amor naquilo que não é nosso, e nunca será. Quando tudo que nos pertence, escolhemos ignorar.
Triste é não ver o amor transbordando ao nosso redor. Para valorizar aquele amor minguado, quase implorado daqueles ou daquilo que não ha nunca de nos afagar.
Triste. E o amor, não deveria ser triste.

Fabia Homobono

Não implore e nem mendigue a atenção de ninguém; Em primeiro lugar tenha AMOR PRÒPRIO! Pessoa nenhuma que não queira te dar atenção merece que você faça questão de tê-la.
Seja sempre mais você!
Cative e faça por onde merecer atenção apenas de quem te mostre valor e quem te dê valor, quem valha a pena e tenha sentimentos nobres.
Mas lembre-se antes de certificar-se se esse alguém realmente merece ser cativado.

Clara Furtado

Terrível amor próprio


Meu terrível amor próprio superou qualquer das outras relevâncias que o mundo me trás.
Hoje eu não posso dizer que sou uma pessoa com traços ridículos de uma garota, porque, ninguém ainda pode me explicar qual é a certeza de uma pessoa assim.
O importante hoje é, bom, essa sensualidade toda que existe em mim, e se você não a vê é porque não é para seus olhos.
Meu canto um dia foi estar nas nuvens, largada por um sonho, hoje tenho meus pés firmemente no chão e sei porque.
Não há nada nesse mundo que supere o que eu sinto, e a importância que eu dou para esse terrível amor próprio.
E saiba, ninguém neste mundo ainda soube me dizer, porque me amo tanto assim, nem eu mesma sei.

Victória Sanchweir

Como sou
´


Sou como um soneto de amor
Canto os versos da poesia...
D´um amor próprio, d`lma feliz.
De um alguém de amor, além...



Sorrio do que é bonito contente.
Falo de amor por você, sonhando.
Canto uma canção suave, divina.
Pra ti ter, mil vezes nos braços firmes.



Sou como prosa narrada,
Mais com vida própria e fascínio.
Tenho domínio do poeta, que por amor soletra,retrata.



Tenho amor por ti... Querida
Num ato santo, louco... De venturas ilustres e infinitas.
D´amor que te quer tanto...


darocha.

jr....

AMOR PRÓPRIO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Quando sou situado retorno ao meu canto;
me replanto e renasço inteiramente outro,
para quem me acomoda no ponto passivo
do caixote ou da ostra de minhas entranhas...
Se me sinto freado correspondo ao pé,
mesmo tendo certezas; verdades opostas;
tenho fé no bom senso e meus olhos têm asas
que me levam além do momento e da cena...
Valorizo a palavra, o discurso direto,
quero sempre o contexto sem traços demais,
mas aceito eufemismos; acolho pretextos...
Deixo em paz e não travo batalhas no ego;
se me sinto avisado me colho e recuo;
se não pode ser duo não será duelo...

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Hoje eu acordei com um sentimento de amor próprio elevado a mais do mesmo que me fez ter um pouco a mais do limite de vergonha na cara;
Acordei com o intuito de viver o meu caminho melhor do que ontem, pois esse é o objetivo que meu coração escreveu em minha história;
Não busco roteiros sem sentidos ou sem razão que desatine meu interior, mas busco a paixão que se faz insana exaltando o meu amor;

Julio Aukay

Amor Próprio
É quando nos deixamos apaixonar
Quando entendemos que também erramos
Quando nossos erros não se tornam culpa
Quando a cada passo que você dá se transforma numa oportundiade de traçar seu caminho
Você descobre que o caminho é só seu, por mais que hajam pares, grupos e multidões
Aprende que pode chorar, pode gritar, pode desistir de algumas coisas
Que a dor faz parte da existência
Que não precisa venser sempre, nem ser a mais legal, nem mesmo precisa ser boa o tempo todo
Que a honestidade te dá liberdade.
Que o silêncio te ensina a escutar e a se escutar
Que a palavra pode curar e que precisamos aprender a nos expressar
Aprendemos a nos amar quando entendemos que há muito em nós que precisamos conhecer
E que essa relação vale muito a pena

Kelly Maia

Para o novo ano:
Eu desejo mais amor-próprio (aquele que muitas vezes deixamos de lado para fazermos outras pessoas felizes).
Desejo grana no bolso (mas se ela não vier em grande quantidade, não se frustre – ao contrário, viva, sorria, lute!).
Desejo mais abraços, mais beijos, mais amaços, mais amores correspondidos, bate papo na calçada. E se houver lágrima, que haja sempre um ombro amigo.
Eu desejo mais confiança, mais fé, menos superstições e ritos sem emoção. Eu desejo Deus no coração, independente do incentivo.
Eu desejo menos fome. Menos fome de comida, de ganancia, de excesso. Menos fome de busca pelo sucesso sem limites. Desejo mais tempo em família, mais briga seguida de beijo com pegada, beijo de língua, desejo mais vida.
Desejo enfim, sonho, muito sonho. Afinal não se paga nada por isso e sonhar mantém a mente ativa. Mantém a mente conectada ao que ainda não é, mas que é possível – e se não se tornar possível que não vá embora com o sonho sua alegria.

Michelle Trevisani