Texto sobre a Preservação da Natureza

Cerca de 733 texto sobre a Preservação da Natureza

Andei,andei,procurei...mas não vi em lugares,não li em papéis, não descobri explorando,nem em opiniões...todas respostas estarão dentro de você, siga sua intuição,este é o livro dos mistérios ,que nunca foi encontrado...o resto só te direcionará ,para o que tens afinidade, com doutrinas ou liberdade.Lembre-se o que tem por toda sua vida mostrado, nas simples coisas desvendado.

MC Beth (livro natureza desconhecida)

lembre-se: -O que você não vê, você não teme,o que é invisível pra você, existe e boa parte dos seus pensamentos são controlados por ele...já vigiou e observou se você é controlado ou se controla?...veja o que você fala e como age...causou algum estrago?... É hora de rever seus pensamentos,não esqueça de abrir as janelas e deixar sempre o sol entrar neles,para aquecer além do seu,outros corações....

MC Beth (livro natureza desconhecida)

Muitas pessoas conseguem viver mais de cem anos....outros um pouco menos...animais vivem até no máximo 14 anos,ultrapassam pelo milagre do amor,porque não querem nos abandonar,mesmo que seu corpo não consiga mais se levantar.Difícil ver eles ainda filhotes , logo depois ceguinhos e velhinhos,para depois fazer a passagem ,seguindo outro caminho....o que custa um momento de alegria compartilhando com nossos animais?...Sei que não é fácil perder alguém que amamos,mas também sei que se dedicarmos um pouco dos nossos anos, doando amor para quem precisa,seremos mais completos.

MC Beth (livro natureza desconhecida)

Ninguém prova o que se vê sozinho ...No discernimento encontrareis a auto defesa contra ignorância... Os que conhecem estudam e ajudam em segredo, mas não serão eles o dono da verdade das maiores verdades...O mundo todo vê, mas é cômodo ser submisso e não acreditar, para isso inventarei a discussão...No momento que de mim algo é escondido,causa errada tem...mas tirarei do sofrimento a vivência e a lógica que poucos vêem ,mas sentem ao temer.

MC Beth (livro natureza desconhecida)

O universo é de cada um,você quem escolhe, viver em um mundo minúsculo,preso à um círculo vicioso ,criado por você ,manipulado pelos outros ou você escolhe ser livre(mente aberta ,sem preconceito)....não existe liberdade no mundo,pois não vi ninguém lutar por ela ... e quando tentaram ir para as ruas,era um pensamento de uma mínima guerra, que não chega nem aos pés das guerras que estão por trás de tudo,logo assim desistiram...mas existe sim, liberdade!quando você ousa a diferença,na qual você busca sabedoria, não só em conhecimento,mas no seu interior,onde dali nascerá muitas outras virtudes, que poderão sim, fazer você ser um ser pensante,capaz de lutar sem estereótipos que colocaram em você,sem amarras que inseminaram na sua cabeça desde quando você nasceu até agora,não busque selfies da vaidade,busque selfies pra você,pois caridade falada,perde-se a causa....Quando se descobre que além de outros planetas,você também se torna um,você buscará de todas as formas lutar por ele,você se torna um verdadeiro templo que precisa-se expandir,pois energia parada apodrece ...Não se deixe dominar,pois seus pensamentos podem estar sendo boicotados,por forças que desconhecem...Como dizia Mahatma Gandhi: -Mesmo se você está em uma minoria de um, a verdade ainda é a verdade.O amor é a chave para muitas coisas,que até os desconhecidos,desconhecem.

MC Beth (livro natureza desconhecida)

Nada se começa , se não existir esclarecimentos ,nada se começa se existem buracos de segredos, nada se começa quando não se tem coragem de falar sentado de frente o que de pé fala-se por trás ,nada se começa se não houver um acordo,nada pode durar ,se não construir em união...O que vocês não sabem,eu vi e tentei fazer do nada virar algo,mas vocês fizeram do meu algo ,um insignificante , virar nada.

MC Beth (livro natureza desconhecida)

Escrevo diante da janela aberta.

Minha caneta é cor das venezianas:

Verde!... E que leves, lindas filigranas

Desenha o sol na página deserta!

Não sei que paisagista doidivanas

Mistura os tons... acerta... desacerta...

Sempre em busca de nova descoberta,

Vai colorindo as horas quotidianas...

Jogos da luz dançando na folhagem!

Do que eu ia escrever até me esqueço...

Pra que pensar? Também sou da paisagem...

Vago, solúvel no ar, fico sonhando...

E me transmuto... iriso-me... estremeço...

Nos leves dedos que me vão pintando!

Mario Quintana

MÃE-NATUREZA

Vamos fazer a nossa parte
para preservar a Natureza
evitando o desperdício de água,
energia, combustível, papel,
alimentos e outros recursos.
- Preservar é viver!

Vamos reduzir o lixo,
fazendo a reciclagem
e a coleta seletiva para
o seu reaproveitamento.
Vamos impedir a poluição
de nossos rios e oceanos.

Vamos proteger nossa fauna,
os bichos exóticos e os comuns,
a Floresta Amazônica
e também a nossa flora
transformando nosso planeta,
num planeta azul e verde.
- A Mãe-Natureza agradece!

Não deixe o Meio-Ambiente desaparecer.
Proteção Ambiental com consciência
é uma questão de sobrevivência.
Trate a Terra e tudo o que nela habita
com respeito, amor e consideração,
pensando em seus filhos e netos
que nela viverão.

®Verluci Almeida
020706

Verluci Almeida

Nenhum caminho é mais errado para a felicidade do que a vida no grande mundo, às fartas e em festanças (high life), pois, quando tentamos transformar a nossa miserável existência numa sucessão de alegrias, gozos e prazeres, não conseguimos evitar a desilusão; muito menos o seu acompanhamento obrigatório, que são as mentiras recíprocas.

Assim como o nosso corpo está envolto em vestes, o nosso espírito está revestido de mentiras. Os nossos dizeres, as nossas ações, todo o nosso ser é mentiroso, e só por meio desse invólucro pode-se, por vezes, adivinhar a nossa verdadeira mentalidade, assim como pelas vestes se adivinha a figura do corpo.

Antes de mais nada, toda a sociedade exige necessariamente uma acomodação mútua e uma temperatura; por conseguinte, quanto mais numerosa, tanto mais enfadonha será. Cada um só pode ser ele mesmo, inteiramente, apenas pelo tempo em que estiver sozinho. Quem, portanto, não ama a solidão, também não ama a liberdade: apenas quando se está só é que se está livre.
A coerção é a companheira inseparável de toda a sociedade, que ainda exige sacrifícios tão mais difíceis quanto mais significativa for a própria individualidade. Dessa forma, cada um fugirá, suportará ou amará a solidão na proporção exata do valor da sua personalidade. Pois, na solidão, o indivíduo mesquinho sente toda a sua mesquinhez, o grande espírito, toda a sua grandeza; numa palavra: cada um sente o que é.

Ademais, quanto mais elevada for a posição de uma pessoa na escala hierárquica da natureza, tanto mais solitária será, essencial e inevitavelmente. Assim, é um benefício para ela se à solidão física corresponder a intelectual. Caso contrário, a vizinhança frequente de seres heterogêneos causa um efeito incômodo e até mesmo adverso sobre ela, ao roubar-lhe seu ‘eu’ sem nada lhe oferecer em troca. Além disso, enquanto a natureza estabeleceu entre os homens a mais ampla diversidade nos domínios moral e intelectual, a sociedade, não tomando conhecimento disso, iguala todos os seres ou, antes, coloca no lugar da diversidade as diferenças e degraus artificiais de classe e posição, com frequência diametralmente opostos à escala hierárquica da natureza.
Nesse arranjo, aqueles que a natureza situou em baixo encontram-se em ótima situação; os poucos, entretanto, que ela colocou em cima, saem em desvantagem. Como consequência, estes costumam esquivar-se da sociedade, na qual, ao tornar-se numerosa, a vulgaridade domina.

Arthur Schopenhauer

“Os homens são atormentados pelo pecado original dos seus instintos antissociais, que permanecem mais ou menos uniformes através dos tempos. A tendência para a corrupção está implantada na natureza humana desde o princípio. Alguns homens têm força suficiente para resistir a essa tendência, outros não a têm. Tem havido corrupção sob todo o sistema de governo. A corrupção sob o sistema democrático não é pior, nos casos individuais, do que a corrupção sob a autocracia. Há meramente mais, pela simples razão de que onde o governo é popular, mais gente tem oportunidade para agir corruptamente à custa do Estado do que nos países onde o governo é autocrático. Nos estados autocraticamente organizados, o espólio do governo é compartilhado entre poucos. Nos estados democráticos há muito mais pretendentes, que só podem ser satisfeitos com uma quantidade muito maior de espólio que seria necessário para satisfazer os poucos aristocratas. A experiência demonstrou que o governo democrático é geralmente muito mais dispendioso do que o governo por poucos.”
Aldous Huxley, in Sobre a Democracia e Outros Estudos

Aldous Huxley

“Parece-me que a natureza trabalhou para ingratos: somos felizes, mas os nossos discursos são tais que parecemos nem sequer suspeitar disso. No entanto, encontramos prazeres em toda a parte: estão ligados ao nosso ser, e os pesares não passam de acidentes. Os objetos parecem em toda a parte preparados para os nossos prazeres: quando o sono nos chama, as trevas nos aguardam; e, quando acordamos, a luz do dia nos arrebata. A natureza é enfeitada de mil cores; os nossos ouvidos são lisonjeados pelos sons; as iguarias têm gosto agradável; e, como se a felicidade da existência não fosse suficiente, é ainda necessário que a nossa máquina precise de ser incessantemente reparada para os nossos prazeres.”
Montesquieu, in Os meus pensamentos

Montesquieu

Depois da tempestade

Existem coisas que são superiores a minha vontade individual
Nem tudo na minha vida eu tenho o domínio, o controle
Nem tudo na minha vida, vou enxergar com clareza
Por detrás da tempestade olhando de longe é tão pequena
Tem um sol que ilumina a terra e nenhuma tempestade consegue destruir
Ou impedir a luz do sol chegar, pode bloquear temporariamente .
A é que vemos que a força de uma tempestade que parece descomunal parece pequena
Perto da força e da energia que contem o sol
É assim sempre temos força superior, maior, isso tudo para gente parar e respeitar os momentos na vida em que as coisas não são controláveis .
Tem momentos na vida que são verdadeiros temporais, tempestades;
Momentos de transformação eminente, não podemos negar isto
A grande sabedoria da vida é saber manter a calma
As vezes as tempestades é um tempo de reclusão e revisão para uma mudança.
De repente você olha e vê que o tempo difícil esta passando, vê a luz
Deixa aqueles momentos difíceis da tua vida que você não controla, respeita que tem uma força divina por trás
Ande seus passos antes que alguém te empurre para um precipício, não deixe sua vida na mão dos outros, abra seu caminho não se deixe escravizar
Respeite sua natureza divina e humana , para saber o caminho certo a seguir na vida.

Vania Assunção

O outono veio carregado de maresia
Junto das tardes banhadas das folhas secas que as estradas amarelecia
Ventro rubro de saudade que as campinas percorria
Trazia solidão para um coração que tinha o como uma única companhia
Folhas de outono caem da copa das árvores como lembranças do passado aconchegante
Que em todas as estações no pensamento segue avante
Vivo e imortal na alma do solitário viajante.

Evenllyn Feitosa Colaço

eis a morte
ela eu aceito
nâo é injusta
é a mais castigada de todas as leis
feitas pela mãe, natureza

o que eu em singela fala não compreendo
é apreciarmos o mesmo céu,
usufruirmos da mesma água,
estarmos presos na mesma esfera
e termos que nos separar
por conta de consciências passadas

todos estamos presos.
então porque não nos algemamos?
e não seremos aprisionados em outra condição:
pior que o ciclo, a solidão.
vamos nos aprisionar na nossa prisão
porque viver sozinho
é viver em vão.

kaizuq;

As Lendas da Criação - Conto IV

Animais de Sabedoria

Conta-se em uma lenda que no início das eras quando os animais podiam falar e possuíam dons fantásticos, o homem na sua ignorância tentava os imitar, mas sempre fazia tudo errado do que eles ensinavam. Até que um dia os animais vendo que seus esforços eram inúteis, decidiram parar de falar e agir como seres evoluídos, mas antes disso concederam ao homem um pedido que seria realizado.
O homem pediu ao lobo: Quero poder ouvir e sentir o medo nas outras criaturas. E assim foi feito.
Pediu a onça: Quero ter agilidade e rapidez. E assim foi feito.
Pediu a águia: Quero poder ver tudo o que eu preciso ver. E assim ele passou a ver o que precisava.
E por fim achando que não ia precisar de mais nada, pediu à serpente: Quero saber os mistérios da terra. E então ele soube.
Soube tanto, que passou a pegar e pegar tudo o que ela tinha.
A coruja triste ficou, pois o homem pediu tudo menos algo que ela tinha, que era sabedoria, e assim aconteceu.
O homem pôde ouvir mais, sentir a fragilidade uns nos outros, a ser rápido, a ver apenas aquilo que precisa e a manipular a vida no seu mundo. Sem sabedoria, sem escrúpulos, sem ver o essencial, correndo, e correndo, passando por cima dos outros e a frente dos outros, sem ética e amor. Conheceu a terra como a palma da sua mão e com este conhecimento tira dela até aquilo que ela não os deu. Os animais silenciaram-se, mas o mundo não. Até o dia que ele se cansou e acordou.
Olhou para tudo a sua volta e para dentro de si e decidiu pegar de volta tudo aquilo que ela deu e o que tiraram. Mas diferente dos animais, sua voz pode ser ouvida de outra forma. Através do fim, porém não silencioso.
Não se sabe ao certo se esta história realmente aconteceu, o que se sabe, é que neste presente, estamos sofrendo o efeito disso. Cabe a você refletir a respeito. E olhar a sua volta com mais atenção, talvez não só os animais, mas toda a vida neste mundo ajuda a aprender algo. Percebemos que no reino animal todos são apenas um, uma cadeia de vidas que se completam. Tudo esta em harmonia o que não esta, é nossa culpa.

Wesley Diniz

Existe um olhar, não é de mágoa, não é de esperança, nem de dúvida, mas sim de certeza. Em um único olhar todo o medo que o acompanha pode ser mostrado.Muitas vidas já nascem predestinadas, mas não porque o destino decidiu, ou uma força superior interveio, mas porque meras e primitivas criaturas a qual se deram o nome de “humanos”, resolveram por conta própria assumir uma posição no topo das criações, e isso porque no tamanho e estupidez, são tão pequenas quanto muitas outras que habitam este planeta. Essas criaturas vieram, e por terem habilidades manuais, raciocínio lógico, e outras capacidades mais evoluídas de comunicação, sentem-se no direito de fazer das outras vidas, simples objetos de superação de sua ganância e prepotência.
Ego, fanatismo, arrogância, falta de fé, de amor, de “humanidade”, falta de compaixão, soberba, ignorância, frieza, crueldade, descaso, preconceito, falta de esperança, de decência, de moral, de ética, de benevolência, falta de paz interior, equilíbrio, e etc... Tudo isso não é nem metade, do que estas criaturas chamadas de “humanos”, aprenderam durante milênios. Não fiquem espantados, vocês também tem um pouco dessas carecterística e não é porque não comentem erros tão cruéis que os tornam diferentes dos demais. Todos nós estamos neste tabuleiro, cada um apenas elege um motivo maior para serem oportunistas.
O mundo em que vivemos é tão perfeito em sua composição e mecânica, nos deu suporte durante todas as existências, para que aprendamos com ele a verdadeira forma de se viver em união. Nos deu a natureza, a vida presente nela, nos deu você, meu semelhante e único.
Não é justo, não está certo, não é possível que de milhões de seres viventes neste planeta, todos compactuem com esta cobiça de suposta evolução. Quero acreditar que os tempos são outros, que ainda há esperança. Mas sabemos que o medo da morte é o que mais assola a humanidade, e que para tentar ao máximo amenizar seu impacto, ou até cessa-la, o ser hunano será capaz de tudo. Até passar por cima de outros seres para isso. Hoje, resolvi falar de animais que são usados como cobaias em laboratório, mas quem dirá que amanhã não poderei estar falando de você, de seus irmãos e amigos? Na grande hora, a nossa condição animal nos torna semelhantes, e a crueldade vemos de várias formas, e ela está ai, a sua volta, em você!
O medo do desconhecido é aterrador, por vezes abala a fé do mundo. Queremos uma cura, uma garantia de vida. E não me espante que a humanidade chegue onde quer. Mas quantas vida serão tiradas até lá, para que a sua dure só mais alguns anos? No fim, todos teremos o mesmo destino, lutando contra ele ou não.

Wesley Diniz

O PRECONCEITO: é uma tristeza, voce não aceitar as pessoas porque elas são diferentes. Estas idéias preconcebidas é que geram violências contra: gays, mulçumanos, mulheres, idosos, deficientes, negros, contra os animais e contra todos os diferentes. TODOS PERTENÇEMOS AO PAI e para Ele um dia voltaremos para presta conta de como tratamos mal aquilo que ele nos confiou -Suas divinas criaçoes: o nosso semelhante, os animais, a antureza. Somos semelhantes nao pelas diferenças, mas pelas igualdades: amor, paciencia, caridade, compaixão, bondade e solidariedade. SOMOS iguais nas igualdades e respeitemos as diferenças. Deus nao fez todos brancos, nao fez os animais todos como clones de um único ser, a natureza monocromática. DEUS nos deu o ARCO ÍRIS, uma diversidade de cores que nos tras uma diversidade de ensinamentos nele contido: esperança, perdão, renovação e a PROMESSA QUE ESTARÁ PRESENTE, é no ARCO IRIS que está esta PROMESSA... na diversidade encontramos as igualdades".
(Irene Aguiar)

Maria Irene Aguiar

Do ceú um anjo cai sobre o chão da cidade
Sem asas, olhos furados é muita crueldade
Agora a flor o beija-flor não beija mais
e isso tudo por motivos tão superficiais

Atraído pelo aroma adocicado
e pelo doce sabor de fruta
os nossos pequenos anjos passarinhos
comem os restos de chicletes jogando pela rua

a desgraça e o inevitavel acontece
sem ar e sufocado o passarinho adormece
casa de barro,agora ninguem mais faiz
A flor o beija flor não beija mais

O ceu que era tão vivo,
Agora anda tao solitario
E tudo isso por um simples motivo
que facilmente seria evitado

Rodrigo Felipe

Para mim o mundo teria mais Arte, mais Música, mais Esporte, mais Dança, mais Natureza... Para que tanta burocracia, papéis, grifes, contas, diretorias, dor de cabeça???
Para sustentar o mundo capitalista que consome nossa Vida.
Que as as pessoas sejam mais leves e livres, e façam o que realmente gostam, para serem felizes e tornar o próximo feliz também.

Mirian Guarnieri

Enquanto o animal é guiado pelo instinto; o homem é guiado pela razão. O mundo que a razão apresenta ao homem é a Natureza e não existe nada superior a ela. Deus, portanto, não está fora do Natureza mas impregnado nela. Uma vez que a Natureza é governada pela razão divina, tudo tem um motivo para ser e nós não podemos mudar isso. Por conseguinte, nossa atitude diante das adversidades e da própria morte deve ser de serena resignação.
Se for oportunidade, atravesse. Se for destino, avance.

Felipe Caxeiro