Texto sobre a Preservação da Natureza

Cerca de 623 texto sobre a Preservação da Natureza

O outono veio carregado de maresia
Junto das tardes banhadas das folhas secas que as estradas amarelecia
Ventro rubro de saudade que as campinas percorria
Trazia solidão para um coração que tinha o como uma única companhia
Folhas de outono caem da copa das árvores como lembranças do passado aconchegante
Que em todas as estações no pensamento segue avante
Vivo e imortal na alma do solitário viajante.

Evenllyn Feitosa Colaço

Se na natureza existe uma ordem,e essa ordem é inteligente ,logo alguém a criou.Desde o florescer de uma flôr,até a organização das células do nosso corpo obedecem um ordem inteligente.
Portanto, nada onde existe uma ORDEM é obra do ACASO!
Sabendo disso,renegar a Deus é renegar a ordem da natureza.
Sem ordem não há evolução,e isso é fato.
Duvidar que essa inteligência existe ,é refutar da própria inteligência do ser humano,pois o controle remoto ou o celular não foram obras do acaso.

Jota Junior Cantor

O PRECONCEITO: é uma tristeza, voce não aceitar as pessoas porque elas são diferentes. Estas idéias preconcebidas é que geram violências contra: gays, mulçumanos, mulheres, idosos, deficientes, negros, contra os animais e contra todos os diferentes. TODOS PERTENÇEMOS AO PAI e para Ele um dia voltaremos para presta conta de como tratamos mal aquilo que ele nos confiou -Suas divinas criaçoes: o nosso semelhante, os animais, a antureza. Somos semelhantes nao pelas diferenças, mas pelas igualdades: amor, paciencia, caridade, compaixão, bondade e solidariedade. SOMOS iguais nas igualdades e respeitemos as diferenças. Deus nao fez todos brancos, nao fez os animais todos como clones de um único ser, a natureza monocromática. DEUS nos deu o ARCO ÍRIS, uma diversidade de cores que nos tras uma diversidade de ensinamentos nele contido: esperança, perdão, renovação e a PROMESSA QUE ESTARÁ PRESENTE, é no ARCO IRIS que está esta PROMESSA... na diversidade encontramos as igualdades".
(Irene Aguiar)

Maria Irene Aguiar

"E como é bom,
com a natureza estar...
Ver o céu azul...
e os passarinhos a voar...

Ver a grama verdinha...
fofinha de pisar...
Ver as árvores e suas folhas a balançar...
quando a brisa soprar...

Ver as flores...
e sua deliciosa fragrância cheirar...
Ver as águas abençoadas e assim se banhar...
poder se refrescar...

Ah, como é bom!

Então que tal cuidar?
Preservar?

A natureza é linda de amar!
Por um despertar..."

Rama Pashupati

Do ceú um anjo cai sobre o chão da cidade
Sem asas, olhos furados é muita crueldade
Agora a flor o beija-flor não beija mais
e isso tudo por motivos tão superficiais

Atraído pelo aroma adocicado
e pelo doce sabor de fruta
os nossos pequenos anjos passarinhos
comem os restos de chicletes jogando pela rua

a desgraça e o inevitavel acontece
sem ar e sufocado o passarinho adormece
casa de barro,agora ninguem mais faiz
A flor o beija flor não beija mais

O ceu que era tão vivo,
Agora anda tao solitario
E tudo isso por um simples motivo
que facilmente seria evitado

Rodrigo Felipe

"Não adianta ficar reclamando,
chorando ou questionando a vida.

Tem coisas que acontecem
por que tinham que acontecer.

Eu posso escolher passar o resto da minha vida sofrendo ou viver da melhor forma possível.

Aprendi que em vez de reclamar, devemos agir.

Devemos sim, é tentar fazer sempre
o melhor possível... devemos fazer o bem,
pois sempre tem alguem pior do que a gente, precisando da nossa ajuda, mesmo que sejam
em palavras que confortem os sentimentos.

Podemos sim, independente da nossa situação, ajudar as pessoas, os animais,
a natureza e o planeta.

Cada um pode fazer a sua parte se quiser...
E eu quero fazer a minha!"

Rama

Enquanto o animal é guiado pelo instinto; o homem é guiado pela razão. O mundo que a razão apresenta ao homem é a Natureza e não existe nada superior a ela. Deus, portanto, não está fora do Natureza mas impregnado nela. Uma vez que a Natureza é governada pela razão divina, tudo tem um motivo para ser e nós não podemos mudar isso. Por conseguinte, nossa atitude diante das adversidades e da própria morte deve ser de serena resignação.
Se for oportunidade, atravesse. Se for destino, avance.

Felipe Caxeiro

"A vida dos animais e de toda a natureza
não pode ser destruida pelos humanos.

Como podemos ignorar e destruir
tamanha beleza e perfeição?

Não temos o direito de matar,
seja para a nossa alimentação, vestimenta,
dinheiro, poder ou lazer.

Destruindo a Natureza
estamos automaticamente nos destruindo.

Somos filhos da Natureza e nossos irmãos
são todos os seres que aqui dividem esta vida.

Lagrimas caem dos céus a cada ato insano
dos humanos que a cada dia vendem
a sua alma atrás do sucesso.

Por um despertar da consciência de cada um.

Por uma forma de viver mais digna e correta.

Mesmo estando aqui só de passagem,
temos por obrigação fazer o bem.

Rama Pashupati

“Os homens são atormentados pelo pecado original dos seus instintos antissociais, que permanecem mais ou menos uniformes através dos tempos. A tendência para a corrupção está implantada na natureza humana desde o princípio. Alguns homens têm força suficiente para resistir a essa tendência, outros não a têm. Tem havido corrupção sob todo o sistema de governo. A corrupção sob o sistema democrático não é pior, nos casos individuais, do que a corrupção sob a autocracia. Há meramente mais, pela simples razão de que onde o governo é popular, mais gente tem oportunidade para agir corruptamente à custa do Estado do que nos países onde o governo é autocrático. Nos estados autocraticamente organizados, o espólio do governo é compartilhado entre poucos. Nos estados democráticos há muito mais pretendentes, que só podem ser satisfeitos com uma quantidade muito maior de espólio que seria necessário para satisfazer os poucos aristocratas. A experiência demonstrou que o governo democrático é geralmente muito mais dispendioso do que o governo por poucos.”
Aldous Huxley, in Sobre a Democracia e Outros Estudos

Aldous Huxley

As Lendas da Criação - Conto IV

Animais de Sabedoria

Conta-se em uma lenda que no início das eras quando os animais podiam falar e possuíam dons fantásticos, o homem na sua ignorância tentava os imitar, mas sempre fazia tudo errado do que eles ensinavam. Até que um dia os animais vendo que seus esforços eram inúteis, decidiram parar de falar e agir como seres evoluídos, mas antes disso concederam ao homem um pedido que seria realizado.
O homem pediu ao lobo: Quero poder ouvir e sentir o medo nas outras criaturas. E assim foi feito.
Pediu a onça: Quero ter agilidade e rapidez. E assim foi feito.
Pediu a águia: Quero poder ver tudo o que eu preciso ver. E assim ele passou a ver o que precisava.
E por fim achando que não ia precisar de mais nada, pediu à serpente: Quero saber os mistérios da terra. E então ele soube.
Soube tanto, que passou a pegar e pegar tudo o que ela tinha.
A coruja triste ficou, pois o homem pediu tudo menos algo que ela tinha, que era sabedoria, e assim aconteceu.
O homem pôde ouvir mais, sentir a fragilidade uns nos outros, a ser rápido, a ver apenas aquilo que precisa e a manipular a vida no seu mundo. Sem sabedoria, sem escrúpulos, sem ver o essencial, correndo, e correndo, passando por cima dos outros e a frente dos outros, sem ética e amor. Conheceu a terra como a palma da sua mão e com este conhecimento tira dela até aquilo que ela não os deu. Os animais silenciaram-se, mas o mundo não. Até o dia que ele se cansou e acordou.
Olhou para tudo a sua volta e para dentro de si e decidiu pegar de volta tudo aquilo que ela deu e o que tiraram. Mas diferente dos animais, sua voz pode ser ouvida de outra forma. Através do fim, porém não silencioso.
Não se sabe ao certo se esta história realmente aconteceu, o que se sabe, é que neste presente, estamos sofrendo o efeito disso. Cabe a você refletir a respeito. E olhar a sua volta com mais atenção, talvez não só os animais, mas toda a vida neste mundo ajuda a aprender algo. Percebemos que no reino animal todos são apenas um, uma cadeia de vidas que se completam. Tudo esta em harmonia o que não esta, é nossa culpa.

Wesley Diniz

Existe um olhar, não é de mágoa, não é de esperança, nem de dúvida, mas sim de certeza. Em um único olhar todo o medo que o acompanha pode ser mostrado.Muitas vidas já nascem predestinadas, mas não porque o destino decidiu, ou uma força superior interveio, mas porque meras e primitivas criaturas a qual se deram o nome de “humanos”, resolveram por conta própria assumir uma posição no topo das criações, e isso porque no tamanho e estupidez, são tão pequenas quanto muitas outras que habitam este planeta. Essas criaturas vieram, e por terem habilidades manuais, raciocínio lógico, e outras capacidades mais evoluídas de comunicação, sentem-se no direito de fazer das outras vidas, simples objetos de superação de sua ganância e prepotência.
Ego, fanatismo, arrogância, falta de fé, de amor, de “humanidade”, falta de compaixão, soberba, ignorância, frieza, crueldade, descaso, preconceito, falta de esperança, de decência, de moral, de ética, de benevolência, falta de paz interior, equilíbrio, e etc... Tudo isso não é nem metade, do que estas criaturas chamadas de “humanos”, aprenderam durante milênios. Não fiquem espantados, vocês também tem um pouco dessas carecterística e não é porque não comentem erros tão cruéis que os tornam diferentes dos demais. Todos nós estamos neste tabuleiro, cada um apenas elege um motivo maior para serem oportunistas.
O mundo em que vivemos é tão perfeito em sua composição e mecânica, nos deu suporte durante todas as existências, para que aprendamos com ele a verdadeira forma de se viver em união. Nos deu a natureza, a vida presente nela, nos deu você, meu semelhante e único.
Não é justo, não está certo, não é possível que de milhões de seres viventes neste planeta, todos compactuem com esta cobiça de suposta evolução. Quero acreditar que os tempos são outros, que ainda há esperança. Mas sabemos que o medo da morte é o que mais assola a humanidade, e que para tentar ao máximo amenizar seu impacto, ou até cessa-la, o ser hunano será capaz de tudo. Até passar por cima de outros seres para isso. Hoje, resolvi falar de animais que são usados como cobaias em laboratório, mas quem dirá que amanhã não poderei estar falando de você, de seus irmãos e amigos? Na grande hora, a nossa condição animal nos torna semelhantes, e a crueldade vemos de várias formas, e ela está ai, a sua volta, em você!
O medo do desconhecido é aterrador, por vezes abala a fé do mundo. Queremos uma cura, uma garantia de vida. E não me espante que a humanidade chegue onde quer. Mas quantas vida serão tiradas até lá, para que a sua dure só mais alguns anos? No fim, todos teremos o mesmo destino, lutando contra ele ou não.

Wesley Diniz

No verão o sol brilha intensamente e as plantas crescem
No outono a vegetação desfolha as árvores e as paisagens ficam cinza
No inverno chuvas, frio, gelo e neve fazem as plantas ficarem ociosas
Mas com a chegada da primavera a vida renasce e as cores voltam a prevalecer
Assim são as nossas vidas passamos também por várias estações que fazem a gente crescer, termos paciência, prudência e resignação
Para esperar pela transformação de tudo aquilo que nós não temos a capacidade de mudar
Apenas façamos a nossa parte porque a natureza vai fazer a dela com perfeição.

Isaias Ribeiro

Caminhamos juntos de mãos dadas
Nessa mesma estrada do destino.
Seguirmos em nossos passos nas estradas,
Consagrando nossas vidas ao Divino!

Foi o Divino que nos mandou chamar.
A Natureza em sua forma real,
Nos deu a conjugação verdadeira do verbo amar,
Para nos endireitar e nos livrar de todo mal.

Livrar-nos de todo mal,
Daquilo que não me convém!
Realizar a batalha final,
Iluminar o que não faz bem.

A cada dia aprendemos mais e mais
A todo sentimento dar valor,
Desejando possuir a paz
E um verdadeiro amor!

Samuel Ranner

A Bíblia e a natureza

Palavra que dá vida
Vida com direção
Natureza renascida
Em cada coração.

São árvores que batem palmas
São animais da criação
São alento em nossas almas
Trazendo conscientização.

Criação que ruge e que clama
Por nossa manifestação
Natureza vista por quem ama
O Senhor da Criação.

Angela Natel

a primavera passou e eu não vi as flores
nem o sol das manhãs de setembro,sem perceber me perdi entre as quatro estações...
O céu da primavera é por vezes obscurecido pelas nuvens imprevistas.
mas construí na minha alma um abrigo contra os ventos mais impiedosos.
um lugar onde existe um céu sem nuvens, e todas as flores se expandem na natureza em festa,
um lugar onde quando o outono passa e derruba uma flor,vem a primavera e coloca outra no lugar.

Ana paulino

Vento

Vento tu arrastas contigo as folhas
Que nelas estão sentimentos
Tu trouxeste-me esta folha folha
Que me lembra um grande sentimento
Vento.

Deste-me o maior desgosto que alguma vez passei
Ao dar-me esta folha passaste o sentimento para mim
Dando cabo da minha alma
Isto e o chamamento da morte
Pois a minha alma esta a cair aos bocados.
Vento

A minha alma pode estar aos bocados
Por causa da morte, mas o meu coração esta inteiro
Com um sentimento mais puro
Com ele pretendo
Erguer a minha alma e derrotar a morte para viver
Do meu amor.
Vento

Agora devolver-te esta folha e irei atrás
Do meu amor,porque tu ensinaste-me
Que mesmo que esteja a cair do céu
Sempre posso voar se não desistir.

Daniel Felipe Lopes Moita

Há uma pressão enorme atrás de águas represadas.
O curso natural do rio fica ali, minguado, aguentando que o dique se rompa e a vida se realize em sua proposta fluida.

Os rios sofrem muito quando, inertes, são condenados à evaporação.

Vencido o tapume, o vivo da vida se espalha, limpa, varre os galhos acomodados, rompe com as estagnações, alimenta a secura do caminho e faz brotar novos horizontes.

Águas precisam fluir para chegarem aos oceanos, destinos almejados depois de muito manar.

Não adianta convencer a água que é melhor ficar quieta e entrar para a história como aquela que gerou o maior açude de todos os tempos.

Fluir é um atendimento à natureza.

Adriana Studart

Depois da tempestade

Existem coisas que são superiores a minha vontade individual
Nem tudo na minha vida eu tenho o domínio, o controle
Nem tudo na minha vida, vou enxergar com clareza
Por detrás da tempestade olhando de longe é tão pequena
Tem um sol que ilumina a terra e nenhuma tempestade consegue destruir
Ou impedir a luz do sol chegar, pode bloquear temporariamente .
A é que vemos que a força de uma tempestade que parece descomunal parece pequena
Perto da força e da energia que contem o sol
É assim sempre temos força superior, maior, isso tudo para gente parar e respeitar os momentos na vida em que as coisas não são controláveis .
Tem momentos na vida que são verdadeiros temporais, tempestades;
Momentos de transformação eminente, não podemos negar isto
A grande sabedoria da vida é saber manter a calma
As vezes as tempestades é um tempo de reclusão e revisão para uma mudança.
De repente você olha e vê que o tempo difícil esta passando, vê a luz
Deixa aqueles momentos difíceis da tua vida que você não controla, respeita que tem uma força divina por trás
Ande seus passos antes que alguém te empurre para um precipício, não deixe sua vida na mão dos outros, abra seu caminho não se deixe escravizar
Respeite sua natureza divina e humana , para saber o caminho certo a seguir na vida.

Vania Assunção

Então ele ficou bastante triste,
havia bastante luz e cor na cidade ,
mais pouca vida,
as pessoas viviam sobre tubos de tv's,
Tudo era tão diferente da natureza,
Sentiu saudade daquele verde,
Sentiu saudade da natureza ,
Ele era bem diferente de tudo ,
Não se sentia feliz com bem's é presentes artificiais,
Era um idiota.
Se sentiu a pessoa mais triste do mundo,
em meio a prédios é sorrisos vazios,
é sonhos de riqueza.
Queria fugir daquele mundo ,
Era tudo Preto é branco.
"O homem mais triste do mundo ,
Não é o Homem que não têm amigos,carros ,namoradas, dinheiro.
O homem mais triste do mundo é aquele que não sabe amar a natureza."
Então ele se foi.

Wellington lopessz

Escrevo diante da janela aberta.

Minha caneta é cor das venezianas:

Verde!... E que leves, lindas filigranas

Desenha o sol na página deserta!

Não sei que paisagista doidivanas

Mistura os tons... acerta... desacerta...

Sempre em busca de nova descoberta,

Vai colorindo as horas quotidianas...

Jogos da luz dançando na folhagem!

Do que eu ia escrever até me esqueço...

Pra que pensar? Também sou da paisagem...

Vago, solúvel no ar, fico sonhando...

E me transmuto... iriso-me... estremeço...

Nos leves dedos que me vão pintando!

Mario Quintana