Texto Medo

Cerca de 2862 texto Medo

Aprendi a pedir perdão mesmo sabendo que podeira ser tarde demais,
sem medo de perder,
há certas coisas na vida que perdemos antes mesmo de ter ganhado.
Aprendi quê a vida realmente é uma escola e não importa em que série você esteja,sempre hávera uma nova lição.
Aprendi a ser honesto comigo e consequentemente com as pessoas ao meu redor,
pois quem esta do lado de fóra muitas vezes só vê aquilo que você "faz" e nem sempre aquilo que você "senti".

Renato Lima Rubio (Renatus)

Eu e você frente a frente...
É o medo e o desejo;
É desconfiança e a esperança;
É o grito e o silencio;
É o gelo derretendo a mão no fogo...
Eu e você frente a frente
É ter sempre q me confrontar;
Encarar meus erros e as minhas razões...
As minhas verdades e as minhas ilusões;
Meu poder e a minha impotência;
A minha liberdade e os meus limites...
Quando eu to na sua frente,
Eu sinto toda a minha dor,
Mas só na sua frente eu posso sentir todo o meu amor

Luiz Antônio Gasparetto

Em caso de dor ponha gelo,
Ponha muito mais que isso...
Em caso de Medo encontre a Luz,
Encontre muito mais que isso...
Em caso de tristezas mude a cor da sua roupa,
Mude muito mais que isso...
Em caso de rotina saia para admirar uma árvore,
Admire muito mais que isso...
Em caso de cansaço sorria pelo dia
Sorria muito mais que isso...
Em caso de reclamações agradeça pelas pessoas que te cerca,
Agradeça muito mais que isso...
Em caso de encontrar uma flor morrendo, plante outra no lugar,
Plante muito mais que isso...
Em caso de insônia reze pelo próximo dia,
Reze muito mais que isso...
Ponha, Encontre, Mude, Admire, Sorria, Plante, Reze,
E você terá muito mais que isso.

Thaysa

Não tenho medo, apenas espero
Respiro, escuto e vejo
Ansiedade, paixão e desespero
Felicidade, amor e desejo.


Vem.. mas vem para ficar
Respeita o que podemos ter
E eu serei o teu sol e tu o meu luar.
Juntos seremos um só a crescer.


És aquilo que quiseres ser,
Mas para mim serás cheiro de flor
Com perfume de eterna saudade.
Não tens nada a temer.
Perdidos em nós de cordas de amor
Temos direito à louca felicidade.


Cala a minha boca com a tua
Guiar-te-ei para aquele lugar
Segue a estrada, vira na loucura
Contorna a dor e entra em 'Amar'...


Não preciso que sejas eterno
Nem que me faças juras de amor
Só quero olhar e poder confiar
Sem medo das cicatrizes de dor


Apaga-me os fantasmas do passado
E conquista o que eu sempre quis
Abre o coração outrora fechado
Á espera de ti, para ser feliz...

Paula Fernandes e Sousa

Esse medo de cair é recente. Veio acompanhado da alegria momentânea que você causou, mas ficou mesmo foi por causa da distância.
É difícil não tropeçar quando todos os rostos na rua são o seu. É difícil quando sua voz me chama de todos os lados. É difícil te esquecer querendo você em todos os outros.

Verônica H.

"— E você, por que desvia o olhar?

(Porque eu tenho medo de altura. Tenho medo de cair para dentro de você. Há nos seus olhos castanhos certos desenhos que me lembram montanhas, cordilheiras vistas do alto, em miniatura. Então, eu desvio os meus olhos para amarra-los em qualquer pedra no chão e me salvar do amor. Mas, hoje, não encontraram pedra. Encontraram flor. E eu me agarrei às pétalas o mais que pude, sem sequer perceber que estava plantada num desses abismos, dentro dos seus olhos.)

— Ah. Porque eu sou tímida."

Rita Apoena

Eu hoje tive um pesadelo
E levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo
E procurei no escuro
Alguém com o seu carinho
E lembrei de um tempo

Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era ainda criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou consolo

Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei, nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via o infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim
E que não tem fim

De repente, a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio, mas também bonito porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu há minutos atrás

Poema - Cazuza

PEDIDO DE UMA CRIANÇA A SEUS PAIS

Não tenham medo de serem firmes comigo. Prefiro assim. Isto faz com que eu me sinta mais segura.

Não me estraguem. Sei que não devo ter tudo o que peço. Só estou experimentando vocês.

Não deixem que eu adquira maus hábitos. Dependo de vocês para saber o que é certo, o que é errado.

Não me corrijam com raiva, nem na presença de estranhos. Aprenderei muito mais se me falarem com calma e em particular.

Não me protejam das conseqüências de meus erros. Às vezes eu preciso aprender pelo caminho áspero.

Não levem muito à sério as minhas pequenas dores. Necessito delas para poder amadurecer.

Não sejam irritantes ao me corrigirem.
Se assim o fizerem, eu poderei fazer o contrário do que me pedem.

Não me façam promessas que não poderão cumprir depois. Lembrem-se que isto me deixa profundamente desapontada.

Não ponham à prova a minha honestidade.
Sou facilmente levada a dizer mentiras.

Não me apresentem um Deus carrancudo e vingativo. Isto me afastaria d'Ele.

Não desconversem quando faço perguntas, senão serei levado a procurar as respostas na rua todas as vezes que não as tiver em casa.

Não se mostrem para mim como pessoas infalíveis. Ficarei extremamente chocada quando descobrir um erro de vocês.

Não digam simplesmente que meus receios e medos são bobos. Ajudem-me a compreendê-los e vencê-los.

Não digam que não conseguem me controlar.
Eu me julgarei mais forte que vocês.

Não me tratem como uma pessoa sem personalidade. Lembrem-se que eu tenho o meu próprio modo de ser.

Não vivam me apontando os defeitos das pessoas que me cercam. Isto irá criar em mim, mais cedo ou mais tarde, o espírito de intolerância.

Não se esqueçam de que eu gosto de experimentar as coisas por mim mesma. Não queiram ensinar tudo pra mim.

Não tenham vergonha de dizer que me amam. Eu necessito desse carinho e amor para poder transmiti-lo à vocês e aos outros.

Não desistam nunca de me ensinarem o bem, mesmo quando eu parecer não estar aprendendo.
Insistam através do exemplo e, no futuro, vocês verão em mim, o fruto daquilo que plantaram.

Fênix Faustine

Sigo sem medo

Jamais tive medo de fazer as minhas escolhas, jamais tive medo de errar, sei que por um tempo, é posso dizer que por um curto tempo poderei até quem sabe chorar... Mas e daí eu também não tenho medo de chorar, jamais tive... Então sei que tudo passa tudo se cura, até as piores feridas... Seguirei meu caminho em busca dos meus ideais, quebro a minha cara, consertando os meus erros, mas sigo em frente, sem olhar pra trás. As lembranças virão então fecharei os meus olhos e só irei sentir pena, mas não por mim e sim por você. É por você... Que não foi capaz de enxergar o óbvio. Porque mesmo com todos os erros que cometi... Todos eles foram pra você perceber o quanto te quis, mas você não deu valor, não esteve nem aí, mas não ficarei aqui esperando algo incerto, decidi que não quero mais te ver, não quero mais saber de você, q você seja tão feliz quanto eu serei, mas você vai sentir falta que eu sei, em algum momento que eu lhe vier na memória a saudade vai bater, mas a mim você jamais terá novamente...você perceber o quanto te quis, mas você não deu valor, não esteve nem aí, mas não ficarei aqui esperando algo incerto, decidi que não quero mais te ver, não quero mais saber de você, q você seja tão feliz quanto eu serei, mas você vai sentir falta que eu sei, em algum momento q eu lhe vier na memória a saudade vai bater, mas a mim você jamais terá novamente.

Fernanda Chamas

De tudo o que existiu fica tudo!
Ficam a empatia, os risos, o choro, o medo, o desabafo, os nós desatados e os que atamos também.
Ficam as palavras, as expressões e gestos de afeto e carinho.
Ficam os olhares de cumplicidade e intimidade nos momentos que foram nossos.
Ficam as músicas que não tivemos, as atrapalhadas, as caras de espanto e o medo de magoar com qualquer bobagem impensada.
O toque que a cada dia foi tomando forma mais sincronizada, sem muito desespero. Também fica junto com ele o abraço que foi se tornando cada vez mais apertado fazendo a gente quase entrar na gente.
Ficam os "nãos", os "sins", os "tudo bem" e ficam também os "bóra"! As aulas ficam. Tanto as de "como não fazer" quanto às de "como não ser".
Ficam as longas conversas sobre tudo e nada, sobre eu, sobre você, sobre os outros e sobre nós.
Ficam o silêncio e a troca intensa de emoções que fizemos através dele.
Ficam as broncas acompanhadas de gargalhadas, ficam as piadas engraçadas e as sem graça também. Ficam aquelas que fizemos pensando ao mesmo tempo a mesma coisa sobre a mesma situação. Como tudo isso foi incrível!!
Ficam os sentimentos de cuidado, de carinho, de zelo. Fica cravado no peito o respeito de uma grande e forte "amorizade".
Mas acima de tudo pudera eu dizer pra você: fica?!
Sugiro que modifiquemos e transformemos tudo isso que ficou para continuarmos usufruindo, mas de outra forma. Uma forma mais amena, serena, mas praticável.
Assim, com certeza, a gente vai poder ficar sempre perto!

Sheila Danadio

O dia mais belo: hoje.

- A coisa mais fácil: errar.
- O maior obstáculo: o medo.
- O maior erro: entregar.
- A raiz de todos os males: Egoísmo.
- A distração mais bela: Trabalho.
- Perda O pior: o desânimo.
- Os melhores professores: as crianças.
- A necessidade Primeiro: Comunique-se.
- O que mais te faz feliz: Ser útil aos outros.
- O maior mistério: a morte.
- O pior defeito: o mau humor.
- A pessoa mais perigosa: a mentirosa.
- O sentimento medíocre: O rancor.
- O presente mais belo: o perdão.
- O mais essencial: a casa.
- A rota mais rápida: A maneira mais correta.
- A sensação mais agradável: a paz interior.
- O guarda mais eficaz: O sorriso.
- O melhor remédio: Otimismo.
- A maior satisfação: O dever cumprido.
- A força mais poderosa do mundo: a fé.
- O mais necessárias: os pais.
- O mais belo de todos: o Amor.

Autoria: [MADRE TEREZA DE CALCUTÁ]

Madre Tereza de Calcutá

"Hoje eu acordei mais cedo
E fiquei te olhando dormir
Imaginei algum suposto medo
Para que tao logo
Pudesse te cobrir

Tenho cuidado de voce
Todo esse tempo
Voce esta sob o meu abraço
E minha proteçao
Tenho visto voce errar e crescer
Amar e voar
Voce sabe onde pousar

Ao acordar ja terei partido
Ficarei de longe, escondido
Mas sempre perto decerto
Como se eu fosse humano, vivo
Vivendo pra te cuidar, te proteger
Sem voce me ver
Sem saber quem sou
Se sou anjo
Ou se sou.. Seu amor

Afinal, quem eu sou?
Seu anjo ou seu amor?
Tenhos asas?
Anjos protegem, cuidam
Aparecem invisiveis
Humanos tambem
Quando amam

Quero dizer
Que ja nao importa
Saber de onde venho
Se tudo que sou pra voce
E amor

E se ainda assim
Quiser voar
Te levo comigo
Te mostro as estrelas
Outros alados, Deus
A vida celeste

Depois voltaremos pra casa
E mais uma vez humanos
Nos amarmos
Ate morrermos
Pra dizer que é seu o anel
Sou o seu amor na terra
E seu anjo no céu."

Saulo Fernandes

Bate no Meu Peito

Nunca mais vou enganar meu coracao. Prometo que nao terei medo de me machucar, de sofrer, de me entregar. Tenho gana de viver. Quero buscar o que ainda nao tenho, o que me faz falta.

Nao vou fingir que nao percebo os sinais do meu corpo, que nao sinto meu coracao batendo tao forte que tenho a impressão de que vai escapar de dentro de mim. Nao vou negar que a minha mao sua frio, que nao segura firme a caneta no papel, que minha letra sai tremida. Nao vou segurar meu choro nem esconder as lagrimas que insistem em escorrer pelo meu rosto. Nao vou me envergonhar do que sinto.

Vou me aventurar, procurar o que sei que esta perdido em algum cantinho da minha alma e estava apenas esperando o momento certo pra ser encontrado. A hora eh agora. Tenho sede de emocoes, como nunca pensei que um dia teria. Quero rir, chorar, correr, cair, levantar, tentar, aprender. Quero olhar pra tras sem arrependimentos, sem ter vontade de reconstruir minha historia. Quero estar certa de que fiz minha parte, que diria cada palavra novamente se fosse necessario.

Bate no meu peito uma vontade enorme de colocar em pratica as licoes que aprendi nos anos em que fechei meu coracao pra balanço. Percebo que nao preciso provar nada pra ninguem, sei como sou e isso me basta. Bate no meu peito o desejo de abrir as portas pra viver, de finalmente conhecer o verdadeiro amor.

Márcia Duarte

E lá fui eu de mala e cuia ser feliz, sem nem sequer ser convidada!
Um medo, um frio na espinha, um bambear nas pernas...
Mas fui: eu e minha coragem!
E quando chegamos lá, a felicidade já estava na porta esperando, fazendo festa, querendo um abraço!
Tem coisas que a gente só ganha se for buscar!

Mell Glitter

Qual é o teu maior medo?

O nosso maior medo não é
sermos inadequados.
O nosso maior medo é
sermos infinitamente poderosos.
É a nossa própria luz, não a nossa
escuridão, que nos amedronta.
Sermos pequenos
não engrandece o mundo.
Não há nada de transcendente
em sermos pequenos,
pois assim os outros não se
sentirão inseguros ao nosso lado.
Todos estamos destinados a brilhar,
como as crianças.
Não apenas alguns de nós,
mas todos.
E, enquanto irradiamos
a nossa admirável luz interior,
inconscientemente estamos a permitir
aos outros fazer o mesmo.
E, quando nos libertarmos
dos nossos próprios medos,
a nossa presença automaticamente
libertará os medos dos outros.

Trecho do Film Coach Carter - Treinando para a vida

Abusa do meu sexo!

"Desejo o medo. Desejo o que há entre o céu e o inferno, para que assim eu possa me sentir outra vez um justo do amor. Desejo o teu calor, desejo sentir o teu peso em mim, desejo minha boca a engolir a tua. Desejo ser impuro. Desejo ser contraditório aos que dizem nada saber aqueles que amam. Desejo jurar amor eterno. Desejo sentir o mais profundo e doce dos sentimentos. Desejo sentir tudo novamente, assim como da primeira vez, pois, precisei dos teus suspiros todas as noites, todos os momentos em que pensei em ti. Precisei dos teus braços a me envolver. Precisei dos teus gemidos, do teu orgasmo dilacerante.
Estivestes sempre em meus mais soturnos devaneios, onde nada parecia ter fim, onde o que nos restava era o prazer insaciável. Meu mundo era um mundo de infindáveis loucuras, de canções e descobertas magníficas, até eu despertar, descobrir e arrepender-me por ter conhecido o que é amar, já que sem o amor tudo parece tão mais amargo e fatigante do que é de fato. Sem o amor, é como se mesmo na primavera o manto negro insistisse em cobrir o sol que aquece minh'alma, deixando-me assim inteiramente envolvido com o escuro. Então, entreguei-me ao medo, às injúrias secretas e tranquei meu coração para mantê-lo livre das dores, mesmo sabendo que fui um perdedor, por tê-lo feito, nada farei para mudar.
Joguei-me nas mais profundas mágoas dos meus pensamentos, tentando inutilmente afogar-me no receio de despertar outra vez. Decidi viver preso em meu próprio abismo, mas, outra vez e sempre voltarei à superfície...
Nunca esquecerei o que é amar! Hoje sei distinguir o amor de suas conseqüências. Sendo assim: mata-me de amor. Afoga-me no mais profundo prazer. Tortura-me a gosto... e... abusa do meu sexo!"

Jardson Araújo

Um dia você aprende..
que p. errar é preciso [u]arriscar[/u] pelo menos;
que o medo, só nos atrapalha,
e que o amor é a coisa mais bela desse mundo, apesar de todos os sofrimentos que as vezes temos pela frente,
e que esses problemas, só nos fazem perceber o quanto nós somos forte para enfrentalos..
e que decepção não mata ninguém, pelo ao contrário nos ensina a viver, nos deixando mais espertas..
que pra uma cobra te picar, você tem que mecher com ela..
que as pessoas não puras, então sempre devemos ficar ligadas mesmo com toda aquela confiança,
porque na verdade, elas são seres humanos e seres humanos.. tendem a errar, como eu, como você, como todos nós..
e errar mais de uma vez não é burrice não, é porque na verdade na primeira queda você não estava forte o bastante p. levantar..
e que se amarmos alguém, temos que nos amar primeiro, sempre reconhecendo os nossos principios..
e que nunca devemos deixar o nosso sonho, nosso plano de lado, pelo fato de termos medo de escutar um não,
porque as vezes é preciso uma rejeição p. cair na real, para sermos melhores do que somos..
e nunca, mais nunca devemos nos comparar a ninguém, porque ninguém é melhor que ninguém.. e se quisermos ser melhor,
temos que ser melhor que nós mesmos, sempre procurando o melhor dentro da gente e não nos outros..
é, você aprende também.. que todas essas suas paixões na sua juventude são passageiras, marcantes ? talvez sim.
e as vezes não damos um devido valor aquelas pessoas que sempre estão ali, ao nosso lado, as vezes não a reconhecemos,
e quando vamos ver ?! já é tarde demais. mas entenda, que para o amor.. nunca é tarde demais..
porque apesar do orgulho, da decepção, do sofrimento.. o coração sempre fala mais alto..
e você nunca vai ser otária amando, otários são aqueles que não amam.. porque me diz: o que é a vida sem o amor ?
seja ele qual for, não digo só de homem e mulher.. pois existem vários e vários tipos de amar!
e tenho certeza, que cada um de nós amamos alguma coisa, alguém..
aprendemos também, que não é certo julgar ninguém, pois não somos dignos, limpos o bastante p. apontar o dedo na cara,
de qualquer um e sair falando o que bem entender.. pois como disse, errar é humano.
e quem fala o que quer, ouve o que não quer, e que as brigas, violência, barracos, não levam em nada e que a conversa é a melhor coisa,
fora isso, deprezo!
o silêncio é um ótimo remédio, mas também usado de forma errada pode causar efeito contrário..
e que se queremos o respeito de alguém, temos que respeitar..
que o mundo, é feito de diferença, também qual seria a graça de sermos todos iguais ?
que a base de um relacionamento: é a confiança, sem ela não existe..
aprende também, que mulher é uma especie muito complicada, nunca sabe o que quer, o que gosta e o que vai fazer..
mas que os homens, são os mais cachorros e mais adorados, a nossa raça preferida..
e que sempre estamos trocando, tentando adestra-los, as vezes conseguimos, as vezes não..
e que essa história de "para sempre", não existe e qualquer relacionamento, qualquer coisa pode acabar num piscar de olhos..
e que pô, temos só uma vida, e ela não volta atrás, não tem pause, nem stop.. então temos que curtir cada momento, com toda intensidade..
e sempre lembrando, que só podemos nos arrepender daquilo que não fizemos..
porque o que fizemos, já tá feito.. não tem como mudar. ;)

Rafaella Longo

UMA CARTA
Que você saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.
Que você note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.
Que você aceite que me preocupo e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.
Que você perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.
Que se eu faço uma bobagem você goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.
Que se estou apenas cansada você não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.
Que você sinta quanto. dói a idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida, não porque lá está a sua verdade mas talvez seu medo ou sua culpa.
Que se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, você não desconfie logo que é culpa sua, ou que não o amo mais.
Que se estou numa fase ruim você seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo " Olha que estou tendo muita paciência com você!"
Que se me entusiasmo por alguma coisa você não a diminua, nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça.
Que se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, você ainda assim me ache linda e me admire.
Que você - não me considere sempre sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.
Que, finalmente, você entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vunerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa.

Gisele Caetano

Somos o avesso um do outro. Quando duvidas, paras, e eu sigo em frente. Quando tens medo, eu tenho vontade; quando sonhas, eu pego nos teus sonhos e torno-os realidade, quando te entristeces, fechas-te numa concha e eu choro para o mundo; quando não sabes o que queres, esperas e eu escolho; quando alguém te empurra, tu foges e eu deixo-me ir.
Somos o avesso um do outro: iguais por fora, o contrário por dentro. Tu proteges-me, acalmas-me, ouves-me e ajudas-me a parar. Eu puxo por ti, sacudo-te e ajudo-te a avançar. Como duas metades teimosas, vivemos de costas voltadas um para o outro, eu sempre à espera que tu te vires e me abraces, e tu sempre à espera que a vida te traga um sinal, te aponte um caminho e escolha por ti o que não és capaz.

Margarida Rebelo Pinto

Somos novos demais. Temos medo do amanhã e não conseguimos evitar que ele chegue. Sem perguntar nossa opinião o sistema impõe obrigações que nos forçam a amadurecer. Temos duas escolhas: lamentar pelo que é certo e transformar cada dia num abismo ou tirar de cada momento o melhor que existe nele.
Então vamos seguir. Entre caminhos, escolhas e medos, está nosso futuro. Nós merecemos conquistá-lo.

Verônica H.