Texto de Sexo

Cerca de 320 texto de Sexo

Sou um cara promiscuo sim, porque quero usar o sexo por meio de encontrar o que todo mundo procura;
reconhecimento, prazer, auto-estima, e por fim amor e carinho.
O que há de patologico nisso!?? Se quiser dar um nome á isso vá em frente, não ligo!
Todos nós procuramos alguém para : sonhar.. brincar... amar..
Toda vez que nós amamos nos damos, daí então melhoramos.
Corremos riscos de fracassar, ser rejeitados,
incompreendidos, decepcionar-se, frustar-se!!
A inatividade não é só embalada pelas perdas e decepções, mas a causa do medo. Afinal.. A ação é uma grande restauradora e construtora da confiança. Nos torna ousados, fortes guerreiros..
Talvez a ação que você tome tenha êxito, talvez uma ação diferente ou ajustes terão de ser feitos. E não importa o quanto essa vida nos obriga a ser sérios... qualquer ação é melhor que nenhuma.

Philipe Sotte

Desde o início dos tempos a mulher já tem sua imagem marcada como a de sexo frágil, sujeito ao pecado, a falta de liberdade e independência física.

Vista como um simples objeto de reprodução, pois era considerada incapaz para o trabalho, a mulher foi submetida e subjugada por uma sociedade machista que se estende pelos séculos.

Desde meninas somos educadas para o que seria o nosso destino por obrigação: saber limpar casa, cozinhar, passar, cuidar das crianças... Enquanto isso, vemos nossos primos e irmãos brincando e sendo educados a serem os provedores da casa e quando é feita pergunta “porque ele não ajuda também” ouvimos sempre a mesma resposta: “Porque ele é menino” .

Na adolescência a diferença é quase um tapa na cara: As meninas são ensinadas a zelar por imagem, pois por qualquer coisa pode ficar “falada”, enquanto os meninos são o orgulho para os pais se tem 3 ou 4 namoradas.

Quando o assunto é sexo a coisa piora: dificilmente você vai ver uma menina saindo para a balada e ouvindo os pais dizerem “se diverte filha, e não esquece a camisinha viu?”. Agora, se for um menino os pais até compram a camisinha. Se a adolescente fica grávida é um desastre: é acusada de desonrar a família, muitas vezes é julgada como uma prostituta, e nos piores, e não tão raros casos, até posta para fora de casa.

O tempo vai passando e a mulher agora é adulta, tem que enfrentar seus problemas e responsabilidades de frente e uma sociedade que ainda por muitas vezes leva aquele pensamento machista de que a mulher só serve para ficar cuidando das casas e dos filhos. O pior é que enquanto têm mulheres que lutam contra esse preconceito, outras aceitam esse fato com a maior naturalidade, pois foram educadas nesse regime de cinderela, se tornando totalmente dependentes de seus maridos e filhos.

Quando o assunto é o casamento o que é considerado normal é que a mulher seja a dona do lar e o homem chefe de família, uma imagem que foi se denegrindo com o passar do tempo.

Se o casamento acaba a culpa é sempre da mulher: ou porque traiu, porque envelheceu, não quis “servir” o marido ou porque não foi capaz de “segurar” o homem. Depois disso a mulher é obrigada a se virar sozinha e se vê perdida, pois pela primeira vez a redoma de vidro foi rompida.

Esse fim de casamento foi tema do livro da psicóloga e escritora Colette Dowling, que classificou esse comportamento como Complexo de cinderela: “Meninas são criadas para achar que na exata hora em que bater o cansaço, medo, insegurança ou até simplesmente a preguiça, um príncipe surgirá no seu cavalo branco e tudo terá valido a pena.” _ diz a jornalista Carol Montone em sua avaliação do livro após de acusada de sofrer desse complexo.

No mercado de trabalho a situação já foi pior, mulheres chegavam a ganhar até 30% menos que os homens apesar de ter o mesmo cargo e cumprir as mesmas funções.

Hoje muitos homens se recusam a serem subordinados por mulheres, pois foram criados com a visão que “lugar de mulher é no tanque” e não na presidência de uma empresa, por exemplo.

Muitas de nós estão na luta para diminuir esse preconceito, mas depois de presenciar tantos depoimentos sou obrigada a dizer que enfrentar e acabar com a visão de milhares de homens machistas é fácil, o difícil é acabar com o nosso próprio preconceito, conscientizar as mulheres que temos capacidade e inteligência de sobra para cuidar e administrar coisas que vão muito além da casa e dos filhos.

Não podemos ter medo de viver, temos que ir a luta, enfrentar nossos medos e receios, mostrar toda nossa capacidade. Porque sim, somos boas, somos as melhores e se tivermos confiança em nós mesmas podemos até convencer a sociedade disso.

Karoline Genova

"Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe às vezes, para realinhar os pensamentos... isto é equilíbrio.
Tampouco é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a nossa vida... isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de pessoas ao nosso lado... isto é circunstância.
Solidão é muito mais que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão, pela nossa alma."

Chico Xavier

"" Hoje quero me apaixonar como uma adolescente,
não necessariamente por alguém do sexo oposto,
talvez por mim, quem sabe pelo meu trabalho
ou por um lindo sapato, não sei...

Só sei que não vou criar tantas expectativas.
Vou aprender a lidar com os ''nãos'',
que a vida nos prega todos os dias,
assim não me decepciono tanto..
Também não entristeço... não me aborreço
e a felicidade se torna plena...””

Nann Stroparo

Tenho pena desses "homens" que colocam o sexo num pedestal e acham que mulher é carne. Homem assim deveria ser príncipe, aí talvez não haveriam tantos.
Tenho mais pena ainda dessas "mulheres" que se transformam em objetos, totalmente iguais, e que em qualquer lugar se encontra, como cópia de revista em todas as bancas.
O mundo tá cheio disso! Não existe mais espaço pra só futilidade e corpo nu.
Precisa-se urgentemente de mais Amor. E que seja de verdade. Daqueles até os cem.

GriGomez

Eu preciso mais que sexo!
É preciso muito mais que sexo pra eu me apaixonar com intensidade,
É preciso muito mais que minutos românticos pra eu me iludir com facilidade,
Ser romântica, atenciosa e carinhosa, não é sinônimo de imbecilidade,
Sou intensa em meus segundos mas sou rápida pra deixar saudade.
Essa é minha re-a-li-da-de!
Pra me ganhar é preciso ter muita ca-pa-ci-da-de!

Keila Sacavem

Política rasteira...
A gente percebe a pequenez de algumas pessoas, seja qual for seu sexo, cor, credo, partido político ou mesmo pelo time que ela torce.
Tenho visto muita gente se vangloriar de ter feito o seu trabalho, como se por isso merecesse algum prêmio.
É tão infame aquele que não reconhece o mérito das pessoas de valor, como os que se vangloriam de cumprir com as obrigações, Já os incompetentes que vão de carona, os famosos puxa-sacos, esses tem orgasmos virtuais e mostram seus espasmos no Facebook

Marinho Guzman

Amigo não tem cor, amigo não tem raça,amigos não sexo, amigo não tem idade...
Qdo se esta com amigos, vc esta com sigo mesmo, não importam o tempo, pode ser um minuto, ou pode ser horas, vc tem que fazer os minutos parecerem horas e horas parecerem minutos, dado o estado de prazer que eles nos proporcionam.....

Queria eu poder estar apenas um minuto por dia com meus amigos, queria eu poder mesmo que de longe ver meus amigos...

Então, não deixe as diferenças atrapalharem suas amizades....amigo não tem cor, raça e idade e sexo.....Amigos tem almas em comum....

Gustavo André

O amor a amizade e o sexo

O amor disse "oi" e já quis te amar
A amizade te chamou para conversar
O sexo só te olhou e quieto ficou
O amor reparou no carinho em seus olhos
A amizade faceira te achou companheira
O sexo continuava olhando e tramando
O amor de tão bobo escreveu poesia
A amizade de tão contente apenas sorria
O sexo escolhia os lençóis para a cama
O amor fazia planos distantes
A amizade pensava em como você era importante
O sexo descarado já estava estressado
O amor te chamou para o grande dia
A amizade preocupada com o que você sentia
O sexo enfim feliz, apenas queria
O amor nesse momento era celestial
A amizade agora já não era tão racional
O sexo eu seu ápice, depois do último orgasmo dormiu
O amor permaneceu acordado, feliz por ter ao seu lado alguém especial

Jorge Freitas Lopes

Amor e sexo sem limite

Amor
cada dia se renova
não é eterno
mas deve ser cultivado
como semente jovem
beijo e carinho
essência de vida
nunca se deve deixar de lado
Descubra cada dia um novo lado
da pessoa amada...
assim nunca vai virar rotina
química...
afinidade...
entrosamento
momentos máximos do amor

Sexo é mistura de fluidos
corpo e alma
onde dois seres
se tornam um só
Homem e mulher
sem reservas
entrega total
sem medo
bem mais que um momento
sexo com amor
compromisso...
fidelidade...
cada dia é um novo dia.
(Fouquet, maio 2010)

Marcelo Fouquet Rosembrock

Acredito que o amor advindo da sexualidade seja utópico, falacioso. Sexo tem sido na história da humanidade o grande declive de tudo, começando pela seleção desordenada da natalidade humana e terminando nos grandes massacres promovidos pelas guerras mundiais.

Paz e amor???
Não!
Asexualidade e paz! (risos)

Tiago Rêgo

Adormecer
(( Por Flavio Vidal ))

Quando chegamos ao auge da loucura,
Não temos mais sexo, não temos pudor,
Seremos homens, mulheres, rosa e espinhos,

O deliro conforta minha insanidade,
Despido da vergonha, na cama da vida,
Enrolado em lençóis sujos molhados de suor,

No chão chicotes, algema, garrafa e agulhas,
Na cama uma figura pálida sem expressão,
Nas paredes, manchas e quadros quebrados,

Com os olhos estalados, e mãos tremulas,
Respiração ofegante com a boca seca,
Aguardando o beijo que fechará meus olhos.

Flávio vidal

Quando o assunto é sexo

Quando o assunto é sexo
preste atenção nestas palavras:
não fuja da verdade, encare o assunto com responsabilidade.

Seio, vagina, pênis, relação
sexual... por que não falar?
não há do que se envergonhar
pois é daí que a vida vem pra ficar.

Pênis e vagina: entenda relação sexual
relação sexual: entenda fecundação
fecundação: entenda novo bebê
novo bebê: leite no seio há de ter!

Por isso quando o assunto é sexo
não abaixe a cabeça
nem tenha receio de perguntar
porque também na escola
esse tema é para discutir
e conversar!

Fernanda Souza

Nada foi em vão!!!

Vivemos em busca de um amor,
Que não encontramos apenas no sexo oposto...
Falo de amor e não sexo!!!
O amor mais puro que podemos encontrar
é o amor dos pais para com os filhos,
o amor que os filhos sentem pelos pais,
é o amor de um amigo,
de um irmão...
Isso é amor!!!
Amor não se mede,
esse sentimento nem com todas
as palvaras do mundo tem como ser definido!!!
Amor é para vida inteira...
Do amor ninguém esquece, é um sentimento inconfundível,
Quando pensares ter encontrado a pessoa certa,
cuide para que não seja apenas paixão passageira...
Nunca diga EU TE AMO, sem ter certeza disso, só vc
irá saber quando é hora de dize-las, mas quando chegares a hora
não deixe de pronucia-las.
Diga sempre o q está sentindo, se expresse, não tenha
medo de demonstrar os seus sentimentos...
Pois o amanha é incerto...
o tempo não volta, a vida é uma só
Viva intensamente, sonhe, ria, chore...
cante, pule, estravaze,
Para um dia vc poder dizer com convicção que...
NADA FOI EM VÃO

Diandra

Soma de dois

Sexo.
Sem complexo.
O côncavo.
Com o convexo.
Sem fronteira.
Sem eira nem beira.
Abolidos preconceitos.
Com todos os direitos.
Nada que faça mal.
Sendo completo e liberal.
Na fantasia pra fora jogada.
E seus traumas com ela levada.
Sem medo de ser feliz.
Procure o que sempre quis.
Ache.
Encaixe.
Na soma de dois.
O resultado é “um”.

Jecely Teixeira

Sexo é bom, mas incomoda.

Uma palavrinha tão minúscula que poderia ser - ainda mais facilmente - ignorada.
Salva pelo fato de trazer em si a história de toda a vida.
Observação: Neste exato momento, tem gente fazendo sexo!

Que é bom há quem contrarie. Que incomoda todos concordamos.

Falar de sexo
fazer sexo
não fazer sexo
como fazer sexo
com quem fazer sexo
com qual idade fazer sexo
com qual idade não fazer sexo
o porquê fazer sexo
onde fazer sexo
o prazer do sexo
a tristeza do sexo
o pecado e o sexo
o amor e o sexo
o sexo e o sexo

Sem amor é a prova do egoísmo, com é a prova da cumplicidade.
De qualquer forma é a busca pela satisfação dos egos.
Uma busca pelo pleno prazer pessoal - o gozar.

O gozar que faz o outro gozar – interessante isso!

O meu desejo a enlouquece,
o enlouquecer dela me enlouquece e vice-versa.
E enlouquecidos somos, por algum tempo, o outro tipo de animal - que age unicamente por instintos, impulsos... e ao que perece, é feliz, é livre...

Kléber Novartes

Modéstia à Parte...
-


O beijo é o sexo com penetração só de língua, é o sexo na sua forma mais primitiva.
As mulheres dizem que homem não consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo, concordo até... Porém quando beijando, o homem consegue pensar em sexo, virar a cabeça, mexer a língua, colocar uma mão na bunda e com a outra fazer qualquer outra coisa. Isso serve para mostrar o quanto o beijo consegue fazer transparecer o melhor de cada ser.
Não há beijo sem motivo, não há beijo sem sentimento. Até Judas ao trair Jesus transpirava sentimento.
Mas existem beijos e beijos. Digo que independe da quantidade de amor aplicado num deles, desde que haja uma variação de velocidade, sem exageros na saliva, democracia entre as línguas, seus dedos entre os cabelos massageando lentamente a nuca enquanto a outra mão atrai levemente a cintura alheia à sua e mordidas leves nos lábios...
Esteja certo que será lembrado por muito tempo.

Bento.

Bento Qasual

Quem é realmente o sexo frágil nos dias de hoje? Sem dúvida é o sexo masculino! Não me queimem vivo... explicarei!

As mulheres independentes tem o poder da sedução, estabilidade financeira, e fascinam os parceiros com o “monopólio do sexo”, deixando-nos claramente em situação de inferioridade.

Elas sabem que ao exercer este poder fragilizam a maioria dos parceiros, mas são como forças da natureza, e não há espaço para amadores.

Alguns compensam esta inferioridade com o poder financeiro e status social, usando destas vantagens para conseguir compensar a falta de sedução que exercem sobre as mulheres. Mas a maioria não tem estas “qualidades”.

Então a dificuldade em se relacionar que muitas encontram nos dias de hoje, está justamente na fragilidade dos homens em assimilar esse fato... “Olá, sou Fulana, independente, linda, executiva, resolvida, viajo todo ano para Europa, falo dois idiomas...”, ficando de lado as credencias fundamentais para a vida a dois, como simpátia, espirituosidade, e ser uma boa pessoa para se viver.

Mas os homens já estão descobrindo que a postura nos dias de hoje os favoreceu em muitos aspectos. Pensemos: a independência da mulher, excluindo-se as relações afetivas que se foram com o carrinho de verduras, foi sempre o nosso grande sonho de consumo.

Não precisamos mais ser provedores, sexo free e sem muito esforço, não há traição quando se “fica” com alguém, aprendemos as lides do lar, a cuidar de filhos, o barzinho sem hora para voltar garantido, despesas divididas igualmente... Qual homem não sonhava com isto na década de 80???

O comando ainda é das mulheres, e elas são como forças da natureza... devastadoras. Não há espaço para amadores... quem não se prepara, não sai ileso desta brincadeira.

Forte abraço a todos!

Edson Luceiro

A sociedade que vivemos realmente passou por grandes transformações. Hoje a banalização do sexo, dos valores de família e amizade, são tratados de forma natural e uma simples conseqüência do mundo moderno.

Então vemos sexo numa adolescência precoce, pessoas preferindo criar animais à filhos, relações Homem x Mulher cada vez mais vazias e efêmeras.

São mulheres de quase 60 anos usando mini saia de oncinha, e homens de cabelos brancos usando baby look. Muito bizarro!

Hoje a mulherada lota as mesas dos bares, enquanto os homens lotam os salões de beleza. Bela inversão de papéis. Um querendo ser o outro.

Filhos hoje é o maior transtorno para as mulheres, e homens provedores tornaram-se raridades.

Tudo ficou fora de controle, e a tendência clara do gráfico da sociedade, é que nos isolemos e nos tornemos cada vez mais egoístas, vivendo um mundo só nosso, e sem qualquer intenção de compartilhar com ninguém.

São muitas inversões de valores. Mas somos fruto do meio em que vivemos, e como nossa sociedade adoeceu, também fomos atingidos.

Os valores morais, éticos ou referenciais que aprendemos ao longo de nossa vida não tem mais nenhum valor nos dias de hoje. Mas o pior é que não foram substituídos por nenhuma outra referência sólida.

Talvez por isto nossos filhos estejam assim tão perdidos. Se nós estamos, o que diríamos deles...

Edson Luceiro

O que tem de gente que posa de "descolada" é impressionante. Amor, sexo, traição,filhos, educação... Sabem todas as respostas, tudo é tranqüilo, sem preconceito e na linha do “deixo a vida me levar”.

Mas como Barbie e Bob são bonecos, e seu mundo não é real, basta particularizar um pouco a conversa que a gente observa que tudo vale quando não é o delas que está na
jogada.

Parece que vendem esta imagem por que ficam desesperadas para serem aceitas pelo maior número de pessoas possível, pois marcar uma posição forte certamente vai desagradar
alguém. Ou muitos!

Até aí tudo bem. Mas o problema está quando a pessoa não tem cacife para bancar aquilo que prega. É como o cara que diz não ter ciúme da namorada, porque é legal falar isso, mas se rasga quando ela decide sair com as amigas ou como a mulher que acha normal “sair de primeira” toda semana com um homem diferente, mas acha estranho que não consegue ter uma relação duradoura. Se vê sexo como algo que não precisa ter nenhum sentimento, por que a surpresa?

Não sei muito bem o que está acontecendo, mas a superficialidade vem tomando conta do comportamento,
deixando valores fundamentais de lado.

Eu ainda prefiro acreditar que minha mãe não fazia sexo, que as mulheres só traem por amor, que se
namora para casar, e que pessoas bem resolvidas são aquelas que não repetem os mesmos erros.

Sou conservador, não é mesmo? Mas já pararam para pensar que este mundo fútil, sem afeto, e sem propósito é o que vivemos e estamos deixando para os nossos rebentos??

Edson Luceiro