Texto de reflexão

Cerca de 1587 texto reflexão Texto de reflexão

REFLEXÃO DERRADEIRA

Vai vida.....

Vai corendo sem sentido
Tudo é lindo,tudo é belo,tudo é luz.
Vai rolando na esteira,se jogando no abismo
vai voando pelo céu
Vai notando o que se fez
vai ganhando sua vez,mas vai.
Vai agora é preciso,pois para mim nada mas es
vai pisando sobre o orgulho ou se arrastando pelo chão
Vai tornando tudo escuro
Vai fazendo acontecer
Vai florindo seu caminho,se perdendo sem saber
vai queimando sua glória
vai virando bicho mau
vai p'ra onde já não sei.
vai vida,já é tempo
Vai passndo p'ro final,já que nunca fora minha
Vai falando da passagem
Vai nascer em outro lugar
Vai passando bem mais rápido.
Vai...fingirei que não a ví
vai...seja fria,já é hora

Já é hora de MORRER.

Vilmar Milagre

É isso aí! Muita curtição. Muita alienação. Afinal, para que reflexão? Por que mudar? Isso cansa pra caramba! Aliás, quem sou eu para me colocar como responsável pela minha existência?

Pois é... 95% da população age desse modo, e depois lamentam-se pelo fato de o gramado do vizinho ser mais verde.

Daniel Ibar

12 de outubro: excelente oportunidade para uma reflexão mais profunda e realista sobre o Dia das Crianças e seus reais valores, que vão muito além da alta de 10% que os preços dos brinquedos sofreram este ano. Aconselho os brasileiros a fazer agora essa comparação entre preços e valores – afinal, devemos sempre considerar a relação custo-benefício em uma sociedade capitalista. A pergunta que fica, porém, vai além da discussão sobre o calendário e os 10% da alta dos brinquedos: Quais os direitos da criança – os que são celebrados em seu dia?
Diz-se que a Declaração dos Direitos da Criança foi adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1959 e ratificada pelo Brasil há 61 anos, determinando que todas as crianças tenham direito a 10 direitos básicos, que nosso país ainda não soube assumir:
I - À igualdade, sem distinção de raça, religião ou nacionalidade; II - Direito a especial proteção para o seu desenvolvimento físico, mental e social; III - Direito a um nome e a uma nacionalidade; IV - Direito à alimentação, moradia e assistência médica adequadas para a criança e a mãe; V - Direito à educação e a cuidados especiais para a criança física ou mentalmente deficiente; VI - Direito ao amor e à compreensão por parte dos pais e da sociedade; VII - Direito à educação gratuita e ao lazer infantil; VIII - Direito a ser socorrido em primeiro lugar, em caso de catástrofes; IX - Direito a ser protegido contra o abandono e a exploração no trabalho; X - Direito a crescer dentro de um espírito de solidariedade, compreensão, amizade e justiça entre os povos. Quantas responsabilidades, não? Sim: é mais cômodo falarmos sobre a alta de 10% que os preços dos brinquedos sofrerão neste ano. Vamos, porém, falar do quanto teremos que pagar, daqui há 10 ou 20 anos, se não compreendermos que o nosso 12 de outubro não representa, de fato, o Dia das Crianças. Não se trata apenas de uma data para venda de brinquedos ou movimentação do comércio. Em nosso país, há crianças que passam frio e fome; que estão envolvidas na prostituição e no tráfico de drogas; que estão à margem da sociedade, ganhando R$ 600 por mês nos faróis dos grandes centros. Wilson Cardoso Idecace

Wilson Cardoso Idecace

LEIA COM MUITA ATENÇÃO E VERIFIQUE SE VOCÊ ESTÁ AGINDO ASSIM

Reflexão rápida: quem nunca foi desprezado por algum motivo? Dói, machuca internamente, não é nem um pouco agradável. Todo ser humano possui deficiências, limitações. É impossível realizar tudo sozinho, pois, o fato de ser humano, erros e falhas ocorrem, isso é normal. A conscientização de cada pessoa se faz necessária e é por esse motivo que os ônibus reservam assentos, para: pessoas portadoras de deficiências: física, mental, visual, auditiva, idosos, gestantes. RESPEITE. Não ocupe o lugar que está reservado para essas pessoas, se cada um fizer sua parte irá contribuir para um mundo melhor, desprovido de preconceitos e melhor na educação. É lei, e cada um tem o dever de cumprir a lei e acima disso mostrar o quanto é HUMANO E SOLIDÁRIO. Todos têm direitos e deveres. Cumpra seu dever e faça valer seus direitos.

Kris Aglae

Que nessa semana que se inicia haja reflexão em seu pensamento sobre o viver depois, sobre o se apoiar em abstratismos inúteis e arcaicos. Reflexão sobre o como amar, o como ser amado.
Nunca deixe a vida pra depois. Viva agora e com a maior intensidade que seu coração permitir. Viva seus sonhos e se afaste de pesadelos alheios.
Eu, por opção única, amarei demais nessa e nas semanas que tenho pela frente.

Professor Galvão

Momento de reflexão!
O que quero pra mim hoje,
O que busco pra mim amanhã,
O que conquistei em toda minha vida com meus esforços,
O quanto fui ajudado para conseguir...

O que quer meu próximo hoje,
O que busca pra si amanhã,
O que conquistou em sua vida com seus esforços,
O quanto foi ajudado pra conseguir....
"O que faço para retribuir a ajuda que tive".

Juninhho

REFLEXÃO SOBRE AMIGO.....
Pra mim amigo é... pensar com o coração. Ser amigo é dizer o que pensa sem ofensa, sem rispidez. É também falar com a razão.Ser amigo é secar o pranto, é dar o ombro e jamais abandonar! É ser alguém com quem se pode contar. Ser amigo é ser leal... é ter paciência... Amigo é o que aprende a ver a nossa alma... É o ser que nos traz a calma... Que nos fala com o olhar... Que lê nas entrelinhas o que ficou por dizer. Amigo é o que leva a esperança... É quem crê em você... É presença constante, mesmo distante... É quem nos ajuda a crescer! Porque amigo de VERDADE é ser recíproco em suas palavras, é ter consideração! Amigo, é aquele que confia e sente responsável pelo seu bem estar. É luz que nos faz descobrir novos horizontes... São lápis coloridos que trazem alegria a nossa vida cinzenta. São estrelas que guiam a um porto seguro. Amigos de verdade são tatuados no coração, pois ficam para sempre na vida da gente!

Adriana Araujo Leal

*** Finados... ***

Finados é dia de reflexão, de saudade e esperança... A dura realidade é que a morte faz parte da vida, é o fim do curso vital, é uma invenção da própria vida em sua evolução. Morrer é uma experiência profundamente humana.
Na sua grande maioria, as pessoas já passaram ou irão passar pela experiência de perder alguém que ama Pai, Mãe, irmãos, namorado (a), marido, esposa e amigos... Independente da forma que a vida nos mostra como viver esse momento, nunca é fácil... Doe muito... A dor da saudade de uma pessoa que não iremos ver nunca mais é como uma ferida aberta, que não cicatriza nunca... Eu já vivi isso e choro ate hoje...
A melhor forma é nunca deixar faltar nada... Diga às pessoas que ama, que elas são importantes, que sente saudade, cuide com amor, carinho, proteja, seja presente.. Por mais difícil que seja essa transição, é a forma da qual nosso coração se conforta...
O amor, sentimento e o prazer do dever cumprido...

OTTHON KNUST

Tarde da noite, em reflexão assim me vem na mente à imagem de um anjo de asas cálidas, de feição tênue.
A imagem que vejo é o reflexo de um sonho de infância, de quem sempre quis ter ao meu lado.
Não poderia me negar a esse amor, não poderia me privar de tê-la comigo.
Love, leve, livre, não latente e para sempre.
Infinitamente devotado a esse amor.
Nitidamente a felicidade sorri para mim, em uma nova fase da minha vida, por novos objetivos, numa nova vida.

André de Paula Viana

REFLEXÃO
Ela: você ainda vai me amar quando estiver com a pele lisa e enrugada;
Ele: você ainda vai me amar quando estiver com espinhas ou cravos;
Complemento: sempre nos amaremos não importa a nossa idade, trocaremos experiências, viveremos momentos, iremos aproveitar a companhia um do outro e juntos buscaremos a nossa felicidade!

Elberfran Oliveira

Uma Guerra Moral

UMA BREVE REFLEXÃO PARA ENTENDER AS CONTENDAS DE DEUS COM O HOMEM PECADOR

Não se trata de uma batalha física. Não é uma guerra ao molde dos homens, com canhões e mísseis.
Se fosse algo de ordem de mera conquista de territórios, ou de se submeter uma nação ao jugo da servidão, Deus poderia fazê-lo com um simples sopro de Sua boca.
Se quisesse destruir toda a humanidade de sobre a face da terra, poderia fazê-lo num único instante.
Mas nunca foi este o seu objetivo na contenda que tem com a humanidade pecaminosa.
Sua guerra é de cunho moral e de santidade.
Sua vitória está em conduzir o homem decaído no pecado, à Sua própria santidade.
As batalhas desta guerra são empreendidas para submeter o mal e estabelecer o bem, não no exterior, mas no coração de cada pessoa.
As armas são espirituais: oração, louvor, pregação da verdade.
O campo de batalha é o coração humano.
O motivo da guerra é o amor de Deus pela humanidade criada por Ele, para viver no amor, na justiça e na verdade.

Silvio Dutra

estava aqui pensando, ja que é fim de ano, tempo de reflexão, de mudança... eu decididamente resolvi mudar...
que coisa mais sem graça que é beber, pra que???? pra fazer um monte de asneiras, ficar bebada e curtir muita ressaca depois????? é isso mesmo que eu quero pra mim e pra minha vida???? definitivamente não... quero sim um ano novo sem alcool, sem cigarros, sem asneiras... esse vai ser meu ano, minha mudança, ja chega de deixar uma coisa tão besta me dominar... não quero mais!!!!
FELIZ ANO NOVO PRA MIM!!!!

jordana minelly

Reflexão
As pessoas para defenderem seus interesses, se disfarçam de cordeirinhos e depois que conseguem o que querem revelam sua verdadeira personalidade. Quando precisam de alguém, sabem tratá-los com cortesia, solicitude e até se dizem solidários. Depois.., depois que tiram as máscaras e revelam quem realmente são, simplesmente ignoram tudo e a todos, isso só por achar que alcançaram os seus objetivos. Mas se esquecem que o formato do mundo é como de uma bola e que aqueles que eles menosprezam, também um dia ficarão por cima, pois o mundo gira e isso é só questão de tempo. Quem planta maus frutos, colherá maus frutos e quem semeia discórdia a de disseminar discrepância.
Não podemos usar as pessoas como se fossem apenas máquinas de engrenagem, muito pelo contrário, devemos valorizá-las contemplando-as de acordo com o seu merecimento individual e intransferível.
Aqueles que não pensam assim, carregam consigo uma ambição egocêntrica em que só ele acha ter direitos, mas o mundo gira em torno de si próprio e para todos. A natureza não faz acepção de pessoas e libera o oxigênio de igual para todos, todos sem exceção podem contemplar a luz do dia e o anoitecer, sendo privilegiados em poder respirar.
Devemos respeitar o próximo assim como gostaríamos de ser respeitados. Na medida em que nos esforçamos, conseguimos os nossos espaços, não precisamos prejudicar ninguém para sermos reconhecidos, basta demonstrarmos competência e confiança, em tudo o que fizermos.
Por: H.A.A

Hélio Aparecido de Assunção

Apenas uma reflexão.

Eu posso ter defeitos, me irritar, errar.. Sou humano. Mas comparo meu amor, minha vida amorosa a uma empresa.

Toda empresa precisa de marketing, conquistar bem o cliente e posteriormente saber cultivar esse cliente, administrando para não chegar a falência. Para isso o proprietário precisa vender a sua marca honestamente, compreender a necessidade do bom atendimento e pensar no futuro da sua empresa.

Toda empresa tem seus altos e baixos e para um bom futuro precisar administrar cuidadosamente, se dedicando, encarando desafios, abaixando a cabeça no momento certo e ate mesmo começar do zero!

Mais para uma empresa de sucesso não ir a falência, precisa ter humildade em primeiro lugar, para aceitar os erros, compreender o valor desta empresa perante a sua vida, principalmente mudar atitudes, inovar as opiniões e permitir-se crescer novamente.

Traduzindo

Todo homem/mulher que quer ter um bom relacionamento, amar, viver feliz, precisa ser ele mesmo, precisa saber "vender" suas qualidades e defeitos. Precisa conquistar o coração da pessoa amada e posteriormente cuidar, sabendo administrar essa conquista para não perder.

Todos os relacionamentos existem altos e baixos. Mais para tudo dar certo é necessário ser cuidadoso, ser humilde, encarar esse desafio, aceitar os erros, compreender o valor da pessoa amada em sua vida. Mudar de atitudes, inovar as opiniões e permitir-se recomeçar.

Temos como instinto perder para dar valor, mas eai você gostaria de ir a falência?

Pense nisso.

(Vinicius Faria)

Vinicius Faria Louro

Princípios Morais.
Hoje vamos fazer uma reflexão....
Todos andamos por ai...reclamando do mundo em que vivemos....das pessoas que nele vivem...dos políticos ....da inflação...
Mas vamos fazer uma análise sobre as nossas atitudes...as mais simples...
Como reagimos quando somos lesados...quando esquecemos algo em algum lugar e voltamos para buscar e lá não está mais...quando não recebemos o que nos devem...quando somos cortados no trânsito por um motorista apressado...e outras perguntinhas basicas que cada um pode se fazer...
Agora mudemos o foco da pergunta...o que fazemos quando achamos algo de valor ....quando recebemos o troco errado para mais....quando alguém esquece de nos cobrar uma dívida...quando estamos com pressa no trânsito....e outras perguntinhas mais...
Então....qual é nossa resposta...ficamos felizes quando achamos algo de valor...ou o troco errado....ou devolvemos o que encontramos ou o que recebemos a mais...
Bem ....dependendo de sua resposta podemos dizer que talves possamos nos comparar com os políticos do nosso país....corruptos....que não se constrangem em tirar do bolso do trabalhador para usufruir de uma vida farta...
Bem ....se temos atitudes parecidas com os políticos ...então isso significa que não temos moral ...assim como eles...pois não existe meia moral...vc tem ou não...
Não devolver o troco errado...ou o que vc encontrou tbm é roubo....
O que ensinamos aos nossos filhos ...com nossos exemplos....a boa moral ou a lei do levar vantagem!!!!
Pensemos nisso...analisemos as nossas atitudes antes de condenar a dos outros!!!!

Irene Herman

UMA REFLEXÃO SOBRE
HUMILHAÇÃO OU PERSEGUIÇÃO NO TRABALHO

Ele põe num lugar alto os abatidos; e os que choram são exaltados à segurança.
Jó 5:11

É praticamente impossível não passarmos por uma humilhação ou perseguição nesta vida, mas no ambiente de trabalho é um dos locais mais ocorre esta maléfica pratica.
Fico indignado como existem pessoas capazes de fazer qualquer coisa pra subir de cargo ou ser bem visto pelos superiores. Melhor dizendo, pelos maus superiores, pois líderes competentes abominam esse tipo de atitude.
Um verdadeiro líder analisa o potencial pelas atitudes e comportamento de seu subordinado sem se ater ao “disse me disse”.
Estes são profissionais desequilibrados, incompetentes e medrosos que praticam tais arbitrariedades, coagindo pessoas a situações incompreensíveis e muitas vezes descabidas.
Profissionais (se é que podemos chamar de profissionais estas pessoas), que vivem a caluniar,
difamar e menosprezar as pessoas em seu trabalho.
Esquecem que tudo passa nesta vida, seu tempo acaba seu cargo não é para sempre, suas artimanhas e mentiras se tornam sem efeito, e estas mesmas pessoas voltam ao seu ostracismo e sem importância perante os outros. Não entendem que como subiram, um dia vão descer, é a lei da vida, de Deus.
Muitos dos profissionais atacados permanecem no emprego porque realmente necessitam e temem o desemprego. E se já possuem uma baixa autoestima a tendência é produzir cada vez menos e instintivamente há reflexo em seus lares vida escolar ou acabam adoecendo.
Já sofri muitas humilhações na minha vida, isso me acarretou vários problemas na época, aprendi na marra a separar pessoas de “pessoas”.
Tem funcionário (a) que por medo da competência profissional do colega ou da sua desenvoltura ou carisma, se sente ameaçado e faz de tudo para destruir o seu “adversário”. Promovendo intrigas, inventando provas, forjando situações para prejudicar e humilhar.
Funcionário mais antigo se achando no direito de “pisar” nos mais novos. Chefes (a) que não possuem a menor competência pra chefiar subestimando seu subordinado.
Neste quadro que descrevo Vejo pessoas infelizes e desmotivadas, por que não dizer robotizadas.
Pessoas que não querem ir para seu trabalho, é um esforço tremendo ir trabalhar, sem brilho nos olhos, sem garra, sem espírito de equipe... Pessoas desvalorizadas e sem a menor motivação de produzir. Como se apertasse um botão e tudo sai no automático!
É assim que o funcionário perseguido trabalha, ele executa suas funções, mas sem interesse e sem comprometimento com o que esta fazendo. Sabe que por mais que faça, sempre vai ser desvalorizado.
Muitas vezes os créditos de seu trabalho bem feito e dados a quem menos fez e não fez por merecer.
É um absurdo essa relação desigual entre chefes (a) e funcionários, Quem veste uma camisa fedida e rasgada com prazer? Então, como podemos vestir a camisa de uma Empresa que não valoriza seus funcionários?
Se o funcionário não se adequar a vaga, treine-o, invista nele, mostre que ele é importante. Mas, não o maltrate! Ninguém tem esse direito.
Dê a seus subordinados, dignidade e valor, ai podem exigir excelência no trabalho. Nada mais do que justo.
As Pessoas e profissionais que estão passando por esta situação eu deixo uma simples reflexão:
Amigo (a), você batalhou pra chegar até onde está, porque vai parar por aí e deixar pessoas te pisarem?
Por medo de ficar desempregado?
Sinceramente, se não pode erguer sua cabeça agora e se impor neste trabalho, seja com colegas ou chefes (a), nunca mais o fará.
Pior será se adoecer. Sim adoecer, a submissão cotidiana adoece e faz cair a sua autoestima e seu trabalho.
Local de trabalho não é sua 2ª CASA e nem O MELHOR LUGAR DO MUNDO, ali você tem colegas de trabalho e não amigos DE CONFIANÇA! Com certeza irá surgir alguns amigos ao longo de sua vida, mas isso vem com o tempo. Ali o lema é TRABALHAR.
Lute! Busque seu espaço, e façam te respeitar. Procure ser sempre honesto e correto com em seu trabalho, não perca a tua razão nunca. Leia os teus direitos trabalhistas e teus deveres. Aconselhe-se com advogados trabalhistas, se for o caso.
Seja mais sério, mais equilibrado, feche a boca com relação a sua vida particular, seja o melhor profissional de sua área, estude e nunca se deixe abater. Você pode!
Quanto aos chefes (as), banana pra eles, muitos (as) não tem capacidade para estar onde estão. Por isso não se importe com eles, por mais que te prejudiquem, terão o que merecem mais cedo ou mais tarde.
E uma grande verdade é:
Se você não acredita em você mesmo e NO QUE PODE FAZER em seu TRABALHO quem acreditará?
Quanto mais penso sobre este assunto me vem o pensamento que esta em um de nossos blogs e procuro seguir em minha vida
“Acredite que: Coragem, honestidade, sinceridade, fé, esperança, são virtudes gratuitas que depende de seu esforço e comprometimento com sua honra e caráter. Não espere recompensas por estas virtudes, tenha-as por consciência de seu papel neste processo”.

Marcelo MArtins

A Vida de Dayane, e o Bullying!


Tema de ficção, baseada em fatos reais:

Reflexão da autora: Fico muito feliz de saber que muitos professores nas escolas fazem comentários a respeito do assunto, que os alunos já assimilam o que seja errado, que os jornais já se preocupa de irnformar sobre do que realmente se trata o assunto e os perigos, que os pais ensinam seus filhos como deve viver em sociedade e que os filhos já compreendem mesmo pequenio que o Bullying se trata de um assunto muito sério que prejudica o outro...A rede Social está aí para mostrar que uma sociedade deve viver em harmonia e viver as coisas boas e as coisas ruins que devem ser isoladas!
Bullying
Bullying


Uma menina bonita que nasceu em uma família bem estruturada, sua vida de neném foi bem paparicada. A tia de Dayane fazia todos os gostos da criança de colo, quando a menina chorava querendo passear a tia levava a garotinha para dar um passeio nas vendas, na rua, nos jardins, nos parquinhos e as duas se divertiam.
Depois do passeio Dayane voltava para casa feliz, sua mãe já as esperavam com a mamadeira feita e a garotinha só comia e dormia depois de um banho.
O tempo foi passando a dengosa já uma menina de sete anos foi para a escola, lugar onde gostava de brincar com as amigas, logo na pré escola encontrou um desafio, a professora não gostava da menina, fez todos os relatórios contra a garota, dizia que a Dayane era suja, era feia e que não era capaz de aprender, sendo que a garota entrou na escola já sabendo a ler e a escrever, sofreu e foi vítima de Bullying na escola pela sua primeira professora.
Logo a mãe dela a transferiu para outra escola ,quando passou para a primeira série , já com seus oito anos de idade achou a alegria em outra escola, era respeitada pela professora e pelos coleguinhas, era muito inteligente tirava boas notas. Logo a professora adoeceu e foi substituída por outra, começou novamente a implicância da novata professora, foi novamente vítima de agressões, empurrões e até foi apertada várias vezes em seu rosto, sofreu muito tempo até a mãe interferir e contar a agressão na secretaria e a professora foi transferida , a felicidade novamente volta a reinar na vida da garota até ser transferida para outro colégio.
Demorou e já na quinta série no colégio novo foi uma maravilha até a sétima série e foi transferida para outro colégio onde conheceu seu primeiro amigo e algumas amigas.
Tudo era boemia até a moça mudar para o Ensino médio, começou a namorar com o garoto que era seu amigo, passou um tempo começaram as desconfianças, as brigas e por parte da menina que dizia ser amiga da Dayane.
Um certo dia Dayane resolveu ir na casa de seu namorado e avistou sua amiga saindo da casa de seu namorado, na qual o próprio ficava sozinho naquele horário, pois seus pais trabalhava e só chegava a noite.
Depois desse tempo terminou com seu namorado e a garota que se dizia amiga começou a rivalizar, dizia que iria tomar todos os namorados de Dayane e que ia fazer feitiços para destruir a vida dela e a vida de Dayane virou uma depressão só.
A Dayane já deprimida, já havia passado dois anos, terminou o colégio e no final do ano no mesmo ano que terminou o ensino médio entrou em depressão, seus pais ficaram desesperados não sabia o que era, até que em delírios ela dizia que odiava a amiga e que ela queria lhe fazer o mal.
Foi uma semana de horrores para a família até que houve a necessidade de ser internada para ser tratada da depressão, começou a tomar os remédios receitados pela doutora e psicóloga e com o carinho da família Dayane se recupera.
Houve um tempo de alegrias, a garota continuou sendo consultada pela médica que sempre a tratou com maior carinho, Dayane é uma menina boa, estudiosa, mesmo com a depressão fez a prova do vestibular e passou para o curso que desejava, só que faltava uma semana para entrar na faculdade,a menina aparece novamente com uma reação estranha, retornou ao hospital onde ficou internada por um tempo.
Depois que saiu já com a faculdade trancada, fez novamente a prova e passou para Letras e logo não fechou turma e Dayane foi transferida para o curso de Pedagogia, fez o primeiro semestre mesmo tomando os medicamentos e ainda sonolenta dos remédios.
Quando foi para fazer o segundo semestre a garota teve uns três dias de alterações por falta de seus medicamentos antigos e a Doutora passou novos medicamentos onde ela se estabilizou depois dos três dias.
Só que a coordenadora do curso chamou a mãe de Dayane dizendo que a garota não tinha condições de permanecer na faculdade e que a garota estava andando com mochila nas costas, sem dúvida "Quiz" dizer que a garota era um risco para a faculdade , a turma já olhava a garota com desprezo, com medo, parecia que era um terror ter uma garota doente, com depressão na faculdade... Coitada de Dayane, a mãe não soube agir naquele momento e foi lá e trancou a faculdade da menina... passou uns três dias Dayane já estava bem e nunca mais teve crises novamente, foi só naquele momento por causa do medicamento... A garota é uma menina boa, estudiosa, hoje está estudando para fazer o vestibular, trabalha com sua família, todos seus familiares preocupados com o futuro da moça ... hoje está com dezenove anos, tem amigos, está bem, tem uma paquera... Foi vítima de pessoas de más de coração, sofreu o Bullying na escola e na faculdade por parte de alguns colegas e alguns professores que fizeram parte de toda vida escolar de Dayane.... E hoje encontra-se recuperando de tudo isso , houve uma melhora muito significativa , está pronta para uma nova vida, e Deus vai ajudá-la conseguir sucesso em sua vida pessoal e profissional, para isso tem contado com muitas pessoas que são verdadeiros amigos.

Uma alerta: As vezes uma pessoa falar para o outro o que não sabe prejudica o outro, isso também é considerado Bullying,como os boatos que contaram para a coordenadora do curso que Dayana fazia, logo tudo foi interpretado diferente do que realmente foi, hoje a garota sofre as consequências dos boatos por não está estudando e até acanhada por ter sofrido pelo desprezo.
Sendo que uma pessoa não tem mais o direito de ficar doente?E de uma doença que está sendo tratada, Dayane não tem sequelas sérias , como problemas mentais, se recuperou da depressão. Ficar doente não é motivo de uma pessoa ser vítima de Bullying, quando estamos doentes temos que ser tratados e com carinho e não com desprezo por estar doente com depressão!

Um pouco sobre o Bullying
Bullying
"espalhar comentários;
recusa em se socializar com a vítima;
intimidar outras pessoas que desejam se socializar com a vítima;
ridicularizar o modo de vestir ou outros aspectos socialmente significativos (incluindo a etnia da vítima, religião, incapacidades etc)."
Bater, intimidar, rejeitar, falar mal, fazer o mal, fazer a pessoa sujeitar o que não deve e existe inúmeras coisas que pode ser considerado Bullying...

Adaildes Alves Moreira

''Para sempre'' é um termo que sempre me eleva ao estado de reflexão.
E sempre que eu procuro tal significado,
encontro-me à um pensamento em vão.
Vão este, que desde o sempre,
e para sempre
(mesmo que eu não saiba o quanto tempo dure,
mas creio que seja tempo o suficiente)
deixa-me na angústia da incerteza.
Depois de tanto pensar, o ''sempre'' me veio como um tempo sem tempo algum.
Um tempo que às vezes dependerá do destino ou às vezes da sua própria condição.
Se vai além da vida, se fica por aqui,
se ultrapassa distâncias, ou morre na saudade,
se nasce do amor e se perde na ilusão,
se dura pouco tempo ou nem mesmo chega a acontecer...
Mais uma vez, pensamentos em vão.
''Para nunca'' mais pensar no ''para sempre''.
E ''para nunca'' mais criar-se confusão, paro por aqui.
Paro de repetir isto, pois a repetição acaba num ''sempre''
e de ''sempre'' já estou farta.
Não se ouve mais isso, não se fala mais nisso.
Parei,
e para sempre!

Renata Soares.

Minha reflexão sobre Felicidade...

Felicidade é algo que sentimos quando algo de muito bom acontece em nossas vidas. Pode ser aquela notícia gostosa que recebemos, aquele abraço gosto de um amigo, aquele beijo gostoso do companheiro ao despertar, não importa o momento ou com quem, ela bate em nossa porta sem pedir licença e não nos importamos com isso não é verdade? Mas para que isso aconteça precisamos estar receptivos a ela, trabalhando nossa vida para que cada dia essa felicidade possa invadir nosso interior. Você se fez essa pergunta hoje: eu estou abrindo a minha porta para a felicidade? Difícil não é verdade? Mas nunca é tarde para começar! Então deixe que ela entre e faça das dificuldades apenas obstáculos superáveis e não muralhas na qual a cada dia colocamos em cima um concreto de problemas dificultando mais ainda sua destruição. Atente-se ao poder que a felicidade tem em sua vida quando você a permite que entre e verás que qualquer problema é superável quando se está feliz. Procure fazer coisas que o deixe feliz e não sentirá ao final do dia o amargor dos problemas que passou por você, pois a felicidade é tão superior a qualquer problema que eles são insignificantes quando estamos de bem com a vida.

Tuca Neves

UM HOMEM FEMININO

Hoje decidi ter um breve momento de reflexão a respeito de quem de fato sou. Foi então que percebi que distante tocava uma música, a qual mal se podia ouvir, e nela Pepeu Gomes catava:

"...ser um homem feminino não fere o meu lado masculino..."

Analisando por esse prisma descobri mais um pouco de mim. Descobri que dentre tantos que posso ser...

Sou um pouco da irreverência de Dona Dora,
Com uma expressiva dose da arrogância de Raquel,
E por que não com um pouco, ou muito, da inconsequência de Aline...

Sou um pouco da beleza discreta de Alessandra,
Que em simbiose funde-se a feiúra indiscreta de Daiane,
E, lá no fundo, talvez eu seja apenas a falsa timidez de Maria...

Sinto-me pequeno e delicado como Katiane,
No entanto sou grande e rude como Marlise,
Perseguindo a perfeição de Patrícia...

Sou os devaneios de Vera,
Com a seriedade lúcida de Letícia,
Na imensidão azul do olhar de Daniely...

Sou muito da exigência de Luciane,
Mas, também sou a displicência de Zélia diante da vida,
Entretanto, sempre buscando a elegância de Cláudia em minhas atitudes...

Sou o caráter inquestionável de Marina,
Mas, há em mim também a imoralidade de Fabíola,
Nunca deixando de lado o recato característico de Carol...

Sou as certezas de Rejane,
E muito das dúvidas de Ana,
Sempre ostentando o acalentador e eterno sorriso de Andréa...

Sou muito de Michele, pois, não sei se sou:
Uma criança já adulta ou um adulto meio criança.
Apenas sei que facilmente posso chorar ou sorrir...

Em mim tenho parte de todas as tristezas de Mônica,
Que dia-a-dia é regada com a amargura de Renata,
Mas, que se tornam insignificantes, pois, sou sobretudo à força de Auria...

Horas sou a falsidade repugnante de Elisandra,
E horas sou a sinceridade divertida de Bruna,
Mas, falso ou sincero sempre com humor de Vanessa...

Sou generoso como o sorriso de Fabi,
Tão egoísta quanto o semblante de Jheny,
E em minha vida há tantas manchinhas quanto há no corpo de Glê...

Sou o grande amor que Carla sente por mim,
Mas, também sou todo o amor do mundo que sinto por Angélica,
Mas, eu queria ser apenas o amor de Karen,
Pois, é necessário dar novo sentido à vida!

Sou essas mulheres especiais. Suas qualidades e defeitos são as minhas qualidades e meus defeitos e as levarei comigo para onde for com muito carinho, pois:

"...ser um homem feminino não fere o meu lado masculino..."


29/11/2011

Alessandro Borba