Texto de Mãe para Filho

Cerca de 2113 texto de Mãe para Filho

se você tem pai,se você tem mãe,se você tem uma casa,se você tem uma comida na mesa,se você tem uma cama limpinha, quentinha,
se você tem saúde,se você enxerga,se você escuta,
se você se supera,se você erra e aprende com seu erro... Aí você é feliz! Aí você tem tudo! Porque
dinheiro e sucesso, não compra tudo não...
O dinheiro compra muita gente, mas não
compra tudo não, ta ligado... Então, quero
que vocês entendam, que o melhor que a
gente pode ter na vida, são as coisas
básicas: é a nossa saúde, é a família, é
um amigo, é um lugar pra viver.. !
É ter no que acreditar, é viver em função
de um sonho...Eu tenho uma alma, que é
feita de sonhos.. !

Chorão (CBJr)

Lerdeza


A frase que o Everton mais ouvia da mãe era "levanta e vai buscar", geralmente seguida de um epíteto, como "seu preguiçoso" ou, pior, "lerdeza". Porque o que o Everton mais fazia, atirado no sofá na frente da TV na sua posição de costume (que a mãe chamava de "estrapaxado"), era pedir para lhe trazerem coisas. Uma Coca. Uns salgadinhos...

- Levanta e vai buscar!

- Pô, mãe.

- Lerdeza!

O Everton já estava com quinze anos e era uma luta convencê-lo a sair do sofá e ir fazer o que os garotos de quinze anos fazem. Correr. Jogar bola. Namorar. Ou pelo menos ir buscar sua própria Coca.

- Esse menino um dia ainda vai se fundir com o sofá...

Everton não queria outra coisa. Ser um homem-sofá. Um estofado humano, alimentado sem precisar sair do lugar. E sem tirar os olhos da TV. E como era filho único, e insistente, sempre conseguia que lhe trouxessem o que pedia. Quando não era a mãe, sob protestos ("Toma, lerdeza, mas é a última vez") era Marineide, a empregada de vinte e poucos anos cujo decote era a única coisa que fazia o Everton desviar os olhos da TV, e assim mesmo por poucos segundos.


***

Um dia, estrapaxado no sofá, o Everton se deu conta de que estava sozinho em casa. A mãe tinha saído, o pai estava no trabalho, a Marineide de folga, e ele sem ninguém para lhe trazer uma Coca, uns chips de batata e uns Bis. Levantar-se e ir buscar estava fora de questão.

Fechou os olhos e concentrou-se. Concentrou-se com força. Depois de alguns minutos, ouviu ruídos vindo da cozinha. A geladeira abrindo e fechando. Uma porta de armário abrindo e fechando. Depois silêncio. Quando abriu os olhos, a Coca, os chips e os Bis pairavam no ar, à sua frente. Ele só precisou estender a mão.
No dia seguinte, Everton testou seu poder recém-descoberto na Marineide, que até hoje não sabe como a sua blusa desabotoou sozinha e seu soutien simplesmente voou longe daquele jeito, e logo na frente do menino. Everton também acendeu a TV e mudou de canais sem precisar usar o controle remoto, e fez um vaso voar pela sala só com a força do seu pensamento. Apagou a TV e ficou, atirado no sofá, refletindo sobre o que significava aquilo. Ele era um fenômeno. Tinha um poder único - fazia as coisas acontecerem apenas pela sua vontade. Contaria aos pais, claro. Eles poderiam ganhar dinheiro com seu poder. O pai saberia como. Ele se transformaria numa celebridade. Cientistas do mundo inteiro o procurariam, sua capacidade extraordinária seria usada em benefício da humanidade. No combate ao crime, por exemplo. Nas comunicações. Na medicina a distância.

***

E se aquilo fosse, de alguma forma, um poder religioso? Até onde a revelação do seu dom milagroso seria um sinal de que ele tinha uma missão a cumprir na Terra? Até onde aquilo o levaria? Fosse o que fosse, uma coisa era certa. Ele teria que sair do sofá.

***

- Mãe.

- Ahn?

- Eu quero daquelas coisinhas de queijo. E uma Coca.

- Levanta e vai buscar.

- Pô, mãe.

- Tá bem. Mas esta é a última vez.

E já a caminho da cozinha:

- Lerdeza!

Luis Fernando Veríssimo

‎"Filha: Mãe, por que as meninas comem chocolate quando algum menino parte o coração delas?
Mãe: Porque o chocolate é doce e faz esquecer o quanto é amargo ter seu coração partido.
Filha: E por que os meninos bebem quando se separam das meninas?
Mãe: Porque a bebida é amarga e faz esquecer o quanto as meninas são doces."

Vanessa Pimentel

mãe
mae transmite toda a sua paixao
do fundo do coraçao
mesmo passando aquele sermao
na necessidade estende a mao

nossa mae traz felicidade
ela e nossa melhor amizade
quando vai embora deixa a saudade
e quando esta presente mostra a lealdade

mae tem os melhores sentimentos
e em cada momento
espresa seu encantamento
e nunca nos deixa no isolamento

quando estamos nos sentindo um horror
la vem ela com todo o seu amor
trazendo o humor
mesmo no momento de dor.

geovana aline santos e silva

Desde que estava no ventre de sua mãe eu já te amava...
O tempo passou e o amor quando é verdadeiro não precisa crescer por que já nasce imenso...
E o meu amor por você é assim até hoje.
Você é especial e linda pessoa de corpo e alma.
Continue assim nos contagiando com seu humor, sua alegria...
Continue nos fazendo acreditar nos sonhos e no arco-íris depois da chuva.

Eloah Bairral

Em certo dia, ele nasceu
Sem pai e mãe, cresceu
Sozinho, sempre viveu
Mas sua vontade de viver nunca morreu.

Sentimentos ainda eram desconhecidos
Talvez, até esquecidos
Por quem, no lugar, do coração
Tinha lugar apenas à razão.

Quando descobriu o amor,
Junto com ele veio a dor
Mas dor que desatina sem doer
Em fogo que arde sem se ver.

Nas palavras, ele imaginava
Alguém que, talvez, o amava
E então, esquecia-se do mundo
Quando mergulhava em outro profundo.

Até que um dia ele a encontrou
Apaixonou-se e muito lhe amou
Para ela, entregou seu coração
Dela, recebeu apenas a ilusão.

Há algo que te deixa mais perdido,
Sem esperanças, muito desiludido,
Tudo ao seu redor não parece ter sentido
Do que o amor não correspondido?

Mergulhado no mar da tristeza,
Turbilhões de pensamentos na cabeça
Encaminhavam-no à direção oposta,
Tentando encontrar uma resposta.

Após curar-se, voltou a adoecer,
Pois sentiu seu coração endurecer
Por não querer mais amar
Para não mais se machucar.

Já catou outras depois dela,
Mas nenhuma igual a ela
Teme não encontrar em outra mulher
O verdadeiro amor que todo homem quer.

E assim ele permanece,
Correndo e caindo, enquanto mais cresce
Porque a vida não é perfeita
Só espera, de você, ser feita.

Saber aproveitá-la usando a inteligência
Sem preguiça mental e impaciência
Buscar a evolução intelectual
Livrar-se dos caminhos do mal.

Quanto ao tal amor?
Leve-o aonde você for
Sempre dê prioridade à razão,
Mas também escute seu coração.

O herói imaginário finaliza sua história
Ora triste, ora insatisfatória
Infelicidade não é o tema
Para quem tem a liberdade como lema.

Laércio Monteiro

“Amor de mãe”


Mãe
Estou
Aqui
Simplesmente
Para
Te
Dizer
O
Quando
Você
Lutou
Para
Cuidar
De
Mim...

Mesmo
Estando
Longe
Sentia
Você
Cada
Vez
Mas
Perto
De
Mim
E
Agora
Que
Voltei
Pra
Casa
Peço
Desculpas
Por
Ter
Partido
Cedo
Mas
Quero
Que
Saiba
Pois
Eu
Voltei
E
Não
Tem
Nada
Melhor
Neste
Mundo
Do
Que
Um
Amor
De
Mãe.

Érick_Lorenzo

ORAÇÃO DE MÃE

Deus de Infinita Bondade!
Puseste astros no céu e colocaste flores na haste agressiva... A mim deste os filhos e, com os filhos, me deste o amor diferente, que me rasga as entranhas, como se eu fosse roseira espinhosa, que mandasse carregar uma estrela!...
Aceitaste minha fragilidade a teu serviço, determinando que eu sustente com a maternidade o mandato da vida; entretanto, não me deixes transportar, sozinha, um tesouro assim tão grande! Dá-me forças, para que te compreenda os desígnios; guia-me o entendimento, para que a minha dedicação não se faça egoísmo; guarda-me em teus braços eternos, para que o meu sofrimento não se transforme em cegueira.
Ensina-me a abraçar os filhos das outras mães, com o carinho que me insuflas no trato daqueles de que enriqueceste minh’Alma!
Faze-me reconhecer que os rebentos de minha ternura são depósitos de tua bondade, consciências livres, que devo encaminhar para a tua vontade e não para os meus caprichos. Inspira-me humildade para que não se tresmalhem no orgulho por minha causa. Concede-me a honra do trabalho constante, a fim de que eu não venha precipitá-los na indolência. Auxilia-me a quere-los sem paixão e a servi-los sem apego. Esclarece-me para que eu ame a todos eles com devotamento igual.
No entanto, Senhor, permite-me inclinar o coração, em teu nome, por sentinela de tua bênção, junto daqueles que se mostrarem menos felizes!... Que eu me veja contente e grata se me puderem oferecer mínima parcela de ventura, e que me sinta igualmente reconhecida se, para afagá-los, for impelida a seguir nos caminhos do tempo, sobre longos calvários de aflição!...
E, no dia em que me caiba entregá-los aos compromissos que lhes reservaste, ou a restituí-los às tuas mãos, dá que, ainda mesmo por entre lágrimas, possa eu dizer-te, em oração, com a obediência da excelsa Mãe de Jesus:
"Senhor, eis aqui tua serva! Cumpra-se em mim, segundo a tua palavra!...

MEIMEI

(Página recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, em reunião da Comunhão Espírita Cristã, na noite de 22 de março de 1964, em Uberaba, Minas).

Francisco Cândido Xavier

MÃE, todas as coisas que eu sempre quis dizer...

Em resumo seria apenas uma palavra: OBRIGADO.
Hoje eu quero agradecer, por tudo, desde o dia que eu concebida até os dias de hoje.
Então vou começar agradecendo por ter me dado à luz da vida, por ter me acalentado quando criança, agradecer por nunca ter me abandonado, agradecer por ter segurado as minhas mãozinhas pra que eu aprendesse a andar, por ter me dado carinho, por sarar todos os “dodóis” com um soprinho... Quero agradecer por ter me dado um lar, por ter passado todas as dificuldade, que eu sei que você passou, comigo nos braços e sem pensar em desistir.
Mamãe, hoje eu quero dizer muito obrigada por ter sido presente em todas as noites que eu tive pesadelos e você esteve lá me dizendo que era só um sonho ruim... Obrigado muito mesmo por ter me levado dia após dia de baixo de sol e de chuva pra escola... E hoje que “acho ser crescida o suficiente quero dizer-lhe”:
– EU TE AMO MÃE, muito mesmo... E juro que entendo todas as vezes que você me perguntou aonde eu ia com quem ia e que horas eu voltaria... Porque hoje eu entendi que essa era uma forma de você se preocupar comigo e de me proteger.
Também entendo e respeito todas aquelas crises de silêncio que tanto me irritavam... Lembra-se, eu falava com você e você fingia que não me ouvia... Tudo bem mãe, hoje eu sei que essa atitude foi uma forma que você encontrou para protestar e dizer que não concordava com as minhas atitudes, principalmente diante de “amigos” que não eram boa companhia.
Obrigado por ter insistido sempre para que eu dissesse a verdade... Apenas a verdade, mesmo que isso tenha me tornado franca além do limite.
Obrigado por ter me ensinado a não pegar nada que é dos outros, e me fazer devolver no outro dia, mesmo que fosse um lápis todo mordido, pequeno e estragado.
Mãe eu te amo, obrigado por ter me ensinado a limpar, cozinhar, arrumar minha cama, ter responsabilidade com meu cachorro, lavar banheiro... E todas estas coisas que eu sempre detestei fazer, mas você com jeitinho “e com o chinelo na mão” sempre me (convenceu) dizendo que eu tinha que aprender, pois não te teria pra sempre!
Obrigado por permitir que eu já saísse sozinha aos 15 anos, com isso pude aprender que a confiança é uma troca e que se eu fizesse alguma coisa de errado ia perder minha liberdade, por isso sempre consegui distinguir o que era certo e o que era errado. E graças a você e a Deus eu nunca me envolvi com drogas, com roubo, ou atos de vandalismo e não fui presa por nenhum crime.
MÃE, eu te amo muito e tenho muito orgulho de você ter sido sempre essa mulher forte e de fibra, e que mesmo com o coração em pedaços, raríssimas vezes deixou escorregar lágrimas pelo seu rosto... Mas eu sei que escondida já chorou muito pelas decepções que eu te causei.
MÃMÃE, EU TE AMO, obrigada por ter me ensinado sobre responsabilidade, por que sei que muitas coisas, das quais você permitiu que acontecesse foi pra me mostrar através das minhas ações, que as penalidades existem e são duras, mesmo que muitas dessas coisas tivessem partido seu coração.
E eu te amo por tantas as vezes que você me disse NÃO, na hora eu não gostei, protestei, muitas vezes gritei com você, te chamei de chata, enjoada e cheguei a dizer que te odiava, mas era tudo da boca pra fora, porque no fundo eu te eu TE AMAVA, e sei que você foi e sempre será a melhor pessoa e a única capaz de saber o que é bom pra mim.
E hoje eu entendo tudo, mesmo porque me vejo do lado de cá, como mãe perguntando as mesmas coisas pro Fernando e pro Eduardo, torrando o saco deles, ditando regras, forçando a comer frutas e verduras, brigando pelo bem deles, dizendo NÃO e ganhando cara fechada, querendo saber as notas da escola, quem são os amigos, etc. e sei que nessas horas eles imaginam ter a mãe mais má do mundo, porque também já estive do lado de lá... Mas sei também que quando crescerem e tornar maduros o suficiente e então entenderão que eu o que eu fiz e faço e apenas por amor e serão eternamente gratos a mim, como eu sou e sempre serei eternamente Grata a ti...
OBRIGADO por tudo... EU TE AMO DEMAIS!!!

Leleli Santos

Quando eu era apenas um garotinho,
minha mãe costumava me dizer umas loucuras
Ela falava que meu pai era um cara mau,
ela me falava que ele me odiava.
Mas então fiquei um pouco mais velho e percebi
que ela que era a louca.
Mas não tinha nada que eu podia fazer ou dizer para tentar mudá-la,
porque esse é apenas o jeito que ela era.

Eminem

AMOR DE MÃE




Um anjo desceu à terra...
Para escolher a coisa mais linda, mais preciosa e mais pura para apresentar a Deus.

Primeiro desceu sobre um jardim e escolheu as mais belas e perfumadas flores.
Depois voou para outro lugar, onde viu uma criança sorrindo.
E colheu aquele inocente sorriso infantil.

Continuou viajando por outras partes do mundo, sempre procurando o que fosse mais belo e precioso.

Já estava para voltar quando olhou através de uma janela e viu a mãe ninando seu filho.
E resolveu levar para o céu também aquele gesto de mãe.

Voou, voou e assim voltou com as lindas coisas que colhera na terra.
Mas que surpresa!!!
Verificou que as lindas e perfumadas flores haviam murchado...

E o sorriso da criança perdera a bela inocência ...
Então, com todo o cuidado, pegou O AMOR DE MÃE...
Estava intacto!!!
Permanecera belo, terno, suave.

O Amor de Mãe é perene, inabalável; tudo suporta,
tudo supera.
Mãe é a mão que conduz,
o anjo que vela...
Mãe é AMOR.

Enquanto houver mães na terra, Deus estará abençoando o homem com a oportunidade de alcançar a meta da perfeição que lhe cabe.
Fênix Faustine

Fênix Faustine

Mãe, quando eu comecei a escrever esta carta, usei a pena do carinho, molhada na tinta rubra do coração ferido pela saudade.

As notícias, arrumadas como perólas em um fio precioso, começaram a saltar de lugar, atropelando o ritmo das minhas lembranças.

Vi-me criança orientada pela sua paciência. As suas mãos seguras, que me ajudaram a caminhar.

E todas as recordações, como um caleidoscópio mental, umedeceram com as lágrimas que verteram dos meus olhos tristes.

Assumiu forma, no pensamento voador, a irmã que implicava comigo.

Quantas teimas com ela. Pelo mesmo brinquedo, pelo lugar na balança, por quem entraria primeiro na piscina.

Parece-me ouvir o riso dela, infantil, estridente. E você, lecionando calma, tolerância.

Na hora do lanche, para a lição da honestidade, você dava a faca ora a um, ora a outro, para repartir o pão e o bolo.

Quantas vezes seu olhar me alcançou, dizendo-me, sem palavras, da fatia em excesso para mim escolhida.

As lições da escola, feitas sob sua supervisão, as idas ao cinema, a pipoca, o refrigerante.

Quantas lembranças, mãe querida!

Dos dias da adolescência, do desejar alçar vôos de liberdade antes de ter asas emplumadas.

Dos dias da juventude que idealizavam anseios muito além do que você, lutadora solitária poderia me oferecer.

Lágrimas de frustração que você enxugou. Lágrimas de dor, de mágoa que você limpou, alisando-me as faces.

Quantas vezes ouço sua voz repetindo, uma vez mais: “tudo tem seu tempo, sua hora! Aguarde! Treine paciência!”

E de outras vezes: “cada dia é oportunidade diferente. Tudo que você tem é dádiva de Deus, que não deve desprezar.

A migalha que você despreza pode ser riqueza em prato alheio. O dia que você perde na ociosidade é tesouro jogado fora, que não retorna.”

Lições e lições.

A casa formosa, entre os tamarindeiros assomou na minha emoção.

Voltei aos caminhos percorridos para invadi-la novamente, como se eu fosse alguém expulso do paraíso, retornando de repente.

Mãe, chegou um momento em que a carta me penetrou de tal forma, que eu já não sabia se a escrevera.

E porque ela falava no meu coração dorido, voei, vencendo a distância.

E vim, eu mesmo, a fim de que você veja e ouça as notícias vibrando em mim.

Mãe, aqui estou. Eu sou a carta viva que ia escrever e remeter a você.

Entre as quadras da vida e as atividades que o mundo o envolve, reserve um tempo para essa especial criatura chamada mãe.

Não a esqueça. Escreva, telefone, mande uma flor, um mimo.

Pense quantas vezes, em sua vida, ela o surpreendeu dessa forma.

E não deixe de abraçá-la, acarinhá-la, confortar-lhe o coração.

Você, com certeza, será sempre para ela, o melhor e mais caro presente.

Autor (Equipe de Redação do Momento Espírita a partir do cap. XVI do livro Pássaros Livres do Espíri

Por perdoar.

Semana retrasada, minha mãe novamente me pos a força para ler uma leitura em frente a todos na igreja durante a missa. Gosto de ler as palavras da Biblia, a maioria das histórias me fazem refletir. Mas confesso que tenho uma enorme vergonha de ler segurando um microfone na frente de mais cinquenta pessoas.

Começo lendo bem, pausadamente, mas de repente eu erro uma palavra. E então, não tem jeito, vou lendo rapidamente, atropelando palavras e gaguejando. Não consigo respirar, aquilo me sufoca e quase caio dura no chão de tanta vergonha.

Há anos atrás, quando tinha entre oito e onze anos, lia direto na igreja por vontade própria. Incrível como as crianças não tem vergonha de nada – pelo menos, eu não tinha. Queria ser ainda aquela criança prestativa, corajosa e um tanto quanto desmiolada.

Porém, naquela missa, eu pela primeira vez há longos anos, consegui ler a leitura inteira sem errar. Desci do altar como uma campeã, era impossível esconder o sorriso de ter feito um bom trabalho. Voltava a ser a criança destemida que não tinha medo do público... O ato de ler a leitura inteira sem errar, me fez ficar tão alegre, que pela primeira vez, novamente há longos anos, prestei atenção na homilia inteira do Evangelho. A explicação do Evangelho daquela noite, me fez pensar em várias coisas...

Contava o Evangelho que Jesus iria almoçar na casa de um homem. Ao chegar lá, uma mulher pecadora, derramou lágrimas, beijou e perfumou os pés de Jesus. O homem, dono da casa, pensou: “Será que ele não sabe que ela é pecadora?”, e Jesus falou: “Havia dois empregados que tinham uma dívida com um patrão, um devia quinhentas moedas e o outro, cinqüenta. Como não tinham com o que pagar, o patrão resolveu perdoá-los. Qual dos dois empregados se sentiu mais agradecido?”, o homem respondeu: “O que devia mais”. Então Jesus disse: “Isso mesmo. Você está vendo esta mulher? Quando entrei, você não me ofereceu água para lavar os pés, porém ela os lavou com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Você não me beijou quando cheguei; ela, porém, não pára de beijar os meus pés desde que entrei. Você não pôs azeite perfumado na minha cabeça, porém ela derramou perfume nos meus pés. Eu afirmo a você, então, que o grande amor que ela mostrou prova que os seus muitos pecados já foram perdoados. Mas onde pouco é perdoado, pouco amor é mostrado.” – Virou a mulher e disse: “A sua fé lhe salvou”. – É claro, que não foi exatamente estas as palavras do Evangelho, não tenho a capacidade de lembrar tudo. Mas foi este o sentido.

E é exatamente isso. Aquele que errou a vida inteira, e foi perdoado, será mais grato do que aquele que errou apenas uma vez e foi perdoado. Porém, para ser perdoado, temos que estar realmente arrependidos. – Mas, hoje, o grande desafio não é se arrepender. É perdoar.

O ser humano parece programada para dizer “não”. O orgulho parece ser o dono do mundo, e as pessoas dependem dele. Vejo que muitas vezes, a vontade é de perdoar, mas a humilhação que isso poderia causar torna-se a concretizar a resposta: “não”.

E há tantos dias pensando sobre isso, tenho poucas palavras a escrever. As palavras que li uma vez em uma mensagem de Pe. Fábio de Melo: “Diga-me quem mais perdoas-te, que eu lhe direi quem mais amas-te nesta vida!”. Quando amares de verdade, seja teus pais, filhos ou esposa, aí sim entenderás o que é o perdão. Só não cometa o pecado de possuí-lo e não repassá-lo.

Gabriella Beth Invitti

Sou a saudade de uma conversa no fim de tarde com o meu avô. A saudade do colo da minha mãe, a saudade da risada do meu pai. Sou ficar tentando lembrar do que eu sonhei toda manhã. Sou a saudade dos meus amigos da adolescência, das escolas onde estudei e dos professores que tive. Sou a saudade de pessoas que eu amei muito e que se foram. Sou a vontade de voltar a ser uma menina quando canso de ser adulta, e sou o orgulho de ter vencido até aqui. Sou uma eterna á procurar o lado bom da situação. Quando não temos nada de prático nos atazanando a vida, a preocupação passa a ser existencial. Pouco importa de onde viemos e para onde vamos, mas quem somos é crucial descobrir. Sou a soma de tudo isso, e infinitamente mais. E sou toda coração. Toda. E além de tudo isso, sou eu mesma. E gosto demais de saber quem eu sou de verdade...
E você, quem é ???

Bárbara Coré

Por que Deus permite que as mães vão-se embora?
Ser Mãe é assumir o lugar de Deus, no dom da criação, da doação e do amor incondicional.
Ser Mãe é abraçar o filho, quando ele tem medo do escuro.
Ser Mãe é acordar no meio da noite, pra dar aquela olhadinha no quarto ao lado.
Ser Mãe é acolher com carinho o filho amado, quando o mundo parece ter virado as costas. para ele.
Ser Mãe e ter um coração enorme pra acolher filhos, marido e netos.
Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não se apaga quando o vento sopra
veludo escondido na pele enrugada.
Mãe coisa mais incrível e perfeita, criada e esculpida por Deus nessa imensidão chamada Mundo...
Obrigada meu Deus pela Mãe que escolhi* , e que o Senhor dê a ela muita Paz, Alegria, Saúde.

Lucia A. M. Santos

PROVÉRBIOS E DITADOS CHINESES

“O fracasso é a mãe do sucesso.”

“Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida.”

“Bondade em balde é devolvida em barril.”

“A mais alta das torres começa no solo.”

“Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.”

“Se você quer manter limpa a sua cidade, comece varrendo diante de sua casa.”

“Cuidado com aquele que tem a língua doce e uma espada na cintura. Um inimigo declarado é perigoso, mas um falso amigo é pior.”

“Quer a faca caia no melão, ou o melão na faca, o melão vai sofrer.”

“Quem a si próprio elogia, não merece crédito.”

“O cão não ladra por valentia, mas sim por medo.”

“Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia. Ensine-o a pescar, e o alimentará para o resto da vida.”

“Temos UMA boca e DOIS ouvidos, mas jamais nos comportamos proporcionalmente.”

“Não importa o tamanho da montanha, ela não pode tapar o sol.”

“Nada assenta melhor ao corpo que o crescimento do espírito.”

“Não há que ser forte. Há que ser flexível.”

“O tempo que passas a rir é tempo que passas com os deuses.”

“Jamais se desespere em meio às mais sombrias aflições da sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.”

“A língua resiste porque é mole; os dentes cedem porque são duros.”

“Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Carácter perdido, tudo perdido.”

“Aquele que se importa com os sentimentos dos outros não é um tolo.”

“Espere o melhor, prepare-se para o pior e receba o que vier.”

“A gente todos os dias arruma os cabelos: por que não o coração?”

“A alegria e a dor não vêm por si; respondem ao chamado dos homens.”

“Antes de dar comida a um mendigo, dá-lhe uma vara e ensina-lhe a pescar.”

“Quando um homem descobre que seu pai tinha razão, geralmente já tem um filho que o acha um errado.”

“Melhor é acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão.”

“Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça, porque não tem solução.”

“A quem sabe esperar, o tempo abre as portas.”

“Escava o poço antes que tenhas sede.”

“Antes de começar o trabalho de modificar o mundo, dê três voltas dentro de sua casa.”

“Aquele que pergunta, pode ser um tolo por cinco minutos. Aquele que deixa de perguntar, será um tolo para o resto da vida.”

“Um homem feliz é como um barco que navega com vento favorável.”

“Ser pedra é fácil, o difícil é ser vidraça.”

“Se comermos menos, degustaremos mais.”

“Quem quer colher rosas deve suportar os espinhos.”

“Um pequeno vazamento eventualmente afunda um grande navio.”

“Sem a oposição do vento, a pipa não consegue subir.”

“Eu estava furioso por não ter sapatos; então encontrei um homem que não tinha pés e me dei por muito satisfeito.”

“Todas as flores do futuro estão nas sementes de hoje.”

Provérbio Chinês

Mãe, como pôde me amar?

"era um planejamento
ou quem sabe um acaso
um profundo sentimento
ou um fruto de um caso
um sinal apareceu
uma semente se formou
raiz que ali cresceu
uma bolsa que cuidou
dia dia se passou
no silêncio apareceu
semente se plantou
a plantinha floresceu
o anônimo acabou
a notícia se meteu
pois a língua divulgou
e alegria apareceu
um choro aconteceu
quando ele me puxou
mas você não sabia
como eu era ou seria
e eu não compreendia
porque de mim já gostou
só vi que me abraçou
e aquilo esquentou
senti forte calor
pelo olhar que dispensou
mas não me conhecia
como pôde dar amor ?
da sujeira me limpou
e o pranto acabou
feliz se tornou
de filho me chamou
uma lágrima derramou
de mim sempre cuidou
nenhum dia reclamou
e pra sempre me amou
por isso Deus te abençoou
mãe,
com palavras te agradeço
pois presentes não tem preço
mas um beijo eu te dou
em cada canto eu te vejo
cada vez que vou ao espelho
pois sou fruto de seu amor"

Rinaldo Pedro

A Força do Amor

Como qualquer mãe, quando Karen soube que um bebê estava a caminho,
fez todo o possível para ajudar o seu outro filho, Michael,
com três anos de idade, a se preparar para a chegada.
Os exames mostraram que era uma menina,
e todos os dias Michael cantava perto da barriga de sua mãe.
Ele já amava a sua irmãzinha antes mesmo dela nascer.
A gravidez se desenvolveu normalmente.
No tempo certo, vieram as contrações. Primeiro, a cada cinco minutos;
depois a cada três; então, a cada minuto uma contração.
Entretanto, surgiram algumas complicações
e o trabalho de parto de Karen demorou horas.
Todos discutiam a necessidade provável de uma cesariana.
Até que, enfim, depois de muito tempo, a irmãzinha de Michael nasceu.
Só que ela estava muito mal. Com a sirene no último volume,
a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary.
Os dias passaram. A menininha piorava. O médico disse aos pais:
"Preparem-se para o pior. Há poucas esperanças".
Karen e seu marido começaram, então, os preparativos para o funeral.
Alguns dias atrás estavam arrumando o quarto para esperar pelo novo bebê.
Hoje, os planos eram outros.
Enquanto isso, Michael todos os dias pedia aos pais
que o levassem para conhecer a sua irmãzinha.
"Eu quero cantar pra ela", ele dizia.
A segunda semana de UTI entrou e esperava-se que o bebê
não sobrevivesse até o final dela.
Michael continuava insistindo com seus pais
para que o deixassem cantar para sua irmã,
mas crianças não eram permitidas na UTI.
Entretanto, Karen decidiu. Ela levaria Michael ao hospital de qualquer jeito.
Ele ainda não tinha visto a irmã e,
se não fosse hoje, talvez não a visse viva.
Ela vestiu Michael com uma roupa um pouco maior,
para disfarçar a idade, e rumou para o hospital.
A enfermeira não permitiu que ele entrasse
e exigiu que ela o retirasse dali.
Mas Karen insistiu:
"Ele não irá embora até que veja a sua irmãzinha!"
Ela levou Michael até a incubadora.
Ele olhou para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida.
Depois de alguns segundos olhando, ele começou a cantar,
com sua voz pequenininha:
"Você é o meu sol, o meu único sol.
Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro..."
Nesse momento, o bebê pareceu reagir.
A pulsação começou a baixar e se estabilizou.
Karen encorajou Michael a continuar cantando.
"Você não sabe, querida, quanto eu te amo.
Por favor, não leve o meu sol embora...
" Enquanto Michael cantava, a respiração difícil do bebê
foi se tornando suave.
"Continue, querido!", pediu Karen, emocionada. "Outra noite, querida,
eu sonhei que você estava em meus braços..."
O bebê começou a relaxar. "Cante mais um pouco, Michael."
A enfermeira começou a chorar. "Você é o meu sol, o meu único sol.
Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro...
Por favor, não leve o meu sol embora..."
No dia seguinte, a irmã de Michael já tinha se recuperado
e em poucos dias foi para casa.
O Woman's Day Magazine chamou essa história de
"O milagre da canção de um irmão".
Os médicos chamaram simplesmente de milagre.
Karen chamou de milagre do amor de Deus.
NUNCA ABANDONE AQUELE QUE VOCÊ AMA.
O AMOR É INCRIVELMENTE PODEROSO.
O amor está em suas mãos...

Colaboração Pedro Cezar

Mãe Pensamento!!!

Longe de você me sinto uma pessoa sem pensamentos...
Ou melhor, não sei me concentrar neles...
Mais aos pensar em você, sinto em mim um alívio que ameniza todos os problemas da vida...
Como queria está ao seu lado, para sentir seu pensamento positivo ao me olhar e dizer coisas boas para mim e me aliviar de todas as coisas má que tenta impedir meu futuro e meus objetivos...
A vida realmente não é só flores, não é só amor, não é só alegria, não é só tristeza, entre outras, a vida é a coisa mais complicada para nós seres humanos chegarmos ao ponto final dela...; sem termos com quem desabafar os nossos dilemas da vida sem pensar em quem nos criou, nos ama e amou para sempre, está sempre presente em minha vida, seja ela, boa ou ruin, sempre pensando em você... e você sempre pensando nela. Sem esta existência de pensar não conseguimos viver. Pensar em você é pensar em mim.
Você é como uma ‘deusa’, sente:
Quando estou bem,
Quando estou mal,
E procura sempre a melhor maneira para me ajudar e tentar resolver a situação...
Hoje me sinto longe de você, mais mesmo assim, você sempre estará perto de mim, para me animar, tentar fazer-me levar meus idéias a frente, ser o que sou, uma pessoa feliz, dinâmica, e conhecedor dos caminhos da verdade...

Olha sem você:
Sinto-me incompleto...
Sinto-me perdido às vezes...
Mais é fácil ficar perto de você, basta a penas um pensamento:
Que estarei perto de você...
Sentindo seu amor...
Sentindo sua paz...
Entretanto, vivendo os momentos bons da vida, apenas com uma simples palavra, “o pensar”.
Essa maneira faz me reviver a cada dia...
Só você mãe é minha mãe...
Não existe outra semelhante a ti...
Devo tudo a você...
Amo-te...
Admiro...
Sinto paz em pensar em você...

Daniel Barbosa

Minha mãe, minha mãe, eu tenho medo
Me apavora a renúncia. Dizei que eu fique
Afugenta este espaço que me prende
Afugenta o infinito que me chama
Que eu estou com muito medo, minha mãe.

Vinicius de moraes

Eu não saberia falar da minha mãe se não fosse como se falasse de todas as mães do mundo. Porque é assim que eu sinto lá no fundo, que um filho faz muito mais do que a barriga de uma mãe crescer, expande sua alma, para que ela caiba em todos os lugares do espaço e em todos os momentos de cada segundo do tempo.
Dentro do teu mar fui um peixe e depois que me pariste ganhei asas e voei. Mãe , mãe, manhê...sou o seu fruto que agora já amadureceu, que agora também tem suas sementes prontas pra germinar, minha mãe, minha árvore, minha fundação...
Do teu ventre abençoado ganhei a luz e a oportunidade de com esse brilho enfrentar o lado escuro da vida e encontrar o caminho definitivo e a razão do por que a minha alma foi criada...

André Luis Aquino