Texto de Duplo Sentido

Cerca de 1081 texto de Duplo Sentido

Amar, para poder viver,
Para se dissipar o sem sentido de se viver por viver.
Amar por quê?
Para não adoecer, para que, ao final; possa-se dizer:
Valeu a pena, por que amar é crer.
Por que amar?
Para não se entristecer,
Para não se perder a alegria de viver.
Amar por quê?
Para poder perdoar e esquecer,
Para voltar a sorrir, para lutar e vencer.
Por que?
Para se conhecer a Deus, nosso primeiro amor, Nosso maior amor, nosso Grande amor,
Acima de todo amor, origem de todo amor,
Fim de todo amor, eternidade de amor.
Amar por quê?
Para não fenecer, para não murchar,
Para não regredir, para não desfalecer.
Amar para se lembrar e também para esquecer.
Por que amar?
Para chorar e sorrir, para plantar e colher.
Amar por quê ?
Para caminhar, para se merecer, para se enternecer.
Amar para olhar e conhecer.
Amar por quê?
Para confiar, para não se entregar, mas se integrar.
Amar porque Deus é amor e isso basta.

alexsander moura

entredente

Sorrisos das hienas
Causa-me vertigens
Luar que aflora
E aguça qualquer sentido
Sinto-me um rato
Remando de amores
Por não estar contigo
Cospe na minha cara hiena...
O que será esta sina
Se não castigo
Ou me deixe viver
Se não quiser
Então que morra
Que morra eu
Trancado na masmorra do querer
Hiena ri
Ria de mim bicho podrimundo...
Cada sentido que se desfaz
Parece que é um pedaço arrancado de mim
Estou perdido
Sem carne
Sem amor
Olhe pra trás
Pense
Pense na dor
Na dor do amor que se foi
Como num riso de hiena

Alex Barros

" Se o resumo de tudo que sinto fosse fácil ou tivesse sentido, não teria valido a pena.
Se por um estante encontrei o que procurava
Você me fez ver que a vida sem você é nada
Dias que não conto, por medo de perder você
Medo dos dias que já esperam para me fazer sofrer
Na nostalgia daqueles dias em que tudo era normal
Sem um sentimento ruim, anormal guardado para mim
Com esperança de que os dias "normais" volte ao normal.
Sem querer esperar, os dias passam, e imaginando
De onde vou tirar forças para não chorar. "

Paloma Mereles

O GALO

Na Cruz principia o sentido do meu canto.
Fiel ao tempo, esta planície que ignoro,
desperto os sinos, os lençóis, a pressa,
o repetido exercício da vida humana.
No último dia, quando se confundirem céus
e terra, ainda estarei ali e levantarei
minha garganta ao Senhor, pedindo a graça
de permanecer em silêncio, sem mais os dias,
sem mais os homens.

em " Poemas do quintal"

Paulo Marcos del Greco

SEM NENHUM SENTIDO

Está tão difícil aqui, está tão vazio
eu quero gritar, quero fugir, quero voltar, mas não sei ao certo
eu vejo as horas passarem vazias, sombrias, ardentes.
Vejo meus sonhos se perderem...

Aconteceu! De novo!!!
a mesma história, a mesma e covarde historia da minha vida
eu desisto!
Eu recomeço!!!

Me sinto perdida nas minhas desilusões,
ninguém vai me dizer o que pensar,
ninguém vai me dizer o que fazer.
Eu vou embora, vou fugir dessa dor no peito
vou fugir desse amor mal resolvido,
vou fugir desse desespero

Minha mente gira num sentido sem nexo
minhas palavras idiotas e sem razão exalam meus sentimentos confusos
já estou acostumada a perder meus ideais
já perdi meus sonhos, chorei sozinha,
já pedi pra ele voltar
mas ele não quis!

Escrito em 10/07/2009

Marcela Melo

Sentido Inverso;

Minhas paixões são fugazes, às vezes acho que nunca viverei algo grande. Não tenho tempo nem cabeça. Quero viver tudo e com tanta intensidade que em uma semana sinto o que os outros levam anos pra sentir. Mas eu fico tão vazia que me perco na escuridão de mim mesma... Eu sinto, sinto tanto, sinto muito! Sinto muito por mim. Já não sei se faz sentido o que tenho sentido. Nunca fez sentido pra mim se prender a um alguém, o mundo é tão injusto e as pessoas são tão injustas que não é justo se apaixonar e amar e entregar a alma pra o outro, o outro que não sabe nem o que fazer com a própria. Eu não sei doar minha alma. Os outros nunca são bons o bastante, ou talvez eu não seja. É tudo tão grande, tão imenso que termina antes mesmo de começar. É como ter tanta, tanta coisa pra falar que a gente fica calado. Todos me prendem a atenção, todos me prendem o olhar, mas nenhum me prende. Nenhum me prende a calma. Não quero irriquietude, isso eu tenho, tenho muito, tenho aos montes. Eu quero calma, quero brisa, quero o mar. Mas nenhum me prende a alma. É tudo questão de alma, mas a minha é tão intensa que assusta. Eu tenho medo por terem medo, porque se têm medo é porque deve ser muito assustador essas minhas mil almas em uma só. É tudo muito rápido pra eu saber como é e quando eu penso que vem, já está indo, quando eu penso que não, já foi. E eu sinto, eu sempre sinto. Sinto minhas mil almas, amando essas outras mil almas, às vezes todas de uma vez só, mas esse amor nunca é amor. Minha fugacidade me assusta, minha vivacidade me amedronta. E minhas mil almas, quando deito todas as noites - sozinha - nunca ficam quietas e me puxam a coberta. São mil almas fantasmas. E sabe o que eu quero? Eu só quero calma. E sempre sinto... Eu sinto, sinto tanto, sinto muito! Sinto muito por mim.

Lorena Granja

SENTIDO DA VIDA
Qual o sentido da vida, não sabe? Algum dia você descobrirá.
Qual o motivo? Na antiguidade vivíamos para a evolução da espécie Homo Sapiens, agora é para a devastação de um povo. Você não está aqui para nascer, crescer, arrumar uma família, envelhecer e morrer. Você está aqui para nascer, crescer e fazer o que quiser.

Denilson Fernandes

...e o livro de contos com finais felizes que você me deu não fazia mais tanto sentido. Eu me lembrei de como você provocava o meu riso e quase que instantaneamente, meu choro. De quando você me mandava mensagens no celular, quando eu imagina que você seria incapaz de se comunicar comigo. De suas mudanças de humor repentinas, do seu sorriso fora de hora, da sua expressão de confuso e chateado. Eu me lembrei dos meus sonhos contigo, que agora não deveriam fazer no minimo sentido. Eu me lembrei do sia feliz que eu idealizei te vendo. Eu me lembrei dos meus choros de raiva de você; lembrei da sua frieza, do meu desconforto por isso e do seu jeito calculista. Eu me lembrei de como faz tempo que eu te conheci, e de como você parece não se importar com isso. Eu me lembrei que eu deveria jogar todas essas lembranças num canto qualquer ou simplesmente guardar esse papel num lugar fora da minha visão.
Mas, eu me habituei a lembrar de tudo isso a cada dia. De tentar compreender o rumo que a minha vida anda tomando, me habituei a tentar me cicatrizar. Me habituei, a não me habituar a você mais uma vez.

...e já parece que faz tanto tempo que você não fala.

Laura Pedrosa

O sentido é abstraído do seio ou da veia,
do mastro ou do ralo,
do mestre ou da peste
das dunas caladas em forma de morros
dos sonos profundos em formas reais,
dos olhos, do Baco, do leite e azeite,
enquanto cála-te os dentes e ouve seu tom
enquanto abre sua mente e recebe o dom
enquanto falas do vento e ama o amor,
ou odéia a corrente e o mal,
pois nem precisa amar, nem sarar,
nem dizer, talvez nem calar,
pois nem digo que basta,
pois a vida define o que passa
pois só a vida determina a razão
e o sentido quem diz somos nós
com um choro, um sorriso
ou uma fala qual quer
com um grito, uma bandeira
e o mastro que der
que sentido não mata nem morre
muito menos nós
como um sopro
num espaço e num tempo
martilheiros da liga
de corpo profundo
e uma alma sequer!

Robson Ferraz

Fim de Amar

Foste com os sonhos
Á margem de expectativas que não se farão
Sentido vital se desfez
A esperança escassa incontida no ser
Lágrimas brotam á face
Que não mais se define
As lembranças se fazem a base
A suportar os dias a se definhar
O corpo voltará ao pó
E do mesmo renascerá
E mais uma vez por amar morrerá

Thuanny Fagundes

Hoje Sei

Que não fostes merecedor
Do árduo amor sentido
Da vida posta em suas mãos
Não soubes identificar meu olhar
Que se fez tão seu
Valor não destes aos sentimentos
Agora já não resta
Não defino o que és
O criei a minha maneira
O via com olhos abstratos
A realidade se fez
Sua forma me apresentou
Parte de mim não mais

Thuanny Fagundes

Talvez qnd todo meu presente um dia virar passado,
a vida faça mais sentido, as lagrimas tenham mais valor
e todo o sentimento seja respeitado, pois em cada sofrimento existe uma lição que fica:
O mundo Gira, e gira constantemente, e não pará para qe pedaços de corações partidos sejam recolhidos, e colados calmamente,
aprender a viver as maratonas e saber se reconstruir a cada decepção, é essencial.

Jamiille R.

Atualmente ando ao lado de uma vida tediosa e sem sentido,
Esperando o tal do amor dar um futuro à esse poeta exibido...
Porque será que todo dia acabo repetindo esse ditado?
Acho que é porque ainda não estou totalmente conformado,
Com o fato de que a vida continua mesmo que ao meu lado,
Não estejam as pessoas que mais tem me cativado.

Do jeito que eu falo até parece que sou um homem vivido,
Daqueles que sempre vivenciou uma vida com pleno sentido,
Na verdade, agora que paro pra pensar no meu passado,
Não me lembro de uma vida que me deixasse realizado.
É eu sei... Há muito percebi que sou bastante complexado,
Com besteiras que para a sociedade não tem qualquer significado.

Acho que existe poucas coisas que sei com uma certeza absoluta,
Não lembro onde aprendi, são aquelas lições que uma vez você escuta,
E que nunca mais você esquece, passa a usar como doutrina,
Uma doutrina de vida, Uma doutrina que você considera divina.
Essa certeza é sobre o inexplicável e fascinante amor.
Uma certeza sobre esse sentimento capaz da maior felicidade, ou dor.
É bem simples na verdade, é só que o amor não é o amor...
Simplesmente a sociedade passou ao amor, um significado sem cor.

O amor difilcimente é atingido, porque ele é eterno.
Não é um sentimento que é esquecido após alguns tristes invernos.
O que amor que popurlamente é conhecido se chama paixão.
E a tal paixão que conhecemos é só uma estravagante admiração,
Que ocorre na explosão dos sentimentos de uma relação.
Acho que por isso que não gosto de dizer "eu te amo".
É o mesmo que dizer que um pequeno e simplório ramo,
Na verdade é uma poderoso e indestrutível carvalho.
Não estou dizendo para desistirmos do amor,
Só tenho certeza que não existe nenhum atalho,
Para esse sentimento vem ao mesmo tempo expôr,

Todas as nossas fraquezas e qualidades,
O único sentimento que nos faz conhecer nossa real personalidade.
Eu lembro que dividi o sinuso caminho do amor em cinco níveis,
Todos são simples e complexos, tornando-os imprescindíveis.
Não lembro como os nomes eu estabeleci ao certo,
Só lembro que eles estão um do outro tão perto,
Que só quando chegar no quarto nível, a verdadeira paixão,
Vai perceber espantado, que os níveis anteriores, como a adimiração,
Se juntaram para se tornar essa inexplicável paixão.

E só quando você conseguir juntar os dois: a paixão e admiração,
Então vai perceber que o amor, é dos outros níveis, uma grande fusão.
Acho que por isso que dizemos que estamos apaixanonados,
Porque simplesmente estamos no caminho certo para sermos amados,
E acho que talvez, só talvez eu tenha reencrotado esse caminho,
Mesmo tendo tantos obstacúlos, como pedras e espinhos,
Sei que no final vai haver uma altar com a mais bela flor,
A flor que irá coroar meu eterno e indestrutível amor.

Bruno M. Tôp

Desde que te encontrei,
Tudo passou a fazer sentido,
Um homem feliz eu me tornei,
E olhando para trás,
Parece que ainda não tinha vivido.

Sempre que você sorria,
Era um sinal de que a felicidade,
Estaria presente no meu dia,
Com você tudo tinha vivacidade.

Tudo o que eu desejo,
É ter para sempre seus laços,
Ter para sempre seus beijos,
E seus abraços.

É tão bom comemorar nossas bodas,
Quando estamos juntos,
A felicidade é nossa compranheira,
A alegria está em todos os assuntos,
Sou feliz de segunda a segunda-feira.

Desde que você partiu,
Tudo ficou sem cor,
A realidade simplesmente descoloriu,
Até a paz sumiu,
Não sei viver sem seu amor.

Sempre que olho para as lembranças,
Tento acordar de um pesadelo,
Pois tenho a esperança,
De poder acariciar novamente seu cabelo.

Tudo que o quero,
É que me levem o quanto antes,
Todo dia a minha hora espero,
Para acabar com essa dor constante.

É tão bom relembrar nossas bodas,
Sonhar novamente com você,
Mas é horrível acordar,
E chorar até o entardecer,
Porque não posso te abraçar.

Bruno M. Tôp

Quando a gente encontra um amor a gente muda
A gente para com as noitadas sem sentido
Quando a gente encontra um amor a gente cuida
A gente já não quer saber de amor bandido

Meu coração se apaixonou, tomou juízo
Não precisa procurar outra paixão
Você tem tudo que eu gosto e que eu preciso
Com você eu já não sinto solidão

Quando o amor, invade o coração a gente vê na hora
A gente faz amor de vez em quando chora
Só de imaginar que você foi embora

Meu amor eu sei que toda vida eu fui um cara a toa
Vivendo com alguém eu tinha outra pessoa
Eu trai deixei sentindo tanta mágoa

Com você agora é diferente, sou fiel até debaixo d´água

Bruno e marrone

Meia noite
Mais uma sexta se passou
Mais um sábado sem sentido
Mais um peso do meu coração partido
Mais um dia qualquer
Sem medo do pior
Eu queria pode chegar perto de ti
Mas você está longe demais
Eu queria poder tocar você
Mais você é um conto
Eu queria pode olhar nos seus olhos
E chorar de emoção
Mas para isso terei que pagar a minha vida
Por que você é tão mágico?
Um sonho de qualquer garota
Eu choro a noite porque você não está perto de mim
E nunca estará o bastante para que eu possa parar de chorar

Ana Thomaz

Agora eu aprendi...


Pedi ao meu Deus por um amor

Agora minha vida sem sentido se tornou

Pelo jeito ñ era pra ser, ñ era pra acontecer

Mas d tanto eu insistir

Com um amor Ele me presenteou

Talvez eu q ñ soube pedir

Apesar d ser um amor puro e verdadeiro

Foi apenas no meu Coração q ele se hospedou

Pensei q finalmente seria feliz

Conquistar tudo q sempre quis

Mas em uma ilusão ele se tornou

E naquilo tudo q acreditei

Ele dispensou

Agora aprendi depois d td q senti

Ter cuidado com q pedir...

Carla Andréa Domingos

Sem você aqui

Minha vida já não faz nenhum sentido
Está escuro e frio sem você aqui
Pois tu eras minha luz, o meu abrigo, meu sorriso
Tem chovido aqui dentro desde que você se foi
Perdoa-me se eu errei
Sou tão humana e imperfeita
Só quero de novo reconstruir sonhos que juntos construímos

Tentei com todas as minhas forças dizer que você se foi
Mas tua presença permanece aqui, viva dentro de mim
Pois agora eu já sei, que nas horas mais difíceis em ti só pensei

Você costumava me dizer:
Esse amor não é real, não tenho forças pra lutar até o final.
Mas quando você chorou, eu enxuguei suas lágrimas
E quando você gritou, não mais podendo lutar
Por ti eu lutei

As feridas parecem não querer cicatrizar
Posso ver de longe a dor no seu olhar
Há uma tempestade em meu peito
A ventania vai carregando todo o passado,
Fazendo-me esquecer o momento
Não sei dizer, mas sem você aqui
A tristeza permanece e uma misteriosa dor nasce

Amor só espero que um dia meu céu negro, se torne
claro, e o sol volte a brilhar em meu pequeno mundo.

Ana Carla Pereira

“Simples vida”

Nada pra mim faz sentido
Tudo é tão confuso,
Já não sei por que vivo
Não sei por que estou no mundo.

Minhas amizades?
Não sei onde estão,
Sinto-me só, um vagabundo.
Sinto-me no chão.

Minha vida é pra mim crueldade
Tenho desejo de sair sem direção.
Fugir de tanta falsidade,
Tudo causa fragmentação.

Não tenho aliados
Sou um solitário
Uma sensação de abalado
Sinto-me único, isolado.

Quero um amigo, um amor...
Quero sentir-me amado,
Quero imaginar, ser sonhador.
Dessa situação estou cansado.


21/07/2010

Marcelo G.S

"Caos dos sentidos



Nos momentos mais loucos
e sem sentido
ao mesmo tempo que você não sabe de nada
Você sabe de tudo

Todas suas experiencias vem á cabeça,
todas que você espera passar,
e aquelas que você tem medo que aconteça

Todas palavras,todos os traumas
cada vez que você chorou

Sente como se algo tivesse te congelando
por dentro
Dá vontade de sair andando
sem rumo ao vento...."

Karoline Medeiros