Texto de Boa noite

Cerca de 873 texto de Boa noite

Talvez eu seja um cara que apenas te disse um ‘oi’
Ou um ‘boa noite’.
Talvez eu só tenha aberto uma porta pra você
Ou te servido um copo d’água

Talvez eu tenha te cuidado com os olhos enquanto você passava
Ou simplesmente te observei partir, sorrindo comigo mesmo

Talvez eu tenha te oferecido balinhas
Ou alguma outra guloseima
E você apenas disse ‘muito obrigado’

Talvez eu seja apenas aquele carinha que você esbarrou na rua
Enquanto você lia um livro, ou olhava as vitrines,
E ao qual você sorriu desconcertada
Enchendo o meu coração de poesia

Sim, talvez eu seja aquele carinha que viajou ao teu lado
Com o qual você cantou e sorriu e depois disse adeus
E desde então nunca mais nos vimos

Talvez eu seja um cara que você nunca irá conhecer
Talvez eu seja um cara ao qual você jamais irá esquecer
- ou fará questão de esquecer!
E talvez eu seja um cara ao qual você jamais notará a presença

Não é preciso, pois, que me notes a presença
Já me sinto muito feliz em estar aqui
E ter notado você
Em meu caminho
Pois é justamente isto o que sou
E apenas isto o que sou:
apenas um cara no caminho...

Augusto Branco

Bom Tempo

Um marinheiro me contou
Que a boa brisa lhe soprou
Que vem aí bom tempo
O pescador me confirmou
Que o passarinho lhe cantou
Que vem aí bom tempo

Do duro toda semana
Senão pergunte à Joana
Que não me deixa mentir
Mas, finalmente é domingo
Naturalmente, me vingo
Eu vou me espalhar por aí

No compasso do samba
Eu disfarço o cansaço
Joana debaixo do braço
Carregadinha de amor
Vou que vou
Pela estrada que dá numa praia dourada
Que dá num tal de fazer nada
Como a natureza mandou
Vou
Satisfeito, a alegria batendo no peito
O radinho contando direito
A vitória do meu tricolor
Vou que vou
Lá no alto
O sol quente me leva num salto
Pro lado contrário do asfalto
Pro lado contrário da dor

Um marinheiro me contou
Que a boa brisa lhe soprou
Que vem aí bom tempo
Um pescador me confirmou
Que um passarinho lhe cantou
Que vem aí bom tempo
Ando cansado da lida
Preocupada, corrida, surrada, batida
Dos dias meus
Mas uma vez na vida
Eu vou viver a vida
Que eu pedi a Deus

Chico Buarque

Talvez eu não deixe aqui uma boa estória
ou um bom exemplo a seguir.
Talvez eu nunca tenha contribuído para melhorar
de forma significativa a realidade do lugar onde moro,
ou de meu país.
E talvez eu não deixe bens ou fortuna
com a qual alguém possa fazer bom uso.
A única coisa que deixo com certeza
são essas minhas poucas palavras
E elas podem ser muito simples, mal colocadas, e não muito sábias
- Mas são palavras deixadas com o coração –
E uma palavra salva...

Augusto Branco

Velho cego, choravas quando a tua vida
era boa, e tinhas em teus olhos o sol:
mas se tens já o silêncio, o que é que tu esperas,
o que é que esperas, cego, que esperas da dor?

No teu canto pareces um menino que nascera
sem pés para a terra e sem olhos para o mar
como os das bestas que por dentro da noite cega
- sem dia ou crepúsculo - se cansam de esperar.

Porque se conheces o caminho que leva
em dois ou três minutos até à vida nova,
velho cego, que esperas, que podes esperar?

Pablo Neruda

"Não sou boa com números. Com frases-feitas. E com morais de história. Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um ritmo que me complica. Uma vontade que não passa. Uma palavra que nunca dorme. Quer um bom desafio? Experimente gostar de mim. Não sou fácil. Não coleciono inimigos. Quase nunca estou pra ninguém. Mudo de humor conforme a lua. Me irrito fácil. Me desinteresso à toa. Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui. Ontem, eu perdi um sonho. E acordei chorando, logo eu que adoro sorrir... Mas não tem nada, não. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é. "

Fernanda Mello

(...) Não, não pense que é sempre bom, não sou a-toda-boa, a toda alegre o tempo todo, a toda amorosa constantemente. Eu sou estranha, tenho gestos e pensamentos e encanações e neuras e filosofias viajantes e temperamento salgado e toda uma série de e's que não consigo ajustar aqui, agora, pra você, talvez por não saber ajustá-los nem pra mim. Mas deixa isso tudo pra lá, eu e a minha estranhice, estranheza, estranhagem, estranhamento, estranhação. Estranha ação. É isso aí, sou cheia de estranhas ações. Uma delas é tentar explicar o sentido de uma coisa que nem sentido faz.

Clarissa Corrêa

Quer? Então pega. Pega por inteiro. Minha parte boa, minha parte chata, minha parte cinza-chumbo. Crise de tpm, crise existencial, crise de riso, crise de choro. Não queira só um lado ou só algumas partes. Se quer (quer mesmo?), queira tudo. Completa e complicada. Simples e confusa. Dramática e exagerada. Não gosto de partes, gosto da coisa inteira. Metades não me agradam. Não me atraem. Não me satisfazem. Se eu te quero, quero 100%. Inteirinho. Com teu lado cretino e bonzinho. Com teu jeito arrogante e descontrolado. Tua doçura e acidez. Não me vem com mais ou menos. Nem vem. Nem, nem. Comigo é tudo ou nada. Mesmo. Quer?

Clarissa Corrêa

Não sou boa de tristeza, não sei o que fazer com ela. Ela chega, me abraça, me beija e enfia sua língua métrica garganta abaixo e eu sufoco, embrulho, claudico. As paredes do mundo esmaecem dois tons, os ruídos triplicam de decibéis, as esperanças encolhem ao tamanho das pulgas, os cansaços se expandem com barrigas imensas. Talvez um porre ajudasse a distencionar o peito, pusesse lá um aquecedor qualquer, mas não sei sentar e beber pra afogar mágoas. Álcool, pelo menos pra mim, é ritual de felicidade. Falar da tristeza também não serve, me faz sentir ridícula. Colocar sobre a mesa aquela coleção miserável de nadas irrelevantes e convencer alguém de que o conjunto constitui um grande drama é imbecil e cansativo. Desisto invariavelmente antes de começar. Chorar e chorar e chorar só acrescenta à tristeza uma tremenda dor de cabeça, olhos inchados e nariz deformado. Tenho que esperar passar. Mas pior que de tristeza, eu sou de paciência

Patricia Antoniete

“Há poucas pessoas que eu ame de verdade, e menos pessoas ainda de que eu tenha boa opnião. Quanto mais conheço o mundo, mais me sinto insatisfeita com ele; e a cada dia se confirma minha crença na incoerência de toda personalidade humana, e na pouca confiança que podemos depositar na aparência de mérito ou razão.”

Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Hoje eu queria te levar um beijo de boa noite. Um beijo delicado sobre tua testa, sem nenhuma outra intenção além de te desejar uma boa noite de sono. Nem pedir para estar em teus sonhos, nem pedir para dormir ao teu lado. Queria apenas te ver doce, te ver repousar com todas as inseguranças e perspectivas de um menino, já que a barba será feita somente antes do trabalho, já que os compromissos, por enquanto, estão apenas na agenda, já que o coração está tranqüilo e quase amando uma menina que queria beijar sua testa pelas noites que virão, já que o sono parece uma boa cama para os sonhos que ainda precisam esperar, já que agora o homem pode tirar a máscara e deixar o nu da face iluminar um punhado de estrelas que moram no teto do seu quarto, já que o tempo entre um pensamento e outro é tão rápido e tão milagroso que pode despertar o próximo dia.

Cáh Morandi

Essa vida viu, Zé. Pode ser boa que é uma coisa. Já chorei muito, já doeu muito esse coração. Mas agora tô, ó, tá vendo? De pedra.Nem pena do mundo eu consigo mais sentir. Minha pureza era linda, Zé, mas ninguém entendia ela, ninguém acolhia ela. Todo mundo só abusava dela. Agora ninguém mais abusa da minha alma pelo simples fato de que eu não tenho mais alma nenhuma. Já era, Zé. É isso que chamam de ser esperto? Nossa, então eu sou uma ninja. Bate aqui no meu peito, Zé? Sentiu o barulho de granito? Quebrou o braço, Zé? Desculpa!

Tati Bernardi

Só queria gostasse de mim, na verdade que me amasse. Me desculpa se quero demais, mas, o meu coração não entende que não podemos ficar juntos. Então ensina pra ele a ficar sem ti ou então a te ter do meu lado. Explica que não é possível, mas explica com carinho, e se não quiser explicar também não tem problema. Só queria e quero que apenas fique, mas que seja do meu lado; ou então que vá, mas que seja pra voltar e se não voltar é porque não conquistei você por completo a ponto de criar raízes e motivos para ficar. E se não sou capaz de te fazer voltar ou ficar, não sou boa o bastante pra você, ou até melhor você não é o que vai fazer minha vida ficar de cabeça pra baixo, dando aquela revira-volta e me deixando descobrir que o avesso é o meu lado correto. Se não for forte o bastante pra ter sentimento, emoção e paixão, então que seja forte o bastante pra não ter saudade, sentimento e dor. Porque se tem dor e saudade tem amor, e isso não quero se não for bom pra mim, pra você, pra nós.

Jéssica Rodrigues

Passamos boa parte de nossas vidas tentando descobrir o que somos e uma forma de representar o papel que escolhemos desempenhar...
Hoje eu descobri que não existe uma formula certa de como se deve ser... e que o meu eu foi construído na contradição de todas as certezas que já tive e que não tenho uma maneira de ser, mas sou as diversas maneiras possíveis de se ser...



Porque eu sou tão forte que posso assumir minhas fraquezas
Sou tão boa que quando má sou melhor ainda
Sou luz e ausência de claridade
Sou menina sem perder a responsabilidade e maturidade de uma mulher...
Sou atrapalhada mas sei seduzir
Posso te encantar com minhas brincadeiras infantis mas posso te enlouquecer com meus joguinhos adultos
Sou a verdade disfarçada a mentira sincera
Posso ser sua base e sei como abala-la
Sou o romantismo e a modernidade individualista ...
Sou a força que te rege e a força que te destrói
Sou a loucura lúcida destilando toda sua inconseqüência
Sou inocentemente maliciosa... e adoro essa ingenuidade
Sou a flor do campo com espinho no cabo
Desperto os mais sublimes sentimentos e seus terríveis consentimentos
Sou amor e sou desejo...
Sou alma e sou corpo
Odeio ficar sozinha mas não há companhia que me agrade
Sou a ferida e o remédio
Sou a beleza destilando seu charme no equivoco dos seus olhos
Sou a timidez extrovertida... e o silencio ininterrupto
Desvio os olhares mas não sou o centro das atenções
Sou a escolha mais lógica e a menos racional
A complicação e a perfeição
Sou o amor, coração, desejo, pele
Fixada ao presente mas nunca deixo de fazer planos para o amanhã
Posso não ser a construção do belo mas sei espalhar beleza
Tão altruísta que ao dizer isso me sinto muito egoísta
Sou a princesa plebéia
Sou a saudade no olhar, a distancia necessária... sou perdidamente encontrável
Sou manipulável e manipulada...
Adoro as diferenças do mundo e odeio o que elas causam
Adoro ser um mistério... adoro mais quando alguém o decifra
Adoro o colorido, o preto e branco e o púrpura...
Sou a felicidade triste e a tristeza mais feliz já existente
Sou a vida induzida, a bagunça organizada
O seu perdão e sua condenação
Sou a companhia agradável no fim de tarde... e a pior pessoa pela manha...
Sou o carinho gélido
A covinha no sorriso
Sou a lealdade nata descontraída na incerteza do pérfido
Sou a inconstância perseverante
Sou dominante e dominada
Sou calmaria, sou fera
Sou olhar doce misturado com a inquietude
Posso ser o certo e o imperfeito
O horizonte seguro na inconstância do meu ser
A personalidade formada totalmente indutiva
Sou eu assim na diversidade das minhas próprias palavras e na limitação das mesmas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Rose Façanha

"Surpresa boa não é a que a gente não espera
Surpresa boa é a que a gente não esquece
E você veio assim, nenhuma dó de mim
Tomando conta dos meus sentimentos

A gente faz o que o coração pede
Deus dá pra gente tudo que a gente merece
E Deus te deu pra mim, e foi chegando assim
Tomando conta dos meus pensamentos

Aliás, você roubou minha razão
Cuida bem de mim
Cuida da gente então

Tomara que eu te faça bem
Tomara que a gente viva em paz
Tomara que eu te faça feliz
Porque você me faz feliz demais"

Jammil e Uma Noites - Composição Manno Góes

Nós aprendemos a reclamar!

A vida nunca está boa o sucifiente.
A escola acabou.
O vinho está quente.
A namorada não é mais a alma gêmea.
A comida podia ser melhor.
O filme de terror não assustou tanto.
O café está amargo.
A paixão se foi.
O serviço não paga bem.
O ônibus está sempre lotado.
A piada não teve graça.
A felicidade sempre bate na porta ao lado, nunca na sua.
A roupa do fulano é mais cara.
O calor só aumenta.
O frio é cada dia mais insuportável.
O carro não é uma mercedes.
A responsabilidade chegou.
O final de semana não foi o que esperava.
A confiança foi embora.
O medo vive na porta ao lado.
A vida nunca está boa o suficiente.
A felicidade esta desproporcional.
A virgula nunca chega ao ponto final.
A vida nunca está boa o sucifiente.

E o que nós fazemos para torná-la diferente?

Marco de Carli

Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão onde a gente plantou juntos outra vez
Já sonhamos juntos semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar
Já choramos muito, muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar uma nova canção que venha nos trazer
Sol de primavera abre as janelas do meu peito
a lição sabemos de cor
só nos resta aprender...(Sol de primavera)

Beto Guedes

Só estou... triste. É óbvio que ela teve uma vida boa e longa, mas ainda assim... Por que precisa ser tão triste quando termina?
tão estranho como em um minuto está tudo bem... ou nem tão bem assim, mas pelo menos você está aqui. E então, no outro... já se foi.
Acho que eu simplismente não entendo. Por que alguém deveria se dar ao trabalho de se apegar a alguma coisa se, a) não vai durar para sempre e b) dói demais quando acaba? Se tudo é finito, se tudo tem começo, meio e fim definidos, então por que começar? Qual é a razão se tudo leva ao fim?
Eu não estou falando da morte, embora seja onde tudo termina, não importa o quanto a gente lute.
Mas estou falando da morte de uma forma mais metaforica. No sentido de que nada dura para sempre, sabe? Porque é verdade, nada é feito para durar. Nada. Nenhuma coisa.

Alyson Noël

Boa noite cinderela (para Cássia)

UM CENTAVO SÓ POR UMA ALMA
UMA ORQUÍDEA POR UM DESALENTO
UMA ABÓBORA POR UM DETALHE
UM SILÊNCIO POR QUALQUER SILÊNCIO

UMA CARA AO MENOS POR UM TAPA
UMA ROSA POR ALGUM ESPINHO
UMA VIDA SÓ POR UMA NOITE
UMA NOITE POR ALGUM CARINHO

O TERROR AGORA É MINHA FÚRIA
E ESSA FÚRIA AGORA É MINHA MALANDRAGEM
O TERROR AGORA É MINHA CARROÇA
TIRANDO CHINFRA DE CARRUAGEM

POR FAVOR, AGORA JÁ É TARDE
TEU DESEJO AGORA É MEU SILÊNCIO
EU SÓ PRECISO DE MAIS UM POUCO
PRA ME CURAR DESSE DESERTO

POR FAVOR, DEPRESSA JÁ É CEDO
TEU SILÊNCIO AGORA É MEU DESEJO
EU SÓ QUERIA CANTAR MAIS UM POUCO
SÓ PRA TE TER MAIS UM POUCO
MAIS UM POUCO
UM POUCO MAIS
NESSA NOITE ESCURA

Lobão

A vida é uma caixinha de surpresas, que nos vive pregando peças às vezes boas e às vezes nem tão boas... Mas o importante é o que aproveitamos dela...
A vida sempre vale à pena, mesmo em momentos que desacreditamos disso... Vale a pena olhar o céu, as águas e respirando fundo por um segundo...
Vale à pena tudo o que conseguimos aprender, nada é por acaso, e nada é perdido, sempre aproveitamos algo...
Mas o melhor da vida é a conquista dos amigos, as boas risadas, isso sem falar nas gargalhadas não é?! Por isso que quero te dizer, sorria sempre, e sempre... Pois o sorriso é o melhor cartão de visita, de apresentação e de despedida...
O sorriso é a melhor arma contra aqueles que não te querem bem, e o melhor remédio para aqueles que te amam!
Espero que a sua vida seja repleta de sorrisos.
Que sempre, mas sempre sorria com o coração!

Tiara Sales

na boa , eu me amo
Eu me amo intensamente. Gosto de cada parte de mim, e mesmo assim, sou mais a cada dia.Mereço da vida o melhor. Não por ser eu alguém especial pro mundo, mas por ser eu alguém especial pra mim. Por isso me dou de presente a paz, a alegria e o amor. Brindo a mim mesma com o olhar de aprovação pelo que sou

Stela D