Terça-feira

Cerca de 48 frases e pensamentos: Terça-feira

Na terça-feira, eu acordei às 3 da manhã e sai andando pelas ruas, rindo, cantando, reclamando, vendendo dor. Na quarta, eu amanheci de porre, interpretando as músicas da Maysa, ainda com os olhos fechados, com o copo de vodca na mão, cercado de livros de astronomia e brasas de cigarro espalhadas pela cama. Mas foi na quarta-feira que me dei conta: eu realmente estava perdidamente louco, desequilibrado e que isso não teria volta.

Murilo Melo

Naquela noite descobri tantas, mas tantas coisas, que acordei em uma terça-feira diferente, determinado a encontrar minha raiz e resumi minha vida em uma flor. Ela é bela, tem suas estações: às vezes caem pétalas, às vezes nascem pétalas, às vezes fica seca e se não tiver uma raiz fixa e estável pode chegar à morte. Preciso encontrar minhas raízes antes de querer ver o mundo florido, preciso me amadurecer se quero ser reconhecido.

Erik Vinicios

QUASE AOS QUATORZE
Ja e quase terça-feira
Mais um ano vem chegando
A voz esta mudando
A barba engrossando
***
Tenho sonhos de crianças
Mais as costas doem
Sou jovem pra ser velho
E velho pra ser jovem
***
No cabelo tem fios brancos
A perna encaracolada
Pêlos nas axilas
e rosto espinhado 1.4 turbinado
***
Tenho sonhos de crianças
Mais as costas doem
Sou jovem pra ser velho
E velho pra ser jovem
***
Tudo muda
tudo cresce
você se vê tomado pela puberdade
você nao se reconhece
***
Tenho sonhos de crianças
Mais as costas doem
Sou jovem pra ser velho
E velho pra ser jovem
***
Ja e quase meia noite
Terça feira vai chegar
Mais um ano tambem vem
e mudanças vem atras
***
Tenho sonhos de crianças
Mais as costas doem
Sou jovem pra ser velho
E velho pra ser jovem
***
A puberdade vêm também...
Ela vêm de mansinho
Chega sem avisar
Vem no sapatinho
So pra te mudar

Antonyo Eduuardo

Melhor do que Qualquer Modismo



Isto é a continuação da série de última terça-feira na Igreja "dirigido pelo modismo". Este artigo é uma adaptação da transcrição de Phil Johnson 2005, Conferência de Pastores - seminário sobre este tema.
Deixamos a última reunião com este pensamento:
A Escritura é melhor do que qualquer modismo. Pregar a Palavra de Deus é mais eficaz do que qualquer metodologia especializada que as igrejas contemporâneas jamais têm inventado. Eu não me importo que pensem que a pregação está "quebrada". Se quisermos voltar para a clara e exposição e proclamação da Palavra de Deus, tudo o que está quebrado sobre a pregação contemporânea deveria ser fixado.
A natureza da Palavra de Deus garante isso. E isso é exatamente o que eu quero fazer no tempo que resta nesta sessão. Eu quero pregar a vocês sobre a superioridade e a excelência das Escrituras.
Hebreus 4:12 diz: "A palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração."
É um texto rico, cheio de significado, mas deixe-me gastar alguns minutos para tentar isolar o que me parece ser as três qualidades principais da Palavra de Deus que são destacadas neste texto, e vamos considerar cuidadosamente o que elas significam.
Primeiro de tudo, isto nos ensina que,

1. A Palavra de Deus é poderosa.

A versão King James diz: "a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes." Viva (quick), é claro, é a palavra em Inglês antigo para “living”. Fiquei surpreso ao ler o comentário de John Owen em Hebreus que, mesmo tendo sido escrito em 1600, ele teve que explicar a palavra quick para os seus leitores. Referiu-se à palavra quick (viva) como uma tradução inadequada, porque, segundo ele, "essa palavra significa mais comumente “veloz”, do que “vida”. Então, eu não sei quando a palavra quick deixou de ter o significado de "viva", mas isto foi aparentemente antes da época de John Owen.
Eu cresci em uma igreja onde costumávamos recitar a versão tradicional do Credo dos Apóstolos, que diz: Cristo "subiu ao céu, e está sentado à mão direita de Deus Pai Todo-Poderoso; donde há de vir para julgar os vivos e os mortos." E isso faz um perfeito sentido para mim. Imaginei que "os quick" – vivificados - foram aqueles que o fizeram através do caminho da cruz, e "os mortos" foram aqueles que não o fizeram.
Mas, com certeza, quick neste tipo de contexto significa apenas "vivo" ou "vivificante", e é isso que este texto está dizendo. "A Palavra de Deus é viva." Esse é o sentido correto. Ela fala de vitalidade, vida, atividade, energia. A Palavra de Deus tem uma força de vida que é diferente de qualquer livro meramente humano. Ela não somente é viva, senão que tem o poder de dar a vida para aqueles que estão espiritualmente mortos. Jesus disse em João 6:63: "As palavras que eu vos disse são espírito e são vida". Primeira Pedro 1:23: "[Somos] renascidos, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, que é viva, e que permanece para sempre." Tiago 1:18: "Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade". Salmo 119:50: "Esta é a minha consolação na minha aflição, porque a tua palavra me vivifica." "A tua palavra me deu vida."
Você pode ter todos os grandes livros e toda a grande literatura do mundo combinados, e eles não têm esse poder de dar vida. Nenhum livro muda a vida, como a Palavra de Deus. Ocasionalmente, você pode ouvir uma pessoa dizer: "o livro de auto-ajuda transformou a minha vida", ou "aquele livro de dieta foi revolucionário", ou "aquele livro sobre filosofia mudou a forma como eu pensava." Rick Warren faz uma promessa na introdução de “Vida com Propósito” que o seu livro vai mudar a sua vida.
Mas a vida recebida, a vida transformada pelo poder da Bíblia é algo muito mais profundo do que qualquer outro livro possa legitimamente reivindicar. A Palavra de Deus renova o coração, dando vida espiritual aos que estavam espiritualmente mortos. Ela muda o nosso caráter em um nível essencial, fundamental. Ela transforma nossos desejos e nos impacta num nível moral que nenhuma literatura humana pode alcançar. Ela traz uma espécie de purificação e de renovação e santificação que nenhum outro livro poderia pretender oferecer. Ela ressuscita a alma. Ela tem o mesmo poder criativo no comando de Deus, quando Ele disse: "Que a terra produza criaturas viventes conforme a sua espécie, gado, e répteis e feras conforme a sua espécie: e assim foi."
A Palavra de Deus é intrinsecamente poderosa. Ela tem um tipo de vida e vitalidade que é diferente de palavras meramente humanas. Provérbios 6:22-23 diz o seguinte sobre a Palavra de Deus: "Quando caminhares, ela te conduzirá, quando te deitares, te guardará; e quando tu acordares, falará contigo. Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz, e as repreensões da disciplina são o caminho da vida." E uma passagem familiar, 2 Timóteo 3:16-17 diz: "Toda a Escritura é inspirada por Deus e é proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra."
Nenhum outro livro tem esse efeito. Ele nos repreende. Ele nos corrige. Ele nos conforta. Ele nos guia e dá luz para o nosso caminho. Ele prega a nós. Ele restringe o pé do mal. Ele franze a testa para nós quando pecamos. Ele aquece nossos corações com segurança. Ele nos encoraja com suas promessas. Ele estimula a nossa fé. Ele nos edifica. Ele ministra a todas as nossas necessidades. Ele é vivo e dinâmico.
E a vitalidade da Escritura é eterna e permanente. Em João 6:68, Simão Pedro disse a Jesus: "Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras de vida eterna." A eternidade da vida divina está perfeitamente incorporada na Palavra de Deus. Mais uma vez, Jesus disse ( Marcos 13:31 ), "O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar." Isaías 40:8: "Seca-se a erva, e cai a flor, mas a palavra de nosso Deus permanece para sempre." Salmo 119:89: "Para sempre, ó Senhor, a tua palavra está firmada nos céus." Primeira Pedro 1:25: "Mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E esta é a palavra do evangelho que é pregado a vós."
Cada página da Bíblia tem um poder de mudança de vida que é tão fresco como no dia em que foi escrito. Nós não temos que fazê-la viver, é viva e ativa. É sempre relevante, eternamente aplicável, falando com o coração com um poder que é o contrário mesmo da maior das obras humanas. Os pensamentos e opiniões dos homens vêm e vão. Eles caem de moda e desaparecem da memória. Mas a Palavra de Deus permanece "viva e eficaz, e é mais cortante do que qualquer espada de dois gumes."
E o que é verdade para o todo é verdade para as partes. Cada parte da Escritura é viva e poderosa. Provérbios 30:5: "Toda a Palavra de Deus é pura." Jesus disse: "Cada palavra que procede da boca de Deus" dá a vida e sustento. É por isso que Deuteronômio 8:3 diz: "o homem não viverá só de pão, mas de toda a palavra que sai da boca do Senhor viverá o homem."
Eu estou sempre maravilhado com as passagens das Escrituras que têm sido instrumentais para trazer as pessoas para Cristo. Eu já lhes disse antes como cheguei à fé salvadora em Cristo, lendo 1 Coríntios como um sênior na universidade. A passagem que me chamou a Cristo não é aquela que você necessariamente pensaria como um texto evangelístico. Primeira Coríntios 3:18: "Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco, para que ele possa ser sábio." Mas ela repreendeu o meu pecado e fez com que me voltasse para Cristo.
Já ouvi pessoas dizerem como elas foram despertadas para a vida eterna por versos dos Evangelhos, as epístolas, os salmos, e até mesmo algumas das partes obscuras do Antigo Testamento. Duvido que haja uma página de qualquer lugar nas Escrituras que não tenha, em algum momento ou em algum lugar, sido usada pelo Espírito de Deus para converter uma alma. Nada disso é supérfluo. Segunda Timóteo 3:16 novamente: "Toda a Escritura é. . . proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça."
Meu amigo Joe Aleppo, que está aqui esta semana, me apresentou a um homem, na Sicília, que veio a Cristo durante uma escassez grave de papel após a Segunda Guerra Mundial por causa de uma única página da Escritura de uma Bíblia que alguém tinha jogado fora. Era quase impossível encontrar papel, por isso os comerciantes usavam jornais velhos e outros papéis de rascunho para embrulhar tudo o que vendiam no mercado. Este homem foi até o mercado de peixe e comprou um peixe. Quando ele o desembrulhou em casa, um dos papéis usados ​​para fazer o pacote era uma página descartada de um Novo Testamento. Ele a leu, e este homem que tinha sido católico romano ao longo da vida e nunca tinha lido um versículo da Bíblia por si mesmo, se tornou um crente. A conversão desse homem foi o início do primeiro movimento protestante significativo na ilha da Sicília.
A Palavra de Deus é poderosa. A palavra grega traduzida como "poderosa" em Hebreus 4:12 é energes, que é a fonte de nossa palavra Inglesa “enegetic” - "energizado." É traduzida como "ativo" em algumas versões, e isso é uma boa tradução. Isto fala de algo que é dinâmico, operativo e eficaz. O apóstolo Paulo escreveu aos crentes em Tessalônica (1 Tessalonicenses 2:13): "Por isso também damos graças a Deus sem cessar, pois, havendo recebido a palavra de Deus que de nós ouvistes, a recebestes, não como palavra de homens, mas como ela é, na verdade, a palavra de Deus, a qual também opera em vós os que credes."
A Palavra de Deus sempre opera eficazmente. Ela sempre cumpre o seu objetivo. Em Isaías 55:11, Deus diz: "Assim será a minha palavra, que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a designei."
Às vezes o propósito de Deus é a repreensão e correção, às vezes, é instrução e edificação. Às vezes, é bênção, outras vezes, é julgamento. O evangelho é "cheiro de morte para morte" para alguns. E para outros é “aroma de vida para vida". De qualquer modo a Palavra de Deus é eficaz, produtiva e poderosa. Ela sempre produz o efeito que Deus deseja.
É por isso que os pregadores devem pregar a Palavra, em vez de contar histórias e fazer comédia. É nisto que o poder do ministério reside: na Palavra. Não é na nossa inteligência ou em nossas habilidades de oratória. O poder está na Palavra de Deus. E a nossa tarefa é simples: tudo o que temos a fazer é tornar claro o significado da Bíblia, proclamá-la com precisão e clareza. E o Espírito de Deus usa a Sua Palavra para transformar vidas. O poder está na Palavra, não em qualquer técnica ou programa.

Texto de Phil Johnson, em domínio público, traduzido e adaptado pelo Pr Silvio Dutra.

Phil Johnson

Terça-feira nublada,
Querendo aqui chover,
Pensando em você amada,
A mulher do meu bem querer...

Sérgio o Cancioneiro

"O amor odeia clichês. Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender."

Martha Medeiros

DIA:02/12/2014

TERÇA-FEIRA.

NA ALVORADA...

Alguém me invade é alvorada manhã dos loucos e solidão;
sinto do corpo já despertará durmo sozinho em um coração...
No abandono das almas, sinto-me esvaziar-me,
Que nesta solidão traz-me o desassossego...
Que noite escura procuro além dos horizontes este amor tão sonhado....

AUTORES:

NADIA CELESTINA BAGATOLI
TANGO TUTU.

Nadia Celestina Bagatoli

A Carta
É assim, uma terça-feira de maio quero rever o iniciar histórico brasileiro a partir do nascimento, como tal o registro é do ilustre País. Todo nascer quer saber quem são os pais e aqui este encontro são da cultura européia portuguesa e a indígena onde o aproximar do texto ordenado pressupõe que há ‘comicio-mezzo-finito’. Na sensação do amanhecer quando após a vígilia noturna o inconsciente frenético do dia revejo que ler-reler um documento histórico que estava guardado na Torre de Tombo, Portugal. Antes a sensatez remete para o saber sobre o escritor. Há literatos que conduz às leituras esparsas e há pouco registro sobre a vida desse português da cidade do Porto, de família burguesa, que ocupou duas funções a de Mestre da Balança doc. Régio de 8/3/1476 e de Escrivão da frota de Cabral, Pedro Álvares. A Carta de Vaz de Caminha é A Carta de Achamento do Brasil datada de 1° de Maio de 1500. A narrativa sobre a descoberta de uma nova Terra com ares frios e temperados como os de ‘Entre-Doiro e Minho’, águas infindas, solo imenso, arvoredos, palmeiras, montanhas, rios, pássaros, mar, praia, os primeiros habitantes de cabelos corredios, tosqueados, com cordões adornando braços, cabeça, dialetos, o arvorar da Cruz elevando o Deus e de joelhos em comunhão onde a Santa Missa junto ao altar, o Evangelho envolve de maior devoção porque é aqui o iniciar desse lugar o Descobrimento do Brasil o 22 de Abril de 1500, permeia o prelúdio e o desenvolver das Terras Brasilis. Sempre faz muito bem se informar e rever sentidos e significados de um povo, porque descobre o entender mais diversificado da cultura e da educação. Assim nasce a literatura brasileira a partir de 1500 com a carta de Pero ao Rei Dom Manuel relatando essas belezuras todas por cá. Entre 1500-1601 Bento Teixeira publica o poemeto épico Prosopopéia – formação e origens, de acordo com os padrões literários medievais e renascentistas, surgindo também o Quinhentismo esta uma atividade literária da Companhia de Jesus de regra geral uma intenção doutrinária pedagógica inserida na Coreografia Brasílica por Manuel Aires do Casal estampada – publicada no Rio de Janeiro em 19 de janeiro de 1773 por habilidade e competência catalográfica de José de Seabra da Silva. Outros historiadores como Sérgio Buarque de Holanda com seu livro Raízes do Brasil, Boris Fausto e a Formação do Povo Brasileiro, O Caráter do Brasileiro do professor Dante Moreira Leite e tantos outros são deleites literários para nos compreender. A literatura jesuítica se dissiminou grandemente por volta de 1549 com Tomé de Souza primeiro governante da Capitania onde os Colégios da Cia se instalaram no Rio de Janeiro, Bahia e Pará. Penso, releio, relembro quanto distanciamento entre a cultura tradicionalista e a contemporânea, da educação cristã, porque se desfazer tanto para com as gerações de vinte anos presentes e vindouras em acessar esse tesouro diversificado e fundamental em nossas vidas onde a literatura impressa nos livros, revistas, nos bancos de dados através de um ferramental poderoso e necessário que é o computador, a internet onde se disponibiliza informações e conhecimentos tão relevantes e precisos para o desenvolvimento de nossa gente, da Nação. E daí, vai e volta, porque países desenvolvidos têm a sua literatura tão enraizada, tão intrínseca, desenvolvida e desenvolvimentista em tecnologias, na educação básica e técnica, mas jamais deixando as suas danças folclóricas e populares, as obras de artes, as músicas, os trajes típicos, as comidas, os jardins, as flores tais com tulipas, orquídeas, avencas, os animais, as riquezas de solos, enfim tudo é tão preservado, conservado e cultivado com muito carinho e felicidade esta habitante da Alma que oxigena o Espírito. Então governantes, professores, sociedade o currículo das escolas é uma condição para um aprendizado, mas cultura se faz no dia a dia, porém as nossas gerações precisam de orientações multidisciplinares com políticas constantes e ininterruptas de leituras onde as artes como teatro, cinema, pintura, artesanato, faz um diversificar intelectual pensante desde criança e que dura uma existência, assim pode-se aspirar e vivenciar que somos educadores globalizados.

Bindes - Fá - Leitora