Terça Feira

Cerca de 596 frases e pensamentos: Terça Feira

Ame o próximo como se fosse a sexta feira.

William de Oliveira

Se você não é feliz nem na sexta-feira à noite, é porque o negócio deve estar brabo mesmo. SE ANIMA PORRA !!!!!

Thiago Saraiva

Coisas que mais tenho medo na segunda-feira: Extrato bancário.

Frederico Spaniol

I love segunda-feira! I love segunda-feira! Treinando minhas emoções. Dizem que uma mentira repetida varias vezes torna-se verdade. Estou fazendo o teste!

Day Anne

"Bial, meu voto vai para a segunda-feira. Por questão de afinidade mesmo, ta difícil conviver com ela toda semana".

kkkk bom dia!

Fernanda Mello

Quero aproveitar essa sexta-feira 13 e pedir ao Jason que leve todos os exs-namorados para o inferno! Obrigada!

Talita Nunes

No Brasil, como se sabe, o verdadeiro dia primeiro de janeiro é a quarta-feira de cinzas - à tarde.

Luis Fernando Veríssimo

E de repente já é sexta feira. De repente já é Natal. De repente mais um ano se foi, e você ficou ai parado apenas querendo mudar sua vida.

desconhecido

Hoje eu só quero você. Vem pra mim, fica comigo, não vai embora. Sexta Feira.

Isabela Freitas

Hoje é sexta-feira...
Porque metade de mim é vodka, e a outra metade é tira gosto!!

Vanessa Pimentel

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009
Talvez fosse impressão ou qualquer outra coisa parcialmente embaçada pela chuva que não cessava.
Silenciosamente agradeci pois ninguém saberia que algum dia estive lá...

Meus cílios e pupilas arderam em protesto, implorando rendição.
Minha ultima imagem - quadrada pela janela, como se fosse limitada - foi do sol se refletindo no vidro sujo.
A realidade havia terminado seu show,
O que era colorido e confuso, passou a ser preto, branco... e distante.
Eu estava realmente vendo um filme antigo antes das cores, ou as pessoas realmente tinham perdido a vida na estrada de tijolos amarelos.
Talvez a gente tenha perdido a cor.

Percebi tarde de mais, mas, talvez,... eu sempre soube e nunca quis admitir.
Ele estava certo.
Olhar pra ele, era ver meus defeitos transformados em qualidades, refletidos em um enorme espelho, do qual eu não poderia fugir.
Meus medos se emancipavam de outros ao meu redor, sozinha eu não tinha medo de nada

Quero ser capaz de te olhar nos olhos e entender
Pra que longas explicações, se você não é capaz de me ouvir...
No meio de tantos em absoluta solidão... quão cliché é esse sentimento.

Onde estava o silencio de que eu tanto preciso?!

Meu muro não me proibia de sair... ele proibia as pessoas de entrarem. E é assim que deveria ser... vai ser.
Sinto Muito.

Eu me entregaria de alma a suas mãos, se você ao menos quisesse isso.

Nada mais será como antes...
Voltemos ao passado, seja como você sempre foi, não mude.
Não faça nada por mim...

Foi no dia em que me perdi, naquela sua rua vazia e unicamente molhada de mentiras.
Funda e imunda.
Refletindo a luz falsa de uma estrela próxima de mais, testemunhando meu rosto cansado, borrado. Eu jamais tive face.

Foi um sonho...
Se te ouvir é fingir se importar, então não te ouço.
Se ver, é somente olhar sua forma física... descobri, sou cega também!

Tatiana Morais

"Há dois dias na samana em que eu fico feliz, o dia que o Corinthians joga e a sexta feira...
E há dois dias na semana em que eu fico triste, o dia seguinte se o Corinthians perde e a segunda feira.
Os outros dias são de ansiedade..."

Nando Stein

Sexta feira 13 um dia ensolarado,
vou aproveitar para viver sem temer.
superstição passa longe do meu coração.

Marta Felipe

Eu não gosto de segunda-feira nem quando estou de férias,é um dia muito pra baixo

Allison Porfirio

EIS UM FATO: O dia mundial do início da dieta é segunda-feira. Entretanto, o dia mundial do término da dieta é terça-feira.

Franklin Martins

Odeio a sensação de pré-segunda feira ! #FATO

Matheus Arruda Pinheiro

Se a segunda-feira é ruim pra quem tem emprego, saúde e dinheiro no bolso.. imagine pra quem não tem nada disso..

Maxwell Salgado

Adoro a segunda-feira ela me lembra o recomeço. É o dia de pagar as promessas de trabalhar mais feliz, enfrentar a dieta, trocar de emprego, pedir aumento, começar academia, correr, estudar ligar pro amigo distante e por fim chega a terça, quarta, quinta e já festeja que é sexta e vai poder cumprir as promessas só na próxima semana. E assim vai indo e a vida vai passando, quando se der conta perdeu muito mais tempo dormindo do que sendo feliz, muito mais tempo reclamando do que agradecendo, muito mais tempo sonhando do que agindo. Todo dia vejo pessoas reclamando da vida, mas nunca as vi saindo da zona de conforto. Afaste-se do que atrasa seu riso e a vida será muito mais feliz.

Wilton Lazarotto

Ela é preguiçosa como toda manhã de segunda-feira

Emicida

Exatamente as 6:30 da manhã de terça-feira, o despertador interompe o silêncio com seu alarme, que no mesmo instante me leva a abrir meus olhos, então eu me apoio sobre a cama, com meu corpo relaxado, e sobre minhas fronhas, encharcadas por meu suor, repousa um fio de cabelo longo e castanho. Eu me levanto, sigo a cozinha, pego uma caneca com café, sento em minha poltrona, pego o meu not, passo minhas mãos sob meu rosto, e esfrego os meus olhos.
De derrepente, soa a campanhia, como eu já tinha em mente quem seria, destranquei a porta e disse que pudesse entrar, e ela então entrou, resplandecendo toda a sua beleza, e com um sorriso lindo, que chegava a refletir sobre o vidro da minha janela, seus olhos castanhos e cabelos claros, que me deixava alucinado.
Ela sentou-se ao meu lado, e seus lábios expressaram todo o ponto de vista, que era levado até ali, e não deixava nem um de nós felizes. Lhe abracei, suas lágrimas então escorreram sobre o meu peito, tão quentes. Eu amaciava os seus cabelos, lindos e cheirosos, então eu ergui a sua cabeça, sussurrei, tranquilamente em seus ouvidos, minha boca foi em direção a dela e meus lábios a beijaram sentindo o salgado das lágrimas dela.
O amor tomava conta de nós, assim como os lábios dela tomaram conta dos meus, nossos corpos se entrelassavam, e uma corrente de suor se produzia e mantinha nossos corpos grudados, aquilo era muito gostoso, que resultaria em mais um fio de cabelo, grudado em meus lençóis. Meus lábios contornavam os seus seios, e minhas mãos percorriam a extensão do seu corpo, aquilo era um momento somente nosso, e além de ser somente nosso, era algo que não podia em hipótese mão esquerda, e é claro, a outra que compatia com o par, não era minha.
Nosso amor, era algo completamente escondido, ninguém aceitaria, e eu a amava, nós dois nos alguma acontecer, na visão das outras pessoas, pelo fato de uma aliança dourada pesar no dedo de sua amáva-mos, e isso feria a alma, principalmente a dela, como ela seria feliz dessa maneira?
A separação com o marido, era algo que estava construído na mente dela, que se enganou, quando aceitou o pedido de casamento dele. Ela pensava que amava, quando a mente imatura decidiu, era algo que estava na hora de resolver, mas como?
Poderia ser tratado como inaceitável aos olhos de todos, que nem sempre sabem dar sentido as coisas. Seria fora de controle, mas era preciso, tería-mos que de alguma forma enfrentar a sociedade, e mostrar o que não era proibido.
Ela olhando em meus olhos começou a chorar. Suas lágrimas eram de dor, a dor de não amar quem dividia sua cama.
Olhei para ela e falei: "De fato não é certo nossos corpos se encontrarem enquanto esta aliança simbolizar o compromisso com outro alguém. Não é certo antes de tudo com nós mesmos, com nossos corações e tão pouco com o amor que vem daquele que lhe chama de esposa."
Porém, ela também não devia estar com quem seu coração não escolheu, com alguém que lhe fosse obrigada beijos falsos dar, carinho mediano oferecer e amor mentiroso jurar.
- "Temos que tomar uma decisão" - Falei. - "Não temos mais como fugir do inevitável, seque suas lágrimas e vamos ao encontro de seu marido" - Completei. - "Não estou pronta para tomar esta decisão" - Disse ela. - "A decisão foi tomada no dia que nossos lábios se tocaram pela primeira vez, vamos!" - Finalizei.
Peguei sua mão e com ela sai o mais depressa que pudemos.
Chegamos ao escritorio dele e pedimos para que nos atendesse. Prontamete ele nos recebeu, foi uma grande surpresa ver sua amada ali, já com os olhos vermelhos e razos d'água, junto à mim, seu melhor amigo.
- "O que está havendo?" - Perguntou ele - "Temos que confessar algo, que tenho certeza, doera em todos nós, porém se faz necessário!" - Falei para ele. Ele olhou para sua amada e perguntou:" o que aconteceu meu amor?"
Ela já com lágrimas escorrendo dos olhos, falou: "Sou amada, porém meu coração não é seu. Sei que errei quando está aliança em meu dedo deixei você colocar. Não posso ir contra meu coração, contra minha verdade e razão. Minhas atitudes mostram que apenas gosto de você, mas meu amor não é seu. Tive que outra boca beijar, outro corpo com o meu envolver para saber que não é você que vejo no meu amanhã, me perdoe por não te amar."
Assim que ela terminou de falar, ele ficou sem reação, virou então o seu rosto em minha direção e falou: "E você amigo, o que tem para me revelar?"
Engoli a saliva e então disse: "O que tenho para revelar é que não mereço sua amizade, talvez nem seu perdão. Você compartilhava sua vida comigo e em segredo eu tinha aquela que você amava muitas manhãs comigo. Para muitos algo proibido, errado, e concordo, é um erro enganar e também enganar-se. Porém, vejo que mais errado que uma mulher comprometida envolver-se com o melhor amigo de seu marido, é, viver da mentira, é estar com quem não se ama apenas para ficar bem aos olhos da sociedade e construir uma familia fadada as mágoas e tristezas de escolhas erradas. Não escolhemos quem amar, o amor apenas acontece, e por ironia do destino aconteceu conosco. É tudo que tenho para lhe falar."
Assim que terminei, ele olhando para nós dois que neste instante de mãos dadas choravámos, olhou para ela e falou: "Eu sempre soube que você não me amava, mesmo que nada me falasse, seus olhos lhe traíam, seus gestos não correspondiam suas palavras e sabemos que esta aliança não significa nada, não tem o poder de unir dois corações, ela apenas simboliza a união, mas unir, ela não consegue." - Continuou agora olhando para mim - "Fico feliz que o coração dela tenha escolhido você que bem conheço, que sei que de fato fará ela feliz de uma forma que eu não seria capaz, só se faz alguém feliz quando se esta feliz. Estimo muito seu caráter, sempre me espelhei em você e não é a toa que sempre foi meu melhor amigo. Apenas me pergunto porque demoraram tanto para me falar o que a tempos eu já sabia."
Quando fui falar ele me interrompeu: "Não fale nada, está é uma resposta que deve ficar com você." - Tirou a aliança do dedo, colocou sobre a mesa e finalizou: "A partir de agora vocês podem se amar sem culpa, pois amar nunca foi nem será proibido. Quero que saiam por aquela porta e sejam felizes juntos, mas, não esperem que eu esteja por perto, não esperem que eu ache tudo normal, tão pouco achem que meu peito neste instante não chora, sim ele chora, porém sei que seria inútil lutar contra o amor. Eu amei e ainda vou amar, mas sei que por amor também se deixa quem se ama, se isto for algo que faça a outra pessoa feliz. Agora meu amor próprio grita para que ao sairem por aquela porta, também saiam da minha vida."
Sem nem uma palavra, levantamos e saímos. Lá fora o mundo parecia outro, nos sentimos livres para amar e ao mesmo tempo sentiamos que um pedaço de nosso coração havia ficado naquela sala.
Assim os dias seguiram, cada um fazendo suas escolhas e seguindo seus destinos, e no fim de tudo não existiu perdedores, apenas um campeão, o amor...

Mauro Henrique e Roger Stankewski